Vous êtes sur la page 1sur 51

7° ANO

AULA DE
CIÊNCIAS
Professora Andressa =)
TAREFA
Página 28:

A S T E J A N T E
C D I S E
O V I A R O S
L A G A R O S
P Ç O N H E N T O S
C R O C O D L O S
P E L E E C A
TAREFA
Página 29:

JABUTI
TARTARUGA MARINHA
Animal terrestre, de casco
Animal que vive nos oceanos,
arredondado e patas fortes,
possui patas adaptadas para a
com unhas adaptadas para
natação e desova na areia da
sustentar o peso do corpo e
praia.
andar sobre o solo.
Ambos possuem carapaça e são do grupo dos
testudíneos.
TAREFA
Página 29:

A diferença de temperatura e o cheiro dos organismos à sua volta.

A fosseta loreal.

É responsável pelo olfato, captura de odores do ambiente e leva


essas informações ao cérebro das serpentes. Nos lagartos, além
dessa função, a língua auxilia na captura de alimentos.
TAREFA
Página 29:

Os lagartos se diferenciam das serpentes pela


presença de pernas locomotoras e cauda longa. Os
seus hábitos alimentares também são diferentes,
podem ser herbívoros e a maioria dos lagartos não é
peçonhenta.
7° ANO

Animais
vertebrados
endotérmicos
Apostila volume 3
Filo dos Cordados

http://www.ib.usp.br/evosite/evo101/IICTreebuilding.shtml
Vertebrados Endotérmicos
Vertebrados Endotérmicos
Vertebrados Endotérmicos
Classificação de
acordo com a forma de
manutenção da
temperatura do corpo:

ENDOTÉRMICOS ECTOTÉRMICOS
O corpo produz calor Dependem do calor
e mantém a externo para regular
temperatura do sua temperatura
corpo constante corpórea

Aves Mamíferos Peixes Anfíbios Répteis


Vertebrados Endotérmicos
ENDOTÉRMICOS Peixes
Aves ECTOTÉRMICOS
O corpo produz calor Dependem do calor
e mantém a Anfíbios externo para regular
temperatura do Mamíferos sua temperatura
corpo constante corpórea
Répteis
Vertebrados Endotérmicos
ENDOTÉRMICOS
O que é
Aves
Metabolismo?
O corpo produz calor
Metabolismo é a e mantém a
soma de processos temperatura do Mamíferos
químicos e físicos corpo constante
que ocorrem dentro
de um organismo
vivo.

Manutenção da temperatura corporal constante:

Possível porque esses animais são capazes de transformar


metabolicamente os nutrientes dos alimentos, gerando
energia térmica (calor) no próprio corpo.
Isso explica por que as aves e mamíferos precisam ingerir
mais alimento que os animais ectotérmicos.
Vertebrados Endotérmicos
ENDOTÉRMICOS
Aves
O corpo produz calor
e mantém a
temperatura do Mamíferos
corpo constante

Ornitologia:
é o ramo da
Biologia que se
dedica ao
estudo das aves
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

AVES
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

AVES
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

A capacidade de voar possibilitou a esses seres vivos


ocuparem ambientes únicos na Terra, como o alto de
montanhas, desertos longínquos e ilhas remotas e
isoladas, além de regiões polares.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

Sistema
cardiovascular mais Penas
Sistema respiratório desenvolvido (proteção contra
aperfeiçoado desidratação e
conservação de calor)

Sacos aéreos: Vôo: Ossos


diminui o peso pneumáticos
e refrigera o Diminuição da (ocos e cheios de
massa corporal ar)
corpo

Osso esterno em quilha


Corpo aerodinâmico que suporta grandes
músculos peitorais
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

Esqueleto (ossos pneumáticos)


Vertebrados ENDOTÉRMICOS

Membros anteriores modificados


Vertebrados ENDOTÉRMICOS

Sistema circulatório
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

Sistema respiratório
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Penas assimétricas
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de bicos

Coador

Amazoneta brasilienses

Ajaia ajaja
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

Tipos de bicos

Frugívoro

Euphonia chlorotica

Ramphastos
dicolorus

Aratinga
leucophthalmus
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de bicos
Insetívoro

Notiochelidon cyanoleuca
Flycatchers
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de bicos
Piscívoro

Jabiru mycteria
Nycticorax nycticorax
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de bicos

Comedor de semente

Sporophila caerulescens

Sporophila lineola
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de bicos
Rasgador de carne

Polyborus plancus

Tyto alba
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de bicos
Perfurar madeira
Colaptes
campestris Colaptes Melanerpes
melanochlorus candidus
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de Pés
Zigodáctilos: aves que empoleiram e escalam
Pica-paus, papagaios e tucanos
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de Pés
Heterodáctilos:
Dois dedos para frente e dois para trás
Surucuás
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de Pés
Aves aquáticas que andam sobre as folhas e
lama
Caminham nas margens dos rios
Garças, jaçanãs, frangos d´água
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Tipos de Pés
Aves aquáticas nadadoras
Membranas interdigitais
Utilizam os pés como nadadeiras
Anatídeos, gaivotas
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

Tangará
dançarino

Ave-do-paraíso
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Vertebrados ENDOTÉRMICOS
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

PALEOGNATAS
Aves com asas NEOGNATAS
atrofiadas (não Tem asas
voam) e não desenvolvidas e quilha
apresentam quilha no no osso esterno.
osso esterno.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

AVESTRUZ

PALEOGNATAS
Aves com asas
atrofiadas (não
EMA
voam) e que não
apresentam quilha no CASUAR
osso esterno.
EMU

KIWI
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

NEOGNATAS
Maior parte das aves Tem asas
conhecidas! desenvolvidas e quilha
no osso esterno.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

NEOGNATAS
Tem asas
desenvolvidas e quilha
no osso esterno.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

NEOGNATAS
Tem asas
desenvolvidas e quilha
no osso esterno.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

NEOGNATAS
Tem asas
desenvolvidas e quilha
no osso esterno.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

NEOGNATAS
Tem asas
desenvolvidas e quilha
no osso esterno.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

NEOGNATAS
Tem asas
desenvolvidas e quilha
no osso esterno.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

NEOGNATAS
Tem asas
desenvolvidas e quilha
no osso esterno.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

NEOGNATAS
Tem asas
desenvolvidas e quilha
no osso esterno.
Vertebrados ENDOTÉRMICOS

Centres d'intérêt liés