Vous êtes sur la page 1sur 2

1

ATIVIDADES PARA QUARTA-


FEIRA (16.06). L. PORTUGUESA – Coesão e Coerência Textuais
PROFª MÔNICA REGINA.
Atividades

1. Copie do texto palavras e expressões a que os termos grifados se referem.

Bernardo tem 5 anos e gosta de saber tudo sobre lugares e países. Eu sou um pai coruja!
Assim, na primeira oportunidade, comprei-lhe um desse globos terrestres modernos. No entanto, o
garoto não lhe deu muita importância, quando apontei nele o Japão, o Brasil e muitos outros países.
Limitou-se a fazê-lo girar doidamente. Parece que a novidade não o atraiu. Girou tanto o tal do globo que
o desprendeu do suporte de metal. Logo se dispôs a sair jogando futebol com ele, mas não permiti tal
coisa. Consegui convencê-lo a ir destruir outro brinquedo: o barulhento secador da mãe! E assim que me
vi só, tranquei-me lá, no meu escritório, para apreciar aquela nova e preciosa aquisição!
(Fernando Sabino – Adaptado)

2. Nesta questão ocorrem alguns fragmentos narrativos que apresentam algum tipo de incoerência. Tente
identificar e explicar o tipo de incoerência que você vê.
Conheci Sheng no primeiro colegial e aí começou um namoro apaixonado que dura até hoje e
talvez para sempre. Mas não gosto de sua família: repressora, preconceituosa, preocupada em manter as
milenares tradições chinesas. O pior é que sou brasileira, , detesto comida chinesa e não sei comer com
pauzinhos. Em casa, só falam chinês e de chinês eu só sei o nome do Sheng.
No dia do seu aniversário, já fazia dois anos de namoro, ele ganhou coragem e me convidou para
jantar em sua casa. Eu não podia recusar e fui. Fiquei conhecendo os velhos, conversei com eles, ouvi
muitas histórias da família e da China, comi tantas coisas diferentes que nem sei. Depois fomos ao
cinema eu e o Sheng.
3. O uso dos elementos de ligação (elementos de coesão) inadequados nas sentenças abaixo provoca um
efeito de incoerência. Reescreva-os, fazendo as alterações necessárias para garantir o estabelecimento das
relações se sentido corretas.
a. O livro é muito interessante porque tem 570 páginas.
b. Carmem mora no Rio há cinco anos, portanto não conhece ainda o Corcovado.
c. Acordei às 7 horas, uma vez que tinha ido deitar às 2 horas, dormi pouco mais de cinco horas.
d. O livro que a professora de literatura mandou comprar já está esgotado, já que foi publicado há menos
de três semanas.
e. João, o pintor, foi despedido, mesmo que tenha se negado a pintar a casa, apesar de estar chovendo.

4. Faça o que for necessário para evitar a ambigüidade e/ou incoerência dos períodos abaixo.
a. Durante o noivado, Joana pediu que Eduardo se casasse com ela várias vezes.
b. Andando pela calçada, o ônibus derrapou e pegou o funcionário quando entrava na livraria.

5. As frases seguintes devem ser transformadas em um só período. Utilize-se dos mecanismos de coesão
adequados para fazê-los.
a. Os alunos dispunham de pouco tempo. Não foi possível concluir a prova de Matemática. O pouco
tempo disponível provocou protestos junto à direção da escola.
b. Moramos no mesmo andar. Vemo-nos com freqüência. Mal nos falamos.
c. O show estava excelente. Eles saíram antes de terminar. Tinha um aniversário para ir.
d. Beatriz mudou de apartamento. Ela fez uma viagem ao exterior. Também comprou um carro novo.
Ficou completamente endividada.
2
6. Escreva um período, juntando as frases abaixo, utilizando um conectivo de cada vez: embora, apesar
de, mesmo, mas. Faça as modificações necessárias.
Estava com febre. Não faltava às aulas.

7. Utilizando um conectivo de cada vez: embora, apesar de, mas, escreva um período, juntando as frases
abaixo. Faça as modificações (adaptações) necessárias.
O mercado de fraldas descartáveis é dominado por empresas de grande porte.
Pequenos fabricantes estão começando a disputar o mercado.

8. Empregando conectivos (exceto: mas, porque, por causa de), ligue os enunciados, estabelecendo entre
eles, respectivamente, relações de oposição (concessão) e causa.
a. Prometi a mim mesmo não ir àquela comemoração. Acabei indo.
b. O Brasil tem dificuldades para se alinhar aos países de primeiro mundo. Saúde e educação acabem
sendo pouco valorizadas.

9. Proceda da mesma forma com as frases abaixo. Utilize a gora os conectivos: pelo fato de, porque.
Alguns jovens estudaram menos do que era preciso.
Esses jovens ficaram fora das boas universidades.

10. Reescreva as orações, unindo-as por meio de pronomes relativos e fazendo as adaptações necessárias.
a. A miséria é uma triste realidade.
É preciso lutar contra a miséria.
b. Aquele rapaz é boa gente.
O pai daquele rapaz já chegou.

11. Crie apenas um período composto, utilizando todos os conectivos elencados.


Já que ... a fim de ... pois ... tão ... que ...