Vous êtes sur la page 1sur 4

A História da Radiologia no Brasil

A primeira TESE sobre radiologia foi apresentada por Adolpho Carlos Lindenberg, na
Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 5 de novembro de 1896. Eis a
transcrição exata do que estava escrito em sua capa, respeitando inclusive a grafia
original.

“Dos rais X no ponto de vista medico-cirurgico. These apresentada a Faculdade de


Medicina do Rio de Janeiro em 5 de novembro de 1896 por Adolpho Carlos
Lindenberg, natural do estado do Rio de Janeiro, afim de obter o grão de Doutor
em medicina.”

Tornando-se Realidade
O primeiro aparelho de raios X chegou ao País em 1897. Fabricado pela Siemens, o
aparelho era rudimentar, com bobinas de Rhumkorff de 70cm cada uma de tubos
tipo Crookes. Naquela época, a cidade de Formiga não contava com eletricidade e
para colocar o aparelho em funcionamento, era necessário alimenta-lo com baterias
e pilhas Leclancher rudimentares de 0,75 HP. Os resultados não foram satisfatórios
e então Dr. Pires decidiu instalar um motor fixo de gasolina que funcionava como
um gerador elétrico.

Em 1898 realizou a primeira radiografia para demonstração de um corpo estranho


na mão do então ministro Lauro Muller. Na época, o tempo para a realização de
uma radiografia de tórax era de aproximadamente 30 minutos e do crânio, em
torno de 45 minutos.

Na década de 50, após uma exposição do Departamento de Radiologia da


Associação Médica de Minas Gerais, o aparelho foi enviado para o exterior, por falta
de interesse das entidades governamentais em criar um museu histórico no País,
naquela ocasião. Atualmente, o primeiro aparelho de raios X utilizado no Brasil
encontra-se no International Museum of Surgical Science, em Chicago, nos Estados
Unidos.

A placa em Chicago A primeira ampola


Os Pioneiros da Radiologia no Brasil
A primeira radiografia foi realizada no Brasil em 1896. A primazia é disputada por
vários pesquisadores: SILVA RAMOS, em São Paulo; FRANCISCO PEREIRA NEVES,
no Rio de Janeiro; ALFREDO BRITO, na Bahia e físicos do Pará. Como a história não
relata dia e mês, conclui-se que as diferenças cronológicas sejam muito pequenas.

Alfredo Thomé de Brito

Primeiros Professores de Radiologia

Rafael de Barros Duque Estrada


Primeiro professor de radiologia de São Paulo - 1913 . Santa Primeiro professor de radiologia do Rio de Janeiro - 1913. Santa Casa
Casa de Misericórdia de Misericórdia

.
Professores que Deram Continuidade ao
Trabalho dos Pioneiros

Nicola Casal Caminha - Professor da Faculdade Nacional de Medicina Considerado o


Pai da Radiologia por ter formado a maioria dos radiologistas brasileiros.

José Maria Cabello Campos - Professor de Radiologia de Casa de São Paulo


Fundador e primeiro Presidente do Colégio Brasileiro de Radiologia. Um dos
fundadores do Colégio Interamericano de Radiologia.

Feres Secaf - Professor da Escola Paulista de Medicina, Ex-Presidente do Colégio


Brasileiro e da Sociedade Paulista de Radiologia.
Walter Bonfim Pontes – Professor de Radiologia da Faculdade de Medicina de
Sorocaba, S. Paulo. Idealizador e fundador do primeiro Curso de Técnicos do Brasil.

Fonte: Internet

Aluno: Eudes Freire Lessa