Vous êtes sur la page 1sur 1

AS REVISTAS DA SEMANA (DATA DE CAPA: 30/03/2011)

VEJA - Nesta edição a revista Veja trás nas páginas amarelas a entrevista com o medalhista Joaquim Cruz
e suas perspectivas para as Olimpíadas de 2016 no Brasil. Uma relação com a Olimpíada de onde foi
medalha de ouro e a preparação para as Olimpíadas no Brasil é bem analisada pelo atleta. Como reportagem
de capa, a morte de Elizabeth Taylor é abordada de forma que o leitor passar conhecer quem foi a grande
protagonista do filme Cleópatra entre outras atuações da atriz. No campo político brasileiro, vale a pena ler a
relação entre as popularidades dos últimos presidentes brasileiro. É interessante analisar o título da matéria
que chama a atenção para a relação populismo e popularidade. Entre outros assuntos é importante também
observar as questões sobre o voto distrital no Brasil, a votação do projeto Ficha Limpa. Na área de história,
vale a pena ler a matéria sobre as cartas trocadas ente D. Pedro I e sua amante, a Marquesa de Santos. Por
fim, não deixe de ler Priore e Boa Aventura (o livro retrata as aventuras mineradoras), de Lucas Figueiredo.

ÉPOCA - Como destaque, vale a pena analisar a reportagem em que


discute-se que os Estados Unidos tentam dividir o fardo com seus aliados, mas a
falta de sintonia mostra que não será fácil conduzir a Guerra na Líbia, atentado em
Israel, mais revoltas do povo árabe com tanta sintonia. Vale a pena passar os olhos
na reportagem que destaca as recomendações do povo japonês à sua população
para evitar e/ou diminuir possível contaminações radioativas, ocasionadas pelos
acidentes nucleares ocorridos neste mês. A revista ainda destaca os problemas da
exploração trabalhista no norte do Brasil (Rondônia) e também trás assuntos
relacionados com a morte da atriz Liz Taylor e a votação do STF sobre a ficha limpa.
Como reportagem de capa, destaque para a matéria: Cachorros vegetarianos – “A
moda de negar carne a animais carnívoros mostra que a humanização (cada vez maior) dos bichos domésticos não
tem limites – e pode prejudicá-los”.

ISTO É - A revista trás uma excelente reportagem sobre “ As mães de Chico Xavier” – Mães que
perderam seus filhos de forma trágica, e buscaram consolo nas cartas psicografadas pelo médium
mineiro e com isso mudaram o curso de suas vidas depois desse encontro. Numa outra reportagem, a
revista aborda a visita do presidente Barack Obama no Brasil e destaca que apesar das Apesar de todas
as juras de amor eterno ao Brasil, Obama não dispensou ao País a mesma atenção que deu aos anseios
das demais potências emergentes. Também é interessante ler sobre a alarmante reportagem que aponta
que o governo brasileiro demite toda a diretoria da CNEN após descobrir que reatores atômicos operam
sem licenças e que Angra 2 não tem autorização definitiva para operar. Alarmante também a a reportagem que indica que A
água de Tóquio já está contaminada. Agora partículas radioativas da usina de Fukushima I atingem até a Islândia.

CARTA CAPITAL - A revista trás como matéria de capa “ O mercado atira em Mantega “ - - O
ministro da Fazenda representa a continuidade, enquanto o pelotão espera pelo retorno à ortodoxia - Para
tucanos e petistas, PSD de Kassab é cavalo de Tróia. Além disso, não deixe de ler um excelente debate
sobra o papel da mídia na atualidade, “No dia 1º de abril, o Centro Barão de Itararé propõe discussão
acerca da mídia hoje e sua função na sociedade”. Nas reportgens internacionais, destaque para a questão
que aborda a posição do Presidente Norte Americano que aforma que as forças de coalizão atuam de
forma “clara, focada e bem sucedida”. “Estamos protegendo o povo líbio das forças de [Muammar]
Kadhafi". Uma outra reportagem sobre nossa política é a matéria que ressalta O ministro Ricardo Lewandowski, do TSE, que
afirmou que não se sente incomodado com a possibilidade de liberar políticos antes barrados pela Justiça Eleitoral. Como
sugestão, não deixe de ler a discussão que aborda: Com que cabeça um então homem comum viaja à América do Sul, se o pau
está quebrando na África e no Oriente Médio dos ditadores? (Muito interessante).