Vous êtes sur la page 1sur 12

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

COLÉGIO UNIVERSITARIO – COLUN

FISICA- 2°C

JOÃO DAMASCENO PIMENTEL NETO

Acústica

SÃO LUÍS

2018
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

COLÉGIO UNIVERSITARIO – COLUN

FISICA- 2°C

JOÃO DAMASCENO PIMENTEL NETO

Acústica
Trabalho apresentado à
disciplina fisica, ministrada pelo
Prof.leoncio para obtenção de uma
das notas para o 4º bimestre.

SÃO LUÍS

2018
Sumário

1. INTRODUÇÃO...............................................................................................
2. SOM..................................................................................................................
2.1. INTENSIDADE.......................................................................................
2.2. ALTURA...................................................................................................
2.3. TIMBRE...................................................................................................
3. PROPAGAÇÃO DO SOM....................................................................
4. PROPAGAÇÃO DAS ONDAS SONORAS.........................................
5. REFRAÇÃO DO SOM ..........................................................................
6. REFLEXÃO DO SOM............................................................................
7. CONCLUSÃO .........................................................................................
8. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ...................................................
1.INTRODUÇÃO

neste trabalho cujo objetivo e entender e nos aprofundar em um assunto muito


importante da fisica que se trata de ‘’acustica’’ vamos ver nesta pesquisa todos os
componetes desse assunto e do que se trata cada um , todas pesquisas que
envolvem o mesmo ,teorias ,estudos, nomes importantes para a area da acustica

no decorrer da pesquisa veremos varios temas que envolvem à acustica e


e chegaremos ao entendimento da mesma, do som de ondas sonoras etc.
2.SOM

O Som é uma onda mecânica que possui a intensidade e frequência necessárias


para ser percebida pelo ser humano. Entendemos como onda mecânica uma onda
que precisa de meios materiais, como o ar ou o solo, para se propagar. As
frequências audíveis pelo ouvido humano ficam entre 16 Hz e 20000Hz (20kHz).
Dentro desta faixa a encontram-se a voz humana, instrumentos, musicais, alto-
falantes, etc.

Abaixo de 16Hz temos os infra-sons, produzidos por vibrações da água em grandes


reservatórios, batidas do coração, etc.

Acima de 20kHz estão os ultra-sons emitidos por alguns animais e insetos


(morcegos, grilos, gafanhotos...), sonares, aparelhos médicos e industriais.

Os dispositivos que produzem ondas sonoras são chamados de fontes

Todos os fenômenos sonoros estão relacionados às vibrações dos corpos materiais.


Quando escutamos um som é porque um determinado corpo está vibrando,
produzindo aquele som. Quando falamos o som é emitido pela vibração das cordas
vocais; quando batemos em um tambor com um pedaço de madeira ou com a
própria mão, fazemos esse corpo vibrar produzindo o som; quando as cordas de um
violão ou violino se movimentam elas vibram e emitem sons.

Todos esses exemplos de corpos materiais são fontes emissoras de som, pois
quando vibram emitem sons que se propagam no meio material, ou seja, no ar.
Esses sons penetram no nosso ouvido provocando sensações sonoras.sonoras

O som é uma onda longitudinal, que só se propaga em meios materiais (sólidos,


líquidos ou gases). Ao contrário do que ocorre com a luz, o som não pode se
propagar no vácuo, ou seja, não é possível perceber o som se não existir um meio
material entre o corpo que vibra e o nosso ouvido.

Se pode caracterizar os sons a partir de


sua intensidade, altura ou timbre.
2.1.INTENSIDADE

A intensidade é uma característica do som que está relacionada à energia de


vibração da fonte que emite as ondas. Essa propriedade do som é provocada
pela pressão que a onda exerce sobre o ouvido ou sobre algum instrumento
medidor da intensidade sonora, como um decibelímetro ou um dosímetro. Quanto
maior a pressão, maior será a intensidade medida por esse aparelho. A intensidade
sonora é medida em bel, em homenagem ao cientista inglês Graham Bell. Contudo,
utiliza-se com mais frequência um submúltiplo dessa unidade: 1 decibel = 1 dB = 0,1
bel.

2.2 ALTURA

A altura é uma característica do som que nos permite classificá-lo em grave


ou agudo. Geralmente, os homens têm voz mais grave e as mulheres voz aguda, ou
seja, voz grossa e fina, respectivamente. Essa propriedade do som é caracterizada
pela frequência da onda sonora. Um som com baixa frequência é dito som grave e o
som com altas frequências é dito som agudo. Dessa forma, podemos concluir que a
voz masculina tem menor frequência que a voz feminina. Na linguagem técnica ou
musical, dizemos que o som grave é baixo e o agudo é alto

2.3 TIMBRE

O timbre é a característica sonora que permite distinguir sons de mesma


frequência e mesma intensidade, desde que as ondas sonoras correspondentes
a esses sons sejam diferentes. Dois aparelhos musicais, violão e violino, por
exemplo, podem emitir sons com a mesma frequência, mas com timbres
diferentes, pois as ondas sonoras produzidas por eles possuem formas
diferentes.
3 PROPAGAÇÃO DO SOM

O som precisa de um meio para se propagar. As ondas de som são


transmitidas através do ar e de outros materiais (gasosos, líquidos e sólidos). Uma
campainha, por exemplo, ao ser tocada fará vibrar as moléculas de ar mais
próximas. Se a campainha é tocada dentro de uma campânula de vidro sem ar, não
será escutado som nenhum

O som pode ser descrito através de uma sequência de ondas sonoras, que são
ondas de deslocamento, densidade e pressão que se propagam pelos meios
compressíveis. Quando uma onda sonora se propaga através de qualquer gás,
ocorrem várias compressões e rarefações de pequenos volumes do gás. Através da
análise de quanto um elemento do gás modifica o seu volume e sua densidade, é
possível determinar a velocidade da onda sonora naquele meio:
4 PROPAGAÇÃO DAS ONDAS SONORAS

As ondas sonoras se propagam através do ar . As frentes de onda se movem a uma


determinada velocidade. A frequência de uma onda sonora é determinada pela
contagem do número de frentes de onda que passam por um certo ponto em um
determinado tempo O som é definido como a propagação de uma frente de
compressão mecânica ou onda longitudinal, se propagando tridimensionalmente
pelo espaço e apenas em meios materiais, como o ar ou a água.
Para que esta propagação ocorra, é necessário que aconteçam compressões e
rarefações em propagação do meio. Estas ondas se propagam de forma
longitudinal.
Quando passa, a onda sonora não arrasta as partículas de ar, por exemplo, apenas
faz com que estas vibrem em torno de sua posição de equilíbrio.
Como as ondas sonoras devem ser periódicas, é válida a relação da velocidade de
propagação
5 REFRAÇÃO DO SOM

A densidade do ar varia como resultado da variação da temperatura. A


velocidade do som é maior no ar quente. Como a frequência do som não se altera, o
comprimento de onda λ aumenta. A frente de onda se inclina e altera a direção de
propagação . Ondas planas num tanque de onda, incidindo sobre uma barreira que
tem uma abertura pequena frente ao comprimento de onda, λ. Depois de superada
a barreira, as frentes de onda são circulares, centradas na abertura. Este
encurvamento da frente de onda é a difração. O comportamento de uma onda pode
ser estudado num tanque de ondas, geradas por uma lâmina que oscila na água.
Esta técnica também é utilizada para simular o comportamento das ondas sonoras
frente a obstáculos.
6.REFLEXÃO DO SOM

A reflexão do som pode dar origem ao reforço, à reverberação ou ao eco,


dependendo do intervalo de tempo entre a percepção do som direto e do refletido. O
ouvido humano só consegue distinguir dois sons que chegam a ele com um
intervalo de tempo superior a um décimo de segundo (0.1 s).
7.CONCLUSÃO

Nesta pesquisa que teve como principal objetivo o entendimento do tema


muito importante que é ‘’acustica’’ vimos no decorrer da pesquisa diversos temas
como o som, a propagação do som e vimos que o som precisa de um meio para se
propagar tambem que as ondas sonoras se propagam atraves do ar descobrimos
que a velocidade do som e maior no ar quente e diversas outras coisas muito
importantes
8.REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

http://www.sofisica.com.br

http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/fisica/a-reflexao-som.htm

www.masterizacao.com

www.estudopratico.com.br

http://mundoedu.com.br