Vous êtes sur la page 1sur 7

INTRODUÇÃO

A pesquisa tem sua importância, pois contribui para o conhecimento em improvisar,


intuir, atribuir valores e fazer avaliações que embasem uma ação mais pertinente e eficaz que
desenvolve no âmbito do trabalho do professor uma atitude cotidiana de busca de
compreensão dos processos de aprendizagem e de desenvolvimento dos alunos e autonomia
na interpretação da realidade e dos conhecimentos que constitui objeto de ensino.
Para a construção da autonomia dos professores, é importante que eles saibam como
se produzem os conhecimentos que ensinam e tenham noções básicas dos contextos e dos
métodos de pesquisa das diferentes ciências utilizando para que não se tornem apenas
transmissores de informação.
Essa tarefa possibilita ao professor em formação aprender a conhecer a realidade para
além das aparências, para que ele possa intervir, considerando as múltiplas relações
existentes em diferentes situações vivenciadas e relacionadas com os processos de
aprendizagem dos alunos.

PLANILHA DE REGISTRO DE ATIVIDADES DO ESTÁGIO III

NOME: KAREN LARISSA DE SOUZA FALASCHI


ESCOLA: NOVO MILENIO – EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL
ESTADO: PARANÁ MUNICÍPIO: APUCARANA/ PR
1º SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL – 06 A 07 Anos.

RELATO E ANÁLISE DAS ATIVIDADES DE ENTREVISTA, OBSERVAÇÕES E


DOCÊNCIA REALIZADA NA 1º SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL.

No período entre 01/09/2010 à 30/09/2010, atendendo as orientações quanto ao


Estágio Curricular III, referente à entrevista, observação, docência de uma escola com oferta
de Educação nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental relatei que a Escola Novo Milênio,
situada na Rua Taquara, 257 é constituída por 180 alunos, destes 69 pertencem a Educação
das Séries Iniciais, distribuídos em 6 salas de aula.
A escola pertence á rede particular, mantendo o horário da tarde destinado á Educação
das Séries Iniciais. O horário de funcionamento das Séries Iniciais é das 13h ás 17h30min.
Dentro desses períodos existem várias atividades descritas em cronograma pré-escolar, por
uma turma onde acontecem aulas de educação física, música, balé, reforço escolar e artes. A
avaliação é contínua e o registro é bimestral.
A cozinha é confortável com mobília e equipamento adequado ao seu bom
funcionamento, contribuindo para uma boa alimentação. Bem como existe almoxarifado para
guardar os produtos de limpeza. Há banheiros femininos e masculinos, para uso dos alunos,
professores e funcionários que ali trabalham, os quais estão em ótimo estado de conservação.
A escola possui um regime escolar aprovado e o Projeto Político Pedagógico está sendo
reestruturado com a participação da comunidade escolar e está sendo disponível à consulta e
sugestão pela equipe de coordenação.
Quanto à metodologia utilizada em sala de aula, eles utilizam o Sistema Positivo de Ensino,
existe uma grande integração entre os professores, onde eles trocam suas experiências tendo
com isso um grande progresso, a equipe Pedagógica desse estabelecimento é em sua maioria
habilitada em magistério e possui curso superior e pós-graduação, estão sempre participando
de cursos, encontros e seminários, demonstrando preocupação com o ensino das crianças.
Acreditam que o embasamento teórico é essencial ao trabalho em sala de aula, pois facilita na
metodologia a ser utilizada.
O papel da família é fundamental no desenvolvimento do sujeito social, emocional e
cognitivo, o que muitas vezes deixa a desejar, interferindo diretamente no rendimento
escolar. A fim de integrar a comunidade escolar, são realizadas reuniões, gincanas, paródias,
desfiles, campeonatos, festas juninas e almoços de confraternização, procurando realizar um
trabalho de forma inclusiva e respeito à necessidade de cada um.
O estabelecimento possui áreas livres, espaçosas, refeitórios e salas de aulas para cada
turma.

PLANEJAMENTO REALIZADO NA 1º SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL


DA ESCOLA NOVO MILÊNIO

Foi realizado entre os períodos de 01/09/2010 á 30/09/2010, aulas com os alunos


da primeira série, tendo como objetivo as práticas da estagiária Karen Larissa de Souza
Falaschi, conforme a Ulbra estabelece para a formação de professora.

APUCARANA -2010

PROJETO DE DOCÊNCIA

Título do projeto: Primavera, estação das flores

JUSTIFICATIVA

Vivenciar a alegria da estação com a presença multicolorida das flores, levando


a criança a contemplar as suas maravilhas e o bem-estar que a convivência da natureza
proporciona.
A estação da Primavera que se inicia no mês de setembro é uma ótima
oportunidade para desenvolvermos temas voltados para a estação das flores.
A percepção e valorização do meio ambiente devem ser um projeto que dura o
ano inteiro, mas é útil aproveitar a estação das flores para sensibilizar os pequenos para
a importância da preservação.
O pequeno de hoje será o adulto empreendedor de amanhã. Se não formar uma
consciência da importância de cuidar da natureza com cautela, irá agir de forma
mesquinha, utilizando a natureza de forma desordenada e gananciosa, se for responsável
e consciente ira se integrar ao meio ambiente, tornando-se parte dele só retirando dele
aquilo que realmente necessita.
Nós educadores devemos buscar a construção de uma consciência crítica pelos
alunos de modo a formar cidadãos éticos e humanos.

OBJETIVO GERAL

Conhecer as características da flor;


Construir os conceitos básicos sobre a primavera e os componentes da flor;
Perceber que tudo tem um processo de desenvolvimento e a natureza também;
Trabalhar a percepção tátil, a coordenação motora fina e grossa, as linhas, as
cores, os aromas, as medidas, os numerais, formas, texturas e as conseqüências;
Despertar o interesse pela preservação do meio ambiente, assim como as formas
de vida e sua sobrevivência;
Observar o meio natural (fotossíntese) desenvolvendo a curiosidade e a prática
investigativa de cada criança;
Ter noção de leitura, concentração, imaginação e incentivar a todos os
importantes domínios da escrita;
Aprender a se socializar e se relacionar com os demais.

OBJETIVO ESPECÍFICO

O projeto tem pó objetivo despertar as crianças para a importância da estação da


primavera.
Envolver a teoria em uma prática mais prazerosa.

CONTEÚDOS

Atividades orais e escritas;


Plantio de diferentes mudas;
Jogos: quebra-cabeça, jogo da memória, dominó e bingos de flores;
Brincadeiras;
Musicas e danças;
Culinária (apresentação de chás);
Pinturas, dobraduras e recortes;
Materiais recicláveis (sucatas);
Historias com fantoches;
Confecção de livros;
Máscara de flores trabalhadas;
Massinha de modelar;
Confecção de escultura de flores;
Painéis;
Exposição de flores;
Passeio ao ar livre;
Lembrancinhas.
METODOLOGIA

Compreender uma poesia e recitá-la, no caça-palavras encontrar as palavras da


primavera.
Plantar a muda da flor “Akalanchoe”.
Jogos diversos, sendo bingo de flores e jogo da memória.
Cantar e dançar músicas sobre flores.
Partir do desenho da criança irá ilustrar a Primavera.
Solicitar ás crianças que representem em desenhos a flor e como a imaginam.
Através dos chás realizamos a degustação.
Usar como recurso a dobradura de flores.
Realizar um painel muito colorido, com pinturas, recortes e dobraduras.
Utilizar massinha de modelar para fazer esculturas de flores.
Teatro de fantoches (falando sobre a reprodução das flores e sua importância).
Confeccionar máscara de flores (comparando o tamanho, a forma, a textura, as
cores).
Teatro corporal (representando a estação da primavera e seus benefícios).
Solicitar através de pinturas em telas, que todos se expressassem no contexto
Primavera.
Realizar a exposição das telas.
Brincadeiras de roda (eu sou a florista).
Classificar através de pintura as partes de uma flor.
Artes: (fazer colagem de flores utilizando revistas).
Usar formação de palavras representando a primavera no caça-palavras.
Usar como recurso a confecção de livros voltados para a estação, com títulos e
desenhos.
Confeccionar um óculo da Primavera, utilizando materiais diversos e recicláveis.
Explicar várias brincadeiras e fazer uma gincana entre meninas e meninos com
premiação para a equipe vencedora.
Calendário: (localizar as datas corretas e as estações do ano).
Dramatizar histórias narradas pela professora com a ginástica historiada.
Criar um vaso enfeitado para colocar a flor que plantamos.
Passear ao redor da escola para identificar os diversos tipos de flores e preservar
o meio ambiente.
Picar várias cores de papéis e colar na flor que cada criança desenhou.
Comentar sobre tudo que aprenderam.
Leitura de texto informativo sobre o tema.
Cópia de um poema.
Fazer uma árvore com mãozinhas carimbadas.
Lembrancinha (entrega dos doces e cantar a música Primavera com a voz da
Eliana).
AVALIAÇÃO

Avaliação contínua: Coletivo; plantações e passeios. Grupos: meninos e


meninas; Atividades desenvolvidas em sala de aula.
Observar o desempenho e participação nas atividades proporcionadas.

PLANILHA DE REGISTRO DE ATIVIDADES DO ESTÁGIO III

NOME: KAREN LARISSA DE SOUZA FALASCHI


ESCOLA: NOVO MILENIO – EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO
FUNDAMENTAL
ESTADO: PARANÁ MUNICÍPIO: APUCARANA/PR
1º SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL – 06 A 07 ANOS

RELATO E ANÁLISE DAS ATIVIDADES DE DOCÊNCIA

Atividades realizadas na semana de 01/09/2010 á 03/09/2010

Foram realizados diversos tipos de atividades, dentre eles:


Leitura da Poesia “Linda Primavera” individual e em grupo.
Achar e sublinhar na poesia as palavras relacionadas à Primavera.
Plantar uma muda da flor “Akalanchoe”.
Jogos: Bingos das flores.
Contar histórias e ensinar músicas com gestos, expressão corporal.
Desenho sobre a Primavera.
Culinária: cada criança irá pesquisar e pedir para as mães chás diversos, em sala faremos os
chás.
Dobraduras de várias flores.

Como pude observar as crianças tiveram um grande desempenho, cada atividade


realizada foi muito proveitosa desde a leitura até as dobraduras, o interesse, agilidade que a
maioria apresentava quando foi realizada a plantação da muda de flor, já aproveitando o
professor comentou sobre a importância que é plantar uma árvore e como devemos
valorizar a natureza.

Atividades realizadas na semana 08/09/2010 á 12/09/2010

Passear ao redor da escola e observar as flores.


Fazer um grande mural da Primavera com recortes, pinturas e dobraduras.
Massa de modelar: confecção e esculturas de flores.
Contar histórias com fantoches.
Confeccionar várias máscaras de flores.
Montar um teatro em grupo com base nas histórias anteriores e utilizar as máscaras
confeccionadas.
Pintura sobre a Primavera em telas.
Exposição das telas para os demais.
Brincadeiras ao ar livre.
Pintura de uma flor.

A concentração e a vontade que cada aluno tivera para fazer seu trabalho melhor era
muito grande, como pude acompanhar o orgulho que sentiam quando seu trabalho era
elogiado, dando a eles uma satisfação enorme e uma vontade de continuar trabalhando e
dando o melhor de si.

Atividades realizadas na semana de 15/09/2010 á 19/09/2010

Pintura de uma flor.


Classificar e escrever cada parte da flor, dando os nomes corretos.
Artes: colagem de flores no caderno de desenhos, utilizando revistas.
Achar no caça-palavras, palavras relacionadas a Primavera.
Confeccionar livros sobre a Primavera.
Formação de palavras.
Confecção de um óculos da Primavera.
Fazer uma dobradura de vários tipos de flores.
Gincana das flores.
Calendário: localizar as datas corretas e ver a duração da Primavera.
Jogo da memória.

Sendo um trabalho de apenas um tema “Primavera”, mas com atividades


diversificadas os alunos se concentram, alguns tiveram dificuldades na formação de
palavras, mas nada que diminuísse o interesse para concluir a atividade.

Atividades realizadas na semana de 22/09/2010 á 30/09/2010.

Ginástica historiada: dramatizar a história narrada.


Confeccionar um lindo vazo para colocar a nossa florzinha.
Passeio ao redor da escola para identificar as flores.
Desenhar flores e depois colar papéis.
Diálogo: comentar sobre tudo que aprenderam.
Leitura: ler e copiar um poema estabelecido pela professora.
Comentário sobre o dia da árvore e confeccionar uma árvore com as mãozinhas
carimbadas.
Despedida e entrega das lembrancinhas e música primavera com a voz da Eliana.
Cortar e montar flores de EVA.
Confecionar flores de papel Crepon.
Confecionar flores de jornal.
Distribuir aos colegas e professores das outras salas.
Fazer uma competição com o nome das flores.
Trabalhar as cores das flores.
Fazer uma exposição de todo o trabalho realizado por eles e a professora.

A coordenação e a agilidade eram de se admirar, pude avaliar o conhecimento que


cada aluno tinha em relação às flores e cores, a exposição das atividades realizadas foi
ótima, os alunos mostraram e explicaram aos demais como havia realizado aquele trabalho,
foi uma experiência fantástica.

RELATÓRIO-ANÁLISE

O trabalho aqui apresentado não tem a pretensão de se tornarem receitas prontas,


únicas e fechadas, nas possibilidades para se buscar alternativas que nos ajudem a
avançar na construção e no interesse a aprendizagem.
É muito importante que se criem alternativas reais e viáveis para os conteúdos e
métodos educacionais, para que se busque uma pedagogia que não seja discriminatória e
trate os alunos dentro dos princípios que nos ajudem a caminhar, a progredir em busca
da realização, pois como observei o interesse pelo lúdico foi muito grande, a capacidade
que cada um deles tem de ser bom no que faz e a de fazer melhor do que o outro foi
uma experiência muito boa e satisfatória, o termo Primavera foi bem desenvolvida e
trabalhada.