Vous êtes sur la page 1sur 12

LISTA DE VERIFICAÇÃO DAS CONDIÇÕES

GERAIS DE SEGURANÇA DO TRABALHO

NOS ESTABELECIMENTOS INDUSTRIAIS

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO

1 – IDETIFICAÇÃO DA EMPRESA

1.1 – ome ou Designação Social

1.2 – Endereço do Domicílio ou Sede

Distrito:
Concelho:
Localidade:
Código Postal:
Telef.: Fax:

1.3 – Actividade Principal

CAE.:
1.4 – .º de Pessoa Colectiva

1.5 – .º Total de Trabalhadores


Masculinos: Femininos:

1.6 – .º de Estabelecimentos e Localização

1.7 – ome ou Designação Social do Estabelecimento

1.8 – Endereço do Estabelecimento

Distrito:
Concelho:
Localidade:
Código Postal:
Telef.: Fax:

1.9 – .º Total de Trabalhadores do Estabelecimento


Masculinos: Femininos:
Administrativos Comerciais:
Produção: Expedição:

2 – ISTALAÇÃO DE ESTABELECIMETOS IDUSTRIAIS

Requisitos Sim Não N/A Observações


2.1 – EDIFÍCIOS E OUTRAS CONSTRUÇÕES
2.1.1. – SEGURANÇA DAS CONSTRUÇÕES (Port. 53/71, Art. 6)

As construções oferecem boas condições de estabilidade e


resistência?
( Port. 987/93, 1º)

LOGRADOUROS (Port. 53/71, Art. 17)

Estão drenados com caleiras, sumidouros, caixas de visita e outras


aberturas devidamente cobertas?

As passagens de peões, as faixas de rodagem e outras vias estão


concebidas de modo a oferecer segurança, evitando-se passagens de nível
perigosas?

Existem espaços livres e demarcados para parques de materiais e


operações de carga e descarga?

Os acessos às áreas fabris permitem a entrada e circulação de veículos de


emergência?

(Port. 53/71, Art. 8)

2.1.2. – ALTURA, SUPERFÍCIE E CUBAGEM DOS


(Port. 53/71, Art. 8)
EDIFÍCIOS
A altura entre o pavimento e o tecto é de 3 metros (± 0,2m)?
Port. 987/93, 2º - 1

A altura entre o pavimento e o tecto é de 3 metros (± 0,2m)?


Port. 987/93, 2º - 1

Os postos de trabalho estão adequadamente dimensionados para as


respectivas tarefas? Port. 987/93, 2º - 1, 2

A distância ao tecto de equipamentos (como caldeiras, fornos e


estufas) é no mínimo de 2 metros?

2.1.2. – PAREDES (Port. 53/71, Art. 9)

Têm cor clara não brilhante?

Quando necessário, são impermeáveis até 1,5 m de altura?

VIAS DE PASSAGEM, COMUNICAÇÕES E SAÍDAS (Port. 53/71, Art. 10)

A largura mínima das vias de circulação é adequada? Port. 987/93, 13º - 2

O intervalo entre máquinas, instalações e materiais é suficiente?

Existe protecção nas áreas de perigo de quedas em altura? Port. 987/93, 4º


- 2 / 13º - 6

As vias de circulação destinadas a veículos não constituem risco para os


trabalhadores?

As vias de circulação destinadas a pessoas têm iluminação adequada?

O piso é escorregadio ou derrapante? Port. 987/93, 10º - 1

Sempre que o tipo de utilização o exija, o traçado das vias de circulação


está assinalado? Port. 987/93, 4º - 7
Em cada área de trabalho confinada, que contenha substâncias explosivas
ou inflamáveis, existem pelo menos 2 saídas?

As divisórias transparentes ou translúcidas são constituídas, instaladas e


assinaladas de forma a não causar perigo? Port. 987/93, 10º - 3

As divisórias anteriormente referidas são constituídas por materiais que


comportam riscos para os trabalhadores? Port. 987/93, 10º - 4

OCUPAÇÃO DOS PAVIMENTOS (Port. 53/71, Art. 11)

Em redor de cada máquina ou de cada elemento de produção está


reservado um espaço suficiente e devidamente assinalado? Port. 1456-A/95,
Art. 9 / DL 141/95, Art. 5º

Os pavimentos são sobrecarregados por cargas muito elevadas? Port.


987/93, 1º - 2

A sinalização do risco de choque contra obstáculos encontra-se


devidamente assinalada? Port. 1456-A/95, Art. 9/ DL 141/95, Art. 5º

ABERTURAS NOS PAVIMENTOS OU PASSAGENS (Port. 53/71, Art. 12)

As aberturas nos pavimentos ou passagens estão dotadas de coberturas


resistentes ou guarda corpos, ou em alternativa, quando não aplicáveis,
estão devidamente sinalizadas?

As portas e os portões situados em vias de emergência estão


adequadamente sinalizadas, são de abertura fácil pelo lado de dentro e
podem manter-se abertos? Port. 987/93, 12º - 8

As portas e os portões de correr possuem dispositivo de segurança que os


impeçam de cair ou saltar das calhas? Port. 987/93, 12º - 2

As portas ou portões de funcionamento mecânico possuem dispositivos de


paragem de emergência facilmente identificáveis e acessíveis? Port. 987/93,
12º - 3

Em caso de falha de energia, os portões ou portas mecânicas podem-se


abrir automaticamente ou manualmente? Port. 987/93, 12º - 4

As portas ou portões basculantes possuem painéis transparentes? Port.


987/93, 12º - 5

Na imediação dos portões para veículos existem portões para peões,


devidamente sinalizadas? Port. 987/93, 12º - 9

COMUNICAÇÕES VERTICAIS (Port. 53/71, Art. 13)

A largura das escadas é proporcional ao n.º de utilizadores com um mínimo


de 1,2 metros (nunca inferior a 0,9m)? Port. 987/93, 13º - 2

Os lanços e patins das escadas têm resguardos c/ altura mínima de 0,9m?


Port. 987/93, 13º - 6

As escadas, quando limitadas por duas paredes têm, pelo menos, um


corrimão?

As escadas e as passadeiras rolantes estão equipadas com dispositivo de


segurança e de paragem de emergência, acessíveis e facilmente
identificáveis? Port. 987/93, 14º

QUALIDADE DOS PAVIMENTOS (Port. 53/71, Art. 14)

As zonas de passagem de veículos e pessoas estão isentas de cavidades e


saliências e, livres de obstáculos? Port. 987/93, 10º - 1

As vias normais e de emergência estão permanentemente desobstruídas e


em condições de utilização? Port. 987/93, 4º - 1
Os pavimentos, passagens, degraus e patins de escada de chapa de aço
são do tipo estriado e fixo?

Os pavimentos dos locais de trabalho são fixos, planos, estáveis e


antiderrapantes? Port. 987/93, 10º - 1

VIAS DE EMERGÊNCIA

O respectivo traçado conduz, o mais directamente possível, a áreas ao ar


livre ou a zonas de segurança? Port. 987/93, 4º - 1

As vias e as saídas de emergência estão sinalizadas de acordo com a


legislação em vigor? Port. 987/93, 4º - 5 / Port. 1456-A/95, Art. 5º / DL
141/95, Art. 5º

Encontram-se desobstruídas? Port. 987/93, 4º - 1

As portas de emergência são de correr, rotativas ou encontram-se fechadas


à chave? Port. 987/93, 4º - 7

As portas de emergência abrem para o exterior de forma rápida? Port.


987/93, 10º - 7

1.1.2 – ILUMINAÇÃO (Port. 53/71, Art.18 / 19 / 20)


A iluminação é a adequada às operações e tipos de trabalho a realizar? DL
331/93, Anexo, 2.9

É efectuada a limpeza das superfícies de iluminação natural?

Existe iluminação alternativa de intensidade suficiente, no caso de uma


avaria da iluminação artificial poder expor os trabalhadores a riscos? Port.
987/93, 8º - 4

As instalações de iluminação constituem um factor de risco para o


trabalhador? Port. 987/93, 8º - 3

Nos locais em que a iluminação artificial produza o efeito estroboscópico


são observadas as disposições regulamentares aplicáveis? Port. 987/93, 8º
- 5 / DL 740/74, Art. 331

O tipo de iluminação utilizada e de alimentação eléctrica, com intensidade


uniforme, está distribuída por forma a evitarem-se sombras, contrastes
muito acentuados e reflexos prejudiciais?

É evitado o encandeamento?

Os meios de iluminação artificial são mantidos em boas condições de


limpeza?

ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA

As escadas principais, saídas dos locais de trabalho e respectivas vias de


acesso estão dotados de iluminação de segurança?

1.1. 3 - CONDIÇÕES ATMOSFÉRICAS DOS LOCAIS DE TRABALHO


VENTILAÇÃO (Port. 53/71, Art. 22)

A ventilação é preferencialmente do tipo natural?

É utilizada a ventilação artificial, quando a natural for insuficiente?

Caso exista sistema de ventilação, este encontra-se em bom estado? Port.


987/93, 6º - 3

PUREZA DO AR (Port. 53/71, Art. 23 / 107)

Todos os gases, fumos, névoas ou poeiras são preferencialmente captadas,


tanto quanto possível, no seu ponto de formação ou eliminados pela
utilização de outros meios? Port. 987/93, 6º - 6
A atmosfera de trabalho é analisada periodicamente e tantas vezes quantas
as necessárias, a fim de verificar se a concentração das substâncias
nocivas ultrapassa os limites admitidos? DL 441/91, Art. 8º

TEMPERATURA E HUMIDADE (Port. 53/71, Art. 24)

A temperatura e a humidade dos locais de trabalho são adequados ao


organismo humano? Port. 987/93, 7º - 1

As janelas, as clarabóias e as paredes envidraçadas permitem uma


excessiva exposição ao sol, tendo em conta o tipo e a natureza do local de
trabalho? Port. 987/93, 7º - 3

Sempre que necessário, são colocados resguardos para proteger os


trabalhadores contra radiações intensas de calor provocadas por tubagens,
radiadores, sistemas de aquecimento ou quaisquer outras fontes nocivas de
calor? Port. 987/93, 7º - 4

RUÍDO E VIBRAÇÕES (Port. 53/71, Art. 26)

São adoptadas medidas técnicas por forma a eliminar ou reduzir os ruídos e


a sua propagação? (DR 9/92, Art. 2º)

Caso as medidas não sejam suficientes, é limitado o tempo de exposição


e/ou usado protectores adequados? (DR 9/92, Art. 7º)

É ultrapassado o limite máximo aconselhado pelas autoridades


competentes?

Os locais de trabalho são sujeitos a avaliações regulamentares periódicas


dos níveis de ruído? (DR 9/92, Art. 3º)

Os trabalhadores expostos são sujeitos regularmente a exames


audiométricos? (DR 9/92, Art. 6º)

As máquinas e equipamentos possuem sistemas anti-vibratórios


(Recomendação n.º 156 OIT)?

As máquinas possuem sistema de isolamento de propagação das vibrações


(Recomendação n.º 156 OIT)?

1.1. 4 - PREVENÇÃO DOS INCÊNDIOS E PROTECÇÃO CONTRA O FOGO


MEIOS E SISTEMAS DE DETECÇÃO, ALARME E EXTINÇÃO DE INCÊNDIOS (Port. 53/71, Art. 30 / 31)

É feita verificação regular do equipamento? Port. 987/93, 5º - 3

Os meios de combate a incêndio estão de acordo com a área a proteger


e com os tipos de fogos que possam existir? Port. 987/93, 5º - 1

Os meios de combate a incêndio encontram-se em locais visíveis, de fácil


acesso e desobstruídos? Port. 987/93, 5º - 3

Os extintores são de cor vermelha? Port. 1456-A, Art. 8

O material de combate contra incêndios está devidamente sinalizado?


Port. 1456-A/95, Art. 8 / Port. 987/93, 5º - 4 / DL 141/95, Art. 5º

Existem trabalhadores devidamente formados sobre o uso do material de


combate contra incêndios existente? DL 441/91, Art. 12

Os edifícios que apresentem riscos elevados de incêndio são munidos de


sistemas de alarme ou de alarme e de extinção automática? Port. 987/93,
5º - 1

ARMAZENAGEM DE LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS (Port. 53/71, Art. 33)

As substâncias, quando em quantidades limitadas a cima dos 20l, são


depositados em recipientes fechados, em locais de construção resistente
ao fogo e isolados do resto do edifício por paredes incombustíveis e
portas corta-fogo?
As substâncias em quantidades que não excedam os 20l, são
depositados em recipientes adequados, mesmo se nos locais de
trabalho?

Quando em grandes quantidades, são depositados em edifícios isolados,


de construção resistente ao fogo, a uma distância segura de outros
edifícios ou instalações?

A instalação eléctrica é blindada e anti-deflagrante em locais de risco


potencial? DL 740/74

ARMAZENAGEM DE GASES COMPRIMIDOS (Port. 53/71, Art. 34)

Quando armazenadas no interior de edifícios, o espaço reservado ao


depósito está isolado por divisórias resistentes ao fogo e ao calor?

Quando armazenadas no exterior, encontram-se devidamente protegidas


dos agentes climatéricos?

Dispõe de ventilação adequada?

As garrafas são depositadas nas proximidades de substâncias muito


inflamáveis ou que ofereçam perigo de explosão?

ARMAZENAGEM DE MATERIAIS INFLAMÁVEIS UTILIZADOS EM EMBALAGEM (Port. 53/71, Art. 36)

A armazenagem de grandes quantidades de substâncias inflamáveis está


separada em edifícios isolados ou em compartimentos incombustíveis ou
revestidos a metal com portas igualmente revestidas de metal?

Os resíduos são retirados diariamente e colocados em recipientes


metálicos apropriados, com tampa?

PROTECÇÃO CONTRA O RAIO (Port. 53/71, Art. 39)

As chaminés, ventiladores e outros objectos metálicos salientes, bem


como massas metálicas próximas do condutor de pára-raios ou grandes
massas metálicas no interior do edifício, estão cuidadosamente ligados
ao sistema de pára-raios?

As máquinas que possam estar expostas aos efeitos dos raios durante a
sua utilização estão equipadas com sistema de protecção? DL 320/2001,
Anexo I – 4.1.2.8

1. 2 - MÁQUINAS
SEGURANÇA DAS MÁQUINAS (Port. 53/71, Art. 40 / 43 / 44 / 50)

Os elementos móveis de motores, órgãos de transmissão das máquinas


e outras áreas de risco estão devidamente protegidos de um contacto
acidental? DL 320/2001, Anexo I – 1.3.7 / DL 331/93, Anexo, 2.8

As máquinas antigas encontram-se modificadas ou protegidas sempre


que o risco existente o justifique?

As máquinas que pela alta velocidade dos seus componentes, possuem


invólucros ou blindagens adequadas? DL 320/2001, Anexo I – 1.3.2.,
1.3.3 / DL 331/93, Anexo, 2.5, 2.7

Existência de protectores que interditem o acesso à zona perigosa da


máquina? DL 320/2001, Anexo I – 1.3.7

Os protectores encontram-se devidamente instalados nas máquinas?

Os órgãos ou aparelhos para arranque e paragem de motores são


facilmente acessíveis e dispostos por forma a não poderem ser
accionados acidentalmente?

As máquinas encontram-se equipadas com sistema de paragem de


emergência? DL 320/2001, Anexo I – 1.2.4 / DL 331/93, Anexo, 2.4
Os dispositivos amovíveis de protecção da zona de operação ou de
outros órgãos perigosos estão ligados aos sistemas de encravamento?

As máquinas possuem marcação CE? DL 320/2001, Art. 4, 7, Anexo I,


1.7.3

As máquinas possuem o nome e endereço do fabricante, designação da


série ou do modelo e o ano de fabrico? DL 320/2001, Anexo I – 1.7.3

Cada máquina é acompanhada de um manual de instruções, redigido em


português? DL 320/2001, Anexo I – 1.7.4

Existem relatórios referentes às acções de manutenção dos


equipamentos?

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe Manual de


Instruções? DL 214/95, Art. 3

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe Certificado,


comprovativo de que a máquina não representa qualquer risco para o
utilizador? DL 214/95, Art. 3 / DL 378/93

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe declaração


do cedente, contendo o seu nome, endereço e identificação profissional e
o nome e endereço do organismo certificador? DL 214/95, Art. 3

CARROS DE TRANSPORTE MECÂNICO E MANUAL ( TRACTORES, EMPILHADORES E CARROS DE MÃO) (Port. 53/71, Art.
78 / 79 / 80)

Os carros de transporte manual possuem rodas de borracha ou outro


material equivalente?

Os carros de transporte manual estão dotados de travões?

As pegas ou varões de empurrar possuem guarda-mãos?

Os percursos no interior das fábricas foram concebidos de forma


reduzir os riscos resultantes do tráfego, tendo em conta os tipos de
veículos, o espaço disponível e a localização de outras vias de
trânsito?

As vias de circulação dos veículos estão marcadas de cada lado e a


todo o seu comprimento por um traço nítido, indissociável do
pavimento, de cor branca ou amarela e mantidas livres de qualquer
obstáculo? Port. 1456-A/95, Art. 10 / Port. 987/93, 13º - 7/ DL 141/95, Art.

Nos planos inclinados, teleféricos e elevadores foram adoptados


disposições de segurança que provoquem a imediata paragem de
vagonetas ou cabinas, em caso de rotura ou avaria dos órgãos de
tracção?

Nas saídas dos recintos fabris e nas passagens que ligam


directamente às vias de circulação foram colocadas barreiras ou
sinalização adequada?

Os sinais que indiquem as condições de perigo em zonas de trânsito


estão convenientemente iluminados durante o serviço nocturno?

Os carros automotores e reboques apresentam, de forma bem visível,


indicação da capacidade máxima de carga?

Os funcionários dispõem de formação adequada (Empilhadores)? DL


441/91, Art. 12

As máquinas possuem marcação CE? DL 320/2001, Art. 4, 7, Anexo I,


1.7.3

As máquinas possuem o nome e endereço do fabricante? DL


320/2001, Anexo I – 1.7.3
As máquinas possuem o ano de fabrico? DL 320/2001, Anexo I – 1.7.3

Manual de instruções redigido em português? DL 320/2001, Anexo I –


1.7.4

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe Manual


de Instruções? DL 214/95, Art. 3

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe


Certificado, comprovativo de que a máquina não representa qualquer
risco para o utilizador? DL 214/95, Art. 3 / DL 378/93

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe


declaração do cedente, contendo o seu nome, endereço e identificação
profissional e o nome e endereço do organismo certificador? DL
214/95, Art. 3

Existem relatórios referentes às acções de manutenção dos


equipamentos? DL 82/99, Art. 8

1.3 - TUBAGENS E CANALIZAÇÕES (Port. 53/71, Art. 82, 83)


As tubagens e canalizações estão solidamente fixadas no seu suporte,
bem alinhadas e providas de acessórios, válvulas e outros dispositivos
por forma que o transporte das substâncias se faça com toda a
segurança?

As tubagens e canalizações que transportam vapor de água ou líquidos a


temperatura superior a 100ºC estão isoladas termicamente?

Os tubos, torneiras, válvulas e acessórios das tubagens e canalizações


estão dispostos de maneira a poderem ser seguidos e encontrados
facilmente e serem pintados ou marcados com cores convencionais a fim
de permitirem identificar o seu conteúdo? Port. 1456-A, Art. 7 – NP
182/66

Perto das extremidades da distribuição das tubagens e canalizações, são


fixadas instruções que indiquem claramente as precauções a tomar na
manipulação do seu conteúdo?

1.4 - ELEVAÇÃO, TRANSPORTE E EMPILHAMENTO DE MATERIAIS.


ARMAZENAGEM DE MATERIAIS SECOS A GRANEL E DE LÍQUIDOS
PERIGOSOS (Port. 53/71, Art. 85 / 86)
Sempre que possível, são utilizados aparelhos para elevar e transportar
materiais?

Os funcionários dispõem de formação adequada em matéria de


movimentação manual de cargas? DL 441/91, Art. 12

Os trabalhadores ocupados na manutenção de objectos que apresentem


arestas vivas, rebarbas, falhas ou outras saliências perigosas, ou na
manutenção de matérias escaldantes, cáusticas ou corrosivas, têm à sua
disposição e utilizam, equipamento de protecção apropriado e conforme
com as prescrições regulamentares?

O empilhamento de materiais é efectuado por forma a oferecer


segurança, sendo tomadas precauções especiais sempre que a natureza
daqueles o exija?

É permitido o empilhamento de materiais contra paredes ou divisórias


dos edifícios que não estejam convenientemente dimensionados para
resistir aos impulsos laterais?

A altura do empilhamento dos materiais pode comprometer a estabilidade


da pilha?

Os materiais e produtos susceptíveis de reagirem entre si dando lugar à


formação de gases ou misturas perigosas são conservados em locais
suficientemente distanciados e adequadamente isolados uns dos outros?

Existe bacia de retenção de volume igual ou superior à totalidade do


volume de líquidos armazenados?

INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS (Port. 53/71, Art. 94)

O estabelecimento e a exploração das instalações eléctricas obedecem


às disposições regulamentares em vigor? DL 740/74

A instalação eléctrica comporta risco de incêndio?

A instalação eléctrica é blindada e anti-deflagrante em locais de risco


potencial? DL 740/74

É assegurado que a sua utilização não constitua factor de risco para os


trabalhadores, por contacto directo ou indirecto? Port. 987/93, 3º - 2

A instalação eléctrica é interior ou exterior?

A instalação eléctrica encontra-se protegida através de calha ou tubo


PVC?

O quadro eléctrico encontra-se devidamente sinalizado?

O quadro eléctrico encontra-se isolado e protegido contra contactos


directos com elementos sob tensão?

Os disjuntores encontram-se devidamente seccionados e identificados?

INSTALAÇÕES E OPERAÇÕES DE SOLDADURA E CORTE (Port. 53/71, Art. 95 / 97)

Estão afastados da proximidade de armazéns de materiais combustíveis


ou de materiais ou instalações susceptíveis de libertar poeiras, vapores
ou gases explosivos ou inflamáveis, a não ser que tenham tomado
precauções especiais?

Quando estas operações são executadas em lugares onde haja


permanência ou circulação de pessoas, estão disponíveis biombos ou
outros anteparos apropriados, fixos ou móveis, cuja superfície absorva e
impeça a reflexão de radiações nocivas?

Quando as garrafas estão a ser utilizadas, são mantidas na posição


vertical ou ligeiramente inclinadas?

As garrafas estão presas por correias, braçadeiras ou correntes,


resistentes e de fácil manobra, de modo a permitirem a sua rápida
retirada em caso de incêndio?

As garrafas são transportadas em carrinhos apropriados?

As cápsulas protectoras das válvulas são colocadas sempre que as


garrafas tenham de ser deslocadas ou não estejam a ser utilizadas?

As tubagens de distribuição de acetileno e de oxigénio provenientes de


geradores ou baterias de garrafas e os tubos soltos que levam os
mesmos gases aos maçaricos estão pintados com cores convencionais
afim de serem identificados?

Nas derivações de acetileno ou outro gás combustível, existe uma


válvula de segurança que impeça o retorno da chama ou o fluxo de
oxigénio ou ar à tubagem de gás?

O pessoal empregado na soldadura e corte usa calçado próprio, avental


de couro, luvas e óculos ou viseira com vidros inactínicos, conforme as
prescrições regulamentares?

É impedido que as poeiras, fumos, gases, vapores ou névoas se


escapem para a atmosfera dos locais ocupados pelos operários? Port.
987/93, 6º - 6
Os funcionários possuem formação adequada? DL 441/91, Art. 12

As garrafas cheias são acondicionadas em separado das vazias?

As máquinas possuem marcação CE? DL 320/2001, Art. 4, 7, Anexo I,


1.7.3

As máquinas possuem o nome e endereço do fabricante? DL 320/2001,


Anexo I – 1.7.3

As máquinas possuem o ano de fabrico? DL 320/2001, Anexo I – 1.7.3

Manual de instruções redigido em português? DL 320/2001, Anexo I –


1.7.4

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe Manual de


Instruções? DL 214/95, Art. 3

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe Certificado,


comprovativo de que a máquina não representa qualquer risco para o
utilizador? DL 214/95, Art. 3 / DL 378/93

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe declaração


do cedente, contendo o seu nome, endereço e identificação profissional e
o nome e endereço do organismo certificador? DL 214/95, Art. 3

Existem relatórios referentes às acções de manutenção dos


equipamentos? DL 82/99, Art. 8

1.6 - FERRAMENTAS MANUAIS E PORTÁTEIS A MOTOR


REQUISITOS GERAIS (Port. 53/71, Art. 99 / 100)

Possuem boa qualidade e são apropriadas ao trabalho para que são


destinadas?

São utilizadas para fins diversos daqueles para que estão destinadas?

Ficam abandonadas sobre pavimentos, passagens, escadas ou outros


locais onde se trabalhe ou circule, colocadas em lugares elevados em
relação ao pavimento sem a devida protecção?

As máquinas cujos componentes atingem alta velocidade, possuem


invólucros ou blindagens adequadas? DL 320/2001, Anexo I – 1.3.2.,
1.3.3 / DL 331/93, Anexo, 2.5, 2.7

Estão convenientemente arrumadas em caixas, armários ou locais


próprios?

As máquinas possuem marcação CE? DL 320/2001, Art. 4, 7, Anexo I,


1.7.3

As máquinas possuem o nome e endereço do fabricante? DL 320/2001,


Anexo I – 1.7.3

As máquinas possuem o ano de fabrico? DL 320/2001, Anexo I – 1.7.3

Manual de instruções redigido em português? DL 320/2001, Anexo I –


1.7.4

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe Manual de


Instruções? DL 214/95, Art. 3

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe Certificado,


comprovativo de que a máquina não representa qualquer risco para o
utilizador? DL 214/95, Art. 3 / DL 378/93

Para máquinas adquiridas a partir de Setembro de 95, existe declaração


do cedente, contendo o seu nome, endereço e identificação profissional e
o nome e endereço do organismo certificador? DL 214/95, Art. 3
São realizadas e existem relatórios referentes às acções de manutenção
dos equipamentos? DL 82/99, Art. 8

CONSERVAÇÃO E REPARAÇÃO (Port. 53/71, Art. 101 / 102 / 103)

São tomadas as medidas de segurança necessárias na execução dos


trabalhos de conservação e reparação, nomeadamente no que se refere
a edifícios, locais subterrâneos, máquinas e instalações mecânicas,
instalações eléctricas, caldeiras, reservatórios e canalizações?

Os trabalhos de conservação e reparação são devidamente executados


por pessoal habilitado?

Na reparação de máquinas são adoptados dispositivos de aferrolhamento


dos órgãos de comando para impedir que sejam postos em movimento
antes de terminados os trabalhos da reparação?

Em instalações de vapor, gases ou líquidos sob pressão também é


impedido que seja feita qualquer reparação enquanto se encontrarem
sob pressão?

1.7 - SEGURANÇA DOS PRODUTOS


SUBSTÂNCIAS PERIGOSAS E INCÓMODAS (Port. 53/71, Art. 106 / 108 / 109)

As operações que apresentem riscos elevados são efectuadas em locais


ou em edifícios isolados, com o mínimo de operários possível, tomando-
se precauções especiais?

Estas operações são efectuadas em aparelhos ou recipientes fechados,


a fim de evitar o contacto entre as pessoas e as substâncias perigosas
ou incómodas?

Quando não seja possível empregar aparelhos ou recipientes fechados,


as poeiras, fumos, gases e vapores ou névoas nocivos são captados no
seu ponto de formação ou na proximidade do mesmo, por meio de
cúpulas ou bocas convenientemente ligadas a sistemas de aspiração
eficazes, sendo a atmosfera ambiente convenientemente ventilada?

Em caso de necessidade, os trabalhadores usam vestuário e


equipamento de protecção individual?

Os recipientes que contenham substâncias perigosas são pintados com


cores convencionais, marcados ou rotulados de forma que possam ser
facilmente identificados?

Estão acompanhados de instruções que indiquem a maneira do seu


conteúdo ser manipulado sem perigo?

Os resíduos de laboração de substâncias perigosas ou incómodas são


recolhidos e removidos, com a frequência necessária, para locais em que
não possam constituir perigo, utilizando-se meios apropriados nestas
operações?

Os funcionários possuem formação adequada? DL 441/91, Art. 12

As embalagens de preparações nocivas garantem a sua estanquidade?


Port. 1152/97, Art. 21

As embalagens encontram-se devidamente rotuladas? Port. 1152/97,


Art. 24

Existem as fichas de segurança referentes aos produtos manipulados?


Port. 1152/97, Art. 31

As fichas são distribuídas ao manipuladores desses mesmos produtos?


Port. 1152/97, Art. 31