Vous êtes sur la page 1sur 3

Turma 31 –

Turma no geral:
Grande dificuldade de concentração e de relacionamentos, esperava que fosse ser mais difícil, se
surpreendeu. Os alunos ainda resistem ao trabalho em grupo, tem sempre muita brig. Muita criança se nega
a trabalhar, não querem explicação individual e não conseguem trabalhar sozinhos para que a professora
sente ao lado para dar explicações individuais.
Neste momento a maior dificuldade é a subtração, profª já trabalhou de tudo o que é jeito.
A turma apresenta, ainda, muitas faltas, o que prejudica o trabalho. Por fim, a profª percebe que eles
não trazem conceitos mínimos de casa.
Rafaela sugeriu mais atividades orais por conta dos alunos (que são vários) com características
disléxicas)
Joseane falou da preocupação com os registros uma vez que muitos, principalmente em Matemática,
estão em nível de começo de alfabetização.
Profª Flávia (música) – Na música a turma é apática, tem dificuldades, mas procuram participar das
discussões, muitas vezes trazendo argumentos que não tem nada a ver com o assunto. Nesta turma não
trabalhou a música em espanhol, fez cartaz da música trabalhada com desenhos e nem mesmo assim
memorizaram a letra da música, não conseguem manter pulsação. Mesmo assim percebe que foi um ganho
juntá-los, por que o mínimo que conseguem se acham, tem espaço para comemorar pequenas vitórias, o que
não aconteceria se estivessem misturados.
Profª Lígia – Nossos alunos não sabem ficar sozinhos, a partir de agora vai cobrar mais a presença
dos pais na escola e autonomia dos alunos.
Sugestão: Realizar um trabalho sistemático de auto-estima, concentração e temas afins. Joseane
solicitou que SOE e Direção estejam mais freqüentemente na sala, incentivando-os, olhando suas produções,
para que sintam que mais gente olha por eles...Tal solicitação se estende ao Integral.
Sugestão2 – Convocação para a entrega dos boletins.

AVALIAÇÃO INDIVIDUAL

Sandro: Turma de Tempo Integral - Engana no meio do grupo, copia, espera a resposta, é muito
esperto, mas na escrita não vai.
Profª Petilei – Cresceu um pouquinho e está se achando. Na música tem grande dificuldade e não
percebe, dificuldade em rítmica e percussão.
Chamá-lo para uma conversa individual.Ver encaminhamentos de dislexia, chamar os pais e
possibilidade de denúncia (negligência).

Kevem: Turma de Tempo Integral - Não reconhece nem o K do seu nome, muita, muita dificuldade
em sala e na música (não consegue e não percebe que não está conseguindo). No integral a mesma
dificuldade é percebida, Só sabe as letras na ordem do alfabeto, para algumas diz: é muito longe!(do começo
do alfabeto, ex:S).Como já foi encaminhado para o Núcleo Desenvolver e para o IATEL, ver como ficaram
estes encaminhamentos e caso não se retomem, fazer denúncia de negligência.

Alejandro - Dificuldade de visão, já fez T.A. V. e levou encaminhamento para o Posto de Saúde.

Fábio Silveira – Turma de Tempo Integral - Ver denúncia antiga, não deixa arregaçar suas mangas,
não troca camisa de jeito nenhum, arredio ao toque. Ver APOMT.
João Vítor Fraga – Turma de Tempo Integral - Fazer novo APOIA, tem sempre chave e cigarro da
mãe na mochila (desculpa para que a mãe volte na sala para falar com o menino), Mta, mta dificuldade, pedi
datas das faltas para encaminhar novo APOIA.

João Pedro Santos de Souza – Turma de Tempo Integral - Dra Carla Markesini ficou de atendê-lo,
verificar se está indo. Ver denúncia quanto à freqüência no Integral e a sua não alfabetização.

Gabriela Faustino: Turma de Tempo Integral - Denúncia de V. S..Mta agressividade. “Nem que me
matem eu falo”. Tem se recusado a participar de atividades físicas. Pré-conceitos muito fortes em algumas
de suas falas, auto imagem negativa (recusa m ver cantora “gordinha”), Recusas na aula de música também.
Alguns de seus comportamentos tem se repetido do ano passado para cá. Está começando a ler e a escrever,
pesquisa, pergunta, é muito esforçada. Na matemática se atrapalha, mesmo assim tenta, não desiste.

Igor – Encaminhar para o Apoio Pedagógico.

Mateus Assis – Turma de Tempo Integral - Encaminhar denúncia de negligência e averiguação de


outros tipos de violência, rever sua colocação no Projeto de Tempo Integral, chamar mãe para conversa.
Solicitei registro de atividades de escrita e leitura.Ver possibilidade de troca de turno.

Rudnei – Tem sempre mto sono, mora com o pai e este chega mto tarde. No Integral tbm dorme
mto, menino não sorri.Observar mais de perto e chamar o pai para uma conversa.

Victor Hugo – Parece que uma irmã mais velha tentou suicídio e agora está morando com eles.
Parece mais tranqüilo, não tem persistência, perturba os outros.

Shara – Veio do Carianos, mora com a avó, mas esta não tem a sua guarda, lê tudo, mas encontra
dificuldade na escrita e na matemática. Em dois dias já tinha arranjado confusão com a metade da turma,
acompanhar de perto. Chamá-la para uma conversa.

Toda a turma tem atendimento complementar, aqueles que não estão na Turma de Tempo Integral
estão na Oficina Pedagógica.
Turma 32

Turma no geral
A turma melhorou no todo depois do remanejamento, “ficou mais parelha”, as crianças com dificuldades são
casos isolados. O trabalho rende, os alunos respondem às atividades propostas.
Profª sente dificuldade de trabalhar em grupos.
Bastante interessados, gostam de participar. Profª está colocando bilhetes de parabéns quando fazem as
atividades com interesse. Juntou o planejamento da sala com a aula de música quando foi trabalhada a
África(clima).
Profª Música – Nas aulas de música tudo flui muito rápido, entraram no ritmo do trabalho, embora também
sinta a dificuldade no trabalho em grupo.
Prof ª Educação Física – Na sala se organizam, lá embaixo são dispersos, tem trabalhado com eles a
importância de aprender a se controlar.Precisamos dar mais tempo porque as turmas estão se construindo, se
revendo enquanto grupo depois do remanejamento.

Leonardo – Está no Projeto de Tempo Integral e no atendimento Individual. Quando pára e vê que, mesmo
com dificuldade consegue ler, sente-se bem. Melhorou muito no comportamento, embora ainda não saiba
brincar em grupo, consegue acabar com as brincadeiras dos colegas. Mto lento, não tem ritmo, copia
algumas atividades, o tempo todo vem perguntar. Na matemática consegue realizar algumas atividades
básicas.
Carente e carinhoso com professoras.
Não encontramos possibilidades para troca de turno. Nas últimas aulas de música trabalhou em sala.
Avaliar visão.

Vítor de Souza – Muitas faltas justificadas este trimestre, ficou muito doente.

Andrezza – Aluna muito esforçada, encontra bastante dificuldade na MTM. Chamar a mãe pois não está
vindo no Apoio.

Mateus A. Luz -