Vous êtes sur la page 1sur 220

Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.


Punto ELX 1.4 Flex
A Mecânica 2000 aborda, nesta edição, o sis- conforto e a segurança, entre outras vantagens,
tema Magneti Marelli IAW 4DF-NP, que equipa trazendo renovação e dando mais personalida-
os veículos Punto Fire Flex 1.4 8V e o Punto Fire de e qualidade a esse veículo.
Flex ELX 1.4 8V.
Mais uma vez, produzimos este manual com
Seguindo a metodologia Mecânica 2000, fo- o intuito de levar ensinamento e especialização
ram verificados todos os sistemas de injeção de aos reparadores, para a realização dos procedi-
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

combustível, mecânico e elétrico, adotados nes- mentos de manutenção; E, ainda, levar também
se veículo. Conferidos e testados pela equipe informações sobre novidades e mudanças vei-
técnica do CDTM Automotive. culares.

Vale lembrar aqui, que o Punto traz aplicado, Nossos agradecimentos ao apoio e à confian-
em todas as versões, o sistema eletroeletrônico ça a todos que participam direta ou indireta-
Nano Florence. Esse sistema interliga as redes mente deste projeto.
de comunicação às centrais eletrônicas, que
controlam a dinâmica do veículo, gerenciam o Um abraço de toda a equipe Mecânica 2000.
Índice

Corpo editorial

Direção geral: Marcley Lazarini


Desenvolvimento técnico: Adriano Pantolfo / Ricardo Ovídio / Thiago Tavares / Vander Marques
Programação Visual: Fabiana Bomtempo
Capa e colaboração: Pedro Bonneau
Revisão ortográfica: Genoveva Xavier
Colaboração: Emerson Neves

Realização Parceria
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

CENTRO DE DESENVOLVIMENTO
DE TECNOLOGIA MECÂNICA
Av. Sebastião de Brito, 215 - D. Clara
31260-000 - Belo Horizonte - MG
Televendas - (31) 3123-0700
www.mecanica2000.com.br

Apoio

SCHADEK

Índice analítico

Ficha técnica
Ficha técnica do veículo 4
Manutenção periódica 6

Sistemas Mecânicos
Substituição da correia dentada 9
Cabeçote do motor 17
Embreagem 21
Suspensão 27
Freios 33
Sistema de arrefecimento 39
Substituição da bomba d’água 45
Substituição da bomba de óleo 47
Sistema de alimentação de combustível e recuperação de vapor 52
Torques de aperto 59

2
Índice

Sistemas elétricos
Arquitetura elétrica do Punto 61
Chicotes elétricos 62
Central de relés e fusíveis do painel 64
Conectores da central de relés e fusíveis do painel 66
Conectores do body computer 72
Central de relés e fusíveis do vão do motor 78
Conectores da central de relés e fusíveis do vão do motor 80
Base auxiliar positiva 84
Conectores auxiliares 85
Pontos de aterramento 95
Painel de instrumentos 98

Diagramas elétricos
Comutador de ignição 100
Imobilizador 101
Motor de partida/alternador 102
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Luzes de posição 103


Luzes de placa 105
Farol baixo 106
Farol alto 107
Farol de neblina 108
Luzes de freio 110
Luzes de ré 112
Luzes indicadoras de direção 113
Luz de cortesia 116
Tomada 12V para acessórios 116
Buzina 117
Limpador e lavador do para-brisa e vidro traseiro 118
Desembaçador do vidro traseiro 121
Ventilador interno 122
Ar-condicionado 124
Eletroventilador do sistema de arrefecimento 126
Vidros elétricos 126
Travas elétricas 129

Injeção eletrônica
Osciloscópio digital 131
Pinagem do módulo de comando 135
Localização dos componentes da injeção eletrônica 137
Recursos do scanner 141

Testes passo a passo


Item 01 - Módulo de comando (MC) 145
Item 02 - Sensor de oxigênio (HEGO) 150
Item 03 - Sensor de temperatura do líquido de arrefecimento (ECT) 153
Item 04 - Conjunto medidor de densidade (CMD) 157
Item 05 - Sensor de posição do pedal do acelerador (SPA) 162
Item 06 - Borboleta motorizada (ETC) 166
Item 07 - Sensor de posição da árvore de manivelas (CKP) 171
Item 08 - Sensor de velocidade (VSS) 175
Item 09 - Eletroinjetores (INJ) 178
Item 10 - Eletroválvula de purga do cânister (CANP) 182
Item 11 - Bobina de ignição (DIS) 185
Item 12 - Sensor de detonação (KS) 190
Item 13 - Sistema de alimentação de combustível (SAC) 192
Item 14 - Sistema de partida a frio (SPF) 196
Item 15 - Interruptor do pedal de freio (IPF) 199
Item 16 - Interruptor do pedal da embreagem (IPE) 202
Item 17 - Interruptor de pressão de óleo (IPO) 205

Tabela de valores ideais 208

Diagrama elétrico da injeção eletrônica 210

Avaliação
Teste seus conhecimentos 214

3
Ficha Técnica

FICHA TÉCNICA - PUNTO ELX 1.4 FLEX

Motor
Tipo Transversal, dianteiro
Tempos 4
Aspiração Natural
Número e disposição dos cilindros 4 em linha
Ordem de Ignição 1 - 3 - 4 -2
Diâmetro do cilindro 72,0 mm
Curso do êmbolo 84,0 mm
Cilindrada total 1368,2 cm3
Cilindrada unitária 342,05 cm3
Razão de compressão 10,35 ± 0,15 : 1
Número de válvulas por cilindro 2
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Acionamento da distribuição Por correia


85,0 CV a 5750 rpm (gasolina)
Potência do motor 86,0 CV a 5750 rpm (álcool)
12,4 Kgf.m a 3500 rpm (gasolina)
Torque máximo
12,5 Kgf.m a 3500 rpm (álcool)
Rotação de marcha lenta 850 ± 50 rpm

Sistema de Lubrificação
Tipo de Lubrificante Semissintético SAE 15W40 API SL ACEA para 100%
e sintético SAE 5W30 API SL ACEA A1/B1 02
Bomba de óleo Bomba de engrenagens
Em marcha lenta 0,7 bar
Pressão de lubrificação
À 4000 rpm 3 bar
Capacidade do sistema 2,7 L ( com filtro)

Sistema de Alimentação de Combustível


Injeção eletrônica de combustível Magneti Marelli IAW 4DF-NP
Tipo da bomba de combustível Elétrica
Reservatório de partida a frio 0,62 L
Tanque de combustível (inclusive reserva) 53,0 L
Reserva do tanque de combustível 5L
Pressão da bomba de combustível 3,5 bar

Sistema de Arrefecimento
Tipo da bomba d’água Centrífuga
Tipo da válvula termostática Restritor de fluxo por desvio / by pass
Pressão de alívio da tampa do radiador 1,4 bar
Início de abertura da válvula termostática 92 ± 2 ºC
Capacidade do sistema sem aquecimento e sem A/C 4,8 L
Capacidade do sistema com aquecimento e com A/C 5,65 L
Proporção do fluido de arrefecimento De 30% de aditivo, completando com água potável
Tipo de aditivo Aditivo para radiador de longa duração (alaranjado) ACDelco

Sistema de Direção
Tipo Elétrohidráulica
Tipo de caixa de direção Pinhão e cremalheira
Sem-fim telescópico, circundado por um tubo
Coluna de direção
amortecedor, suporte separável, regulável
Diâmetro do volante 380 mm
Diâmetro de giro 10,9 m
Número de voltas do volante 2,65
Capacidade do sistema de direção hidráulica 1,05 a 1,12 L
Tipo de lubrificante Óleo Dexron II ACDelco

4
Ficha Técnica

Valores de Alinhamento da Geometria de Direção


Eixo dianteiro
Item Valor Nominal
Cáster 2° 21' (± 30')
Câmber (-) 25' (± 30’)
Convergência (-) 1,0' ± 1,0 mm
Eixo traseiro
Item Valor Nominal
Câmber (-) 35' (± 30’)
Convergência 2,8 ± 2,0 mm
Rodas e Pneus
Pneu 195/60 R15
Pressão dos pneus dianteiros e traseiros 27 lbf/pol² (1,9 kgf/cm²)
Roda 6,0 x 15” (aço estampado)
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Suspensão
Suspensão Dianteira
McPherson, com rodas independentes, braço oscilante
Tipo
em aço estampado ligados a uma travessa auxiliar
Amortecedor Hidráulicos com telescópicosde duplo efeito
Suspensão Traseira
Com rodas semi-independentes, e com
Tipo
travessa de torção de seção aberta

Transmissão
Número de marchas à frente 5
Capacidade de lubrificante 2,0 L
Tipo de lubrificante Óleo SAE 80 WEP para caixa de
mudanças e diferenciais
Relação de Transmissão
Reduções (5 Marchas)
1ª 34,8
2ª 66,4
3ª 102,9
4ª 144,4
5ª 162,0
Marcha à ré 38
Freios
Tipo Hidráulico, com 2 circuitos independentes
cruzados e auxiliar a vácuo
Dianteiro A disco ventilado
Traseiro A tambor
Fluido de freio DOT-4 para freios a disco ACDelco
Freio de estacionamento Mecânico, atuante nas rodas traseiras
Intervalo de troca do fluido de freio A cada dois anos ou 30.000 Km
Capacidade do sistema de freio 0,40L
Freio Dianteiro
Sistema Disco sólidos ventilados, com pinça flutuante
Diâmetro do disco de freio 257,0 mm
Espessura nominal do disco de freio 22 mm
Espessura para descarte do disco de freio 20,2 mm
Freio Traseiro
Sistema Tambor simplex
Diâmetro nominal do tambor 230 mm
Largura nominal do tambor 40 mm
Diâmetro máximo admissível do tambor 230 mm
Com comando mecânico, acionado por cabos,
Freio de estacionamento
atuante nas rodas traseiras
Diâmetro do tambor de freio (freio a disco na traseira) 160 mm

5
Ficha Técnica - Manutenção Periódica

Dimensões
Cárter do motor (sem o filtro de óleo) 3,0 Litros
Caixa de mudanças 2,0 Litros
4,8 Litros (sem A/C)
Sistema de arrefecimento 5,65 Litros (com A/C)
Sistema de Freio 0,50 Litros
Sistema do lavador de para-brisa 2,3 Litros
Sistema de direção hidráulica 1,05 Litros
Tanque de combustível (inclusive reserva) 55,0 Litros
Reservatório de gasolina - Sistema de partida a frio 0,62 Litros
Tipo de óleo lubrificante do compressor do A/C Fluido sintético
Carroçaria
Capacidade de carga (litros)
Porta malas 280 L
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Com o banco traseiro rebatido 1030,0 L

Manutenção Periódica

Serviços a serem executados / Revisões a cada 15.000 km ou 1 ano 15 30 45 60 75 90 105 120 135 150
Teste de rodagem: verificar o veículo quanto à eventuais irregularidades. Fazer antes e depois da revisão.
Motor e transmissão: verificar quanto a eventuais vazamentos.
Velas de ignição: inspecionar.
Velas de ignição: substituir.
Correia dentada da distribuição: verificar o estado e o funcionamento do tensionador automático.
Correia dentada da distribuição: substituir.
Correias de agregados (acessórios): verificar estado.
Correias de agregados (acessórios): substituir.
Filtro de ar: verificar o estado, se necessário efetuar a troca.
Filtro de ar: substituir o elemento.
Filtro de combustível (externo ao tanque): substituir.
Pré-filtro de combustível (pescador da bomba de combustível): substituir.
Óleo da transmissão: verificar o nível e completar, se necessário.
Pedal da embreagem: verificar o curso livre.
Freios: verificar quanto ao desgaste das pastilhas e discos.
Freios: verificar quanto ao desgaste das lonas e tambores.
Freios: verificar o estado das tubulações e mangueiras e corrigir eventuais vazamentos.
Freios de estacionamento: verificar e regular, se necessário. Lubrificar as articulações dos liames e cabos.
Freios: substituir o fluido.
Amortecedores: verificar quanto a fixação e eventuais vazamentos.
Sistema de direção: verificar quanto a folga e torque nos parafusos. Verificar os protetores de pó da
cremalheira da caixa de direção quanto a vazamentos.
Guarnições e protetores de pó: verificar o estado, posicionamento e eventuais vazamentos.
Pneus: verificar a pressão de enchimento, desgaste e eventuais avarias. Efetuar rodízio se necessário.
Sistema de ar-condicionado ou sistema de ventilação: substituir o filtro de limpeza de ar.
Sistema de ar-condicionado: verificar o estado das tubulações e mangueiras, e corrigir eventuais vazamentos.
Dobradiças, limitadores e fechaduras das portas e capô do motor: lubrificar.
Drenos da parte inferior das portas: desobstruir caso estiverem entupidos.
Portas: aplicar grafite nas fechaduras.
Carroçaria e parte inferior do veículo: verificar quanto a eventuais avarias, danos na pintura e na proteção
contra corrosão.
Cintos de segurança: verificar cadarços, fivelas e parafusos de fixação quanto ao estado de conservação
e funcionamento.
Sistema elétrico: verificar a ocorrência de falhas nos sistemas existentes através dos códigos de falhas
registrados na memória do MC, painel de instrumentos.
Iluminação e sinalização: verificar os equipamentos quanto ao funcionamento.
Lavadores e limpadores dos vidros: verificar o nível do reservatório, estado das palhetas e o funcionamento
do sistema.
Faróis: verificar a regulagem do foco.

6
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Sistemas Mecânicos - Substituição da Correia Dentada

Substituição da Correia Dentada

A substituição da correia dentada do Punto ELX estado da correia a cada 15.000 km e, se neces-
1.4 Flex é um procedimento relativamente sim- sário, efetuar a sua substituição, ou sempre que
ples, que pode ser realizado sem maiores dificul- apresentar sinais de desgaste ou ressecamento.
dades, desde que utilizadas as ferramentas corre- Todavia, o correto procedimento de desmonta-
tas. gem e montagem deve ser conhecido, uma vez
que para a execução dos serviços de remoção do
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Deve-se fazer a inspeção visual da correia dentada cabeçote, substituição da bomba d'água ou quais-
a cada 45.000 km. Se necessário, efetuar a sua quer serviços que exijam abertura do motor, será
substituição. Deve-se substituí-la, preventivamen- necessário remover e instalar a correia dentada.
te, a cada 60.000 km (ou três anos). Em caso de
utilização severa do veículo, efetuar o controle do

Especificação técnica GATES:

40859X22XS
Antigo GS 40859x22U HNBR
129d / 22 x 1032

Remoção da correia dentada


Para a remoção da correia dentada do Punto F1-Parafuso de fixação da bomba de direção
é necessário remover o suporte frontal do hidráulica
motor. Antes de removê-lo é preciso fazer a sus-
tentação temporária do motor. Sugerimos, para
maior rapidez e segurança das operações, que o
motor seja ancorado por meio de ferramenta es-
pecífica, que o sustente por cima. Esse procedi-
mento pode ser visto integralmente no vídeo que
acompanha esse Manual. Entretanto, para facili-
tar a visualização das fotos, utilizamos um macaco
hidráulico, devidamente colocado por baixo do
motor para suportá-lo, razão pela qual a ferra-
menta não pode ser vista nas fotos da parte de
cima do motor.

1-Posicione o veículo no elevador;


2-Desconecte os cabos da bateria. Retire
primeiro o terminal negativo;
3-Remova a tampa do motor conjunta com o filtro 6-Libere a porca de travamento e solte o parafuso
de ar; de tensionamento da correia da direção hidráu-
4-Eleve o veículo e remova a roda dianteira direi- lica, utilizando chave 13 mm (F2);
ta; 7-Remova por fim a correia da direção hidráulica;
5-Remova em seguida a correia da direção hidráu- 8-Remova, em seguida, a correia de acionamento
lica. Para isso solte o parafuso Allen 7 mm situado do alternador. Utilize uma chave 13 mm para libe-
ao lado da polia da bomba (F1); rar seu tensor, facilitando a remoção (F3);

9
Sistemas Mecânicos - Substituição da Correia Dentada

F2-Parafuso de tensionamento da correia da F4a-Parafusos de fixação da polia da árvore de


direção hidráulica manivelas
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

F3a-Alívio do tensor para remoção da correia de


F4b-Polia da árvore de manivela removida
acionamento do alternador

F5-Alojamento dos parafusos de fixação à carroçaria


F3b-Correias auxiliares removidas e porcas de fixação da extensão do suporte

9-Remova a polia da árvore de manivelas, soltan- 12-Remova também as três porcas de 15 mm, de
do os parafusos 13 mm (F4); fixação da extensão do suporte ao motor (Na
10-Remova todas as proteções plásticas de cober- figura F5, indicadas pelas setas à direita);
tura da correia dentada; 13-Remova os quatro parafusos de fixação da base
11-Remova os três parafusos de fixação do su- do suporte de alumínio ao cabeçote do motor, uti-
porte do motor à carroçaria, utilizando uma chave lize chave 15 mm, e remova-o;
15 mm (Na figura F5, indicada por setas, os locais 14-Remova o cabo do sensor de rotação e as pro-
dos parafusos, que já foram removidos); teções plásticas(F6);

10
Sistemas Mecânicos - Substituição da Correia Dentada

F6-Suporte frontal do motor e proteções plásticas 16-Destrave a porca do tensor da correia dentada
da correia dentada removidos para permitir a remoção da correia dentada (F8);

F8-Destravamento da porca de fixação do tensor


para remoção da correia dentada
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

15-Solte o suporte da mangueira d’água, a porca e


os parafusos de fixação da bobina, o conector da
bobina e remova-os (F7);
17-Remova em seguida a correia dentada (F9).

F7-Remoção da bobina de ignição juntamente F9-Remoção da correia dentada


com seu suporte

Instalação da correia dentada

Prepare a ferramenta específica de trava- F10-Ferramenta específica para travamento do


mento do eixo comando de válvulas, obser- comando de válvulas e sua seta de posição
vando a seta indicadora de posição, que deve ficar
voltada para cima (F10).

Todos os procedimentos podem ser vistos no


vídeo que acompanha este manual.

Especificação técnica GATES:

Tensionador da correia
dentada

T42125

11
Sistemas Mecânicos - Substituição da Correia Dentada

1-Gire a engrenagem do comando de válvulas F13-Destravamento da porca de fixação da


cuidadosamente, até que a ferramenta de trava- engrenagem do comando de válvulas
mento possa ser acoplada no seu entalhe traseiro
(F11);

F11-Deslocamento suave do comando para fixação


da ferramenta de travamento
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

4-Mova a engrenagem totalmente no sentido ho-


rário. Esse procedimento permite que a correia
dentada possa ser tensionada livremente com o
uso da ferramenta específica;
2-Acople a ferramenta de travamento (F12); 5-Substitua o tensor da correia dentada (F14);

F12a-Acoplamento da ferramenta de travamento


do eixo comando de válvulas F14-Instalação do novo tensor da correia dentada

F12b-Fixação da ferramenta de travamento do co-


mando de válvulas para remoção da correia dentada 6-Instale o novo tensor, deixando a porca livre, o
suficiente, para que o tensor gire em seu eixo
(F15);

Especificação técnica GATES:

Correia de acionamento da
bomba da direção hidráulica
MICRO-V
3-Solte a porca de fixação da engrenagem até que K030358
ela gire livremente (F13); 3PK0910 mm

12
Sistemas Mecânicos - Substituição da Correia Dentada

F15-O tensor deve, nesse momento, estar livre o F17-Acoplamento do soquete 15 mm para girar
suficiente para girar no seu eixo lentamente a árvore de manivelas
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

7-Remova o cabo de vela e a vela de ignição do pri- 9-Zere o relógio comparador nesse ponto (F18);
meiro cilindro, e instale no seu lugar o conjunto
F18-PMS do êmbolo do primeiro cilindro. O
extensor do relógio comparador, para encontrar o relógio comparador deve ser zerado nesse ponto
PMS do êmbolo (F16);

F16a-Remoção da vela de ignição do primeiro


cilindro com ferramenta auxiliar

10-Instale a nova correia dentada, pelas engrena-


gens da árvore de manivelas, da bomba d’água, do
comando de válvulas e do tensor, no sentido anti-
horário (F19);
F16b-Instalação do conjunto extensor do relógio
comparador no orifício da vela do primeiro cilindro
F19-Nova correia dentada instalada no motor

8-Gire cuidadosamente a árvore de manivelas até


que o êmbolo do primeiro cilindro atinja o ponto 11-Instale a balança para aplicar tensão na correia
morto superior (F17); (F20);

13
Sistemas Mecânicos - Substituição da Correia Dentada

F20-Posição da balança de tensionamento evitar qualquer deslocamento do tensor sobre seu


automático da correia dentada eixo (F23);

F23-Remoção cuidadosa da balança de


tensionamento da correia dentada
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

12-Desloque o peso de 800 gramas para a distân-


cia de 70 milímetros (F21);
15-Aperte o parafuso de fixação do tensor com
F21-Posição do contrapeso da balança: 70 mm de
distância do eixo vertical 25 N.m de torque (F24);

F24-O tensor deve ser travado como um torque de


25 N.m

13-Observe se a haste vertical está devidamente


aprumada e aperte o parafuso de fixação do ten-
sor com a balança nessa posição (F22); 16-Aperte o parafuso de fixação da engrenagem
do comando de válvulas com 25 N.m de torque
F22-Pré-aperto do parafuso de fixação do tensor (F25);
da correia dentada
F25-A engrenagem do comando deve ser travada
como um torque de 25 N.m

14-Retire a balança tensora cuidadosamente para

14
Sistemas Mecânicos - Substituição da Correia Dentada

17-Retire a ferramenta de travamento do eixo co- F28-Acoplamento da ferramenta de travamento


mando de válvulas, para permitir o deslocamento do comando para verificar sincronismo
da árvore de manivelas (F26);

F26-Remoção da ferramenta específica de


travamento do eixo comando de válvulas
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Se a ferramenta não encaixar livremente, re-


pita os procedimentos de sincronização do
motor.

18-Dê duas voltas completas na árvore de manive- 20-Retire o relógio comparador e o extensor
las até obter novamente, no relógio comparador, o (F29);
ponto morto superior do êmbolo do primeiro ci-
F29-Remoção do extensor e do relógio comparador
lindro, representada pela posição zero do pontei- do orifício da vela do primeiro cilindro
ro (F27);

F27-Identificação do PMS do êmbolo do primeiro


cilindro após 2 voltas completas da árvore

21-Recoloque a vela de ignição e seu respectivo


cabo (F30);

F30-Reinstale a vela de ignição do primeiro


19-Acople e desacople a ferramenta de travamen- cilindro
to do comando, para garantir que o motor esteja
no correto sincronismo (F28);

Especificação técnica GATES:

Correia de acionamento do
alternador
MICRO-V XF
5PK1173

15
Sistemas Mecânicos - Substituição da Correia Dentada

22-Reinstale a bobina de ignição e o seu terminal F32-Suporte frontal do motor reinstalado


elétrico (F31) e suporte da mangueira d’água;
Antes de instalar a bobina de ignição, subs-
titua o anel de vedação de óleo, situado na
parte interna da tampa.

F31-Bobina de ignição e seu conector elétrico


reinstalados

25-Instale a polia da árvore de manivelas;


26-Reinstale a correia de acionamento do alterna-
dor;
27-Reinstale também a correia de acionamento da
bomba da direção hidráulica;
28-Aplique torques: de 25 N.m ao parafuso da
bomba de direção hidráulica, e de 20 N.m aos
23-Reinstale os suportes do motor, e aplique tor- parafusos da polia da árvore de manivelas;
ques de 65 N.m aos parafusos e de 55 N.m às por- 29-Remova a ferramenta de ancoramento do mo-
cas (F32); tor;
24-Recoloque as proteções plásticas da correia 30-Conecte os cabos da bateria;
dentada e o cabo do sensor de rotação; 31-Instale a tampa do motor e a roda.

16
Sistemas Mecânicos - Cabeçote do Motor

Cabeçote do Motor

O cabeçote do motor FIRE 8V é confeccionado em Cabeçote do motor FIRE 8V


uma peça única, coberta na parte superior por
uma estrutura metálica, denominada tampa do
cabeçote. O eixo comando de válvulas está insta-
lado no cabeçote e possui, nesta família, os tuchos
do tipo “mecânico”. O ajuste das folgas é realizado
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

através de calços ou pastilhas com espessuras pré-


estabelecidas. É necessário que se realize periodi-
camente a conferência das folgas das válvulas e
demais ajustes conforme recomendações do fabri-
cante.

Remoção do cabeçote

Realize inicialmente todos os procedimentos 5-Desconecte a mangueira do blow-by fixada na


indicados na seção: “Substituição da Correia tampa de válvulas (F2);
Dentada”, de forma a liberar o cabeçote para ser
removido.
F2-Mangueira do blow-by na tampa de válvulas
1-Drene o sistema de arrefecimento, veja o proce-
dimento como foi apresentado na seção: “Sistema
de arrefecimento”;
2-Solte a mangueira da bomba de partida a frio,
fixada na parte superior do coletor de admissão;
3-Utilizando chave 10 mm, solte os quatro para-
fusos do suporte de fixação da tampa do motor ao
coletor de admissão, e remova-o (F1);
4-Solte o sensor de pressão do óleo (IPO);

F1-Dispositivos fixados ao coletor de admissão

6-Solte os seguintes conectores: dos eletroinjeto-


res, do sensor CKP, da borboleta motorizada ETC
e do sensor CMD (Veja na seção: “Injeção Eletrôni-
Tubulação de ca”);
injeção de 7-Remova o chicote dos eletroinjetores;
gasolina
8-Desconecte os cabos das velas de ignição;
9-Remova a mangueira do filtro de carvão ativa-
do, fixado na lateral da borboleta motorizada;
10-Solte a mangueira do servo-freio fixada na par-
te traseira da borboleta motorizada;

17
Sistemas Mecânicos - Cabeçote do Motor

11-Solte a mangueira de retorno de água do aque- 15-Solte as porcas de 13 mm e desloque o coletor


cimento interno, fixado no suporte do sensor de de descarga (F6);
temperatura (F3);
F6-Coletor de descarga
F3-Mangueira de retorno do aquecimento interno
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

16-Remova a tampa de válvulas expondo o co-


12-Despressurize a linha de combustível; mando de válvulas tuchos e galerias de lubrifica-
13-Solte o engate rápido de alimentação do tubo ção (F7);
distribuidor (F4);
F7-Tampa de válvulas removida
F4-Engate rápido de alimentação de combustível

14-Solte os parafusos de 10 mm de fixação da cha- 17-Solte os parafusos de fixação do cabeçote ao


pa de proteção do coletor de descarga, e remova-a bloco, utilizando chave 13 mm, seguindo a se-
(F5); quência de desaperto do cabeçote (F8);

F5-Chapa de proteção do coletor de descarga F8-Parafusos de fixação do cabeçote

Parafusos de fixação
do cabeçote

18
Sistemas Mecânicos - Cabeçote do Motor

18-Remova o cabeçote juntamente com o coletor 19-Remova também a junta do cabeçote.


de admissão do veículo;

Instalação do cabeçote

1-Com as superfícies limpas e secas, instale uma


8 6 2 5 10
nova junta do cabeçote, com a inscrição
“OBEN/TOP” voltadas para cima e para parte
frontal do motor (primeiro cilindro);
2-Instale cuidadosamente o cabeçote, e certifi-
que-se de seu correto assentamento. Verifique se a
junta do cabeçote continua posicionada correta-
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

mente; 7 3 1 4 9
3-Instale os parafusos de fixação do cabeçote;
4-Rosqueie os parafusos do cabeçote até o final do 90°
curso, mas sem apertá-los; 3ª Etapa:
5-Inicie o procedimento de aperto dos parafusos
do cabeçote, obedecendo a sequência e o torque,
conforme as quatro etapas apresentadas a seguir:

1º Primeiramente, aplique torque de 20 N.m 4º Na quarta etapa, aplique torque angular de


em cada parafuso, obedecendo a sequência 90º em cada parafuso, novamente obedecen-
de aperto apresentada abaixo; do a sequência de aperto;

8 6 2 5 10
8 6 2 5 10

7 3 1 4 9
7 3 1 4 9

1ª Etapa: 20 N.m 4ª Etapa:

90°
2º Na segunda etapa, aplique torque de 10 N.m
em cada parafuso, sempre seguindo a se-
quência de aperto; 6-Encaixe a tampa de válvulas e aperte seus para-
fusos com 15 N.m;
7-Instale a correia dentada, conforme recomen-
8 6 2 5 10 dado na seção “Substituição da correia dentada”;
8-Instale o coletor de descarga, aperte suas porcas
e aplique torque de 25 N.m;
9-Encaixe a chapa de proteção do coletor de des-
carga;
10-Introduza a mangueira de alimentação de
7 3 1 4 9 combustível no tubo distribuidor;
11-Introduza a mangueira de ar quente fixada no
2ª Etapa: 10 N.m suporte do sensor ECT;
12-Faça a conexão das mangueiras do servo-freio
e do filtro de carvão ativado na borboleta motori-
3º Na terceira etapa, aplique torque angular de zada;
90º em cada parafuso, novamente obedecen- 13-Instale a mangueira da bomba de partida a frio
do a sequência de aperto; na parte superior do coletor de admissão;

19
Sistemas Mecânicos - Cabeçote do Motor

14-Conecte os sensores da borboleta motorizada e 21-Abasteça o sistema de arrefecimento, confor-


do CMD; me recomendado na seção “Sistema de arrefeci-
15-Encaixe a bobina e os cabos das velas de igni- mento”;
ção; 22-Abasteça o motor com óleo novo especificado
16-Instale os conectores dos bicos injetores; pelo fabricante;
17-Conecte os sensores CKP, IPO e DIS; 23-Conecte os cabos da bateria;
18-Instale a mangueira do blow-bye na tampa de 24-Dê partida no veículo;
válvulas; 25-Espere que o eletroventilador funcione, por no
19-Instale o suporte de fixação da tampa do mo- mínimo, três vezes;
tor; 26-Retire o veículo do elevador e leve-o para teste
20-Encaixe a tampa do motor conjunta com o fil- de rua.
tro de ar;
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

20
Sistemas Mecânicos - Embreagem

Embreagem

O Punto é equipado com transmissão manual, que outras anomalias.


utiliza sistema de embreagem com acionamento
hidráulico. Para remover o conjunto da embreagem é neces-
sário remover da transmissão. Nessa seção você
Os componentes do sistema de embreagem são: terá algumas dicas úteis para realizar a substi-
platô, disco, rolamento e cilindro hidráulico. tuição da embreagem. Lembramos que, para a re-
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

moção da transmissão, é necessário sustentar o


A substituição do conjunto da embreagem deve motor temporariamente por meio de uma ferra-
ser realizada quando houver indícios de desgaste, menta de ancoragem, porque o conjunto motriz é
perda de capacidade de transmissão (embreagem apoiado na transmissão em dois pontos.
patinando), excessivo endurecimento do pedal ou

Remoção do conjunto da embreagem

1-Posicione o veículo no elevador; 10-Remova o tirante fixado no suporte esquerdo


2-Afrouxe os parafusos das rodas dianteiras; do motor e na transmissão, utilizando chaves 13 e
3-Levante o veículo à meia altura e remova as ro- 17 mm;
das dianteiras; 11-Remova os dois parafusos que fixam o cilindro
4-Remova a tampa do motor conjunta com o filtro de embreagem à transmissão, utilizando uma cha-
de ar; ve 13 mm (F2);
5-Desconecte os cabos da bateria, começando pe-
lo negativo;
6-Remova a bateria; F2-Parafusos de fixação do cilindro de
7-Solte os chicotes dos cabos positivo e negativo embreagem à transmissão
fixados nas laterais do suporte da bateria;
8-Remova o suporte da bateria, utilizando uma
chave 13 mm;
9-Solte o terminal massa fixado na transmissão
utilizando uma chave 13 mm (F1);

F1-Terminal massa fixado na transmissão

12-Solte os tirantes de seleção e mudança de mar-


chas do suporte do seletor da transmissão (F3);

21
Sistemas Mecânicos - Embreagem

F3-Tirantes de seleção e mudança de marchas 15-Ancore o motor com ferramenta especificada


pelo fabricante;
16-Levante o veículo;
17-Com uma chave Allen 12 mm, solte o bujão de
dreno do óleo da transmissão. Recolha todo o óleo
em um recipiente adequado e limpo;
18-Instale novamente o bujão de dreno de óleo da
transmissão;
19-Solte as porcas de fixação dos terminais de di-
reção às mangas de eixos, de ambos os lados do
veículo, utilizando uma chave 17 mm;
20-Solte os parafusos de fixação dos pivôs, de am-
bos os lados, utilizando uma chave 17 mm;
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

21-Solte também as abraçadeiras de fixação das


coifas dos semieixos;
22-Desloque os semieixos para facilitar a remoção
13-Solte os dois parafusos superiores que fixam o da transmissão;
motor de partida à transmissão, utilizando uma 23-Solte o parafuso inferior de fixação do motor
chave 13 mm; de partida (F6);
14-Solte os dois parafusos que fixam a transmi-
ssão ao motor, utilizando uma chave 19 mm (F4 e F6-Parafuso inferior de fixação do motor de partida
F5);

F4-Parafuso de fixação superior da


transmissão ao motor

24-Solte a porca traseira de fixação da transmis-


são ao motor, utilizando uma chave 19 mm (F7);

F7-Porca traseira de fixação da transmissão ao motor

F5-Parafuso de fixação superior da


transmissão ao motor

25-Desligue o conector do sensor de velocidade


(F8);

22
Sistemas Mecânicos - Embreagem

F8-Sensor de velocidade 31-Remova o suporte do coxim do terceiro ponto


do motor (F11);

F11-Coxim do terceiro ponto do motor


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

26-Retire o suporte de fixação do escapamento à


caixa de câmbio, utilizando chaves 13 e 19 mm;
27-Desloque o escapamento;
28-Remova o suporte de fixação do bloco do mo- 32-Utilize ferramenta adequada e macaco hidráu-
tor à transmissão, utilizando chaves 13 e 19 mm lico para sustentar a transmissão, e apoie-a corre-
(F9); tamente;
33-Com o motor devidamente sustentado, remo-
F9-Suporte de fixação do bloco do motor va os parafusos de fixação do suporte esquerdo à
à transmissão transmissão, utilizando uma chave 16 mm (F12 e
F13);
F12-Fixação superior do suporte da transmissão
à carroceia

29-Remova os parafusos da chapa de cobertura da


embreagem, utilizando uma chave 10 mm;
30-Solte o conector do interruptor de ré (F10);

F10-Interruptor de ré F13-Suporte de fixação da transmissão

23
Sistemas Mecânicos - Embreagem

34-Remova o suporte; 36-Abaixe um pouco o macaco hidráulico;


35-Solte o parafuso inferior de fixação da trans- 37-Com uma alavanca desloque ligeiramente a
missão ao motor, utilizando uma chave 19 mm transmissão, afastando-a do motor;
(F14); 38-Remova a transmissão do motor, abaixando
cuidadosamente o macaco hidráulico;
39-Solte os parafusos de fixação do platô de em-
breagem de forma gradual e alternada. Preferen-
F14-Parafuso inferior de fixação da transmissão
ao motor
cialmente, utilize uma ferramenta específica para
travar o volante do motor;
40-Remova o platô, juntamente com o disco de
embreagem;
41-E finalmente, remova o rolamento de embrea-
gem.
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Inspecione o compartimento da embreagem


quanto à impregnação de óleo. Caso haja
contaminação, identifique o tipo de óleo existen-
te, limpe o compartimento e substitua o retentor
da árvore de manivelas (em caso de vazamento de
óleo de motor) ou o retentor da árvore primária
da transmissão (em caso de vazamento de óleo de
transmissão).

Instalação do conjunto da embreagem

1-Verifique e limpe adequadamente o volante do ção do disco de embreagem;


motor; 11-Unte levemente a guia do rolamento de em-
2-Com um pano, limpe as estrias da árvore primá- breagem com graxa para sistema de embreagem;
ria (eixo piloto); 12-Posicione a transmissão no conjunto de ferra-
3-Experimente o novo disco na árvore primária mentas específicas (macaco hidráulico e dispositi-
(eixo piloto da transmissão), e inspecione seu des- vo de sujeição). Levante e guie cautelosamente a
lizamento ao longo das estrias, quanto a irregula- transmissão de forma que a extremidade da árvo-
ridades e suavidade de deslizamento; re primária (eixo piloto) fique centralizada no cu-
4-Unte levemente o estriado da árvore primária bo do disco de embreagem. Se necessário, gire li-
da transmissão e o cubo do novo disco de embrea- geiramente o volante do motor para facilitar o en-
gem com graxa para sistema de embreagem; caixe entre as estrias da árvore primária (eixo pi-
5-Instale o novo rolamento de embreagem; loto) e do cubo do disco de embreagem;
6-Observe que o disco de embreagem possui uma
Nesta operação, certifique-se que a trans-
posição de montagem. O lado em que o cubo pos-
missão esteja bem alinhada (nivelada) com
sui saliência, deve ficar voltado para transmissão,
o motor, pois, caso contrário, a extremidade da ár-
enquanto o lado mais plano do disco deve ficar
vore primária (eixo piloto) poderá provocar esfor-
voltado para o volante do motor;
ços de flexão no cubo do disco de embreagem,
7-Instale o platô e o disco de embreagem no vo-
danificando-o e provocando empenamentos. Da
lante do motor com seus parafusos. Não aperte os
mesma forma, evite que a transmissão se apóie,
parafusos ainda;
pela árvore primária, no cubo do disco de embrea-
8-Utilize ferramenta especificada pelo fabricante
gem.
para centralizar corretamente o disco de embrea-
gem; 13-Empurre manualmente a transmissão, acople-
9-Com o disco devidamente centralizado, aperte a ao motor.
gradualmente os parafusos de fixação do platô, 14-Instale os parafusos e a porca traseira que
encostando-os de forma alternada, e assegurando fixam a transmissão ao motor, aperte-os e aplique
que o disco de embreagem permaneça centraliza- torques de 80 N.m;
do. Aplique um torque final de 14 N.m aos parafu- 15-Instale o suporte esquerdo na parte traseira da
sos do platô; transmissão, aperte seus parafusos a aplique tor-
10-Remova a ferramenta específica de centraliza- ques de 70 N.m (F15);

24
Sistemas Mecânicos - Embreagem

F15-Suporte de fixação da transmissão F17-Fixação do pivô à manga de eixo


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

16-Instale o suporte ao coxim, aperte seus para- 27-Instale o motor de partida, aperte seus para-
fusos e aplique torques de 80 N.m (F16); fusos e aplique torques de 25 N.m;
28-Ligue o conector do interruptor de marcha à
F16-Fixação superior do suporte da transmissão ré;
à carroceria 29-Conecte o terminal massa fixado na transmis-
são;
30-Solte o bujão e complete o óleo da transmis-
são;
31-Abaixe o veículo;
32-Instale os cabos de seleção e mudança de mar-
chas no suporte do seletor da transmissão (F18);

F18-Suporte do seletor da transmissão

17-Abaixe o macaco hidráulico e remova as ferra-


mentas específicas;
18-Instale a chapa de cobertura do compartimen-
to de embreagem, aperte seus parafusos e aplique
torques de 20 N.m;
19-Encaixe o suporte de fixação do bloco do mo-
tor à transmissão;
20-Instale o suporte do coxim do terceiro ponto;
21-Encaixe os semieixos na transmissão, encai- 33-Instale o cilindro de embreagem, aperte seus
xando-os manualmente, e aperte suas abraçadei- parafusos e aplique torques de 25 N.m;
ras; 34-Encaixe o suporte da bateria e própria a bate-
22-Instale os pivôs do braço de controle à manga ria;
de eixo, com cuidado para não danificar sua coifa; 35-Posicione corretamente os chicotes dos cabos
23-Instale os parafusos de fixação do pivô à positivo e negativo da bateria e conecte-os;
manga de eixo, aperte e aplique torque de 70 N.m 36-Instale a tampa do motor;
(F17); 37-Instale as rodas dianteiras e seus parafusos;
24-Instale os terminais de direção nas mangas de 38-Abaixe o veículo e aperte os parafusos de roda.
eixos dos dois lados; Aplique torques de 90 N.m aos parafusos.
25-Instale o escapamento e seu suporte de fixação
na transmissão; Se necessário, ajuste a altura e o curso livre
26-Ligue o conector do sensor de velocidade; do pedal de embreagem.

25
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Sistemas Mecânicos - Suspensão

Suspensão

A suspensão dianteira do Punto 1.4 ELX Flex utili- em curvas.


za estrutura McPherson, braços oscilantes em aço
estampado ligados a uma travessa auxiliar, com A união do braço de controle com a manga de eixo
barra estabilizadora, amortecedores hidráulicos é feita por junta esférica (pivô), que permite seu
telescópicos de duplo efeito. movimento em várias direções. O braço de con-
trole possui duas buchas na parte traseira de fixa-
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

A barra estabilizadora é fixada ao quadro da sus- ção ao agregado.


pensão (ou agregado) por meio de buchas, e liga-
da ao corpo do amortecedor, através de um braço A suspensão dianteira possui uma travessa auxi-
de ligação (bieleta). Articula-se sobre dois supor- liar que garante um perfeito apoio entre a travessa
tes elásticos. Seu posicionamento lateral e hori- e a carroceria, sem riscos de falseamento do tor-
zontal é assegurado por duas meias luas que ficam que aplicado aos parafusos de fixação com conse-
no interior do apoio, o que proporciona maior efi- quente risco de danos à carroceria.
ciência estabilizadora e melhor resposta dinâmica

Suspensão dianteira Suspensão traseira

A suspensão traseira é constituida de rodas semi- O fabricante não estipula prazo para substituição
independentes, e com travessa de torção de seção dos amortecedores, buchas ou juntas esféricas.
aberta. Os amortecedores são hidráulicos do tipo Portanto, recomendamos a inspeção desses com-
telescópicos de dupla ação. ponentes sempre que possível.

Substituição dos amortecedores dianteiros

Dica : formações das buchas, que possam causar erros


de leitura nos ângulos de geometria da suspensão
O bom estado das buchas e batentes da suspensão e levar o reparador a um alinhamento incorreto.
é necessário para o correto alinhamento da sus- Ao menor sinal de avaria, verifique os braços de
pensão do veículo. Esses itens ajudam a manter as controle e as buchas. Em caso de substituição dos
características originais do alinhamento do veícu- braços de controle ou buchas, o aperto final só
lo em uso. deve ser dado com o veículo apoiado nas rodas, e
Portanto, esteja atento às folgas, rachaduras e de- não no elevador.

27
Sistemas Mecânicos - Suspensão

Os amortecedores devem ser substituídos aos pa- F3-Parafuso de fixação da torre de suspensão à
res, e não individualmente. manga de eixo

Remoção:

1-Posicione o veículo no elevador;


2-Afrouxe os parafusos das rodas dianteiras;
3-Eleve o veículo;
4-Remova as rodas dianteiras;
5-Solte a trave e desprenda o flexível do freio
(F1);
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

F1-Grampo de fixação do conduite de freio

8-No compartimento do motor, remova os braços


dos limpadores, a borracha de vedação e a prote-
ção plástica do escoamento de água;
9-Solte as três porcas que fixam a torre do amor-
tecedor à carroceria com uma chave 12 mm. Se-
gure a torre da suspensão e remova-a do veículo;
10-Posicione a torre de suspensão em uma morsa,
usando mordentes para evitar danos à torre (F4 e
F5);

F4-Torre de suspensão

6-Com uma chave 17 mm, trave o pino central na


parte traseira da bieleta para evitar danos à coifa
durante a remoção. Simultaneamente, com uma
chave 15 mm, remova a porca que fixa a bieleta ao
tubo da torre de suspensão e afaste-a(F2);

F2-Fixação da bieleta à torre de suspensão

F5-Torre de suspensão

7-Remova as porcas e os parafusos de fixação da


torre de suspensão à manga de eixo, utilizando
chave 19 mm (F3);

28
Sistemas Mecânicos - Suspensão

11-Com um encolhedor de molas, comprima a 13-Remova o assento da mola (coxim), a mola, a


mola de forma gradual e uniforme (F6); coifa e o batente do amortecedor;
14-Remova o amortecedor do conjunto.

F6-Encolhedor de molas Instalação:

Antes da instalação do amortecedor, faça o proce-


dimento de desaeração para evitar a presença de
bolhas de ar em seu interior, capazes de compro-
meter o seu funcionamento. Vire o amortecedor,
apoie a sua haste em uma superfície rígida e com-
prima-o até o fim do curso. Desvire-o rapidamen-
te, e deixe-o voltar à sua posição normal. Repita o
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

procedimento algumas vezes, até sentir sua resis-


tência ao movimento completamente uniforme, e
não deixe o amortecedor em posição horizontal.
Caso ocorra, refaça o procedimento de desaera-
ção.

1-A seguir, prenda o amortecedor à morsa, e ins-


tale o apoio do batente e o batente;
12-Solte a porca de fixação do coxim ao amortece- 2-Encaixe a mola, devidamente encolhida (F9);
dor com ferramentas específicas (F7 e F8);

F9-Mola helicoidal
F7-Porca de fixação do coxim ao amortecedor

3-Instale a coifa e o coxim;


F8-Ferramentas específicas 4-Instale também a arruela e a porca superior do
amortecedor para fixação do coxim;
5-Com ferramentas específicas, aperte a nova por-
ca e aplique torques de 65 N.m;
6-Solte gradualmente o encolhedor de molas, e
remova as ferramentas;
7-Posicione a torre de suspensão no veículo;
8-Encoste os parafusos de fixação da torre de sus-
pensão à carroceria, e aplique torques de 32 N.m;
9-Instale os parafusos de fixação da torre de sus-
pensão à manga de eixo, a cabeça do parafuso de-
ve ficar voltada para parte dianteira do veículo.
Aplique torques de 120 N.m;
10-Prenda o conduite de freio à torre da suspen-
são, e trave-o;

29
Sistemas Mecânicos - Suspensão

11-Com uma chave 17 mm, trave o pino central na 13-Abaixe o veículo, aperte os parafusos de roda e
parte traseira da bieleta para evitar danos à coifa aplique torques de 86 N.m.
na instalação. Simultaneamente, com uma chave
15 mm, aperte a porca que fixa a bieleta ao tubo
da torre de suspensão e aplique torques de Confira o alinhamento da geometria do con-
56 N.m; junto direção-suspensão. Se necessário, faça
12-Instale as rodas e seus parafusos; o ajuste do veículo.

Remoção e instalação dos braços de controle

Remoção: 7-Solte o parafuso posterior de fixação do braço


de controle ao quadro da suspensão, utilizando
1-Posicione o veículo no elevador; chave 19 mm (F12);
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

2-Afrouxe os parafusos das rodas dianteiras;


3-Levante o veículo e remova as rodas dianteiras; F12-Parafuso posterior de fixação do braço de
4-Remova o parafuso e a porca de fixação do pivô controle ao quadro da suspensão
à manga de eixo, utilizando chave 17 mm;
5-Remova o pivô da manga de eixo utilizando fer-
ramenta especificada pelo fabricante (F10);

F10-Fixação do pivô à manga de eixo

8-Com uma chave 17 mm, trave o pino central na


parte traseira da bieleta, para evitar danos à coifa
durante a remoção. Simultaneamente, com uma
chave 15 mm remova a porca que fixa a bieleta à
barra estabilizadora;
9-Remova a bieleta da barra estabilizadora para
6-Solte o parafuso anterior de fixação do braço de
facilitar a remoção do braço de controle;
controle ao quadro da suspensão, utilizando cha-
10-Remova o braço de controle.
ve 20 mm (F11);
Instalação:
F11-Parafuso anterior de fixação do braço de
controle ao quadro da suspensão
1-Instale o braço de controle em seu alojamento
no quadro da suspensão;
2-Instale o parafuso posterior de fixação do braço
de controle e aplique torques de 135 N.m:
3-Instale o parafuso anterior de fixação do braço
de controle e aplique torques de 135 N.m:
4-Posicione o pivô na manga de eixo, instale nova
porca de fixação e aplique torques de 70 N.m;
5-Instale a bieleta na barra estabilizadora;
6-Com uma chave 17 mm, trave o pino central na
parte traseira da bieleta, para evitar danos à coifa.
Simultaneamente, com uma chave 15 mm, aperte
a porca que fixa a bieleta à barra estabilizadora e
aplique torques de 56 N.m;

30
Sistemas Mecânicos - Suspensão

7-Instale as rodas e seus parafusos; Confira o alinhamento da geometria do con-


8-Abaixe o veículo, aperte os parafusos de roda e junto direção-suspensão. Se necessário, faça
aplique torques de 90 N.m. o ajuste do alinhamento.

Remoção e instalação da barra estabilizadora

Remoção: F15-Parafusos de fixação da barra estabilizadora


ao quadro da suspensão
1-Posicione o veículo no elevador;
2-Afrouxe os parafusos das rodas dianteiras;
3-Levante o veículo e remova as rodas dianteiras;
4-Com uma chave 17 mm, trave o pino central na
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

parte traseira da bieleta, para evitar danos à coifa.


Simultaneamente, com uma chave 15 mm, remo-
va a porca que fixa a bieleta à barra estabilizadora
(F13 e F14);

F13-Travamento do pino central da bieleta

7-Afrouxe os parafusos de fixação do quadro da


suspensão à carroceria, utilize chave 18 mm, de
forma que facilite o deslocamento da barra estabi-
lizadora;
8-Remova a barra estabilizadora.

Instalação:

1-Posicione e instale a barra estabilizadora;

2-Aperte os parafusos de fixação do quadro da


suspensão à carroceria e aplique torques de
125 N.m;
F14-Fixação da bieleta na barra estabilizadora

3-Instale os parafusos de fixação das buchas ao


quadro da suspensão, aperte-os e aplique torques
de 25 N.m;

4-Instale as bieletas na barra estabilizadora com


novas porcas;

5-Com uma chave 17 mm, trave o pino central na


parte traseira da bieleta para evitar danos à coifa.
Simultaneamente, com uma chave 15 mm, aperte
a porca que fixa a bieleta à barra estabilizadora e
aplique torques de 56 N.m;

6-Instale as rodas e seus parafusos;

5-Remova as bieletas da barra estabilizadora; 7-Abaixe o veículo, e aperte os parafusos de roda e


6-Solte os parafusos de fixação das buchas ao qua- aplique torques de 90 N.m.
dro da suspensão com chave 13 mm (F15);

31
Sistemas Mecânicos - Suspensão

Alinhamento da geometria do conjunto suspensão-direção

Preferencialmente utilize equipamento computa- 4-Aperte as porcas-travas de ambos os lados e a-


dorizado. plique torques de 50 N.m, fixando o tirante de di-
reção com chave 13 mm, para evitar que o guarda-
Antes de efetuar a conferência do alinhamento pó (coifa) da caixa de direção seja torcido (F16);
dianteiro e traseiro devemos verificar:
•Estado de conservação e calibragem dos pneus;
•Existência de folga em buchas, terminais de F16-Tirante de regulagem de convergência
direção e pivô;
•Existência de folga na caixa de direção e estado
de suas coifas;
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

•Estado dos amortecedores com relação à ação e


vazamentos;
•Estado de conservação e fixação das molas;
•Suportes de fixação do grupo moto-propulsor;
•Existência de folga nos rolamentos de roda;
•Estado das coifas da semi árvore e da homociné-
tica.

Ajuste do cáster:
Os valores de cáster se alteram ligeiramente devi-
do ao ajuste de convergência.

Ajuste do câmber: 5-Verifique novamente os valores de convergência


Os valores de câmber só podem ser ajustados den- que não devem se alterar com o aperto das contra-
tro de uma faixa limitada. porcas. Se necessário, refaça o procedimento.
6-Inspecione a correta centralização do volante.
Ajuste da convergência: Caso não esteja centralizado, atue nos disposi-
O ajuste da convergência deve ser efetuado em tivos de regulagem de convergência dos tirantes
ambos os tirantes. Procure deixá-los com pouca das barras de direção, dando o mesmo número de
diferença de comprimento após o procedimento. voltas em ambos os tirantes, para que a regulagem
1-Coloque a direção na posição reta; da convergência não seja alterada. Confira nova-
2-Solte as contra-porcas dos tirantes esquerdo e mente os valores de convergência.
direito com uma chave 22 mm;
3-Gire cada um dos tirantes, utilizando uma chave
13 mm, e faça o ajuste da convergência. Procure Após esses procedimentos, submeta o veícu-
evitar que a convergência fique muito próxima lo a um teste de rodagem, observando a cor-
dos limites aceitáveis, e que haja poca diferença reta centralização do volante de direção e a ine-
de comprimento entre os tirantes esquerdo e di- xistência de tendência de “puxar direção” para um
reito da barra de direção; dos lados.

Valores de alinhamento:

Dianteiro Traseiro
Câmber -25’ ±30’ -35’ ±30’
Cáster 2º 21’ ±30’
Convergência -1,0 ±1,0 mm 2,8 ±2,0mm

32
Sistemas Mecânicos - Freios

Freios
O sistema de freios do Punto ELX 1.4 Flex é do tipo dos e os freios traseiros são do tipo tambores.
duplo circuito diagonal. Essa é uma distribuição Também possui reguladores de frenagem, ou vál-
convencional do fluido hidráulico entre as rodas, vulas de controle de pressão, para as rodas trasei-
que apresenta excelentes resultados em seguran- ras, instaladas próximas ao cilindro mestre. Esse
ça e estabilidade de frenagem. O esquema abaixo componente evita o travamento das rodas trasei-
apresenta essa distribuição da tubulação de freios, ras, quando o pedal é fortemente acionado, au-
a partir do cilindro mestre, instalado no vão do mentando a estabilidade de frenagem. Os tambo-
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

motor. Neste veículo é também adotado o sistema res são dotados de reguladores de folga, ou siste-
de assistência de frenagem a vácuo, já conhecido ma automático de aproximação das lonas, que ga-
dos mecânicos: o servo-freio. rante o mesmo curso do pedal de freios, mesmo
com o desgaste natural da lona.
Os freios dianteiros são dotados de discos ventila-

Diagrama do sistema de freios do Punto

Duplo circuito
diagonal
Freio dianteiro a Freio traseiro a
disco ventilado tambor com
regulador
automático
de folga

Servo-freio

Reguladores de
frenagem

Principais componentes do sistema

Discos dianteiros ventilados Pinça flutuante: representação do deslocamento

33
Sistemas Mecânicos - Freios

Tambores traseiros com dupla sapata Regulador automático de folga


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Cilindro mestre com servo-freio Reguladores de frenagem

Substituição das pastilhas de freio

As pastilhas devem ser substituídas sempre F1-Remoção da mola de retenção


que seu material de atrito estiver trincado,
excessivamente contaminado, irregular ou apre-
sentar espessura inferior a 1,5 mm. Observe a con-
dição das pastilhas e substitua sempre o conjunto
completo de pastilhas.

Remoção:

1-Posicione o veículo no elevador;


2-Afrouxe os parafusos da roda dianteira;
3-Levante o veículo e remova a roda;
4-Remova a mola de retenção da pinça de freio
(F1);
5-Com o auxílio de uma alavanca recue o êmbolo
das pinças de freio, para facilitar a remoção das
pastilhas;
6-Solte os parafusos que fixam a pinça de freio ao
suporte da pinça com uma chave Allen 7 mm (F2);
7-Desloque a pinça, e pendure-a na suspensão; Limpe adequadamente a região das pasti-
8-Remova as pastilhas. lhas antes da instalação de um novo jogo.

34
Sistemas Mecânicos - Freios

F2-Remoção do parafusos de fixação da pinça F3-Aplicação de Torque nos parafusos da pinça


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Instalação: alicate, encaixe à outra extremidade;


5-Instale a roda e os parafusos da roda;
1-Recue o êmbolo da pinça até o final de seu 6-Abaixe o veículo, aperte os parafusos de roda e
curso; aplique torques de 86 N.m.
2-Encaixe as novas pastilhas de freio;
3-Instale a pinça de freio no suporte da pinça e
aperte seus parafusos, utilizando chave Allen Após esta operação, pise firmemente no pe-
7 mm, e aplique torques de 40 N.m (F3); dal de freio, diversas vezes, até que o pedal
4-Encaixe a mola de retenção, fixando uma de ofereça firmeza. Inspecione o nível de fluído de
suas extremidades à pinça e, com o auxilio de um freio no reservatório e complete-o, se necessário.

Substituição dos discos de freio

Inspecione os discos de freio quanto a empe- F3-Espessura do disco de freio


namento, da seguinte forma: com um relógio
comparador de base magnética, fixe a base mag-
nética em um ponto do veículo e posicione o apa-
lpador do relógio comparador na parte interna da
superfície do disco.

Gire o disco em uma volta completa. Verifique a


oscilação no relógio comparador. Mude a posição
do apalpador e repita o procedimento na parte
central e também externa da superfície do disco. A
oscilação máxima admissível é de 0,15 mm. Caso
contrário, submeta o disco a uma retífica ou subs-
titua-o. Espessura mínima: 20,2 mm

Com um micrômetro, examine a espessura dos


discos de freio (F3). Faça a medição em quatro 3-Levante o veículo e remova a roda;
pontos distintos. Se for encontrado pelo menos 4-Solte a mola de retenção;
um ponto cuja espessura estiver inferior a 5-Solte os dois parafusos de fixação do disco de
20,2 mm, substitua o disco de freio, conforme in- freio ao cubo de roda, utilizando uma chave
dicado a seguir: 12 mm (F4);
6-Remova a pinça de freio, as pastilhas e pendure-
Remoção: a;

1-Posicione o veículo no elevador;


2-Afrouxe os parafusos da roda dianteira;

35
Sistemas Mecânicos - Freios

F4-Parafusos de fixação do disco de freio 8-Remova o disco de freio.

Instalação:

1-Posicione o disco de freio em seu alojamento;


2-Instale os dois parafusos que fixam o disco ao
cubo de roda;
3-Instale o suporte da pinça, aperte seus parafusos
e aplique torques de 105 N.m;

Unte os parafusos do suporte da pinça com


trava rosca.
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

7-Remova os parafusos que fixam o suporte da 4-Instale as pastilhas de freio e a pinça de freio no
pinça, utilizando uma chave 19 mm, e remova-o suporte, e aplique torques de 40 N.m aos seus pa-
(F6); rafusos;
5-Instale também a mola de retenção, e acione o
F5-Parafusos do suporte da pinça pedal de freio para encostar as pastilhas;
6-Instale a roda e os parafusos;
7-Abaixe o veículo, aperte os parafusos da roda e
aplique torques de 86 N.m.

Após estas operações, faça um teste de roda-


gem no veículo e acione os freios por diversas
vezes de forma gradual, mas evite freadas brus-
cas.

Substituição dos tambores de freio

F1-Parafusos de fixação do tambor de freio 2-Remova os parafusos de fixação do tambor de


freio, utilizando uma chave 12 mm (F1);
3-Puxe manualmente o tambor de freio, com cau-
tela.
Limpe o tambor de freio. Inspecione seu diâ-
metro interno (F2).

F2-Posição de medida do diâmetro do tambor

Remoção:

1-Levante o veículo, acione o freio de estaciona-


mento, remova a roda traseira, e solte novamente
Diâmetro máximo: 204,7 mm
o freio;

36
Sistemas Mecânicos - Freios

Instalação: 3-Instale os parafusos de fixação do tambor ao


cubo de roda, aperte-os e aplique torque de
1-Inspecione o tambor de freio quanto a fissuras 12 N.m.
ou ranhuras, na área de contato com as sapatas de 4-Instale a roda e os parafusos;
freio; 5-Abaixe o veículo, aperte os parafusos de roda e
2-Instale o tambor de freio ao cubo de roda; aplique torque de 86 N.m aos parafusos.

Regulagem do freio de estacionamento

1-Posicione o veículo no elevador; 7-Puxe a alavanca de freio de estacionamento até


2-Remova o console da alavanca de freio de esta- o fim, e verifique se as rodas traseiras estão devi-
cionamento, localizado entre os bancos diantei- damente travadas;
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

ros, para ter acesso à porca de regulagem (F10); 8-Solte totalmente a alavanca de freio de estacio-
3-Levante o veículo parcialmente; namento;
4-Solte completamente a porca de regulagem do 9-Gire as rodas traseiras. Certifique-se de que es-
freio de estacionamento com uma chave 10 mm tão girando livremente e de que não ofereçam re-
(F11); sistência devido ao freio de estacionamento. Se
5-Pressione o pedal de freio por três vezes segui- necessário, refaça o procedimento de ajuste;
das; 10-Abaixe o veículo;
6-Puxe a alavanca do freio de estacionamento até 11-Aplique o freio de estacionamento (puxe o
o terceiro dente e aperte a porca de regulagem do freio de mão);
freio, até que as rodas traseiras possam ser giradas 12-Instale o console.
com esforço manual;

F10-Console da alavanca de freio de F11-Porca de regulagem do freio de


estacionamneto estaciomamento

37
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Sistemas Mecânicos - Sistema de Arrefecimento

Sistema de Arrefecimento

O sistema de arrefecimento do FIRE 1.4 é do tipo arrefecimento circula, bombeado por bomba cen-
pressurizado com líquido de arrefecimento. Ope- trífuga, acionada pela correia dentada. Apresenta
ra à temperatura média, no ponto de medida, de vaso de expansão separado do radiador, e opera à
aproximadamente 97 graus Celsius. O líquido de pressão máxima de 1,4 bar.
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Esquema do sistema de arrefecimento

Nº Componente
1 Reservatório de expansão
2 Radiador de aquecimento interno
3 Mangueira inferior do radiador
4 Mangueira superior do radiador
5 Radiador
9 6
7
Eletroventilador
Carcaça da válvula termostática
8 Bomba d’água
9 Sensor de temperatura ECT
10 Resistor elétrico

O líquido de arrefecimento tem


sua temperatura controlada por
meio de um eletroventilador, acionado
pelo módulo de comando. Os testes do
sensor de temperatura (ECT) estão dis-
poníveis na seção ‘Injeção eletrônica”.
O eletroventilador possui duas veloci-
10 1,4bar

dades, determinadas pela presença de


um resistor em série com um dos circui-
tos (Ver diagrama elétrico).

Componentes do sistema de arrefecimento

F1-Posição do resistor elétrico para controle da F2-Localização da válvula termostática


primeira velocidade do eletroventilador

39
Sistemas Mecânicos - Sistema de Arrefecimento

F3-Localicação do sensor de temperatura ECT F4-Localização da bomba de água


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

F5-Localicação do eletroventilador F6-Localicação do reservatório de expansão

Eletroventilador de 75W A/C Eletroventilador de 350W


Liga FAN 1 97oC FAN 2 102oC Liga FAN 1 16 bar FAN 2 21 bar
Desliga FAN 1 93oC FAN 2 99oC Desliga FAN 1 12 bar FAN 2 17 bar

Diagrama elétrico de acionamento do eletroventilador

CVM

Relé 7
ELV
86 85 M.F 7
D
CZ/PR
21 32
PR VM 87 30 ESQ DIR
2 1
CZ MC
28 42
T07 Eletroventilador Relé da 2ª velocidade do
do radiador VM/PR B eletroventilador

A
Relé 6
C B.A.P BAT
RES 86 85 M.F 6
87 30 ESQ DIR
2 1
12 V
Relé da 1ª velocidade do
Resistor para o eletroventilador Bateria
eletroventilador

Central de relés e fusíveis do vão motor

40
Sistemas Mecânicos - Sistema de Arrefecimento

Substituição do líquido de arrefecimento

Drenagem: 7-Ao terminar a operação reinstale a válvula de


1-Libere a pressão do sistema de arrefeci- dreno e a mangueira inferior do radiador.
mento lentamente, girando a tampa do reserva-
tório de expansão um quarto de uma volta; Abastecimento:
2-Posicione o veículo no elevador; 1-Remova a válvula de sangria, situada na
3-Remova a tampa do reservatório de expansão; parte superior do lado esquerdo do radiador, para
4-Prepare um recipiente para colher o líquido de permitir a saída do ar de dentro do radiador (F9);
arrefecimento. Eleve o veículo até uma altura a-
propriada para facilitar a próxima operação; F9-Localização da válvula de sangria
5-Utilizando uma ferramenta adequada, solte a
abraçadeira da mangueira inferior do radiador, e
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

desloque a mangueira de sua sede, para permitir o


escoamento do líquido de arrefecimento (F7);

F7-Mangueira inferior do radiador

2-Abra a válvula de aeração no duto do sistema de


aquecimento interno do veículo (F10);

F10-Localização da válvula de aeração

É possível fazer a remoção do líquido de ar-


refecimento por meio da válvula de dreno
na parte inferior do radiador, entretanto a vazão é
menor, demorando mais tempo para drenar o sis-
tema.

6-Remova a válvula de dreno na parte inferior do


lado esquerdo do radiador (F8);

F8-Localização da válvula de dreno

Prepare uma mistura de água com Paraflu,


na proporção de 70% por 30%, para alterar
as propriedades da água, de forma a atender as
especificações técnicas de temperatura de ebuli-
ção, congelamento e antioxidação. A essa mistura
dá-se o nome de fluido de arrefecimento.

3-Abasteça o sistema de arrefecimento por meio


do reservatório de expansão (F11), e verifique se
o ar presente no sistema está saindo pela válvula
de sangria;

41
Sistemas Mecânicos - Sistema de Arrefecimento

F11-Abastecimento do sistema de arrefecimento circulação de água por todo o sistema de aque-


cimento interno;

4-Feche os drenos, quando o líquido escoar por


eles sem a presença de ar.
5-Ligue o motor e mantenha-o em rotação de mar-
cha lenta.
6-Se necessário, complete o reservatório de ex-
pansão até a marca MAX .
7-Reinstale a tampa do reservatório de expansão;
8-Aumente a rotação para 2.500 rpm, e mantenha
assim até o acionamento do eletroventilador;
9-Espere o eletroventilador acionar por no míni-
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

mo três vezes consecutivas;


10-Desligue o motor e aguarde o seu resfriamen-
to;
Se o veículo possuir sistema de aquecimen- 11-Verifique novamente o nível do líquido de arre-
to interno, posicione o botão de temperatu- fecimento no reservatório, e caso necessário, com-
ra para a posição quente, de forma que permita a plete-o até a marca MAX .

Substituição da válvula termostática

Remoção: Observe a indicação de temperatura de a-


1-Drene o líquido de arrefecimento, como bertura da válvula. Deve ser de 87oC.
exemplificado no item anterior “Substituição do
líquido de arrefecimento”; F14-Vista interna da válvula termostática
2-Com um alicate, remova a abraçadeira da man-
gueira superior do radiador, fixada na válvula ter- Indicação da temperatura
mostática (F13); inicial de abertura 87oC

F13-Mangueira superior do radiador na válvula


termostática e parafusos de fixação

3-Instale os parafusos da carcaça da válvula ter-


mostática, e aplique torque de 9 N.m;
4-Introduza a mangueira superior do radiador na
válvula termostática;
5-Abasteça o sistema de arrefecimento e inspecio-
ne-o, conforme apresentado no item “Substitui-
3-Com uma chave 10 mm, solte os dois parafusos
ção do líquido de arrefecimento”.
de fixação da carcaça da válvula termostática, e
remova-a (F13).

Instalação: Especificação técnica


1-Limpe a superfície de assentamento da MTE-THOMSON:
carcaça da válvula termostática; Válvula termostática
2-Instale a nova válvula termostática com uma
nova junta (F14); VT 349.87

42
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
SCHADEK
Sistemas Mecânicos - Substituição da Bomba D’Água

Substituição da Bomba D’Água


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Especificação técnica SCHADEK:

NR.20.143

Remoção da bomba d’água

Esta operação deve ser realizada com o motor frio. 6-Remova a roda dianteira direita;
7-Remova a correia dentada conforme seção
1-Posicione o veículo no elevador; “Substituição da correia dentada”;
2-Prepare um recipiente para recolher o líquido 8-Drene o líquido do sistema de arrefecimento,
de arrefecimento; soltando a mangueira inferior do radiador;
3-Afrouxe os parafusos da roda dianteira direita; 9-Com uma chave 10 mm solte os parafusos de fi-
4-Remova a tampa do reservatório do sistema de xação da bomba d'água ao bloco do motor (F1);
arrefecimento; 10-Remova a bomba d'água.
5-Levante o veículo;

Localização da bomba d’água no motor F1-Fixação da bomba d’água ao bloco do motor

45
SCHADEK
Sistemas Mecânicos - Substituição da Bomba D’Água

Instalação da bomba d’água

F2-Alojamento da bomba
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

1-Limpe o alojamento da bomba d'água e remova


todos os resíduos existentes (F2);
2-Posicione a nova junta de vedação na bomba
d'água;
3-Instale a nova bomba d'água (F3);

F3-Nova bomba d’água instalada

4-Aperte os parafusos da bomba d'água e aplique


torques de 9 N.m;
5-Instale a correia dentada, conforme indicado na
seção “Substituição da correia dentada”;
6-Instale a roda dianteira direita e seus parafusos;
7-Abaixe o veículo, aperte os parafusos da roda e
aplique torques de 90 N.m;
8-Abasteça o sistema de arrefecimento, conforme
recomendado na seção “Sistema de arrefecimen-
to”.

46
SCHADEK
Sistemas Mecânicos - Substituição da Bomba de Óleo

Substituição da Bomba de Óleo

Especificação técnica SCHADEK:

NR.10.255
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Remoção da bomba de óleo

1-Posicione o veículo no elevador;


F2-Suporte de fixação do bloco ao câmbio
2-Remova a roda dianteira direita;
3-Prepare um recipiente para recolher o óleo do
motor;
4-Levante o veículo;
5-Remova a proteção das correias;
6-Solte o bujão do cárter, e drene o óleo do motor;
7-Depois de escoado todo o óleo, instale nova-
mente o bujão do cárter;
8-Solte o suporte de fixação do escapamento à cai-
xa de câmbio, utilizando chaves 13 e 19 mm (F1);

F1-Suporte de fixação do escapamento

10-Retire a chapa de cobertura da embreagem uti-


lizando chave 10 mm;
11-Remova a correia dentada conforme seção
“Substituição da Correia Dentada”;
12-Solicite a um auxiliar, que pise firmemente no
pedal de freio com a quinta marcha engatada, e
solte o parafuso de fixação da engrenagem da ár-
vore de manivelas, utilizando chave 15 mm;
13-Remova a engrenagem da árvore de manive-
las;
14-Solte o conector, e remova o sensor de pressão
9-Remova o suporte de fixação do bloco do motor de óleo, fixado no suporte da bomba de óleo (F3);
ao câmbio, utilizando chaves 13 e 19 mm (F2);

47
SCHADEK
Sistemas Mecânicos - Substituição da Bomba de Óleo

F3-Sensores de rotação e pressão de óleo As bombas de óleo Schadek são fornecidas com o
tubo sucção de óleo (pescador). Portanto não é
necessário a remoção do tubo.

Limpe corretamente a superfície inferior do


bloco, do flange da árvore de manivelas e de
vedação do cárter, retirando eventuais resíduos
impregnados de junta.

1-Preencha a bomba de óleo com o mesmo óleo


utilizado no motor;

2-Instale cuidadosamente a nova bomba de óleo,


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

aperte seus parafusos e aplique torques de 10 N.m


(F4);
15-Remova o sensor de rotação (chave 10 mm);
16-Remova o cárter de óleo (chave 10 mm); F4-Bomba de óleo instalada
17-Solte os parafusos de fixação da bomba de óleo
ao motor;
18-Remova a bomba de óleo.

Instalação da bomba de óleo

Bomba de óleo Schadek

3-Aplique junta líquida nas faces de vedação do


cárter do motor;

Evite aplicação excessiva do produto, para


evitar risco de obstrução da tela do tubo de
sucção de óleo (pescador).

4-Instale o cárter de óleo de motor, aperte seus


Bomba de óleo Schadek parafusos e aplique torques de 10 N.m;

5-Encaixe a chapa de cobertura da embreagem


utilizando chave 10 mm;

6-Instale o suporte de fixação do bloco do motor à


caixa de câmbio, utilizando chaves 13 e 19 mm;

7-Instale o escapamento no tubo primário e fixe


seu suporte na caixa de câmbio;

8-Encaixe a engrenagem da árvore de manivelas,


aperte seu parafuso e aplique torques de 2 N.m +
90º (F5);

48
SCHADEK
Sistemas Mecânicos - Substituição da Bomba de Óleo

F5-Engrenagem da árvore de manivelas 11-Encaixe a proteção das polias;

12-Abaixe o veículo;

13-Instale a roda e seus parafusos, aperte-os e


aplique torques de 90 N.m;

14-Abasteça o cárter com 3 litros de óleo especi-


ficado pelo fabricante. Caso seja realizada a subs-
tituição do filtro de óleo abasteça-o antes, utili-
zando mais 0,5 litro de óleo;

15-Funcione o veículo e espere que a luz de óleo se


apague no quadro de instrumentos;

16-Desligue o motor, e espere por alguns minutos,


9-Instale a correia dentada, conforme seção “Ins-
até que o óleo escoe para o cárter. Confira o nível,
talação da correia dentada”;
se necessário, complete-o.
10-Instale o sensor de rotação e o sensor de
pressão de óleo;

49
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Sistemas Mecânicos - Alimentação de Combustível

Sistema de Alimentação de Combustível


e Recuperação de Vapor
SAC (Sistema de alimentação de combustível) é a
nomenclatura adotada por Mecânica 2000 para
designar todo o conjunto dos componentes que
armazenam e conduzem o combustível, desde a
sua entrada no bocal de abastecimento do tanque
até o interior do motor.
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

1 Válvulas flutuantes
2 Válvula de ventilação
3 Bocal de enchimento
4 Válvula de purga do cânister
5 Tanque de combustível
6 Bomba de combustível
16 7 Cânister/Sep. líquido-vapor/Val. multif.
8 Reservatório de partida a frio
9 Tubo distribuidor
10 Linha de alimentação
15 11 Linha de retorno
12 Linha de vapor
13 Linha de partida a frio
14 Filtro de combustível principal
17 15 Filtro de combustível partida a frio
16 Eletroválvula de corte de combustível
17 Bomba de partida a frio

Componentes do sistema de alimentação de combustível

A bomba de combustível está instalada no interior ela é realizado por meio de uma janela de ins-
do tanque e opera de forma submersa. O acesso a peção, localizada abaixo do banco traseiro.

Bomba de combustível: localização do acesso ao 1-Saída de combustível


conjunto da bomba de combustível 2-Retorno de combustível para o tanque

52
Sistemas Mecânicos - Alimentação de Combustível

O filtro de combustível está posicionado próximo da bomba e, em caso de substituição, sua posição
ao tanque, na parte inferior do veículo, coberto de montagem deve ser obedecida. Recomenda-se
com capa plástica protetora. Possui difrentes en- a substituição do filtro a cada 15.000 km.
gates para acoplamento da tubulação de recalque

Localização do filtro de combustível Filtro de combustível


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

A bomba de combustível pressuriza a linha de ali- tada com tensão de 12 Volts. A bomba possui tam-
mentação, e o regulador de pressão, incorporado bém um pré-filtro de combustível, que deve ser
à bomba, mantém a pressão constante em 3,5 bar. inspecionado e limpo periodicamente.
A vazão da bomba é de 80 litros por hora, alimen-

Conjunto completo da bomba de combustível Regulador de pressão incorporado à bomba

Terminal
elétrico

Sensor de nível

Pré-filtro

Todos os procedimentos de diagnóstico da bomba ção de remoção da bomba deve ser realizada com
podem ser executados sem a necessidade de re- critério, uma vez que se tem o perigoso encontro:
moção do tanque de combustível. Para verificar eletricidade e combustível. Sugerimos desligar o
seu estado de funcionamento é sugerido um teste relé da bomba ou desconectar o terminal positivo
de pressão e vazão apresentados na seção: “Siste- da bateria por segurança ao efetuar reparos dessa
ma de Injeção Eletrônica”. A bomba pode também natureza.
ser removida sem a necessidade da remoção do
tanque de combustível, bastando acessá-la por
Especificação técnica LP:
baixo do banco traseiro do veículo. Toda a opera-
LP 47208/234
Regulador de pressão

53
Sistemas Mecânicos - Alimentação de Combustível

O combustível recalcado pela bomba é transferido e seus orifícios de esguicho estão expostos ao co-
por meio da tubulação de alta pressão ao tubo dis- letor de admissão, próximo à válvula de admissão.
tribuidor, fixado junto ao cabeçote. Todo o sistema O sistema opera de forma sequencial, ou seja, a in-
é pressurizado a 3,5 bar. Os eletroinjetores de jeção ocorre simultaneamente à abertura das vál-
combustível estão instalados no tubo distribuidor, vulas.

Localização do tubo distribuidor Tubo distribuidor e eletroinjetores


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Diagrama do circuito de alimentação elétrica da bomba de combustível

A Alimentação via relé principal (Veja o diagrama completo no final desse manual)
13
13
SAC
II D31 F22
PR BR/PR VM/RX
1 3 1 4 ESQ DIR A
VM/CZ
2 3
RX/VD
Interruptor Inercial 2
C31
BC
Bomba de
combustível A15
A4
CZ/AZ
A23

Computador
de bordo

Sistema de partida a frio

Os sistema de partida a frio é um conjunto de com- Reservatório auxiliar de gasolina para partida a frio
ponentes responsável por introduzir gasolina no
motor, no período de partida, caso a temperatura Bocal de
ambiente esteja inferior a 16 graus Celsius. Esse abastecimento
sistema garante que, em baixas temperaturas, o
motor tenha um comportamento ótimo de parti-
da, mesmo que esteja utilizando álcool puro, que
possui uma inadequada temperatura de vapori-
zação para esse fim, bem como uma elevada en-
talpia de vaporização. O sistema é controlado pelo
módulo de controle do motor e é acionado auto- Sensor de
maticamente, sem a necessidade de intervensão nível
Escoamento
do condutor do veículo. de vapor

54
Sistemas Mecânicos - Alimentação de Combustível

Uma pequena bomba auxiliar de gasolina recalca reservatório de combustível, durante o período de
a gasolina do reservatório até o coletor de admis- aspiração da bomba auxiliar. Isso evita a subpres-
são, diretamente, passando por dois importantes são no interior do reservatório. O reservatório
componentes: o filtro de combustível e a válvula também está provido de uma saída especial, que
de corte de combustível, controlada eletrônica- conduz os vapores ao cânister, situado na região
mente pelo módulo de comando do motor. No sis- da roda traseira esquerda do veículo, evitando a
tema também está presente uma válvula de venti- emissão de poluentes por evaporação.
lação, que permite a entrada de ar para dentro do

Bomba auxiliar de gasolina Filtro e válvula de corte de gasolina

Válvula de Filtro de
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

ventilação gasolina

Bomba auxiliar Válvula de corte


de gasolina de gasolina

Diagrama elétrico do sistema de partida a frio

Nível Sensor de nível EPF Eletroválvula de corte de combustível BPF Bomba auxiliar

BAT
F35 CHAVE F3
BR/VT BR/VM
BC 1 Nível 2 ANT POS B2 A2 DIR ESQ

12 V

Bateria
BR PR F21
1 EPF 2 ANT POS

Relé 10
PR RS
1 BPF 2 87 30
PR/RX
C 10 86 85 B41 MC
Relé do SPF
PR/RX
A59

Sistema de recuperação de vapor

No conjunto do sistema antievaporativo estão pre- missão. A válvula de controle de purga do cânister,
sentes: o filtro de carvão ativado cânister, o sepa- alojada no coletor de admissão, é controlada pelo
rador líquido-vapor e a válvula multi-funcional. O módulo de controle do motor, e responsável por
objetivo desse conjunto é recolher o vapor gerado comandar os momentos em que os vapores podem
no tanque de combustível e no reservatório auxi- ser queimados junto ao combustível ou quando
liar de gasolina, retendo-o no carvão ativado, devem ser encaminhados ao cânister.
quando não puder ser admitido no coletor de ad-

55
Sistemas Mecânicos - Alimentação de Combustível

Sistema antievaporativo Cânister e sistemas integrados

Conjunto do
Válvula multifuncional
sistema
e separador líquido
antievaporativo
vapor

Tubulação de
aeração Cânister

Tubulação de
combustível

O conjunto é hermético e não há manutenção. O uma quilometragem específica para troca desse
cânister é continuamente regenerado pelo ar que filtro, sugere-se que deva ser substituído a cada
escoa em sentido contrário, quando o vapor é ad- 50.000 km.
mitido no coletor de admissão. Embora não tenha

Localização da válvula de purga do cânister Bocal de enchimento do tanque

Válvula de purga
do cânister

O bocal de enchimento é também um importante no interior do tanque seja reduzida, como por e-
componente do sistema antievaporativo. Ele pos- xemplo, em razão do bombeamento de combus-
sui uma válvula de segurança acoplada, que abri- tível. Nesse caso, o ar é introduzido no interior do
rá se a pressão interna do sistema superar aproxi- tanque, evitando danos mecânicos à sua estrutu-
madamente 10 kPa. A válvula de segurança tam- ra.
bém se abrirá em sentido contrário, caso a pressão

56
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Sistemas Mecânicos - Torques de Aperto

Torques de Aperto

Principais Torques de Aperto


Descrição Valores
Porca da homocinética 350 N.m
Parafusos de fixação do cabeçote 20 + 10 + 90º + 90º
Porca de fixação do tensor da correia dentada 25 N.m
Parafusos de fixação da tampa de válvulas 15 N.m
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Parafusos de fixação da polia da árvore de manivelas 20 N.m


Porca de fixação do cubo dianteiro 350 N.m
Parafuso de fixação da coluna de direção 20 N.m
Parafusos de fixação das pinças 40 N.m
Parafusos de fixação dos suportes das pinças 105 N.m
Parafusos de fixação dos discos de freio ao cubo 12 N.m
Parafusos de fixação dos tambores de freio 12 N.m
Parafuso de fixação dianteira do quadro da suspensão 125 N.m
Parafuso de fixação traseiro do quadro da suspensão 125 N.m
Parafuso de fixação do braço de controle 135 N.m
Parafuso de fixação do pivô à manga de eixo 70 N.m
Porca de fixação da torre da suspensão à manga de eixo 120 N.m
Porca de fixação das bieletas (ou barras estabilizadoras) 56 N.m
Parafusos de fixação da bucha da barra estabilizadora 25 N.m
Parafusos de fixação da torre da suspensão à carroçaria 32 N.m
Porca de fixação do amortecedor 65 N.m
Porca de fixação do terminal de direção 56 N.m
Parafusos de fixação do platô no volante do motor 14 N.m
Parafusos de fixação do câmbio ao motor 80 N.m
Porca de fixação do suporte do coxim esquerdo 70 N.m
Porcas de fixação do suporte de alumínio 55 N.m
Parafusos de fixação do suporte de alumínio ao cabeçote 60 N.m
Parafusos de fixação do suporte do motor à carroçaria 60 N.m
Parafusos de fixação do motor de partida 25 N.m
Parafusos de fixação do volante do motor ao eixo da árvore de manivelas 44 N.m
Parafuso de fixação da polia do eixo da árvore de manivelas 12 N.m
Paradusos de fixação da válvula termostática 9 N.m
Porcas de fixação do cárter à bomba de óleo 10 N.m
Parafusos de fixação do cárter 10 N.m
Parafuso de fixação da bomba de óleo 10 N.m
Parafusos de fixação da bomba d'água 9 N.m
Porca de fixação do cabo massa 25 N.m
Fixação do sensor de rotação 9 N.m
Porcas de fixação do coletor de descarga 25 N.m

Acesse nosso site:


www.mecanica2000.com.br
59
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.
Sitemas Elétricos - Central de Relés e Fusíveis do Painel

Arquitetura elétrica do Punto

O punto é dotado de uma moderna arquitetura Esse sistema deriva do utilizado no Stilo e é cha-
elétrica baseada em um sofisticado protocolo de mado de sistema Nano FLOreNCE. O sistema é
transferência de dados e comunicação entre cen- composto por uma rede de comunicação CAN
trais de controle no veículo. Assemelha-se a uma (Controler area network) e três redes seriais (A-
rede computacional onde diversos dados são dis- Bus, K-line e F-line). Abaixo estão relacionadas as
ponibilizados em barramentos de alta e baixa ve- principais centrais de controle e demais disposi-
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

locidade. Cada uma das centrais que se comuni- tivos que integram o conjunto elétrico e que serão
cam com esse barramento, funcionam como com- apresentadas nos vários diagramas elétricos dessa
putadores capazes de realizar tarefas específicas, seção.
utilizando-se dos dados circulantes.

CVE

CVM

IMF CP BC

PI MC

CRL

CAN A
B-CAN { CAN B
Alimentação

CVM Central de relés e fusíveis do vão do motor


CVE Central de controle dos vidros elétricos
IMF Interruptor de múltiplas funções
CP Central de relés e fusíveis do painel
BC Body Computer
CRL Central de relés dos limpadores
PI Painel de instrumentos
MC Módulo de controle do motor

Funções das redes do sistema Nano FLOreNCE

B-CAN rede interligada às centrais que gerenciam conforto e segurança


A-Bus rede serial que controla o limpador, luz externa, chaves ON/OFF, antifurto, etc.
K-Line rede serial de diagnóstico
F-Line rede serial que gerencia a comunicação entre ABS e BC

61
Sistemas Elétricos - Chicotes Elétricos

Chicotes Elétricos

Nº Componente
1 Conectores auxiliares
2 Central do vidro
3 CP
4 Interruptor inercial
5 Motor dos vidros
6 Trava elétrica
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

7 Bomba de combustível

7 6
2 6
3 5

1 1
1 1
4

Nº Componente
1 CP 7
2 Conectores auxiliares
5
3 Comando de luzes 6
5
4 Comando farol de milha 3 4 8
5 IMF 9
6 Buzina 2 1
7 Painel 10
8 Comutador de ignição 11
9 Comando de alerta 2
10 Rádio
11 A/C 2

Nº Componente
1 CP 4
3
2 Conector Auxiliar
3 Lanternas 3
4 Brake light
5 Limpador traseiro 5
6 Luz de placa 1
7 Luz de ré
2
6 6

62
Sistemas Elétricos - Chiicotes Elétricos

Nº Componente
1 BC
2 CVM
3 Limpador
4 MC
5 CRL
6 Buzina 3
5
7 Faroís 1
4 2
8 Farol de milha
7

8 6
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

63
Sitemas Elétricos - Central de Relés e Fusíveis do Painel

Central de Relés e Fusíveis do Painel (C.P.)

Relé Aplicação Código UETA


Localização da central de relés e fusíveis R1 Farol baixo U-344
do painel (C.P.)
R11 Desembaçador traseiro U-344
R12 Exclusão de carga U-344
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Especificação técnica
UETA:

Relé
U-344

Atenção à especificação técnica dos relés.


Sempre utilize relés adequados para as fun-
ções que devem exercer. Acima está apresentado a
especificação do relé UETA para as aplicações in-
Central de relés e fusíveis do painel (C.P.) dicadas na tabela acima.

R11 R12

R1

Representação elétrica de relés na Mecânica 2000

Sigla e numeração
Relé 12
Diagrama interno
86 85

Terminais elétricos 87 30

Relé de exclusão
Nome e função de carga

Os digramas elétricos dos relés indicados aci-


ma podem ser encontrados nas respectivas
seções de diagramas elétricos desse Manual. Para
facilitar sua busca, recomendamos utilizar o índi-
ce desse manual por meio de sua aplicação.

64
Sitemas Elétricos - Central de Relés e Fusíveis do Painel

Fusíveis da C.P.

Localização dos fusíveis da C.P. Fusíveis da C.P.

34 48 49 35 13

46 33 37 42 12

45 47 32 50 51

52 41 43 40 44
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

36 39 38 53 31

Fusível Ampères Aplicação


F12 7.5 Farol baixo direito
F13 7.5 Farol baixo esquerdo
F31 7.5 Ventilador interno
F32 15 Rádio
F33 20 Pré-disposição para vidro elétrico traseiro esquerdo
F34 20 Pré-disposição para vidro elétrico traseiro direito
F35 7.5 Luz de ré
F36 7.5 Alimentação da central do vidro elétrico
F37 7.5 Iluminação do conjunto do painel / Luz de freio
F38 20 Trava elétrica
F39 10 Pré-disposição para alarme
F40 30 Desembaçador
F41 -- VZ
F42 7.5 Pré-disposição para ABS
F43 20 Limpador do pára-brisas / Motor do esguicho de água
F44 15 Tomada 12V
F45 -- VZ
F46 20 Pré-disposição para teto solar
F47 20 Vidro elétrico dianteiro esquerdo
F48 20 Vidro elétrico dianteiro direito
F49 7.5 Iluminação de teclas no painel de instrumentos
F50 7.5 Pré-disposição para air bag
F51 7.5 Iluminação do A/C
F52 15 Limpador traseiro
F53 7.5 Alimentação do painel de instrumentos

Representação elétrica de fusíveis na Mecânica 2000

Sigla e numeração
M.F - MAX FUSÍVEL
F - FUSÍVEL M.F 3
Terminais elétricos
ESQ DIR
Posição no veículo
ESQ - Esquerda
DIR - Direita
INF - Inferior
SUP - Superior

65
Sitemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Painel

Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Painel (C.P.)

Conector C.P.A

Localização do conector C.P.A Conector C.P.A


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.P.A Macho C.P.A Fêmea

1 10 11 20

1 10
11 20

Conector C.P.A

Macho Fêmea

CPE 18 Macho 1 1 Vazio

CPA 3 Macho / F 13 Inf CPE 14 Macho 2 2 Vazio

CZ/VD
CPA 2 Macho / F 13 Inf CPE 14 Macho 3 3 9 Conector farol esquerdo
VD L CA 09 Macho / B Reservatório
CPE 1 Macho 4 4
partida a frio
CZ/AM
CPD 16 Macho 5 5 10 do CRL

BR/PR
CPD 15 Macho 6 6 1 do CRL

CZ/PR
F 31 Inf / CPD 14 Macho 7 7 CVM A 11
BR
CPC 7-8 Macho / CPY 3 Macho 8 2 do Interruptor de ré
8
VD/LA
CPC 32 Macho 9 9 A CA 10 Macho

CZ
F 43 Sup 10 10 14 do CRL

F 42 Sup 11 11 Vazio
CZ/PR
F 12 Inf 12 12 9 Conector farol direito

Continua...

66
Sitemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Painel

Continuação Macho Fêmea

F 51 Sup/ CPC 25-26-27 Macho / AZ/VD


13 13 15 CA 07 Fêmea
CPD 12-13 Macho / CPE 8-9 Macho
AZ/VM
F 37 Sup / CPY 13 Macho / CPE 2 Macho 14 14 4 Interruptor do Pedal de freio

VD/BR
CPA 16 Macho / CPC 5-6 Macho / CPY 2 Macho 15 15 2 Interruptor do Pedal de freio
VD/BR
CPA 15 Macho / CPC 5-6 Macho / CPY 2 Macho 16 16 G CA 09 Macho
AZ/BR
CPA 18-19 Macho / F 35 Sup 17 17 1 Interruptor de ré

AZ/BR
CPA 17-19 Macho / F 35 Sup 18 18 3 Interruptor do Pedal de freio / F CA 09 Macho

AZ/BR
CPA 17-18 Macho / F 35 Sup 19 19 A Reservatório partida a frio

86 do Relé 12 / CPY 20 Macho / CPE 10 Macho / PR


20 20 T 06
CPD 10 Macho

Conector C.P.B
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Localização do conector C.P.B Conector C.P.B

C.P.B Macho C.P.B Fêmea

A B

A B

Conector C.P.B
Macho Fêmea

30-86 do Relé 1 / 30 do Relé 12 / 30 Relé 11 VM/PR


F 36-38 Sup / CPY 18 Macho / F 32-39-53 Inf A A CMC A

VM
2 Relé 13 B B CMC B

Conector C.P.C

Localização do conector C.P.C Conector C.P.C

67
Sitemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Painel

C.P.C Macho C.P.C Fêmea

1 16 16 1
17 32 32 17

Conector C.P.C
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Macho Fêmea

F 33 Sup 1 1 Vazio

F 34 Sup 2 2 Vazio

F 46 Sup 3 3 Vazio

Vazio 4 4 Vazio
CZ/BR
CP A 15-16 Macho / CP C 6 Macho / CP Y 2 Macho 5 5 1 Brake-light

CP A 15-16 Macho / CP C 5 Macho / CP Y 2 Macho 6 6 Vazio


CZ/PR
CP C 8 Macho / CP A 8 Macho / CP Y 3 Macho 7 7 2 CA 01 Macho / 1 CA 01 Macho

CP C 7 Macho / CP A 8 Macho / CP Y 3 Macho 8 8 Vazio

BR/PR
CP E 15 Macho 9 9 3 Motor limpador traseiro

CP D 17 / CP Y 7 Macho 10 10 Vazio

F 32 Sup / CP E 16 Macho 11 11 Vazio

CPE 17 Macho / F 52 Sup CZ/VD


12 12 7 Central do vidro elétrico
VM/AM
F 36 Inf 13 13 18 Central do vidro elétrico

CZ/VM
CP D 9 Macho / F 44 Sup 14 14 2 Tomada 12 Volts
MR/BR
F 40 Inf 15 15 2 Desembaçador
BR/PR C1 CA 02 Fêmea / 21 CA 04 Macho
CP Y 10 Macho 16 16
C1 CA 03 Fêmea / 21 CA 05 Macho
VM/PR
CP D 19 Macho / F 48 Sup 17 17 10 Central vidro elétrico

CP Y 11 Macho LA/VD B8 CA 02 Fêmea / B8 CA 03 Fêmea


18 18
12 CA 04 Macho / 14 CA 05 Macho
CP D 3-4 Macho / CP E 12 Macho
19 19 Vazio
F 49 Sup / CP C 21-23-24 Macho

CP E 11 Macho 20 20 Vazio
CP D 3-4 Macho / CP E 12 Macho AZ/BR
F 49 Sup /CP C 19-23-24 Macho 21 21 17 Central do vidro elétrico

CP E 5 Macho 22 22 Vazio

CP D 3-4 Macho / CP E 12 Macho AZ/BR


23 23 Pré-disposição para air bag
F 49 Sup / CP C 19-21-24 Macho
CP D 3-4 Macho / CP E 12 Macho 24 Vazio
24
F 49 Sup / CP C 19-21-23 Macho
CP A 13 Macho / F 51 Sup / CP C 26-27 Macho
25 25 Vazio
CP D 12-13 Macho / CP E 8-9 Macho
CP A 13 Macho / F 51 Sup / CP C 25-27 Macho
26 26 Vazio
CP D 12-13 Macho / CP E 8-9 Macho
CP A 13 Macho / F 51 Sup / CP C 25-26 Macho
27 27 Vazio
CP D 12-13 Macho / CP E 8-9 Macho

CP D 5 Macho / CP Y 5 Macho 28 28 Vazio

Vazio 29 29 Vazio
VM/BR
CP D 20 macho / F 47 Inf. 30 30 1 Central vidro elétrico

Vazio 31 31 Vazio
VD/LA
CP A 9 Macho 32 32 1 Bomba de combustível

68
Sitemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Painel

Conector C.P.D

Localização do conector C.P.D C.P.D Macho

1 10

11 20
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.P.D Fêmea

11 20

1 10

Conector C.P.D
Macho Fêmea

F 31 Sup / 86 Relé 11 / 85 do Relé 12 CZ


1 1 1 Comutador de ignição B

CZ/PR
CP Y 12 Macho 2 2 CP D 14

CP D 4 Macho / CP E 12 Macho
3 3 Vazio
F 49 Sup / CP C 19-21-23-24 Macho
CP D 3 Macho / CP E 12 Macho AZ/BR
4 4 2 Comando painel e farol de neblina
F 49 Sup / CP C 19-21-23-24 Macho
AZ
CP Y 5 Macho / CP C 28 Macho 5 5 Pré-disposição para o rádio

F 50 Sup 6 6 Vazio

VM/VD
CP D 8 Macho / 17 CP Y / F 39 Sup 7 7 Pré-disposição para o rádio

CP D 7 Macho / 17 CP Y / F 39 Sup 8 8 Vazio

CP C 14 Macho / F 44 Sup 9 9 Vazio

CP A 20 Macho / 86 Relé 12
10 10 Vazio
CP Y 20 Macho / CP E 10 Macho
AZ
CP Y 9 Macho / F 50-42-37-49-35 Inf 11 11 2 Comutador de ignição B
CP A 13 Macho / CP C 25-26-27 Macho AZ/VD
Pré-disposição para o rádio
12 12
CP D 13 Macho / CP E 8-9 Macho / F 51 Sup.
CP A 13 Macho / CP C 25-26-27 Macho
CP D 12 Macho / CP E 8-9 Macho / F 51 Sup
13 13 Vazio

CZ/PR
CP A 7 Macho / F 31 INF 14 14 CP D 2

BR/PR
CP A 6 Macho 15 15 CP E 15
CZ/VD
CP A 5 Macho 16 16 CP E 17

BR
CP Y 7Macho / CP C 10 Macho 17 17 Pré-disposição para o rádio

Vazio 18 18 Vazio

CP C 17 Macho / F 48 Sup 19 19 Vazio

F 47 Inf / CP C 30 Macho 20 20 Vazio

69
Sitemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Painel

Conector C.P.E

Localização do conector C.P.E C.P.E Macho

18 10

9 1
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.P.E Fêmea

10 18
1 9

Conector C.P.E

Macho Fêmea

CP A 4 Macho VD
1 1 4 Painel de instrumentos

CP A 14 Macho / F 37 Sup / CP Y 13 Macho 2 2 Vazio

Vazio 3 3 Vazio

Vazio 4 4 Vazio

CP C 22 Macho 5 5 Vazio

Vazio 6 6 Vazio

Vazio 7 7 Vazio
CP E 9 Macho / CP D 12-13 / CP A 13 8 Vazio
8
CP C 25-26-27 Macho / F 51 Sup
CP E 8 Macho / CP D 12-13 / CP A 13
9 9 Vazio
CP C 25-26-27 Macho / F 51 Sup
CP A 20 Macho / 86 do Relé 12
10 10 Vazio
CP Y 20 Macho / CP D 10 Macho

CP C 20 Macho 11 11 Vazio
CP D 3-4 Macho AZ/BR 14 Comando desembaçador
12 12
CP C 19-21-23-24 Macho / F 49 Sup e luzes de advertência

CP Y 15 Macho / F 51 Inf 13 13 Vazio

CP A 2-3 Macho / F 13 Inf 14 14 Vazio

BR/PR
CP C 9 Macho 15 15 CP D 15

CP C 11 Macho / F 32 Sup 16 16 Vazio

CZ/VD
CP C 12 Macho / F 52 Sup 17 17 CP D 14

CP A 1 Macho 18 18 Vazio

70
Sitemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Painel

Conector C.P.Y/B.C.Y

Localização dos conectores


C.P.Y Macho B.C.Y Fêmea
C.P.Y/B.C.Y

1 11
11 1

20 10 10 20
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Conectores C.P.Y e B.C.Y

Macho Fêmea

F 38 Inf 1 1 PS

CP A 15-16 Macho / CP C 5-6 Macho 2 2 PS

CP A 8 Macho / CP C 7-8 Macho 3 3 PS

Vazio 4 4 PS

CP D 5 Macho / CP C 28 Macho 5 5 BC D 6-24 Macho / BC C 36 Macho

85 do Relé 11 6 6 PS

CP D 17 Macho / CP C 10 Macho 7 7 BC C 35 Macho / BC D 5 - 25 Macho

85 do Relé 1 8 8 PS

CP D 11 Macho / F 35-37-42-49-50 Inf 9 9 BC Y 15 Fêmea

CP C 16 Macho 10 10 PS

CP C 18 Macho 11 11 PS

CP D 2 Macho 12 12 PS

CP A 14 Macho / F 37 Sup 13 13 BC D 31 Macho


CP E 2 Macho
Vazio 14 14 PS

CP E 13 Macho / F 51 Inf 15 15 BC Y 9 Fêmea

Vazio 16 16 PS

CP D 7-8 / F 39 Sup BC A 51 Macho / BC B 16 Fêmea


17 17
BC C 17-46 Macho / BC D 26 Macho
F 32-39-53 Inf. / F 36-38 Sup / CPB A
18 18 PS
30-86 Relé 1 / 30 Relé 12 / 30 Relé 11

F 53 Sup 19 19 BC D 3 Macho
CP A 20 Macho / 86 do Relé 12 20 PS
20
CP E 10 Macho / CP D 10 Macho

71
Sitemas Elétricos - Conectores do Body Computer

Conectores do Body Computer (B.C.)

Conector B.C.A

Body Computer (B.C.) Localização do conector B.C.A


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

B.C.A Macho B.C.A Fêmea

40 52 1 13
27 39 14 26
14 26 27 39
1 13
40 52

Conector B.C.A
Macho Fêmea

PS 1 1 Vazio

PS 2 2 Vazio

BC D 8-9-10-19-36 Macho
3 3 Vazio
BC B 4-5 Fêmea / BC C 27-30-42 Macho
PR/VM
PS 4 4 8 Central do vidro elétrico

BC A 18 Macho / BC C 50 Macho 5 5 Vazio

AZ/PR
19 BC A 6 6 3 Lanterna direita

RX/BR
PS 7 7 2 Bomba de combustível
AM/VM
BC C 52 Macho 8 8 4 Lanterna esquerda

AM/PR
BC C 39 Macho 9 9 1 Lanterna direita

PS 10 10 Vazio
BR/RX
PS 11 11 6 CA 04 Macho
Continua...

72
Sitemas Elétricos - Conectores do Body Computer

Continuação... Macho Fêmea

AM/VD
PS 12 12 3 CA 01 Macho
CZ/PR
PS 13 13 13 Central do vidro elétrico

PS 14 14 Vazio

BC D 13 Macho 15 15 Vazio
RX/AZ
PS 16 16 2 CA 04 Macho / 2 CA 05 Macho

PS 17 17 Vazio

AZ/BR
BC A 5 Macho / BC C 50 Macho 18 18 2 Lanterna esquerda

BC A 6 Macho / BC C 51 Macho 19 19 Vazio


BR/AM
PS 20 20 Borne do freio de estacionamento
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

PR/CZ
PS 21 21 3 da Bomba de combustível

BR/PR
PS 22 22 B5 CA 02 Fêmea

RX/LA
PS 23 23 2 do Interruptor inercial

BC B 13 Fêmea 24 24 Vazio

PS 25 25 Vazio

PS 26 26 Vazio

PS 27 27 Vazio
RX/VM
PS 28 28 1 CA 04 Macho / 1 CA 05 Macho

PS 29 29 Vazio
CZ/AZ
PS 30 30 3 Luz de cortesia

VD/AM
PS 31 31 4 Lanterna direita

PS 32 32 Vazio

BR/CZ
PS 33 33 2 Trava elétrica traseira

BR/VM
PS 34 34 6 CA 05 Macho

BR/VD
PS 35 35 B5 CA 03 Fêmea
CZ/VM
PS 36 36 Pré-disposição para air bag

PS 37 37 Vazio

MR/BR
PS 38 38 Pré-disposição para air bag

PS 39 39 Vazio

40 40 Vazio
PS

PS 41 41 Vazio

PS 42 42 Vazio

PS 43 43 Vazio
VD/BR
PS 44 44 1 Lanterna esquerda

RX
BC D 16 Macho 45 45 2 Luz de cortesia

VD/MR
PS 46 46 2 Motor limpador traseiro

PS 47 47 Vazio

PS 48 48 Vazio

PS 49 49 Vazio

PS 50 50 Vazio

BC Y 17 Fêmea / BC B 16 Fêmea VM/VD


51 51 Pré-disposição para air bag
BC C 17-46 Macho / BC D 26 Macho
AM
BC D 18 Macho 52 52 1 Tomada 12 Volts

73
Sitemas Elétricos - Conectores do Body Computer

Conector B.C.B/Tomada de diagnóstico

Localização do conector B.C.B Conector B.C.B


Fêmea

1 BC C 22 Macho

2 PS

3 PS

BC C 27-30-42 Macho / BC B 5 Fêmea


4
BC A 3 Macho / BC D 8-9-10-19-36 Macho
BC C 27-30-42 Macho / BC B 4 Fêmea /
5
BC A 3 Macho / BC D 8-9-10-19-36 Macho
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

BC C 36 Macho / BC Y 5 Fêmea
6
BC D 6 - 24 Macho

7 BC C 26 Macho

8 PS

9 BC D 11 Macho
B.C.B Fêmea
10 PS

11 PS

BC C 47 Macho
1 8 12

13 BC A 24 Macho
9 16 BC Y 7 Fêmea / BC D 5-25 Macho /
14
BC C 35 Macho

15 PS

BC A 51 Macho / BC Y 17 Fêmea
16
BC C 17-46 Macho / BC D 26 Macho

Conector B.C.C

Localização do conector B.C.C B.C.C Macho

13 1
26 14
39 27
52 40

B.C.C Fêmea

52 40
39 27
26 14
13 1

74
Sitemas Elétricos - Conectores do Body Computer

Conector B.C.C
Macho Fêmea

PS 1 1 Vazio

PS 2 2 Vazio

RX/LA
PS 3 3 7 do CRL

PS 4 4 Vazio

PS 5 5 Vazio

PS 6 6 Vazio

AZ/CZ
PS 7 7 1 Antena do imobilizador
PR/VD
PS 8 8 2 Antena do imobilizador
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

PS 9 9 Vazio

VD/LA
PS 10 10 L CA 10 Macho
RX/BR
PS 11 11 CMV A 23
RX/AZ
PS 12 12 CMV A 12

BC Y 13 Fêmea / BC D 31 Macho 13 13 Vazio

PS 14 14 Vazio

PS 15 15 Vazio
RX/VM
PS 16 16 6 do CRL
BC A 51 Macho / BC Y 17 Fêmea / BC C 46 Macho Vazio
17 17
BC B 16 Fêmea / BC D 26 Macho

PS 18 18 Vazio

BR/CZ
PS 19 19 4 Motor do limpador

PS 20 20 Vazio

PS 21 21 Vazio

BC B 1 Fêmea 22 22 Vazio

PS 23 23 Vazio
BR/AZ
PS 24 24 1 Sensor nível do fluído de freio

CZ/PR
PS 25 25 B CA 10 Macho

BR/VM
BC B 7 Fêmea 26 26 C CA 10 Macho

BC C 30-42 Macho / BC B 4-5 Fêmea PR/RX


27 27 G CA 10 Macho
BC A 3 Macho / BC D 8-9-10-19-36 Macho

PS 28 28 Vazio

CZ/VM
PS 29 29 4 do CRL

BC C 27-42 Macho / BC B 4-5 Fêmea


30 30 Vazio
BC A 3 Macho / BC D 8-9-10-19-36 Macho

PS 31 31 Vazio

PS 32 32 Vazio

PS 33 33 Vazio

PS 34 34 Vazio

BR
BC D 5 - 25 Macho / BC Y 7 Fêmea 35 35 D CA 10 Macho
BC Y 5 Fêmea / BC B 6 Fêmea 36
AZ
36 E CA 10 Macho
BC D 6 - 24 Macho

PS 37 37 Vazio

PS 38 38 Vazio
AM/PR
BC A 9 Macho 39 39 2 Conector farol direito
CZ/MR
PS 40 40 3 do CRL

RX/VD
PS 41 41 2 CRL Continua...

75
Sitemas Elétricos - Conectores do Body Computer

Continuação... Macho Fêmea

BC C 27-30 Macho / BC B 4-5 Fêmea


42 42 Vazio
BC A 3 Macho / BC D 8-9-10-19-36 Macho

PS 43 43 Vazio

BC C 48 Macho 44 44 Vazio

BC C 49 Macho 45 45 Vazio
BC A 51 Macho / BC Y 17 Fêmea
46 46 Vazio
BC C 17 Macho / BC B 16 Fêmea / BC D 26 Macho

BC B 12 Fêmea 47 47 Vazio

BC C 44 Macho 48 48 Vazio

BC C 45 Macho 49 49 Vazio
AZ/BR
BC A 5-18 Macho 50 50 10 Conector farol esquerdo
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

AZ/PR
BC A 6-19 Macho 51 51 10 Conector farol direito
AM/VM
BC A 8 Macho 52 52 2 Conector farol esquerdo

Conector B.C.D

Localização do conector B.C.D

B.C.D Macho

9 1
10 18
19 27
36 28

B.C.D Fêmea

1 9
18 10
27 19
28 36

76
Sitemas Elétricos - Conectores do Body Computer

Conector B.C.D

Macho Fêmea

PS 1 1 Vazio

VD/PR
PS 2 2 3 IMF

VM/BR
BC Y 19 Fêmea 3 3 2 Painel de instrumentos
VD/BR
PS 4 4 2 IMF

BC Y 7 Fêmea / BC D 25 Macho Vazio


5 5
BC C 35 Macho
BC Y 5 Fêmea / BC D 24 Macho Vazio
6 6
BC C 36 Macho / BC B 6 Fêmea
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

BR/PR
Vazio 7 7 1 IMF
BC C 27-30-42 Macho / BC D 9-10-19-36 Macho 8 Vazio
8
BC B 4-5 Fêmea / BC A 3 Macho
PR/RX 5 Comando do desembaçador e luzes
BC D 8-10-19-36 Macho / BC A 3 Macho 9 9
de advertência
PR
BC D 8-9-19-36 Macho / BC A 3 Macho 10 10 T 03

PS 11 11 Vazio

PS 12 12 Vazio

BC A 15 Macho 13 13 Vazio
AM/VD
PS 14 14 9 Comando do painel / farol de neblina

PS 15 15 Vazio

BC A 45 Macho 16 16 Vazio

PS 17 17 Vazio

AM
PS 18 18 4 CA 08 Macho

BC C 27-30-42 Macho / BC B 4-5 Fêmea PR


T 03
19 19
BC D 8-9-10-36 / BC A 3 Macho
PS 20 20 Vazio

CZ/BR 8 Comando do desembaçador e luzes


PS 21 21
de advertência

PS 22 22 Vazio

PS 23 23 Vazio
AZ
BC D 6 Macho / BC Y 5 Fêmea 24 6 Painel de instrumentos
24
BC C 36 Macho
BC D 5 Macho / BC Y 7 Fêmea BR
25 25 5 Painel de instrumentos
BC C 35 Macho
BC B 16 Fêmea / BC C 17-46 Macho
26 26 Vazio
BC A 51 Macho / BC Y 17 Fêmea

PS 27 27 Vazio
VD/MR
PS 28 28 7 IMF

CZ/VM 16 Comando do desembaçador e luzes


PS 29 29
de advertência
BR/AZ
PS 30 30 5 IMF

AZ/VM
BC Y 13 Fêmea 31 31 3 Painel de instrumentos
BR/VD 17 Comando do desembaçador e
PS 32 32
luzes de advertência
VD/CZ
PS 33 33 4 IMF

VD/VM 7 Comando do desembaçador e


PS 34 34
luzes de advertência
VD/LA
PS 35 35 7 Comando do painel / farol de neblina
BC C 27-30-42 Macho / BC B 4-5 Fêmea 36
PR/RX
BC D 8-9-10-19 Macho / BC A 3 Macho
36 10 IMF

77
Sitemas Elétricos - Central de Relés e Fusíveis do Motor

Central de Relés e Fusíveis do Vão do Motor (C.V.M.)

Localização da central de relés e fusíveis Central de relés e fusíveis do vão do motor (C.V.M.)
do vão do motor (C.V.M.)
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

R6 R2
R7
R10 R8

R9 R3
R20
R5 R14
R19
R17

Relé Aplicação Código UETA


R2 Farol alto U-314 Relés UETA
R3 Buzina U-314
R5 Compressor do A/C U-314
R6 1ª veloc. do eletrovent. do radiador U-344
R7 2ª veloc. do eletrovent. do radiador U-062A
R8 Ventilação interna U-344
R9 Principal - Injeção U-344
R10 Partida a frio U-314
R14 Luz de neblina U-314

A recomendação para substituição de relés,


é a de utilizar relés que suportem correntes
no mínimo igual a especificada pelo fabricante.
Acima aprensentamos as especificações UETA pa-
ra a substituição de relés.

78
Sitemas Elétricos - Central de Relés e Fusíveis do Motor

Fusíveis da C.V.M

Localização dos fusíveis da (C.V.M) Fusíveis da (C.V.M)

18 14
23 19
21 15
17 10
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

22 24
11 2
30
16
20 29

Fusível Ampères Aplicação Fusível Ampères Aplicação


F9 -- VZ F19 7.5 Compressor do A/C
F10 15 Buzina F20 -- VZ
F11 10 Sistema de injecão HEGO F21 15 Partida a frio
F14 7.5 Farol alto direito F22 20 Injetores
F15 7.5 Farol alto esquerdo F23 20 Limpador de para-brisa dianteiro
F16 7.5 Alimentação do relé principal F24 -- VZ
F17 10 Sistema de injecão HEGO F30 15 Farol de neblina
F18 10 Alimentação do M.C

Maxi-fusíveis da C.V.M

Localização dos maxi-fusíveis da C.V.M Maxi-fusíveis da C.V.M

8 5 4 7 6 2 1 3

MaxI-fusível Ampères Aplicação


MF0 -- VZ
MF1 70 Central de comando do painel
MF2 40 Vidro elétrico
MF3 20 Alimentação do comutador de ignição
MF4 30 Pré-disposição
MF5 40 Pré-disposição
MF6 20 1ª velocidade do eletroventilador
MF7 40 2ª velocidade do eletroventilador
MF8 30 Ventilador interno

79
Sistemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Vão do Motor

Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Vão do Motor (C.V.M.)

Conector C.V.M.A

Localização do conector C.V.M.A C.V.M.A Macho


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

1 16
17 32

C.V.M.A Fêmea

16 1

32 17

Conector C.V.M.A
Macho Fêmea

87 do Relé 17 1 1 Vazio

F 18 Esquerdo / CVM D 23-24 Macho 2 2 Vazio

30 do Relé 20 / CVM D 1 Macho 3 3 Vazio


MR/PR
87 do Relé 14 / CVM A 5 Macho 4 4 1 Farol de neblina esquerdo

MR/PR
87 do Relé 14 / CVM A 4 Macho 5 5 1 Farol de neblina direito

85 do Relé 17 6 6 Vazio

F 24 Esquerdo / CVM A 8 Macho 7 7 Vazio

F 24 Esquerdo / CVM A 7 Macho 8 8 Vazio

CVM A 10-11 Macho / 86 do Relé 8


9 9 Vazio
86 do Relé 17
CVM A 9-11 Macho / 86 do Relé 8
10 10 Vazio
86 do Relé 17
CVM A 9-10 Macho / 86 do Relé 8 CZ/PR
11 11 CPA 7
86 do Relé 17
RX/AZ
85 do Relé 2 12 12 BCC 12

Vazio 13 13 Vazio

85 do relé 20 / CVM D 3 Macho 14 14 Vazio


MR
CVM D 19 Macho 15 15 3 Comutador de Ignição A
Continua...

80
Sistemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Vão do Motor

Macho Fêmea
Continuação
VD/LA
CVM D 30 Macho / 87 do Relé 10 16 16 1 Eletroválvula de purga do Cânister

86 do Relé 20 17 17 Vazio

87 do Relé 20 / CVM D 17 Macho 18 18 Vazio

Vazio 19 19 Vazio

CVM D 8-9-13 Macho / F 16 direito 20 20 Vazio

MR/LA
85 do Relé 3 21 21 3 CA 08 Fêmea

VD
F 14 direito 22 22 1 do Conector farol direito

RX/BR
85 do Relé 14 23 23 BCC 11

CVM A 25 Macho / F 15 direito 24 24 Vazio


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

VD/PR
CVM A 24 Macho / F 15 direito 25 25 1 Conector farol esquerdo
PR
85 do Relé 8 26 26 T 06
RX
87 do Relé 3 / CVM A 28 Macho 27 27 1 da Buzina

87 do Relé 3 / CVM A 27 Macho 28 28 Vazio

Vazio 29 29 Vazio

F 16 esquerdo / 86 do Relé 14 LA
30 30 1 Comutador de Ignição A
86 do Relé 2
VM/VD
Maxi 3 esquerdo 31 31 2 Comutador de Ignição A
VM/BR
F 23 direito 32 32 11 do CRL

Conector C.V.M.B

Localização do conector C.V.M.B C.V.M.B Macho

C A

C.V.M.B Fêmea

C A

Conector C.V.M.B
Macho Fêmea

VM 1 Motor elétrico do eletroventilador


87 do Relé 7 A A
2 Resistência do eletroventilador
Maxi 6 esquerdo / 30 do relé 6
B B Vazio
86 do relé 6
CZ
87 do Relé 6 C C 1 Resistência do eletroventilador

81
Sistemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Vão do Motor

Conector C.V.M.C

Localização do conector C.V.M.C C.V.M.C Macho

C A
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.V.M.C Fêmea

C A

Conector C.V.M.C
Macho Fêmea

VM/PR
Maxi 1 direito A A CPB A

VM
Maxi 2 direito B B CPB B

CZ/BR
87 do Relé 8 C C 1 CA 07 Fêmea

Conector C.V.M.D

Localização do conector C.V.M.D C.V.M.D Macho

1 16

17 32

C.V.M.D Fêmea

16 1

32 17

82
Sistemas Elétricos - Conectores da Central de Relés e Fusíveis do Vão do Motor

Conector C.V.M.D

Macho Fêmea

CVM A 3 Macho / 30 do Relé 20 1 1 Vazio

Vazio 2 2 Vazio

CVM A 14 Macho / 85 do Relé 20 3 3 Vazio


MR/BR
87 do Relé 5 4 4 1 Embreagem do A/C

AZ/VM
85 do Relé 5 5 5 17 do MC

Vazio 6 6 Vazio
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

BR/AZ
F 11 direito 7 7 1 CANP
CVM D 9-13 Macho / F 16 direito LA/BR
8 8 CVM D 10
CVM A 20 Macho
CVM D 8-13 Macho / F 16 direito LA
9 9 38 do MC
CVM A 20 Macho
LA/BR
85 do Relé 9 10 10 CVM D 8

MR/VD
86 do Relé 10 11 11 CVM D 27
RX
86 do Relé 9 12 12 5 do MC

CVM D 8-9 Macho / F 16 direito 13 13 Vazio


CVM A 20 Macho
Vazio 14 14 Vazio

Vazio 15 15 Vazio

Vazio 16 16 Vazio

87 do Relé 20 / CVM A 18 Macho 17 17 Vazio

F 22 direito
MR/PR 2 DIS / 1 dos Injetores 1-2-3-4
18 18
A CA 10 fêmea
MR
CVM A 15 Macho 19 19 50 do Motor de partida

Vazio 20 20 Vazio

CZ/PR
85 do Relé 7 21 21 32 do MC

Vazio 22 22 Vazio

CVM D 24 Macho / F 18 esquerdo VM


23 23 28 do MC
CVM A 2 Macho
CVM D 23 Macho / F 18 esquerdo 24 Vazio
24
CVM A 2 Macho
Vazio 25 25 Vazio

Vazio 26 26 Vazio
MR/VD
CVM D 31-32 / F 17 esquerdo 27 27 CVM D 11
CZ
85 do Relé 6 28 28 42 do MC
PR/RX
85 do Relé 10 29 29 59 do MC
BR
87 do Relé 10 / CVM A 16 Macho 30 30 1 BPF

CVM D 27-32 Macho / F 17 esquerdo 31 31 Vazio


MR/BR
CVM D 27-31 Macho / F 17 esquerdo 32 32 4 HEGO

83
Sistemas Elétricos - Base Auxiliar Positiva

Base Auxiliar Positiva (B.A.P.)

Base Auxiliar Positiva (B.A.P.)

Base auxiliar positiva (B.A.P.) Base auxiliar positiva (B.A.P.)

A base auxiliar positiva (B.A.P.) está localizada A base auxiliar positiva (B.A.P.) faz a cone-
junto da central do vão do motor (C.V.M.). xão direta entre o pólo positivo da bateria e
todos os demais componentes elétricos do veícu-
lo.

84
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.01)


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Localização do conector auxiliar C.A.01 Conector auxiliar C.A.01

C.A.01 Macho C.A.01 Fêmea

4 1
1 4

C.A.01

Macho Fêmea
CA01 CA01
CZ/PR CZ/PR
C.P.C 7 Fêmea / 2 CA 01 Macho 1 1 Borne 1 da luz de ré Esquerda
CA01 CA01
CZ/PR CZ/PR
C.P.C 7 Fêmea / 1 CA 01 Macho 2 2 Borne 1 da luz de ré Direita
CA01 CA01
AM/VD AM/VD
B.C.A. 12 Fêmea 3 3 Borne 1 das luzes de placa
CA01
PR
CA01
PR Borne 2 das luzes de ré /
T02 4 4
Borne 2 das luzes de placa

85
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.02)

Localização do conector auxiliar C.A.02 Conector auxiliar C.A.02


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.02 Macho C.A.02 Fêmea

8 1 1 8
A
A
B B
C C
8 1 1 8

C.A.02
Macho Fêmea
CA02 CA02
LA/PR LA/PR
Pré-disposição para Rádio A1 A1 Borne 5 do CA 06 Macho
CA02 CA02

Vazio A2 A2 Vazio
CA02 CA02

Vazio A3 A3 Vazio
CA02 CA02

Vazio A4 A4 Vazio
CA02 CA02

Vazio A5 A5 Vazio
CA02 CA02

Vazio A6 A6 Vazio
CA02 CA02

Vazio A7 A7 Vazio
CA02 CA02

Vazio A8 A8 Vazio
CA02 CA02

Vazio B1 B1 Vazio
CA02 CA02

Vazio B2 B2 Vazio
CA02 CA02

Vazio B3 B3 Vazio
CA02 CA02

Vazio B4 B4 Vazio
CA02 CA02
BR/PR BR/PR
Borne 3 da trava elétrica T.E B5 B5 B.C.A 22 Fêmea
CA02 CA02
PR PR
Borne 2 da trava elétrica T.E B6 B6 T02
CA02 CA02

Vazio B7 B7 Vazio

LA/VD
CA02 CA02
LA/VD C.P.C 18 Fêmea / Borne B8 do CA 03 Fêmea /
Borne 4 da trava elétrica T.E B8 B8 Borne 12 do CA 04 Macho / Borne 14 do
CA 05 Macho
CA02 CA02
BR/PR BR/PR C.P.C 16 Fêmea / 21 do CA 04 Macho
Borne 5 da trava elétrica T.E C1 C1
Borne C1 do CA 03 Fêmea
CA02 CA02

Vazio C2 C2 Vazio
CA02 CA02

Vazio C3 C3 Vazio
CA02 CA02

Vazio C4 C4 Vazio
CA02 CA02

Vazio C5 C5 Vazio
CA02 CA02

Vazio C6 C6 Vazio
CA02 CA02

Vazio C7 C7 Vazio
CA02 CA02
LA LA
Pré-disposição para Rádio C8 C8 Borne 4 do CA 06 Macho

86
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.03)

Localização do conector auxiliar C.A.03 Conector auxiliar C.A.03


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.03 Macho C.A.03 Fêmea

8 1 1 8
A A
B B
C C
8 1 1 8

C.A.03
Macho Fêmea
CA03 CA03
VD/PR VD/PR
Pré-disposição para Rádio A1 A1 Borne 6 do CA 06 Macho
CA03 CA03

Vazio A2 A2 Vazio
CA03 CA03

Vazio A3 A3 Vazio
CA03 CA03

Vazio A4 A4 Vazio
CA03 CA03

Vazio A5 A5 Vazio
CA03 CA03

Vazio A6 A6 Vazio
CA03 CA03

Vazio A7 A7 Vazio
CA03 CA03

Vazio A8 A8 Vazio
CA03 CA03

Vazio B1 B1 Vazio
CA03 CA03

Vazio B2 B2 Vazio
CA03 CA03

Vazio B3 B3 Vazio
CA03 CA03

Vazio B4 B4 Vazio
CA03 CA03
BR/VD BR/VD
Borne 3 da trava elétrica T.D B5 B5 B.C.A 35 Fêmea
CA03 CA03
PR PR
Borne 2 da trava elétrica T.D B6 B6 T02
CA03 CA03

Vazio B7 B7 Vazio
CA03 CA03
LA/VD LA/VD C.P.C 18 Fêmea / Borne B8 do CA 02 Fêmea /
Borne 4 da trava elétrica T.D B8 B8
Borne 12 do CA 04 Macho / Borne 14 do CA 05 Macho
CA03 CA03
BR/PR BR/PR C.P.C 16 Fêmea / Borne 21 do CA 05 Macho
Borne 5 da trava elétrica T.D C1 C1
Borne C1 do CA 02 Fêmea / Borne 21 do CA 04 Macho
CA03 CA03

Vazio C2 C2 Vazio
CA03 CA03

Vazio C3 C3 Vazio
CA03 CA03

Vazio C4 C4 Vazio
CA03 CA03

Vazio C5 C5 Vazio
CA03 CA03

Vazio C6 C6 Vazio
CA03 CA03

Vazio C7 C7 Vazio
CA03 CA03
VD VD
Pré-disposição para Rádio C8 C8 Borne 7 do CA 06 Macho

87
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.04)

Localização do conector auxiliar C.A.04 Conector auxiliar C.A.04


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.04 Macho C.A.04 Fêmea

3 1 1 3
9 4 4 9
17 10 10 17
25 18 18 25
31 26 26 31
34 32 32 34

C.A.04
Macho Fêmea
CA04 CA04
RX/VM RX/VM
BCA 28 Fêmea / 1 CA 05 Macho 1 1 6 Trava elétrica dianteira esquerda
CA04 CA04
RX/AZ RX/AZ
BCA 16 Fêmea / 2 CA 05 Macho 2 2 1 Trava elétrica dianteira esquerda
CA04 CA04

Vazio 3 3 Vazio

MR/BR
CA04 CA04
MR/BR B Motor vidro elétrico
11 Central do vidro elétrico 4 4
dianteiro esquerdo
CA04 CA04
PR PR
T 02 5 5 2 Trava elétrica dianteira esquerda
CA04 CA04
BR/RX BR/RX
BCA 11 6 6 3 Trava elétrica dianteira esquerda
CA04 CA04
VD/PR VD/PR
4 Central do vidro elétrico 7 7 2 Comando dos vidros elétricos
CA04 CA04
3 Central do vidro elétrico PR/CZ PR/CZ
8 8 1 Comando dos vidros elétricos
8 CA 05 Macho
CA04 CA04
VD/LA VD/LA A Motor vidro elétrico
9 Central do vidro elétrico 9 9
dianteiro esquerdo
CA04 CA04

Vazio 10 10 Vazio
CA04 CA04

Vazio 11 11 Vazio
CA04 CA04
B8 CA 02 Fêmea / B8 CA 03 Fêmea LA/VD LA/VD
4 Trava elétrica dianteira esquerda
12 12
CPC 18 Fêmea / 14 CA 05 Macho
CA04 CA04
16 Central do vidro elétrico VM/CZ VM/CZ
13 13 3 Comando dos vidros elétricos
13 CA 05 Macho
CA04 CA04
VD/BR VD/BR
14 Central do vidro elétrico 14 14 4 Comando dos vidros elétricos
CA04 CA04

Vazio 15 15 Vazio
CA04 CA04

Vazio 16 16 Vazio
CA04 CA04

Vazio 17 17 Vazio
CA04 CA04

Vazio 18 18 Vazio
CA04 CA04

Vazio 19 19 Vazio
CA04 CA04

Vazio 20 20 Vazio
CA04 CA04
CPC 16 Fêmea / C1 CA 02 Fêmea BR/PR BR/PR
5 Trava elétrica dianteira esquerda
21 21
C1 CA 03 Fêmea
CA04 CA04

Vazio 22 22 Vazio
CA04 CA04

Vazio 23 23 Vazio
CA04 CA04

Vazio 24 24 Vazio
CA04 CA04

Vazio 25 25 Vazio
CA04 CA04

Vazio 26 26 Vazio
CA04 CA04

Vazio 27 27 Vazio
CA04 CA04
AM/PR AM/PR
15 CA 06 Macho 28 28 Pré-disposição para Rádio
CA04 CA04

Vazio 29 29 Vazio
CA04 CA04

Vazio 30 30 Vazio
CA04 CA04

Vazio 31 31 Vazio
CA04 CA04

Vazio 32 32 Vazio
CA04 CA04

Vazio 33 33 Vazio
CA04 CA04
AM AM
14 CA 06 Macho 34 34 Pré-disposição para Rádio

88
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.05)

Localização do conector auxiliar C.A.05 Conector auxiliar C.A.05


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.05 Macho C.A.05 Fêmea

3 1 1 3
9 4 4 9
17 10 10 17
25 18 18 25
31 26 26 31
34 32 32 34

C.A.05
Macho Fêmea
CA05 CA05
RX/VM RX/VM
BCA 28 Fêmea / 1 CA 04 Macho 1 1 6 Trava elétrica dianteira direita
CA05 CA05
RX/AZ RX/AZ
BCA 16 Fêmea / 2 CA 04 Macho 2 2 1 Trava elétrica dianteira direita
CA05 CA05

Vazio 3 3 Vazio
CA05 CA05
RX/VD RX/VD
20 Central do vidro elétrico 4 4 B Motor vidro elétrico dianteiro direito
CA05 CA05
PR PR
T 02 5 5 2 Trava elétrica dianteira direita
CA05 CA05
BR/VM BR/VM
BCA 34 Fêmea 6 6 3 Trava elétrica dianteira direita
CA05 CA05
VD/LA VD/LA
15 Central do vidro elétrico 7 7 4 Comando do vidro elétrico dianteiro direito
CA05 CA05
PR/CZ PR/CZ
3 Central do vidro elétrico / 8 CA 04 Macho 8 8 1 Comando do vidro elétrico dianteiro direito
CA05 CA05
RX/AM RX/AM
19 Central do vidro elétrico 9 9 A Motor vidro elétrico dianteiro direito
CA05 CA05

Vazio 10 10 Vazio
CA05 CA05

Vazio 11 11 Vazio
CA05 CA05

Vazio 12 12 Vazio
CA05 CA05
VM/CZ VM/CZ
16 Central do vidro elétrico / 13 CA 04 Macho 13 13 3 Comando do vidro elétrico dianteiro direito
CA05 CA05
LA/VD LA/VD
12 CA 04 Macho / B8 CA 02 Fêmea / B8 CA 03 Fêmea 14 14 4 Trava elétrica dianteira direita
CA05 CA05

Vazio 15 15 Vazio
CA05 CA05

Vazio 16 16 Vazio
CA05 CA05

Vazio 17 17 Vazio
CA05 CA05

Vazio 18 18 Vazio
CA05 CA05

Vazio 19 19 Vazio
CA05 CA05

Vazio 20 20 Vazio
CA05 CA05
BR/PR BR/PR
C1 CA 03 Fêmea / C1 CA 02 Fêmea / 21 CA 04 Macho / CPC 16 Fêmea 21 21 5 Trava elétrica dianteira direita
CA05 CA05

Vazio 22 22 Vazio
CA05 CA05

Vazio 23 23 Vazio
CA05 CA05

Vazio 24 24 Vazio
CA05 CA05

Vazio 25 25 Vazio
CA05 CA05

Vazio 26 26 Vazio
CA05 CA05

Vazio 27 27 Vazio
CA05 CA05
RX/PR RX/PR
16 CA 06 Macho 28 28 Pré-disposição para Rádio
CA05 CA05

Vazio 29 29 Vazio
CA05 CA05

Vazio 30 30 Vazio
CA05 CA05

Vazio 31 31 Vazio
CA05 CA05

Vazio 32 32 Vazio
CA05 CA05

Vazio 33 33 Vazio
CA05 CA05
RX/LA RX/LA
17 CA 06 Macho 34 34 Pré-disposição para Rádio

89
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.06)

Localização do conector auxiliar C.A.06 Conector auxiliar C.A.06


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.06 Macho C.A.06 Fêmea

20 15 15 20

2 2
14 14
1
1
8 3 3 8

C.A.06
Macho Fêmea
CA06 CA06

Vazio 1 1 Vazio
CA06 CA06

Vazio 2 2 Vazio
CA06 CA06

Vazio 3 3 Vazio
CA06 CA06
LA LA
C8 CA 02 Fêmea 4 4 Rádio
CA06 CA06
LA/PR LA/PR
A1 CA 02 Fêmea 5 5 Rádio
CA06 CA06
VD/PR VD/PR
A1 CA 03 Fêmea 6 6 Rádio
CA06 CA06
VD VD
C8 CA 03 Fêmea 7 7 Rádio
CA06 CA06

Vazio 8 8 Vazio
CA06 CA06

Vazio 9 9 Vazio
CA06 CA06

Vazio 10 10 Vazio
CA06 CA06

Vazio 11 11 Vazio
CA06 CA06

Vazio 12 12 Vazio
CA06 CA06

Vazio 13 13 Vazio
CA06 CA06
AM AM
34 CA 04 Macho 14 14 Rádio
CA06 CA06
AM/PR AM/PR
28 CA 04 Macho 15 15 Rádio
CA06 CA06
RX/PR RX/PR
28 CA 05 Macho 16 16 Rádio
CA06 CA06
RX/LA RX/LA
34 CA 05 Macho 17 17 Rádio
CA06 CA06

Vazio 18 18 Vazio
CA06 CA06

Vazio 19 19 Vazio
CA06 CA06

Vazio 20 20 Vazio

90
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.07)

Localização do conector auxiliar C.A.07 Conector auxiliar C.A.07


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.07 Macho C.A.07 Fêmea

20 15 15 20

2 2
14 14
1
1
8 3 3 8

C.A.07
Macho Fêmea
CA07 CA07
LA CZ/BR
2 Motor ventilador interno 1 1 CVMC C
CA07 CA07

Vazio 2 2 Vazio
CA07 CA07

Vazio 3 3 Vazio
CA07 CA07
AM/VM AM
Iluminação do A/C / 1 D-E 4 4 4 CA 08 Fêmea
CA07 CA07

Vazio 5 5 Vazio
CA07 CA07

Vazio 6 6 Vazio
CA07 CA07

Vazio 7 7 Vazio
CA07 CA07

Vazio 8 8 Vazio
CA07 CA07

Vazio 9 9 Vazio
CA07 CA07
VD RX/VM
2 Termostato do A/C 10 10 K CA 10 Macho
CA07 CA07

Vazio 11 11 Vazio
CA07 CA07

Vazio 12 12 Vazio
CA07 CA07

Vazio 13 13 Vazio
CA07 CA07

Vazio 14 14 Vazio
CA07 CA07
AZ/VD AZ/VD
1 Controle do A/C 15 15 CPA 13
CA07 CA07

Vazio 16 16 Vazio
CA07 CA07

Vazio 17 17 Vazio
CA07 CA07

Vazio 18 18 Vazio
CA07 CA07

Vazio 19 19 Vazio
CA07 CA07

Vazio 20 20 Vazio

91
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.08)

Localização do conector auxiliar C.A.08 Conector auxiliar C.A.08


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.08 Macho C.A.08 Fêmea

6 1 1 6

12 7 7 12

C.A.08

Macho Fêmea
CA08 CA08

Vazio 1 1 Vazio
CA08 CA08
RX/BR
18 Painel de instrumentos 2 2 Vazio
CA08 CA08
MR/LA MR/LA
8 IMF 3 3 CVMA 21
CA08 CA08
AM AM
BCD 18 4 4 4 CA 07 Fêmea
CA08 CA08

Vazio 5 5 Vazio
CA08 CA08

Vazio 6 6 Vazio
CA08 CA08

Vazio 7 7 Vazio
CA08 CA08

Vazio 8 8 Vazio
CA08 CA08

Vazio 9 9 Vazio
CA08 CA08

Vazio 10 10 Vazio
CA08 CA08

Vazio 11 11 Vazio
CA08 CA08

Vazio 12 12 Vazio

92
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.09)

Localização do conector auxiliar C.A.09


Conector auxiliar C.A.09
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.09 Macho C.A.09 Fêmea

A F F A
G L L G

C.A.09

Fêmea Macho

CA09 CA09
VM/PR VD/PR
18 MC A A 1 Pedal do freio
CA09 CA09
BR/VM AZ/VM
B do C.A.10 fêmea / 36 MC B B 1 Pedal do acelerador
CA09 CA09
PR PR/RX
H do C.A.10 fêmea / 4 MC C C 5 Pedal do acelerador
CA09 CA09
CZ/MR AZ/AM
10 MC D D 2 Pedal do acelerador
CA09 CA09

Vazio E E Vazio
CA09 CA09
BR/VD AZ/BR
3 VSS F F 3 Pedal do freio / CPA 18 Fêmea
CA09 CA09
VD/AM VD/BR
35 MC G G CPA 16
CA09 CA09
MR/PR CZ/AM
48 MC H H 6 Pedal do acelerador
CA09 CA09
MR/BR PR/VD
15 MC I I 4 Pedal do acelerador
CA09 CA09
AZ/PR CZ/VD
49 MC J J 3 Pedal do acelerador
CA09 CA09
CZ/BR MR/PR
45 MC K K 4 Pedal da embreagem
CA09 CA09
VD
Vazio L L CPA 4 / B Reservatório de partida a frio

93
Sistemas Elétricos - Conectores Auxiliares

Conector auxiliar (C.A.10)

Localização do conector auxiliar C.A.10 Conector auxiliar C.A.10


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.10 Macho C.A.10 Fêmea

A F F A
G L L G

C.A.10

Fêmea Macho

CA10 CA10
RX/AM VD/LA
2 DIS / 1 dos Injetores 1-2-3-4 A A CPA 9
CA10 CA10
CZ/PR CZ/PR
D+ do alternador B B BCC 25
CA10 CA10
BR/RX BR/VM
46 do MC C C BCC 26
CA10 CA10
RX/BR BR
14 MC D D BCC 35
CA10 CA10
RX/PR AZ
25 do MC E E BCC 36
CA10 CA10
PR PR
2 BPF / 2 Embreagem do A/C F F T 06
CA10 CA10
PR/RX PR/RX
1 VSS G G BCC 27
CA10 CA10
BR/PR PR/VM
4 MC / C do C.A.09 fêmea H H 1 Pressostato do A/C
CA10 CA10
BR/VD CZ/MR
39 MC I I 3 Pressostato do A/C
CA10 CA10
AZ/BR AZ/CZ
36 MC / B do C.A.09 fêmea J J 2 Pressostato do A/C
CA10 CA10
AZ/MR RX/VM
19 MC K K 10 CA 07 Fêmea
CA10 CA10
CZ/VD VD/LA
2 VSS L L BCC 10

94
Sistemas Elétricos - Pontos de Aterramento

Pontos de Aterramento

Os pontos de aterramentos atendem a diferentes Aterramento T02: Fixado na coluna central


componentes. inferior L.E.
Junto às fotos, de cada ponto de aterramento,
encontram-se as referências dos componentes a
T02
que ele se destina.
Aterramento T01: Fixado próximo da lanterna
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

traseira esquerda.

T01

Borne 3 da tomada 12V


Borne 3 da lanterna T.E
Borne 2 da lanterna T.D
Borne 3 do Brake-light
Borne 1 da luz de cortesia
Bornes 2 e 9 da central dos vidros elétricos
Borne 3 da trava elétrica traseira
Borne 1 do motor do limpador do vidro traseiro Borne 4 do CA 01 Macho
Borne 1 do desembaçador traseiro Borne B6 CA 02 Fêmea
Borne B6 CA 03 Fêmea
Borne 5 do CA 04 Macho
Borne 5 do CA 05 Macho
Borne 3 do interruptor inercial

95
Sistemas Elétricos - Pontos de Aterramento

Aterramento T03: Fixado na coluna dianteira Aterramento T05: Fixado abaixo do console
esquerda central do lado direito.

T03 T05
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Borne 2 da iluminação do A/C L.D


Borne 2 da iluminação do A/C L.E
Borne 4 do controle do A/C
Borne 3 do controle do A/C
Borne 1 do controle da ventilação interna
Bornes 10 e 19 do B.C.D Fêmea
Aterramento T06: Fixado do lado esquerdo do
Aterramento T04: Fixado na coluna dianteira para-choque dianteiro.
direita.
T06
T04

Borne 26 do CVM A fêmea


Borne 20 do CP A fêmea
Borne 5 do limpador de para-brisa
Borne 9 da central CRL
Borne 2 do sensor do fluido de freio
Borne 6 do conector do farol esquerdo
Borne 6 do conector do farol direito
Borne 2 do farol de neblina esquerdo
Borne 2 do farol de neblina direito
Borne 2 da buzina
Borne 1 do comando do farol de neblina Borne F do CA 10 Macho
Borne 1 do painel de instrumentos Borne 2 do pedal de embreagem
Borne 11 do IMF Borne 2 da eletroválvula do cânister

96
Sistemas Elétricos - Pontos de Aterramento

Aterramento T07: Fixado da bateria até a caixa Aterramento T08: Fixado junto do motor de
de câmbio. partida.

T07 T08

Borne 2 do motor do eletroventilador do radiador Malha de aterramento auxiliar da carroçaria


Bornes 1, 2 e 27 do MC

97
Sistemas Elétricos - Painel de Instrumentos

Painel de Instrumentos

110 130 35 45
90
15
100 120 0 40
E 25
30 50
70

80 140

55
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

60 km/h
160
170
50

20 60
40 180

65
15
190
30

20 200 10 70
210
10

0 220

75
5
0 80
13: 40

Indicador de alerta da reserva de combustível c/ piloto


Conector do painel de instrumentos
Indicador da temperatura do líquido de arrefecimento c/ piloto
Indicador do sistema de carga
Indicador de farol alto
Indicador do freio de estacionamento e nível de fluido de freio
Indicador da pressão de óleo 9 1
Indicador de lanternas ligadas
Indicadores de direção
18 10
Chave incorreta ou deficiência no imobilizador eletrônico
Indicador do desembaçador traseiro
Farol de neblina
Indicador de porta aberta
Avaria das luzes externas
Luz de avarias no sistema de injeção

98
Sistemas Elétricos - Painel de Instrumentos

Diagrama elétrico do painel de instrumentos

BC

D Y
BR CAN A
5 25 19

AZ CAN B
6 24
IMF 13
BR/VM PR/RX
9 9 10 36

PR
19
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

T03

VM/BR
2 3

AZ/VM
3 31

Body
Computer
CP
Painel de instrumentos

E D
VD
1 11

19

A
VD
A B 4
F35
CVM
Reservatório de INF SUP
Partida a frio 19
AZ/BR
M.F1 C
F37
ESQ DIR A
INF SUP

Y M.F3 A
13
DIR ESQ 31

19
B
VM/PR
A Central de relés
e fusíveis do
F53 vão motor
SUP INF
VM/VD

Central de relés CHAVE


e fusíveis do AZ
painel A2 B2

BR/AM
13 4
MR/CZ
16 12
PR
1 1
B.A.P BAT
T04
Comando do painel e
do farol de neblina
CA 08
12 V
RX/BR
18 2 2 Vazio Bateria

99
Diagramas Elétricos

Diagramas Elétricos

Comutador de Ignição

No Punto não existe a tecla PARK junto da chave Comutador de ignição


de ignição. Para acionar essa função, basta desli-
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

gar a ignição e ligar as luzes de posição. Quando


essa função estiver ativada, se for acionada a ala-
vanca de comando das setas para um lado, as lu-
zes de posição do respectivo lado permanecem
acesas e o do outro lado se apagam.
Representação
elétrica
CI

B1 A1

A2
B2
A3

Comutador
de ignição

Conector do comutador de ignição A Conector do comutador de ignição B

3 1
2 1

Diagrama elétrico do comutador de ignição

CP CI CVM

CZ LA A
1 B1 A1 30

D VM/VD
A2 31
AZ
11 B2
MR
A3 15

Central de relés
e fusíveis do Comutador
painel de ignição B.A.P BAT
M.F 3
ESQ DIR

12 V

Central de relés Bateria


e fusíveis do
vão motor

100
Diagramas Elétricos

Imobilizador

O Punto vem dotado também do sistema FIAT Localização da antena do imobilizador


CODE 2ª geração, que inibe o funcionamento do
motor automaticamente, quando é retirada a
chave da ignição, deixando-o protegido contra
roubo do veículo.

Representação
elétrica

ANT
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

1
2

Antena

Conectores do sistema imobilizador

Conector da antena do imobilizador Conector do painel de instrumentos

9 1
2 1
18 10

C.A.10 Macho C.A.10 Fêmea

A F F A
G L L G

O Sistema Imobilizador tem a finalidade de


inibir o funcionamento do motor. A utiliza-
ção de chaves inadequadas ou outros dispositivos
na ignição, na tentativa de furto do veículo, faz
com que o sistema de injeção eletrônica entre em
bloqueio.

A lâmpada de advertência, existente no painel


do veículo, monitora as condições de funciona-
mento e de avarias.

101
Diagramas Elétricos

Diagrama elétrico do sistema imobilizador

BC

PI
CAN A PR
5 25 10
40
60
80
100 120
140
160
BR
D
180
20 200
C
0 220
90
0.1Km

PR CAN B PR
1 6 24 19
AZ
T04 Painel
T03 CA 10
ANT 7 35 D D 14
AZ/CZ AZ/AM RO/BR
C CA 10 MC
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

1
2 8 36 E E 25
PR/VD AZ RO/PR
Antena
Body
Computer

Motor de partida/alternador

Motor de partida Alternador

Conectores do motor de partida/alternador

Conector do comutador de
C.A.10 Macho C.A.10 Fêmea ignição A

A F F A 3 1
G L L G

102
Diagramas Elétricos

Terminal D+ do alternador Terminal 50 do motor de partida


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Diagramas elétricos do motor de partida e alternador


MP CVM BC

D CAN A BR
19 5 25
M 40
60
80
100 120
140
160

D
180
20 200
C
0 220

PR
90
0.1Km

VM CHAVE 1
CAN B AZ
30
24
A 15
MR
A3 A2
6
T04
Painel
31
MR
50 25 C
B.A.P BAT
M.F 3
Motor de partida
ESQ DIR
Body
Computer
12 V

Central de relés Bateria


e fusíveis do
vão motor

ALT

VM
Regulador 30
de
tensão CA 10
CZ/PR CZ/PR
D+ B B

Alternador

Luzes de posição

Acionamento das luzes de posição Luz de posição no painel de instrumentos

103
Diagramas Elétricos

Luzes de posição Luzes de posição


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Conectores das luzes de posição

IMF Conector do farol

1 6 2 10
7 12 1 9

Conector do painel de instrumentos Conector das lanternas

9 1
1 4
18 10

104
Diagramas Elétricos

Diagrama elétrico das luzes de posição

BC

PR PI
3 4 A D 25
BR CAN A
5
T02
Lanterna esquerda
100 120
80

AM/VM
140
60
160
40
180

8
20 200
C
0 220
90
0.1Km

AZ CAN B PR
AM/PR 24 6 1
9
PR Painel T04
2 1
PR
19 IMF
T02 Lanterna direita T03

VD
7 1
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

PR VD/BR
6 2 4 5
AM/PR
T06 39
Farolete direito VD/PR
2 3
AM/VM
52
PR/RX
36 10
PR C
6 2
Interruptor das luzes
T06 Farolete esquerdo Body de posição
Computer

Luzes de placa

Luzes de placa Acionamento das luzes de placa

Conectores das luzes de placa

Conector das luzes de placa C.A.01 Macho C.A.01 Fêmea

4 1
1 2 1 4

105
Diagramas Elétricos

Diagrama elétrico das luzes de placa

PR AM/VD
2 MEC 2000 1 BC

CA 01
AM/VD
Luz da placa
3 3 25 A

CA 01
PR PR AM/VD Body
4 4 2 MEC 2000 1 Computer
T02

Luz da placa
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Farol baixo

Acionamento do farol baixo


Farol baixo

Conectores do farol baixo

Conector do farol Conector do painel de instrumentos

9 1
2 10
1 9 18 10

106
Diagramas Elétricos

Diagrama elétrico do farol baixo


CP BC

A F13 PI
D CAN A BR
PR CZ/VD INF SUP 25 5
6 9 3 Y Y 60
80
100 120
1 40
160

8
40

8
180
20 200

Farol baixo
C
0 220

CZ/PR
90
0.1Km

T06 esquerdo 12 F12 CAN B AZ PR


24 6 1
INF SUP
Painel
T04

Body
PR
6 9
Relé 1 Computer

Farol baixo 86 85 CVM


T06 direito
87 30
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

B.A.P
M.F1
Relé do farol baixo DIR ESQ

B
VM/PR
A A BAT
C

Central de relés 12 V
Central de relés e fusíveis do
e fusíveis do vão motor Bateria
painel

Farol alto

Farol alto

Alavanca de acionamento do farol alto Farol alto no painel de instrumentos

107
Diagramas Elétricos

Conectores do farol alto

Conector do painel de Conector do comutador de


Conector do farol
instrumentos ignição A

9 1
2 10 3 1
1 9 18 10
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Diagrama elétrico do farol alto

CVM BC

A F15 PI
D CAN A BR
PR CZ/VD DIR ESQ 25 5
6 1 25 C 60
80
100 120
140
160

12
40
180
20 200

Farol alto
C
0 220

CZ/PR
90
0.1Km

T06 esquerdo 22 F14 CAN B AZ PR


24 6 1
DIR ESQ
Painel
T04

Body
PR
6 1
Relé 2 Computer

B.A.P
Farol alto 30 86 85
T06 direito
87 30

CHAVE Relé do farol alto


12
A2 A1 BAT
M.F3
31 ESQ DIR

12 V

Bateria

Central de relés
e fusíveis do
vão motor RX/AZ

Farol de neblina

Farol de neblina Acionamento do farol de neblina

108
Diagramas Elétricos

Conectores do farol de neblina

Conector do painel de Conector do comutador de Conector do comutador de


instrumentos ignição A ignição B

9 1
3 1
18 10 2 1

Conector da tecla de acionamento do farol


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Conector do farol de neblina


de neblina

1 6
1 2 7 12

Farol de neblina

CVM BC

A PI
D CAN A BR
PR MR/PR 25 5
2 1 4 Relé 14 C 60
80
100 120
140
160

11
40
180
20 200

Farol neblina
C
0 220

MR/PR
90
0.1Km

T06 esquerdo 5 87 30 CAN B AZ PR


24 6 1
86 85 Painel
AM/VD T04
14
Relé do farol de neblina
PR
2 1 F30 35 9
LA VD/LA
Farol neblina 30 DIR ESQ
T06 direito 7
Body PR
CHAVE
CG 02 Computer 2 1
AZ/BR
CP
B2 Comando do T04
23 farol de neblina
A2 A1
M.F3 4
VM/VD
31 ESQ DIR
11
D

F49
Central de relés
e fusíveis do SUP INF
vão motor RX/BR

Central de relés
e fusíveis do
painel
B.A.P BAT

12 V

Bateria
AZ

109
Diagramas Elétricos

Luzes de freio

Localização do interruptor próximo ao pedal de freio Interruptor fixado no suporte do pedal de freio
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Luzes de freio Pedal de freio acionado

Interruptor do pedal das luzes de freio

Conectores das luzes de freio

Conector das lanternas Conector do interruptor do pedal de freio

3 1
1 4
4 2

110
Diagramas Elétricos

Conectores das luzes de freio

Conector das lanternas Conector do interruptor do pedal de freio

3 1
1 4
4 2
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

C.A.09 Macho C.A.09 Fêmea

A F F A
G L L G

Conector do comutador de Conector do comutador de


ignição A ignição B Conector do Brake-light

3 1 1 3
2 1

Diagrama elétrico das luzes de freio


BC CP

CA 09
A Y AZ/VM VD/PR VM/PR
Y 14 4 1 A A 18 MC
PR
2 ! 4
VD/AM
31
2 2
A
VD/BR
15 2 3
Lanterna VD/BR
T02 direita 44
18 Interruptor do
pedal de freio
PR
3 ! 1
AZ/BR

CHAVE
Lanterna Body AZ VM/VD
T02 esquerda Computer 5 F35 B2 A2

C SUP INF
D CVM
11
PR
3 ! 1
CZ/BR F37
A
31
SUP INF
Brake-light
T02

Central de relés
e fusíveis do BAT B.A.P
painel M.F1
DIR ESQ

12 V

Bateria Central de relés


e fusíveis do
vão motor

111
Diagramas Elétricos

Luzes de ré

Localização do interruptor das luzes de ré Luzes de ré


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Interruptor das luzes de ré Marcha à ré engatada

112
Diagramas Elétricos

Conector do comutador de ignição B Conector da luz de ré

2 1 1 2

C.A.01 Macho C.A.01 Fêmea


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

4 1
1 4

Diagrama elétrico das luzes de ré

BAT B.A.P
BR AZ/BR
CP 2 1
CA 01
A PR PR
8 Interruptor de marcha à ré 4 4
12 V

Bateria T02
17

CVM
CA 01
2
C CZ/PR
2 2
CZ/PR
7 1
M.F 3
Luz de ré
ESQ DIR direita
D
11
CA 01 2
CHAVE
A 1 1
CZ/PR
1
31 A2 B2
VM/VD AZ F21 Luz de ré
esquerda
SUP INF

Central de relés
e fusíveis do Central de relés
vão motor e fusíveis do
painel

Luzes indicadoras de direção

As luzes indicadoras de direção funcionam ele- para as luzes de emergência, o BC recebe um sinal
trônicamente, por meio da variação de um sinal negativo, no mesmo pino, tanto para ligar como
de tensão positiva nos resistores internos, de cada para desligar as luzes.
lado na alavanca de comando, enviados ao BC. Já

113
Diagramas Elétricos

Luzes de direção
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Interruptor das luzes de advertência Luzes de direção no painel Acionamento das luzes de direção

Conectores das luzes indicadoras de direção

Conector das lanternas Conector do farol

2 10
1 4
1 9

Conector do painel de instrumentos IMF

9 1 1 6
18 10 7 12

114
Diagramas Elétricos

Conector do comutador de Conector do comutador de


Conector das luzes de advertência ignição A ignição B

1 6
3 1
7 12 2 1
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Diagrama elétrico das luzes indicadoras de direção

CHAVE
VM/VD AZ
A2 B2

CVM

B.A.P CP
M.F3
DIR ESQ
F49
D
SUP INF 11

A
31 E
12
AZ/BR
BAT

Central de relés
e fusíveis do Central de relés
vão motor e fusíveis do
painel
12 V

Bateria
BC
ILA

CAN A BR D
5 25
CZ/VM
100 120
80
1 40
60
160

16
40

29
180
20 200
C
0 220

PR 14
90
0.1Km

1 1
CAN B AZ
6 24
VD/VM
34 7
T04 Painel

PR/RX
9 5
PR AZ/PR
2 3
A
PR Interruptor das luzes
T02
Seta traseira 19 de advertência
direita 6
T03
18 IMF

PR AZ/BR
3 2 VD
7 1
Seta traseira
T02 esquerda
AZ/BR
4 2

51 VD/PR
PR AZ/PR 2 3
6 10
50

T06
Seta dianteira PR/RX
direita 36 10
C

Body
Interruptor das
PR AZ/BR Computer luzes de posição
6 10

Seta dianteira
T06 esquerda

115
Diagramas Elétricos

Luz de cortesia

Luz de cortesia ou luz interna Conector da luz de cortesia

1 3
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

Diagrama elétrico da luz de cortesia


BC

CA 02 CA 02
A BR/PR BR/PR PR PR
RX 22 B5 B5 3 2 B6 B6
2 45

Trava elétrica
PR CZ/AZ traseira esquerda T02
1 3 30
CA 03 CA 03
Luz de cortesia
T02 BR/VD BR/VD 2
PR B6 B6
PR
35 B5 B5 3

Trava elétrica
traseira direita T02
CA 04 CA 04
BR/RX BR/RX 2
PR 5 5
PR
11 6 6 3

Trava elétrica
dianteira esquerda T02
CA 05 CA 05
BR/VM BR/VM 2
PR 5 5
PR
34 6 6 3

Trava elétrica
dianteira direita T02
Body
Computer

Tomada 12V para acessórios

Tomada 12V para acessórios Conector da tomada 12V

1 3

116
Diagramas Elétricos

Diagrama elétrico da tomada 12V

CP BC

Relé 12 A
CVM 52
A 30 87
M.F3 PR
A 20 86 85 3
B.A.P DIR ESQ 31 Body
Relé de exclusão Computer
T06 de carga
AM
M.F1 B
C 12V
ESQ DIR A A F44
VM/PR
SUP INF
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

1
Central de relés D PR
e fusíveis do 3
BAT vão motor 1 14
VM/VD
2 T02
CHAVE C VM/RX
12 V CZ
Bateria A2 B1 Tomada 12V
Central de relés
e fusíveis do
painel

Buzina

Acionamento da buzina no volante Interruptores no volante

Buzina Localização da buzina

117
Diagramas Elétricos

Conectores do sistema de buzina

C.A.08 Macho C.A.08 Fêmea

6 1 1 6

12 7 7 12

Diagrama elétrico da buzina


Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

IMF
CA 08
PR MR/LA
11 8 3 3

CVM
T04 Interruptor de
múltipla função

Relé 3
BZ A
21 B.A.P BAT
86 85 F10
PR RX VM
2 1 87 30 ESQ DIR
27

Buzina Relé da buzina 12 V

T06 Vazio 28 Bateria

Central de relés e fusíveis


do vão motor

Limpador e lavador do para-brisa e vidro traseiro

Limpador e lavador do vidro traseiro Limpador e lavador do para-brisa dianteiro

Interruptor do limpador e lavador do vidro traseiro

118
Diagramas Elétricos

Conectores dos limpadores e lavador dos para-brisa e vidro traseiro


Conector do motor do limpador de para-brisa
Conector do motor do limpador do vidro traseiro
dianteiro

1 3
1 5
Manual de demonstração.Distribuição gratuita. 2009 © Copyright CDTM. Todos os direitos reservados.

IMF Conector da bomba dos lavadores

1 6
2 1
7 12

Diagrama elétrico do limpador/lavador do para-brisa e vidro traseiro (Parte 1)


BC CP CRL

MLPT
A C A
VD/MR BR/PR BR/PR
46 2 3 9 6 1

PR
1
E D
T01 15 15
Motor do limpador
do vidro traseiro

Central de relés e fusíveis


C do painel
RX/VD
41 BR/PR 2