Vous êtes sur la page 1sur 8

RES.

EDITAL Nº 79/2010
SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM E
SAÚDE com ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA
O Reitor da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA -UESB, no uso de suas
atribuições legais, em conformidade com a Lei Estadual n.º 7.176, de 10 de setembro de 1997,
torna público que estarão abertas às inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de
Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde, em nível de Mestrado Acadêmico, do Departamento
de Saúde (DS), do Campus Universitário de Jequié/BA, com área de concentração em Saúde
Pública, que se regerá pelas disposições que integram o presente Edital, observando as
Resoluções Nº 05/2007 e 055/2010 do CONSEPE.
1. DAS INSCRIÇÕES
1.1. DO PERÍODO E DO LOCAL
1.1.1. As inscrições deverão ser efetivadas na Sala de funcionamento do Programa
de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde - PPGES, Campus Universitário de Jequié,
no período de 23 de agosto de 2010 à 10 de setembro/2010, no horário de 8:00 às
11:30 e das 14:00 às 17:30 horas.
1.1.2. As inscrições poderão ser efetuadas pessoalmente, ou por SEDEX. Em caso de inscrição
por via sedex, a documentação deverá ser postada até o último dia das inscrições (10 de
setembro de 2010) e enviadas para o endereço abaixo.
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB
Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde – PPGES
Rua José Moreira Sobrinho, s/n CEP: 45.206-191 –Jequié – BA Fone: (0xx73) 3528-9738
1.1.3. Não serão aceitas inscrições de candidatos por qualquer outra via, assim como inscrições
postadas após o último dia de inscrição e que não atendam aos requisitos estabelecidos por
este Edital.
1.2. DO NÚMERO DE VAGAS
Até 22 (vinte e duas) vagas, ficando reservada uma dessas vagas para candidatos estrangeiros,
os quais deverão submeter-se ao mesmo Processo Seletivo aplicado aos brasileiros. A Comissão
de Seleção do Programa reserva-se o direito de não preencher o total de vagas oferecido.
1.3. DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO
1.3.1. No ato de inscrição o candidato deverá apresentar os seguintes documentos:
a) formulário de inscrição disponível no endereço: http://www.uesb.br;
b) uma (1) cópia dos seguintes documentos pessoais: carteira de identidade (RG), histórico(s)
escolar(es) e diploma(s) ou equivalente de curso de graduação e pós-graduação (frente e
verso); no caso de estrangeiros, fotocópia da folha de identificação do passaporte e do Registro
Nacional de Estrangeiro (RNE).
c) uma (1) via impressa, encadernada, do Currículo da Plataforma LATTES, CNPq (candidatos
brasileiros) com a comprovação dos títulos dos últimos cinco (5) anos;
d) três (3) vias impressas do Anteprojeto de pesquisa, explicitando uma das linhas do
Programa, sendo apenas uma das vias identificada e duas anônimas.
1.3.2. Os candidatos brasileiros e estrangeiros deverão comprovar, ainda, no ato da inscrição,
proficiência em língua inglesa, com nota igual ou superior a 7 (sete), fornecida por instituição de
ensino reconhecida pelos seus respectivos sistemas, dentro do prazo de validade de até 2(dois)
anos.
1.3.3. Os candidatos que não comprovarem a proficiência em língua inglesa submeter-se-ão a
esta prova no processo seletivo, resguardando-se a mesma nota, 7 (sete) para aprovação.
1.3.4. Os candidatos de nacionalidade estrangeira, inscritos por via de seleção diplomática
(convênios internacionais na forma da legislação em vigor), deverão apresentar, também, no
ato da inscrição, o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (CELPE-
BRAS outorgado pelo Ministério da Educação do Brasil), podendo obter maiores informações
junto ao Ministério da Educação do Brasil, no endereço: http://www.mec.gov.br/sesu/celp.shtm.
1.4. DA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO
O Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde, em nível de Mestrado Acadêmico, tem
como área de concentração: Saúde Pública.
1.5. DAS LINHAS DE PESQUISA
O Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde, nível Mestrado Acadêmico/ Campus de
Jequié, abrange as seguintes linhas de pesquisa:
a) Educação em Saúde e Sociedade;
b) Família em seu ciclo vital;
c) Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde;
d) Vigilância à Saúde.
1.6. VAGAS DAS LINHAS DE PESQUISA COM SEUS RESPECTIVOS ORIENTADORES

LINHAS DE ORIENTADORES Nº DE
PESQUISA VAGAS NA
LINHA DE
PESQUISA

Educação em DSc. Rita Narriman Silva de Oliveira 01


Saúde e Boery
Sociedade
06 VAGAS
DSc. Alba Benemérita Alves Vilela 01

DSc. Maria Adelaide Paredes 01

DSc. Eduardo Nagib Boery 01

DSc. Ana Cristina Duarte 01


DSc. Zenilda Nogueira Sales 01

Família em DSc. Rita Narriman Silva de Oliveira 01


seu ciclo vital Boery
04 VAGAS

DSc. Edite Lago da Silva Sena 01

DSc. Maria Adelaide Paredes 01

DSc. Luzia Wilma Santana da Silva 01

Políticas, DSc. Adriana Alves Nery 01


Planejamento
e Gestão em
Saúde
DSc. Edite Lago da Silva Sena 01
08 VAGAS

DSc. Eduardo Nagib Boery 01

DSc. Luzia Wilma Santana da Silva 01

DSc. Cezar Augusto Casotti 01

DSc. Marcos Henrique Fernandes 01

DSc. Fabio Ornellas Prado 01

DSc. Alba Benemérita Alves Vilela 01

Vigilância à DSc. Adriana Alves Nery 01


Saúde
04 VAGAS
DSc. Cezar Augusto Casotti 01

DSc. Marcos Henrique Fernandes 01


DSc. Zenilda Nogueira Sales 01

1.7. DOS REQUISITOS


1.7.1. Público alvo: graduados na área de ciências da saúde e áreas afins, desde que
comprovado a experiência do candidato na área da saúde.
1.7.2. O candidato graduado no exterior somente poderá inscrever-se após a Revalidação de
seu título por Universidade Pública Brasileira que tenha curso do mesmo nível e área ou
equivalente, respeitando-se os acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação (§2º, art.
48, da LDB).
2. DO INÍCIO DO PROGRAMA
O Programa terá início no dia 21 de março de 2011.
3. DO PROCESSO DE SELEÇÃO
3.1. Os critérios de seleção e o sistema a ser adotado estão definidos na Resolução CONSEPE nº
055/2010 do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e Saúde, e a esta se submetem
todos os candidatos às vagas.
3.2. O processo seletivo será constituído das seguintes etapas:
a) Prova de proficiência em Língua Inglesa;
b) Análise do anteprojeto de pesquisa;
c) Prova escrita de conhecimentos;
d) Análise do Currículo - Plataforma LATTES CNPq;
e) Entrevista.
3.2.1. A Prova de proficiência em Língua Inglesa, a que se refere o item 1.3.3., sob a
responsabilidade do Departamento de Ciências Humanas e Letras – DCHL, será realizada no dia
16 de setembro de 2010, às 09:00 horas , no Auditório Wally Salomão, da UESB, Campus de
Jequié, BA, com duração máxima de 03 horas, sendo facultado o uso de dicionário ao candidato
que desejar e o trouxer.
3.2.2. Somente participarão das demais etapas do processo seletivo candidato que comprovar a
proficiência com nota igual ou superior a sete (7,0).
3.2.3. A relação dos aprovados na Prova de proficiência de Língua Inglesa será divulgada pelo
Departamento de Ciências Humanas e Letras – DCHL, Campus de Jequié.
3.2.4. A prova escrita de conhecimentos será realizada no dia 27 de setembro de 2010, no
Auditório Wally Salomão, da UESB, Campus de Jequié/BA, com início as 08:15 horas, tendo
duração máxima de 04 horas, sendo facultado ao candidato, na primeira hora da prova, o
direito à consulta bibliográfica de material impresso por ele providenciado, não sendo permitido
no recinto nenhum equipamento eletrônico.
3.2.4.1. Só será permitido o acesso de candidatos à sala aonde será realizada a prova escrita de
conhecimentos até as 08:00 horas da data do exame. Recomenda-se que os candidatos
cheguem com 15 minutos de antecedência, ou seja, às 07:45 horas
3.2.4.2. A Prova escrita de conhecimentos será de natureza dissertativa, através da qual o
candidato deverá demonstrar domínio do conhecimento relativo à área de concentração, em
relação ao tema sorteado, dentre os seguintes temas:
a) Avanços, potencialidades e desafios na efetivação do Sistema Único de Saúde - SUS.
b) O cuidado em saúde nas diversas modalidades de família.
c) Formação Profissional, Trabalho e Educação permanente em saúde.
d) O cuidado em saúde na perspectiva de rede no contexto do SUS.
3.2.4.3. Os candidatos serão avaliados na Prova escrita de conhecimentos de acordo com os
seguintes critérios:
a) grau de conhecimento do tema sorteado;
b) pertinência do conteúdo das respostas em relação à área de concentração;
c) sistematização e consistência dos argumentos;
d) correção da linguagem e clareza de expressão.
3.2.4.4. A nota mínima exigida para passar a etapa seguinte é 7 (sete), atribuída no intervalo de
0 (zero) a 10 (dez).
3.2.4.5. A relação dos aprovados na Prova escrita de conhecimentos será publicada no mural da
Coordenação do Colegiado do Programa, Campus de Jequié e na Página Web do Programa
(www.uesb.br/pges) até o dia 05 de outubro de 2010.
3.2.4.6. A referência bibliográfica, sugerida para os temas propostos, está disposta no Anexo
Único deste Edital, podendo em sua maioria ter acesso on line.
3.2.5. O Anteprojeto de pesquisa deverá:
a) ser apresentado em folha de papel A4, margens superior e esquerda 3 cm, e direita e
inferior 2 cm, espaço 1,5 entre linhas, fonte Times New Roman 12;
b) constar o nome do candidato na folha de rosto do projeto, em apenas uma (1) das três (3)
vias;
c) ter o máximo de 10 laudas;
d) ter o tema escolhido entre uma das linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em
Enfermagem e Saúde – UESB - nível Mestrado Acadêmico;
e) justificar a escolha do tema;
f) enunciar os objetivos do estudo;
g) apresentar breve revisão de literatura situando o “estado da arte” e principais lacunas do
conhecimento;
h) explicitar a metodologia proposta;
i) enumerar as referências de acordo com a ABNT.
3.2.5.1. A avaliação do anteprojeto de pesquisa será realizada no período de 05 de outubro a 15
de outubro de 2010, mediante os seguintes critérios:
a) adequação do projeto apresentado a uma das linhas de pesquisa do Programa;
b) clareza na definição do objeto de investigação;
c) coerência da revisão de literatura e/ou referencial teórico e dos procedimentos
metodológicos;
d) correção e seqüência lógica na exposição escrita.
e) exeqüibilidade da proposta;
3.2.5.2. A nota mínima exigida para aprovação é 7 (sete), atribuída no intervalo de 0 (zero) a 10
(dez).
3.2.5.3. A relação dos aprovados no anteprojeto de pesquisa será publicada no mural da
Coordenação do Colegiado do Programa, Campus de Jequié e na Página Web do Programa
(www.uesb.br/pges) até o dia 16/10/2010.
3.2.6. A Análise do Currículo - Plataforma LATTES CNPq será realizada no período de 18 a 23 de
outubro de 2010, respeitando os seguintes títulos preferenciais:
a) publicação de trabalhos científicos (livros, capítulos de livros, trabalhos completos
publicados em anais de eventos e/ou resumos, resumos expandidos e artigos em periódicos),
comprovados (até 2 pontos);
b) experiência comprovada em pesquisa científica e/ou extensão universitária (até 1 ponto);
c) disponibilidade explícita no formulário da Ficha de Inscrição, de ser bolsista exclusivo do
Programa (1 ponto);
d) diploma ou equivalente de curso de graduação (5 pontos) e pós-graduação (1 ponto).
3.2.6.1. A nota mínima exigida para aprovação é 7 (sete), atribuída no intervalo de 0 (zero) a 10
(dez).
3.2.6.2. A relação dos aprovados no Currículo será publicada no mural da Coordenação do
Colegiado do Programa, Campus de Jequié e na Página Web do Programa (www.uesb.br/pges)
até o dia 26 de outubro de 2010.
3.2.6.3 A Entrevista, realizada para os candidatos que obtiverem as notas mínimas exigidas nas
fases anteriores, será realizada no período de 10 a 12 de novembro de 2010, em horário a ser
agendado e divulgado pela banca examinadora.
3.2.6.4 Na entrevista o candidato deverá demonstrar o interesse pelo Programa, disponibilidade
de tempo para as atividades propostas e esclarecimentos sobre o projeto de pesquisa.

3.2.6.5. A nota mínima exigida para aprovação é 7 (sete), atribuída no intervalo de 0 (zero) a 10
(dez).
3.2.6. Para o cálculo do Resultado Final será utilizado a fórmula MF = (NPE + NAP +NC+ NE)/4,
em que MF=Média Final; NPE=Nota da Prova Escrita; NAP= Nota do Anteprojeto de Pesquisa;
NC=Nota do Currículo; e NE=Nota da Entrevista.
3.2.7. A classificação dos candidatos no processo seletivo será dada por ordem decrescente, da
maior média final à menor média final, obtidas, tendo direito à matrícula os candidatos com
pontuação mínima exigida em todas as etapas do processo seletivo (sete), até o preenchimento
das vagas oferecidas (vinte e duas).
3.2.7.1. São critérios de desempate:
1º) Nota obtida na Prova escrita;
2º) Nota obtida no Ante Projeto de pesquisa;
3º) Nota obtida no Currículo;
4º) Nota da Entrevista;
5º) Estar vinculado (a) ao ensino superior.
4. DA PUBLICAÇÃO DO RESULTADO
A relação oficial dos candidatos classificados será divulgada até o dia 19 de novembro de 2010,
no mural da Coordenação do Colegiado do Programa, Campus de Jequié, na Página Web do
Programa (www.uesb.br/pges) e publicada no Diário Oficial do Estado da Bahia (DOE).
5. DA MATRÍCULA
5.1. O candidato selecionado deverá matricular-se pessoalmente ou por procuração (com firma
reconhecida) junto à Secretaria Setorial de Cursos da UESB, Campus Acadêmico de Jequié, no
período de 21 a 25 de fevereiro de 2011, devendo os aprovados apresentar os seguintes
documentos:
a) Requerimento de matrícula preenchido (Secretaria Setorial de Cursos);
b) Diploma ou equivalente de Conclusão de Curso de Graduação, com Histórico Escolar
(original e cópia);
c) Carteira de Identidade e CPF (original e cópia);
d) Título de Eleitor, com prova de quitação eleitoral (original e cópia);
e) Certificado de Reservista (original e cópia);
f) Certidão de Nascimento ou Casamento (original e cópia);
g) Declaração simples de que não possui vínculo empregatício e/ou declaração do vínculo
empregatício de que possui liberação para atender às atividades do Programa;
h) 02 Fotos 3x4 recentes.
5.2. O candidato que não apresentar a documentação exigida para a matrícula, no período
estabelecido, perderá o direito à vaga e ingresso no Programa, devendo ser convocado o
próximo candidato da lista.
6. DO CRONOGRAMA DA SELEÇÃO
As atividades da Seleção ocorrerão nas datas discriminadas no resumo do Calendário abaixo:
7. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
7.1. O ato de inscrição pressupõe que o candidato conhece as exigências do presente Edital e
que aceita as condições do processo seletivo, não podendo invocar seu desconhecimento a
qualquer título, época ou pretexto.
7.2. A inexatidão das declarações, a irregularidade de documentos, ou outras de qualquer
natureza que não atendam às exigências deste Edital, ocorridas em qualquer fase do processo,
eliminarão o candidato da Seleção ou, se identificadas posteriormente, impedirão a sua
matrícula, anulando-se todos os atos e efeitos decorrentes da sua inscrição.
Vitória da Conquista - BA, 13 de Agosto de 2010.
PAULO ROBERTO PINTO SANTOS - REITOR
ANEXO ÚNICO DO EDITAL Nº 079/2010
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
BAHIA. Secretaria da Saúde. Superintendência de Recursos Humanos da Saúde. Escola Estadual
de Saúde Pública. Estágio de vivência no SUS: o cotidiano do SUS enquanto princípio educativo,
coletânea de textos / Secretaria da Saúde. Superintendência de Recursos Humanos da Saúde.
Escola Estadual de Saúde Pública. Salvador: SESAB, 2009.180p.
BRASIL. Conselho Nacional de Secretários de Saúde. SUS: avanços e desafios. Conselho
Nacional de Secretários de Saúde. – Brasília: CONASS, 2006. 164 p.
CARVALHO, YM, CECIM, RB. Formação e educação em Saúde: aprendizados com a Saúde
Coletiva. IN: CAMPOS, GWS et al (Orgs.) Tratado de Saúde Coletiva. São Paulo: HUCITEC; Rio de
Janeiro Ed. Fiocruz, 2006.
CECCIM, R B. Educação Permanente em Saúde: desafio ambicioso e necessário. Interface -
Comunicação, Saúde, Educação, São Paulo, v.9, n.16, p.161-77, set.2004/fev.2005.
FRANCO, T.B.; As Redes na Micropolítica do Processo de Trabalho em Saúde: IN PINHEIRO, R.;
MATTOS, R.A. (Orgs.). Gestão em Redes: práticas de avaliação, formação e participação na
saúde; Rio de Janeiro, CEPESC-IMS/UERJ-ABRASCO, 2006.
FRANCO, TB, MAGALHÃES JÚNIOR, HM. Integralidade na Assistência à Saúde: a organização das
linhas do cuidado. IN: MERHY, EE et al (Org.) O Trabalho em Saúde: olhando e experienciando o
SUS no cotidiano. 2 ed. São Paulo: HUCITEC, 2004.
GABARDO, Roseclér Machado; JUNGES, José Roque; SELLI, Lucilda. Arranjos familiares e
implicações à saúde na visão dos profissionais do Programa Saúde da Família. Rev. Saúde
Pública [online], São Paulo, v.43, n.1, p. 91-97. 2009.
MACHADO, L. Z. Family and individualism: contemporary tendencies in Brazil. Interface
-Comunicação, Saúde, Educação, São Paulo, v.4 , n.8, p.11-26, 2001.
PERUCCHI, Juliana; BEIRAO, Aline Maiochi. Novos arranjos familiares: paternidade, parentalidade
e relações de gênero sob o olhar de mulheres chefes de família. Psicologia. Clínica [online], Rio
de Janeiro, v.19, n.2, p. 57-69. 2007,
PINHEIRO, Luana; GALIZA, Marcelo; FONTOURA, Natália. Novos arranjos familiares, velhas
convenções sociais de gênero: a licença-parental como política pública para lidar com essas
tensões. Revista Estudos Feministas [online], Santa Catarina, v.17, n.3, p. 851-859. 2009,
VIEIRA FILHO, NG; NÓBREGA, SM. Atenção Psicossocial em Saúde Mental: contribuição teórica
para o trabalho terapêutico em rede social. Estudos de Psicologia, Rio Grande do Norte, v.9, n.2,
p. 373 – 379, 2004.