Vous êtes sur la page 1sur 9

Direktorsmag Núm.

3
Set / 2009

OS PADRES E
SEUS MAUS HÁBITOS
Religião

NOTAS PROMISSORAS
Assuntos ímpares

UMA RURAL E MUITA


HISTÓRIA PARA CONTAR
Projetos de vida

LOS HERMANITOS Y
LA MARIJUANA
Comportamento

UM MILHÃO DE PESSOAS
ENRIQUECENDO
Livro

LGA PRESS
DIREKTORSMAG Núm. 3 Set / 2009

OS PADRES E
Editorial SEUS MAUS HÁBITOS
Religião
A DIREKTORSMAG #2 trouxe grandes avanços gráficos,
pelo menos do ponto de vista de um redator que não sabe
lhufas de Adobe. Pois é, eu ainda não sei fazer a revista no NOTAS PROMISSORAS
InDesign, então, estou indo pelo bom e velho Corel, mas já
aprendi como não deixar o texto feio e as colunas estão bem Assuntos ímpares
bonitinhas. Tudo isso facilita a sua leitura, nobre organismo
vivo de estrutura complexa, também conhecido como
'pessoa'. A matéria do @xumbo rendeu bons comentários pelo UMA RURAL E MUITA
Twitter. O mesmo aconteceu com a nossa epopeia no show do HISTÓRIA PARA CONTAR
Iron Maiden. É legal! É legal ver as pessoas dizendo em tempo
real o que estão achando da revista. O trabalho é difícil. Só Projetos de vida
para contar um pouquinho sobre como ela é feita, eu chego
em casa depois de um dia de trabalho, janto alguma coisa
rapidinho e já venho pro notebook fazer os textos e a LOS HERMANITOS Y
diagramação. A pauta já é definida logo após a edição corrente
ir para o ar. Então, eu subo a revista no servidor, coloco no
LA MARIJUANA
blog, aviso pelo Twitter e já começo a próxima. Comportamento
Nesta edição, vamos prestigiar o trabalho de um grande
músico paulistano chamado André Bordinhon. É difícil rasgar
seda com ele porque ele é meu amigo de infância e participou
de grandes momentos da minha vida, desde a minha primeira
UM MILHÃO DE PESSOAS
banda, chamada Handcaft Blues, até dividir a alegria de viver ENRIQUECENDO
quatro meses comigo em Nova Iorque, na casa dos tios dele. Livro
Quem sabe até não rola uma matéria em memória a esse
tempo pré 11 de Setembro, onde participávamos de jam
sessions e perambulávamos pela Maçã respirando arte.

Boa leitura!

Editor-en-jefe /
textos / diagramação :
Luiz Guilherme Amaral
@diretordeletras
Colaborador:
Everton Maciel
Um projeto da divisão
@capetaonline
Propaganda da última página:

LGA PRESS Mande-me um e-mail que


a gente discute.

DIREKTORSMAG é uma edição de


periodicidade duvidosa do blog Diretor de
Letras, mantido por Luiz Guilherme Amaral.

Contato: lgla80@gmail.com
Creative Commons 2.0
Você pode distribuir esta revista online (éle gê éle á oito zero arroba gmail ponto com)
para quem quiser, mas não pode fazer dinheiro Jornalista Reponsável: Era só o que me faltava,
com ela nem alterar seu conteúdo. né?
DIREKTORSMAG Núm. 3 Set / 2009

Luiz Guilherme Amaral


@diretordeletras

PADRES E SEUS
MAUS HÁBITOS
Beberrões, pedófilos
e com o perdão garantido

Q
ue a Igreja Católica é uma cachorro em santo (Rubinho tecidas nos corredores escuros filme V for Vendetta (filme bem
bagunça todo mundo já Barrichelo é o próximo da lista). dos lugares ditos sagrados. doido, por sinal). Onde isso vai
sabe. O Iluminismo foi um Mas, alguns hábitos estão Existem muitos religiosos que se parar? Em lugar algum, claro. Em
dos - senão o maior - culpado para chamando a atenção. E não é de veem acima de qualquer lei e um país onde o presidente é
que a instituição cristã tivesse as hoje! Nessa mistura louca de continuar a influenciar cargos católico, os políticos dependem
piores reações contra o pensa- sensação de impunidade por fazer minoritários a arregimentar dos religiosos para ter votos e o
mento crítico e racional, que parte de uma instituição religiosa meninos e meninas para que eles sincretismo religioso é um show
foram o estopim para a e desvio mental, os padres estão se lambuzem. Este é o tipo de de piadas, esconder o que padres
Inquisição. Na verdade, foram cada vez mais expostos por seus conduta que deve ser seriamente fazem já virou lugar comum.
três reações distintas: a primeira comportamentos esdrúxulos e investigado mesmo dentro desses Ninguém se espanta. Nem os fiéis.
foi o massacre contra tudo e todos que os colocam no nível de locais, com batida de polícia, Afinal, padre não é Deus, certo?
que eram contra o catolicismo; a qualquer outro criminoso civil escutas telefônicas e o tudo de
segunda, uma posição de reta- comum. O histórico de pedofilia é tecnologia que está disponível v
guarda, apenas xingando as extenso. Há padres com uma hoje é capaz de promover. Se os
ovelhinhas que se desviavam para capivara (ficha corrida da polícia) métodos funcionam para pegar
um mundo muito mais amplo do maior que papel de parede de traficantes, estupradores e seja
que dogmático; e a terceira, a castelo. E é sabido também que, a mais lá quem for, também têm
adaptação de certos costumes cada caso que estoura na mídia, que estar disponíveis para dar fim
para que não perdessem ainda eles são transferidos em surdina a essa prática execrável. Vamos
mais fiéis para o protestantismo e para o Vaticano, onde não fazem tirar as batinas dos religiosos e ver
outras religiões, sejam elas mono nenhum cursinho de reciclagem, o que se esconde embaixo delas.
ou politeístas. Para os teólogos (os apenas são excluídos do foco. No país laico com mais feria-
sérios) e a ateuzada em geral, a Poucos são realmente presos. dos religiosos do mundo, e que
Igreja Católica promove lamban- Existem relatos sérios sobre isso, agora instituiu mais um - o Dia
ças internamente: ela mesma inclusive. Nacional da Marcha para Jesus -,
define se há limbo ou não, é A mídia tem desmascarado os representantes do messias são
contra métodos contraceptivos, muitos desses pedófilos, não fichados na polícia por beberem
ferra a ciência com a história de apenas da religião católica, como embriagados, viram a bola da vez
que feto tem alma, impossibili- judeus, muçulmanos e outras em toda discussão sobre pedofilia
tando pesquisas com células- denominações. Mas vê-se que o e até são retratados como come-
tronco e continua transformando que é mostrado não é nem o dores de criancinhas pela mídia,
todo mundo que é bonitinho e começo da história; existem como naquela "sena" (desculpem,
dividiu um pão velho com muitos outras tramoias sendo fui alfabetizado em inglês) no

3
DIREKTORSMAG Núm. 3 Set / 2009

Luiz Guilherme Amaral


NOTAS PROMISSORAS @diretordeletras

QUEREMOS PANCADARIA MAIS RISONHO


NO SENADO QUE LÍMPIDO
Porque essa verborragia já O vexame da Vanusa já é
deu no saco! um clássico da década.

O A
s vídeos dos políticos velocidade que determina- sabe. Eu proponho uma campa- enxerida que só ela, acabou
chineses se estapeando no das bobagens se propagam nha para que isso seja feito com rápido com a brincadeira: achou o
Congresso são febre na na internet é indiscutível. outros hinos. Tem aquele projeto bigodudo, acabou com as piadas e
internet. O povo gosta de ver o Mas é igualmente indiscutível Music for a Change, em que anulou uma promoção nordesti-
circo pegar fogo, isso é fato, mas que, se não fosse por isso, nós não músicos do mundo todo colabo- na que dava um engradado de
esse negócio de "cangaceiro de nos divertiríamos tanto. A ram em um específico tema (aliás, cerveja para quem soubesse do
merda" e cartão vermelho não última, entre tantas, certamente um projeto lindo que todos você paradeiro do artista. Chatos de
está sendo suficiente. Até mesmo será um clássico para a década, pode conferir no You Tube). Pois galocha! v
as caretas e o português impecá- algo que o VMB, aquele concurso então, um projeto onde pessoas
vel de Fernando Collor na hora de muito discutível da MTV, perdeu ao redor do mundo enchem a cara
HAJA TALENTO PARA
mandar o excelentíssimo Pedro e não fez emenda no regulamento e cantam seus respectivos hinos A TALENT
Simon enfiar as palavras no para incluí-lo. É a Vanusa cantan- pode ser uma ótima. Não há
Agência contrata 20. E vem
próprio rabo viraram motivo de do o Hino Nacional. É lindo! É hipérbato que se sustente! v mais por aí.
piada na internet e fora dela, mas primoroso! É impressionante

A
a i n d a n ã o f o i s u f i c i e n t e . como uma pessoa fora de si pode agência de publicidade
Queremos mais! desgovernar uma letra de hino. Talent divulgou a contra-
A Coreia é um ótimo exemplo. Parecia uma ópera. Começou
SEMPRE tação de 20 profissionais de
LATINOAMERICANO
Sempre que eles entram em com aquela parte calminha, propaganda para cuidar da conta
E acharam que ele tinha
divergência, o pau quebra. E é ambientando toda a situação, ido pra Zorópa...
de um dos seus clientes, o Grupo
interessantíssimo ver os velhi- colocando todos os personagens Santander Brasil. Nessa leva, 10

Q
nhos mostrando as artes marciais em seus devidos lugares e, de ue Europa, que nada! criativos, 6 atendimentos, 2
que aprenderam na juventude, a repente, começou o entrave. As Belchior está mesmo é mídias e 2 webs passarão a comer
mulherada puxando cabelo uma famílias rivais começaram suas enfurnado em um sítio no pizza em outro prédio. Mas seria
da outra, a turma do deixa-disso... rixas para ver quem dominava a Uruguai! Claro, continua latinoa- bom se fosse só isso. O Grupo
E o mais importante: TUDO SE região, e nenhum dos filhos mericano sem dinheiro no banco Santander Brasil investe pesadís-
RESOLVE! Aqui, não. Aqui no queria se apaixonar para dar uma devido a todas as dívidas que simo em mídia e, pelo perfil das
Brasil, os parlamentares ficam apimentada na relação. Não! Foi deixou aqui no Brasil antes de se últimas campanhas apresentadas,
xingando, fazendo caretas, todo mundo descambando, todo entocar para fazer seu próximo tem bastante arrojo. É uma
falando mal um do outro e tudo mundo enfiando a faca um no projeto. Então começaram as equipe premiadíssima e que sabe
continua a mesma coisa de outro até que... a imaaaaaaa- especulações sobre seu sumiço. E, dar conta desse recado. A "briga"
sempre. Eu aposto que se o gem.... Amigos, é tétrico. Ela não com as especulações, as piadi- entre os bancos nos intervalos
Fernando Collor, faixa preta em acertou nem a letra, tampouco a nhas, óbvio. Que nos diga minha comerciais parece que vai ficar
caratê que é, desse uns sopapos no métrica, muito menos ainda a amiga @corinthiana, que fez a ainda mais quente. Ótimo,
Pedro Simon, tudo ficaria mais dose do remédio que tomou. primeira piada e não recebeu os porque novela, mesmo, é um pé
emocionante. Por mais que a Dizem as reportagens que merecidos créditos pela obra: nos fundilhos. v
agressão física não leve a nada, trata-se de um remédio para colocou o Belchior em um
absolutamente nada, pelo menos labirintite. Eu duvido. Aquilo cenário de Onde Está Wally
as emoções aumentariam e uma tinha mais cara de Lexotan com (primeiro em baixa resolução,
limpeza começaria a acontecer. Dreher, mesmo. E é perfeitamen- depois consertou). Sucesso
Aliás, se nós realmente pudésse- te normal. Fora o Lexotan, faz imediato. Foi parar na Época, na
mos copiar algo dos orientais, que bem tomar um golinho para MTV e em vários outros sítios
copiássemos a veneração pela aquecer as cordas vocais, dar internéticos. Mas, como ela
honra que eles têm. Seria pelo aquela desestressada antes de mesma disse: meus 15 minutos de
menos 10 suicídos por dia. E uma apresentação. Qualquer fama, ou, alegria de pobre. Não
Brasília seria um lugar melhor. v músico sabe disso. Não sei se sei se foi alegria de pobre, porque
todos fazem, mas qualquer um o talento foi enorme. E a Globo,
4
DIREKTORSMAG Núm. 3 Set / 2009

Immer und immer

Tudo que eu faço é esperar


ver o dia passar
outra noite, outra primavera
para que, assim, o nosso dia
fique cada vez mais perto

Tão dilacerante ter você tão longe


vendo as florzinhas balançarem no vento
lendo e relendo livros antigos
procurando novas palavras
porque as que eu escrevi já foram sacramentadas

Eu te espero
sempre e sempre
immer und immer
Para você me dizer
se eu acerto a pronúncia
do meu ich liebe dich.

Luiz Guilherme Amaral


@diretordeletras
DIREKTORSMAG Núm. 3 Set / 2009

Luiz Guilherme Amaral


COMO TER UM CASAMENTO @diretordeletras
EMOCIONANTE
Estradas e votos de
fidelidade.

xistem maneiras e maneiras acabou acontecendo com trans- debaixo do braço por onde quer pertence a um tio que faz modifi-

E de se pedir alguém em
casamento. Ao que tudo
indica, ajoelhar-se na
frente de todo mundo já não é
portes mais, digamos, alternati-
vos. Então, com sua fiel escudeira
a postos e tudo programado, lá
foram eles. Seguiram de rodoviá-
que vá, tem tanta história que
pode virar um belo livro.
Depois do que Carlos propor-
cionou à vida de Inajara, não
cações e revitalizações em veícu-
los, e vê-la correndo por 13 mil
quilômetros será uma satisfação.
A Patagônia, incluída no novo
mais um método muito românti- ria em rodoviária e pedindo tinha como o amor bater fundo. roteiro, é uma viagem que deve
co. Mas é aquela história: não carona cordilheira acima até o Eles, que já namoravam há algum ser feita com carro próprio para
precisa ser necessariamente de que nenhum cenário seja perdi-
papel passado, um vai para a casa do. Além dessa, eles passarão
do outro, dividem o mesmo também por Península Valdez,
copinho de escovas de dentes e a Trelew, Ushuaia, Punta Arenas,
vida segue. Este roteiro não traz Puerto Madryn, El Calafate, El
muitas novidades, a não ser que os Chaltén, Esquel, Bariloche,
pombinhos decidam fazer algo Pucón, Ilhas Chiloé, Valdívia e
completamente inusitado e que Rosário. Se para os jovens ameri-
seja o selo de parafina do amor canos cruzar a rota 66 é quase que
que os une. É o que fizeram Carlos uma obrigatoriedade, para eles a
Knebel e Inajara Trentin, que se rota é mais tortuosa, mas não
casaram depois de uma viagem menos emocionante. Tudo em 28
pela América do Sul. dias. Para que a nova viagem seja
Carlos conta que preparou o um sucesso, basta que Úrsula, a
trajeto de maneira ávida e com o Rural Willis, não os deixem na
apoio insuperável da internet. mão e que Inajara não tenha
Juntou mapas, fez orçamentos, ciúme do novo amor de Carlos.
participou de fóruns sobre o Aliás, nem precisa. Já disseram
trajeto, conheceu e estudou cada que Úrsula é a filha. v
rodoviária e albergues que
estariam pelo caminho. Tendo
todas as informações em mãos, deserto do Atacama. tempo, decidiram se casar, com a
passou a fazer o check-list da Alguns sonhos que acontece- benção das famílias e das curvas Acompanhe a próxima
mochila. "Se algo der errado, será riam durante a viagem foram sulamericanas que conheceram.
pela minha própria burrice", interrompidos. Era de suma É porque eles conseguiram
viagem de Carlos e
assume. Uma viagem como essa importância passar pela casa de encontrar o que falta em alguns Inajara:
não precisa apenas de planeja- Pablo Neruda, mas estava meio casais: uma camaradagem sem
mento, mas também de pessoas fora do percurso. Quando se tamanho. Inajara é conhecida- O blog:
realmente a fim de segurar o depende dos outros para se mente uma pessoa que não coloca patagoniaderural.wordpress.com
tranco. Antes, os amigos se locomover, não se pode ser muito seu sorriso no criado-mudo nem
empolgavam com a ideia, depois Twitter:
emotivo. A volta desta viagem foi por um minuto; vive com ele para twitter.com/patagoniadrural
iam dando alguns passinhos para pela fronteira de Alba Pose/Porto cima e para baixo. Carlos, apesar
trás até declinarem solenemente. Mauá, paradinha estratégica para de ter uma profissão metódica, Comunidade no Orkut:
Então, com a debandada geral, Carlos rever parentes e amigos. A como a mecatrônica, parece não Patagônia de Rural
chamou Inajara, que topou na primeira missão foi concluída querer ter a mesma exatidão na
hora. "Se ela resolver fugir, vai com sucesso. Rendeu um álbum rotina de sua vida. Os dois combi-
para onde? Correr pelo pampa cheio de fotos e paradas em nam, é inegável. A receita de
uruguaio chamando a mãe?". muitos computadores para dizer felicidade, para eles, é dividir
Além de zelar pela integridade que estavam bem e que já iriam momentos únicos que marcam a
dele e da namorada, era necessá- *Com a colaboração de
para o próximo ponto da viagem. vida.
rio também não fazer a sogra ter Everton Maciel
Carlos, que carrega o livro "Cem Agora, eles planejam uma @capetaonline
palpitações. A viagem que seria Sonetos de Amor e Uma Canção nova viagem a bordo de uma
em uma moto de 250 cilindradas Desesperada", do poeta chileno, Rural Willis 1968. O possante
6
DIREKTORSMAG Núm. 3 Out / 2009

Luiz Guilherme Amaral


@diretordeletras

LOS HERMANOS Y LA
MARIJUANA
Na Argentina pode. E o
tráfico?

uem assistiu ao filme "Meu essa aliviada pelas bandas de lá o

Q nome não é Johnny" viu


como a juíza, interpretada
por Cássia Kiss, foi coerente
cenário pode ser tanto bom
quanto ruim. Uma pessoa pode
querer ainda mais, ou ela pode se
ao dizer que João Estrela não contentar com a quantidade
tinha a menor capacidade de ser permitida e viver a vida da
um megaempresário do tráfico, já maneira que ela quiser. O docu-
que vivia em condições nada mento oficial declarou que "Todo
favoráveis. O negócio dele era o adulto é livre para tomar decisões
de um viciado em drogas que, por sobre o estilo de vida sem a
ter uma boa rede de contatos, intervenção do Estado", o que
conseguia vender o que usava. quer dizer claramente que,
Apesar do tráfico internacional, enquanto um não invade o espaço
mesmo assim teve a pena aliviada do outro, está tudo bem.
e ficou dois anos em uma clínica Com relação ao tráfico, nada
(dá para chamar aquilo de clíni- muda. Não é certo gerar renda
ca?). Depois de cumprir a pena, com drogas ilícitas e, mesmo se
foi solto e hoje leva uma vida, uma pessoa for pega com uma
digamos, mais regrada. (E quem grande quantidade, dá para
não assistiu, desculpe-me pelo desconfiar que não pode ser para
spoiler). uso próprio. Então, aí, muda tudo
Na Argentina, país cuja seleção de figura. E as custas de um
recentemente tomou um belo de processo para esta pessoa são
um cacete da nossa, cinco jovens novamente levadas em conta.
foram aliviados de ir para a cadeia Hoje apenas a Colômbia e o
por portarem três cigarros de México descriminalizaram as
maconha. A alegação da defesa, drogas em pequena quantidade
entendida pelo juiz, neste caso, é por completo. O Brasil e o
a de que os cigarros seriam para Equador estudam o caso. O que
consumo próprio em local sabemos é que, independente-
particular, o que não agrediria mente de qualquer quantidade, a
outras pessoas e, portanto, não demanda existe, e esta deve ser
afetaria a moral vigente por combatida. Não com repressões e
aquelas bandas. Comparando a centração de esforços para pegar nhem só?, os religiosos, claro. violência, mas com discernimen-
ficção com a realidade, o juiz quis os peixes grandes acaba sendo Para eles, a descriminalização to e clareza. v
o mesmo que a Cássia Kiss (e desviada. A Argentina continua pode fazer com que famílias
quem me conhece já esperava por sendo a maior consumidora de tenham mais usuários de drogas e
essa), só que em níveis diferentes. cocaína da América Latina e, por que os que já a utilizam passem a
Não é que os argentinos entraram isso, alguns pequenos detalhes fazê-lo em maior quantidade e
no "legalize" total e agora tudo é nos processos jurídicos serão frequência. Não dá para afirmar
permitido, mesmo porque o revistos nas próximas semanas. se isso é verdade ou não, uma vez
governo de lá investe pesado Quando o processo pelo porte de que, se mesmo aqui no Brasil,
contra o tráfico de entorpecentes. pequenas quantidades de drogas com todo o esforço que o governo
É que sai ainda mais caro para o torna-se inconstitucional, isso faz para equiparar um cigarro de
Estado julgar casos pequenos, abre muita discussão. O primeiro maconha a uma Uzi, a coisa
como o desses garotos, e a con- grupo a dar sua opinião, é, adivi- desanda de forma magistral, com
7
DIREKTORSMAG Núm. 3 Out / 2009

Luiz Guilherme Amaral


@diretordeletras

UM MILHÃO DE PESSOAS
ENRIQUECENDO
Livro de auto-ajuda comemora
500 mil vendas

distribuição de riqueza no se sabe se o produto é o amor ou a Gustavo Cerbasi é formado em da. Ora, não é uma coisa Paulo

A mundo, no geral, é uma


vergonha. Mas, existe um
seleto grupo de pessoas que
devem ter saído da estatística de
paz na convivência. Então os
"sócios" (!!) precisam saber onde
vão gastar, como e em qual
período. Também, devem saber
Administração pública pela FGV.
É mestre em Administração e
Finanças pela FEA/USP e tem
especialização em Finanças pela
Coelho, com certeza. É um filão
de mercado que movimenta
bilhões anualmente, com títulos
como "Quem mexeu no meu
"isentos de imposto de renda", onde investir o que sobra. De Stern School of Business, em queijo" e "Homens são de Marte e
como diria o Morróida. Tudo Mulheres são de Vênus". Aliás,
porque o livro "Casais inteligen- este último tem tantas variações
tes enriquecem juntos" (Gustavo que, se o próximo se chamar
Cerbasi, Editora Gente) acabou "Homens são da puta que pariu e
de comemorar 500 mil edições Mulheres são da casa do cacete"
vendidas. Ou seja, existe um todo mundo compra. Gustavo
milhão de pessoas por aí afora Cerbasi soube dizer a coisa certa
ficando ricas a partir de técnicas na hora certa. E deu certo!
simples de contenção de gastos e
investimentos. Certamente o Eu li o livro "Casais Inteligentes
mais rico de todos é o próprio Enriquecem Juntos". Rápido, mas
autor do livro. Não há como dizer li. É interessante. Porém, eu não
o que é rico em valores absolutos; consigo aplicar as técnicas, e não
tudo depende da agressividade de é porque eu sou solteiro, mas
cada casal, mas o que se sabe é que porque não me sobra dinheiro
envolve ter dinheiro para fazer o para investir. O que entra, sai.
que quiser (a médio e longo Um dia a situação muda.
prazo) e, principalmente, garan- Enquanto isso, sigo observando o
tir uma velhice bacana. que todos estes especialistas em
Para Gustavo Cerbasi, a maioria "faz-me-rir" dizem a respeito de
dos casais só falam sobre dinheiro ser feliz à base de dinheiro. E aí eu
quando "a bomba já estoura", ou vejo catadores de papel fazendo
seja, quando sobra mês no salário. mais dinheiro do que muito
Aí, começam as discussões, as recém-formado e me pergunto:
acusações de que um esbanja mais em que mundo nós estamos? v
do que o outro e, mesmo se sobra
um pouquinho, começam novas
CATHY BLACK

discussões sobre como investir ou


comemorar com este dinheiro.
Parece que tudo se resolve na
base da porrada, não é? Nem
repente aquele chopp de sexta- Nova Iorque. Nota-se que o que
sempre. Quando há comprometi-
feira não é a melhor ideia quando ele diz deve ser levado muito a
mento com metas estabelecidas,
há uma poupança para a faculda- sério, pois com uma formação
não há o que discutir, afinal, o
de do filho. Ou então atrasar dessa, o cara gosta (e muito) de
combinado nunca sai caro. Então,
aquela viagem para o nordeste dinheiro. Além de ser um admi-
o que ele sugere é que haja a
por mais seis meses para que os nistrador experiente, ele também
mesma regra que há em empre-
pombinhos possam ficar mais visualizou um mercado que por
sas, sejam elas grandes ou peque-
tempo no destino planejado. vezes é tipo como um mercado de
nas: foco. Sim, o matrimônio é
Tudo é uma questão de foco. ideias baratas: livros de autoaju-
uma joint venture, mas ainda não
8
SECOS & MOLHADOS
VENDE-SE
POWER BOOK G4
1.88 processador
1,5GB RAM e 60 HD
+
ANUNCIE
AQUI!
um monitor 17’’ 1280X1024
-----
DESKTOP PC DUALCORE 2GB,
1gb RAM + 60 HD
placa de video de 128 offboard
Tratar com: René Rhinow EMAIL PARA: LGLA80@GMAIL.COM
renzom@gmail.com

REDATOR QUE IR PARA SP


FORMADO EM COMUNICAÇÃO
7 ANOS NA ÁREA
CURTA-METRAGEM PREMIADO
LIVRO PUBLICADO
ANUNCIE
SÓ NÃO TIRA UNHA ENCRAVADA.
AQUI!
TRATAR: EMAIL PARA: LGLA80@GMAIL.COM
GUIGAEMSP@GMAIL.COM

ANUNCIE ANUNCIE
AQUI! AQUI!
EMAIL PARA: LGLA80@GMAIL.COM EMAIL PARA: LGLA80@GMAIL.COM