Vous êtes sur la page 1sur 7

1.

O Pedro e o seu avô estão sentados num comboio que se movimenta com velocidade de módulo constante
segundo uma trajetória retilínea. Numa estação encontra-se um observador sentado que vê a passagem do
comboio. Nesse instante, o Pedro lança verticalmente para cima uma bola.
Desprezando a resistência do ar, podemos afirmar que:
(A) o avô e o observador veêm a bola a descrever a mesma trajetória.
(B) o observador que se encontra na estação vê a bola descrever uma parábola e a cair na mão do Pedro.
(C) o observador vê a bola a mover-se verticalmente para cima e a cair atrás do Pedro.
(D) o avô vê a bola a descrever uma parábola e a cair atrás do Pedro.
Selecione a opção correta.

2. No esquema encontram-se representadas as posições e os


instantes de tempo do movimento de um automóvel numa viagem
entre Viseu e Castelo Branco, para entregar uma encomenda.
Admita que o conjunto condutor + automóvel pode ser representado
pelo seu centro de massa (modelo da partícula material).

2.1. Represente no mapa o vetor deslocamento do automóvel.


2.2.Calcule a rapidez média do automóvel entre as duas cidades, em unidades do SI.
2.3. Determine a componente escalar da velocidade média para a última hora de movimento, em unidades do SI.
2.4. Depois de entregar a encomenda em Castelo Branco, o condutor regressa a Viseu.
O módulo da velocidade média da viagem de ida e volta é __________, pois o deslocamento do automóvel é
__________ uma vez que as suas posições final e inicial são __________.
(A) … nulo … nulo … coincidentes (C) … maior que zero … positivo … diferentes
(B) … nulo … positivo … coincidentes (D) … menor que zero … negativo … diferentes
Selecione a opção correta.
3. Para se deslocar de casa para a escola pelo trajeto (1), um aluno demora 4,0 minutos de bicicleta. No regresso a casa,
o aluno faz o percurso (2). Considere que o aluno + bicicleta pode ser representado pelo seu centro de massa (modelo da
partícula material).
3.1.Selecione a opção que corresponde corretamente às coordenadas de
posição da casa e da escola respetivamente, em relação ao ponto O.
(A) (400; 100) (200; 500) (C) (200; 100) (400; 200)
(B) (100; 300) (400; 200) (D) (100; 400) (500; 200)

3.2.Calcule a rapidez média do aluno, em unidades do SI, quando vai de casa para a escola.
3.3. Quanto tempo demora o aluno a chegar a casa (2), se descrever o movimento com a mesma rapidez média
com que chega à escola (1).
3.4.Determine e compare a distância percorrida com a componente escalar do deslocamento desde que o aluno
saiu de casa até ao seu regresso.

1
4. O gráfico posição-tempo representado refere-se ao movimento de uma partícula que descreve uma trajetória
retilínea.

4.1.Identifique um intervalo de tempo em que a partícula:


a) esteve em repouso.
b) se deslocou no sentido negativo da trajetória.
c) se desloca com uma velocidade média de módulo 0,3 m s - 1.
4.2. Indique o instante em que a partícula inverteu o sentido do movimento.
4.3. Determine a componente escalar da velocidade da partícula no instante 2,0 s.
4.4. A componente escalar do deslocamento no intervalo de tempo [0,0; 9,0] s é
(A) x = - 0,6 m (B)x = 1,8 m (C)x = - 1,8 m (D)x = 0,6 m
Selecione a opção correta.

5. Um skater efetua um movimento, a partir da origem das posições,


numa trajetória retilínea e ao longo do eixo Ox. O gráfico ao lado
representa a variação da sua velocidade em função do tempo.

5.1.Seleciona a opção que completa corretamente a afirmação:


No intervalo de tempo [10,0; 15,0] s, o skater apresenta movimento
__________, deslocando-se no sentido __________ da trajetória.
Nos 5 s seguintes, tem movimento __________, no sentido negativo.

(A) … retardado … negativo… acelerado (C) … retardado … positivo… acelerado


(B) … acelerado … negativo… acelerado (D) … retardado … positivo … retardado
5.2.Indique:
5.2.1. o instante em que o skater inverte o sentido do movimento.
5.2.2. o intervalo de tempo em que o skater se desloca no sentido negativo da trajetória.
5.2.3. os intervalos de tempo em que a velocidade e a aceleração têm a mesma direção e sentido oposto.
5.3. Comente a afirmação: “No intervalo de tempo [10,0; 20,0] s, o skater percorre uma distância de 50,0 m, no
entanto o seu deslocamento é nulo.”
5.4. Determine a componente escalar da aceleração do skater no intervalo de tempo de [10,0; 15,0] s.

2
6. Um livro está colocado em cima de uma mesa. O Luís representou duas forças aplicadas no livro, a força
gravítica (𝐹⃗𝑔 ) e a força normal (𝑁⃗⃗ ).

6.1. Comente a afirmação:


“As forças representadas constituem um par ação-reação e por isso o livro está em repouso.”
6.2. Seleciona a opção que completa corretamente a frase:
“A força que a mesa exerce no livro é uma interação do tipo __________, enquanto que a força gravítica é uma
interação __________.”
(A) … nuclear fraca … gravítica
(B) … eletromagnética … gravítica
(C) … gravítica … eletromagnética
(D) … eletromagnética … nuclear fraca
6.3. Indique as forças que correspondem ao par ação-reação da força gravítica aplicada no livro e da força
normal, a sua direção e o seu ponto de aplicação.

7. Júpiter é um planeta gasoso e o maior do Sistema Solar. Possui 67 satélites confirmados. Em 1610, Galileu
descobriu quatro dos seus satélites: Europa, Io, Ganimedes e Calisto.
Na tabela encontram-se algumas das características de Ganimedes (G) e Calisto (C).

Satélite Diâmetro / km Massa / kg Raio orbital / km


Ganimedes 5,26 103 1,48  1023 1,07106
Calisto 4,82 103 1,08  1023 1,88106

7.1.O movimento de Calisto em torno de Júpiter resulta de uma interação .


(A) eletromagnética. (C) nuclear fraca.
(B) gravitacional. (D) nuclear forte.
Selecione a opção correta.

7.2. Estabeleça a relação entre as intensidades da força gravítica exercida por Júpiter sobre Calisto e sobre
Ganimedes.
7.3. Selecione o esquema que representa corretamente as forças de interação entre Júpiter (J) e estes dois
satélites.
(A) (B) (C) (D)

Nota: A representação não está à escala.


7.4. Justifique a seleção do esquema da alínea anterior de acordo com a Terceira Lei de Newton.
7.5.Mostre que o módulo da aceleração gravítica a que ficará sujeito um objeto na superfície de Ganimedes é
1,43 m s- 2.

3
8. Dois automóveis, A e B, circulam numa autoestrada. O automóvel A
descreve, com movimento uniforme, uma trajetória circular. O movimento do
automóvel B é retilíneo uniformemente retardado.
8.1.Relativamente à situação descrita selecione a opção que completa
corretamente a afirmação seguinte.

A aceleração do automóvel A é não nula pois a componente da força resultante


na __________ velocidade provoca a alteração __________ da velocidade.
(A) … direção da … da direção
(B) … direção da … do módulo
(C) … direção perpendicular à … da direção
(D) … direção perpendicular à … do módulo

8.2. Representa os vetores velocidade e força resultante para os automóveis A e B nas posições consideradas na
figura.

9. O diagrama representa as posições sucessivas ocupadas por dois blocos, em intervalos de tempo de 0,20 s.
Os blocos movem-se horizontalmente, numa trajetória retilínea da esquerda para direita.

9.1. Selecione o esboço que representa corretamente os vetores velocidade e aceleração para o bloco 1.

(A)

(B)

(C)

(D)

9.2.Explique o movimento do bloco 2 de acordo com a Primeira Lei de Newton.


9.3. De acordo com __________ Lei de Newton, se a intensidade da resultante das forças que atuam no bloco 2
aumenta, o módulo da aceleração adquirida pelo bloco __________.
(A) … Segunda… também aumenta
(B) … Primeira… também aumenta
(C) … Segunda… diminui
(D) … Primeira… diminui
Selecione a opção correta.
10. Um objeto de massa 2,0 kg, inicialmente em repouso, foi sujeito à aplicação de uma força resultante de
4
intensidade de variável no tempo de acordo com o seguinte gráfico.

10.1. Selecione o gráfico que traduz a variação da aceleração do objeto em função da resultante das forças que
sobre ele atuam.
(A) (B)

(C) (D)

10.2. A variação da componente escalar da velocidade média experimentada pelo corpo é dada por:
𝐹𝑅 × 𝑚 𝐹𝑅 × ∆𝑡 𝑚 × ∆𝑡 𝑚
(A) (B) (C) (D) 𝐹 × ∆𝑡
∆𝑡 𝑚 𝐹𝑅 𝑅

Selecione a opção correta.

10.3.Determine o módulo da velocidade do objeto no instante 0,4 s.

11. O Legpress é utilizado nos ginásios para fortalecer a musculatura das pernas. A parte móvel do aparelho que
desliza segundo um plano inclinado, que faz um ângulo de 45° com a horizontal, é empurrada pelo ginasta com
velocidade de módulo constante. Considere que as forças de atrito que atuam na parte móvel do aparelho não
são desprezáveis e têm módulo igual a 50 N.

11.1.Faça um diagrama das forças aplicadas na componente móvel do aparelho.

11.2. Determine a intensidade da força realizada pelo ginasta na parte móvel do aparelho. Considere que a parte
móvel tem uma massa de 100 kg.

11.3. Determine a intensidade da força que a superfície onde está apoiada a parte móvel exerce sobre esta.

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO
5
1. Opção B

2.1.

𝑑 172 × 103
2.2.𝑟𝑚 = ⇒ 𝑟𝑚 = ⇔ 𝑟𝑚 = 27,6 ms −1
∆𝑡 104 × 60

∆𝑥 (172−60) × 103 112 × 103


2.3.𝑣 = ⇒𝑣= (60 × 60)
⇔𝑣= ⇔ 𝑣 = 31,1 m s−1
∆𝑡 3600

2.4.Opção A

3.1. Opção D
𝑑 600
3.2. 𝑟𝑚 = ⇒ 𝑟𝑚 = ⇔ 𝑟𝑚 = 2,5 m s −1
∆𝑡 4,0 ×60

𝑑 𝑑 800
3.3.𝑟𝑚 = ⇒ ∆𝑡 = ⇔ ∆𝑡 = ⇔ ∆𝑡 = 3,2 102 s
∆𝑡 𝑟𝑚 2,5

3.4. dtotal = 600 + 800⇒dtotal = 1400 m


x = 0 m, uma vez que a posição final e inicial coincidem.

4.1. a) [3,0; 5,0] s

b) [6,0; 9,0] s

c) [0,0; 3,0] s e [5,0; 6,0] s

4.2.t = 0,6 s

4.3. O declive da reta no instante considerado representa a componente escalar da velocidade


∆𝑥 𝑥𝐵 − 𝑥𝐴 0,8 − 0,0
𝑣= = ⇒𝑣= ⇔ 𝑣 = 0,4 m s −1
∆𝑡 𝑡𝐵 − 𝑡𝐴 3,0 − 1,0

4.4.Opção A
x = xf – xix =  0,6 – 0,0 ⇔x =  0,6 m

5.1. Opção C

5.2.1.t = 15,0 s

5.2.2. [15,0; 25,0] s

5.2.3. [10,0; 15,0] s e [20,0; 25,0] s

5.3. Calculando a área sob a curva do gráfico, verifica-se que o skater percorreu uma distância de 50 m. A área do gráfico acima do eixo Ox é
igual à área do gráfico abaixo do eixo Ox, o que significa que o skater se desloca o mesmo no sentido positivo e negativo da trajetória, pelo
que a posição inicial e final do skater coincidem e o seu deslocamento é nulo.
∆𝑣 𝑣𝑓 −𝑣𝑖 0−10,0
5.4. 𝑎 = ⇒𝑎= ⇔𝑎= ⇔ 𝑎 = −2,0 ms−2
∆𝑡 𝑡𝑓 −𝑡𝑖 15,0−10,0

⃗⃗| = |𝐹⃗𝑔 |. As forças⃗⃗⃗⃗⃗


6.1.O livro encontra-se em repouso pois a resultante das forças que nele atua é nula, uma vez que |𝑁 𝑁 e𝐹⃗𝑔 não constituem
um par ação-reação, pois embora tenham a mesma direção, intensidade e sentido oposto, estão aplicadas no mesmo corpo.

6.2. Opção B
6.3. Aforça𝐹⃗𝑔 tem como par ação reação a força atrativa do livro sobre a Terra, com a mesma direção e sentido oposto a 𝐹⃗𝑔 .
A força que o livro exerce na mesa corresponde ao par ação-
⃗⃗⃗⃗⃗,tendo a mesma direção e sentido oposto.
-reação 𝑁

7.1. Opção B
𝑚𝐶𝑎𝑙𝑖𝑠𝑡𝑜 𝑚𝐽ú𝑝𝑖𝑡𝑒𝑟
𝐺
𝐹𝑔 𝐶𝑎𝑙𝑖𝑠𝑡𝑜 𝑟2
𝑜𝑟𝑏𝑖𝑡𝑎𝑙 𝐶𝑎𝑙𝑖𝑠𝑡𝑜
7.2. = 𝑚𝐺𝑎𝑛𝑖𝑚𝑒𝑑𝑒𝑠𝑚𝐽ú𝑝𝑖𝑡𝑒𝑟 ⇒
𝐹𝑔 𝐺𝑎𝑚𝑖𝑛𝑒𝑑𝑒𝑠 𝐺 2
𝑟𝑜𝑟𝑏𝑖𝑡𝑎𝑙 𝐺𝑎𝑛𝑖𝑚𝑒𝑑𝑒𝑠

6
1,08 × 1023
𝐹𝑔 𝐶𝑎𝑙𝑖𝑠𝑡𝑜 (1,88 × 106 )2
⇒ = 1,48 × 1023

𝐹𝑔 𝐺𝑎𝑚𝑖𝑛𝑒𝑑𝑒𝑠
(1,07 × 106 )2

𝐹𝑔 𝐶𝑎𝑙𝑖𝑠𝑡𝑜 3,06 × 1010


⇔ = ⇔
𝐹𝑔 𝐺𝑎𝑚𝑖𝑛𝑒𝑑𝑒𝑠 1,29 × 1011

𝐹𝑔 𝐶𝑎𝑙𝑖𝑠𝑡𝑜
⇔ = 0,237 ⇒ 𝐹𝑔 𝐶𝑎𝑙𝑖𝑠𝑡𝑜 = 0,237 𝐹𝑔 𝐺𝑎𝑚𝑖𝑛𝑒𝑑𝑒𝑠
𝐹𝑔 𝐺𝑎𝑚𝑖𝑛𝑒𝑑𝑒𝑠

7.3. Opção D

7.4. Quando qualquer um dos satélites interage com Júpiter, estes exercem sobre Júpiter forças com a mesma intensidade e direção, mas
com sentido oposto à força que Júpiter exerce sobre os satélites.
𝑚𝑐𝑜𝑟𝑝𝑜 𝑚𝐺𝑎𝑛𝑖𝑚𝑒𝑑𝑒𝑠
7.5. 𝐹𝑔 = 𝐺 𝑒 𝐹𝑔 = 𝑚𝑐𝑜𝑟𝑝𝑜 × 𝑔
𝑑2
𝑚𝑐𝑜𝑟𝑝𝑜 𝑚𝐺𝑎𝑛𝑖𝑚𝑒𝑑𝑒𝑠
𝑚𝑐𝑜𝑟𝑝𝑜 × 𝑔 = 𝐺 ⇒
𝑑2

1,48 × 1023
⇒ 𝑔 = 6,67 × 10−11 × ⇔ 𝑔 = 1,43 ms −2
5,26 × 106 2
( )
2

8.1. Opção (C)


8.2.

9.1. Opção D

9.2.De acordo com a Primeira Lei de Newton, um corpo mantém-se com movimento retilíneo uniforme se a resultante das forças que nele atua
for nula. Assim, o bloco tem movimento retilíneo uniforme pois percorre espaços iguais em iguais intervalos de tempo, pelo que a sua
velocidade se mantém constante.

9.3. Opção A

10.1.Opção A
10.2. Opção B
𝐹𝑅 × ∆𝑡 5,0 ×(0,5−0,0)
10.3. ∆𝑣 = ⇔ ∆𝑣 = ⇔ ∆𝑣 = 1,00m s−1
𝑚 2,0

v = vf - vi⇔vf = 1,0  0 = 1,0 m s- 1

11.1.

⃗⃗⃗⃗ = 0 m s −2 ⇒ 𝐹⃗𝑅 = 0 N
11.2.𝑣⃗ = 𝑐𝑜𝑛𝑠𝑡𝑎𝑛𝑡𝑒 ⇒ 𝑎

= ⃗⃗
0

𝐹⃗𝑅 = 𝑁⃗⃗ + 𝐹⃗𝑔,𝑦 + 𝐹⃗𝑔,𝑥 = 𝐹⃗𝑎 + 𝐹⃗


𝐹⃗𝑅 = 𝐹⃗𝑔,𝑥 +𝐹⃗𝑎 + 𝐹⃗
0 = 𝐹 − m g × sen(45°) − 50 ⇔
𝐹 = 100 × 10 sen(45°) + 50 ⇔ 𝐹 = 757 N

⃗⃗ + 𝐹⃗𝑔,𝑦 = ⃗⃗
11.3.𝑁 0
NFg,y = 0 ⇔N=Fg,y
𝑁 𝑚 × 𝑔 × cos(45°) ⇔ 𝑁 = 100 × 10 × cos(45°) = 707 N