Vous êtes sur la page 1sur 7

131 QUESTÕES COMENTADAS CESPE BB 2007 < Motorista, ao primeiro sinal do entardecer, acenda os faróis.

Procure não
usar a meia-luz.
PROVA I < Não use faróis auxiliares na cidade.
Texto l – Polícia Rodoviária Federal registra redução de acidentes,mortos e < Nas rodovias, use sempre os faróis ligados. Isso evita 50% dos
feridos nas rodovias federais atropelamentos. Seu carro fica mais
Em 2001, os números de acidentes, mortos e feridos nas rodovias federais do visível aos pedestres.
país diminuíram em relação a 2000, segundo dados da Polícia Rodoviária < Sempre, sob chuva ou neblina, use os faróis acesos.
Federal (PRF) divulgados no dia 2/1/2002. Os índices de mortes, que caíram < Ao se aproximar de uma faixa de pedestres, reduza a velocidade e preste
12%, se comparados aos do ano anterior, foram os melhores apresentados. atenção. O pedestre tem a preferência na passagem.
Os de acidentes e de feridos, res- < Motorista, atrás de uma bola vem sempre uma criança.
pectivamente, reduziram-se em 7% e 4%. < Nas rodovias, não dê sinal de luz quando verificar um trabalho de radar da
O coordenador operacional da PRF afirmou que os acidentes com mortes policia. Você estará ajudando um motorista irresponsável, que trafega em alta
foram conseqüência, principalmente, de ultrapassagens irregulares e de velocidade, a não ser punido. Esse motorista, não sendo punido hoje, poderá
excesso de velocidade. Também ficou comprovada a presença de álcool no causar uma tragédia no futuro.
organismo dos condutores na maioria dos acidentes graves. < Não estacione nas faixas de pedestres.
Segundo esse coordenador, o comportamento do motorista brasileiro ainda é
preocupante. "As tragédias ocorrem em decorrência da falta de respeito às Considerando o texto III, julgue os itens a seguir.
leis de trânsito", disse. 10. As relações semânticas no terceiro tópico permitem subentender a idéia
Os estados do Acre e de Rondônia tiveram um aumento de 51,52% no de porque entre "atropelamentos" e "Seu".
número de mortos nas estradas federais, no ano passado, seguidos do Distrito 11. No quarto tópico, a circunstância "sob chuva ou neblina" tem função
Federal (DF), que teve um crescimento de 43,48%. Já os estados de caracteristicamente explicativa e, por isso, se for retirada, não se alterarão as
Tocantins e do Amazonas apresentaram as maiores reduções de mortes, condições de uso para "faróis acesos".
34,21% e 35,71%, respectivamente. 12.O sexto tópico, diferentemente dos outros, não explicita a ação do
(Internet. Acesso em 10/3/2002 - com adaptações) motorista, apenas fornece uma condição para que seja subentendida cautela.
13. Embora o vocativo "Motorista" esteja explícito apenas em dois tópicos do
Considerando o texto l e o CTB, julgue os itens seguintes. texto, o emprego dos tempos verbais indica que está subentendido em
1. Para que sejam preservadas as relações semânticas e a correção todos os demais.
gramatical do primeiro período do texto, ao se empregar a expressão "os
números" no singular, devem ser feitas as seguintes substituições: Texto IV
"diminuíram" por diminuiu e "divulgados" por divulgado. Educação para o trânsito: RS, ES e DF integram o Rumo à Escola
Buscando implementar a temática do trânsito nas escolas de ensino
2. De acordo com os sentidos textuais, a expressão 'em decorrência da falta fundamental, o Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) implantou o
de respeito às leis de trânsito' mantém a coerência e a correção gramatical do projeto Rumo à Escola.
texto ao ser substituída por como decorrência do desrespeito às leis de Até o momento, 165 escolas das capitais de 11 estados estão integradas ao
trânsito ou como decorrência de se desrespeitarem as leis de trânsito. projeto. Nessa quarta-feira (27/2), integram o programa o Rio Grande do Sul e
o Espírito Santo. No dia 28, será a vez do DF e, em 14 de março, de São
Hotel incluído Paulo.
Em viagens acima de 300 km, não vale a pena usar o carro quando se está Após sua implementação em São Paulo, o projeto terá concluído a adesão de
sozinho. O preço médio da passagem de ônibus entre as cidades de São sua primeira de três etapas. No dia 21 de março, está prevista uma
Paulo e São José do Rio Preto é de R$ 50,00 (ida e volta),enquanto, de carro, teleconferência nos estados contemplados pelo programa.
gasta-se R$ 65,00 só de pedágios (doze). Some a esse valor 1,5 tanque de (Internet. Acesso em 10/3/2002 • com adaptações)
combustível (R$ 130,00) e você terá gasto quatro vezes mais para desfrutar
do prazer de dirigir do que gastaria se trocasse a direção por um assento de Considerando o texto acima e o CTB, julgue os itens subseqüentes.
passageiro. Isso sem falar no desgaste do veículo e na possibilidade de ser 14.O gerúndio em "Buscando" inicia uma oração subordinada que mantém
multado se a pressa de chegar ao destino reduzir o seu cuidado em dirigir com a principal do período um nexo de circunstância causal.
defensivamente. 15. No texto, a idéia terminativa da ação em "estão integradas”, que
Ao usar o ônibus, é como se você ganhasse de presente uma diária em um corresponde, em geral, às formas de pretérito perfeito, opõe-se à idéia não-
hotel de bom nível na cidade para a qual viaja. Ou, se preferir, todas as terminativa do presente em "integram”, que pode ser interpretada como a
refeições do fim de semana incluídas. ocorrer no futuro.
(Interne.Acesso em 26/3/2002-com adaptações) 16. Mantém-se a coerência textual, mas altera-se a voz do verbo, de passiva
para reflexiva, ao se substituir a construção verbal "está prevista" por prevê-
se.
A partir do texto acima e considerando o CTB, julgue os itens que se seguem.
3. Como estratégia argumentativa, o leitor do texto ora é referido pelo índice Texto V - Gasolina sobe até 10% amanhã; encha o tanque até meia-noite
de indeterminação "se", ora pelo pronome "você". O consumidor tem até hoje à noite, 15/3/2002, para encher o tanque do carro.
4. Embora o verbo "usar" não tenha explicitamente sujeito, textualmente pode- A gasolina fica 9,39% mais cara nas refinarias a partir da zero hora deste
se para ele subentender o pronome se. sábado. Para o consumidor, o reajuste será de 10%. É a segunda vez que a
5. O tempo verbal de "terá gasto" indica uma ação que terá sido realizada gasolina sobe neste mês. O
antes de outra ocorrer no futuro, na hipótese de não se trocar a direção por último aumento para o consumidor foi de 2% no dia 2 de março. Segundo a
um PETROBRAS,desde o começo do mês, "a gasolina apresentou altas diárias,
assento de passageiro. sucessivas, em todos os mercados mundiais". A PETROBRAS afirmou que a
6. Na linha 9, a conjunção "e" adiciona dois complementos ligados a "falar". valorização do real em relação ao dólar permitiu que o reajuste no Brasil fosse
inferior aos percentuais internacionais. Desde
Texto II - CAPÍTULO XV DAS INFRAÇÕES o início do ano, o mercado de gasolina é livre, e a PETROBRAS tem
autonomia para definir o seu preço. Em janeiro, houve uma redução de 25%
Art. 161. Constitui infração de trânsito a inobservância de qualquer preceito no preço do combustível nas refinarias e, para o consumidor, essa redução foi
deste Código, da legislação complementar ou das resoluções do CONTRAN, de 20%. A empresa estima que, com o novo reajuste, o preço da gasolina
sendo o infrator sujeito às penalidades e medidas administrativas indicadas para o consumidor ainda acumulará neste ano uma queda de 15% em relação
em cada artigo, além das punições previstas no Capítulo XIX. a 2001.
(...) (Internet. Acesso em 17/3/2002 - com adaptações)
Art. 165. Dirigir sob a influência de álcool, em nível superior a seis decigramas
por litro de sangue, ou de qualquer substância entorpecente ou que determine Tendo em vista o texto V, julgue os itens seguintes.
dependência física ou psíquica: 17. A argumentação do texto está organizada sobre dois conjuntos de
Infração - gravíssima; informações — aquelas atribuídas ao redator e aquelas atribuídas à
Penalidade - multa (cinco vezes) e suspensão do direito de dirigir; PETROBRAS — e a informação do titulo pertence ao conjunto de
Medida administrativa - retenção do veículo até a apresentação de condutor informações, da PETROBRAS.
habilitado e recolhimento do documento de habilitação. 18. A preposição a, na expressão "hoje à noite" (primeira linha do texto), pode,
A partir do texto II julgue os itens que se seguem. em um registro informal de linguagem, ser substituída por de, sem prejuízo da
7. As palavras "inobservância", "indicadas" e "influência" apresentam o coerência textual.
mesmo prefixo, apesar de pertencerem a classes gramaticais diferentes.
8. A coerência do texto e as regras gramaticais seriam respeitadas, caso se Texto VI
inserisse às imediatamente antes de "medidas". Os EUA acreditam que o Brasil seja o segundo maior consumidor de cocaína
9. Para efeito de aplicação das penalidades previstas, a conjunção "ou" deve do mundo. Segundo o subsecretário do Escritório Internacional para Assuntos
ser entendida como também inclusiva. de Entorpecentes, James Mack, estima-se que o país consuma entre 40 e 50
toneladas (t) de cocaína por ano. A estimativa baseia-se na produção e
Texto III - As ações de respeito para com os pedestres

1
circulação da droga no mundo. Em 2000, foram produzidas 7001 de cocaína, 27.0 modo verbal empregado em "tente" e "consiga" acentua mais a vontade,
estando 95% da produção concentrada na Colômbia. a intenção do falante, do que a efetiva realização das ações tentar e
Desse total, segundo Mack, 100 t passam pelo Brasil, mas apenas entre 50 t e conseguir.
60 t chegam à Europa. Os norte-americanos acreditam que a droga que não 28. Em frente a uma mercearia, há um cartaz que diz o seguinte: Entregam-
vai para a Europa é consumida no Brasil. O Brasil só ficaria atrás dos EUA, se pedidos feitos por telefone. Para que a frase escrita no cartaz respeite as
que, em 2000, consumiram 2661. "Em 1999,80% da cocaína do mundo foi regras gramaticais, é obrigatória a substituição de entregam-se por
consumida nos EUA e, em 2000, conseguimos reduzir esse total para menos entregamos.
da metade. O problema é que a droga está indo para outros países, entre eles
o Brasil", disse Mack. PROVA II
Mack veio ao Brasil, acompanhado de outros especialistas norte-americanos Texto l - Algumas influências da tecnologia na organização do trabalho
no assunto, para a reunião anual entre o Brasil e os EUA sobre coordenação A concepção de trabalho pode ser entendida como uma força exclusivamente
no combate ao narcotráfico e outros ilícitos, como lavagem de dinheiro, por humana, realizada por qualquer indivíduo, grupo, categoria profissional ou
exemplo. classe social cujo conteúdo e forma são determinados a partir das
(Internet. Acesso em 6/3/2002 - com adaptações) necessidades sociais a serem satisfeitas. Dentro desse contexto, a influência
da tecnologia na consecução do trabalho é freqüentemente um catalisador de
Com base no texto VI, julgue os seguintes itens. soluções, mas também de problemas.
19.O fato de o Brasil ser "o segundo maior consumidor de cocaína do mundo" Tecnologia pode ser definida, genericamente, como um conjunto de
conservará as mesmas relações de coerência com a argumentação conhecimentos e informações organizados, provenientes de fontes diversas,
do texto se, em lugar de "acreditam”, for usado sabem, com as devidas como descobertas científicas e invenções, obtidos por meio de diferentes
alterações sintáticas. métodos e utilizados na produção de bens e serviços.
20.O emprego de "consuma" indica, sintaticamente, uma ação dependente de Na sociedade capitalista, a tecnologia caracteriza-se por ser um tipo
outra, ao mesmo tempo que denota uma hipótese, algo de que não se pode específico de conhecimento com propriedades que normalmente a tornam útil
afirmar a certeza. a quem a utiliza, pois instrumentaliza a experimentação, transformando
21. Mantêm-se as mesmas relações percentuais ao se empregar a preposição conhecimento científico em aplicação técnica, ampliando e possibilitando a
em no lugar de "para" na expressão "para menos da metade". produção de novos conhecimentos científicos e influenciando, dessa forma,
22. Mantêm-se a coerência e a coesão textuais ao deslocar-se a expressão transformações na organização do trabalho.
"acompanhado de outros especialistas norte-americanos no assunto" para o As novas descobertas e a utilização das inovações tecnológicas das últimas
início do período ou para imediatamente após "ilícitos". décadas têm deixado o mundo do trabalho muito mais interligado, rápido e
23. "Brasil" e "EUA" (em negrito) estão sendo utilizados para designar diversificado e, conseqüentemente, menos previsível.Essas incertezas,
representantes brasileiros e representantes norte-americanos. somadas às do mercado, em compasso com as descobertas nas áreas de
tecnologia de informações e robotização
Texto VIl industrial, têm como conseqüência inúmeras mudanças que vêm ocorrendo no
Rio bate recorde histórico de mortes por dengue desempenho das atividades do dia-a-dia dos trabalhadores nas organizações.
A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro confirmou mais duas Ainda nesse mesmo contexto, a denominada economia das nações vem
mortes por dengue na cidade. Com essas vítimas fatais, o estado do Rio de exigindo uma forte e generalizada qualificação educacional e profissional
Janeiro bate seu recorde de mortes em decorrência da doença. De 1º de de todos aqueles que pretendem estar dentro dos parâmetros hoje exigidos
janeiro até hoje, 26 pessoas já morreram no estado por causa da doença. Até pelo mercado no que se refere à empregabilidade. Em contrapartida, avanços
então, o maior número de mortes havia acontecido em 1991, quando 24 científicos e tecnológicos buscam incessantemente novos padrões de
pessoas morreram por causa da dengue. especialização das economias e a adoção de novos modelos da organização
O ministro da Saúde, Barjas Negri, está reunido na manhã de hoje com do trabalho.
reitores de universidades públicas e privadas, na Fundação Oswaldo Cruz, (Silmara Cimbalista. Internet. Acesso em 8/7/2003 - com adaptações)
para discutir a participação dessas instituições no combate aos focos do
mosquito transmissor da dengue. Julgue os fragmentos nos itens abaixo quanto à manutenção das idéias
(Internet.Acesso em 6/3/2002 • com adaptações) desenvolvidas nos parágrafos indicados do texto l.
1. Primeiro parágrafo: O trabalho, seja realizado por indivíduos, grupos,
24. A preposição "Até" indica a aproximação de um limite no tempo, categorias ou classes profissionais, é força exclusivamente humana, porque
representado por "então", que, por sua vez, tem como referência o tempo em os animais, mesmo os mais evoluídos em suas espécies, não possuem
que a "Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro confirmou mais duas necessidades sociais a serem satisfeitas.
mortes por dengue na cidade". 2. Segundo parágrafo: Genericamente, tecnologia define-se como o conjunto
de informações e saberes, oriundos de fontes diversas, organizados, obtidos
Texto VIII por intermédio de métodos variados e empregados na produção de bens e
A figura acima ilustra parte de uma janela do Outlook Express 5,software serviços.
especializado na manipulação de mensagens de e-mail. A mensagem 3. Terceiro parágrafo: Segundo uma concepção capitalista, classifica-se
mostrada nessa figura deverá ser enviada ao seu destinatário, utilizando-se tecnologia de acordo com o tipo de conhecimento útil para quem a utiliza na
um provedor de acesso à Internet que dispõe de um servidor de e-mail. Muitos produção de novos conhecimentos que influenciarão as organizações
crêem que trabalhistas.
esse é um meio seguro de acesso às informações. Isso é um engano. A cada 4. Quarto parágrafo: Porque inúmeras mudanças vêm ocorrendo no
e-mail enviado por um usuário, uma cópia fica armazenada em seu desempenho das atividades diárias das organizações, o mundo do trabalho
computador, outra fica no servidor de e-mail de seu provedor de acesso, uma revela-se muito mais interligado, rápido, diversificado e previsível.
outra fica com o destinatário do e-mail e, finalmente, uma cópia fica no 5. Quinto parágrafo: A qualificação educacional e profissional de todos os que
servidor de e-mail do provedor do destinatário. Além disso, é possível pretendem estar dentro dos parâmetros exigidos pelo mercado de trabalho é
interceptar a mensagem de e-mail em cada computador por onde ela passa fator de empregabilidade desde que os avanços científicos e tecnológicos
na Internet até chegar ao seu destino. busquem novos padrões de especialização.
Assim, é fácil entender que o e-mail não pode ser considerado um meio
seguro de enviar informações. Mas existem programas que ajudam a resolver Acerca das relações morfossintáticas, semânticas e discursivas presentes no
esse problema de privacidade. Com eles, pode-se codificar mensagens de e- texto l, julgue os itens a seguir:
mail, arquivos, e até as mensagens do ICQ, de modo que qualquer um que 6. O vocábulo "catalisador" foi empregado no texto com o sentido de
tente interceptar as mensagens no meio incentivador.
do caminho não consiga entender o seu conteúdo, pois este aparecerá como 7. Há uma relação implícita de causa e conseqüência entre "conhecimento
uma série de caracteres desconexos. Isso é chamado de criptografia. A única científico" e "aplicação técnica"; cronologicamente, a
forma de alguém compreender uma mensagem criptografada é possuir a anterioridade daquele perante esta garante tal relação.
chave de decodificação da mensagem. Esses programas também podem ser 8. No trecho "somadas às do mercado", subentende-se o vocábulo certezas.
usados para criar uma assinatura digital, que permite verificar se mensagens e 9. No contexto do quarto parágrafo, os termos "tecnologia" e "robotização"
arquivos que são enviados por e-mail foram realmente enviados pelo estão empregados como sinônimos.
remetente e não por uma outra pessoa fingindo ser este. 10. O emprego do duplo hífen em "dia-a-dia" é opcional, porque a referida
(Internet.Acesso em 20/3/2002 • com adaptações) expressão é adjetiva e tem o sentido de rotineiro, ou seja, dia após dia.
Considerando a grafia, a concordância e a regência das estruturas lingüísticas
Com relação às idéias do texto VIII, julgue os itens abaixo. do texto l, julgue os itens subseqüentes.
25. A omissão do artigo definido na expressão "acesso às informações", 11. Acentuam-se os vocábulos "indivíduo" e "influência" pela mesma razão,
semanticamente, reforçaria a noção expressa pelo substantivo em plena assim como a mesma norma ortográfica justifica a grafia das palavras
extensão de seu significado e, gramaticalmente, eliminaria a necessidade do "conteúdo" e freqüentemente".
emprego do sinal indicativo de crase, resultando na seguinte forma: acesso a 12. A flexão do adjetivo "organizados" indica que ele está qualificando,
informações. simultaneamente, os substantivos "informações" e "conhecimentos".
26. Mantêm-se as relações semânticas entre usuário e e-mail ao se 13. As formas verbais "vêm" e "vem" indicam que o mesmo verbo auxiliar, vir,
transformar a oração passiva "A cada e-mail enviado por um usuário" em A está, no primeiro caso, no plural, para estabelecer a concordância com um
cada usuário que envia um e-mail.

2
sujeito sintático também no plural; depois, no singular, para concordar com um Eis por que, sob todas as facetas, o ethos humano busca construir a sua
sujeito também no singular. identidade e, ao mesmo tempo, afirmar os contornos da sua universalidade,
14. Ocorre o acento grave em "à" antes de "empregabilidade" para indicar na antevisão de uma sociedade perfeita. A ética é perene porque nos aponta
que, nesse lugar, houve a fusão de uma preposição,exigida pelo vocábulo o caminho da realização do ser humano em suas relações com os
antecedente, com um artigo definido, usado antes dessa palavra feminina. semelhantes e com o mundo à sua volta, por meio da consideração radical
15. Substituindo-se a passagem sublinhada em "avanços científicos e daquilo que se
tecnológicos buscam incessantemente novos padrões de especialização das convencionou chamar de direitos e deveres dos indivíduos e das sociedades.
economias" pelo pronome correspondente, tem-se avanços científicos e (José de Ávila Aguiar Coimbra.2002 • com adaptações)
tecnológicos buscam-nos incessantemente.
Acerca do texto acima e de conhecimentos extra textuais relacionados ao
Tendo o texto l por referência inicial e considerando os múltiplos aspectos que tema nele abordado, julgue os itens a seguir.
envolvem o tema nele focalizado, julgue os itens que se seguem. 1. O texto defende a idéia de que a ética pode tornar-se suficientemente
16. O domínio do conhecimento e as continuas inovações relativa para pulverizar-se em múltiplas vertentes que, opostas entre si,
tecnológicas desempenham papel central no atual estágio de desenvolvimento correspondam à diversidade da natureza humana.
da economia mundial. 2. A inserção de vírgula imediatamente após a palavra "globalização" manteria
17. No mundo contemporâneo, os sistemas educacionais buscam se as relações sintáticas e a correção gramatical do período.
organizar tendo por objetivo, além da formação da cidadania, levar o aluno a 3. Em "os diferentes nomes que a acompanharam", o pronome "a" constitui
compreender os mecanismos que norteiam o sistema produtivo de modo a elemento coesivo e se refere, de forma antecipada, à palavra subseqüente —
nele se inserir. "ética".
18. Na economia globalizada do tempo presente, o suporte oferecido pela 4. Em "tem sido como que", o termo sublinhado pode ser eliminado sem
tecnologia é essencial para a ampliação da produção, mas irrelevante para a prejuízo para a correção gramatical do período.
circulação de bens e de capitais. 5. O emprego do sinal indicativo de crase na expressão "mundo à sua volta" é
19. Um caso típico de mudanças hoje verificadas no mundo do trabalho, obrigatório e está relacionado à presença da preposição "com", que antecede
graças aos avanços essa expressão.
tecnológicos, é o fortalecimento da figura do trabalhador que atua em todas as 6. O pronome "daquilo" pode ser substituído, sem prejuízo para a correção
etapas da produção. gramatical do período, por do ou por de tudo.
20. Pelas características do aluai sistema de produção, a tendência é que as
funções desempenhadas pelo trabalhador sejam dinamizadas e alteradas Há mais de 150 anos, em setembro de 1845, o Instituto dos Advogados
conforme vão surgindo novos processos produtivos, que são conseqüências Brasileiros pela primeira vez manifestava-se favorável à melhoria das
da incessante evolução tecnológica. condições dos escravos no Brasil. Na década de 60 do século dezenove,
21. Os padrões da economia contemporânea demonstram que os avanços intensificaram-se as discussões. O Senado Federal brasileiro sempre trilhou
tecnológicos quase sempre levam à ampliação dos postos de trabalho. os caminhos abolicionistas. A escravidão dos negros foi
22. Embora com nível desigual de desenvolvimento entre suas regiões, a abolida há mais de um século; entretanto, ainda que não prevaleça o critério
economia brasileira amplia o grau de exigência de formação educacional para racial, continuamos a ser testemunhas do trabalho escravo em nosso país.
os que buscam inserir-se no mercado de trabalho e, cada vez mais, o mínimo Cabe ressaltar que, na atualidade, o problema do trabalho escravo continua
exigido é o ensino médio concluído. estreitamente vinculado à questão agrária no Brasil. O processo de
arregimentação dos trabalhadores é o seguinte: na época da derrubada das
Julgue a pontuação e a correção gramatical dos períodos apresenta nos itens matas e da limpeza dos pastos, várias fazendas contratam homens (às vezes,
seguintes. são pistoleiros) que se apresentam como empreiteiros. Esses empreiteiros
23. Da metade do século XX aos nossos dias, a sociedade tem tentado se são conhecidos como gatos. São eles que entram em contato com os
adaptar à velocidade e às influências que os fatores tecnológicos têm exercido trabalhadores rurais, geralmente pessoas jovens,
no cotidiano dos cidadãos e, mais fortemente, no desenvolvimento das sem outras oportunidades de emprego e sem notícia das atrocidades
atividades nas organizações. naquelas fazendas.
Aos poucos, descobrem a verdade: o contrato de trabalho será quebrado, isto
24. A influência exercida pêlos avanços tecnológicos no dia-a-dia dos é, um salário inferior lhes será pago. Além disso, a comida, quando não é
trabalhadores não é recente: data da Revolução Industrial, quando tem início fornecida pelo próprio gato, deve ser comprada no armazém da fazenda, a
o declínio do trabalho artesanal, substituído pelo trabalho das máquinas nas preços extorsivos. Ademais, os alojamentos estão sempre em condições
fábricas. insalubres e não existem instalações sanitárias.
25. O baixo nível de instrução e de informação de um grande contingente da Ainda assim, uma espécie de "taxa pelo alojamento" é descontada do salário.
população trabalhadora, conseqüência da luta pela sobrevivência e do pouco Desse modo, quanto mais as pessoas trabalham, mais ficam devendo ao
investimento público em educação, são fatores que dificultam a utilização de fazendeiro. Não existe possibilidade de deixar o local antes de pagar as
novas tecnologias no processo de trabalho. dívidas, uma vez que o proprietário da terra, ou mesmo o gato, mantém um
26. Existe trabalhadores que reagem negativamente ao auxílio tecnológico, pequeno exército particular com ordens para
para o desenvolvimento de sua atividade, por causa que qualificação e perseguir, punir e até matar, se for necessário, quem tentar fugir dessa
conhecimento se junta ao medo de perder o emprego. situação.
27. O contexto da contemporaniedade exige de todos, particularmente da (Eneá de Stutz e Almeida. com adaptações)
classe trabalhadora destrezas e habilidades físicas, qualificando-a para
trabalhar com tecnologias digitais, ou estarão colocando em risco sua Julgue os itens subseqüentes, relativos às estruturas lingüísticas do texto
subsistência. acima e a conhecimentos extratextuais relacionados ao tema nele enfocado.
28. No cenário atual, criado pela globalização e pelas mudanças no mundo do 7. A forma verbal manifestou-se, no lugar de "manifestava-se",prejudicaria a
trabalho, refletir sob a forma de articular tecnologia e trabalho e buscar-se coerência textual e a correção gramatical do período.
novas alternativas para se lidar com essa situação, é o desafio com o qual se 8. Na linha 3, o que determina a exigência de sinal indicativo de crase na
defrontam as sociedades. expressão "à melhoria" é a presença da forma verbal "manifestava-se", que
antecede essa expressão.
Acerca de redação e correspondência oficiais, julgue os itens subseqüentes. 9. A preferência estilística pela primeira pessoa do plural em "continuamos" e
29. A correção gráfica é requisito elementar de qualquer texto; no entanto, em "nosso" justifica-se por tornar o texto mais interativo e incluir o leitor como
perde um pouco de sua importância quando se trata de textos oficiais. participante das afirmações do texto.
30. As palavras emenda e ementa, empregadas em documentos oficiais,
significam, respectivamente, regeneração ou remendo e súmula de decisão Estudo do Banco Mundial (BIRD) sobre políticas fundiárias em todo o mundo
judicial ou do objeto de uma lei. defende que a garantia do direito à posse de terra a pessoas pobres e o
incremento do mercado fundiário — principalmente o
PROVA III sistema de arrendamento — são fatores fundamentais para facilitar o acesso à
A vida humana selvagem, as culturas arcaicas e tradicionais, a sociedade pré- terra e promover o crescimento econômico.
técnica tanto quanto a sociedade industrial, a era tecnológica e o processo de Sobre a reforma agrária, o BIRD conclui que ela tem produzido resultados
globalização carregam seus respectivos sentidos éticos. Esses sentidos divergentes, citando como exemplos positivos o Japão, a Coréia do Sul e
surgem ora de forma explícita, ora como uma semente desconhecida que, em Taiwan, que realizaram reformas logo após a Segunda Guerra Mundial (1939-
um dia longínquo, se transformará no ethos total e universal. Trata-se de uma 45).
exigência gravada misteriosa- Por outro lado, a reforma agrária tem fracassado na América Latina.
mente no espírito humano, que busca a plena harmonia com o cosmos. De acordo com o BIRD, a falta de políticas claras sobre o uso da terra tem
Não importam nem as circunstâncias históricas nem os diferentes nomes que gerado conflitos em vários
a acompanharam: a ética tem sido como que uma forma de consciência das países, como Camboja, Colômbia,Zimbábue e Costa do Marfim.
sociedades humanas, iluminadora dos caminhos a serem seguidos em busca Por outro lado, em países onde há políticas voltadas para a garantia da posse
de um ideal de perfeição da terra e para a facilitação de transações fundiárias, tem; melhorado o
que, apesar de todas as suas relatividades, está sempre à procura de algo acesso de pessoas pobres a um pedaço de terra. São exemplos: China,
universal e duradouro, acima dos particularismos e das vicissitudes do México, Tailândia e Uganda.
cotidiano.

3
Coordenado pelo economista alemão Klaus Deininger, o projeto Políticas também no singular, para que fossem respeitadas as regras de concordância
Fundiárias para Crescimento e Redução da Pobreza levou três anos para ser verbal.
concluído e é o primeiro do gênero financiado pelo Banco Mundial desde 18. A forma verbal "é" está empregada no singular porque o sujeito da oração
1975. em que ocorre é um sujeito oracional simples.
(Fabiana Maisonnave. Mundo. 20/6/2003-com adaptações) 19.0 último período do texto, por sua formalidade e principalmente por sua
objetividade, é adequado para integrar um ofício entre autoridades.
Com referência ao texto acima e considerando a abrangência do tema que ele 20. Infere-se do texto que, sob o ponto de vista do entrevistado, os padrões de
focaliza, julgue os itens seguintes. consumo que imperam no mundo de hoje são os maiores responsáveis pelos
10. As regras de regência da norma culta exigem o emprego da preposição efeitos ambientais danosos decorrentes do desenvolvimento econômico.
"a" imediatamente antes de "pessoas pobres" para que se complemente
sintaticamente o termo "garantia". PROVA IV
11.0 emprego do tempo verbal em "tem produzido", "tem fracassado" e "tem Minha opinião é que este século vai ser marcado por duas forças em aparente
gerado" reforça, no texto, a idéia de repetição de atos com continuidade até o contradição; o avanço da globalização e o fortalecimento das diferentes
presente. culturas.
12. É gramaticalmente obrigatório o emprego da forma verbal no singular em O processo de globalização vai continuar forte, mas as paredes entre países,
"levou três anos" por se tratar de verbo impessoal. culturas e economias não vão desaparecer. As novas gerações já vivem
nesse novo mundo.
Álvaro Uribe foi eleito presidente da Colômbia em primeiro turno, no ano Meus filhos surfam na Internet, sabem muito de diferentes países, querem
passado, com a promessa de combater sem trégua a guerrilha comunista e saber de tudo, falar muitas línguas. Eles se sentem em casa no mundo e, para
seus aliados do narcotráfico. Era o que os colombianos queriam ouvir após o eles, certas barreiras entre os povos são coisas do passado. E há, de outro
fracasso da tentativa de diálogo empreendida pelo antecessor, André lado, uma tendência muito forte de manter sua identidade, de não perder seu
Pastrana. Onze meses depois da posse, a popularidade do presidente é rosto no movimento da globalização.Todos querem contribuir na globalização,
superior a 70%, o que não torna mais fácil o desafio de pacificar um país com desde que ela não seja uma ameaça à sua identidade cultural, econômica,
3000 seqüestros e 28000 homicídios por ano, as maiores taxas do mundo em humana.
relação à (Carios Ghosnem entrevista à revista ícaro. jun./2003 - com adaptações).
população.Como se não bastasse, a Colômbia é o maior produtor de cocaína, Com respeito às idéias e estruturas do texto acima, julgue os itens a seguir.
um negócio bilionário que conta com a proteção das forças armadas 1. Por causa da função informativa — como exposição de ocorrências — e
revolucionárias da Colômbia (FARC), cujo contigente é estimado em 20000 devido às características factuais e formais da linguagem, o texto poderia
homens. integrar o corpo de um relatório.
2. Por constituírem metáforas para a mesma idéia, "paredes" e "barreiras"
Considerando o texto, julgue os itens a seguir. ocorrem em orações que se contradizem.
13. Ao empregar "não torna mais fácil", em lugar de torna mais difícil, o autor 3. Apesar de primeiramente ser empregada, particularizada, em seu sentido
sugere que o "desafio", mencionado a seguir, é fácil. denotativo, a argumentação do texto mostra que a expressão "Meus filhos"
14. No texto, "cujo", pronome do uso culto da língua, corresponde à forma funciona também, genericamente, como conotação para a idéia de novas
mais coloquial, mas igualmente correta, do qual. gerações.
4. Mantêm-se a correção gramatical e a coerência textual, e evita-se
Dado o tamanho da China e o ritmo de seu crescimento, provavelmente em redundância, ao se substituir a primeira das ocorrências da preposição "de"
breve o yuan não será mais uma simples moeda de um país em vias de (em negrito) por para.
desenvolvimento. 5. O emprego do modo subjuntivo em "seja"(em negrito), além de exigido
Sua espetacular abertura econômica foi bem-sucedida porque, a partir dos pelas regras gramaticais, reforça a idéia de eventualidade, hipótese, expressa
anos 80 do século XX, ela começou a executar políticas que se constituíram pela locução conjuntiva "desde que".
em rede de segurança para os que seriam mais atingidos pela modernização.
Quando (e se) ela caminhar para um regime político mais adequado com Argumentação contra
respeito aos direitos individuais, teremos quatro moedas-reserva: o dólar, o -A biotecnologia ainda é muito recente e ainda não foi possível fazer estudos
euro, o iene e o yuan. que mostrem, com rigor, que esses produtos não causam problemas à saúde
Um mundo multipolar está em vias de gestação no campo econômico,a e (ou) ao meio ambiente no longo do prazo.
despeito de toda a superioridade bélica norte-americana. É apenas uma -Pode haver cruzamento entre a cultura convencional e a geneticamente
questão de tempo, por exemplo, para que os EUA entendam que não podem modificada, principalmente dentro de uma mesma propriedade, podendo
assistir impassíveis à morte de seus jovens abandonados nos países acarretar o fim da espécie pura.
ocupados. Isso foi possível no passado.
Hoje, com a prestação de contas que a televisão faz de hora em hora, o custo Argumentação a favor
político dessa hegemonia militar é muito alto. De fato, é insuportável. É -Não há casos comprovados da associação entre consumo de transgênicos e
preciso insistir, portanto, na política da lógica da paciência e da moralidade danos à saúde.
que encontra apoio nos organismos multilaterais. -As plantas tolerantes a herbicidas geram uma redução de custos de
(Antônio Delfim Netto. - com adaptações) produção, com diminuição do uso de herbicidas e controle de ervas daninhas.
-A possibilidade de cruzamento entre a variedade convencional e a
Considerando o texto acima, julgue os itens subseqüentes. geneticamente modificada pelo transporte do pólen no vento é reduzida.
15. Pelos mecanismos de coesão textual, "ela" tanto pode referir-se a "China" Considerando os textos acima, relativos ao debate sobre transgênicos, julgue
como a "uma simples moeda". os itens que se seguem.
16 Mantêm-se a correção gramatical e as relações semânticas do texto ao se 6. A leitura comparativa entre as argumentações favorável e contrária aos
reescrever o período "Um (...) norte-americana" como: A despeito de toda transgênicos mostra que a
superioridade bélica norte-americana, está ausência de comprovação de danos à saúde é tomada tanto como
prestes a gestar-se no campo econômico, um mundo multipolar. argumentação positiva quanto como negativa.
7. Para que se mantenha coerente a argumentação contrária aos
JBE — Por que o desenvolvimento sustentado pode tornar quem já é transgênicos, o verbo poder, em "Pode haver cruzamento", deve ser
socialmente excluído em alguém ambientalmente excluído? interpretado na sua acepção de possibilidade, nunca de permissão.
CFL — Os modelos de sustentabilidade enfatizam aspectos que minimizam os 8. O terceiro tópico da argumentação a favor dos transgênicos contraria o que
efeitos ambientais do desenvolvimento econômico sem questionar a lógica do afirma o segundo tópico da argumentação contrária, pois não admite o
livre mercado globalizado. Afirmam que é preciso rever os padrões de cruzamento neste previsto.
consumo vigentes, mas não associam tal dimensão ao processo produtivo, 9. O emprego repetido do advérbio "ainda", no primeiro tópico da
que argumentação contrária, causa redundância e, por isso, não se alteram as
exige uma utilização intensa, diferenciada e rápida dos bens naturais. Além relações semânticas do texto ao se retirar um deles.
disso, a Agenda defende a cooperação e o consenso de modo idealizado. 10. A substituição de "problemas" (1° tópico da argumentação contra) por
Buscar consensos ignorando os conflitos é impor verdades das classes prejuízos preserva a coerência textual, mas para que as regras gramaticais
dominantes a quem está excluído do processo produtivo formal e de decisão também sejam respeitadas é obrigatória a mudança da preposição que segue
política. Defender a cooperação diante de relações internacionais tão essa palavra: de "a" para em, obtendo-se na.
desiguais de poder econômico, militar e político é acreditar romanticamente 11. Devido ao valor semântico que desempenha no texto, o gerúndio em
que os "países centrais" querem a salvação do planeta para o benefício de "podendo" (segundo tópico da argumentação contra) admite substituição tanto
todos indistintamente. por e pode como por o que pode, sem que a coerência textual fique
(Ana Diniz. In: JB Ecológico. 6/4/2003, p.21 • com adaptações) prejudicada.
12. Na expressão "tolerantes a herbicidas" (segundo tópico da argumentação
A partir do texto acima — parte de uma entrevista concedida por Carlos a favor), a palavra sublinhada expressa uma noção generalizada, na plena
Frederico Loureiro (CFL) ao JB Ecológico (JBE) — e considerando a extensão de seu significado.
abrangência do tema por ele tratado, julgue os itens seguintes. 13. No segundo tópico da argumentação a favor, a preposição "com" introduz
17. Se a expressão "Os modelos de sustentabilidade" fosse empregada no duas razões para a "redução de custos de produção".
singular, seria obrigatório o emprego de "enfatizam", "Afirmam" e "associam"

4
O século 20 foi aquele em que o Brasil aumentou sua riqueza, mas não a Grande era, entretanto, nas tradições hebraicas, a noção da divindade do
dividiu. Em cem anos, a riqueza total cresceu quase 12 vezes em relação à papel da magistratura.
população; no entanto, a distribuição de renda piorou na segunda metade do Ensinavam elas que uma sentença contrária à verdade afastava do seio de
século. Israel a presença do Senhor, mas que, sentenciando com inteireza, quando
A concentração de renda é tão grande que, na virada do século 20 para o 21, fosse apenas por uma hora,obrava o juiz como se criasse o universo,
o 1% mais rico dos brasileiros ganha praticamente o mesmo que os 50% mais porquanto era na função de julgar que tinha a sua habitação entre os israelitas
pobres. O Brasil que encerrou o século 20 era um país mais velho, mais a majestade divina.
urbano, mais feminino, mais alfabetizado,mais industrializado. Tão pouco valem, porém, leis e livros sagrados, quando o homem lhes perde
A desigualdade é a marca nacional, seja de renda, racial, de gênero ou o sentimento, que exatamente no processo do justo por excelência, daquele
regional. É o que mostram as em cuja memória todas as gerações até hoje adoram por excelência o justo,
Estatísticas do Século XX, publicação lançada pelo Instituto Brasileiro de não houve no código de Israel norma que escapasse à prevaricação dos seus
Geografia e Estatística (IBGE) com um resumo do Brasil no século que magistrados.
passou. O julgamento de Cristo é o espelho de todas as deserções da justiça,
(O Brasil do século 20. In:Folha de S. Paulo, 30/9/2003, p. 1 • com corrompida pelas facções, pelos demagogos e pelos governos.
adaptações). A sua fraqueza, a sua inconsciência, a sua perversão moral crucificaram o
Acerca do texto acima e de aspectos diversos associados ao tema nele Salvador, e continuam a crucificá-lo, ainda hoje, nos impérios e nas
enfocado, julgue os itens subseqüentes. repúblicas, de cada vez que um tribunal sofisma, tergiversa, recua, abdica. Foi
como agitador do povo e subversor das instituições que se imolou Jesus. E,
14 Preservam-se a coerência textual e a correção gramatical ao se de cada vez que há precisão de sacrificar um amigo do direito, um advogado
transformar o trecho inicial do texto, "O século 20 foi aquele em que o Brasil da verdade, um protetor dos indefesos, um apóstolo de idéias generosas, um
aumentou sua riqueza", de período composto em período simples, com a confessor da lei, um educador do povo, é esse, a ordem pública, o pretexto,
seguinte reescrita: No século 20, o Brasil aumentou sua riqueza. que renasce, para exculpar as transações dos juizes tíbios com os interesses
do poder.Todos esses acreditam, como Pôncio, salvar-se, lavando as mãos
15. A substituição de "no entanto" pela conjunção contudo mantém a do sangue, que vão derramar, do atentado, que vão cometer.
correção gramatical, mas altera a relação de contraste entre as orações que Medo, venalidade, paixão partidária, respeito pessoal, subserviência, espírito
liga, para a idéia de explicação. conservador, interpretação restritiva, razão de Estado, interesse supremo,
16. Obtém-se maior clareza, respeitam-se os sentidos do texto e mantém-se a como quer te chames, prevaricação judiciária, não escaparás ao ferrete de
correção gramatical ao se inserir ganha imediatamente após "que" (em Pilatos! O bom ladrão salvou-se. Mas não há salvação para O juiz cobarde.
negrito). (Rui Barbosa. Obras completas de Rui Barbosa,A imprensa', v. XXVI, tomo IV,
17. As expressões "de renda" e "de gênero" têm, na oração em que 1899, p. 185/91)
aparecem, valor de adjetivo.
18. Seria preservada a correção gramatical ao se empregar a forma verbal Julgue os itens que se seguem, acerca da significação, do emprego, da
"mostram" no seu correspondente singular, para concordar com "publicação". estrutura e da formação de vocábulos e expressões do texto l.
Criação ou descoberta? 1. Linha 2 - "regímen" equivale a regime.
Fala-se muito no grande abismo entre ciência e arte, a primeira lógica, 2. Em negrito- "refulgiu" é formado por derivação prefixal, pois tem o sentido
objetiva, enquanto a segunda é intuitiva, subjetiva. de refugir, ou seja, fugir de novo.
Nós criamos ou descobrimos a ciência? Será que as nossas teorias e os 3. Em negrito - "Lhe" equivale à expressão a Ele e se refere a "Cristo".
nossos teoremas estão codificados de algum modo na natureza e tudo o que 4. Em negrito-"como" introduz uma relação de causa.
faz um cientista é "descobri-los", levantar a coberta que os esconde, 5. "cuja memória" denota a circunstância de posse: memória do juiz.
revelando seu significado? Ou será que os criamos, usando nossa intuição, 6. "Medo, venalidade, paixão" e "respeito" são substantivos, empregados no
observação e lógica? texto como nomes abstratos
O artista é o criador, ele ou ela dá existência a algo que não existia, enquanto Julgue o emprego das palavras e a correção gráfica dos seguintes itens.
o cientista é o descobridor, aquele que revela o significado oculto das coisas, 7. Cristo não quis prescindir de um julgamento justo, porém não se resignou
sem criá-las. em aceitar-se fora da
Muita gente pode se contentar com essa explicação e dar o caso por lei dos homens.
encerrado. Mas eu, não. Para mim, a ciência é uma criação, tão criação 8.0 apostolado de Jesus era ao povo; se sua prédica incorria em crime,
quanto uma obra de arte. O fato de arte e ciência obedecerem a critérios de deveriam pulular os testemunhos diretos, haja visto que esse era o terreno
validade diferentes, de a ciência ter uma jurídico.
aceitação baseada no método científico, que provê meios para que as teorias 9. A ilegalidade do julgamento noturno — que o direito hebraico não admitia
sejam testadas frente a observações, não muda minha opinião. Ciência é nem nos litígios eiveis — agravava-se com o escândalo de testemunhas
criação do homem, fruto de nossos cérebros e de nosso modo de ver o falsas, aliciadas pelo próprio juiz.
mundo. 10. Pilatos, lavando as mãos na presença do povo, dizendo-se inocente do
(Marcelo G/e/ser. Folha de S. Paulo, 14/9/2003 - com adaptações) sangue daquele justo e entregando-o aos crucificadores, agiu como procede a
justiça que não se compromete.
Julgue os seguintes itens, relativos às idéias e estruturas do texto acima. O justo
19. Infere-se do texto que o autor se posiciona ao lado dos que consideram O treinador reuniu a turma no vestiário e escalou doze: onze e o goleiro. O
lógico e objetivo "levantar a coberta" que esconde teorias, revelando seu capitão do time estranhou, avisando que havia gente demais. O técnico,
significado. porém, sustentou a escalação:
20. A expressão "essa explicação" refere-se, coesivamente, às idéias — Isso é problema do juiz, o teu é jogar e tentar
expressas no parágrafo anterior. ganhar a partida.
21. Se o autor optasse por empregar o artigo definido imediatamente antes da E lá se foi o time para o campo.
expressão "arte e ciência", seria obrigatória a contração com a preposição que Cinco minutos de jogo, a torcida começou a gritar, alertando o árbitro:"O Pipira
a antecede, obtendo-se da. tem doze!". O árbitro interrompeu a partida,contou os times e deu uma bronca
22. Preservam-se os sentidos do texto e a correção gramatical ao se substituir no capitão, que, por sua vez, passou a bola ao treinador:
"frente a" por em face a. — Fala co' home ali.
23. A oração "Ciência é criação do homem" explicita a quem se referem os O juiz foi ao técnico e mandou retirar o excedente. Uma confusão tremenda na
pronomes e verbos na primeira pessoa do plural: a todos os que constituem a pista. O técnico chamou o árbitro para uma conversa em particular. Saíram os
humanidade, designada como "homem". dois na direção do centro do campo. A torcida, aos berros, descompunha todo
o mundo pelo atraso.
PROVA V Os dois isolados no grande círculo, o técnico pôs a mão no ombro do juiz e
Texto I entrou nas explicações:
O justo e a justiça política — O problema é o seguinte: eu sou um homem de cinqüenta anos, estreando
Para os que vivemos a pregar à República o culto da justiça como o supremo na profissão. Eu sou novo
elemento preservativo do regímen, a história da paixão, que hoje se consuma, aqui na terra. Acontece que, hoje de manhã, o presidente do clube me deu um
é como que a interferência do testemunho de Deus no nosso curso de bocado de nome pra pôr no time. Dois são protegidos do delegado, quatro do
educação constitucional. comandante do destacamento, o goleiro é filho do gerente do banco, o
O quadro da ruína moral daquele mundo parece condensar-se no espetáculo presidente diz que os dois pontas-de-lança têm que jogar de qualquer
da sua justiça, degenerada, invadida pela política, joguete da multidão, maneira. Eu fui escalando, escalando.
escrava de César. Por seis julgamentos passou Cristo, três às mãos dos — É, mas passou da conta — diz o árbitro, inflexível.
judeus, três às dos romanos, e em nenhum teve um juiz. — E eu não sei que passou? Ia ser mais. Por sorte, o sobrinho do prefeito
Aos olhos dos seus julgadores refulgiu sucessivamente a inocência divina, e amanheceu com o pé inchado e pediu ao tio para não jogar.Se não, entravam
nenhum ousou estender-Lhe a proteção da toga. Não há tribunais, que treze.
bastem, para abrigar o direito, quando o dever se ausenta da consciência dos — Bom, mas para começar o jogo, o senhor tem que tirar logo um... — diz o
magistrados. juiz.

5
— Eu tirar um? Deus me livre. Tire o senhor. Por mim o time joga com onze. 1. Errado, pois foram dos "dados da Polícia" que foram divulgados, e não o
Se o senhor está dificultando, vai lá o senhor e tira um, escolhe lá um. O mais número, portanto, se fosse feita a troca de "divulgados" por "divulgado o
que eu posso fazer é colaborar com o senhor. Por exemplo, não tire nem o período ficaria errado". Isso é concordância!
cinco nem o seis, que dá bolo com o chefe de polícia. E o pior é que agora eu 2. Certo, pois qualquer das substituições manteria o sentido do texto sem
já confundi tudo: não sei mais se o oito é gente do comandante do problemas gramaticais.
destacamento ou se é o filho do gerente do banco... 3. Certo, pois sempre que encontramos uma das duas referências mostradas
O árbitro encarou o técnico do Pipira, enfiou o apito no bolso e saiu como uma o autor se dirige diretamente ao leitor do texto.
fera: 4. Certo, sendo o pronome relativo ao leitor, é ele quem vai "usar" o carro.
— Doze contra, comigo, não. Doze contra onze, só se me expulsarem da Liga. 5. Certo, pois o leitor "terá gasto" 4 vezes mais antes de trocar o carro pelo
Parou diante do banco dos reservas do Serrinha F. C. e dirigiu-se ao técnico, assento do ônibus.
sentencioso como nunca: 6. Certo, os complementos são "desgaste do veículo" e "possibilidade de ser
— Carvalho, bota mais um dos teus homens em campo, Carvalho.Eu tenho multado", ligados pela conjunção.
horror a injustiça. 7. Errado, pois na palavra "indicadas", não temos qualquer fixo.
(Armando Nogueira.12/6/2003 • com adaptações) 8. Certo, o uso da crase e a regência estariam corretos.
Julgue os itens a seguir, quanto à veracidade das afirmativas frente às idéias 9. Certo, pois dirigir sob a influência de qualquer uma das substâncias
do texto acima e à correção gramatical. indicadas pela conjunção "ou" implica punição.
11. O justo é um texto narrativo, dialogado, que, pela estrutura discursiva, 10. Certo, "Isso evita 50% dos atropelamentos porque seu carro fica mais
pode ser classificado como uma crônica esportiva. visível...".
12. A história transcorre, de início, em local fechado e, por fim, em espaço 11. Errado, se for retirada as condições de uso de faróis acesos serão
aberto, frente a um grande número de expectadores. alteradas sim.
13.0 juiz foi ao técnico e mandou-o tirar o excedente com a finalidade de 12. Certo, embora não seja determinado o que o motorista deva fazer,
obedecer às regras relativas à quantidade de jogadores titulares em campo. entende-se que ele deverá ter cautela.
14. A passagem do quinto parágrafo, revela o baixo nível cultural do treinador 13. Certo, o uso do verbo no imperativo, indicando ordem, explicita que quem
do time; uma pessoa sem conhecimentos da língua culta. deve agir como indicado é exatamente o motorista.
15. O técnico hesitou em retirar qualquer um dos jogadores, por não ter 14. Certo, a causa do Denatran implantar o projeto é o implemento da
critérios que justificassem a temática do transito nas escolas de ensino fundamental.
exclusão de profissionais de excelente desempenho técnico. 15. Certo, pois "estão integradas" ao projeto 165 escolas (passado), opondo-
16.0 conflito instalou-se em campo quando o técnico, subserviente às ordens se às escolas que se integram nesta quarta-feira (futuro).
do dirigente do time, não pôde satisfazer, perante o público, a vontade do 16. Errado, pois se usarmos "prevê-se" teremos um sujeito indeterminado, e
árbitro. não um verbo na forma reflexiva.
17. A atitude ao árbitro, para por fim ao impasse, pode ser associada à 17. Errado, a segunda parte do título (encha o tanque...) não é atribuída à
máxima da Lei de Talião que diz, "um por todos; todos por um". Petrobrás, mas ao autor do texto.
18. Designam funções sociais, atuantes no meio esportivo, as seguintes 18. Certo, na linguagem informal / coloquial, usa-se (e entende-se) a
palavras do texto, "treinador", "técnico", "juiz", "atacante","torcida" e "pontas- expressão "hoje de noite", o que na norma culta não é indicado.
de-lança". 19. Errado, pois "sabem" indica certeza, enquanto que "acreditam" indica
19. Depreende-se do texto que as razões pelas quais houve a escalação do possibilidade.
time não foram de ordem técnica, mas, sim, política. 20. Certo, exatamente porque "consuma" indica uma estimativa, ou seja, uma
20. Infere-se do texto que o técnico recusou-se a escalar treze jogadores, não hipótese, como foi colocado. Além disso, temos relação de dependência entre
por estar cometendo uma infração às normas e, sim, por julgar que, com 13 o verbo e o que o complementa.
jogadores em campo, poderia "dar azar" e o time perder a partida. 21. Errado, "reduzido em menos da metade" é diferente de "reduzido para
A sorte dos bons menos da metade", os valores são diferentes.
(Salmo 36) 22. Errado, se colocado depois de "ilícitos" o texto perde o sentido.
(14) Por mais que os maus queiram ferir, com suas espadas, os justos, 23. Errado, na linha 1 o Brasil não designa representantes brasileiros,se fosse
pensando em acabar com quem anda pelo caminho do bem, (15)o contrário assim os representantes brasileiros seriam os maiores consumidores de
acontecerá! Suas espadas irão ferir seus próprios peitos, e deles nada restará. cocaína do mundo (experimente fazer a substituição no texto e veja o que
(16) Mais vale o pouco que possui o justo do que as muitas riquezas dos acontecerá).
ímpios. 24. Certo, esta aproximação de tempo fica evidente na expressão "de 1 de
(17) Deus não ouve as lamúrias dos ímpios quando estão doentes, pois a janeiro até hoje".
preocupação do Senhor é com os justos. 25. Certo, o uso da crase estaria correto da maneira proposta, e
(18) O Senhor cuida da vida dos honestos, e para sempre durará essa generalizaria as tais informações.
proteção. 26. Errado, pois as relações semânticas (sentido no texto, significado)
(19) Confie, mesmo quando achar difícil. Mesmo passando por humilhações e ficariam alteradas, embora gramaticalmente não houvesse problemas.
até fome, aceite seu fardo, pois com a proteção do Senhor,há de passar o 27. Certo, pois no texto observamos que se trata de tentativas, e não de
pior. sucessos quanto a tentar interceptar mensagens ou conseguir entender seu
(20) Perceba quanto os maus se enfraquecem e definham e, passo a passo, conteúdo.
com a frieza de seus pensamentos, são congelados e esquecidos. 28. Errado, pois a substituição é possível sim, mas não obrigatória, visto que
(21) A pessoa que é má pede emprestado e não devolve. O justo, mesmo a placa não apresenta qualquer erro gramatical.
sentindo-se tolo, é compassivo e divide o que é seu.
(Internet: Acesso em 12/6/2003) PROVA II
1. Errado, o texto não fala nada quanto a animais.
Considerando o sentido literal e contextual dos vocábulos e a estrutura 2. Certo, as idéias foram mantidas.
sintática e semântica dos versículos acima, julgue os itens subseqüentes. 3. Errado, o texto não fala sobre classificar tecnologia.
21. Em (14), "maus" opõe-se a "justos", assim como "espadas" está para 4. Errado, além de incompleto, ainda diz, ao contrário do texto, que o mundo
"caminho do bem". do trabalho está ficando muito mais previsível.
22. Em (15), na construção "Suas espadas irão ferir seus próprios peitos", há 5. Errado, o fato de os avanços científicos e tecnológicos buscarem novos
uma relação de reciprocidade. padrões de especialização não é condição, pré-requisito para que a
23. Em (16), o termo "justo" é um adjetivo que está no grau comparativo de qualificação educacional e profissional seja fator de empregabilidade.
superioridade. 6. Certo, foi empregado no sentido conotativo.
24. Em (17), substituindo-se o objeto direto pelo pronome oblíquo 7. Certo.
correspondente, é correia a construção: Deus não as ouve. 8. Errado, subentende-se o vocábulo "incertezas".
25. Em (18), a relação entre as orações do período é de coordenação. 9. Errado, tanto é que uma está ligada a informações e outra a áreas
26. Em "Confie, mesmo quando achar difícil" (19), há uma circunstância industriais.
adverbial de concessão e uma de tempo. 10. Errado, em expressões com palavras repetidas o uso do hífen é
27. Em (19), "passar o pior" é sofrer humilhações, passar fome e carregar um indispensável. (Obs.: essa questão foi
pesado fardo com a proteção divina.
28. Em (20), "os maus" é o sujeito sintático dos predicados cujos núcleos são passível de anulação, pois o hífen é muito discutido e não temos regras que
as seguintes formas verbais: "Perceba", "se enfraquecem", "definham" e "são eliminem todas as dúvidas).
congelados e esquecidos". 11. Errado, "conteúdo" e "freqüentemente" não são acentuados pelas
29. Em (21), a estrutura sintática revela as seguintes relações semânticas: mesmas razões.
pessoa justa = tola, compreensiva e altruísta; pessoa má = caloteira e egoísta. 12. Certo, no texto observamos que são exatamente estes substantivos que
30. Perpassa uma visão dualista do comportamento humano em todo o texto e são organizados.
o título resume a ideologia subjacente: os bons merecem sorte. 13. Certo, a única diferenciação de singular para plural é o acento
GABARITO COMENTADO CESPE BB 2007 circunflexo.
PROVA I 14. Certo, a preposição vem da palavra "refere" (o que se refere, se refere A
alguma coisa) e o artigo foi possível por se tratar de uma palavra feminina.

6
15. Certo, o trecho é um objeto direto, portanto deve ser substituído pelo 13. Certo, "diminuição do uso de herbicidas" + "controle de ervas daninhas".
pronome OS, que acompanhando um verbo terminado em M, modifica-se para 14. Certo, podemos fazer as substituições sugeridas sem problemas
NOS. gramaticais ou para o sentido do texto.
16.Certo, leia o penúltimo parágrafo. 15. Errado, a substituição não apenas é possível como, sendo feita, não
17.Certo, leia o último parágrafo. altera as relações no texto.
18.Errado, o texto coloca a tecnologia como algo benéfico em todas as áreas, 16. Errado, quem "ganha" é o 1% mais rico dos brasileiros, e não o Brasil.
não fazendo qualquer restrição quanto à circulação de bens e de capitais. 17. Certo, são locuções adjetivas.
19.Errado, o texto fala em mudanças na figura do trabalhador, não em seu 18. Errado, pois o sujeito da frase é "estatísticas do século XX", que está no
fortalecimento. plural.
20. Certo, leia das linhas 22 a 26. 19. Errado, ele faz esse questionamento exatamente para expressar que, na
21.Errado, o texto fala de mudanças quanto à empregabilidade, mas não sua opinião, ciência é mais que o simples teste de teorias, é criação (último
especifica se se trata de aumento ou diminuição de postos de trabalho. parágrafo).
22. Certo, o último parágrafo não fala especificamente de ensino médio, mas 20. Certo, este termo retoma e resume o que foi dito anteriormente.
de especialização, deixando subentendida a exigência de uma formação 21. Errado, esta contração não seria obrigatória.
educacional melhor. 22. Errado, "em face a observações" está usado incorretamente, sendo o
23. Certo. certo "em face de observações".
24. Certo. 23. Certo, no segundo parágrafo os verbos estão na primeira pessoa do
25. Errado, "é fator que dificulta", pois o sujeito é "O baixo nível de instrução e plural se referindo a todas as pessoas, à humanidade.
de informação".
26. Errado, "Existem trabalhadores...", as vírgulas são desnecessárias e "por PROVA V
causa que" é uma expressão redundante, bastaria "porque".
27. Errado, "contemporaneidade". 1. Certo, é a forma arcaica da palavra, mas podemos entender isso pelo
28. Errado, não colocamos vírgula depois de "situação" e o correto é "refletir contexto.
sobre". 2. Errado, tem o sentido apenas de "fugir", e não ode "fugir de novo". Além
29. Errado, em qualquer tipo de texto ela é essencial. disso o "ré" citado nem mesmo é prefixo.
30. Certo, são homônimas. 3. Certo, "e nenhum ousou estender a ele / a cristo a proteção da toga".
4. Errado, introduz uma relação de comparação.
PROVA III 5. Errado, a memória referida é do justo, não do juiz.
1. Errado, conforme vemos nas linhas 9 e 10, não importam as circunstâncias 6. Certo, são todos substantivos abstratos, que denotam sentimentos.
ou seus nomes, a ética não é relativa. 7.Certo.
2. Errado, não usamos vírgula para separar sujeito de predicado. 8.Errado, não existe a expressão "haja visto", o correto é "haja vista".
3. Certo, "os diferentes nomes que acompanharam a ética". 9.Errado, faltou acentuação em "litígios" e em "cíveis".
4. Certo, "...a ética tem sido como uma forma de consciência...". 10.Certo.
5. Errado, a crase diante de pronomes possessivos femininos (sua) é 11.Certo, estas características, que com certeza se aplicam ao texto, são
opcional. características típicas das crônicas.
6. Certo 12.Errado, o texto fala sobre torcida, mas em momento algum cita que esta
7. Errado era muito numerosa.
8. Errado, o que exige a crase é a palavra "favorável" (favorável a alguma 13.Certo.
coisa). 14.Errado, quem usa a expressão presente no quinto parágrafo ("-Fala co'
9. Certo, usado em linguagem mais informal, este recurso proporciona uma home ali.") é o capital do time, não o seu treinador.
maior interatividade entre o autor e o leitor. 15.Errado, ele hesitou por motivos políticos, não técnicos.
10. Certo, garantia de alguma coisa (do direito à posse da terra) a alguém 16.Certo.
(pessoas pobres). 17.Errado, não há meios de fazer tal associação entre a atitude do árbitro e o
11. Certo, o texto deixa claro que isso continua acontecendo até hoje. provérbio.
12. Errado, usamos o verbo no singular para concordar com o sujeito (o 18.Errado, "atacante" e "ponta-de-lança" não se referem a funções sociais de
projeto) que está também no singular, e não por se tratar de verbo impessoal. alguém do meio, mas aos próprios jogadores.
13. Errado, ela afirma exatamente o contrário (que não torna mais fácil). 19.Certo, conforme questão 238.
14. Errado, "cujo" é usado para estabelecer relações de posse (o contingente 20.Errado, só não entraram 13 porque um dos jogadores amanheceu com o
pertence às FARC) e não pode ser substituído por qualquer outro. pé inchado, e não por superstição.
15. Errado, refere-se apenas à China, que foi quem "começou a executar tais 21.Certo, as relações de oposição estão corretas.
políticas..." (o que "uma simples moeda" não poderia ter feito). 22.Errado, a relação não é de reciprocidade pois os justos não estão ferindo
16. Errado, o sentido é o mesmo, mas não usamos vírgula depois de ninguém, ou seja, são os maus que ferem a si mesmos.
"econômico". 23.Errado, "justo" está sendo usado como substantivo, e não como um
17. Certo, se não fosse feita alguma dessas mudanças, teríamos problemas comparativo.
de concordância verbal. 24.Certo, objetos diretos devem ser substituídos pêlos pronomes o / a.
18. Certo, o sujeito é "defender a cooperação...", ou seja, sujeito simples. 25. Certo, coordenação aditiva.
19. Errado, expressões como "romanticamente" indicam subjetividade, 26. Certo, "mesmo que" indica concessão e "quando" indica tempo.
opiniões no texto. 27. Errado, "passar", no texto, está no sentido de "acabar", e não de "viver".
20. Errado, o que é dito é que pode-se associar padrões de consumo com 28. Errado, "perceba" não se refere aos maus, mas ao leitor.
efeitos ambientais danosos, mas não que estes sejam os maiores 29. Errado, o justo se sente tolo, mas o texto não diz que ele o é.
responsáveis por tais danos. 30. Certo, o dualismo bem / mal está presente em todo o texto, sendo este
favorável aos bons.
PROVA IV
1. Errado, a linguagem do texto não é formal e o texto não é informativo, mas
dissertativo.
2..Errado, são metáforas da mesma idéia, mas não ocorrem em orações que
se contradizem.
3.Certo, o autor se refere ao seus filhos como exemplos da nova geração.
4. Errado, a regência do verbo "tender" ficaria incorreta.
5.Certo, "na hipótese de ela não ser uma ameaça...".
6.Certo, como não foram comprovados danos à saúde, isto é visto como algo
bom ou como algo que ainda merece mais pesquisas e tempo de avaliação.
7. Certo, mesmo porque o não haveria qualquer sentido na frase se o verbo
fosse usado com o sentido de "permissão".
8. Errado, o tópico afirma que essa possibilidade é reduzida, e não que não
existe.
9. Errado, ao retirarmos qualquer um dos "ainda", temos a idéia de que aquilo,
que no texto é mostrado como algo que ainda não aconteceu (por exemplo,
estudos que comprovem a ausência de danos à saúde), não poder acontecer
nunca mais ("não foi possível fazer estudos que mostrem..."), ou seja, altera-
se o sentido do texto.
10. Errado, a substituição não apenas é possível como, sendo feita, não é
necessária qualquer mudança adicional no texto.
11. Certo, podemos fazer as substituições sugeridas sem problemas
gramaticais ou para o sentido do texto.
12. Certo, o herbicida não foi especificado.