Vous êtes sur la page 1sur 2

Unidade Curricular Mecanização e Exploração Florestal Área Científica Silvicultura e Caça

Licenciatura em Engenharia Florestal Escola Escola Superior Agrária de Bragança

Ano Lectivo 2010/2011 Ano Curricular 3 Nível 1-3 Créditos ECTS 5.5

Tipo Semestral Semestre 1 Código 9114-311-3102-00-10

Horas totais de trabalho 148.5 Horas de Contacto T - TP 60 PL - TC - S - E 24 OT 20 O -


T - Ensino Teórico; TP - Teórico Prático; PL - Prático e Laboratorial; TC - Trabalho de Campo; S - Seminário; E - Estágio; OT - Orientação Tutórica; O - Outra

Nome(s) do(s) docente(s) Arlindo Castro Ferreira Almeida, Luís Filipe de Sousa Teixeira Nunes

Resultados da aprendizagem e competências


No fim da unidade curricular o aluno deve ser capaz de:
1. Conheçer e dominar as técnicas de trabalho associadas às principais operações em exploração florestal.
2. Avaliar e fundamentar os aspectos técnicos e económicos ligados à mecanização das operações.
3. Saber planear o uso do equipamento segundo as normas de segurança e ergonomia no trabalho.
4. Interpretar a informação técnica sobre equipamento como por exemplo a contida em boletins de ensaio.
5. Determinar custos associados à posse e utilização de máquinas.
6. Conheçer o equipamento utilizado na preparação do terreno para a arborização e manutenção dos povoamentos e saber ponderar a adaptação de alfaias
agrícolas à actividade florestal.
Este documento só tem validade académica depois de autenticado, em todas as suas folhas, com o selo a óleo da Instituição.

Pré-requisitos
Antes da unidade curricular o aluno deve ser capaz de:
1. Ter noções básicas de mecânica
2. Conhecer unidades e grandezas físicas: Trabalho e energia; Força; Momento/Binário; Potência
3. Ter noções de economia e gestão (cálculo de custos)

Conteúdo da unidade curricular


Estudo das principais operações de exploração florestal. Fundamentos técnicos e económicos da mecanização das operações. Optimização das operações.
Condicionalismos da exploração mecanizada. Segurança e ergonomia no trabalho. O tractor em tracção e condições de equilíbrio. Ensaios de tractores e leitura de
boletins de ensaio. Equipamento usado na preparação do terreno e manutenção dos povoamentos. Adaptação de alfaias agrícolas à actividade florestal. Custos de
posse e utilização de máquinas.

Conteúdo da unidade curricular (versão detalhada)


1. CONCEITOS FUNDAMENTAIS SOBRE TRACTORES E MOTORES
- Constituição básica de tractores
- Motores de ciclo Otto
- Motores de ciclo Diesel
- O ciclo de 4 tempos
- O ciclo de 2 tempos
2. MOMENTO MOTOR, POTÊNCIA E CONSUMO
- Momento produzido por um motor alternativo
- Cálculo do momento motor e da potência
- Rendimento efectivo e consumo específico
- Curvas características de motores
3. SISTEMA DE TRANSMISSÃO DO MOVIMENTO E ÓRGÃOS DE LOCOMOÇÃO
- Transmissão aos rodados motrizes
- Transmissão à tomada de força
4. SISTEMAS DE LIGAÇÃO COM ALFAIAS
- Ligação por um ponto
- Ligação por três pontos
- Sistema hidráulico de levantamento
5. UTILIZAÇÃO DE TRACTORES EM TRACÇÃO
- Noção de resistência ao rolamento
- Noção de escorregamento
- Rendimento prático de tracção
- Condições de segurança na utilização de tractores
6. CUSTOS DE UTILIZAÇÃO DO EQUIPAMENTO AGRO-FLORESTAL
- Cálculo da capacidade de trabalho
- Cálculo dos custos de utilização por unidade de área e por unidade de tempo
7. NOÇÕES GERAIS SOBRE A EXPLORAÇÃO FLORESTAL
- Caracterização e âmbito
- Tipos de operações realizadas
- A mecanização das operações
- O caso português
- Mercado, procura e consumo da indústria de primeira transformação
- Tipologia das empresas de exploração florestal
- Planeamento operacional
8. ABATE E CORTE
- Variáveis susceptíveis de influenciar o abate
- Padrão de corte
- Máquinas e equipamento para o abate mecanizado
- Abate com motosserra
- A motoroçadora: constituição, ferramentas para corte e destroçar
- Padrões de trabalho com motoroçadora
9. CORTE DOS RAMOS, TORAGEM E DESCASQUE
- O corte dos ramos: técnica de corte; precauções de segurança
- A toragem: troncos sob tensão; árvores derrubadas pelo vento
- Descasque
- Limpeza e manutenção da motosserra
10. RECHEGA E EXTRACÇÃO DO MATERIAL LENHOSO
- Factores de influência
- Planeamento
- Métodos de extracção
- Práticas de execução (sistemas de extracção)
- Impactes da extracção sobre o meio ambiente

Página 1 de 2
IPB - Escola Superior Agrária de Bragança
Engenharia Florestal - Mecanização e Exploração Florestal - 2010/2011

Conteúdo da unidade curricular (versão detalhada)


- Inovações tecnológicas nos tractores florestais
11. TRATAMENTO E EXTRACÇÃO DE RESÍDUOS DA EXPLORAÇÃO FLORESTAL
- Impactes negativos da extracção dos resíduos florestais da mata
- Equipamento, maquinaria e práticas de execução
- Processamento de resíduos florestais
12. CARREGAMENTO E TRANSPORTE DO MATERIAL LENHOSO
- Carga e descarga: manual e mecânica
- Tempos de trabalho
- Transporte por estrada e outros tipos de transporte
- Características dos veículos, regras e restrições
- Custos do transporte por estrada
13. SEGURANÇA E ERGONOMIA NA EXPLORAÇÃO FLORESTAL
- Riscos e acidentes na actividade de exploração florestal
- Principais causas e consequências dos acidentes com motosserra
- Equipamento de protecção individual
- Dispositivos de segurança da motosserra e moto roçadora
- Segurança e ergonomia nas operações com motosserra
- Doenças profissionais
14. EQUIPAMENTO PARA A PREPARAÇÃO DO TERRENO E MANUTENÇÃO DOS POVOAMENTOS
- Operações preparatórias e de manutenção
- Limpeza de matos
- Operações de preparação do terreno: lavoura contínua, ripagem, vala e cômoro, terraços
- Adaptação das alfaias agrícolas à actividade florestal

Bibliografia recomendada
1. Tolosana, E., González, V. M. e Vignote, S. 2004. El Aprovechamiento Maderero. 2ª Edição Editorial Mundi Prensa. Madrid.
2. Ojeda, R. N. 2005. Manual de Mecanización Forestal. 4ª Edição. Edição do Próprio Autor.
3. FAO 1984. La Explotación maderera de bosques de montaña. Estudio FAO Montes 33. Roma.
4. Ortiz-Cañavate (2005) “Tractores Técnica y Seguridad” Ediciones Mundi-Prensa, Madrid
5. Arnal Atares y A. Laguna Blanca (2005) “Tractores y Motores Agrícolas” Ediciones Mundi-Prensa, Madrid
Este documento só tem validade académica depois de autenticado, em todas as suas folhas, com o selo a óleo da Instituição.

Métodos de ensino e de aprendizagem


Aulas teórico-práticas com recurso a materiais audiovisuais. Aplicação em sessões de natureza prática, usando equipamento da ESAB. Resolução de exercícios.
Trabalho não presencial através de leitura dos manuais disponíveis na biblioteca e de artigos técnicos e científicos na Internet ou disponibilizados via E-learning.
Está prevista a realização de um estágio prático em Exploração Florestal.

Alternativas de avaliação
1. Alternativa 1 - (Ordinário) (Final, Recurso)
- Trabalhos Práticos - 30%
- Exame Final Escrito - 70%
2. Alternativa 2 - (Trabalhador) (Final, Recurso, Especial)
- Exame Final Escrito - 100%
3. Alternativa 3 - (Ordinário) (Especial)
- Exame Final Escrito - 100%

Língua em que é ministrada


Português, com apoio em inglês para alunos estrangeiros

Validação Electrónica
Arlindo Castro Ferreira Almeida, Luís Filipe de Sousa Maria Sameiro Ferreira Patrício João Paulo Miranda Castro
Teixeira Nunes
05-01-2011 10-01-2011 10-01-2011

Página 2 de 2