Vous êtes sur la page 1sur 26

Aços Inoxidáveis

Aço Inoxidável Gerdau-302


COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,15 Si: 0,75 Mn: 2,00 P: 0,045 S: 0,030 Cr: 17,00 a 19,00 Ni: 8,00 a 10,00 N: 0,10

EQUIVALÊNCIA
NM 30302; ABNT 302; AISI 302; SAE S30200; DIN X5CrNi18-10; WNr 14301

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas torneadas e
fio-máquina decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Solubilizado, com dureza máxima de 180 HB. Para trefilados, a dureza é função do grau de
redução. Garantia de valores máximos, sob consulta.

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo-níquel, inoxidável austenítico, não-temperável, não-magnético, tipo 18-8.
Elevada capacidade de encruamento sob deformação a frio. Resistência à oxidação até
850ºC. A resistência à corrosão intercristalina é garantida até 300ºC. No estado solubilizado,
pode apresentar leve magnetismo, que se eleva com o aumento da deformação a frio.

APLICAÇÕES
Molas, eixos, trenas e usinagem em geral.

SOLDAGEM
Boa soldabilidade segundo todos os processos (exceto soldagem a gás). A temperatura
máxima de trabalho para partes soldadas é 200ºC. Faz-se necessária a solubilização dos
carbonetos precipitados na solda, para evitar corrosão intergranular.

PROPRIEDADES MECÂNICAS (ASTM)


Limite de Limite de Alongamento Redução Norma ASTM
Resistência Escoamento (%) Min. de Área
(MPa) Min. (MPa) Min. (%) Min.
Barra Solubilizada 515 205 30 40 A479,276
Fio Máquina Solubilizado 520 210 35 50 A580
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO
TEMPO
forjamento
1200- 1150
solubilização
1040-1100

1000-

800-

TEMPERATURA (ºC)
600-

400- ar água

200-

0-

DIAGRAMA DE ENCRUAMENTO - GERDAU-302

2000 50

DUREZA HRC
1800 40
HRc
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

RT
1600 30

1400 20

LE
1200 60

1000 50
ALONGAMENTO (%)

800 40

600 30

400 20

A
200 10
Contato:

RS - tel. (51) 3323.5658


RS - fax (51) 3323.5708 10 30 50 70
REDUÇÃO DE ÁREA (%)
SP - tel. (11) 3874.4461
SP - fax (11) 3874.4464
OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-303
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,15 Si: 1,00 Mn: 2,00 P: 0,20 S: 0,15 Cr: 17,00 a 19,00 Ni: 8,00 a 10,00 Mo: 0,60

EQUIVALÊNCIA
NM 30303; ABNT 303; AISI 303; SAE S30300; DIN X8CrNiS18-9; WNr 14305

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas torneadas e
fio-máquina decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Solubilizado, com dureza máxima de 180 HB. Para trefilados, a dureza é função do grau de
redução. Garantia de valores máximos, sob consulta.

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo-níquel, inoxidável austenítico, não-temperável, não-magnético, tipo 18-8.
Possui boa usinabilidade, devido à adição de enxofre, facilitando a remoção do cavaco.
É especialmente apropriado para torneamento em máquinas automáticas. O enxofre
prejudica a resistência à corrosão, em relação aos inoxidáveis não-ressulfurados. No estado
solubilizado, pode apresentar leve magnetismo, que se eleva com o aumento de deformação
a frio.

APLICAÇÕES
Peças produzidas em tornos automáticos e sujeitas a solicitações mecânicas moderadas,
painéis automotivos, usinagem em geral.

SOLDAGEM
Este aço não deve ser soldado, pois é suscetível a trincas na solda devido à adição de
enxofre.
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

TEMPO
forjamento
1200- 1150
solubilização
1040-1100

1000-

800-
TEMPERATURA (ºC)

600-

400- ar água

200-

0-

DIAGRAMA DE ENCRUAMENTO - GERDAU-303

2000

1800
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

1600

1400

RT

ALONGAMENTO (%)
1200 60
LE

1000 50

800 40

600 30

400 20

A
Contato: 200 10
RS - tel. (51) 3323.5658
RS - fax (51) 3323.5708
20 40 60 80
SP - tel. (11) 3874.4461 REDUÇÃO DE ÁREA (%)
SP - fax (11) 3874.4464

OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-304
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,08 Si: 1,00 Mn: 2,00 P: 0,045 S: 0,030 Cr: 18,00 a 20,00 Ni: 8,00 a 10,00 N: 0,10

EQUIVALÊNCIA
NM 30304; ABNT 304; AISI 304; SAE S30400; DIN X5CrNi18-10; WNr 14301

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas torneadas e fio-máquina
decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Solubilizado, com dureza máxima de 180 HB. Para trefilados, a dureza varia com o grau de redução.
Garantia de valores máximos, sob consulta.

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo-níquel, inoxidável austenítico, não-temperável, não-magnético, tipo 18-8. Mantém boa
dutilidade mesmo em baixas temperaturas, sendo adequado para aplicações criogênicas. Resistência à
oxidação até 850ºC. Possui boa conformabilidade à frio, porém o encruamento é maior do que em aços
não-ligados, exigindo maiores esforços de conformação. A carepa que surge na conformação a quente, no
tratamento térmico ou na soldagem deve ser eliminada por decapagem ou usinagem, para não prejudicar
a resistência à corrosão. A usinagem deve ser feita com ferramentas de aço rápido ou metal duro, sob
boa refrigeração. No estado solubilizado, pode apresentar leve magnetismo, que se eleva com o aumento
da deformação a frio.

APLICAÇÕES
Construção de aparelhos e recipientes, válvulas, equipamentos hospitalares e farmacêuticos, indústria
química, petrolífera, têxtil, de criogênicos, laticínios, fotográfica e de tintas. Em geral, são utilizadas
na manufatura de peças que devem resistir a um grande número de agentes corrosivos, como soluções
alcalinas, ácido nítrico, soluções salinas, óleos minerais, água do mar, usinagem em geral, etc.

SOLDAGEM
Boa soldabilidade segundo todos os processos (exceto soldagem a gás). A temperatura máxima de
trabalho para partes soldadas é de 200ºC. Faz-se necessária a solubilização dos carbonetos precipitados
na solda, para evitar corrosão intergranular. Mediante a escolha adequada do metal de adição, é
possível a aplicação na construção de tanques de pressão.

PROPRIEDADES MECÂNICAS
Limite de Limite de Alongamento Redução Norma ASTM
Resistência Escoamento (%) Min. de Área
(MPa) Min. (MPa) Min (%) Min.
Barra Solubilizada 515 205 30 40 A479,276
Fio Máquina Solubilizado 520 210 35 50 A580
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

TEMPO
forjamento
1200- 1150
solubilização
1040-1100

1000-

800-
TEMPERATURA (ºC)

600-

400- ar água

200-

0-

DIAGRAMA DE ENCRUAMENTO - GERDAU-304

2000

1800
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

1600

1400

RT

ALONGAMENTO (%)
1200 60
LE

1000 50

800 40

600 30

400 20

A
Contato: 200 10
RS - tel. (51) 3323.5658
RS - fax (51) 3323.5708
20 40 60 80
SP - tel. (11) 3874.4461 REDUÇÃO DE ÁREA (%)
SP - fax (11) 3874.4464

OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-304L
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,03 Si: 1,00 Mn: 2,00 P: 0,045 S: 0,030 Cr: 18,00 a 20,00 Ni: 8,00 a 12,00 N: 0,10

EQUIVALÊNCIA
NM 30304L; ABNT 304L; AISI 304L; SAE S30403; DIN X2CrNi19-11; WNr 14306

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas torneadas e fio-máquina
decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Solubilizado, com dureza máxima de 180 HB. Para trefilados, a dureza é função do grau de redução.
Garantia de valores máximos, sob consulta.

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo-níquel, inoxidável austenítico, não-temperável, não-magnético, tipo 18-8. Boa resistência
à corrosão. Resistência à oxidação até 850ºC. Boa conformabilidade a frio, porém o encruamento
é maior do que em aços não-ligados, exigindo maiores forças de conformação. A carepa que surge
na conformação a quente, tratamento térmico ou soldagem deve ser removida pelo processo de
decapagem ou usinagem. A resistência à corrosão intercristalina é garantida até 350ºC. O processo
de usinagem deve ser executado com ferramentas de aço rápido ou metal duro, sob boa refrigeração.
No estado solubilizado, o material pode apresentar leve magnetismo, que se eleva à medida que
aumenta a deformação a frio.

APLICAÇÕES
Suas aplicações são semelhantes ao GERDAU-304, sendo preferido sempre que ocorrer risco de
corrosão intercristalina, onde é resistente até 350ºC. Mesmo possuindo baixo teor de carbono, deve-
se solubilizar o material, visando restringir a precipitação de carbonetos resultantes de eventual
operação de soldagem, principalmente quando não é possível realizar tratamento térmico após a
solda, usinagem em geral.

SOLDAGEM
Boa soldabilidade segundo todos os processos (exceto soldagem a gás). A máxima temperatura de
trabalho é de 200ºC. A resistência à soldagem intercristalina é assegurada também na solda. Não é
necessário tratamento térmico após soldagem.

PROPRIEDADES MECÂNICAS
Limite de Limite de Alongamento Redução Norma ASTM
Resistência Escoamento (%) Min. de Área
(MPa) Min. (MPa) Min. (%) Min.
Barra Solubilizada 485 170 30 40 A479,276
Fio Máquina Solubilizado 485 170 35 50 A580
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

TEMPO
forjamento
1200- 1150
solubilização
1040-1100

1000-

800-
TEMPERATURA (ºC)

600-

400- ar água

200-

0-

DIAGRAMA DE ENCRUAMENTO - GERDAU-304L

2000

1800
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

1600

1400

RT

ALONGAMENTO (%)
1200 60
LE

1000 50

800 40

600 30

400 20

A
Contato: 200 10
RS - tel. (51) 3323.5658
RS - fax (51) 3323.5708
20 40 60 80
SP - tel. (11) 3874.4461 REDUÇÃO DE ÁREA (%)
SP - fax (11) 3874.4464

OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-310
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,25 Si: 1,50 Mn: 2,00 P: 0,045 S: 0,030 Cr: 24,00 a 26,00 Ni: 19,00 a 22,00

EQUIVALÊNCIA
NM 30310; ABNT 310; AISI 310; SAE S31000; DIN X15CrNiSi25-20; WNr 1.4841

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas, barras forjadas torneadas e fio-máquina decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Solubilizado, com dureza máxima de 180 HB.

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo-níquel, inoxidável austenítico, tipo refratário, não-temperável, não-magnético. Possui
boas propriedades mecânicas e resistência à oxidação a quente e à fadiga térmica. Muito dúctil, boa
soldabilidade. Temperatura máxima de aplicação de 1150ºC em atmosferas oxidantes comuns. Na
presença de enxofre, para concentrações superiores a 3g/m3, o limite de temperatura é de 900ºC.

APLICAÇÕES
Peças que devem apresentar uma elevada resistência à oxidação a quente, como partes de fornos,
componentes de queimadores, suportes para abóbodas de fornos de fundição, chaminés, estufas,
rolos transportadores de fornos, caixas para cementação, nitretação e recozimento. Eletrodos de
solda, trocadores de calor, componentes de turbinas, incineradores, usinagem em geral.

SOLDAGEM
Boa soldabilidade segundo todos os processos (exceto soldagem a gás). A temperatura máxima de
trabalho para partes soldadas é de 200ºC.

PROPRIEDADES MECÂNICAS
Limite de Limite de Alongamento Redução Norma ASTM
Resistência Escoamento (%) Min. de Área
(MPa) Min. (MPa) Min. (%) Min.
Barra Solubilizada 515 205 30 40 A479,276
Fio Máquina Solubilizado 520 210 35 50 A580
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO
TEMPO
1400- forjamento
1230

1200- solubilização
1050-1100

1000-

TEMPERATURA (ºC)
800-

600-

400-
ar água

200-

0-

CARACTERÍSTICAS MECÂNICAS A QUENTE (1) - GERDAU-310

TEMPERATURA
CARACTERÍSTICAS
650 700 750 800 900 1000 1100 1200

Cargas que provocam


um alongamento
por fluência inferior 4,5 3,5 1,5 - 2 0,9 0,4 0,15 0,05
a 1% em 1.000 horas
2
kgf/mm

Cargas que
originam ruptura
10-11 7,5 4,5 2,5 - 3
em 1.000 horas
2
kgf/mm

Contato:

RS - tel. (51) 3323.5658


(1) Valores indicativos
RS - fax (51) 3323.5708
SP - tel. (11) 3874.4461
SP - fax (11) 3874.4464

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-316
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,08 Si: 0,75 Mn: 2,00 P: 0,045 S: 0,030 Cr: 16,00 a 18,00 Mo: 2,00 a 3,00 Ni: 10,00 a 14,00 N: 0,10

EQUIVALÊNCIA
NM 30316; ABNT 316; AISI 316; SAE S31600; DIN X5CrNiMo17-12-2; WNr 14401

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas torneadas e fio-máquina
decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Solubilizado, com dureza máxima de 180 HB. Para trefilados, a dureza é função do grau de redução.
Garantia de valores máximos, sob consulta.

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo-níquel-molibdênio, inoxidável austenítico, não-temperável, não-magnético. Possui boa
dutilidade, mesmo em baixas temperaturas. Resistência à oxidação até 875ºC. A presença de Mo
melhora a resistência ao ataque corrosivo em meios clorados e não-oxidantes, além de elevar a
resistência mecânica. Boa conformabilidade a frio, porém o encruamento é maior do que em aços
não-ligados, exigindo maiores esforços de conformação. A carepa originada na conformação a quente,
no tratamento térmico ou na soldagem deve ser removida por decapagem ou usinagem, sob pena de
ser prejudicada a resistência à corrosão. Resistente à corrosão intercristalina até 300ºC. No estado
solubilizado, o material pode apresentar leve magnetismo, que se eleva à medida que aumenta a
deformação a frio.

APLICAÇÕES
Peças que exigem alta resistência à corrosão localizada originada por ácidos sulfuroso e sulfúrico
e banhos clorados. Equipamentos para indústria química, farmacêutica, têxtil, petróleo, papel,
celulose, borracha, nylon e tintas. Adequado para construção naval, equipamentos criogênicos e
cirúrgicos, usinagem em geral.

SOLDAGEM
Boa soldabilidade segundo todos os processos (exceto soldagem a gás). A temperatura máxima de
trabalho é 200ºC. É necessária a solubilização dos carbonetos precipitados na solda, para evitar
corrosão intergranular. Mediante escolha adequada do metal de adição, é possível a aplicação na
construção de tanques de pressão.

PROPRIEDADES MECÂNICAS
Limite de Limite de Alongamento Redução Norma ASTM
Resistência Escoamento (%) Min. de Área
(MPa) Min. (MPa) Min. (%) Min.
Barra Solubilizada 515 205 30 40 A479,276
Fio Máquina Solubilizado 520 210 35 50 A580
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

TEMPO
forjamento
1200- 1150
solubilização
1040-1100

1000-

800-
TEMPERATURA (ºC)

600-

400- ar água

200-

0-

DIAGRAMA DE ENCRUAMENTO - GERDAU-316

2000

1800
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

1600

1400

RT

ALONGAMENTO (%)
1200 60
LE

1000 50

800 40

600 30

400 20

A
Contato: 200 10
RS - tel. (51) 3323.5658
RS - fax (51) 3323.5708
20 40 60 80
SP - tel. (11) 3874.4461 REDUÇÃO DE ÁREA (%)
SP - fax (11) 3874.4464

OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-316L
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,030 Si: 0,75 Mn: 2,00 P: 0,045 S: 0,030 Cr: 16,00 a 18,00 Mo: 2,00 a 3,00 Ni: 10,00 a 14,00
N: 0,10

EQUIVALÊNCIA
NM 30316L; ABNT 316L; AISI 316L; SAE S31603; DIN X2CrNiMo17-12-2; WNr 14404

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas torneadas e fio-máquina
decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Estado solubilizado, com dureza máxima de 180 HB. Para trefilados, a dureza é função do grau de
redução. Garantia de valores máximos, sob consulta.

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo-níquel-molibdênio, inoxidável austenítico, com baixo teor de C. Não-magnético, não-
temperável. Boa dutilidade, inclusive em baixas temperaturas. Resistência à oxidação até 875ºC. Boa
conformabilidade a frio, porém o encruamento é maior do que em aços não-ligados, exigindo maiores
esforços de conformação. A resistência à corrosão intercristalina é garantida até 400ºC em extensa
gama de bitolas e na soldagem, devido ao baixo teor de carbono. Contudo, a carepa gerada na
conformação a quente, tratamento térmico ou na solda prejudica esta resistência, deve ser removida
por decapagem ou por usinagem. Na usinagem, deve-se empregar ferramentas de aço rápido ou
metal duro, sob boa refrigeração. No estado solubilizado, pode apresentar leve magnetismo, que se
eleva com o aumento de deformação a frio.

APLICAÇÕES
Indicado quando é necessário um teor de C menor do que o do aço GERDAU-316, a fim de restringir
a precipitação de carbonetos resultantes da solda e quando se quer evitar problemas de corrosão
intergranular. Peças que exigem alta resistência à corrosão localizada, originada por ácidos sulfuroso e
sulfúrico, banhos clorados e em geral por agentes corrosivos do tipo redutor. Equipamentos da indústria
química, farmacêutica, têxtil, de petróleo, papel, celulose, borracha, nylon, tintas, aplicações
criogênicas, usinagem em geral.

SOLDAGEM
Boa soldabilidade segundo todos os processos (exceto soldagem a gás). A temperatura máxima de
trabalho para partes soldadas é de 150ºC. Não é necessário tratamento térmico posterior. Mediante
escolha adequada do metal de adição, é possível aplicação em construção de tanques de pressão.

PROPRIEDADES MECÂNICAS
Limite de Limite de Alongamento Redução Norma ASTM
Resistência Escoamento (%) Min. de Área
(MPa) Min. (MPa) Min. (%) Min.
Barra Solubilizada 485 170 30 40 A479,276
Fio Máquina Solubilizado 485 170 35 50 A580
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

TEMPO
forjamento
1200- 1150
solubilização
1040-1100

1000-

800-
TEMPERATURA (ºC)

600-

400- ar água

200-

0-

DIAGRAMA DE ENCRUAMENTO - GERDAU-316L

2000

1800
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

1600

1400

RT

ALONGAMENTO (%)
1200 60
LE

1000 50

800 40

600 30

400 20

A
Contato: 200 10
RS - tel. (51) 3323.5658
RS - fax (51) 3323.5708
20 40 60 80
SP - tel. (11) 3874.4461 REDUÇÃO DE ÁREA (%)
SP - fax (11) 3874.4464

OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-410
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,15 Si: 1,00 Mn: 1,00 P: 0,040 S: 0,030 Cr: 11,50 a 13,50 Ni: 0,75

EQUIVALÊNCIA
NM 51410; ABNT 410; AISI 410; SAE S41000; DIN X12Cr13; WNr 14006

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas, barras forjadas
torneadas, fio-máquina, fio-máquina decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Estado esferoidizado, com dureza máxima de 200 HB, ou beneficiado (barras).

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo, inoxidável martensítico, temperável, magnético. No estado beneficiado, apresenta
melhor resistência à corrosão e pode atingir dureza de até 42 HRC. Possui boa resistência à oxidação
em temperaturas de até 650ºC. Apresenta fragilidade de revenido e queda na resistência à corrosão
na faixa de 425-525ºC. Para conformações a frio, deve-se preaquecer entre 100 e 300ºC. Dependendo
do grau de deformação e espessura, torna-se necessária uma conformação entre 700 e 800ºC.
Neste caso, é recomendado recozimento para alívio de tensões, imediatamente após a etapa de
conformação. A característica inoxidável é otimizada com a adoção de superfície limpa e polida, por
isso a carepa formada nas etapas de tratamento térmico, soldagem ou conformação a quente deve
ser removida por decapagem ou usinagem.

APLICAÇÕES
Peças que devem apresentar boa resistência à corrosão atmosférica, água, vapor d’água, agentes
medianamente corrosivos da indústria alimentícia, ácido bórico, ácidos graxos, vinagre, óleos minerais.
Válvulas, bombas, fechaduras, tubos de aquecimento, cutelaria, eixos acionadores, maquinaria de
mineração, peças de calibradores, fixadores, hastes de pistão, componentes construtivos de hidrelétricas,
instalações de craqueamento, instrumentação cirúrgica.

SOLDAGEM
Boa soldabilidade segundo os processos de arco elétrico manual, MIG/MAG, TIG. Condicionalmente
soldável por solda a resistência. Deve-se realizar preaquecimento entre 200 e 300ºC. Faz-se
necessário um tratamento térmico após a soldagem com metal de adição similar na temperatura
entre 650 e 750ºC.
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

TEMPO
1400- forjamento
1100-1250

1200- têmpera
980-1030
esferoidização
1000- 860
TEMPERATURA (ºC)

800- forno

650
600-

ar revenido
400-
250 mínimo

200- ar óleo

0-

DIAGRAMA DE BENEFICIAMENTO - GERDAU-410


Dureza
HB

1600 500 80
450
HB
1400 400 70
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

350
RT

1200 60

ALONGAMENTO (%) REDUÇÃO DE ÁREA (%)


300

LE
250

1000 200 50

800 40

RA

600 30

400 20
A

200 10
Contato:

RS - tel. (51) 3323.5658


RS - fax (51) 3323.5708
100 200 300 400 500 600 700 800
SP - tel. (11) 3874.4461 TEMPERATURA DE REVENIDO (ºC)
SP - fax (11) 3874.4464

OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-416
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,15 Si: 1,00 Mn: 1,25 P: 0,060 S: 0,15 Cr: 12,00 a 14,00 Mo: 0,60

EQUIVALÊNCIA
NM 51416; ABNT 416; AISI 416; SAE 41600; DIN X12CrS13; WNr 14005

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas, barras forjadas
torneadas, fio-máquina e fio-máquina decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Estado esferoidizado, com dureza máxima de 200 HB, ou beneficiado (barras).

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo, inoxidável martensítico, temperável, magnético. Possui teor de enxofre mais elevado,
visando melhores condições de usinagem. No estado beneficiado, apresenta melhor resistência
à corrosão, podendo atingir dureza de 42 HRC. Resistência à oxidação até 650ºC. A resistência
à corrosão é razoável, pois este aço é suscetível à corrosão sob tensão. As inclusões de sulfeto
presentes no material favorecem o ataque de corrosão seletiva, além de reduzirem a conformidade
a frio e a quente. A deformação a quente é ainda dificultada devido ao fato de que, nas temperaturas
de conformação, o material pode apresentar estrutura mista austenita-ferrita. A característica
inoxidável é otimizada com a adoção de superfície limpa e polida, por isso, a carepa formada
nas etapas de soldagem, tratamento térmico ou conformação a quente deve ser removida por
decapagem ou usinagem. Deve-se evitar revenido na faixa de 425 a 525ºC, onde ocorre fragilização
do material.

APLICAÇÕES
Usinagem de peças menores, peças de alta precisão, parafusos, porcas e pinos.

SOLDAGEM
Este aço normalmente não é soldável.
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

TEMPO
forjamento
1200- 1150
têmpera
925-1010
1000- esferoidização
885

800-
TEMPERATURA (ºC)

forno

600-
595

400- ar

óleo revenido
200 mínimo
200- ar

0-

DIAGRAMA DE BENEFICIAMENTO - GERDAU-416

Contato:

RS - tel. (51) 3323.5658


RS - fax (51) 3323.5708
SP - tel. (11) 3874.4461
SP - fax (11) 3874.4464

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-420
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,15 Si: 1,00 Mn: 1,00 P: 0,040 S: 0,030 Cr: 12,00 a 14,00

EQUIVALÊNCIA
NM 51420; ABNT 420; AISI 420; SAE S42000; DIN X20Cr13; WNr 14021

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas, barras forjadas
torneadas, fio-máquina e fio-máquina decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Estado esteroidizado, com dureza máxima de 230 HB, ou beneficiado (barras).

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo, inoxidável martensítico, temperável, magnético. Possui boa resistência mecânica
até a temperatura de 550ºC. Resistência à oxidação até 630ºC. No estado beneficiado, apresenta
melhor resistência à corrosão e pode atingir dureza de 50 HRC. Para conformações a frio, deve-se
preaquecer entre 200 e 400ºC. Dependendo do grau de deformação e espessura, torna-se necessária
uma conformação entre 700 e 800ºC. Nesse caso, é recomendado recozimento para alívio de tensões.
A característica inoxidável é otimizada com a adoção de superfície limpa e polida, desta forma a
carepa formada na soldagem, tratamento térmico ou conformação a quente deve ser eliminada por
decapagem ou usinagem. Deve-se evitar o revenido na faixa de 425 a 525ºC, onde ocorre fragilização
do material.

APLICAÇÕES
Em geral, para peças que devem resistir à corrosão atmosférica, ácidos fracos e ácido nítrico de
concentração inferior a 60%. Cutelarias, instrumentos cirúrgicos e dentários, réguas, medidores,
engrenagens, eixos, bolas de moinhos, turbinas a gás, válvulas para água e vapor. Palhetas de turbinas
e válvulas cônicas. Em geral, aplicável onde se necessita de resistência mecânica, dutilidade e
resistência à corrosão.

SOLDAGEM
Má soldabilidade. Condicionalmente soldável segundo os processos de arco elétrico manual, TIG e
de resistência. Deve-se preaquecer o material entre 300 e 400ºC. Para soldas com metal de adição
similar, efetuar tratamento térmico pós-soldagem, resfriando o material até temperaturas inferiores
a Ms (120ºC), a seguir revenir ou beneficiar.
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

TEMPO
1400-
forjamento
1100-1250
1200-
têmpera
980-1030
1000- esferoidização
TEMPERATURA (ºC)

860

800-
forno

600- ar 650

400- revenido
250 mínimo

200- óleo
ar

0-

DIAGRAMA DE BENEFICIAMENTO - GERDAU-420


Dureza
HB

1600 500 80
450 HB
RT

1400 400 70
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

LE
350

ALONGAMENTO (%) ESTRICÇÃO (%) IMPACTO (J)


1200 300 60

250

1000 200 50

800 40

600 30

I
400 20

200 10
Contato:

RS - tel. (51) 3323.5658


RS - fax (51) 3323.5708 100 200 300 400 500 600 700 800
SP - tel. (11) 3874.4461 TEMPERATURA DE REVENIDO (ºC)
SP - fax (11) 3874.4464

OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-420C
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,30 a 0,40 Si: 1,00 Mn: 1,00 P: 0,040 S: 0,030 Cr: 12,00 a 14,00

EQUIVALÊNCIA
NM 51420; ABNT 420; AISI 420; DIN X30Cr13; WNr 14028

PRODUTOS
Tarugos, barras laminadas redondas descascadas e trefiladas, barras forjadas, barras forjadas
torneadas, fio-máquina e fio-máquina decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Estado esferoidizado, com dureza máxima de 230 HB, ou beneficiado (barras).

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo inoxidável martensítico, temperável, magnético. Possui boa resistência à oxidação em
temperaturas de até 610ºC. Possui boa resistência ao desgaste e ao amolecimento até a temperatura
de 400ºC. Pode atingir dureza de até 52 HRC. Má soldabilidade. Durante a têmpera, deve-se objetivar
a dissolução total de carbonetos, com o tempo de austenitização suficiente. Para conformações a
frio, deve-se preaquecer entre 200 e 400ºC. Dependendo do grau de deformação e espessura, torna-
se necessária uma conformação entre 700 e 800ºC. Neste caso, é recomendado recozimento para
alívio de tensões. Não é atacado por agentes corrosivos fracos, soluções de nitratos, carbonatos e
outros sais. A característica inoxidável é otimizada com a adoção de superfície limpa e polida, por
isso a carepa formada nas etapas de soldagem, tratamento térmico ou conformação a quente deve
ser removida por decapagem ou usinagem. Deve-se evitar revenimento na faixa de 425 a 525ºC, onde
ocorre fragilização do material.

APLICAÇÕES
Para laminação de tubos, válvulas de sucção, instrumentos cirúrgicos e dentários, ferramentas de
corte, bolas de moinhos e objetos que exijam resistência ao desgaste e dureza, hastes de bombas,
eixos, conexões para vapor e água, hastes de válvulas e moldes plásticos, utensílios e ferramentas de
corte que devam resistir ao ataque de agentes medianamente corrosivos, como: ácidos graxos, óleos
minerais, vinagres, glicerinas, bebidas alcoólicas, soluções de amoníaco, águas ácidas e alcalinas.

SOLDAGEM
Este aço não é soldável.
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

Preaquecimento: recomendável para grandes forjados e matrizes.


Taxa de aquecimento máxima: 100ºC/hora.

TEMPO
1400-
forjamento
1100-1250
1200-
têmpera
980-1030
1000- esferoidização
TEMPERATURA (ºC)

860

800-
forno 700

650
600-

ar
400- 400
revenido
250 mínimo

200- ar óleo

0-

DIAGRAMA DE BENEFICIAMENTO - GERDAU-420C


Dureza
HB

1800 550 80
500 HB
RT
1600 450 70
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

400 LE

1400 350 60

ALONGAMENTO (%) ESTRICÇÃO (%)


300

1200 250 50

1000 40

800 30

600 20

A
400 10
Contato:

RS - tel. (51) 3323.5658


RS - fax (51) 3323.5708 100 200 300 400 500 600 700 800
SP - tel. (11) 3874.4461 TEMPERATURA DE REVENIDO (ºC)
SP - fax (11) 3874.4464

OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
Aço Inoxidável Gerdau-430
COMPOSIÇÃO QUÍMICA (%)
C: 0,12 Si: 1,00 Mn: 1,00 P: 0,040 S: 0,030 Cr: 16,00 a 18,00 Ni: 0,75

EQUIVALÊNCIA
NM 51430; ABNT 430; AISI 430; SAE S43000; DIN X6Cr17; JIS SUS 430; WNr 14016

PRODUTOS
Tarugos, barras redondas descascadas e trefiladas, fio-máquina decapado.

CONDIÇÃO DE FORNECIMENTO
Recozido. Dureza máxima de 200 HB. Para trefilados, a dureza é função do grau de redução. Garantia
de valores máximos, sob consulta.

CARACTERÍSTICAS
Aço cromo, inoxidável ferrítico. Este aço é magnético e não-temperável por tratamento térmico.
Quando conformado a quente, há tendência à formação de grão grosseiro, nesse caso, deve-se
trabalhar em temperaturas mais baixas possíveis, aplicando-se percentuais de conformação mais
elevados. Deve-se evitar trabalhar na faixa de 400 a 550ºC, onde ocorre fragilização do material. A
principal vantagem na utilização deste aço é a sua resistência à corrosão sob tensão em meios clorados.
Resistência à oxidação até 790ºC. A característica inoxidável é otimizada com a adoção de superfície
limpa e polida, por isso a carepa formada nas etapas de tratamento térmico, soldagem ou conformação
a quente deve ser removida por decapagem ou usinagem. Possui também elevada capacidade de
conformação a frio, adequada a processos do tipo estampagem, extrusão, trefilação.

APLICAÇÕES
Construção civil, chapas refletoras, peças de eletricidade resistentes à oxidação, componentes
elétricos de aparelhos domésticos e para aquecimento, trocadores de calor, indústria química e
petroquímica, artigos de cozinha e decorativos.

SOLDAGEM
Boa soldabilidade em todos os processos. Realizar preaquecimento entre 100 e 300ºC.
SEQÜÊNCIA DE PROCESSAMENTO

TEMPO
1200-
forjamento
1100

1000-
recozimento
850

800-
TEMPERATURA (ºC)

600-

400- ar
ar

200-

0-

DIAGRAMA DE ENCRUAMENTO - GERDAU-430

1000 100

DUREZA HRB
95
RESISTÊNCIA A TRAÇÃO E LIMITE DE ESCOAMENTO (N/mm2)

HRB

800 90

RT
85
LE

600 60 80

50
ALONGAMENTO (%)

400 40

30

200 20

10
Contato: A

RS - tel. (51) 3323.5658


RS - fax (51) 3323.5708 20 70 60 80
SP - tel. (11) 3874.4461 REDUÇÃO DE ÁREA (%)

SP - fax (11) 3874.4464


OBS.: Propriedades mecânicas médias previstas, podendo variar com a composição química específica do
material e parâmetros inerentes ao processo de deformação.

www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais
A Gerdau Aços Especiais Piratini, em Char- cas, físico-químicas otimizadas.
queadas - RS, produz Aços Inoxidáveis O tratamento térmico garante excelente
conforme os mais modernos processos de homogeneização da estrutura e o con-
elaboração de metalurgia secundária: LF trole de formação de carepa, facilitando
(Ladle Furnace) e VOD (Vacuum Oxigen sua remoção no processo de decapagem
Dagassing). química posterior e propiciando ao ma-
O processo de fabricação destes aços terial excelente qualidade superficial.
conta com uma eficiente seleção de ma- Os produtos da Gerdau Aços Especiais
téria-prima, rigoroso controle da com- Piratini são rigorosamente testados e
posição química permitindo a obtenção aprovados conforme a especificação
de produtos com propriedades mecâni- ASTM-A262 (teste de corrosão).

Contato:
RS - tel. (51) 3323.5658 - fax (51) 3323.5708
SP - tel. (11) 3874.4461 - fax (11) 3874.4464
www.gerdau.com.br/gerdauacosespeciais

Os produtos constantes deste manual podem ser alterados sem aviso prévio.