Vous êtes sur la page 1sur 15

Aulas Multimídias – Santa Cecília

Professora Ana Gardênia


Disciplina: Ciências
Série: 8º ano EF
Eletricidade

Eletrodinâmica: estuda os
fenômenos elétricos que se manifestam
quando os portadores de carga elétrica
estão em movimento.
Eletricidade

Situação 1: atração entre as placas Situação 2: os elétrons adquirem ener-


mas não há transferência de elétrons gia de movimento graças ao contato
devido a ação isolante do ar. do fio condutor entre as placas..
(Há uma energia potencial elétrica pronta (Devido a diferença de cargas, elé-
para ser transformada em energia de trons são transferidos da placa nega-
Movimento) tiva para a placa positiva).
Eletricidade
Corrente Elétrica: movimento ordenado de elétrons ao
longo de um meio condutor.

Por convenção: o sentido da corrente elétrica é o


sentido contrário ao do fluxo de elétrons, ou seja:
- Sentido do fluxo de elétrons: - » +
- Sentido da corrente: + » -
Obs: Explicação para essa convenção é que embora a corrente
elétrica e suas propriedades já fossem conhecidas por volta do sec.
XIX, ainda não havia uma teoria atômica bem desenvolvida. Então,
pensava-se que a corrente elétrica fosse o deslocamento do fluido
elétrico positivo.
Eletricidade
• Então:
Eletricidade
• Tipos de corrente elétrica:
- Corrente contínua (CC ou DC): o fluxo de cargas elétricas se dá
em um único sentido.
Ex: pilha, bateria
- Corrente alternada (CA ou AC): o fluxo de cargas elétricas se dá
ora num sentido, ora em outro, ou seja, o fluxo de elétrons tem seu
sentido oscilante.
Ex: aparelhos elétricos ou lâmpadas conectados à tomada.

Obs: A intensidade de uma corrente elétrica é medida em ampére


(A). O aperelho usado para medir a intensidade da corrente elétrica
é o amperímetro.
Eletricidade
• Diferença de potencial elétrico (ddp) ou tensão elétrica ou voltagem:
ocorre quando há uma energia potencial elétrica num sistema.
Comparação:
“Podemos comparar a corrente elétrica ao fluxo de água de um reservatório
para outro”.
Para abastecer com água uma região, o reservatório deve ser colocado no ponto mais alto
do lugar, pois a água move-se por gravidade, do nível mais alto (maior energia potencial
gravitacional) para o mais baixo (menor energia potencial gravitacional). Como há diferença
entre os níveis dos reservatórios, forma-se um fluxo de água no cano que os une; isso é
chamado de diferença de potencial gravitacional. Assim, para ocorrer um fluxo de água é
necessário que exista uma diferença de potencial gravitacional entre eles.
De maneira semelhante, para que haja corrente elétrica circulando pelo fio condutor de
um circuito elétrico, deve haver uma diferença de potencial elétrico (ddp) entre os
terminais de um gerador (pilha, bateria). Esses geradores um polo positivo (maior
potencial) e um polo negativo (de menor potencial). O sentido da corrente elétrica num
circuito elétrico se dá do polo positivo para o polo negativo.
Eletricidade
• Então o que é mesmo tensão elétrica?
é a quantidade de energia que um gerador fornece para movimentar
uma quantidade de carga elétrica durante o seu percurso em um
condutor.

A ddp é medida em volt (V) e na prática é fornecida por fontes de


energia elétrica como pilhas, baterias e tomadas de 110 V ou 220 V.

Georg Simon Ohm verificou a relação entre a corrente elétrica e a ddp e a


apresentou pela relação matemática conhecida como 1ª lei de Ohm
U= R.i
U= ddp (tensão elétrica)- em Volt (V)
R= resistência elétrica- em Omh (Ω)
i= intensidade da corrente elétrica- em ampère (A)
Eletricidade
• RESISTORES: condutores de alta resistência.
Convertem energia elétrica em energia térmica, calor (efeito
Joule).
A resistência de um condutor depende de quê?
- Do tipo de material de que ele é feito. Materiais diferentes,
apresentam resistências diferentes à passagem da corrente
elétrica.
Materiais condutores de alta resistência são usados na fabricação
de resistores. A principal função do resistor é diminuir o valor da
corrente elétrica que circula pelo trecho do circuito onde está
inserido.
OBS: Os resistores são usados em aparelhos como ferro de passar,
secador de cabelo, chuveiro elétrico.
Eletricidade
Como uma lâmpada acende quando acionamos um interruptor?
A tomada é uma espécie de “fonte” de energia elétrica da residência?
Assim como as tomadas, as pilhas e baterias são fontes de energia
elétrica. Embora não vejamos os fios de ligação e a fonte de energia
elétrica, existe um circuito elétrico interno às paredes que permite que
a lâmpada seja acesa e apagada.
A lâmpada acende porque uma corrente elétrica, ou seja, um movimento
contínuo e ordenado de cargas elétricas
Ao apertarmos o interruptor, fechamos ou abrimos o circuito.
Eletricidade
• Circuito Elétrico
Componentes:
Gerador: fornece energia elétrica (pilha).
Condutores de corrente elétrica: fios.
Resistor: transforma a energia elétrica em energia luminosa e calor (lâmpada)
Interruptor: abre ou fecha o circuito.
Eletricidade
Associação de resistores
Em Série: é aquele em que existe uma associação em sequência. A partir dessa
associação, os componentes ligam-se entre si na mesma sequência e na mesma
direção.

A corrente elétrica percorre somente um caminho e


tem a mesma intensidade durante todo o seu percurso!

A tensão elétrica fornecida pelo gerador (pilha, bateria, tomada) é dividida


entre os componentes (ex: resistores)do circuito.
U= U1 +U2 + U3
EX: As lâmpadas usadas na decoração das árvores de Natal

OBS: Na associação em série, se uma das lâmpadas queimar ou for retirada, o circuito elétrico
fica interrompido e a corrente elétrica deixa de existir.
Eletricidade
Em paralelo: é aquele em que existe uma associação onde a
corrente elétrica se divide ao longo do circuito.
Isso acontece para que haja tensão elétrica constante em todos os
pontos.

i  i1  i 2  i 3
Ex: circuito elétrico residencial.
OBS: Na associação em paralelo, se uma das lâmpadas queimar ou for retirada, a(s) outra(s)
continua(m) acesa(s) pois há um circuito fechado independente e a corrente continua a circular por
ela.
Eletricidade
• Regra do PSIU

P S
+ = I
= + U

• Em série: A intensidade da corrente é igual e soma-se


as ddp de cada resistor.
• Em paralelo: A ddp é igual e soma-se as corrente de
cada resistor.
Eletricidade
• Cuidados nas instalações elétricas
- Certificar a voltagem correta a que os aparelhos e lâmpadas devem ser ligados (110v, 127v e
220v)
- Realizar aterramentos para evitar choques e proteger alguns aparelhos elétricos de
variações de tensão elétrica.
- Não enrolar um fio em outro, podem gerar curto- circuito, visto que a corrente passa a
percorrer um caminho com pouca resistência, aumentando a intensidade da corrente e muito
calor produzido aquece o circuito podendo queimar o aparelho ou causar incêndios.
- Usar disjuntores ou fusíveis para proteger as instalações elétricas dos efeitos dos curtos-
circuitos por eventuais aumentos de corente elétrica.
Obs: O fusível é feito de um fio de liga metálica de ponto de fusão mais baixo para que num
suposto aquecimento ( devido a um curto circuito), a liga derreta, impedindo a corrente de
passar.
Obs: Nos disjuntores, o circuito é aberto (pela mudança na posição de um interruptor) se a
corrente ultrapassar certo valor.
- Mexer em aparelhos elétrico é perigoso, algumas partes internas podem acumular cargas
elétrica e dar choque mesmo eles estando desligados. Choques podem causar, queimaduras,
para cardíaca e morte, dependendo da intensidade da corrente elétrica.
- Usar protetores de tomadas se em casa existir crianças pequenas.
- Não usar aparelhos com fios desencapados.
- Cuidado ao ligar mais de um aparelho na mesma tomada, pode gerar uma sobrecarga e causar
incêndios.
- Não soltar pipas próximas da rede elétrica.