Vous êtes sur la page 1sur 37

Sistema Nervoso

Fisiologia 2

ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO


Funções
Receber informações do meio interno e externo
(sensoriais)
Associar e interpretar informações
Ordenar ações (motores)
Controle do meio interno
Memória

Divisões
SNC – cérebro e medula espinhal
SN periférico – nervos e gânglios
Tecido nervoso
• Principal tecido do sistema nervoso

• Tipos celulares:
- Neurônios – condução de impulsos
nervosos
- Células da Glia – manutenção dos
neurônios
Corpo celular – núcleo e Bainha de Mielina
maioria das organelas – células de
citoplasmáticas Schwann que se
enrolam no axônio.
Isolante elétrico
Dendritos –
ramificações do
corpo celular.
Função: captar
estímulos

Nódulo de
Ranvier –
Axônio – maior prolongamento.
regiões do axônio
Presença de vesículas com
não recobertas
neurotransmissores na porção
por bainha
terminal
Condução do impulso nervoso
Sentido: dendrito  corpo celular  axônio

Estado de repouso: neurônio polarizado

Na+

K+

Alta [ ] de Na+ e baixa [ ] de k+ no meio extracelular


Baixa [ ] de Na+ e alta [ ] de k+ dentro do axônio
Condução do impulso nervoso
Na presença de estímulo – despolarização da membrana, aumento
de permeabilidade da membrana pelo Na+ e entrada deste no axônio

Na+

K+

++++++++----------++++++
-----------++++++++--------
++++++++----------++++++
Condução do impulso nervoso
Re-polarização da membrana: aumento de permeabilidade da
membrana pelo K+ e saída deste no axônio

Na+

K+

++++++++++++++++ +++++
------------------------------
+++++++++++++++++++++
Condução do impulso nervoso
Bomba de Na+ e K+: restabelece as concentrações de Na+ e K+
dentro e fora do axônio após a passagem do impulso – transporte
ativo

Na+

K+

Alta [ ] de Na+ e baixa [ ] de k+ no meio extracelular


Baixa [ ] de Na+ e alta [ ] de k+ dentro do axônio
Tipos de condução
• Contínua: o impulso passa por toda
extensão do axônio. Ocorre em neurônios
sem bainha de mielina e é mais lenta.

• Saltatória: ocorre em neurônios com


bainha de mielina, há despolarização da
membrana apenas nos nódulos de Ranvier.
É mais rápida
Sinapses
• Interneuronais: neurônio – neurônio

• Neuromusculares: neurônio – músculo

• Neuroglandulares: neurônio – célula


glandular
Neurotransmissores
estão presentes em
vesículas na
terminação do axônio.

Chegada do impulso na
terminação resulta na
liberação dos
neurotransmissores na
fenda sináptica

Os neurotransmissores
atingem o outro neurônio
desencadeando impulso
nervoso
Células da Glia

• Também chamadas de neuróglia


• Menores que os neurônios
• Mais numerosas
• Várias funções:
Funções da neuróglia
• Sustentação do tecido
• Produção de mielina
• Remoção de excretas
• Fornecimento de substancias nutritivas aos
neurônios
• Fagocitose de restos celulares
• Isolamento dos neurônios
ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO

Central (SNC)
Encéfalo e medula espinhal
Sistema
nervoso Somático

Periférico

Autônomo

Simpático Paras-
simpático
Fisiologia 2

Subdivisão do
Sistema Nervoso
Central

Figura de Köpf-Maier (2000)


SNC
• Função: processamento e integração das
informações.

• Formado pelo encéfalo (alojado no crânio) e


pela medula espinhal (interior das vértebras
– coluna vertebral).
Órgãos do SNC
Cérebro

• Parte mais desenvolvida do encéfalo


• Relacionado com o pensamento, memória,
fala, inteligência, sentidos, emoções.

• Hemisfério direito: criatividade e habilidades artísticas


• Hemisfério esquerdo: habilidades analíticas e
matemáticas
Córtex cerebral  massa cinzenta
 presença de corpos de neurônios

Medula cerebral
 massa branca
 presença de
axônios
Fisiologia 2

Constituição Parcial do Sistema Nervoso


Periférico-Nervos espinhais (31 pares) - 8
cervicais, 12 torácicos, 5 lombares, 5 sacrais e 1
coccígeo

Figura de Köpf-Maier (2000)


Meninges
• Membranas que protegem o SNC de
choques mecânicos.

- Dura-máter: mais espessa e externa.


- Aracnóide: esponjosa por onde circula o
líquor (liquido cefalorraquidiano)
- Pia-máter: aderida ao encéfalo e medula.
Tem vasos sanguíneos, que levam O2 e
nutrientes para as células do SNC.
Fisiologia 2

ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO

Sistema nervoso periférico (SNP)


Conecta o sistema nervoso central às diversas
partes do corpo
Constituído basicamente por nervos e por
gânglios nervosos
Sensitivos ou aferentes
Motores ou eferentes
Mistos
• Cerebelo: manutenção do equilíbrio
corporal e do tônus muscular

• Mesencéfalo: coordenação das informações


referentes ao estado de contração dos
músculos e postura corporal

• Bulbo: presença de centro nervosos


relacionados com batiementos cardíacos,
movimentos respiratórios e do tubo
digestivo
Medula espinhal
• Liga o encéfalo aos nervos espinhais

• Relacionada com os atos reflexos –


respostas rápidas sem participação do
encéfalo.
Sistema Nervoso Periférico
• Constituído de nervos e gânglios
- Nervos: feixes de fibras nervosas envoltas por
tecido conjuntivo
- Gânglios: aglomerados de corpos de neurônios
fora do SNC

• Função: conectar o SNC as diversas partes


corpo do animal.
Tipos de nervos

Quanto ao sentido do impulso nervoso.

• Nervos sensoriais (aferentes): contém apenas


fibras sensoriais. Impulso do órgão receptor para o
SNC
• Nervos motores (eferentes): contém apenas
fibras motoras. Impulso do SNC para o órgão
efetuador
• Nervos mistos: contém fibras motoras e
sensoriais. Impulso do SNC para o órgão e do
órgão para o SNC
Tipos de nervos

Quanto ao local de origem

• Nervos cranianos:

- Ligados ao encéfalo
- 12 pares em mamíferos e aves
- Inervam órgão do sentido, músculos e
glândulas da cabeça e alguns órgãos
internos
Tipos de nervos
Nervos espinhais (raquidianos):

• 31 pares que saem ao longo da medula, um par por


vértebra.

• Apresenta 2 raízes:
- Dorsal  sensorial  informação do órgão para o
SNC
- Ventral  motora  informação do SNC para o
órgão
Ato reflexo
• Permitem a reação rápido do organismo em
casos de emergência

• Resposta rápida sem a participação do


encéfalo

• Participam o nervo sensorial, medula


(nervoso associativo) e nervo motor.