Vous êtes sur la page 1sur 2

9- Alavancas e roldanas

1– A Carla e a Joana, de massas 35 kg e 40 kg, respectiva-


mente, brincam no baloiço representado na figura. Se a
Carla se sentar num extremo do baloiço, onde se deverá
sentar a Joana de forma a minimizar o seu esforço? a 1.75 m do centro

2– Uma alavanca interfixa em equilíbrio é actuada por duas forças com as intensidades
de 50 kgf e 80 kgf, distando o ponto de aplicação desta 20 cm do fulcro da alavanca.
Calcule o comprimento da alavanca. 52 cm

3– As forças representadas na figura têm todos norma 100 N.


Determine o torque total do sistema de forças relativamente
ao ponto O. −48 N m

4– O sistema da figura está em equilíbrio. Supondo


desprezáveis todos os atritos, bem como as massas
das roldanas, cabos e alavanca, calcule a intensi-
dade da força resistente. 15000 N

5– O sistema representado na figura é constituido por duas roldanas solidá-


rias, de raios 1.0 m e 0.5 m, e dois corpos, A e B, sendo mA = 5.0 kg. O
sistema está em equilíbrio.

5.1 – Determine a massa do corpo B. 10 kg

5.2 – Determine os valores das tensões nos fios. 50 N ; 100 N

6– Para tirar uma das porcas que fixam a roda de um automóvel, uma pessoa exerce uma
força vertical de 400 N.

6.1 – Determine o momento da força em relação ao centro da porca,


quando a manivela, de comprimento 20 cm, faz 45° com a
horizontal; ∼56.6 N m

6.2 – Com a mesma força, para que posição da manivela é máximo


o momento? horizontal

7– O sistema da figura está em equilíbrio. Sejam l1 = 25 cm, l2 = 40 cm e m2 = 1 kg.


Desprezando a massa da alavanca, da roldana e dos cabos, determine:

7.1 – o valor da massa m3 ; 1 kg

7.2 – o valor da força aplicada no ponto B; 20 N

7.3 – o valor da massa m1 ; 3.2 kg

7.4 – o valor da reacção normal no ponto O. 52 N

28
8– O sistema da figura está em equilíbrio. Sejam m1 = 5 kg e
m2 = 2 kg. Desprezando a massa das roldanas e dos cabos,
determine:

8.1 – o valor da massa m3 ; 2 kg

8.2 – o valor da tensão no cabo horizontal; 40 N

8.3 – o valor da reacção normal na massa m1 ; 50 N

8.4 – o valor do coeficiente de atrito entre a massa m1 e o


solo. µ=0.8

9– O sistema da figura está em equilíbrio. Sejam m1 = 2 kg e m2 = 5 kg. Despreze a massa


das roldanas e dos cabos.

9.1 – Desprezando o atrito entre a massa m1 e o solo, deter-


mine qual o valor da força F. 50 N

9.2 – Nas condições da alínea anterior, determine o valor da


tensão no cabo horizontal. 50 N

9.3 – Sendo µ = 0.75 (m1 / solo), determine qual o valor da


força F necessária para equilibrar o sistema. 35 N

9.4 – Nas condições da alínea anterior, determine o valor da


tensão no cabo horizontal. 50 N

10– Considere o sistema de pesos e roldanas da figura, o qual


é utilizado para exercer tracção sobre a perna de um pa- 15°
ciente. Considere que as massas m1 e m2 são ambas de m1 15°
6 kg. Determine o módulo, direcção e sentido da força de
tracção exercida sobre a perna do paciente. m2 115.9 N

11– Considere o sistema de pesos e roldanas da figura, o qual


é utilizado para exercer tracção sobre a perna de um pa- 15°
ciente. Considere que a massa suspensa tem o valor de 15°
6 kg. Determine o módulo, direcção e sentido da força de
tracção exercida sobre a perna do paciente. m 115.9 N

29

Centres d'intérêt liés