Vous êtes sur la page 1sur 13

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

QUÍMICA INORGÂNICA

2

Você sabe como a água chega até a sua casa? “Dãããããããã, claro né! Pela Torneira”. Jubialuno e Jubialuna não tem jeito, são espertos. Aqui o ENEM vai em busca dos principais processos de separação de materiais que acontecem no tratamento da

água, para cobrar conceitos sobre filtração, decantação, floculação, cloração. Existe também outros importantíssimos como a cromatografia, muito utilizado para análise de compostos orgânicos. Derramamento

de petróleo e obtenção de álcool através de

diferentes fontes, são assuntos recorrentes

para abordar definições sobre destilação

simples e fracionada. O estilo das questões envolvem uma descrição de um fato, sendo

o conceito uma possibilidade para sua

resolução ou quais atitudes podem ser tomadaspararesolveradeterminadasituação problema. Algumas imagens ou esquemas podem ser usados para resumir o processo de separação e assim, questionar qual o método usado conforme a interpretação. Jubialuno, dominar os nomes dos processos é importante, porém saber como um material pode ser separado conforme seu estado de agregação e propriedade física é igualmente relevante.

agregação e propriedade física é igualmente relevante. Rendimento, equações químicas balanceadas e relações de

Rendimento, equações químicas balanceadas e relações de proporções são assuntos presentes no conceito sobre cálculo estequiométrico. Aqui galerinha, atenção total nas informações fornecidas pelo enunciado da questão, pois partindo delas você consegue estruturar um regra de três simples para resolver o exercício. Aquelas aulinhas marotas sobre rendimento, balanceamento de equações químicas e relações estequiométricas são fundamentais, então corre lá, aperta o play, fica ligado principalmente nas unidades de medida utilizadas (g/mol, mol, L) e detona nos exercícios. Por envolver cálculos matemáticos, simples, a dedicação em diferentes exercícios que cobrem esses conceitos é uma alternativa crucial para uma melhor preparação para o ENEM. Outra sugestão é compreender os métodos de balanceamento das equações químicas, ou seja, identificar qual o melhor método e mais rápido se enquadra para iniciar o processo de resolução dos exercícios.

para iniciar o processo de resolução dos exercícios. Correlacionados com os conceitos de cálculo

Correlacionados com os conceitos de cálculo estequiométrico, estão palavras conceitos que você, JubiAluno e JubiAluna, precisa dominar de todo modo que são:

substância simples, substância composta, eletronegatividade e principalmente reagente e produtos.

de todo modo que são: substância simples, substância composta, eletronegatividade e principalmente reagente e produtos.
ESTEQUIOMETRIA NO ENEM Cálculos Químicos Saber a quantidade de produtos formados, evitar o desperdício de

ESTEQUIOMETRIA NO ENEM

Cálculos Químicos

Saber a quantidade de produtos formados, evitar o desperdício de reagentes e maximizar

o rendimento de uma reação química, são

importantíssimos fatores tanto para indústria quanto para nós consumidores e cidadãos. Preparar um bolo, é preciso separar certas quantidades específicas e proporcionais a quantidade que se pretende fazer, na química

as reações químicas também desempenham um padrão de proporcionalidade específico também. Compreendendo esse comportamento notório das reações químicas foi possível descrever leis que se baseiam os cálculos químicos.

A primeira lei que contribui para o entendimento das reações químicas, é conhecida como Conservação das Massas, proposta por um francês chamado de Antonie Lavoisier. Sua contribuição foi importantíssima para acompanhar a massa dos reagentes e dos produtos ao longo de uma reação química. O enunciado de sua lei pode ser resumido como:

Na natureza nada se cria, nada se perde; tudo se transforma.

A parte mais importante de seus estudos

reside em considerar que todas as reações químicas a massa antes e depois é igual para um sistema fechado, muito cuidado. Veja o exemplo abaixo:

um sistema fechado, muito cuidado. Veja o exemplo abaixo: De acordo com o valor da massa

De acordo com o valor da massa apresentado na balança, somos conduzidos a considerar

a lei de conservação da massa um grande

equívoco, certo? Mas o grande detalhe é que a queima da palha de aço ocorre em um ambiente (sistema) aberto, ou seja, a

www.biologiatotal.com.br

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

presença de gás oxigênio provoca uma reação química que acaba por produzir substâncias

com uma massa maior que a dos reagentes.

A segunda lei que contribui para estabelecer relações bem definidas entre as reações químicas chama-se Lei das Proporções Definidas (Lei de Proust), ou seja, as substâncias reagem sempre na mesma proporção para formar outra substância. O químico e farmacêutico que apresentou essas considerações em seus estudos foi o Francês Joseph Louis Proust.

wellcome imagens
wellcome imagens

Antonie Lavoisier (1ª lei)

Joseph Louis Proust (2ª lei)

Com base nas duas leis que descrevem o comportamento das reações químicas, é possível estabelecer relações que envolvem grandezas como massa, quantidade de matéria, volume e também calcular o rendimento.

Para estabelecer uma relação estequiometria

capaz de resolver questões que relacionem as grandezas físicas anteriores e também

o rendimento, algumas regras são fundamentais:

1 o - Escrever a equação química mencionada no problema;

2 o -Balancearouacertaroscoeficientesdessa equação (lembre-se de que os coeficientes indicam a proporção em mols existentes entres os participantes da reação);

3 o - Estabelecer uma regra de três entre o dadoeaperguntadoproblema,obedecendo aos coeficientes da equação, que poderá ser escrita em massa, em volume, ou em mols, conforme as conveniências do problema.

3

4

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

No Exame Nacional do Ensino Médio, os principais cálculos estequiométricos cobrados envolvem relações entre massa e mol, massa e número de partículas, rendimento de uma reação que não é total, presença de reagentes impuros e pôr fim a presença de reagentes limitantes. Vamos analisar esses principais casos com exemplos de como calcular utilizando uma operação matemática denominada de regra de três simples.

1° Relação entre massa e mol

Exemplo: quantos mols de ácido clorídrico são necessários para produzir 23,4 gramas de cloreto de sódio? (Massa atômica: Na = 23; Cl = 35,5)

de cloreto de sódio? (Massa atômica: Na = 23; Cl = 35,5) Ponto de destaque: Observe

Ponto de destaque: Observe que para cada coluna da regra de três, referente para as substâncias envolvidas na reação química, relaciona-se com uma unidade de medida específica. Do “lado” esquerdo está mencionado sobre mol e no “lado” direito expresso em gramas. Essa simples organizaçãodainformaçãoéimportantíssima para resolver os exercícios de forma correta.

2º Relação entre massa e número de partículas

Exemplo: quantas moléculas de gás carbônico podem ser obtidas pela queima completa de 4,8 g de carbono puro? (Massa atômica C=12)

completa de 4,8 g de carbono puro? (Massa atômica C=12) 3° Rendimento de uma reação que

3° Rendimento de uma reação que não é total

Exemplo: (CESGRANRIO-RJ) Num processo de obtenção de ferro a partir da hematia (Fe 2 O 3 ), considere a equação não-balanceada:

Fe 2 O 3 + C

Fe + CO

(Massas atômicas: C= 12; O= 16; Fe= 56)

Utilizando-se 4,8 toneladas (t) de minério

e admitindo-se um rendimento de 80% na

reação, a quantidade de ferro produzida será de:

a) 2.688 kg

b) 3.360 kg

c) 1.344 kg

d) 2.688 t

e) 3.360 t

Resolução: após balanceamento da equação,

da

forma usual:

efetuamos

o

cálculo

estequiométrico

Fe 2 O 3 + 3 C 2 Fe + 3 CO 160 t 2
Fe 2 O 3
+ 3 C
2 Fe
+ 3 CO
160 t
2 . 56 t
x= 3,36 t
4,8
X
de Fe

A massa de ferro (3,36 toneladas) seria obtida se a reação tivesse aproveitamento ou rendimento total de (100%). No entanto, no enunciado se diz que o rendimento é de apenas 80%. Devemos então efetuar o cálculo envolvendo o rendimento percentual dado:

Rendimento de 100% Rendimento de 80%

Alternativa: D

Ponto de destaque: O rendimento da reação

é sempre uma razão entre a quantidade

3,36 t de Fe

é sempre uma razão entre a quantidade 3,36 t de Fe y= 2,688 t de Fe

y= 2,688 t de Fe

y

real

obtida

pela

quantidade

teórica,

isso

tudo

de

acordo

com

a

equação

química

correspondente balanceada.

quantidade teórica, isso tudo de acordo com a equação química correspondente balanceada.

4° Quando os reagentes são substâncias impuras

Exemplo: (UFRN) Uma amostra de calcita, contendo 80% de carbonato de cálcio, sofre decomposição quando submetida a aquecimento, segundo a equação abaixo:

CaCO 3

Δ

a aquecimento, segundo a equação abaixo: CaCO 3 Δ CaO + CO 2 Qual a massa

CaO + CO 2

Qual a massa de óxido de cálcio obtida a partir da queima de 800 g de calcita?

Resolução: o enunciado nos diz que a calcita contém apenas 80% de CaCO 3 . Temos então o seguinte cálculo de porcentagem:

640 g

100 g de calcita

800g de calcita

Note que é apenas essa massa (640 g de CaCO 3 puro) que irá participar da reação. Assim, teremos o seguinte cálculo estequiométrico:

de CaCO 3 puro

80g de CaCO 3

x

x=

CaCO 3 CaO + CO 2 100 g 56 g y= 358,4 g 640 g
CaCO 3
CaO
+ CO 2
100 g
56 g
y=
358,4
g
640 g
y
de CaO
5º Reagentes limitantes ou
quantidades de dois ou mais
reagentes
Exemplo: misturam-se
147
g
de
ácido
sulfúrico e 100 g de hidróxido de sódio para
que reajam segundo a equação H 2 SO 4 + 2
NaOH
Na 2 SO 4 + 2 H 2 O (massas

atômicas: H= 1; O= 16; Na= 23; S= 32). Pede-se calcular:

a) a massa de sulfato de sódio formada;

massa do reagente que sobra (em

excesso) após a reação.

Vamos calcular inicialmente a massa

que reagiria com os 147 g de H 2 SO 4

b)

a

de

NaOH

mencionados no enunciado do problema:

H + 2 NaOH Na 2 SO 4 + 2 H 2 O 2 SO
H
+ 2 NaOH
Na 2 SO 4 + 2 H 2 O
2 SO 4
98 g
2 . 40 g
x= 120 g
147
g
x
de NaOH

www.biologiatotal.com.br

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

Isso é impossível, pois o enunciado do problema informa que temos apenas 100g de NaOH. Dizemos então que, neste problema, o

H 2 SO 4 é o reagente em excesso, pois seus 147

g “precisariam”de 120 g de NaOH para reagir completamente- mas nós só temos 100 g de NaOH.

Vamos, agora, “inverter” o cálculo, isto é, determinar a massa de H 2 SO 4 que reage com os 100 g de NaOh dados no enunciado do

problema:

H 2 SO 4 + 2 NaOH 98 g 2 . 40 g y 100
H 2 SO 4 + 2 NaOH
98 g
2 . 40 g
y 100 g

Na 2 SO 4 + 2 H 2 O

y= 122,5 g de H 2 SO 4

Agora isso é possível, e significa que os 100

g de NaOH dados no problema reagem com

122,5 g de H 2 SO 4 . Como temos 147 g de

H 2 SO 4 , sobrarão ainda 24,5 g de H 2 SO 4 (147 - 122,5= 24,5), o que responde à pergunta (b) do problema.

Ao contrário do H 2 SO 4 que, neste problema, é

o reagente em excesso, dizemos que o NaOH

é o reagente em falta, ou melhor, o reagente limitante da reação, pois o NaOH será o primeiro reagente a acabar ou se esgotar, pondo assim um ponto final na reação e determinando as quantidades de produtos que poderão ser formados.

De fato, podemos calcular:

Reagente em excesso Reagente limitante H 2 SO 4 + 2 NaOH Na 2 SO
Reagente em excesso
Reagente limitante
H
2 SO 4 +
2 NaOH
Na 2 SO 4
+ 2 H 2 O
2 . 40 g
142 g
z= 177,5 de Na 2 SO 4
100 g
z

Isso responde à pergunta (a) do problema,

Veja que o cálculo a partir dos 100 g de NaOH (reagente limitante), mas nunca poderia ter sido feito a partir dos 147 g de H 2 SO 4 (reagente em excesso), pois chegaríamos

a um resultado falso- note que os 147 g de

H 2 SO 4 não podem reagir integralmente, por falta de NaOH.

5

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

Ponto de destaque: muita atenção para os cálculos que envolvem reagente limitante, pois nem sempre o exercício irá comunicar sobre essa informação. Cálculos preliminares

para verificar se algum reagente está em excesso ou em falta torna-se fundamental para a resolução correta do exercício.

algum reagente está em excesso ou em falta torna-se fundamental para a resolução correta do exercício.

ANOTAÇÕES

EXERCÍCIOS 1. (ENEM 2016) Uma pessoa é responsável pela manutenção de uma sauna úmida. Todos

EXERCÍCIOS

1. (ENEM 2016) Uma pessoa é responsável pela manutenção de uma sauna úmida. Todos os dias cumpre o mesmo ritual: colhe folhas de capim- cidreira e algumas folhas de eucalipto. Em seguida, coloca as folhas na saída do vapor da sauna, aromatizando-a, conforme representado na figura.

da sauna, aromatizando-a, conforme representado na figura. Qual processo de separação é responsável pela

Qual processo de separação é responsável pela aromatização promovida?

a) Filtração simples.

b) Destilação simples.

c) Extração por arraste.

d) Sublimação fracionada.

e) Decantação sólido-líquido.

2. (ENEM 2016) A minimização do tempo e custo de uma reação química, bem como o aumento na sua taxa de conversão, caracteriza a eficiência de um processo químico. Como consequência, produtos podem chegar ao consumidor mais baratos. Um dos parâmetros que mede a eficiência de uma reação química é o seu rendimento molar (R, em %), definido como

R

=

n produto

n reagente limitante

×

100

em

metanol pode ser obtido pela reação entre brometo de metila e hidróxido de sódio, conforme a equação química:

O

que

n

corresponde

ao

número

de

mols.

CH Br +→NaOH

3

CH OH + NaBr

3

As massas molares (em g/mol) desses alimentos

são: H = 1; C = 12; O = 16; Na = 23; Br = 80.

O rendimento molar da reação, em que 32 g de metanol foram obtidos a partir de 142,5 g de brometo de metila e 80 g de hidróxido de sódio, é mais próximo de :

www.biologiatotal.com.br

a) 22%.

b) 40%.

c) 50%.

d) 67%.

e) 75%.

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

3. (ENEM 2015) Um grupo de pesquisadores desenvolveu um método simples, barato e eficaz de remoção de petróleo contaminante na água, que utiliza um plástico produzido a partir do líquido da castanha de caju (LCC). A composição química do LCC é muito parecida com a do petróleo e suas moléculas, por suas características, interagem formando agregados com o petróleo. Para retirar os agrega dos da água, os pesquisadores misturam ao LCC nanopartículas magnéticas.

KIFFER, D. Novo método para remoção de petróleo usa óleo de mamona e castanha de caju. Disponível em: www.faperj. br.Acessoem: 31 jul. 2012 (adaptado).

Essa técnica considera dois processos de separação de misturas, sendo eles, respectivamente,

a) flotação e decantação.

b) decomposição e centrifugação.

c) floculação e separação magnética.

d) destilação fracionada e peneiração.

e) dissolução fracionada e magnetização.

4. (ENEM 2015) Para proteger estruturas de aço da corrosão, a indústria utiliza uma técnica chamada galvanização. Um metal bastante utilizado nesse processo é o zinco, que pode ser obtido a partir de um minério denominado esfalerita (ZnS), de pureza 75%. Considere que a conversão do minério em zinco metálico tem rendimento de 80% nesta sequência de equações químicas:

2 ZnS +→ 3 O 2 ZnO + 2 SO 2 2 ZnO + CO
2 ZnS
+→
3 O
2 ZnO
+
2 SO
2
2
ZnO
+
CO
→+
Zn
CO
2
Considere as massas molares: ZnS
(97 g mol);
O
2
(32 g mol); ZnO (81g mol);
SO
(64 g mol); CO
2
(28 g mol);
CO
(44 g mol); e Zn
(65 g mol).
2

Que valor mais próximo de massa de zinco metálico, em quilogramas, será produzido a partir de 100 kg de esfalerita?

a) 25

b) 33

c) 40

d) 50

e) 54

7

8

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

5. (ENEM 2014) O principal processo industrial

utilizado na produção de fenol é a oxidação do cumeno (isopropilbenzeno). A equação mostra que esse processo envolve a formação do hidroperóxido de cumila, que em seguida é decomposto em fenol e acetona, ambos usados na indústria química como precursores de moléculas mais complexas. Após o processo de síntese, esses dois insumos devem ser separados para comercialização individual.

devem ser separados para comercialização individual. Considerando as características físico-químicas dos dois

Considerando as características físico-químicas dos dois insumos formados, o método utilizado para a separação da mistura, em escala industrial, é a

a) filtração.

b) ventilação.

c) decantação.

d) evaporação.

e) destilação fracionada.

6. (ENEM 2014) Para impedir a contaminação

microbiana do suprimento de água, deve-se eliminar as emissões de efluentes e, quando necessário, tratá-lo com desinfetante. O ácido hipocloroso (HCO), produzido pela reação entre cloro e água, é um dos compostos mais empregados como desinfetante. Contudo, ele não atua somente como oxidante, mas também como um ativo

agente de cloração. A presença de matéria orgânica dissolvida no suprimento de água clorada pode

) e outras

espécies orgânicas cloradas tóxicas.

levar à formação de clorofórmio

(CHC

3

SPIRO, T. G.; STIGLIANI, W. M. Química ambiental. São Paulo: Pearson. 2009 (adaptado).

Visando eliminar da água o clorofórmio e outras moléculas orgânicas, o tratamento adequado é a

a) filtração, com o uso de filtros de carvão ativo.

b) fluoretacão, pela adição de fluoreto de sódio.

c) coagulação, pela adição de sulfato de alumínio.

d) correção do pH, pela adição de carbonato de

sódio.

e) floculação, em tanques de concreto com a

água em movimento.

7. (ENEM 2014) Grandes fontes de emissão do gás

dióxido de enxofre são as indústrias de extração de cobre e níquel, em decorrência da oxidação dos minérios sulfurados. Para evitar a liberação desses óxidos na atmosfera e a consequente formação da chuva ácida, o gás pode ser lavado, em um processo conhecido como dessulfurização, conforme mostrado na equação (1).

CaCO

3(s)

+→SO

2(g)

CaSO

3(s)

+ CO

2(g)

(1)

Por sua vez, o sulfito de cálcio formado pode ser oxidado, com o auxílio do ar atmosférico, para a obtenção do sulfato de cálcio, como mostrado na

equação (2). Essa etapa é de grande interesse porque

o produto da reação, popularmente conhecido

como gesso, é utilizado para fins agrícolas.

2 CaSO

3(s)

+ O

2(g)

2 CaSO

4(s)

(2)

As massas molares dos elementos carbono, oxigênio, enxofre e cálcio são iguais a 12g / mol,

16g / mol, 32g / mol e 40g / mol, respectivamente.

BAIRD, C. Química ambiental. Porto Alegre:

Bookman. 2002 (adaptado).

Considerando um rendimento de 90% no processo, a massa de gesso obtida, em gramas, por mol de gás retido é mais próxima de

a) 64.

b) 108.

c) 122.

d) 136.

e) 245.

8. (ENEM 2013) Entre as substâncias usadas para o

tratamento de água está o sulfato de alumínio que,

em meio alcalino, forma partículas em suspensão na água, às quais as impurezas presentes no meio aderem.

O método de separação comumente usado para

retirar o sulfato de alumínio com as impurezas aderidas é a

a) flotação.

b) levigação.

c) ventilação.

d) peneiração.

e) centrifugação.

9. (ENEM 2013) O brasileiro consome em média 500

miligramas de cálcio por dia, quando a quantidade

e) centrifugação. 9. (ENEM 2013) O brasileiro consome em média 500 miligramas de cálcio por dia,

recomendada é o dobro. Uma alimentação balanceada é a melhor decisão pra evitar problemas no futuro, como a osteoporose, uma doença que atinge os ossos. Ela se caracteriza pela diminuição substancial de massa óssea, tornando os ossos frágeis e mais suscetíveis a fraturas.

Disponível em: www.anvisa.gov.br. Acesso em: 1 ago. 2012 (adaptado).

a

constante de Avogadro e a massa molar do cálcio igual a 40 g/mol, qual a quantidade mínima diária de átomos de cálcio a ser ingerida para que uma pessoa supra suas necessidades?

Considerando-se o valor de

6

×

10

23

mol

1

para

a) 7,5 ×10

b) 1,5 ×10

21

22

c)

d)

e)

7,5 ×10

1,5 ×10

4,8 ×10

23

25

25

10. (ENEM 2013) A produção de aço envolve o aquecimento do minério de ferro, junto com carvão (carbono) e ar atmosférico em uma série de reações

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

de oxirredução. O produto é chamado de ferro-gusa e contém cerca de 3,3% de carbono. Uma forma de eliminar o excesso de carbono é a oxidação a partir do aquecimento do ferro-gusa com gás oxigênio puro. Os dois principais produtos formados são aço doce (liga de ferro com teor de 0,3% de carbono restante) e gás carbônico. As massas molares aproximadas dos elementos carbono e oxigênio são, respectivamente, 12 g/mol e 16 g/mol.

LEE, J. D. Química Inorgânica não tão concisa. São Paulo: Edgard Blücher, 1999 (adaptado).

Considerando que um forno foi alimentado com 2,5 toneladas de ferro-gusa, a massa de gás carbônico formada, em quilogramas, na produção de aço doce, é mais próxima de

a)

b)

c)

d) 275.

e) 303.

28.

75.

175.

ANOTAÇÕES
ANOTAÇÕES

www.biologiatotal.com.br

9

10

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

GABARITO10 FERAS DO ENEM Biologia | Química | Física DJOW 1- [C] Extração por arraste, ou

DJOW
DJOW

1- [C] Extração por arraste, ou seja, o vapor de água arrasta as substâncias responsáveis pelo aroma presente na sauna.

2- [D]

CH OH = 32; CH Br = 95; NaOH = 40.

3

3

CH Br

3

95 g

142,5 g

NaOH

+→

CH OH

3

+

32 g

m

40 g

80 g

Excesso

de

reagente

NaBr

CH OH

3

CH Br

3

NaOH

+→

95 g

142,5 g

95

×

80

40 g

80 g

=

7.600

CH OH

3

+

NaBr

32 g

32 g

para a separação da mistura, em escala industrial,

é a destilação fracionada, devido às diferenças nas

forças intermoleculares. No fenol existem pontes de hidrogênio (ligações de hidrogênio, devido à presença da hidroxila), que são forças mais intensas do que o dipolo permanente existente na cetona. Logo, a temperatura de ebulição do fenol é maior do que a da cetona, permitindo a separação por destilação fracionada.

6- [A]

Visando eliminar da água o clorofórmio e outras moléculas orgânicas, o tratamento adequado é

a filtração, com o uso de filtros de carvão ativo

ou ativado que absorve o clorofórmio e outras moléculas orgânicas devido a sua alta porosidade.

142,5

×

40

=

5.700

7- [C]

7.600

>

5.700

Teremos:

m

CH OH

3

= 48 g

48

g

100% de rendimento

32

g

r

r = 66,666% 67%

3- [C] Os agregados formados pelo plástico produzido a partir do líquido da castanha de caju (LCC) e pelo petróleo não se misturam à água, ou seja, ocorre floculação. As nanopartículas magnéticas são atraídas por imãs, ou seja, ocorre separação magnética.

4- [C]

Teremos:

2ZnS + 3O

2

2ZnO
2ZnO

+ 2SO

2ZnO
2ZnO

+ 2CO

2Zn + 2CO

2

2

0,75

m Zn

2ZnS + 3O + 2CO

2

Global

→

2SO

2

2

×

×

97 g

100 kg

= 40,206 kg 40 kg

+

2

m

2Zn + 2CO

×

2

65 g

×

0,80

Zn

5- [E] Considerando as características físico-químicas dos dois insumos formados, o método utilizado

2CaCO

3(s)

+ 2SO

2(g)

2CaSO

3(s)
3(s)
2 CaSO 3(s)
2 CaSO
3(s)

+

O

2(g)

2 CaSO

4(s)

+ 2CO

2(g)

(1)

(2)

2CaCO

3(s)

2CaCO

3(s)

+

+

2SO

2(g)

gás

retido



2SO

2(g)

+

+

O

2(g)

O

2(g)

Global

→

Global

→

2 CaSO

4(s)

"gesso"



4(s)

2 CaSO

m CaSO

4(s)

2 mol

2

1mol

m

= 122,4 g

×

136 g

×

CaSO

4(s)

0,90

8- [A] Nas estações de tratamento a água que será consumida pela população precisa passar por uma série de etapas que possibilite eliminar todos os

seus poluentes.

Uma dessas etapas é a coagulação ou floculação, com o uso de hidróxido de cálcio, conforme a reação:

3Ca(OH)

2

+ A(SO

2

)

43

→+2A(OH)

3

3CaSO

4

O hidróxido de alumínio

uma substância insolúvel em água, permite reter em sua superfície muitas das impurezas presentes na água (floculação). O método de separação comumente usado para retirar o sulfato de alumínio com as impurezas aderidas é a flotação (faz-se uma agitação no sistema e as impurezas retidas sobem à superfície da mistura heterogênea).

obtido, que é

(A(OH)

3

)

agitação no sistema e as impurezas retidas sobem à superfície da mistura heterogênea). obtido, que é

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

9- [B] A quantidade recomendada é o dobro de 500 mg por dia, ou seja,
9- [B]
A quantidade recomendada é o dobro de 500 mg
por dia, ou seja, 1000 mg de cálcio por dia, então:
O ferro gusa tem 3,3 % de carbono e de acordo
com o enunciado, o excesso de carbono é retirado
formando uma liga (aço doce) com 0,3 % de
carbono, ou seja, 3,0 % de carbono (3,3 % - 0,3 %) é
− 3
1000 mg
=×=
1000
10
1 g
retirado. Então:
40 g de cálcio
1 g de cálcio
6
× 10
23 átomos de Ca
2,5t
= 2500 kg de ferro gusa (total); C
=
12; CO
44.
2 =
2500 kg
100 %
n Ca
m
3,0%
23
22
carbono retirado
= 0,15 ×10
=×1,5 10 átomos de cálcio
n Ca
m
= 75 kg
carbono retirado
C
+
O
CO
2
2
12 g
44 g
10- [D]
75 kg
m CO
2
m CO
= 275 kg
2
ANOTAÇÕES

www.biologiatotal.com.br

11

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

12

FERAS DO ENEM Biologia | Química | Física 12
www.biologiatotal.com.br FERAS DO ENEM Biologia | Química | Física contato@biologiatotal.com.br /biologiajubilut
www.biologiatotal.com.br FERAS DO ENEM Biologia | Química | Física contato@biologiatotal.com.br /biologiajubilut

www.biologiatotal.com.br

FERAS DO ENEM

Biologia | Química | Física

contato@biologiatotal.com.brFERAS DO ENEM Biologia | Química | Física /biologiajubilut Biologia Total com Prof. Jubilut

/biologiajubilutBiologia | Química | Física contato@biologiatotal.com.br Biologia Total com Prof. Jubilut @paulojubilut @Prof_jubilut

Biologia Total com Prof. JubilutBiologia | Química | Física contato@biologiatotal.com.br /biologiajubilut @paulojubilut @Prof_jubilut biologiajubilut 13

@paulojubilut| Física contato@biologiatotal.com.br /biologiajubilut Biologia Total com Prof. Jubilut @Prof_jubilut biologiajubilut 13

@Prof_jubilut| Física contato@biologiatotal.com.br /biologiajubilut Biologia Total com Prof. Jubilut @paulojubilut biologiajubilut 13

biologiajubilut| Física contato@biologiatotal.com.br /biologiajubilut Biologia Total com Prof. Jubilut @paulojubilut @Prof_jubilut 13

13