Vous êtes sur la page 1sur 6

VERIFICAÇÃO DE

VA3
APRENDIZAGEM
35 Pts

CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO


DICIPLINA: MANUFATURA CELULAR
PROFESSOR: EDUARDO MAGNANI
ALUNO:
PERÍODO: 9º DATA: 23/06/2020 TURNO: NOITE
Instruções:
• As Avaliações são individuais e sem consulta.
• O tempo mínimo de permanência em sala de aula após o início da avaliação é de quarenta minutos.
• As respostas da avaliação devem ser feitas à tinta, no caso de respostas a lápis o aluno não terá direito de
pedir revisão. Nas questões de múltipla escolha é obrigatória a marcação com caneta.
• O número de questões bem como o valor de cada questão está indicado no início da mesma.
• Não serão avaliadas questões que correspondam à cópia dos conceitos dos materiais usados em sala de
aula, livros, apostilas, etc. A interpretação e a capacidade de conciliar teoria e prática serão avaliadas nas
respostas dadas.
• As respostas deverão estar no espaço reservado na folha de prova e conter no máximo o número de linhas
solicitado.
• No caso de uso de folhas para rascunho estas folhas serão fornecidas juntamente com as folhas de
avaliação, não é permitido o uso outras folhas para rascunho.
• Quando da devolução da avaliação, primeiro faremos a correção da mesma e após será devolvida para você
verificar se ainda existem dúvidas quanto à correção.
• Não é permitido o uso de aparelho celular por qualquer outro motivo.
• A consulta a colegas ou a utilização de quaisquer materiais não autorizados pelo professor será considerada
fraude, caso em que o professor recolherá a avaliação, aplicando nota zero aos alunos envolvidos. BOA
PROVA.
QUESTÃO N° 1 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 2,0 NOTA:

Na década de 80, John L. Burbidge estruturou o conceito de “Group Technology” (Tecnologia de Grupo)
baseado na identificação de “famílias” de peças/componentes e de “agrupamentos” de máquinas e
equipamentos. Estes agrupamentos seriam necessários para produzir toda e qualquer peça/componente
da família – configurando as células de manufatura e montagem, um layout adequado para processar lotes
de quantidades variáveis ao longo do tempo.
Disponível em: https://www.manufaturaemfoco.com.br/tecnologia-de-grupo-e-padronizacao-de-
processos/. Acesso em: 25 maio de 2018.

Na gestão de sistemas de produção e operações, qual o conceito de tecnologia de grupo.

QUESTÃO N° 2 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 2,0 NOTA:

Em uma fábrica de embalagens, o departamento de produção tem seu centro de trabalho com
disponibilidade de 140 horas semanais, sendo que as embalagens são produzidas durante 112 horas, não
havendo outra atividade a ser feita. Nessas condições, o percentual de utilização desse centro de trabalho:

QUESTÃO N° 3 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 2,0 NOTA:

Diversos autores como Kanaga e Kossler (2001), Marx (1998) e Biazzi (1994) enfatizam que a perspectiva
sócio-técnica é um sistema aberto, formado por dois subsistemas principais:
−Técnico: composto por máquinas, equipamentos e materiais;
− Social: composto por indivíduos e grupos.
Dessa forma, cultura, competências, comportamentos e sentimentos de indivíduos e grupos sociais, isto é,
fatores intrínsecos ao ser humano, passam a ser considerados como elementos importantes para o
aumento da produtividade do trabalho e não apenas características técnicas e métodos de trabalho.
Disponível em http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2007_tr600448_9278.pdf. Acesso em: 26 maio de 2018.

A escola sociotécnica tradicional fornece apenas diretrizes gerais, uma espécie de guia de conduta, mas
não aborda de forma mais consistente questões na ordem do projeto organizacional de ponta. Quais as
suas características?

QUESTÃO N° 4 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 2,0 NOTA:

Quando se trabalha com os grupos ou equipes, uma das dificuldades que podem ser encontradas é a
presença de conflitos no dia-a-dia. Estes envolvem as pessoas dos grupos e podem ter vários tipos de
origens. Muitas vezes, esses conflitos estão relacionados ao relacionamento entre as pessoas dos grupos,
às experiências interpessoais dos membros do grupo que são incompatíveis; ou relacionam-se mais
especificamente com as tarefas quando os membros da equipe discordam a respeito das que podem ser
desempenhadas.
Disponível em https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/3419/TeseISR.pdf?sequence=1 Acesso em: 27 maio de 2018.

Cite as principais responsabilidades envolvendo trabalhos em grupos abertos e fechados?


QUESTÃO N° 5 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 2,0 NOTA:

Escreva os conceitos de sequenciamento de tarefas:


A) Primeira que Entra, Primeira que Sai (PEPS).
B) Menor Tempo de Processamento (MTP).
C) Menor Data de Entrega (MDE).
D) Razão Crítica (RC).

QUESTÃO N° 6 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 2,0 NOTA:

Dentro da sociotécnica tradicional Gerwin e Kolodny (1992), elaboram o que chamam de “processo
integrado e global de projeto organizacional”, quais são os seus principais pontos?

QUESTÃO N° 7 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 2,0 NOTA:

O modelo proposto Mintzberg (2011) defende que a organização está dividida em cinco partes básicas,
sob as quais se discutem todos os aspectos relativos ao projeto organizacional. Escreva as cinco partes
básicas de uma organização.

QUESTÃO N° 8 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 2,0 NOTA:

A Modelagem Organizacional tem missão, objetivos e processos próprio se é importante dar atenção à
modelagem desses itens. Alencar (1999) destaca quatro objetivos da Modelagem Organizacional. Escreva
cada um deles.
QUESTÃO N° 9 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 7,0 NOTA:

Uma das mais populares regras dinâmicas, ou seja, regras que sequenciam um trabalho por vez, é a
chamada Razão Crítica (RC). Assim que terminar o processamento de um trabalho num dado centro,
existe um grupo de trabalhos já aguardando processamento. Define-se:

Sendo tanto a data devida como a data atual referidas à mesma origem de contagem do tempo.
Calculadas as Razões Críticas de n trabalhos que aguardam processamento, programa-se primeiro o
trabalho com a maior Razão Crítica.
MOREIRA, D. A. Administração da produção e operações. São Paulo: Pioneira
Thomson Learning, 2002, 408.

O centro de usinagem de uma companhia possui cinco trabalhos aguardando processamento de acordo
com a seguinte tabela (valores em horas):

Trabalho Tempo de Processamento Data Devida (DD)


(TP)
I 12 30
II 25 28
III 4 8
IV 8 12
V 22 42
Fonte: o autor

Calcular as Razões Críticas e sequenciar os trabalhos; ao final para uma rodada.


QUESTÃO N° 10 ABERTA/DISCURSIVA VALOR: 12,0 NOTA:

Antes de seguir para expedição, produtos acabados oriundos de três linhas de produção de uma indústria
passam por uma máquina de embalagem, cujo tempo de processamento é de 1 min. O diretor industrial
afirma que há períodos de sobrecarga da máquina iguais ao representado pelo gráfico ao lado e solicitou
um relatório contendo indicadores de desempenho do setor para justificar a aquisição de um novo
equipamento (para dobrar a capacidade).

Fonte: o autor

A partir dos dados do problema, faça o que se pede nos itens a seguir.

a) As chegadas de produtos acabados e o tempo de processamento da embalagem são aleatórios ou


determinísticos? Justifique sua resposta. (5,0 pontos)

b) Descreva como são obtidos os indicadores de desempenho abaixo relacionados para o setor de
embalagem, indicando se os valores calculados a partir do gráfico justificariam ou não o aumento em sua
capacidade produtiva.

i) taxa média de utilização no setor; (2,5 pontos)


Taxa média de chegada = Número de peças
Tempo total de observação
ii) tempos máximo, mínimo e médio de permanência de produtos acabados no setor; (2,5 pontos)

TS =
T Si

iii) tempos máximo, mínimo e médio de espera em fila no setor; (2,5 pontos)
Tai = tempo de embalagem
Tfi = tempo de espera em fila
Tsi = tempo no setor
TFi = TSi − TAi

iv) número médio de produtos acabados no setor. (2,5 pontos)

NS =
T Si