Vous êtes sur la page 1sur 6

LSMW Tutorial (Portuguese PortuguêS) - Document Transcript

1. ÍNDICE Etapa I -
Projeto......................................................................................................................................4
Etapa II –
Subprojeto..............................................................................................................................5 1º
Passo – Criando um
Subprojeto................................................................................................................6 Etapa III -
Objeto....................................................................................................................................8 Etapa
IV – Montando o LSMW..............................................................................................................9 1º
Passo – Gravar o script da operação que se deseja
realizar....................................................................9 2º Passo – Gravar a
Estrutura.....................................................................................................................17 3º Passo –
Indicar os campos que constarão no arquivo de entrada.........................................................20 4º
Passo – Indicar os relacionamentos entre a estrutura criada e os objetos
criados..............................24 5º Passo – Indicar os relacionamentos entre os campos variáveis e
os campos da estrutura..................26 6º Passo – Manter
regras..............................................................................................................................30 7º Passo
– Especificar arquivos e caminhos................................................................................................32
8º Passo – Associar
arquivos........................................................................................................................36 9º Passo
– Gerar o arquivo de dados...........................................................................................................37
10º Passo – Ler os
dados...............................................................................................................................38 11º
Passo – Ver os
dados...............................................................................................................................41 12º
Passo – Converter os
dados....................................................................................................................43 13º Passo –
Ver os dados...............................................................................................................................45
14º Passo – Criar sessão de Batch
Input......................................................................................................47 15º Passo – Executar
sessão de Batch Input................................................................................................49 Etapa V –
Transportando o LSMW......................................................................................................52 1º
Passo – Na
Origem....................................................................................................................................52 2º
Passo – No
Destino....................................................................................................................................57
LSMW – Legacy System Migration Workbench 1 6/3/2010
2. BPP – LEGACY SYSTEM MIGRATION WORKBENCH Este passo a passo descreve como
executar o LSMW, ferramenta para importação de dados para o SAP. TRANSAÇÃO: LSMW
LSMW – Legacy System Migration Workbench 2 6/3/2010
3. BARRA DE TAREFAS: Executar Documentação Exibe a documentação do Projeto em “Exibição
Criar em Árvore”. Exibe todos os Seleciona todos Projetos em “Exibição os Objetos em Árvore”.
Cadastrados. Seleciona todos os Objetos criados por você. ϖ Executar: Executa o projeto
selecionado. ϖ Criar: Cria um novo projeto. ϖ Documentação: Para exibir este comando é
preciso antes selecionar o Projeto, Subprojeto e Objeto. O SAP exibirá a tela abaixo, com um
campo em branco permitindo escritura livre para detalhar o Projeto em questão. Após
documentar o projeto clique no botão Salvar. LSMW – Legacy System Migration Workbench 3
6/3/2010
4. CRIANDO UM LSMW: ETAPA I - PROJETO ¬ Verifique se existe um Projeto para o seu LSMW,
¬ Clique no matchcode do campo “Project” ¬ O SAP exibirá a caixa com as opções disponíveis,
conforme mostra tela abaixo. As opções mais usadas pelo RH são: HROM, HRPA e HRPY.
LSMW – Legacy System Migration Workbench 4 6/3/2010
5. No Project seleciona-se a área do módulo que irá se atuar, por exemplo para o módulo de HR:
HROM – Dados Organizacionais ◊ OM - Estrutura Organizacional HRPA – Dados Mestres ◊ PA -
Cadastro de Pessoal HRPY – Folha de Pagamento ◊ PY - Folha de Pagamento Obs: Lembrando
que é exibido Projetos criados por todos os módulos, atenção ao escolher o projeto. ETAPA II –
SUBPROJETO ¬ Verifique se existe um subprojeto para o seu LSMW; ¬ Clique no matchcode
do campo “Subproject” LSMW – Legacy System Migration Workbench 5 6/3/2010
6. ¬ O SAP exibirá a caixa com as opções disponíveis, conforme mostra tela abaixo. O subprojeto é
o Infotipo ou funcionalidade na qual se atuará. ¬ Se não existir um subprojeto para o seu caso,
clique no botar criar na barra de tarefas. 1º Passo – Criando um Subprojeto Ao clicar no botão
criar o SAP exibirá a tela abaixo: LSMW – Legacy System Migration Workbench 6 6/3/2010
7. > Dê um nome para seu subprojeto, preferencialmente o infotipo que irá trabalhar, e uma
descrição e confirme Por exemplo: Subproject: IT0598 Description: Entradas para o IT0598 –
Garantia de Emprego. LSMW – Legacy System Migration Workbench 7 6/3/2010
8. ETAPA III - OBJETO ¬ Após confirmar a etapa anterior, o SAP exibirá a tela abaixo solicitando
um nome e descrição para o objeto. O objeto já é a atuação mais detalhada do seu LSMW. Por
exemplo: Object: ENT_REQU Description: Entrada para Requisitados no IT9999 Obs: Se a etapa
anterior (Subprojeto) já existir e não for necessário criar, selecione-a no matchcode e apenas crie
um objeto para seu LSMW. O procedimento é igual. > Após estas 3 etapas o SAP retornará a
tela principal já com os dados preenchidos, clique no botão Executar LSMW – Legacy System
Migration Workbench 8 6/3/2010
9. ETAPA IV – MONTANDO O LSMW Após selecionar o Projeto / Subprojeto e Objeto que se
deseja trabalhar, o SAP retornará uma tela com os passos que deverão ser seguidos para a
montagem do LSMW. 1º Passo – Gravar o script da operação que se deseja realizar ¬ O SAP
exibirá a tela abaixo com a opção Maintain object attributes selecionada, clique no botão
Executar ¬ Para iniciar a gravação clicar no botão de “Modificar”, conforme indicado abaixo:
LSMW – Legacy System Migration Workbench 9 6/3/2010
10. O SAP exibirá a tela abaixo e o usuário deverá marcar a opção Batch Input Recording e depois
clicar no botão Síntese ¬ O SAP exibirá a tela abaixo e o usuário deverá criar um novo objeto de
Recording selecionando a opção “Criar” da tela (conforme o indicado abaixo:] LSMW – Legacy
System Migration Workbench 10 6/3/2010
11. ¬ A seguinte tela deverá ser preenhida: ϖ Recording: Código para o objeto de gravação a ser
utilizado ϖ Description: Descrição ϖ Owner: Chave do usuário ¬ Em seguida o sistema
solicitará a transação a ser considerada para a gravação: LSMW – Legacy System Migration
Workbench 11 6/3/2010
12. ¬ Após a confirmação na tela anterior o sistema executará a transação solicitada sendo
necessário executar todo o passo a passo da transação desejada da forma mais objetiva
possível (evitando muitos comandos de “enter”) Por exemplo: Caso a transação escolhida seja
“PP03” (Medidas), executar a medida e após o término da execução, clicar na opção “retornar”
do SAP, conforme abaixo: ¬ Desta forma o sistema retornará para a tela abaixo. Para sair e
salvar o objeto criado, clique no botão de salvar : LSMW – Legacy System Migration Workbench
12 6/3/2010
13. ¬ Importante: Caso você queira modificar um objeto de gravação já criado você deverá informa-
lo na primeira tela (Change object attributes): ¬ Clique no matchcode da opção Batch Input
Recording (selecionada anteriormente). O SAP exibirá a tela abaixo, selecione o Objeto que
definimos na etapa anterior e confirme LSMW – Legacy System Migration Workbench 13
6/3/2010
14. ¬ Procura-lo na tela seguinte e seleciona-lo com um duplo clique na área amarela. ¬ O SAP
exibirá a tela abaixo: LSMW – Legacy System Migration Workbench 14 6/3/2010
15. ¬ Os campos cor “laranja” são os campos variáveis do seu LSMW, ou seja, aqueles cujas
informações serão preenchidas com as informações fornecidas pelo arquivo. Agora atribuiremos
o código e a decrição do código para os campos variáveis. ¬ Dê um duplo clique nas áreas cor
“laranja”. O SAP exibirá a tela abaixo (Preenchida como exemplo): ¬ Ou na barra de menu
selecione a opção Edit e depois Default all (muito mais fácil). Nesta opção o SAP preenche todos
os campos automaticamente. LSMW – Legacy System Migration Workbench 15 6/3/2010
16. ¬ Após definir todos os campos variáveis a tela estará preenchida como mostra figura abaixo
(preenchida como EXEMPLO). Aperte a tecla ENTER e clique no botão Salvar LSMW – Legacy
System Migration Workbench 16 6/3/2010
17. 2º Passo – Gravar a Estrutura ¬ O SAP retornará para a tela do LSMW, repare que a primeira
etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a salvou, e automaticamente é
selecionada a etapa seguinte, no caso Maintain source structures. Isto acontecerá para todas as
etapas. ¬ Clique no botão Executar ¬ Na tela “Display Source Structures”, clicar na opção
“Modificar conforme orientado abaixo: LSMW – Legacy System Migration Workbench 17
6/3/2010
18. ¬ Em seguida clicar na opção “Criar” para criar uma nova estrutura para seu projeto: ¬ Para que
se crie a nova estrutura é necessário preencher a seguinte tela: LSMW – Legacy System
Migration Workbench 18 6/3/2010
19. ϖ Source Structure: Código para o objeto de estrutura a ser utilizado ϖ Description: Descrição
da estrutura ¬ Depois da criação clicar em “Salvar”: LSMW – Legacy System Migration
Workbench 19 6/3/2010
20. 3º Passo – Indicar os campos que constarão no arquivo de entrada ¬ O SAP retornará para a
tela do LSMW, repare que a segunda etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a
salvou, e automaticamente é selecionada a etapa seguinte, no caso Maintain source fields. Isto
acontecerá para todas as etapas. ¬ Clique no botão Executar ¬ Na tela “ Display Source fields”,
clicar na opção “Modificar”, conforme orientado abaixo: LSMW – Legacy System Migration
Workbench 20 6/3/2010
21. ¬ Em seguida coloque o cursor no nome da estrutura e clique na opção “Criar” : ¬ Preencha a
tela da seguinte forma: LSMW – Legacy System Migration Workbench 21 6/3/2010
22. ϖ Field Name: Código para nome de campo a ser inserido no arquivo (Dica: Colocar o nome do
campo identico ao nome do campo SAP. Ex: “PERSG” / “PERSK” / “PLANS”) ϖ Field
Description: Descrição do campo ϖ Field length: Tamanho do campo ϖ Field Type: Tipo do
campo (Dica: Clicar no matchcode para saber os possíveis tipos) ¬ Importante: Além de
preencher individualmente, é possível clicar em “Table Maintenance” para fazer todos os campo
ao mesmo tempo, conforme indicado abaixo: LSMW – Legacy System Migration Workbench 22
6/3/2010
23. ¬ Ao clicar no botão, a seguinte tela será mostrada e o usuário poderá preencher com todos os
campos desejados da mesma forma que a tela individual, depois da operação completa, clicar
em salvar: LSMW – Legacy System Migration Workbench 23 6/3/2010
24. 4º Passo – Indicar os relacionamentos entre a estrutura criada e os objetos criados ¬ O SAP
retornará para a tela do LSMW, repare que a terceira etapa foi preenchida com a data, hora e
chave de quem a salvou, e automaticamente é selecionada a etapa seguinte, no caso Maintain
structure relations. Isto acontecerá para todas as etapas. ¬ Clique no botão Executar ¬ Na tela “
Display Structure relations”, clicar na opção “Modificar”, conforme orientado abaixo: LSMW –
Legacy System Migration Workbench 24 6/3/2010
25. ¬ Clicar na opção salvar (pois a ssociação já será feita automaticamente) LSMW – Legacy
System Migration Workbench 25 6/3/2010
26. 5º Passo – Indicar os relacionamentos entre os campos variáveis e os campos da estrutura ¬ O
SAP retornará para a tela do LSMW, repare que a quarta etapa foi preenchida com a data, hora
e chave de quem a salvou, e automaticamente é selecionada a etapa seguinte, no caso Maintain
field mapping and conversion rules. Isto acontecerá para todas as etapas. ¬ Clique no botão
Executar LSMW – Legacy System Migration Workbench 26 6/3/2010
27. ¬ Na tela “ Display Field Mapping and convertion rules”, clicar na opção “Modificar”, conforme
orientado abaixo: ¬ Existem duas maneiras de fazer o mapeamento dos campos, clicando
individualmente em cada um deles ou fazendo pela opção “Auto field mapping”, conforme
listaremos a seguir: LSMW – Legacy System Migration Workbench 27 6/3/2010
28. ¬ Para fazer o mapeamento pela opção “Auto field mapping”, clicar na opção de menu Extras /
Auto field mapping conforme abaixo: ¬ Não é necessário modificar nenhuma configuração na
tela seguinte e clicar em “Ok” ¬ Todos os campos serão automaticamente preenchidos,
conforme abaixo (exemplo): LSMW – Legacy System Migration Workbench 28 6/3/2010
29. ¬ Para realizar a mesma operação individualmente, proceder com os seguintes passos: ¬
Colocar o cursor no campo desejado e escolher entre as opções: ϖ Source Field: Quando
desejar associar o campo a um valor da estrutura de entrada criado no passo 3 ϖ Constant :
Quando desejar associar a uma constante LSMW – Legacy System Migration Workbench 29
6/3/2010
30. ϖ Rule: será exibida a tela abaixo para que se possa inserir a regra ¬ Depois do mapeamento
realizado, clicar em “salvar” 6º Passo – Manter regras ¬ O SAP retornará para a tela do LSMW,
repare que a quinta etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a salvou, e
automaticamente é selecionada a etapa seguinte, no caso Maintain fixed values, translations,
user-defined routines. Isto acontecerá para todas as etapas. LSMW – Legacy System Migration
Workbench 30 6/3/2010
31. ¬ Para um LSMW simples este passo não precisa ser executado. Pular ao passo seguinte
LSMW – Legacy System Migration Workbench 31 6/3/2010
32. 7º Passo – Especificar arquivos e caminhos ¬ N a tela do LSMW, escolher a opção “Specify files”
¬ Clique no botão Executar ¬ Na tela “Specify files (Display)”, clicar na opção “Modificar”,
conforme orientado abaixo: LSMW – Legacy System Migration Workbench 32 6/3/2010
33. ¬ Ao clicar na opção “modificar” observe que automaticamente as opções “Read data” e “Convert
data” são preenchidas. Será necessário preencher a primeira opção “Legacy data – On the PC
(Frontend)”. Para isso, colocar o cursor na opção e clicar no botão “Criar”, conforme indicado
abaixo: ¬ O SAP retornará a seguinte tela para que seja preenchida: LSMW – Legacy System
Migration Workbench 33 6/3/2010
34. ϖ File: Inserir o caminho do diretório onde estará gravado o arquivo de entrada para o LSMW
que se quer executar ϖ Description: Descrição para o arquivo indicado ϖ File contents:
Escolher a opção “Data for one source structure (table)” ϖ Delimiter: Escolher “Tabulator” para
que se possa ler o arquivo que será gerado com separador do tipo “tab” ϖ File Structure:
Escolher as duas opções e cuidar para que os campos no arquivo a ser gravado estejam na
mesma ordem que os campos do passo 3 e para que a primeira linha do arquivo tenha os nomes
dos campo identicos ao que foi colocado também neste passo ϖ File Type: Não precisa
modificar a opção que vem selecionada ϖ Code Page: Não precisa modificar a opção que vem
selecionada ¬ Ao salvar a tela anterior, o sistema volta para a tela “Specify files” agora com a
opção preenchida, clicar em salvar e passar ao proximo passo: LSMW – Legacy System
Migration Workbench 34 6/3/2010
35. LSMW – Legacy System Migration Workbench 35 6/3/2010
36. 8º Passo – Associar arquivos ¬ O SAP retornará para a tela do LSMW, repare que a sétima
etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a salvou, e automaticamente é
selecionada a etapa seguinte, no caso Assign Files. Isto acontecerá para todas as etapas. ¬
Clique no botão Executar ¬ Na tela “Assign files (Display)”, clicar na opção “Modificar”, conforme
orientado abaixo: LSMW – Legacy System Migration Workbench 36 6/3/2010
37. ¬ Nesta tela só será necessário salvar: 9º Passo – Gerar o arquivo de dados ¬ Para que o
LSMW seja executado será necessário gerar o arquivo de dados. LSMW – Legacy System
Migration Workbench 37 6/3/2010
38. ¬ O arquivo deverá conter os campos indicados no terceiro passo na ordem que aparecem
listados na tela ¬ Dica: Montar a tabela no excel (observar que o título da coluna deverá ser o
mesmo indicado como nome do campo no passo 3 e os dados em cada campo não poderão
utrapassar a quantidade de caracteres informada no passo 3) ¬ Após a montagem da tabela, o
usuário deverá escolher a opção “salvar como” e o tipo de arquivo deverá ser “Texto (separado
por tabulações)” 10º Passo – Ler os dados ¬ Após o passo 8, o SAP retornará para a tela do
LSMW, repare que a oitava etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a salvou, e
automaticamente é selecionada a etapa seguinte, no caso Read Data. Isto acontecerá para
todas as etapas. LSMW – Legacy System Migration Workbench 38 6/3/2010
39. ¬ Clique no botão Executar ¬ A seguinte tela será exbida, nesta tela apenas clicar na opção
executar : LSMW – Legacy System Migration Workbench 39 6/3/2010
40. ¬ A seguinte tela com o resultado do processamento da leitura dos dados será exibida: ¬ clicar
em voltar até chegar a tela principal do LSMW LSMW – Legacy System Migration Workbench 40
6/3/2010
41. 11º Passo – Ver os dados ¬ Após clicar em voltar. o SAP retornará para a tela do LSMW, repare
que a nona etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a salvou, e automaticamente
é selecionada a etapa seguinte, no caso Dispolay Read Data. Isto acontecerá para todas as
etapas. ¬ Clique no botão Executar LSMW – Legacy System Migration Workbench 41 6/3/2010
42. ¬ Neste passo é possível visualizar o dado lido (não é obrigatório seguir) ¬ Na tela seguinte
clicar em “Ok” (Não é necessário modificar nada) ¬ A seguinte tela será exibida com as “strings”
dos dados lidos: ¬ Clicar em voltar para seguir ao próximo passo LSMW – Legacy System
Migration Workbench 42 6/3/2010
43. 12º Passo – Converter os dados ¬ Após clicar em voltar. o SAP retornará para a tela do LSMW,
repare que a décima etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a salvou, e
automaticamente é selecionada a etapa seguinte, no caso Convert Data. Isto acontecerá para
todas as etapas. ¬ Clique no botão Executar ¬ A seguinte tela será exibida e é necessário
apenas clicar em executar LSMW – Legacy System Migration Workbench 43 6/3/2010
44. ¬ A seguinte tela com o resultado do processamento da conversão dos dados será exibida: ¬
clicar em voltar até chegar a tela principal do LSMW LSMW – Legacy System Migration
Workbench 44 6/3/2010
45. 13º Passo – Ver os dados ¬ Após clicar em voltar. o SAP retornará para a tela do LSMW, repare
que a décima primeira etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a salvou, e
automaticamente é selecionada a etapa seguinte, no caso Display converted Data. Isto
acontecerá para todas as etapas. ¬ Clique no botão Executar LSMW – Legacy System Migration
Workbench 45 6/3/2010
46. ¬ Neste passo é possível visualizar o dado convertido (não é obrigatório seguir) ¬ Na tela
seguinte clicar em “Ok” (Não é necessário modificar nada) ¬ A seguinte tela será exibida com as
“strings” dos dados convertidos: ¬ Clicar em voltar para seguir ao próximo passo LSMW –
Legacy System Migration Workbench 46 6/3/2010
47. 14º Passo – Criar sessão de Batch Input ¬ Após clicar em voltar. o SAP retornará para a tela do
LSMW, repare que a décima segunda etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a
salvou, e automaticamente é selecionada a etapa seguinte, no caso Create Batch Input Session.
Isto acontecerá para todas as etapas. ¬ Clique no botão Executar ¬ A seguinte tela será exibida:
LSMW – Legacy System Migration Workbench 47 6/3/2010
48. ¬ Importante: Caso você deseje manter a sessão de Batch Input para futuras análises, deixar a
opção “Keep Batch Input Session” marcada ¬ Clicar em executar ¬ a seguinte tela informa a
criação da sessão com sucesso: LSMW – Legacy System Migration Workbench 48 6/3/2010
49. 15º Passo – Executar sessão de Batch Input ¬ O SAP retornará para a tela do LSMW, repare
que a décima terceira etapa foi preenchida com a data, hora e chave de quem a salvou, e
automaticamente é selecionada a etapa seguinte, no caso Run Batch Input Session. Isto
acontecerá para todas as etapas. ¬ Clique no botão Executar ¬ Automaticamente a tela SM35 é
aberta com a pasta criada selecionada LSMW – Legacy System Migration Workbench 49
6/3/2010
50. ¬ Selecionar a pasta criada e clicar na opção “Processar”, conforme indicado abaixo: ¬ A
seguinte tela é exibida. Escolher a opção de processamento desejada e clicar no botão
“Processar”, desta formar a sessão de Batch input será iniciada: LSMW – Legacy System
Migration Workbench 50 6/3/2010
51. ϖ Pocessamento Visível: Ao escolher esta opção será possível visualizar e interagir com as
transações no momento da execução ϖ Exibir só erros: Só será possível visualizar caso haja
algum erro (em alguns casos, quando a opção de processamento oculto não funcionar, esta
opção poderá funcionar) ϖ Oculto: Não sera possível visualizar o processamento LSMW –
Legacy System Migration Workbench 51 6/3/2010
52. ETAPA V – TRANSPORTANDO O LSMW Após a criação e testes do LSMW desejado, você
poderá migra-lo de mandante. Para a migração, proceder da seguinte forma: 1º Passo – Na
Origem ¬ No mandante de origem, executar a transação do LSMW: LSMW – Legacy System
Migration Workbench 52 6/3/2010
53. ¬ Escolher a opção de menu Extras / Export project ¬ Na tela seguinte inserir o código do projeto
que se deseja exportar: LSMW – Legacy System Migration Workbench 53 6/3/2010
54. ¬ Escolher quais serão os Subprojetos, objetos e regras que serão exportados: ¬ Importante:
quando o ícone “Select / Deselect” não estiver na linha significa que o objeto não está
selecionado (ou seja, não será migrado), quando o ícone estiver presente, significa que o objeto
está selecionado e será migrado. LSMW – Legacy System Migration Workbench 54 6/3/2010
55. ¬ Desmarque todo o projeto clicando na primeira linha (observe que todos os objetos agora
estão sem o ícone ao lado direito da linha): ¬ Selecione os objetos que você criou (objetos de
“recording”, Subprojetos, estruturas, etc) LSMW – Legacy System Migration Workbench 55
6/3/2010
56. ¬ Após selecionar todos os objetos desejados, clicar no botão “export” conforme indicado abaixo
ou no menu “Export conversion rules” / “export” ¬ A seguinte tela será exibida: ¬ Prrencher os
campo conforme abaixo e clicar em transferir, após esta ação um arquivo de exportação será
gerado no diretório indicado para que seja utilizado na operação de “Import” em outro mandante:
ϖ Nome do file: Preencher com o nome do arquivo que será utilizado para gravar a exportação
ϖ Formato dados: “ASC” LSMW – Legacy System Migration Workbench 56 6/3/2010
57. 2º Passo – No Destino ¬ Para que o arquivo de exportação gerado seja transferido para o
mandante de destino, deveremos proceder da seguinte forma: ¬ Executar a transação LSMW no
mandante de destino: ¬ Escolher a opção de menu “Extras” / “Import Project” LSMW – Legacy
System Migration Workbench 57 6/3/2010
58. ¬ A seguinte tela será exibida: ¬ Prrencher os campos conforme abaixo e clicar em transferir,
após esta ação o arquivo de exportação gerado no diretório indicado será importado para o
mandante em questão: ϖ Nome do file: Preencher com o nome do arquivo gerado na
exportação ϖ Formato dados: “ASC” ¬ A seguinte tela será exibida, clicar OK: LSMW – Legacy
System Migration Workbench 58 6/3/2010
59. ¬ Importante: Os objetos marcados com um ícone verde, são os objetos que já existem no
mandante e serão sobregravados na execução do import ¬ Caso esteja de acordo com o
esperado, prosseguir com a importação selecionando o botão “Import” LSMW – Legacy System
Migration Workbench 59 6/3/2010
60. ¬ Quando a mensagem de sucesso é exibida, significa que o import foi realizado corretamente: