Vous êtes sur la page 1sur 65

DR.

RUBENS GODOY SAMPAIO PhD

PROJETO
ESTUDA BRASIL

APOSTILA
SOBRE TÉCNICAS DE ESTUDO
www.comoestudar.com.br

BRASIL
2006

1
SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO
O PROJETO ESTUDA BRASIL
PARTE I
Extratos do curso on line COMO ESTUDAR –
ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS
AVANÇADAS DE APRENDIZAGEM E
ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO

PARTE II
Estrutura do PROJETO ESTUDA BRASIL

PARTE III
Extrato do livro COMO ESTUDAR – 1000 DICAS
DE TÉCNICAS E ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO

O IDEALIZADOR

2
APRESENTAÇÃO
Tempo aproximado: 10 minutos

Conteúdo: texto

Tarefas: Leia este texto num lugar tranqüilo, onde você possa terr um mínimo de
concentração

Objetivos desta apostila:


1. Ajudar você a estudar melhor

Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para outro tópico faça mentalmente uma
revisão do que você compreendeu deste tópico.

Esta apostila contém partes retiradas de três fontes principais:

a. do CURSO on line COMO ESTUDAR – ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E


TÉCNICAS AVANÇADAS DE APRENDIZAGEM E ORGANIZAÇÃO DO
ESTUDO.

b. do PROJETO ESTUDA BRASIL

c. do livro COMO ESTUDAR – 1000 DICAS DE TÉCNICAS E


ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO

Os textos do Curso online COMO ESTUDAR, os textos do Projeto


Estuda Brasil e o livro COMO ESTUDAR – 1000 dicas de Técnicas e
Organização do Estudo foram escritos pelo Prof. Dr. Rubens Godoy
Sampaio PhD.

Este conjunto de textos constituem o PROJETO COMO ESTUDAR,


idealizado pelo Prof. Rubens Godoy Sampaio.

Em 2002/2003 ele concluiu a redação do livro 1000 DICAS DE


TÉCNICAS E ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO. Tendo percebido a
receptividade dos leitores e as constantes solicitações para palestras,
o Prof. Rubens resolveu criar o PROJETO ESTUDA BRASIL e o CURSO
COMO ESTUDAR – ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS AVANÇADAS
DE APRENDIZAGEM E ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO.

Nosso Projeto tem o apoio da Academia do Pensar e está incrito no


V2V – Potal do Voluntário e no Projeto Nacional VIVA LEITURA.

3
PROJETO ESTUDA
BRASIL - PEB
A META DO PROJETO ESTUDA BRASIL - O Projeto
Estuda Brasil é um Projeto Voluntário que tem como META
PRINCIPAL ajudar o estudante brasileiro a melhorar e
a aperfeiçoar suas estratégias, suas táticas e suas
técnicas de aprendizagem e de estudo para assimilar
melhor e de forma mais eficaz tudo aquilo que
precisa ser aprendido para seu sucesso profissional e
sua realização pessoal.

OS OBJETIVOS DO PROJETO ESTUDA BRASIL -


Pretendemos atingir esta META através de 3 objetivos:
1. Ajudar, em 15 minutos, de forma direta e muito rápida,
o estudante brasileiro que responder o questionário
elaborado por nós.

2. Queremos alcançar 1.000.000 – um milhão de


questionários respondidos.

3. A partir da análise destes questionários, vamos detectar


os 10 pontos mais críticos a respeito da forma como a
juventude brasileira estuda.

Em seguida, vamos oferecer soluções abertas e focadas


nos 10 pontos críticos para que os estudantes brasileiros,
as escolas e os educadores de todos os níveis conheçam
estes problemas e tenham atitudes pontuais e bem
dirigidas para ajudar os brasileiros a estudarem melhor.

4
AS CINCO ETAPAS DO PROJETO ESTUDA BRASIL

1. RESPONDER O QUESTIONÁRIO. A primeira etapa é fazer


uma pesquisa completa e abrangente dos hábitos de estudo
dos jovens brasileiros em geral através de um questionário
amplo que alcança as principais estratégias, táticas e
técnicas necessárias para quem precisa aprender. Para
responder o questionário o interessado deverá dirigir-se ao
link da pesquisa, preencher os dados iniciais e indicar 3 e-
mails.

2. ENVIO DO QUESTIONÁRIO COMENTADO. A segunda


etapa é o retorno imediato de uma avaliação e de um
diagnóstico detalhado e cuidadoso sobre os hábitos de
estudo daqueles que responderam ao questionário. Cada
estudante que responder ao questionário receberá, por e-
mail e gratuitamente, seu resultado comentado
detalhadamente e com orientações muito específicas sobre
como aperfeiçoar sua aprendizagem.

3. ANÁLISE DOS DADOS.


A terceira etapa será a consolidação dos dados da pesquisa
e sua análise.

4. PUBLICAÇÃO DOS DADOS.


A quarta etapa será a publicação do resultado e da análise
consolidada de todos os questionários respondidos. Estes
resultados serão publicados no site
www.comoestudar.com.br. Juntamente com esta publicação
serão indicadas as ações mais urgentes para que o
estudante brasileiro aproveite ao máximo seu tempo de
estudo. Queremos oferecer estes resultados para
professores e escolas de todo o Brasil, com o intuito de
apresentar estratégias eficazes para superação de
pequenas dificuldades que podem comprometer o processo
de aprendizagem do jovem brasileiro.

5
5. UM PROJETO SUSTENTÁVEL
As 4 primeiras etapas serão oferecidas e realizadas de
forma gratuita e todas elas através da Internet.

Mas para que o PEB possa ter sucesso o financiamento do


Projeto ocorrerá de duas formas

1. a partir da venda do curso COMO ESTUDAR -


ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS AVANÇADAS DE
APRENDIZAGEM E ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO.

2. a partir de doações

6
PARTE I
Extratos do curso on line COMO ESTUDAR
ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS AVANÇADAS
DE APRENDIZAGEM E ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO

Nesta parte 1 apresentamos 4 aulas do curso on line


COMO ESTUDAR – ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E
TÉCNICAS AVANÇADAS DE APRENDIZAGEM E
ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO.

Estas aulas não são exatamente continuidade uma da


outra. Elas simplesmente são aulas que fazem parte do
curso e podem servir de modelo para você ter numa noção
a respeito da organização do curso.

No curso on line estas aulas estão no FÓRUM


MODELOS DE AULA - ACESSO LIVRE. Portanto, estas
aulas você pode fazê-las tanto aqui, lendo o texto, como
também pode realizá-las no site.

A primeira aula é um RESUMO bastante conciso das


técnicas principais.

A segunda aula é uma síntese sobre ESTRATÉGIA,


TÁTICA E TÉCNICAS. Este assunto é muito bem
desenvolvido ao longo de todo o curso.

A terceira aula é sobre um assunto muito procurado: a


MEMÓRIA.

A quarta aula é sobre ORGANIZAÇÃO DO TEMPO.

7
AULA 1
Resumo das Técnicas
Orientação:
Tempo aproximado: 10 minutos

Conteúdo: texto

Tarefas: Imprima esta página e use-a como roteiro de sua preparação de estudos

Objetivos deste fórum:


1. Apresentar um roteiro sucinto para que você já possa adiantar sua preparação e seus
estudos.

Este tópico tem como objetivo dar-lhe algumas orientações gerais que permitam a
elaboração imediata de um plano de estudos. Mas isto só pode ser feito se você
considerar as ESTRATÉGIAS e as TÁTICAS já apresentadas.

Orientar-se pelas ESTRATÉGIAS e TÁTICAS de estudo é o que vai permitir que a


aplicação das TÉCNICAS sejam eficazes:

Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para outro tópico faça mentalmente uma
revisão do que você compreendeu deste tópico.

Tópico deste fórum:

1. Roteiro de Preparação para seu tempo de estudo

_________________________________________________________________

A. ESTRATÉGIAS
A1. ALVO: Metas em anos
A2. PRAZO: Longo prazo
A3. INSTRUMENTO: “Bússola”
A4. TEMPO DE ESTUDO: Planejamento

1. Identifique o que o motiva a estudar.


2. Faça um Planejamento de Estudos de longo prazo (definição da sua meta)
3. Faça um Planejamento de Estudos de médio prazo (definição dos objetivos que vão ajudá-
lo a alcançar sua meta).
4. Faça um Planejamento de Estudos de curto prazo (horário de estudos)
5. Certifique-se de que você está em boas condições de saúde para estudar com intensidade
e para fazer atividades físicas moderadas (atividades esportivas). Só faça atividades físicas
sob a orientação de um médico especializado.
6. Sempre revise seu planejamento de estudo e as matérias estudadas.

B. TÁTICAS
B1. ALVO: Objetivos mensais e semanais
B2. PRAZO: Médio e curto prazos

8
B3. INSTRUMENTO: Calendário
B4. TEMPO DE ESTUDO: Programa mensal e semanal de estudo

7. ALIMENTAÇÃO: Tenha uma alimentação saudável, balanceada e equilibrada.


8. SONO: Tenha um período de sono regular e suficiente para seu descanso.
9. EXERCÍCIO FÍSICO: Coloque no seu horário diário algum tipo de atividade física.
10. ERGONOMIA: Verifique se sua posição de estudo está confortável.
11. LOCAL: O lugar de estudo deve ser silencioso, com temperatura agradável.
12. LEVANTAMENTO: Faça um levantamento de todas as disciplinas que você precisa
estudar.
13. LEITURA: Reúna o material que será lido e estudado.
14. MATERIAL: Todo seu material de estudo deve estar reunido e próximo ao local de
estudo.
15. TEMPO: Todo tempo de estudo, ainda que mínimo, é importante.
16. REVISÃO: Sempre revise a matéria.
17. INTERLOCUTORES: Converse com alguém sobre o que você está estudando. Assim você
poderá tirar dúvidas, aprofundar a matéria e revisá-la enquanto discute com alguém.

C. TÉCNICAS
C1. ALVO: Compromissos diários
C2. PRAZO: Curtíssimo prazo
C3. INSTRUMENTO: Relógio
C4. TEMPO DE ESTUDO: Horário semanal e diário de estudo

18. Avise as pessoas de sua casa que você vai estudar e que você não quer ser incomodado.

19. Estude sempre no mesmo lugar.


20. Antes de começar a estudar lembre daquilo que o motiva a estudar.
21. Beba água antes, durante e depois do estudo.
22. Estude aquilo que estava previsto no horário.
23. Faça intervalos regulares durante seu período de estudo.
24. Não estude disciplinas parecidas num mesmo período de estudo (matemática e
estatística), uma atrás da outra. Estude, português e matemática, ou direito e estatística.
Isto evita causar confusões nas disciplinas.
25. Faça anotações coloridas nos textos de estudo ou nos seus cadernos.
26. Estudo ouvindo música clássica – música barroca.
27. Estude as matérias mais difíceis e mais chatas nos horários em que você estiver mais
desperto e mais descansado.
28. As matérias que você mais gosta estude nos horários em que você está mais cansado.
29. Utilize a tecnologia para incrementar seu estudo (vídeos, MP3, internet, computadores,
Palms, cursos on-line).
30. Revise a matéria ao fim do período de estudo

O QUE PODE ATRAPALHAR

31. A TELEVISÃO: Não estude vendo TV.


32. O TELEFONE: Não atenda o telefone durante seu período de estudo.
33. ESTUDAR MUITO TEMPO sem intervalos de descanso. Pois o rendimento cai e você não
aproveita o tempo de estudo ao máximo.
34. Deixar de fazer as revisões. Nunca deixe de revisar a matéria.
35. Matérias muito semelhantes. Não estude matérias parecidas, uma depois da outra. Você
poderá confundir os tópicos.

Todos os assuntos que ainda não foram tratados serão aprofundados ao máximo nos tópicos
seguintes. Esta página é apenas um roteiro com 30 tópicos importantes para orientar de
forma urgente aqueles que já querem começar a estudar antes de terminar este curso sobre
COMO ESTUDAR.

Exercício:

9
Atividades:
1. Imprima esta página e use-a como roteiro de sua preparação de estudos
2. Sempre use esta página como lembrete, para que você possa verificar se você está
utilizando de todos estes recursos.

Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para


outro tópico faça mentalmente uma revisão do que
você compreendeu deste tópico.
Para comentar este texto ou responder as perguntas clique em RESPONDER e faça os
seus comentários ou exercícios. Obrigado!

Não se esqueça de fazer a avaliação deste tópico.


Desta forma você poderá ajudar no aprimoramento deste nosso curso
e com isto ajudar outros colegas!

Para INDICAR este tópico para algum amigo,


pressione o botão INDICAR e envie este conteúdo para quem desejar

10
Aula 2
Estratégias, Táticas e
Técnicas de Estudo

Orientação:
Tempo aproximado: 07 minutos

Conteúdo: texto e imagens

Exercícios: quatro perguntas

Objetivos deste fórum:


1. mostrar que de forma concisa e rápida 10 procedimentos que podem
ser considerados os 10 mandamentos do estudante
2. indicar que estes 10 procedimentos devem ser assimilados como
hábitos que serão úteis para várias dimensões da sua vida pessoal
3. indicar que é quase impossível estudar sem estes procedimentos
mínimos

Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para outro tópico faça


mentalmente uma revisão do que você compreendeu deste tópico.

Tópicos deste fórum:

PROCEDIMENTOS DE ESTUDO E APRENDIZAGEM

PROCEDIMENTO 1 - DORMIR BEM, MUITO BEM


PROCEDIMENTO 2 - APROVEITAR O TEMPO
PROCEDIMENTO 3 - ESTABELECER METAS DISTINTAS
PROCEDIMENTO 4 - NÃO FAZER DO ESTUDO ALGO SEMPRE URGENTE
PROCEDIMENTO 5 - FAZER UM QUADRO DE HORÁRIO
PROCEDIMENTO 6 - EVITAR ESTUDAR DE TARDE
PROCEDIMENTO 7 - HIDRATAR-SE MUITO BEM
PROCEDIMENTO 8 - OUVIR MÚSICA BARROCA
PROCEDIMENTO 9 - REPETIR O QUE VOCÊ ESTUDOU, FAZER REVISÕES
DE SUAS LEITURAS
PROCEDIMENTO 10: ASSOCIAR SEU ESTUDO A ALGUM TIPO DE EMOÇÃO
POSITIVA

11
_____________________________________________________________

PROCEDIMENTO s de Estudo e Aprendizagem.


Estudo e Aprendizagem são duas coisas diferentes entre si, mas que estão
intimamente relacionadas. Mais para frente nós apresentaremos a distinção
entre estudo e aprendizagem.

Neste momento você terá apenas uma visão geral e ilustrada sobre alguns
dos temas que nós trabalharemos ao longo do curso.

As ESTRATÉGIAS dizem respeito a aspectos gerais que estão ligados não só


com o tema da aprendizagem, mas com muitos aspectos essenciais da
nossa própria vida. Se você assumir estas posturas ou comportamentos
estratégicos em vista de uma finalidade intelectual - a aprendizagem,
certamente você alcançará, junto com isto, uma qualidade de vida melhor.

TÉCNICAS de Estudo e Aprendizagem.


TÉCNICAS OU TÁTICAS são procedimentos mais precisos e mais pontuais
que dizem respeito diretamente ao aspecto do estudo. As ESTRATÉGIAS
tem um resultado mais amplo e podem estar relacionadas com outros
aspectos de nossa vida. As TÉCNICAS OU TÁTICAS são as formas de dar
efetividade às ESTRATÉGIAS.

ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS

12
ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS

PROCEDIMENTO 1 - DORMIR BEM, MUITO BEM

13
PROCEDIMENTO 2 - APROVEITAR O TEMPO

PROCEDIMENTO 3 - ESTABELECER METAS DISTINTAS

14
PROCEDIMENTO 4 - NÃO FAZER DO ESTUDO ALGO SEMPRE
URGENTE

PROCEDIMENTO 5 - FAZER UM QUADRO DE HORÁRIO

15
PROCEDIMENTO 6 - EVITAR ESTUDAR DE TARDE

PROCEDIMENTO 7 - HIDRATAR-SE MUITO BEM

16
PROCEDIMENTO 8 - OUVIR MÚSICA BARROCA

PROCEDIMENTO 9 - REPETIR O QUE VOCÊ ESTUDOU, FAZER


REVISÕES DE SUAS LEITURAS

17
PROCEDIMENTO 10: ASSOCIAR SEU ESTUDO A ALGUM TIPO
DE EMOÇÃO POSITIVA

18
RECAPITULANDO

ESTRATÉGIAS E TÁTICAS
PROCEDIMENTO 1 - DORMIR BEM, MUITO BEM
PROCEDIMENTO 2 - APROVEITAR O TEMPO
PROCEDIMENTO 3 - ESTABELECER METAS DISTINTAS
PROCEDIMENTO 4 - NÃO FAZER DO ESTUDO ALGO SEMPRE URGENTE
PROCEDIMENTO 5 - FAZER UM QUADRO DE HORÁRIO
PROCEDIMENTO 6 - EVITAR ESTUDAR DE TARDE
PROCEDIMENTO 7 - HIDRATAR-SE MUITO BEM
PROCEDIMENTO 8 - OUVIR MÚSICA BARROCA
PROCEDIMENTO 9 - REPETIR O QUE VOCÊ ESTUDOU, FAZER REVISÕES
DE SUAS LEITURAS
PROCEDIMENTO 10: ASSOCIAR SEU ESTUDO A ALGUM TIPO DE EMOÇÃO
POSITIVA

Citação:
Responda, aqui mesmo no site, estas perguntas:
1. Quais destes PROCEDIMENTO s você já tem assimilado e realiza sem
nenhum esforço?
2. Você acha possível assimilar todas estas PROCEDIMENTO s? Por quê?

3. Qual delas você acha mais difícil? Por quê?


4. Qual delas você acha que pode surtir mais efeito em você? Por quê?

Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para outro tópico faça


mentalmente uma revisão do que você compreendeu deste tópico.

Para comentar este texto ou responder as perguntas clique em


RESPONDER e faça os seus comentários ou exercícios. Obrigado!

19
Aula 3
A MEMÓRIA
Orientação:
Tempo aproximado: 15 minutos

Conteúdo: texto

Tarefas: Três questões.

Objetivos deste fórum:


1. Melhorar sua capacidade de memorização.
2. Indicar técnicas de memorização
3. Rever os tópicos anteriores, mais relevantes e relacionados com a MEMÓRIA.
Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para outro tópico faça mentalmente uma
revisão do que você compreendeu deste tópico.

Citação:
As TÉCNICAS são ações diárias que devem ser realizadas diretamente no momento de
estudo. As TÉCNICAS são realizadas na hora do estudo. As TÉCNICAS, quando
utilizadas têm efeito IMEDIATO.

As Técnicas relativas às Bases Mentais são as seguintes


1. Relaxamento
2. Concentração
3. Memória
4. Leitura
5. Emoção

Tópicos deste fórum:

Introdução: Memória e Aprendizagem


1. Condições ambientais adequadas
2. Estou com sono? Estou legal para estudar?
3. Relacionar a novidade com algo que você já sabe
4. Fazer anotações
5. Antes de começar, rever a matéria anterior
6. Estudar um pouco e rever, estudar mais um pouco e
rever.
7. Os intervalos: você aprende mais no começo e no fim!
8. Aprofundamento do livro COMO ESTUDAR 1000
DICAS ...
_________________________________________________________________

Introdução: Memória e Aprendizagem


20
Memória e Aprendizagem são duas coisas diferentes. Há pessoas que possuem uma
capacidade de memorizar absolutamente fantástica, mas nem por isso são inteligentes e
competentes.

Há pessoas que conseguem decorar a lista telefônica e sabem o CEP de todas as cidades e
ruas dos Estados Unidos. Há pessoas que decoram centenas de livros. Apesar da memória
absoluta, as pessoas com estas características às vezes vivem com outras debilidades
nitidamente patológicas. Memória não é sinal de inteligência.
Quando eu estava na oitava série o professor de química fez com que toda a sala decorasse
a tabela periódica. 20 anos depois eu ainda sei a tabela periódica decorada. Mas isto não me
serve de nada.

Ainda que memorizar e aprender sejam coisas diferentes, a memória como o


armazenamento de informações e capacidade de recuperar estas informações tem
importância fundamental na vida do estudante e no processo de aprendizagem.

A informação decorada e sem conexão com algo que seja relevante é “decoreba”. É
informação que “ocupa espaço” e que ao mesmo tempo é inútil.

A informação memorizada e que tem valor é aquela informação que está relacionada com
outras coisas que você já sabe.

Tudo que você sabe, tudo que você conhece deve ser uma rede para “aprisionar” outras
informações, para enganchar outros conceitos. Se alguma novidade que você aprender hoje
estiver relacionada com algo que você já sabe, a novidade será armazenada com muito mais
facilidade.

O mais importante é o seguinte: aquilo que você memorizar precisa tornar-se em algo
aprendido. A capacidade de memorizar é um passo para a aprendizagem.

Portanto, assim como dissemos no tópico da CONCENTRAÇÃO, a MEMORIZAÇÃO e a


APRENDIZAGEM são o RESULTADO de tudo que fizemos até agora.

Então vamos às técnicas...


________________________________________________________________

1. Condições ambientais adequadas


Não se esqueça de criar todas as condições ambientais necessárias para favorecer seu
processo de aprendizagem: ambiente agradável... material reunido... já falamos de tudo
isto.
________________________________________________________________

2. Estou com sono? Estou legal para


estudar?
Se você quiser estudar toda a matéria na véspera, estudando de madrugada, 10 horas
seguidas de estudo, à base de guaraná em pó e café... Pode esquecer. Isto não funciona.
você vai se esforçar muito, vai fazer mal para a sua saúde e terá resultados mínimos.
Desperdiçará seu tempo.

Na hora que você for estudar, seu cérebro precisa estar descansado, relaxado, sem sono.
Na hora do estudo faça as seguintes perguntas: Estou legal? Estou sem sono? Estou atento?
“Não dê murro em ponta de faca”. Só comece a estudar quando você estiver em condições
físicas adequadas.

Não dá para nadar e correr de barriga cheia. Não dá para dirigir com sono. Não dá para
dançar com a perna quebrada. NÃO DÁ PARA ESTUDAR COM SONO E CANSADO.

Estudar não é algo que se faça de qualquer jeito.


________________________________________________________________

21
3. Relacionar a novidade com algo que você
já sabe
Pergunte-se: o que eu já sei a respeito disto?
Quando você for estudar a primeira coisa que você precisa ter em mente é uma questão: O
QUE É QUE EU JÁ SEI A RESPEITO DESTE ASSUNTO QUE VOU ESTUDAR AGORA??

Na hora que você começar a estudar se pergunte: o que eu já sei a respeito disto? Anote.

Esta é a grande pergunta... pois tudo que você souber e que esteja relacionado com a
novidade servirá de rede para capturar, magnetizar e sobretudo organizar a nova
informação.

Então a técnica é simples. Basta perguntar-se a si mesmo... o que eu já sei sobre este
assunto? Aquilo que você já souber, será, provavelmente, o gancho para as coisas novas.
________________________________________________________________

4. Fazer anotações
ANOTAR é uma forma de fixar a informação. Mas você está fixando a informação num
pedaço de papel e não no cérebro. Mas já é alguma coisa.

A memória serve para armazenarmos informações e depois recuperá-la. O pedaço de papel


anotado tem a mesma função. Armazenar a informação no papel e depois recuperá-la.

Seja lá o que você tiver que aprender através de aulas, de leituras ou de exercícios, faça
ANOTAÇÕES para facilitar sua fixação e sua assimilação do conteúdo novo.

Na hora do estudo lembre-se dos seguintes pontos:


1. anote a aula
2. anote pontos importantes da leitura
3. anote suas dúvidas.

Para você anotar qualquer coisa em primeiro lugar você precisa ouvir ou ler a informação.
Esta informação será processada pelo seu cérebro, passará pelo seu cérebro e em seguida,
através de suas mãos parassará para o papel. Se você anotou, você garantiu a ocorrência de
um processo completo de ENTRADA (INPUT) E SAÍDA (OUTPUT) da informação. Você
internalizou a informação, ela foi processada pelo seu cérebro e depois você colocou-a no
papel.

Se você conseguiu anotar significa que a informação foi captada pela sua ATENÇÃO.

Fazendo isto impedimos aquela situação ilustrada pela expressão popular ENTROU POR UM
OUVIDO E SAIU PELO OUTRO... como se a informação não tivesse passado pelo cérebro.
Como se entre um ouvido e outro existisse um caminho vazio por onde o vento e o som
passam sem nenhum obstáculo.
________________________________________________________________

5. Antes de começar, rever a matéria


anterior.
Antes de iniciar o estudo de uma nova matéria, dê uma rápida olhada na matéria anterior.
Não adianta ter pressa. Se você fizer uma pequena revisão agora, lá na frente você ganhará
horas de estudo. Se você não fizer a revisão você terá que estudar a matéria antiga como se
fosse matéria totalmente nova.
Em sala de aula é possível verificar como a grande maioria dos alunos não se lembra da
disciplina que foi ministrada na semana anterior. Faz apenas uma semana e ninguém lembra

22
da matéria ensinada. Imagine só quando der um mês. Toda a matéria que já foi ensinada em
sala de aula será considerada matéria nova pelo aluno que já não se lembra de nada.

A técnica aqui é simples... antes de passar para a matéria nova, dê um abreve olhada
naquilo que já foi estudado sobre esta disciplina.

Em sala de aula, antes do professor começar a ensinar, reveja o que ele deu na aula
anterior.
________________________________________________________________

6. Estudar um pouco e rever, estudar mais


um pouco e rever.
Imagine se você ficasse uma semana sem comer. E no domingo à noite você resolvesse
comer toda a comida da semana em apenas algumas horas. Seu estômago não consegue
armazenar e digerir tanta comida.

É exatamente a mesma coisa com o cérebro. Muita gente fica sem estudar um mês. E na
véspera da prova tenta enfiar UM MÊS DE INFORMAÇÕES NO CÉREBRO dentro de apenas
algumas horas. O cérebro não consegue “digerir”, assimilar, fixar toda esta enxurrada de
informações.

As técnicas são simples:


A revisão diária e imediata é o segredo do milagre! Você estudou 50 minutos... estude
mais 10 minutos para rever aquilo que acabou de ser estudado. Revisão é repetição. E
repetição gera fixação.
Faça revisões diárias, mensais e semestrais da matéria. Em 10 minutos você revisa 2
horas de aula ou de leitura. Em uma manhã você revisa a matéria de toda a semana. Faça
revisões nos intervalos de aula, no ônibus, nas filas de banco, nas salas de espera, no
banheiro...

Estudo de caso:
A Associação e as técnicas de memorização

- Olá Professor Rubens. Eu comprei um destes livros de Leitura Dinâmica e Memorização. Isto
pode me ajudar?
- Alcides, este livro não vai atrapalhar. Mas eles não fazem milagres.
- Por quê?
- Estes cursos de memorização ensinam que um dos melhores instrumentos para memorizar
qualquer coisa é a ASSOCIAÇÃO. E eles estão certos.
- Então tudo bem, não é?
- Mais ou menos... E digo mais ou menos porque você vai aprender a associar palavras soltas com
números e letras. Estes cursos ensinam a decorar datas, nomes, listas de palavras. E como eu já
disse o que você precisa fazer é ASSOCIAR um conteúdo já sabido com um conteúdo que precisa
ser aprendido. O conhecimento é relação. Pensar e raciocinar é estabelecer relações.
- Em minha sala de aula, o sujeito que vendeu o livro e que também vendia o curso decorou 30
palavras de trás para frente, de frente para trás... e fez um show.
- Estas técnicas de memorização são boas para algum tipo de concurso de memória ou para
algum show de memória. E certamente podem ajudar o estudante. Mas a questão é a seguinte: a
APRENDIZAGEM EFETIVA não tem como base o tipo de procedimento sugerido por eles de
associação entre palavras e números. Tudo que você aprende sobre Leis, Direito, Jurisprudência
deve estar relacionado entre si, com a sua experiência e com seus interesses; e não com números
e palavras soltas sem conexão alguma. De que adianta saber 30 palavras soltas de trás para
frente?
- Então estes cursos não adiantam nada?
- Não foi isto que eu disse. Se você tiver que estudar matemática, como é que você vai usar
aquilo. Estudando matemática você precisa entender as fórmulas, interpretar os problemas e
resolver exercícios repetidamente. Pode até ser que estas técncias ajudem decorar uma ou outra

23
fórmula, mas não será muito mais do que isto.
- E a leitura dinâmica?
- Sobre a leitura dinâmica que vem neste pacote de cursos falaremos mais adiante no tópico sobre
a leitura. Minha sugestão... já que você comprou o livro é que você o leia. E utilize-o o mais que
puder. Mas fique atento, pois a base da aprendizagem não está sobre aqueles fundamentos.
- Está bem.
- Os procedimentos que estamos ensinando aqui não têm nada de miraculosos e mágicos. São
procedimentos óbvios, sensatos e que devem ser seguidos com regularidade.
- Mas o senhor disse que a revisão faz milagres!
- É o jeito de afirmar que a REVISÃO da matéria é uma das ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS
MAIS IMPORTANTES E EFICAZES. E se você fizer as revisões tal como estamos sugerindo, você
certamente perceberá seus resultados crescerem.

________________________________________________________________

7. Os intervalos: você aprende mais no


começo e no fim!
Esquema 1 - 30 minutos de estudo + 10 minutos de intervalo + 20 minutos de estudo
Esquema 2 – 60 minutos de estudo.

Qual destes dois esquemas de estudo é o melhor? O esquema 1 ou o esquema 2?


Sem dúvida alguma é o ESQUEMA 1. Depois do intervalo você aproveitará muito melhor os
20 minutos restantes. Sem o intervalo seu aproveitamento vai caindo.

Em estudos e experiências sobre a memória é facilmente detectável que as informações


fixadas com mais eficácia são aquelas apresentadas no início da aula e no fim da aula. São
aquelas lidas no começo do texto e no fim do texto. As informações que ficam no meio, elas
ficam meio embaralhadas e se perdem com mais facilidade.

Se você estuda 60 minutos direto, você fixará com mais facilidade o conteúdo estudado no
começo e no fim do período ( nos 15 primeiros minutos e nos quinze minutos finais).

Se você faz uma interrupção, você aproveita mais o início e o fim do primeiro período.
Depois você volta mais disposto, mais descansado e aproveita melhor o início do segundo
período de estudo e o fim do segundo perídodo.

Quando você faz estes pequenos intervalos você não está perdendo tempo. você está dando
tempo para o seu cérebro “digerir”, processar a informação com mais tranquilidade e mais
eficácia.
________________________________________________________________

8. Aprofundamento do livro COMO


ESTUDAR 1000 DICAS ...
Orientação:
A compreensão é fundamental para a fixação. É muito difícil fixar a matéria sem
compreendê-la. Fixação sem compreensão é “decoreba”. A aprendizagem (fixação) depende da
compreensão. E para facilitar a fixação é importante que se faça a revisão.

Dormir bem é essencial para a memória. Você precisa dormir o tempo necessário. Nunca
diminua seu tempo de sono para estudar mais. Se você estiver descansado você irá aprender
com mais rapidez.

Os exercícios físicos melhoram a sua capacidade de memorizar.

24
Não tome “remédios” para melhorar sua memória. Para melhorar a memorização é
necessário estudar devagar e sem pressa. Para melhorar a memorização é necessário
compreender a matéria estudada. Para melhorar a memorização é necessário fazer revisões da
matéria estudada.

Os famosos cursos de memorização não adiantam quase nada. Nestes cursos você
aprende a memorizar números de telefone, datas e outras coisas mais que se encontram nas
listas telefônicas e nos livros de história. Você precisa compreender a matéria e não decorá-la com
mais facilidade. Noventa por cento das pessoas que fazem estes cursos saem desapontadas.

Faça associações com os temas estudados. A memória cresce à medida que você faz
ganchos com outras informações. A recuperação dos dados se faz através de reconstrução e não
de reprodução. Com bons “ganchos” você conseguirá resgatar e reconstruir tudo que você quiser.

É mais fácil memorizar se houver algum tipo de elemento emocional associado ao


conteúdo armazenado que deverá ser recuperado. O conteúdo associado a uma emoção é mais
facilmente armazenado e recuperado. Faça anotações coloridas, com canetas coloridas, lápis
coloridos nos textos que forem de sua propriedade. Faça gráficos coloridos em forma de
organograma, ou em forma de teia de aranha.

Estude ouvindo música barroca. A música barroca ajuda você a entrar na freqüência
adequada para o estudo. Você associará a emoção causada pela música à matéria estudada. Se
você relembrar a emoção ou a música, você terá facilidade para “puxar” a informação
memorizada.

Perceba a importância do assunto estudado. A memória é seletiva. Seu cérebro só guarda o


que ele considera importante. Durante o sono ele fará a triagem. Se enquanto você estuda, nada
lhe parece importante, tudo que você estudou será descartado. Após uma hora de leitura você
esquece 56% do que estudou. Após nove horas você esquece mais 8%. Após dois dias você
esquece mais 6%. Após um mês você esquece mais 7%.

Estude fazendo intervalos. Não estude mais do que uma hora seguida. Você se lembra com
mais facilidade do início e do fim da matéria estudada. Faça intervalos de 5 a 15 minutos.

=========================================================
===

RECAPITULANDO
Tópicos deste fórum:
Introdução: Introdução: Memória e Aprendizagem
1. Condições ambientais adequadas
2. Estou com sono? Estou legal para estudar?
3. Relacionar a novidade com algo que você já sabe
4. Fazer anotações
5. Antes de começar, rever a matéria anterior
6. Estudar um pouco e rever, estudar mais um pouco e rever.
7. Os intervalos: você aprende mais no começo e no fim!
8. Aprofundamento do livro COMO ESTUDAR 1000 DICAS ...

_________________________________________________________________

Exercício:

25
1. Responda neste fórum quais as áreas nas quais você tem mais facilidade para aprender.
2. Se você acha que tem dificuldades para memorizar, onde você acha que pode estar a sua
dificuldade.

Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para outro


tópico faça mentalmente uma revisão do que você
compreendeu deste tópico.
Para comentar este texto ou responder as perguntas clique em RESPONDER e faça os seus
comentários ou exercícios. Obrigado!

Não se esqueça de fazer a avaliação deste tópico.


Desta forma você poderá ajudar no aprimoramento deste nosso curso
e com isto ajudar outros colegas!

Para INDICAR este tópico para algum amigo,


pressione o botão INDICAR e envie este conteúdo para quem desejar

26
AULA 4
A organização do tempo

Orientação:
Tempo aproximado: 15 minutos

Conteúdo: texto

Tarefas: Três questões.


Objetivos deste fórum:
1. Aprender a aproveitar o TEMPO CURTO, o TEMPO IMEDIATO, o TEMPO DE ESTUDO.

Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para outro tópico faça mentalmente uma
revisão do que você compreendeu deste tópico.

Tópicos deste fórum:

RESUMO
1. Os tipos de tempo: longo, médio e CURTO/CURTÍSSIMO
2. O horário de estudo
3. Os locais de estudo

_________________________________________________________________

RESUMO

O horário é um mapa que determina, previamente, 4 decisões importantes:


1. QUANDO você vai estudar
2. O QUE você vai estudar.
3. ONDE você vai estudar
4. QUANTO tempo você vai estudar

Faça um horário que sempre contenha o tempo de estudo, os intervalos e as


revisões. Coloque um tempo dedicado à revisão do dia e um tempo dedicado à
revisão da semana.

Neste horário é necessário que haja tempo para o exercício físico.

Você precisa descobrir qual é seu melhor horário de estudo.

Evite estudar entre as 14h e as 17h.

Se o sono chegar durante seu horário de estudo.Não fique lutando contra o sono.
Se você conseguir cochile um pouco. Ou levante-se, faça um alongamento,
espreguice-se, tome água. Faça uma caminhada rápida pela casa e retorne ao
estudo.

Evite estudar durante as madrugadas.

Sempre faça a revisão da matéria estudada no mesmo período de estudo.

27
Durante seu tempo de estudo você deverá...
1. Fazer as leituras exigidas e necessárias.
2. Sempre fazer anotações e esquemas.
3. Fazer exercícios de fixação do tipo questionário ou exercícios de raciocínio
(matemáticos, testes, múltipla escolha).

Reserve um horário para fazer baterias de exercícios.


________________________________________________________________

1. Os tipos de tempo: longo, médio e


CURTO/CURTÍSSIMO
Já falamos sobre o TEMPO LONGO E O TEMPO MÉDIO. Ou em outros termos falamos de
LONGO PRAZO E MÉDIO PRAZO.

O tempo longo diz respeito às ESTRATÉGIAS de estudo e aprendizagem.

O tempo médio diz respeito às TÁTICAS de estudo e de aprendizagem.

O tempo CURTO OU CURTÍSSIMO diz respeito ao tempo que você precisa efetivamente
estudar. É o tempo que você gasta estudando.

Também já falamos que a orientação do LONGO PRAZO, ou do TEMPO LONGO é feita com
uma BÚSSOLA! Porque a bússola indica onde queremos chegar no longo prazo. Aqui estamos
falando das metas de nossas vidas.

A orientação do MÉDIO PRAZO ou do TEMPO MÉDIO é feita com o calendário. Através do


calendário estabelecemos certos objetivos a serem alcançados dentro de um ano, um
semestre, alguns meses.

Também já falamos sobre a elaboração de um horário. Elaborar o horário é TÁTICO. Cumprir


o horário é TÉCNICO. Portanto, a orientação do CURTO PRAZO ou do TEMPO CURTO é feita
com um horário de estudo diário e semanal.
________________________________________________________________

2. O horário de estudo
O horário de estudo é um instrumento extremamente necessário e fundamental para quem
precisa estudar muitas disciplinas durante alguns anos. Quem tem um horário de estudo não
se perde na organização do seu tempo. É absolutamente necessário que você gaste algumas
horas planejando e desenhando o seu horário de estudo. Faça um horário de estudo e
cumpra este horário. O horário é um mapa que determina, previamente, 4 decisões
importantes:
1. QUANDO você vai estudar
2. O QUE você vai estudar.
3. ONDE você vai estudar
4. QUANTO tempo você vai estudar

O horário indica que, HOJE você vai estudar ÀS 14h, PORTUGUÊS, NA SUA CASA, durante 50
MINUTOS. Quem não tem horário de estudo precisa decidir a todo momento, “se vai
estudar”, “quando vai estudar”, “onde vai estudar” e “por quanto tempo”.
Portanto o horário é uma ferramenta que ajuda o estudante a não se desgastar
emocionalmente com todas estas decisões na hora do estudo.

Quem é determinado, faz um bom horário que servirá de orientação pelo menos para um
semestre, ou até mesmo para um ano inteiro.

O Horário faz com que você sempre saiba QUANDO você deve estudar, O QUE você deve
estudar, QUANTO você deve estudar. O horário é a melhor estratégia contra o desperdício de
tempo. Se você montar um horário de estudo você não irá desperdiçar tanto tempo.

28
Para montar um bom horário de estudo primeiro você tem que tomar consciência de como
você ocupa o seu tempo ao longo da semana. Faça um horário bastante minucioso. Faça
uma coluna que se inicie com o seu horário de acordar. Faça uma coluna com intervalos de
15 minutos. Preencha este horário com todas as suas atividades diárias.

Depois você deve fazer um horário dedicado exclusivamenteo ao tempo de estudo. Faça um
horário que conste apenas os seus momentos de estudo.
Faça um horário que sempre contenha o tempo de estudo, os intervalos e as revisões.
Coloque um tempo dedicado à revisão do dia e um tempo dedicado à revisão da semana.

Neste horário é necessário que haja tempo para o exercício físico.


O exercício físico diz respeito às TÁTICAS mas também deve estar contemplado neste
horário. Lembre-se que o exercício físico deve ser feito sempre sob orientação médica. O
exercício físico deve ser feito pelo menos três vezes por semana. E deve ter uma duração de
pelo menos 45 minutos.

Você precisa descobrir qual é seu melhor horário de estudo, em qual horário você rende
mais? De manhã? De tarde? À noite? No seu melhor horário de estudo você deve estudar as
matérias mais difíceis, mais chatas, ou as matérias que você gosta menos. No seu pior
horário de estudo você deve estudar as matérias mais fáceis, mais simpáticas, ou as
matérias das quais você mais gosta.

Para a maioria das pessoas o período da manhã é o melhor horário para estudar. Em geral, a
maioria das pessoas tem um aproveitamento melhor quando consegue estudar de manhã.
Faça dois períodos de uma hora ou três períodos de 50 minutos. Sempre coloque um
intervalo de 5 a 10 minutos entre um período e outro.

Orientação:
O MAIS IMPORTANTE DE TUDO é que, quando der a hora e o minuto de você começar a
estudar... você comece a estudar. Para quem não esta acostumado, no começo é mais
complicado... mas aos poucos você vai entrando no ritmo. O mais importante é começar
na hora. Quando faltar dez minutos para acabar o horário de estudo você deve fazer a
revisão do que foi estudado.

Então lembre-se, o seu horário de estudo é um COMPROMISSO, com hora marcada com
vocÊ e com o seu futuro. E através do seu horário você já pré- definiu

1. QUANDO você vai estudar


2. O QUE você vai estudar.
3. ONDE você vai estudar
4. QUANTO tempo você vai estudar

Não é complicado.

O que você deve estudar de manhã. Pela manhã estude as matérias mais difíceis. Aproveite
para estudar as matérias com as quais você tem mais dificuldades. A intensidade da
retenção de conteúdos durante o período da manhã é bastante alta. O período da tarde é o
pior horário para o estudo.

Após as 14h as pessoas começam a ser fulminadas por um sono terrível, que às vezes dura
até 17h. Este horário é péssimo para o estudo. E o rendimento é muito baixo. Evite estudar
neste período.

Estudo de caso:
O horário do Alcides

29
- Então Alcides, você está conseguindo cumprir o seu horário?
- Bem, Prof. Rubens, em primeiro lugar, eu segui suas orientações sobre a elaboração do
meu horário. Eu coloquei no horário tudo que eu faço ao longo da semana. Foi uma
espécie de RAIO X da minha semana. E então eu verifiquei que de fato eu desperdiço um
bocado de tempo. Em seguida fiz um horário dedicado apenas ao estudo.
- Foi difícil?
- Não, não foi difícil fazer o horário. Eu gastei quase duas horas fazendoo meu horário. E
depoois que comecei ausá-lo eu tive uma sensação de bem estar impressionante. Poios
todas as vezes que eu sentava para estudar eu já sabia o que fazer.
- Esta é a grande vantagem. Algumas pessoas decidem que vão estudar agora. Elas têm
duas horas para estudar. Mas elas também têm tanta matéria para estudar que elas nem
sabem por onde começar. Só de pensar em tudo que precisam estudar ficam com
vertigem, tontura, e completamente perdidas... e aí desanimam. Então o horário bem
feito dá para a pessoa a segurança de que ao longo da semana ela vai estudar tudo que
precisa ser estudado. Aquele que não tem o horário fica perdido. O estudante pode ter
até boa vontade, ser esforçado, mas ele fica perdido, desorientado, confuso. E esta
desorientação é desalentadora, é desanimadora. Aquele que não sabe por onde começar
desanima e desiste.
- De fato, eu senti isto na pele. O horário é um mapa que me mostra o caminho. E se eu
não cumprir o horário de estudo eu sei que saí um pouco fora da rota, e logo depois
consigo retornar para o caminho.
- Então Alcides você percebeu que o horário além de ser um instrumento organizacional
eficiente ele também tem um efeito PSICOLÓGICO POSITIVO. Parabéns. Eu já falei que
você está no caminho certo.

Reserve o período da tarde para atividades mais dinâmicas.


Faça suas tarefas no período da tarde: banco, visitas, pagamentos, médicos, dentistas,
passeios e outras tarefas mais. Faça algum tipo de exercício físico neste horário da tarde.
Estude em grupo no período da tarde.

Como ocupar o período da tarde com o estudo. Se você só pode estudar de tarde, comece
estudar logo após o almoço. Antes que o sono chegue, aproveite para estudar uma matéria
mais difícil. Depois que o sono chegar estude matérias mais fáceis ou uma matéria que você
goste mais.

Se o sono chegar durante seu horário de estudo. Algumas pessoas conseguem cochilar
poucos minutos e acordarem sem sono algum. Se você consegue fazer isto, faça. É melhor
perder 5 ou 10 minutos cochilando, do que pensar que estudou uma hora, quando na
verdade você gastou todo seu tempo lutando contra o sono e “pescando” em cima dos livros
e dos cadernos.
Não fique lutando contra o sono. Levante-se, faça um alongamento, espreguice-se, tome
água. Faça uma caminhada rápida pela casa e retorne ao estudo.

O período da noite é um horário bom para você estudar. Durante a noite, até as 22h ou no
máximo 23h, também é possível ter um bom aproveitamento de estudo. Estude dois ou três
períodos com no máximo 50 minutos cada um.
E não se esqueça dos intervalos de 5 a 10 minutos entre um período e outro.

Evite estudar durante as madrugadas. A retenção da matéria estudada durante uma


madrugada de véspera de prova é muito baixa. Você pode conseguir uma nota boa, mas
depois da prova você não se lembrará de quase nada.
A aprendizagem durante longos períodos noturnos (madrugadas) é uma aprendizagem de
baixa intensidade e de curta duração: tempo perdido.

Sempre faça a revisão da matéria estudada no mesmo período de estudo. Sempre termine
seu horário de estudo fazendo uma revisão de toda a matéria estudada naquela manhã.
Nunca termine a manhã de estudo sem fazer uma rápida revisão de tudo que foi estudado.
Se você estudou duas ou três horas, em 15 minutos você consegue revisar a matéria mais

30
importante.

A Revisão da semana de estudo deve estar no seu horário. Reserve um período de estudo
(uma manhã, uma tarde ou uma noite), ou algumas horas para REVISAR a matéria estudada
durante a semana. Nunca comece outra semana de estudo sem ter feito a revisão da
semana anterior. Este procedimento ajuda na fixação da matéria, faz com que você ganhe
tempo na véspera da prova e faz com que você fixe a matéria para sempre.

Jamais desrespeite seu horário de estudo. Aprenda a cumprir todas as determinações do seu
horário de estudo. No começo é um pouco mais difícil.
Com um pouco de disciplina você deixará de ter as dificuldades iniciais e terá um ganho
bastante significativo no seu desempenho escolar.

Durante seu tempo de estudo você deverá...


1. Fazer as leituras exigidas e necessárias.
2. Sempre fazer anotações e esquemas.
3. Fazer exercícios de fixação do tipo questionário ou exercícios de raciocínio (matemáticos,
testes, múltipla escolha).

Reserve um horário para fazer baterias de exercícios. Sempre tenha horários para fazer
exercícios de múltipla escolha, provas de concursos, etc... Estes exercícios devem ter
respostas para que possam ser corrigidos por você mesmo. Anote seus resultados e dê nota
para você mesmo. Com isto você poderá perceber seu avanço.

________________________________________________________________

3. Os locais de estudo
Tempo e espaço são duas coisas que sempre estão entrelaçadas. O seu horário deve prever
não só o horário de estudo, mas onde você vai estar neste horário de estudo.
Quando você marca um compromisso, você marca hora e local. Pois aqui é a mesma coisa.
Você tem que saber que às 19h30 da segunda-feira você estudará, uma certa disciplina,
num determinado lugar. E como já foi dito várias vezes, é importante que este local de
estudo seja, na maioria das vezes, o mesmo local.

Nada impede que você estude numa fila de banco. Todavia a fila de banco e a sala de espera
é um lugar difícil para você fazer anotações do que você está lendo.
Portanto locais como filas de banco e salas de espera onde se desperdiça muito tempo, o
ideal é que você releia suas anotações. Faça revisões daquilo que já foi estudado.

Se você freqüenta filas de banco, salas de espera, ônibus, diariamente, aproveite estes
lugares sobretudo para fazer a revisão da matéria estudada. Esta revisão pode ser feita
através da leitura de suas anotações ou através da audição de aulas gavadas.

Estudo de caso:
A viagem para o trabalho

Durante vários anos eu viajava diariamente para o trabalho. Às vezes eu viajava de VAN,
com vários outros alunos e às vezes eu viajava no meu carro. Na Van eu sempre levava
um pequeno walkman ou um aparelho de MP3 e ao longo de uma hora e meia eu ouvia
lições de línguas – francês e inglês. Às vezes era uma hora e meia para ir e um ahora e
meia para voltar. Enquanto todo mundo viajava dormindo ou conversando eu viajava
estudando.

31
RESUMO

O horário é um mapa que determina, previamente, 4


decisões importantes:
1. QUANDO você vai estudar
2. O QUE você vai estudar.
3. ONDE você vai estudar
4. QUANTO tempo você vai estudar

Faça um horário que sempre contenha o tempo de estudo, os intervalos e as revisões.


Coloque um tempo dedicado à revisão do dia e um tempo dedicado à revisão da semana.

Neste horário é necessário que haja tempo para o exercício físico.

Você precisa descobrir qual é seu melhor horário de estudo.

Evite estudar entre as 14h e as 17h.

Se o sono chegar durante seu horário de estudo.Não fique lutando contra o sono. Se você
conseguir cochile um pouco. Ou levante-se, faça um alongamento, espreguice-se, tome
água. Faça uma caminhada rápida pela casa e retorne ao estudo.

Evite estudar durante as madrugadas.

Sempre faça a revisão da matéria estudada no mesmo período de estudo.

Durante seu tempo de estudo você deverá...


1. Fazer as leituras exigidas e necessárias.
2. Sempre fazer anotações e esquemas.
3. Fazer exercícios de fixação do tipo questionário ou exercícios de raciocínio (matemáticos,
testes, múltipla escolha).

Reserve um horário para fazer baterias de exercícios.


________________________________________________________________

RECAPITULANDO

RESUMO
1. Os tipos de tempo: longo, médio e CURTO / CURTÍSSIMO
2. O horário de estudo
3. Os locais de estudo
RESUMO

Exercício:
Estas questões são muito diretas e simples:
1. Você fez o seu horário de estudo?
2. Você tem conseguido cumprir seu horário de estudo?
3. Você ainda tem alguma dificuldade para cumprir seu horário?

32
Revisão: Antes de encerrar a atividade e passar para
outro tópico faça mentalmente uma revisão do que
você compreendeu deste tópico.
Para comentar este texto ou responder as perguntas clique em RESPONDER e faça os
seus comentários ou exercícios. Obrigado!

Não se esqueça de fazer a avaliação deste tópico.


Desta forma você poderá ajudar no aprimoramento deste nosso curso
e com isto ajudar outros colegas!

Para INDICAR este tópico para algum amigo,


pressione o botão INDICAR e envie este conteúdo para quem desejar

33
PARTE II
A Estrutura do Projeto Estuda Brasil
Reproduziremos aqui todas as opções de resposta do PROJETO ESTUDA BRASIL. Mas o que
você precisa fazer mesmo é analisar seus próprios métodos de estudo e verificar como será
possível melhorar e ler todos os comentários feitos para cada uma de suas respostas.

Para participar você deve responder as perguntas da pesquisa e indicar o e-mail de


pelo menos três colegas que serão convidados para participar do PEB respondendo
as mesmas questões. Nesta pesquisa investigamos os hábitos de estudos de
pessoas que precisam aprender através do estudo. Após o preenchimento dos
questionários o aluno recebe seu diagnóstico e orientações detalhadas sobre como
melhorar seu desempenho intelectual a partir da organização e da aquisição de
ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS AVANÇADAS DE ESTUDO. Você ficará
surpreso com a qualidade e a precisão deste questionário. Nossa meta é alcançar 1
milhão de questionários respondidos. Ajude-nos a alcançar nossa meta.

Para fazer o questionário entre aqui

http://www.comoestudar.com.br/enquete.php

A. MOTIVAÇÃO PELA APRENDIZAGEM E PELO ESTUDO


B. ORGANIZAÇÃO DO TEMPO DE ESTUDO.
C. USO DE TECNOLOGIAS
D. APROVEITAMENTO DA AULA
E. RESULTADOS DO MEU PROCESSO DE APRENDIZAGEM
F. APROVEITAMENTO E OTIMIZAÇÃO DA LEITURA
G. ESTUDO INDIVIDUAL EM CASA
H. PREPARAÇÃO DAS AVALIAÇÕES
I. TIPOS DE LEITURA
J. ANOTAÇÕES DA MATÉRIA E LEITURAS.
K. PLANEJAMENTO DO ESTUDO
L. ESTUDO EM GRUPO
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

MOTIVAÇÃO PELA APRENDIZAGEM E PELO ESTUDO


1. Gosto de estudar e sinto prazer quando estou estudando.
2. Estabeleço metas de estudo para o longo prazo e me sinto motivado para alcançá-las.
ESTE TÓPICO É MUITO IMPORTANTE
3. Estabeleço metas de estudo para o médio e curto prazos e me sinto motivado para
alcançá-las
4. Sei da importância dos meus estudos para o meu sucesso profissional
5. Sei que meus estudos me trarão benefícios de curto, médio e longo prazo.
6. Os desafios de aprender coisas novas e difícieis me estimulam e me motivam
7. O que me motiva são fatores internos, colocados como metas por mim mesmo.
8. O ambiente em que eu vivo (família, trabalho e amigos) estimula a minha aprendizagem.
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

34
ORGANIZAÇÃO DO TEMPO DE ESTUDO.
9. DURANTE A SEMANA, EU ESTUDO: de 10h a 14h (=SEMPRE); entre 8h e 10h
(=FREQUENTEMENTE); entre 5h e 7h (=ALGUMAS VEZES; entre 1h e 4h (=POUCAS VEZES);
só estudo em véspera de prova (=NUNCA)
10. Distribuo o tempo de acordo com as facilidades e dificuldades que encontro em cada
disciplina. ESTE ITEM É MUITO IMPORTANTE.
11. Faço horários longos para estudar e revisar a matéria
12. Faço horários curtos para estudar e revisar a matéria.
13. Sei quando e como fazer pequenos intervalos para descansar física e mentalmente.
14. Reservo períodos, durante a semana, para fazer atividade física.
15. Consigo aproveitar ao máximo os períodos que tenho reservado para o estudo, sem
desperdiçá-los. ESTE TÓPICO É MUITO IMPORTANTE.
16. Consigo reservar períodos para descansar e desfrutar de momentos bons de lazer e
entretenimento
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

USO DE TECNOLOGIAS
17. Uso o computador para a redação e elaboração de trabalhos acadêmicos. Este tópico é
muito importante.
18. Uso o computador para a realização de pesquisas
19. Discuto a matéria abordada em sala, trocando e-mails com os colegas, ou através do
ORKUT, ou MSN.
20. Transfiro para o computador as anotações feitas em sala de aula e as anotações do
estudo individual.
21. Faço cursos através de vídeos e áudios
22. Freqüento e participo de grupos de discussão de minha área acadêmica e profissional
23. Freqüento sites de pesquisa científica como a Biblioteca Nacional, SCIELLO e outros
específicos da minha área.
24. Freqüento cursos à distância, via Internet.
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

APROVEITAMENTO DA AULA
25. Presto atenção às explicações durante a aula.
26. Participo da aula e faço perguntas quando não entendo alguma coisa
27. Anoto as explicações do professor e volto a ler as anotações ainda que não seja para
estudar para a prova
28. Passo a limpo e organizo minhas anotações sem deixar a matéria ficar atrasada e
acumulada
29. Evito as distrações de todos os tipos em sala de aula
30. Leio os textos que o professor indica como leitura complementar
31. Chego na sala com a aula preparada e leio com antecedência o que será apresentado
pelo professor
32. Sou freqüente às aulas e geralmente não perco aulas
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

RESULTADOS DO MEU PROCESSO DE APRENDIZAGEM


33. Entendo bem o que leio e escuto.
34. Tenho facilidade para recordar.
35. Posso resumir facilmente uma palestra um ou dois dias depois de tê-la ouvido.
36. Tenho estratégias para memorizar melhor.
37. Consigo lembrar do que estudei, mesmo se estiver preocupado ou nervoso.
38. Depois de ler atentamente uma questão, consigo escrever suas idéias fundamentais.
39. Utilizo esquemas e gráficos para compreender e memorizar. PROCEDIMENTO MUITO
IMPORTANTE.
40. Utilizo gravações para memorizar os temas mais difíceis para mim.
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

35
APROVEITAMENTO E OTIMIZAÇÃO DA LEITURA
41. Nos últimos 12 meses eu li ... mais de 20 livros (=SEMPRE); entre 8 e 20 livros
(=FREQUENTEMENTE); entre 4 e 7 livros (=ALGUMAS VEZES); entre 1 e 3 livros (=POUCAS
VEZES); nenhum livro (=NUNCA)
42. Tenho o hábito de ler a orelha do livro, a contracapa, a apresentação e o índice
43. Consigo ter uma visão geral do livro depois de olhar o índice, ver a apresentação, a
conclusão, a orelha do livro, a contracapa, etc
44. Se não compreendo algo depois de várias tentativas destaco-o para perguntar mais
tarde.
45. Sublinho, faço anotações, indicações na margem do livro, desenhos e utilizo símbolos
quando leio
46. Tento relacionar o conteúdo da leitura com o que já sei. PROCEDIMENTO MUITO
IMPORTANTE
47. Faço um roteiro, ou um resumo, ou tomo notas de cada texto que leio
48. Faço perguntas a mim mesmo a respeito do que li e estudei
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

ESTUDO INDIVIDUAL EM CASA


49. Em casa, eu estudo SEMPRE no mesmo lugar
50. O cômodo em que estudo (ou meu local de estudo) é confortável, limpo e organizado.
51. Estudo num local silencioso.
52. Em casa eu consigo estipular um horário mínimo para estudar.
53. Em casa, eu consigo estudar por períodos longos
54. Em casa, tenho o material necessário para estudar a maioria das disciplinas
55. Em casa, tenho um lugar para guardar de forma organizada todo meu material de estudo

56. As pessoas que moram comigo respeitam meu tempo de estudo e não me incomodam
enquanto estou estudando.
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

PREPARAÇÃO DAS AVALIAÇÕES


57. Mantenho todas as matérias em dia desde o início do período escolar.
58. Faço revisões diárias e semanais da matéria dada em sala de aula.
59. Verifico, através de exercícios, se o que estudei foi bem aprendido e bem memorizado.
60. Reviso minhas anotações de sala de aula, tentando simular as perguntas de uma
possível avaliação.
61. Preparo-me para as avaliações com pelo menos duas semanas de antecedência.
62. Para estudar utilizo as anotações que eu mesmo fiz em sala de aula.
63. Faço resumos, esquemas ou anotações da leitura que será avaliada
64. Durante a preparação das avaliações e durante as avaliações me sinto seguro, tranquilo
e confiante
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

TIPOS DE LEITURA
65. Leio jornais diariamente (jornal impresso ou pela internet).
66. Leio revistas semanais de notícias gerais etc
67. Leio livros indicados pelos professores
68. Leio livros de minha área acadêmica, e de minhas áreas de interesse independentemente
da indicação dos professores. PROCEDIMENTO MUITO IMPORTANTE.
69. Leio artigos científicos de minha área de formação
70. Leio livros de literatura clássica: poesia, romance, história, arte, etc e de áreas
diferentes das minhas áreas de interesse e de formação
71. Leio livros indicados por colegas
72. Consigo ler em outro idioma
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

36
ANOTAÇÕES DA MATÉRIA E LEITURAS.
73. Anoto o conteúdo apresentado pelo professor em sala de aula.
74. Uso cadernos ou fichários para fazer as anotações
75. Gravo as aulas e ouço-as com freqüência
76. Estudo a partir das anotações que fiz.
77. Faço resumos, esquemas ou fichamento das leituras que realizo
78. O uso de minhas anotações é suficiente para a preparação das avaliações
79. Minhas anotações são bem feitas e não tenho dificuldades em compreendê-las na hora
de estudar
80. Meus colegas usam minhas anotações para estudar
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

PLANEJAMENTO DO ESTUDO
81. Tenho clareza a respeito de minhas metas profissionais de longo prazo
82. Elaboro um plano geral de estudos para organizar minha aprendizagem ao longo do
semestre ou ao longo do ano
83. Elaboro um plano de estudo para cada disciplina
84. Elaboro e cumpro um horário de estudos para ser utilizado ao longo da semana
85. Elaboro e cumpro um horário diário de estudos. PROCEDIMENTO MUITO IMPORTANTE.
86. Consigo cumprir meu calendário, e meus horários semanais e diários de estudo.
PROCEDIMENTO MUITO IMPORTANTE.
87. Meus parentes e amigos sabem quais são minhas metas de estudo e me ajudam a
cumpri-las no meu horário.
88. Sou organizado o suficiente para impedir que certas circunstâncias me impeçam de
estudar
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

ESTUDO EM GRUPO
89. Eu estudo em grupo
90. Eu participo ativamente das discussões do grupo. PROCEDIMENTO MUITO IMPORTANTE.
91. Eu ensino os colegas do grupo
92. Eu vou para o estudo em grupo com leituras prévias, perguntas, esquemas de aula
93. Eu aprendo no grupo e o estudo em grupo facilita meu estudo individual
94. No grupo resolvemos exercícios e/ou lemos textos juntos de forma muito proveitosa
95. No grupo há partilha de aprendizagem, sobre o estudo e sobre aspectos profissionais.
96. No grupo todos participam ensinando e partilhando o conhecimento individual
Clique aqui para participar:
http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

Orientação:
Ao todo você responderá 96 questões e receberá como resultado um
diagnóstico com 3 níveis distintos resultados.

PRIMEIRO NÍVEL - Um resultado geral com uma pontuação variável entre 96 pontos e
480 pontos e uma classificação em quatro faixas de desempenho. O Futuro do Brasil está
na Educação e nas nossas mãos. PARTICIPE do Projeto ESTUDA BRASIL.

SEGUNDO NÍVEL - O segundo resultado avalia cada um dos 12 assuntos com uma
pontuação variável de 8 a 40 pontos. Neste segundo resultado você receberá 12
diagnósticos diferentes: um diagnóstico para cada um dos doze grupos de questões. Os
diagnósticos variam em quatro faixas de desempenho, em função da sua pontuação. O
Futuro do Brasil está na Educação e nas nossas mãos. PARTICIPE do Projeto ESTUDA
BRASIL.

37
TERCEIRO NÍVEL - O terceiro resultado avalia CADA UMA DAS RESPOSTAS, com uma
pontuação variável de 1 a 5 pontos. Neste terceiro nível há um comentário específico
para cada alternativa escolhida por você. Você receberá 96 comentários diferentes: um
para cada questão respondida. O Futuro do Brasil está na Educação e nas nossas mãos.
PARTICIPE do Projeto ESTUDA BRASIL.

Todos os que responderem ao questionário receberam mais de 20 páginas de


comentários sobre a forma como cada um estuda.

Conheça o PROJETO ESTUDA BRASIL e

- Analise gratuitamente os seus HÁBITOS DE ESTUDO


http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

– O que é o Projeto Estuda Brasil


http://www.comoestudar.com.br/viewtopic.php?t=202

– Detalhes do Projeto Estuda Brasil


http://www.comoestudar.com.br/viewtopic.php?t=201

38
PARTE III
Trechos do livro COMO ESTUDAR – 1000 DICAS...

No livro, as dicas estão distribuídas por assuntos. Nas 300 primeiras dicas, que
estão reproduzidas aqui você terá os seguintes assuntos:

- DEZ motivos excelentes para você estudar mais.


a. Dicas iniciais sobre a organização do estudo
b. Dicas sobre o local de estudo
c. Dicas sobre a organização do material de estudo
d. Dicas sobre ergonomia
f. Dicas sobre o sono do estudante
g. Dicas sobre o tempo de estudo
h. Dicas sobre o estabelecimento de metas
i. Dicas sobre a memória
j. Dicas sobre o horário de estudo

39
DEZ MOTIVOS EXCELENTES
PARA VOCÊ ESTUDAR MAIS

MOTIVO 1: ESTUDO = EMPREGO.


Para cada 100 pessoas desempregadas 9 estudaram até a 6ª série
Para cada 100 pessoas desempregadas 2 acabaram a faculdade (15 anos de estudo).
Para cada 100 pessoas desempregadas apenas UMA tem pós-graduação (17 anos
de estudo). Se você acabar a faculdade e fizer imediatamente um curso de pós-
graduação, a possibilidade de você ficar desempregado é quase ZERO.

MOTIVO 2: ESTUDO = BOM SALÁRIO


Quem estuda mais, ganha mais.
As pessoas desempregadas são na sua grande maioria pessoas sem qualificação
profissional e intelectual.
Em função disto você precisará fazer cursos de MBA, especialização, mestrado,
doutorado... e para cada nível alcançado seu salário aumentará mais um pouco.

Motivo 3: A cada dia que passa, maior é a


sua expectativa de vida.
A cada dia que passa a população brasileira e a população mundial envelhecem
mais. Lembre-se: você também está envelhecendo.
O homem vive quase três vezes mais do que vivia há 100 anos atrás. Para quem
ultrapassou o ano 2000 com 30 anos existe uma expectativa de vida de mais 100
anos. 130 ANOS DE VIDA!!
Imagine alguém com 40 anos de vida e sem contato com as novidades que vão
surgindo todos os dias, sem uma formação intelectual permanente e fora do
mercado de trabalho. O que está pessoa fará por mais 90 anos?? Portanto, estudar
é algo que depois que se começa, nunca mais se deve parar, pois com isto você
sempre será empregável.

Motivo 4: Seja empregável e não empregado


A pessoa que estuda e que está bem formada ela se torna uma pessoa
EMPREGÁVEL.
O importante é que sejamos EMPREGÁVEIS, pois isto nos dá condições para
estarmos sermos empregados.
As empresas e as organizações querem empregar pessoas com autonomia
intelectual: pessoas inteligentes, esclarecidas e que tenham condições não só de
resolver problemas, mas de fazer com que eles não apareçam.

Motivo 5: A atividade intelectual provoca e melhora a saúde mental.


As pessoas que possuem uma atividade intelectual regular e permanente têm
menos possibilidades de manifestarem doenças que apresentam sintomas de
degeneração do sistema nervoso.

40
Pessoas que vêem muita televisão são mais propensas à manifestação da doença de
Alzheimer.
Se você mantiver uma atividade intelectual ininterrupta durante toda sua vida, você
terá mais chances de viver uma velhice lúcida.

Motivo 6: A atividade intelectual e a capacidade de aprender.


Se você sabe estudar, sabe aprender.
Se você se encontra em contínua situação de aprendizagem você terá condições de
se adaptar às novas situações de trabalho que surgem e se alteram
continuadamente
Adaptabilidade e aprendizagem rápida: duas exigências do mercado de trabalho.

Motivo 7: A atividade intelectual e a atualidade.


Se você PARAR de estudar, em muito pouco tempo você estará
desatualizadíssimo.
E poderá se sentir um homem pré-histórico. Talvez você sirva para peça de museu.
Para cada ano parado você vive um atraso intelectual de uns cinco anos.

Motivo 8: Estudo e aprendizagem continuada.


O banco da universidade está ocupado por pessoas que vão dos 17 anos até os 65,
70 anos.
Acabar a faculdade não é encerrar seu período de formação.
Depois é necessário fazer especialização, mestrado, doutorado, pós-doutorado...

Motivo 9: O estudo e o mercado de trabalho


Com qualquer área de formação universitária e com as devidas especializações
você poderá fazer uma infinidade de coisas.
Basta ter criatividade.
Você poderá exercer as atividades tradicionais da sua área, poderá ser consultor,
fazer palestras, cursos livres, desenvolver projetos, ser pesquisador, dar aulas na
universidade...

Motivo 10: Apaixone-se pelo estudo


Quem é apaixonado pelo estudo e gosta de estudar, de ensinar, de estar mergulhado
nos livros, tem um campo de trabalho cada dia mais promissor e com poucas
possibilidades de saturação: o ensino superior.
As faculdades estão crescendo exponencialmente e há uma falta tremenda de
professores titulados e com formação adequada para o ensino superior.
Se você tiver pelo menos o mestrado é praticamente IMPOSSÍVEL você estar
desempregado.

41
A. DICAS INICIAIS SOBRE A ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO.

I.
Falta de concentração ou falta de organização? Falta de tempo ou falta
de organização? Falta de memória? Dificuldades na leitura? Acúmulo
de matéria?
1. É possível melhorar.
2. Adquirindo pequenas técnicas de organização do estudo você irá longe como
nunca imaginou.
3. Melhorar seu desempenho nos estudos é muito fácil. O segredo está logo
adiante.

II.
O que você precisa fazer é ORGANIZAR-SE.
4. A maioria das pessoas diz que um de seus maiores problemas é a falta de
concentração.
5. Todavia, na grande maioria dos casos o problema fundamental é a falta de
organização.
6. E a desorganização cria dificuldades que parecem ser a origem de quase todos os
problemas dos estudantes.

III.
Evite a distração se organizando melhor.
7. A falta de organização cria uma série quase infinita de distrações.
8. Com alguns princípios básicos de organização você irá se distrair menos.
9. Se você conseguir evitar a distração você já terá um desempenho muito melhor
nos estudos.

IV.
Evite o desperdício de tempo se organizando melhor.
10. Muita gente diz que seu problema é a falta de tempo.
11. Quando na verdade seu problema é o desperdício do tempo.
12. Mais uma vez a solução é a organização.

V.
Evite a distração e o desperdício de tempo.
13. Quem está distraído está desperdiçando seu tempo.
14. Muitas vezes acontece de você estar distraído, completamente distraído e
nem percebe.
15. De repente o tempo se foi. Você acha que estudou. Mas também percebe que
não aprendeu.

VI.
Motive-se. Para estudar é necessário estar motivado.
16. Segundo algumas estatísticas e pesquisas realizadas com executivos
brasileiros, se você souber inglês fluentemente, você ganhará, em média US$
932,00 a mais do que aqueles que não sabem o inglês.
17. Se você fizer uma pós-graduação (especialização) você aumentará seu
salário em US$ 315,00.

42
18. Se você fizer um mestrado você aumentará seu salário em US$ 315,00.
19. Se você fizer um doutorado você aumentará seu salário em mais US$
315,00.
20. Para cada 5 anos de experiência seu salário aumenta em torno de US$
539,00.
21. Se você não fumar, seu salário pode ser US$ 564,00 a mais do que o salário
dos fumantes.
22. Se você trabalhar numa multinacional seu salário poderá aumentar em cerca
de US$ 683,00.

VII.
Estudar é o melhor negócio do mundo. Pois a grande maioria dos
desempregados é constituída por pessoas sem estudo.
23. De cada 100 desempregados apenas 1 fez pós-graduação.
24. Para cada 100 desempregados, apenas 2 fizeram a faculdade.
25. Isto significa que estudar pode ser seu “porto seguro”. E sua melhor garantia
de um futuro promissor é a empregabilidade de quem está bem formado.

VIII.
Motive-se. Faça uma lista de suas principais motivações para estudar.
26. Em primeiro lugar, em primeiríssimo lugar você precisa saber porque você
pretende estudar.
27. Em segundo lugar, é necessário saber se você gosta de estudar.
28. Mas também, é preciso notar que gostar de estudar não basta, nem é o
suficiente.

IX.
Aprenda a estudar. Pois gostar de estudar, pode ajudar, nas não é o
suficiente.
29. O mais importante é saber porque se estuda.
30. Depois, é necessário saber COMO ESTUDAR.
31. Há pessoas que gostam de nadar, tentam nadar, mas nadam de forma errada.
Há pessoas que correm todos os dias. Mas correm da forma errada. Há
pessoas que estudam muito, mas não sabem estudar. Há pessoas que se
esforçam demais e rendem muito pouco. É preciso saber estudar.

X.
VOCÊ APRENDERÁ A ESTUDAR.
32. Neste curso você irá aprender como estudar.
33. A melhor forma de fazê-lo é seguir a ordem das dicas.
34. Seu desempenho intelectual irá melhorar com a mais absoluta certeza.

43
B. DICAS SOBRE O LOCAL DE ESTUDO

XI.
Estude sempre no mesmo lugar.
35. Escolha um local para ser seu espaço de estudo.
36. Estude sempre neste local escolhido.
37. Assim você não desperdiçará seu precioso tempo escolhendo e procurando,
diariamente um lugar para estudar.

XII.
Organize seu local de estudo.
38. A organização evita desperdício de tempo.
39. A organização protege você das distrações.
40. Não deixe a organização roubar de você mesmo o seu precioso tempo.

XIII.
Vá ao lugar de estudo sabendo o que estudar.
41. Você não gastará tempo decidindo o que estudar.
42. E não fique mudando de matéria a cada cinco minutos.
43. Há pessoas que em uma hora passam por cinco disciplinas sem estudar
nenhuma.

XIV.
Estude num lugar calmo e tranqüilo.
44. Estude num cômodo da casa em que não haja muito trânsito e muita gente
passando.
45. A bagunça e o trânsito prejudicam a concentração e aumentam a distração.
46. Estude com profundidade e tranqüilidade.

XV.
Estude longe do telefone.
47. Não atenda ao telefone enquanto você estiver estudando.
48. Peça para alguém fazê-lo e anotar os recados para você.
49. Se você lembrar de ligações para fazer, faça-as todas ao mesmo tempo, antes
ou depois do estudo.

XVI.
Estude num lugar bem iluminado.
50. Escolha um lugar iluminado com luz solar.
51. Coloque sua mesa de trabalho numa posição em que a janela fique do lado
oposto à mão que você escreve.
52. Use uma luminária com lâmpada fluorescente.

44
XVII.
Estude num lugar silencioso.
53. O barulho interfere na atenção do estudante.
54. Quanto menos barulho, menor será a possibilidade de você se distrair.
55. Um lugar silencioso aumenta sua capacidade de concentração.

XVIII.
Avise que você está ocupado.
56. Coloque avisos na porta do local em que você estuda.
57. Avise as pessoas da casa que você irá estudar por alguns minutos.
58. Peça para não ser interrompido.

XIX.
Estude preferencialmente em casa.
59. Dê preferência ao estudo realizado na sua própria casa.
60. Será mais fácil organizar todos os outros aspectos sobre os quais trataremos
em seguida.
61. Lar doce lar!!

XX.
Estude fora de casa só em último caso.
62. Se for impossível estudar na sua casa tente fazê-lo na biblioteca da sua
escola.
63. Ou tente estudar nas salas de aula da escola.
64. Estudar em parques ou praças só em último caso.

45
C. DICAS SOBRE A ORGANIZAÇÃO DO MATERIAL DE ESTUDO

XXI.
Reúna todo o material no seu local de estudo.
65. Deixe todo o seu material reunido sempre no mesmo lugar.
66. Com isto você não desperdiçará seu tempo procurando o material, todos os
dias, antes de iniciar seu estudo.
67. Tudo juntinho.

XXII.
Tenha um bom dicionário de português.
68. Adquira um bom dicionário de Língua Portuguesa.
69. Um bom dicionário servirá para a vida toda e para toda a família.
70. Deixe o dicionário sempre bem próximo de você.

XXIII.
Tenha uma boa gramática de Língua Portuguesa.
71. Para cada 100 estudantes que saem do segundo grau apenas UM tem
domínio completo da língua.
72. Nossa língua não é fácil. E saber como se escreve e saber como se fala
corretamente são atitudes que sempre podem e devem ser aperfeiçoadas.
73. Acostume-se consultar a gramática sempre que você tiver uma dúvida sobre
alguma forma de escrever ou falar.

XXIV.
Tenha um bom dicionário específico da sua área.
74. Toda área de estudos possui dicionários que são específicos e técnicos.
75. Quando você pretende se aprofundar numa área você encontra vocábulos e
expressões que não estão nos melhores dicionários de português.
76. Consulte regularmente este tipo de publicação você dará passos muito
rápidos na aprendizagem se sua área.

XXV.
Tenha uma enciclopédia específica da sua área.
77. Também existem enciclopédias específicas de qualquer área do
conhecimento.
78. Estas enciclopédias trazem os principais autores, os principais problemas de
uma determinada área.
79. A maneira mais fácil de você conseguir ter uma visão panorâmica e geral
sobre a sua área e folheando e lendo alguns artigos de uma boa enciclopédia.

46
XXVI.
Tenha livros de consulta para a sua área.
80. Nem todos os livros que você comprar precisam ser lidos naquela semana.
81. Muitos textos importantes e clássicos são adquiridos e servem como
literatura e bibliografia de consulta.
82. Esta bibliografia de consulta é um pouco mais específica e mais aprofundada
do que uma enciclopédia. Estes textos geralmente são textos clássicos
escritos pelos grandes autores de sua área.

XXVII.
Use assentos confortáveis, acolchoados, reclináveis e com apoio para os
braços.
ESTA DICA É MUITO IMPORTANTE.
83. De todo o material utilizado para o seu estudo, o assento talvez seja uma das
coisas mais importantes.
84. Se o seu estudo não for confortável, você não conseguirá passar muito tempo
estudando.
85. Você ficará incomodado, distraído e se cansará mais rápido.

XXVIII.
Deixe todo o material ao alcance da mão.
86. Além de estar reunido num só lugar, é bom que o material mais importante
sempre esteja ao alcance de sua mão.
87. Este tipo de organização vai evitar que você se levante, que você se distraia e
perca tempo.
88. Este material consiste em: material de anotação (cadernos, folhas, papéis,
canetas), material de leitura (livros, apostilas, cadernos).

XXIX.
Use uma agenda para organizar sua vida de estudos
89. Encontre um pequeno horário para você estudar todo dia.
90. Anote na agenda o que você irá estudar neste dia. E depois anote (com
pouquíssimas palavras) o que você estudou.
91. A agenda dará visibilidade àquilo que você está estudando. E servirá de
caderno de notas ou de revisão que poderá ser consultado onde você estiver.

XXX.
Use um porta-bíblia para apoiar seus livros.
92. Adquira um apoio inclinado para colocar seus livros na hora em que você for
estudar.
93. O apoio para o livro vai melhorar a sua postura.
94. E você não se cansará tão rapidamente.

47
D. DICAS SOBRE ERGONOMIA

XXXI.
Posicione-se corretamente.
95. O posicionamento correto facilita a circulação sangüínea por todo o corpo.
96. Você também evitará o incômodo do formigamento das nádegas.
97. Não fique estudando com o corpo relaxado e largado sobre a mesa ou sobre a
cadeira.

XXXII.
Estude apenas sentado e bem sentado.
98. Nunca estude sentado no chão duro. Você ficará cansado muito rapidamente.
99. Nunca estude na cama. Você irá dormir e não terá uma boa posição para ler e
fazer anotações.
100. Sempre estude sentado.

XXXIII.
Encoste as costas no apoio da cadeira.
ESTA DICA É MUITO IMPORTANTE.
101. Fique ereto, pois isto facilitará sua respiração.
102. A posição correta evitará a sonolência exagerada.
103. Você não ficará cansado muito rapidamente e não terá dores nas costas
depois de estudar por uma hora.

XXXIV.
Descruze as pernas e apóie os pés no chão.
104. Deixe que suas pernas descansem enquanto você estuda.
105. Não fique com os pés cruzados embaixo da cadeira.
106. Faça um apoio inclinado para os pés.

XXXV.
Apóie suas mãos e braços sobre os apoios da cadeira ou sobre suas
coxas.
107. Evite posições que deixem os músculos tensos.
108. Não estude inclinado sobre a mesa, apoiando a cabeça em uma de suas mãos.
109. Não estude com a cabeça apoiada sobre os braços.

XXXVI.
Use um apoio para livros.
110. Use um porta-bíblia para apoiar seus livros.
111. Ou utilize uns dois ou três livros como apoio para o livro que você estiver
lendo.
112. Assim você não ficará muito inclinado, permanecerá ereto, respirará melhor,
se cansará menos e não ficará com dor na coluna.

XXXVII.
Verifique a temperatura ambiente.
113. Evite estudar em lugares quentes ou em lugares frios.
114. Estudar deve ser algo prazeroso.
48
115. A temperatura ideal deve variar em torno de 15ºC a 25ºC.

XXXVIII.
Faça alguns exercícios de alongamento antes do estudo.
116. Estes exercícios deixarão você mais relaxado.
117. E também evitarão dores no corpo, caso você fique sentado por mais de uma
hora.
118. Estes exercícios também podem ser feitos no intervalo do estudo.

XXXIX.
Se você for estudar na frente do computador sempre utilize o protetor
de tela.
119. Ficar mais de uma hora na frente do computador é um atentado contra seus
olhos.
120. Você sabe que eles são preciosos. Proteja-os.
121. Sempre utilize uma tela de proteção.

XL.
Pisque.
122. Piscar deixa seus olhos relaxados e lubrificados.
123. Caso você sinta que seus olhos estão ficando cansados pisque várias vezes.
124. Verifique se não há excesso ou falta de iluminação no seu ambiente de
estudo.

49
E. DICAS SOBRE O SONO DO ESTUDANTE

XLI.
Quem estuda precisa dormir muito bem.
ESTA DICA É MUITO IMPORTANTE.
125. Dormir bem irá melhorar sua memória e sua concentração.
126. Você não ficará cochilando na frente do livro e não perderá tempo.
127. Enquanto você dorme ocorre o tratamento e a fixação das informações mais
importantes assimiladas durante o dia.

XLII.
Você precisa dormir o necessário.
128. Oito horas de sono é apenas um tempo médio.
129. Há quem precise dormir mais.
130. Há quem fique satisfeito com um pouco menos.

XLIII.
Nunca diminua seu tempo de sono para estudar mais.
131. A privação do sono causa irritabilidade e agressividade.
132. Sem dormir adequadamente você diminuirá sua capacidade de memorizar e
de se concentrar.
133. A privação de sono causa exaustão e perda do apetite sexual.

XLIV.
Seu sono precisa ter regularidade.
134. Durma e acorde sempre no mesmo horário.
135. A sesta pode ser feita, desde que seja feita com regularidade.
136. Evite que as saídas e passeios do fim de semana sempre desregulem o seu
sono.

XLV.
Durma num quarto agradável.
137. Seu quarto precisa ser organizado e agradável.
138. É muito importante que você durma numa cama confortável, afinal você
passa cerca de um terço da sua vida dormindo sobre uma cama.
139. A temperatura do quarto deve estar entre 15ºC e 25ºC.

XLVI.
Se você for se alimentar antes de dormir, faça uma refeição bem leve.
140. Não coma muito antes de dormir
141. Uma refeição pesada e salgada prejudica seu sono noturno.
142. Antes de dormir tome mais líquidos e evite comidas pesadas e gordurosas.

50
XLVII.
Os exercícios físicos melhoram seu sono.
143. Atividade física é muito importante, mas deve ser feita sob orientação
médica.
144. A atividade física regular e constante melhora a qualidade do sono.
145. Veja com atenção a seção sobre os exercícios físicos!!

XLVIII.
Faça um relaxamento antes de dormir.
146. Não durma agitado ou nervoso.
147. Você não deve levar preocupações e tensões para o sono.
148. Ouça músicas que relaxem, leia algo leve, reze...

XLIX.
Durma num quarto escuro.
149. A escuridão inicia a produção da substância que provoca a sonolência.
150. Se você não gosta de dormir no escuro use uma PEQUENA LUZ DE
TOMADA que deixe seu quarto na penumbra.
151. Ou acenda a luz de um outro cômodo.

L.
Não fume antes de dormir.
152. A nicotina é estimulante e deixará seu sono entrecortado.
153. Seu sono terá uma qualidade inferior.
154. Você não conseguirá dormir profundamente e acordará cansado.

LI.
Não beba álcool antes de dormir.
155. A sonolência causada pelo álcool não é relaxante.
156. O álcool prejudica seu sono.
157. O álcool deixa seu sono picado e entrecortado.

LII.
Não use estimulantes para perder o sono e estudar mais.
158. Não beba café, refrigerantes à base de cola, chá preto, chá mate, guaraná em
pó, energético.
159. Jamais misture estas coisas para ficar mais ligado e mais tempo acordado.
160. Depois vem a ressaca e seu esforço não terá efeito algum para a sua
aprendizagem.

LIII.
Não tome remédios para dormir.
161. Remédios para dormir só devem ser tomados sob recomendação médica.
162. Se você tem algum problema com o sono, procure médicos especialistas em
problemas do sono.
163. Os distúrbios do sono são doenças que podem ser graves e perigosas.

LIV.
Não durma na frente do televisor.

51
164. Dificilmente você alcançará o sono profundo que faz com que você
descanse.
165. Seu cérebro vai estar “ligado” enquanto a televisão estiver ligada.
166. A luz e o som do televisor perturbam e diminuem a qualidade e a
profundidade do seu sono.

LV.
Antes de dormir faça revisões curtas e breves.
167. Dê uma olhada rápida na matéria estudada durante o dia.
168. Veja as anotações da aula deste dia.
169. Repasse mentalmente os tópicos principais estudados naquele dia. Isto vai
ajudar na memorização e na fixação da matéria. Isto faz milagres!!

LVI.
Prepare o dia seguinte.
170. Antes de dormir faça a seguinte questão: o que vou estudar amanhã?
171. Repasse mentalmente seu plano de estudo para o dia seguinte.
172. Anote as coisas que você pretende fazer no dia seguinte para você não se
“perder” durante o dia, orientar seu estudo e não esquecer das coisas
importantes daquele dia.

LVII.
Ao acordar repasse as informações do dia anterior.
173. Enquanto você toma banho ou faz sua higiene pessoal tente lembrar da
revisão feita na noite anterior: isto lhe custará 1 ou 2 minutos.
174. Ao acordar veja qual será o seu programa de atividades e estudos para aquele
dia.
175. Verifique se as tarefas e os compromissos são importantes e devem ser feitos
por você hoje mesmo.

LVIII.
Não estude com sono.
176. Estudar com sono é perda de tempo.
177. Se possível, tire um cochilo para se recuperar e restaurar sua atenção.
178. Aquele sono terrível que aparece em torno das 14h e vai até às 17h tem a
mesma intensidade do sono que chega em torno das 23h e 24h.

LIX.
Evite estudar entre 14h e 17h
179. Você pode gastar 3 horas, estudando com sono, para assimilar algo que
poderia ser apreendido em 30 minutos se você não estivesse com sono.
180. Faça outra atividade neste horário.
181. Neste horário estude uma matéria mais fácil ou uma matéria que você goste
muito. Seu interesse pode superar a sua sonolência.

LX.
Evite estudar de madrugada.
182. No dia seguinte você ficará sonolento o dia todo.
183. Você poderá ficar muito fadigado e poderá ter branco na hora da prova ou da
avaliação.

52
184. Você poderá ficar mais estressado, distraído e suscetível a atos falhos,
esquecimentos, diminuição do apetite sexual e dificuldade para aprender e
manter a atenção.

53
F. DICAS SOBRE O TEMPO DE ESTUDO

LXI.
O tempo ideal de estudo é o tempo que você tem
185. Não existe um tempo ideal de estudo.
186. O importante é você aproveitar o tempo que você tem.
187. Todo minuto é valioso.

LXII.
Dê qualidade ao seu tempo de estudo.
188. Há quem tenha muito tempo de estudo e estude muito. Mas não aprende
quase nada.
189. Há quem tenha pouco tempo, e estuda pouco. Mas estuda durante o tempo
que tem.
190. Há quem tenha estudado UMA HORA E APRENDEU COMO SE TIVESSE
estudado cinco horas.

LXIII.
Mantenha a regularidade.
191. Estude um pouco todo dia.
192. É melhor estudar pouco e sempre, com regularidade e continuidade.
193. O estudo descontínuo e irregular não consegue ser assimilado com o mesmo
grau de fixação do estudo contínuo e regular. Mesmo que você estude muito.

LXIV.
Organize-se para manter a regularidade.
194. Use uma agenda para organizar seu dia-a-dia.
195. Evite fazer as coisas sempre na última hora, para não deixar o estudo sempre
para a última hora.
196. Elabore um quadro de horário que inclua TUDO o que você faz na semana.

LXV.
Estabeleça prioridades.
197. Responda esta pergunta com a maior rapidez possível: ESTUDAR, PARA
VOCÊ, É ALGO IMPORTANTE? SIM OU NÃO?
198. Então por que, na maioria das vezes, você só estuda na última hora?
199. As coisas importantes não devem se tornar urgentes. Estudar é ALGO
IMPORTANTE e não deve ser feito na última hora. ESTUDAR DEVE SER
UMA DAS PRIORIDADES MAIS IMPORTANTES DA SUA VIDA.

54
LXVI.
Seja flexível.
200. Mesmo que você tenha um horário bastante rígido, não se torne escravo do
horário.
201. O horário de estudo deve ser feito para melhorar sua vida e não para piorá-la.
202. Saiba discernir e decidir com maturidade quando as previsões de um horário
de estudo devem ser flexibilizadas.

LXVII.
Aproveite o tempo picado.
203. Todo tempo do mundo é valioso. Sobretudo para quem tem pouco tempo.
204. Aproveite o tempo no ônibus, na fila, na sala de espera, no intervalo da sala
de aula.
205. Aproveite o atraso do professor para rever a matéria da aula passada. Ou
para ler algo da matéria daquele dia.

LXVIII.
Suspenda algo por algum tempo.
206. A programação televisiva, em geral, é muito ruim. Há poucas coisas
aproveitáveis na programação televisiva. Suspenda a televisão por algum
tempo para você estudar um pouco mais.
207. Ou suspenda, provisoriamente, algum tipo de atividade menos importante
para que outra atividade mais importante possa ser realizada.
208. Após alcançar algumas metas, retome a atividade suspensa.

LXIX.
Aproveite o tempo na escola.
209. Na escola, aproveite os intervalos para revisar a matéria que acabou de ser
ministrada.
210. Converse com os professores sobre a matéria dada e faça perguntas.
211. Visite a biblioteca e descubra livros que possam ser interessantes para você.

LXX.
Tente se disciplinar.
212. A disciplina é puro exercício físico e mental.
213. Disciplina e regularidade são aquisições conquistadas com tempo.
214. Vá devagar e sempre.

55
G. DICAS SOBRE O ESTABELECIMENTO DE METAS

LXXI.
Tenha clareza a respeito de suas metas.
215. É fundamental ter em mente quais são seus objetivos ou suas metas.
216. Sem isto você estará desperdiçando muito do seu tempo.
217. E não saberá para onde está caminhando.

LXXII.
Estabeleça Metas diferentes.
218. Metas de longo prazo: 5 a 10 anos.
219. Metas de médio prazo: 1 ano.
220. Metas de curto prazo: 1 mês ou 1 semana.
221. Metas de curtíssimo prazo: 1 dia.

LXXIII.
Estabeleça metas de longo prazo.
222. Defina quais são suas metas de longo prazo.
223. Saiba que elas costumam ser poucas, ou mesmo, uma única meta.
224. Faça um cronograma prevendo em quantos anos você pretende atingi-la(s).

LXXIV.
Estabeleça metas de médio prazo.
225. As metas de médio prazo existem para que você alcance a META de longo
prazo.
226. As metas de médio prazo costumam ser um pouco mais numerosas.
227. Num cronograma, estas metas devem durar cerca de 1 ano.

LXXV.
Gratifique-se quando você atingir uma meta de médio prazo.
228. É importante que você se gratifique quando alcançar uma meta como esta.
229. Assim você perceberá que está dando passos e é capaz de alcançar e realizar
os passos necessários para alcançar sua META.
230. Dê para você mesmo, um passeio, umas férias, um bom presente. Você
merece!

LXXVI.
Estabeleça metas de curto prazo.
231. Elas são bem numerosas e elas devem ser alcançadas com mais rapidez.
232. Podem ser mensais ou semanais.
233. Elas existem para que você alcance sua META DE MÉDIO PRAZO.

56
LXXVII.
Estabeleça metas de curtíssimo prazo.
234. Estas metas consistem nas atividades diárias que devem ser cumpridas para
que as metas anteriores sejam alcançadas.
235. São as mais difíceis e importantes, porque sem o cumprimento delas, você
não chegará a lugar nenhum.
236. Use uma agenda, organize seu dia e seu horário de estudo. Você deve
estudar todo dia, nem que seja por apenas 5 minutos. 5 minutos.
237. FAÇA UM QUADRO DE HORÁRIO para organizar seu tempo de estudo.

LXXVIII.
Estudar não deve ser algo urgente.
238. Não se estuda com pressa. Nem com ansiedade.
239. Para a maioria das pessoas estudar sempre é algo urgente, porque sempre se
estuda na véspera da prova.
240. Ninguém tem tempo de estudar, mas na véspera da prova encontra 4 ou 5
horas, às vezes 8 horas.

LXXIX.
Faça do seu estudo uma atividade importante e não urgente.
241. Estude pouco, mas estude sempre. Isto é melhor do que estudar muito só na
véspera da prova.
242. Estude com qualidade, fazendo do seu pouco tempo de estudo um tempo
ótimo e importante.
243. A pressa não adianta. A pressa atrasa.

57
H. DICAS SOBRE A MEMÓRIA

LXXX.
Dormir bem melhora a memória.
244. Durma o tempo necessário.
245. Nunca diminua seu tempo de sono para estudar mais.
246. Se você estiver descansado você irá aprender com mais rapidez.

LXXXI.
Os exercícios físicos melhoram a sua capacidade de memorizar.
247. Mais adiante falaremos com mais detalhes sobre os exercícios físicos.

LXXXII.
Não tome “remédios” para melhorar sua memória.
ESTA DICA É MUITO IMPORTANTE.
248. Para melhorar a memorização é necessário estudar devagar e sem pressa.
249. Para melhorar a memorização é necessário compreender a matéria estudada.
250. Para melhorar a memorização é necessário fazer revisões da matéria
estudada.

LXXXIII.
Os famosos cursos de memorização não adiantam quase nada.
251. Nestes cursos você aprende a memorizar números de telefone, datas e outras
coisas mais que se encontram nas listas telefônicas e nos livros de história.
252. Você precisa compreender a matéria e não decorá-la com mais facilidade.
253. Noventa por cento das pessoas que fazem estes cursos saem desapontadas

LXXXIV.
Faça associações com os temas estudados.
254. A memória cresce à medida que você faz ganchos com outras informações.
255. A recuperação dos dados se faz através de reconstrução e não de reprodução.
256. Com bons “ganchos” você conseguirá resgatar e reconstruir tudo que você
quiser.

LXXXV.
É mais fácil memorizar se houver algum tipo de elemento emocional
associado ao conteúdo armazenado que deverá ser recuperado.
257. O conteúdo associado a uma emoção é mais facilmente armazenado e
recuperado.
258. Faça anotações coloridas, com canetas coloridas, lápis coloridos nos textos
que forem de sua propriedade.
259. Faça gráficos coloridos em forma de organograma, ou em forma de teia de
aranha.

LXXXVI.
Estude ouvindo música barroca.
260. A música barroca ajude você a entrar na freqüência adequada para o estudo.
261. Você associará a emoção causada pela música à matéria estudada.

58
262. Se você relembrar a emoção ou a música, você terá facilidade para “puxar” a
informação memorizada.

LXXXVII.
Perceba a importância do assunto estudado.
263. A memória é seletiva. Seu cérebro só guarda o que ele considera importante.
Durante o sono ele fará a triagem.
264. Se enquanto você estuda, nada lhe parece importante, tudo que você estudou
será descartado.
265. Após uma hora de leitura você esquece 56% do que estudou. Após nove
horas você esquece mais 8%. Após dois dias você esquece mais 6%. Após
um mês você esquece mais 7%.

LXXXVIII.
Faça revisões diárias, mensais e semestrais da matéria.
266. Em 10 minutos você revisa 2 horas de aula ou de leitura.
267. Em uma manhã você revisa a matéria de toda a semana.
268. Faça revisões nos intervalos de aula, no ônibus, nas filas de banco, nas salas
de espera, no banheiro...

LXXXIX.
Estude fazendo intervalos.
269. Não estude mais do que uma hora seguida.
270. Você se lembra com mais facilidade do início e do fim da matéria estudada.
271. Faça intervalos de 5 a 15 minutos.

XC.
Revise a matéria anterior.
272. Antes de iniciar o estudo de uma nova matéria, dê uma rápida olhada na
matéria anterior.
273. Não adianta ter pressa. Se você fizer uma pequena revisão agora, lá na frente
você ganhará horas de estudo.
274. Se você não fizer a revisão você terá que estudar a matéria antiga como se
fosse matéria totalmente nova.

59
I. DICAS SOBRE O HORÁRIO DE ESTUDO

XCI.
Faça um horário de estudo e cumpra este horário.
ESTA DICA É MUITO IMPORTANTE
275. O Horário faz com que você sempre saiba QUANDO você deve estudar.
276. O Horário faz com que você sempre saiba O QUE você deve estudar.
277. O Horário faz com que você sempre saiba o QUANTO você deve estudar.

XCII.
O horário é a melhor estratégia contra o desperdício de tempo.
278. Se você montar um horário de estudo você não irá desperdiçar tanto tempo.
279. A maioria das pessoas acredita que não tem tempo para estudar.
280. Mas na verdade o que a maioria das pessoas faz é desperdiçar muito tempo.

XCIII.
Faça um horário bastante minucioso.
281. Faça uma coluna que se inicie com o seu horário de acordar.
282. Faça uma coluna com intervalos de 15 minutos.
283. Preencha este horário com todas as suas atividades diárias.

XCIV.
Faça um horário de estudo bastante minucioso.
ESTA DICA É MUITO IMPORTANTE.
284. Faça um horário que conste apenas os seus momentos de estudo.
285. Faça um horário que sempre contenha o tempo de estudo, os intervalos e as
revisões.
286. Coloque o tempo de revisão do dia e o tempo de revisão da semana.

XCV.
Neste horário é necessário que haja tempo para o exercício físico.
287. O exercício físico será abordado mais para frente. Deverá ser feito sempre
sob orientação médica.
288. O exercício físico deve ser feito pelo menos três vezes por semana.
289. E deve ter uma duração de pelo menos 45 minutos.

XCVI.
O que estudar e quando estudar
290. Você deve saber qual é seu melhor horário de estudo (manhã?, tarde? noite?)
291. No seu melhor horário de estudo você deve estudar as matérias mais difíceis,
mais chatas, ou as matérias que você gosta menos.
292. No seu pior horário de estudo você deve estudar as matérias mais fáceis,
mais simpáticas, ou as matérias das quais você mais gosta.

XCVII.
O período da manhã é o melhor horário para você estudar.
293. Em geral, a maioria das pessoas tem um aproveitamento melhor quando
consegue estudar de manhã.
294. Faça dois períodos de uma hora ou três períodos de 50 minutos.
60
295. Sempre coloque um intervalo de 5 a 10 minutos entre um período e outro.

XCVIII.
O que você deve estudar de manhã.
296. Pela manhã estude as matérias mais difíceis.
297. Aproveite para estudar as matérias com as quais você tem mais dificuldades.
298. A intensidade da retenção de conteúdos durante o período da manhã é
bastante alta.

XCIX.
O período da tarde é o pior horário para o estudo.
299. Após as 14h as pessoas começam a ser fulminadas por um sono terrível, que
às vezes dura até 17h.
300. Este horário é péssimo para o estudo. E o rendimento é muito baixo.
301. Evite estudar neste período.

C.
Reserve o período da tarde para atividades mais dinâmicas.
302. Faça suas tarefas no período da tarde: banco, visitas, pagamentos, médicos,
dentistas, passeios e outras tarefas mais.
303. Faça algum tipo de exercício físico neste horário da tarde.
304. Estude em grupo no período da tarde.

CI.
Como ocupar o período da tarde com o estudo.
305. Se você só pode estudar de tarde, comece estudar logo após o almoço.
306. Antes que o sono chegue, aproveite para estudar uma matéria mais difícil.
307. Depois que o sono chegar estude matérias mais fáceis ou uma matéria que
você goste mais.

CII.
Se o sono chegar durante seu horário de estudo (1).
308. Algumas pessoas conseguem cochilar poucos minutos e acordarem sem sono
algum.
309. Se você consegue fazer isto, faça.
310. É melhor perder 5 ou 10 minutos cochilando, do que pensar que estudou uma
hora, quando na verdade você gastou todo seu tempo lutando contra o sono e
“pescando” em cima dos livros e dos cadernos.

61
CIII.
Se o sono chegar durante seu horário de estudo (2).
311. Não fique lutando contra o sono.
312. Levante-se, faça um alongamento, espreguice-se, tome água.
313. Faça uma caminhada rápida pela casa e retorne ao estudo.

CIV.
O período da noite é um horário bom para você estudar.
314. Durante a noite, até as 22h ou no máximo 23h, também é possível ter um
bom aproveitamento de estudo.
315. Estude dois ou três períodos com no máximo 50 minutos cada um.
316. E não se esqueça dos intervalos de 5 a 10 minutos entre um período e outro.

CV.
Evite estudar durante as madrugadas
317. A retenção da matéria estudada durante uma madrugada de véspera de prova
é muito baixa.
318. Você pode conseguir uma nota boa, mas depois da prova você não se
lembrará de quase nada.
319. A aprendizagem durante longos períodos noturnos (madrugadas) é uma
aprendizagem de baixa intensidade e de curta duração: tempo perdido.

CVI.
Sempre faça a revisão da matéria estudada no mesmo período de
estudo.
320. Sempre termine seu horário de estudo fazendo uma revisão de toda a matéria
estudada naquela manhã.
321. Nunca termine a manhã de estudo sem fazer uma rápida revisão de tudo que
foi estudado.
322. Se você estudou duas ou três horas, em 15 minutos você consegue revisar a
matéria mais importante.

CVII.
A Revisão da semana de estudo deve estar no seu horário.
ESTA DICA É MUITO IMPORTANTE.
323. Reserve um período de estudo (uma manhã, uma tarde ou uma noite), ou
algumas horas para REVISAR a matéria estudada durante a semana.
324. Nunca comece outra semana de estudo sem ter feito a revisão da semana
anterior.
325. Este procedimento ajuda na fixação da matéria, faz com que você ganhe
tempo na véspera da prova e faz com que você fixe a matéria para sempre.

62
CVIII.
Jamais desrespeite seu horário de estudo
326. Aprenda a cumprir todas as determinações do seu horário de estudo
327. No começo é um pouco mais difícil.
328. Com um pouco de disciplina você deixará de ter as dificuldades iniciais e
terá um ganho bastante significativo no seu desempenho escolar.

CIX.
Durante seu tempo de estudo você deverá...
329. Fazer as leituras exigidas e necessárias.
330. Sempre fazer anotações e esquemas.
331. Fazer exercícios de fixação do tipo questionário ou exercícios de raciocínio
(matemáticos, testes, múltipla escolha).

CX.
Reserve um horário para fazer baterias de exercícios
332. Sempre tenha horários para fazer exercícios de múltipla escolha, provas de
concursos, etc...
333. Estes exercícios devem ter respostas para que possam ser corrigidos por você
mesmo.
334. Anote seus resultados e dê nota para você mesmo. Com isto você poderá
perceber seu avanço.... CONTINUA NO LIVRO

COMO ESTUDAR – 1000 DICAS DE TÉCNICAS E ORGANIZAÇÃO


DO ESTUDO. EDIÇÕES LOYOLA. 2003. 196 p.

63
==============================

Faça o Curso on line


COMO ESTUDAR:
ESTRATÉGIAS, TÁTICAS E TÉCNICAS
AVANÇADAS DE APRENDIZAGEM E
ORGANIZAÇÃO DO ESTUDO

e colabore com o

Projeto Estuda Brasil


Aqui você aprenderá COMO ESTUDAR corretamente!!!!

O preço do CURSO ON LINE é R$35,90.


Orientações sobre a aquisição do CURSO:
http://www.comoestudar.com.br/viewtopic.php?t=22

=======================================

Conheça o PROJETO ESTUDA BRASIL e

- Analise gratuitamente os seus HÁBITOS DE ESTUDO


http://www.comoestudar.com.br/enquete.php?cd_enquete=1

– O que é o Projeto Estuda Brasil


http://www.comoestudar.com.br/viewtopic.php?t=202

– Detalhes do Projeto Estuda Brasil


http://www.comoestudar.com.br/viewtopic.php?t=201

64
IDEALIZADOR
O Prof. Dr. Rubens Godoy Sampaio PhD é autor de
vários livros, dentre eles, o livro COMO ESTUDAR – 1000
Dicas de Técnicas e Organização do Estudo (Ed. Loyola).
Idealizador do Projeto Estuda Brasil, Prof. Rubens possui
doutorado em Filosofia pela Universidade Gama Filho
(2004), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de
Minas Gerais (1999), especialização em Educação a
Distância pela Universidade Católica de Brasília (2005) ,
especialização em MBA Executivo pelo Fundação Dom
Cabral (2005), graduação em Filosofia pela Universidade
Federal de Minas Gerais (1994) e graduação em Direito
pelo Centro Universitário Salesiano de SP (2004).
Trabalhou em Instituições importantes do Vale do Paraíba
na área da gestão acadêmica como Coordenador de Pós-
graduação e como Diretor Acadêmico.

Atualmente é Diretor e Coordenador da Academia do


Pensar, e Professor de Pós-graduação da Fundação
Educacional Rosemar Pimentel. Tem experiência na área de
Filosofia com ênfase em História da Filosofia. Atuando
principalmente nos seguintes temas: Ética, Filosofia,
Sistema, Metafísica, Educação Superior e Ensino a
Distância.

Veja o currículo Lattes do prof. Rubens


http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4792354A1

65