Vous êtes sur la page 1sur 2

Newsletter Viagens 6 Aprendizagens Essenciais

Presente do conjuntivo com valor de imperativo

Quando queremos dar ordens ou conselhos, utilizamos o imperativo, que apenas


pode ser flexionado na 2.ª pessoa (singular e plural).
Ex.: – Carla, faz os trabalhos de casa de Ciências.
(2.ª pessoa do singular do verbo fazer no imperativo)

Recorda alguns exemplos da conjugação do imperativo.


Dar Fazer Sentir Ser
tu dá faz sente sê
vós dai fazei senti sede

No entanto, também é possível dar ordens ou conselhos, usando você (em vez de tu)
ou vocês (em vez de vós). Nestes casos, recorremos à 3.ª pessoa do presente do
conjuntivo.
Ex.: – D. Fátima, abra a porta ao estafeta, por favor.
(3.ª pessoa do singular do verbo abrir no presente do conjuntivo)

– Vocês tragam dois pacotes de leite do supermercado.


(3.ª pessoa do plural do verbo trazer no presente do conjuntivo)

Em frases negativas, utiliza-se o presente do conjuntivo para fazer pedidos ou dar


ordens tanto na 2.ª pessoa (tu, vós) como na 3.ª pessoa (você, vocês).
Ex.: – Filho, não faças tanto barulho!
(2.ª pessoa do singular do verbo fazer no presente do conjuntivo)

– Amigos, não descalcem os sapatos.


(3.ª pessoa do plural do verbo descalçar no presente do conjuntivo)

Atenta na conjugação dos mesmos verbos no presente do conjuntivo de modo a


identificares algumas das formas usadas com valor de imperativo.
Dar Fazer Sentir Ser
eu dê faça sinta seja
tu dês faças sintas sejas
ele dê faça sinta seja
nós dêmos façamos sintamos sejamos
vós deis façais sintais sejais
eles deem façam sintam sejam

1
Newsletter Viagens 6 Aprendizagens Essenciais

Exercícios

1. Lê as frases seguintes e assinala com X as que apresentam formas verbais no presente


do conjuntivo com valor de imperativo.
a. – Pedro, não comas tantos doces.
b. – Lê o Ulisses, Bernardo. É espetacular!
c. – Crianças, venham lanchar.
d. – Margarida, resolve o exercício no quadro, por favor.
e. – Leva umas sapatilhas confortáveis para a caminhada, Chico.
f. – Rosa, Duarte, preparem o lanche para o passeio.
g. – Não compres roupa de que não precisas, Daniel.
h. – Nunca mais faças isso, ouviste?

2. Reescreve as frases apresentadas de acordo com o exemplo. Faz as alterações


necessárias.
Ex.: – Ana, põe a mesa.
– Ana, Rui, ponham a mesa.
a. Susana, experimenta esta camisola.
– Sr. Rui, __________________________________________________________
b. – Paulo, desliga a música.
– Meninos, _________________________________________________________
c. – Beatriz, Vera, atrasai os relógios uma hora.
– Beatriz, Vera, não ___________________________________________________
d. – Olha para a direita. O que achas deste quadro?
– (Vocês) ___________________________________________________________
e. – Hugo, sê simpático com desconhecidos.
– Hugo, não ________________________________________________________
f. – Pai, parte o queijo mais fino.
– Pai, não __________________________________________________________

3. Completa as frases com os verbos entre parênteses no presente do conjuntivo.


a. – D. Alice, ______________ (respirar) com mais calma para a auscultar.
b. – João, não ______________ (ingerir) tantos refrigerantes, pois fazem mal.
c. – Vocês ______________ (arrumar) o quarto antes de a mãe chegar.
d. – Avós, ______________ (experimentar) a tarte de maçã que o Rui fez.
e. – Ricardo, não ______________ (preocupar-se), porque tudo se vai resolver.
f. – João e Filipa, não ______________ (ver) esse filme, pois é muito assustador.