Vous êtes sur la page 1sur 26

LISTA DEFERIMENTO CREDENCIAMENTO DE IAT 2021

Nº NOME CPF PROTOCOLO


1 ADALBERTO SÉRGIO SOBRINHO 424.145.989-72 08385.002570/2021-10
2 ADALBERTO SOBRINHO NETO 060.575.469-11 08385.002575/2021-34
3 ADEMIR BRASIL FILHO 740.418.359-68 08385.001987/2021-57
4 ADEMIR PRADO DE LIMA 048.888.768-27 08385.002434/2021-11
5 ADILSON CORDEIRO DE FREITAS 029.270.709-62 08385.002251/2021-04
6 ADRIANA CRISTINA FERRARI PEREIRA 024.974.789-88 08385.002379/2021-60
7 ADRIANO JOSÉ CIRINO DOS SANTOS 057.923.449-57 08385.002609/2021-91
8 ADRIANO MACHADO 921.753.259-20 08385.002263/2021-21
9 ADRIANO OZORIO RODRIGUES 003.402.809-99 08385.004456/2021-16
10 ALEXANDRE AUGUSTO SERAFIM 055.335.569-40 08385.002894/2021-40
11 ALEXANDRE ZANKOSKI 029.960.539-66 08385.002691/2021-53
12 ALLAN FRANCIS DE PAULA 023.445.509-84 08385.002559/2021-41
13 ALLAN MICHAEL SIQUEIRA. 070.203.379-02 08385.002913/2021-38
14 ALLISON ANTONIO FURLAN 087.082.299-37 08385.002716/2021-19
15 ALYSSON CEZAR MARTINS ALVES 051.660.259-46 08385.002806/2021-18
AMAURI DE JESUS PEREIRA
16 541.872.579-34 08385.002700/2021-14
17 ANA PAULA PEREIRA 007.420.499-81 08385.002440/2021-79
18 ANDERSON COLAÇO. 037.898.049-16 08385.002610/2021-15
19 ANDERSON PUGLIA 903.975.419-53 08385.002823/2021-47
20 ANDERSON RICARDO SANTOS 875.670.599-91 08385.002794/2021-13
21 ANDRE ALVES DE AZEVEDO 048.191.499-46 08385.002252/2021-41
22 ANDRE LUIZ TAVARES SUZARTE 016.641.007-17 08385.001989/2021-46
23 ANGELO RODRIGO DE OLIVEIRA 063.383.679-64 08385.002724/2021-65
24 ANTONIO CARLOS DE ASSIS. 873.592.519-15 08385.002649/2021-32
25 APARECIDO PINTO DA SILVA 790.391.039-68 08385.002246/2021-93
26 ARILDO CEZAR ROMANO 039.584.479-70 08385.002722/2021-76
27 AUGUSTO CAMARGO FERREIRA 029.753.221-94 08385.002822/2021-01
28 BIANCA MENDONÇA DAL-CÓL 055.038.139-28 08385.002816/2021-45
29 BRUNO GOLDONI 044.072.389-25 08385.001919/2021-98
30 BRUNO LUIZ COLMAN MUFALO 066.379.019-03 08385.002188/2021-06
31 CARLA RIGO 070.263.689-40 08385.002387/2021-14
32 CARLOS ALEXANDRE ESPIRES EMIDIO DOS SANTOS. 007.978.069-54 08385.002065/2021-67
33 CARLOS AUGUSTO FACCO 036.561.819-50 08385.002100/2021-48
34 CARLOS RAMOS CAMPOS 869.394.247-68 08385.002139/2021-65
35 CARLOS ROBERTO DE MELLO TORRES. 109.733.148-26 08385.003065/2021-84
36 CASSIO LUIZ HACZALLA DE FREITAS 081.772.399-45 08385.002599/2021-93
37 CELIO AUGUSTO ROCHA 022.909.179-23 08385.002255/2021-84
38 CELSO DA SILVEIRA JUNIOR 053.355.579-58 08385.002405/2021-50
39 CELSO EDUARDO DE CAMARGO 349.942.119-49 08385.001950/2021-29
40 CESAR ELOY HEUSCHOBER 344.569.128-20 08385.002242/2021-13
41 CEZAR AUGUSTO GONÇALVES 061.206.629-01 08385.002484/2021-07
42 CLAUDINEI SANTANA DA SILVA 080.256.119-57 08385.002693/2021-42
43 CLÁUDIO JOSÉ ZÁTTERA 703.076.799-34 08385.002463/2021-83
44 CLEBER FERNANDO PINTO. 005.629.709-24 08385.002710/2021-41
45 CLEBER TADEU DA COSTA CORREIA. 313.878.828-99 08385.002927/2021-51
46 CLEBERSON DOS SANTOS 074.920.199-12 08385.002939/2021-86
47 CLERISTON DEMETRIO DE OLIVEIRA 034.351.827-92 08385.002268/2021-53
48 CLYVENS BARKLEY JN BAPTISTE 012.737.919-32 08385.002496/2021-23
49 CRISTIANO AUGUSTO QUINTAS DOS SANTOS 131.833.848-41 08385.002819/2021-89
50 CRISTIANO BREGENSKI MACEDO 022.847.209-19 08385.002870/2021-91
51 CRISTIANO MAIA CASTELLI 079.654.449-25 08385.002243/2021-50
52 CRISTIANO SOUZA SANTIAGO 062.518.419-07 08385.002269/2021-06
53 DAIMON LUIZ DE MARCHI. 010.333.419-08 08385.002828/2021-70
54 DANIEL CLEMENTE PASCKO 051.181.659-62 08385.002608/2021-46
55 DANIEL MENCK 050.442.029-16 08385.002055/2021-21
56 DANIEL STRAUCH LIBERATO DE MATOS. 019.816.735-04 08385.002768/2021-95
57 DANIELA APARECIDA PACHECO 026.390.289-79 08385.002793/2021-79
58 DANILO MARTINELLI DO VALLE 091.339.499-80 08385.002923/2021-73
59 DANY WESLEY PASQUAL. 047.785.679-94 08385.001922/2021-10
60 DEIVIDI DANGELO BALDESSAR. 075.597.929-01 08385.002060/2021-34
61 DENISE REITER 051.745.259-60 08385.002407/2021-49
62 DEVANIL GARCIA RIBEIRO 811.531.209-68 08385.004447/2021-25
63 DIEGO SIRSO ALVES 062.740.979-29 08385.002442/2021-68
64 DIOGO CARLOS SAUSEN 044.444.379-79 08385.002260/2021-97
65 DIOGO DINIZ GAZABINI. 083.263.969-90 08385.002817/2021-90
66 DIOGO VINICIUS MARCHETTI DE BASTIANI 050.056.059.59 08385.002547/2021-17
67 DOUGLAS SOUZA FERNANDES 008.026.584-74 08385.002117/2021-03
68 DRIELE MESSIAS DA SILVA 070.316.049-40 08385.002145/2021-12
69 EDEGAR JOSE TOCHETO 070.678.569-06 08385.002852/2021-17
70 EDER CHERA 056.515.419-26 08385.002027/2021-12
71 EDGAR HENEMANN CARDOSO 054.313.709-01 08385.002546/2021-72
72 EDILSON CORDEIRO 052.189.919-29 08385.002262/2021-86
73 EDIO VESCOVI 025.932.349-70 08385.002702/2021-03
74 EDISON FERNANDES CAZELLA 840.002.799-04 08385.002481/2021-65
75 EDISON FERREIRA 642.694.939-68 08385.002620/2021-51
76 EDMAR CARLOS DO NASCIMENTO SANITA 061.201.709-52 08385.002183/2021-75
77 EDSON FERNANDO NEY COSTA 049.933.179-64 08385.002429/2021-17
78 EDSON LUIZ PEREIRA 049.913.559-82 08385.002799/2021-46
79 EDSON MOREIRA DA SILVA JUNIOR 030.781.904-39 08385.002549/2021-14
80 EDUARDO FRANCESCHINI 043.607.419-28 08385.002189/2021-42
81 EDUARDO JOSE DE PAULA 078.629.379-96 08385.002097/2021-62
82 EDUARDO MAFFEI 044.157.969-82 08385.002209/2021-85
83 EDUARDO NASCIMENTO CORTES 830.116.840-49 08385.002638/2021-52
84 EDUARDO OGLEARI 026.162.939-51 08385.002205/2021-05
85 EDUARDO POLETTO 063.976.249-27 08385.004154/2021-48
86 EDVALDO HONORIO DA SILVA 618.644.639-53 08385.001981/2021-80
87 EIDIMAR APARECIDO DA SILVA MAIA 020.116.949-57 08385.002741/2021-01
88 ELEANDRO CAMARGO DE ANDRADE. 015.673.639-03 08385.002668/2021-69
89 ELIANE CRISTINA CUSTODIO DUARTE 039.431.159-09 08385.002492/2021-45
90 ELOIR RAFAEL SILVEIRA NOGUEIRA 894.401.459-00 08385.002565/2021-07
91 ELSON MANHÃES 766.215.709-10 08385.002144/2021-78
92 ELVIO LOUVEIRA VALADAO 022.512.331-21 08385.002625/2021-83
93 EMANUEL POLINI DE FREITAS 087.112.339-82 08385.002749/2021-69
94 EMERSON RICARDO DOS SANTOS 825.846.309-82 08385.001869/2021-49
95 EMILSON FERREIRA PEIXOTO. 643.800.689-00 08385.003704/2021-10
96 ERICK EDUARDO GABRIEL DE OLIVEIRA 083.429.509-13 08385.001877/2021-95
97 ERNANDES CEZAR ALVES. 118.814.678-56 08385.002611/2021-60
98 ERNANI ANTONIO DOMINGUES RIBAS JUNIOR. 087.753.759-31 08385.002929/2021-41
99 ERNANI NUNES 067.338.729-19 08385.002241/2021-61
100 EUDES ANTONIO BIANCHESSI 968.162.019-49 08385.002187/2021-53
101 EVERALDO BARATTO. 028.398.719-71 08385.002973/2021-51
102 EVERSON DAS CHAGAS 031.736.479-04 08385.002566/2021-43
103 EVERTON DE ALMEIDA BITENCOURT 054.432.499-40 08385.002748/2021-14
104 FABIANO ROBERTO CORREA CLETO 042.987.899-00 08385.002834/2021-27
105 FABIANO RODRIGO TEIXEIRA PINTO 748.422.509-68 08385.002605/2021-11
106 FABIANO ZARPELLON LACERDA 007.370.619-10 08385.004218/2021-19
107 FABIO AFONSO COSTA FILHO 053.612.639-90 08385.002796/2021-11
108 FABIO ANDRE FIGUEIREDO 028.038.269-33 08385.002390/2021-20
109 FABIO ANTONIO MATUCHESKI ZARPELON. 046.744.549-48 08385.002770/2021-64
110 FABIO COSTA MEDEIROS. 850.111.189-91 08385.002739/2021-23
111 FABIO FRANCISCO NUNES 050.883.789-80 08385.001905/2021-74
112 FABIO GUIDO KAUTZMANN 034.329.269-60 08385.002603/2021-13
113 FABIO VIEIRA DUQUE 029.062.999-36 08385.002550/2021-31
114 FABIO VINICIUS VITORINO FERREIRA 010.388.479-31 08385.002841/2021-29
115 FABRICIO CESAR COCHITO 318.199.448-08 08385.002043/2021-05
116 FABRÍCIO DA LUZ PATRUNI 009.481.049-45 08385.002022/2021-81
117 FELIPE JOSÉ SALATA 042.559.469-65 08385.002021/2021-37
118 FELIPE TELES PEREIRA 055.002.459-02 08385.002266/2021-64
119 FELIPPE DE ALMEIDA MOLEDA 041.188.799-80 08385.002257/2021-73
120 FERNANDO DA SILVA COSTA 040.521.439-14 08385.002432/2021-22
121 FERNANDO FIDALSKI BARRETO. 766.258.779-72 08385.002733/2021-56
122 FERNANDO LUIZ BRIZOLLA 060.757.609-03 08385.002712/2021-31
123 FERNANDO MARTINS RIL 045.543.449-24 08385.002452/2021-01
124 FERNANDO RODRIGUES DA SILVA 053.327.269-61 08385.002662/2021-91
125 FERNANDO VAZ DE LIMA 032.168.369-24 08385.002769/2021-30
126 FRANCISCO DALLA STELLA NETO 057.279.939-03 08385.002457/2021-26
127 GABRIEL ANGELUS GROKOSKI. 071.882.969-79 08385.002908/2021-25
128 GABRIEL COLERE SALATA 010.465.819-37 08385.002936/2021-42
129 GABRIEL FERREIRA PINTO DE OLIVEIRA 339.304.678-01 08385.003004/2021-17
130 GERALDO ALVES PEREIRA NETO 044.548.499-35 08385.002859/2021-21
131 GERALDO CORDEIRO DE MACEDO JUNIOR 006.448.789-08 08385.002253/2021-95
132 GILSON ANDRE ACOSTA DE JESUS 018.386.749-18 08385.002264/2021-75
133 GIOVANI CELSO DE ARO 047.877.449-41 08385.002577/2021-23
134 GIOVANI FÁBIO LANGWINSKI. 027.271.309-02 08385.003705/2021-56
135 GUILHERME SIMOES BULKA 008.357.369-03 08385.002810/2021-78
136 GUSTAVO AUGUSTO GOMES 035.039.119-01 08385.002426/2021-75
137 GUSTAVO CARDOSO DOS SANTOS 055.208.089-61 08385.002857/2021-31
138 GUSTAVO GARCEZ DE AZEVEDO 067.719.929-50 08385.002272/2021-11
139 GUSTAVO GOMES DA SILVA 029.312.089-73 08385.002240/2021-16
140 HEITOR POSSO DA SILVEIRA 048.341.819-60 08385.002446/2021-46
141 HERIVELTON LUIZ MUNCKE 022.717.849-13 08385.002222/2021-34
142 HIDALGO HARAGANO SILVA 060.122.919-30 08385.002556/2021-16
143 HUGO ANÍBAL BOSCATO 035.947.659-70 08385.002460/2021-40
144 HUGO RODRIGUES FERRES BUSTO. 009.749.049-02 08385.001952/2021-18
145 HUMBERTO BENIGNO FERREIRA JUNIOR 459.454.383-91 08385.002909/2021-70
146 IGOR DA SILVA DUARTE 051.496.837-01 08385.002287/2021-80
147 IGOR ELI DA SILVA 004.851.509-48 08385.002271/2021-77
148 IGOR TREVISAN BARBOSA 033.643.539-80 08385.002422/2021-97
149 ILDEFONSO METTA JUNIOR 016.422.959-06 08385.002048/2021-20
150 INDRIGO DOS SANTOS AGUILIERI. 010.192.999-40 08385.002758/2021-50
151 IVAN LUCAS LOHMANN 077.248.749-99 08385.002214/2021-98
152 JACQUES WOLF. 024.883.749-46 08385.002102/2021-37
153 JAIRO HENRIQUE TIAGO 054.334.889-00 08385.002019/2021-68
154 JEAN DE FARIAS TRINDADE. 005.363.789-59 08385.003002/2021-28
155 JEAN HUMBERTO TORRES DA COSTA. 066.900.589-48 08385.002466/2021-17
156 JEAN PEREIRA BARBOSA 020.148.289-46 08385.002787/2021-11
157 JEFERSON PEREIRA 036.209.329-64 08385.002802/2021-21
158 JEFFERSON LUIS BARRY DOS SANTOS. 018.295.939-27 08385.002895/2021-94
159 JEFFERSON NICOLAU DA SILVA 018.784.009-16 08385.002149/2021-09
160 JEFFERSON PANZARINI ROSA 030.290.069-50 08385.002600/2021-80
161 JEREMIAS ISMAEL OBERHERR. 004.557.620-31 08385.002838/2021-13
162 JHONYELLISON CARLOS MARTINS 056.551.659-02 08385.002411/2021-15
163 JOÃO ANDRÉ CARDOSO FERREIRA. 089.529.859-74 08385.002872/2021-80
164 JOÃO CARLOS ESPERANSSETTA. 758.248.179-87 08385.002561/2021-11
165 JOÃO CELSO BECHER 053.504.269-82 08385.002976/2021-94
166 JOAO EDUARDO PASTOR DOS SANTOS 071.934.729-76 08385.002849/2021-95
167 JOÃO JAMIER DA SILVA 855.722.419-20 08385.002613/2021-59
168 JOÃO LUIS BOTOSKI 034.814.619-17 08385.002567/2021-98
169 JOÃO LUÍS MARINS SIQUEIRA 022.493.131-80 08385.002917/2021-16
170 JOAO MARCOS DOS SANTOS NOGUEIRA 959.568.241-15 08385.004227/2021-00
171 JOÃO VITOR BEZERRA LIMA 082.479.509-10 08385.002436/2021-19
172 JONIBILL DOS SANTOS 068.393.249-74 08385.003694/2021-12
173 JORDHANA GUARANY DOS SANTOS 094.248.419-30 08385.002560/2021-76
174 JORGE ANTONIO CALDAS JUNIOR. 004.688.749-09 08385.001897/2021-66
175 JOSE ANSELMO MACHADO FILHO 801.317.860-91 08385.002850/2021-10
176 JOSE CAETANO CLERICI 001.402.460-88 08385.002099/2021-51
177 JOSE CARLOS ANDRADES PEREIRA 184.073.070-68 08385.002663/2021-36
178 JOSE EDNILSON FERREIRA 029.322.129-40 08385.002380/2021-94
179 JOSÉ HENRIQUE FRANÇA SORRILHA. 036.543.289-03 08385.002216/2021-87
180 JOSE HERON GOULART 373.544.939-53 08385.002443/2021-11
181 JOSÉ MARCOS APARECIDO MATIAS 787.136.689-00 08385.002607/2021-00
182 JULIANO LIMA DE AZEVEDO 075.984.039-37 08385.002273/2021-66
183 JULIO MAURO ZDEBSKI 036.216.929-24 08385.002153/2021-69
184 KAIO AUGUSTO INCERTE 072.256.859-29 08385.002867/2021-77
185 KAREN VASCONCELLOS SANTANA 040.602.309-36 08385.002597/2021-02
186 KELLY DALILE NERI NISHIOKA 053.662.139-08 08385.002551/2021-85
187 LAUDO LUIZ BASEGGIO 572.115.401-25 08385.002403/2021-61
188 LAURENCE PAZ DE CARVALHO 803.773.510-91 08385.003015/2021-05
189 LAURO OLAVO TORETTI FILHO 047.599.989-42 08385.002401/2021-71
190 LEANDRO DIOGO DE DEUS 049.012.719-38 08385.002433/2021-77
191 LEANDRO WARDE FONSECA 019.814.389-39 08385.002283/2021-00
192 LEONARDO CARLOS DE ABREU 087.750.996-40 08385.002579/2021-12
193 LEONIDAS MARTINS JUNIOR 024.790.079-60 08385.002381/2021-39
194 LEURE FABIANO LEODORO DOS SANTOS 004.363.459-19 08385.002173/2021-30
195 LOREAN GONÇALVES DE AZEVEDO 044.239.499-38 08385.002444/2021-57
196 LUAN GUSTAVAN CANTU 074.875.609-45 08385.002286/2021-35
197 LUANA CAROLINA NUNES DE SOUZA. 059.732.329-13 08385.002717/2021-63
198 LUCAS JOSÉ BRAGA AGASSI. 008.268.789-70 08385.002762/2021-18
199 LUCIANO COSTA 559.425.809-44 08385.002167/2021-82
200 LUCINEI FERNANDES DA SILVA 734.450.459-68 08385.002041/2021-16
201 LUÍS EDUARDO DOS SANTOS 008.534.899-63 08385.002743/2021-91
202 LUIS GUSTAVO BENATTI SISMEIRO. 245.929.978-83 08385.002730/2021-12
203 LUIZ FERNANDO RISSARDI 218.340.488-42 08385.002928/2021-04
204 LUIZ HENRIQUE PIMENTA. 066.526.529-86 08385.002860/2021-55
205 LUIZ TEODORO MATIAS DA SILVA JUNIOR 025.771.779-09 08385.002169/2021-71
206 LULIO DA ROSA 048.979.059-31 08385.002423/2021-31
207 MALKON FELIPE PINHEIRO MENDES PAZ 070.815.269-42 08385.002383/2021-28
208 MARCELO ARAQUEM DE RAMOS 756.774.909-20 08385.003229/2021-73
209 MARCELO ISRAEL DA COSTA VIEIRA 872.342.709-49 08385.002804/2021-11
210 MARCELO NOGUEIRA ARTIGAS. 858.620.709-82 08385.002740/2021-58
211 MARCELO STEDELE 024.891.159-79 08385.002779/2021-75
212 MARCIO DO NASCIMENTO FARIA 034.067.059-28 08385.002104/2021-26
213 MARCIO FELICIANO 020.778.549-01 08385.001874/2021-51
214 MARCO JOSÉ DA SILVA. 781.200.809-63 08385.002969/2021-92
215 MARCOS RODRIGUES 058.222.409-84 08385.002039/2021-39
216 MARCUS VINICIUS GUEDES SCHIAVINI 381.435.038-36 08385.002723/2021-11
217 MARIANO FERNANDES DOS SANTOS 414.764.849-53 08385.002966/2021-59
218 MARINALDO GONÇALVES GOMES. 036.236.869-48 08385.002245/2021-49
219 MARIO CESAR MONTEIRO 536.605.609-87 08385.002146/2021-67
220 MATEUS CORREIA DA SILVA 095.858.559-84 08385.002430/2021-33
221 MATEUS DE BONA GANZER 080.414.627-66 08385.002270/2021-22
222 MATHEUS HENRIQUE DE OLIVEIRA LOMBA 030.155.891-48 08385.002568/2021-32
223 MAULUS MARIANO 643.656.979-00 08385.002845/2021-15
224 MAURICIO STEIN CLAUDINO 045.936.449-92 08385.002764/2021-15
225 MICHAEL PAREIRA MAIA 044.034.739-46 08385.002934/2021-53
226 MICHEL LEITE PEREIRA DA SILVA 012.263.351-28 08385.002791/2021-80
227 MILTON ALVES JUNIOR 047.611.069-64 08385.002182/2021-21
228 MISRAIM PEREIRA 008.212.319-52 08385.002623/2021-94
229 MOZART HYCZY PELLISSARI 996.108.339-34 08385.002842/2021-73
230 MURILO DE OLIVEIRA 353.934.458-65 08385.002410/2021-62
231 NIVALDO JOSE BELLO JUNIOR 053.724.119-10 08385.002454/2021-92
232 NOELI DE FÁTIMA ÁVILA 627.533.639-00 08385.002826/2021-81
233 OSCAR FERREIRA VIANA 257.078.761-20 08385.002775/2021-97
234 PABLO FELIPE GALANTE 051.352.959-41 08385.002771/2021-17
235 PAULA ANDRESSA OCONSKI SOSA 061.872.329-33 08385.002267/2021-17
236 PAULO CESAR SOARES 035.998.569-66 08385.002491/2021-09
237 PAULO ELIAS SCUR 008.416.079-90 08385.002274/2021-19
238 PAULO NOGUEIRA ARTIGAS 017.693.929-63 08385.002970/2021-17
239 PAULO NOGUEIRA DE MEIRA 034.043.919-00 08385.002421/2021-42
240 PAULO ROBERTO BORGES WYPYCH. 961.180.911-53 08385.002868/2021-11
241 PAULO SERGIO SILVA DE MORAES 086.971.606-09 08385.002905/2021-91
242 PAULO VINICIUS GOMES NOGUEIRA SALES 384.297.628-33 08385.002789/2021-19
243 PEDRO FRANÇA GRILLO 061.232.849-08 08385.002790/2021-35
244 PEDRO JUNIOR DOS SANTOS DA SILVA 023.155.379-08 08385.002388/2021-51
245 RAFAEL ARLINDO BERTOLAZO 040.099.969-27 08385.002244/2021-02
246 RAFAEL FERRANTE GUILEM 085.544.589-07 08385.003487/2021-50
247 RAFAEL LUIZ WORMSBECKER 082.676.119-40 08385.002648/2021-98
248 RAFAEL MARCHINI 064.748.689-02 08385.001871/2021-18
249 RAFAEL PATRICK DE AZEVEDO 088.227.929-71 08385.002760/2021-29
250 RAFAEL RODRIGO FLÓRIO 075.024.979-00 08385.002763/2021-62
251 RAFAEL SENDESKI EUGENIO DOS SANTOS 30.809.639-89 08385.002839/2021-50
252 RAFAEL VENDRUSCOLO 060.351.069-86 08385.002863/2021-99
253 RANGEL CALIXTO PEIJO 006.863.199-58 08385.002458/2021-71
254 RAQUEL MULLER BECKER. 050.193.719-63 08385.001879/2021-84
255 REGINALDO WACHI MODESTO JUNIOR 038.054.499-76 08385.002803/2021-76
256 REINALDO JOSE GAROZI 025.568.119-43 08385.002761/2021-73
257 RENAN ALVES DA COSTA. 033.004.799-08 08385.002754/2021-71
258 RENAN KRAVITZ GHELARDI 078.550.059-60 08385.002056/2021-76
259 RENAN NEVES COLMIRAN 047.534.189-95 08385.002378/2021-15
260 RENATO FERREIRA DE MEDEIROS 272.041.258-94 08385.002141/2021-34
261 RENATO JOSE TRACZYNSKI 040.695.819-01 08385.002180/2021-31
262 RENATO LEITE 073.096.559-74 08385.002408/2021-93
263 RICARDO GURSKI CHEMIN. 056.745.719-29 08385.002836/2021-16
264 RICARDO MIGUEL DOS SANTOS 844.277.447-53 08385.002853/2021-53
265 RICARDO SOLOTORIW 015.918.489-46 08385.002698/2021-75
266 RICIERI ROBERTO BANDEIRA 853.436.336-68 08385.001963/2021-06
267 ROBERSON MAINA 041.402.989-52 08388.000703/2021-85
268 ROBERTO DIEGO MOREIRA ROLIM 746.134.642-34 08385.003458/2021-98
269 ROBSON CLEYTON DOS SANTOS. 042.816.729-23 08385.002482/2021-18
270 ROBSON WAYAND SOARES 898.375.417-68 08385.002747/2021-70
271 RODRIGO ARAUJO DO NASCIMENTO 096.332.127-74 08385.002766/2021-04
272 RODRIGO CANDIDO GONÇALVES 033.235.939-52 08385.002771/2021-53
273 RODRIGO DA ROCHA 024.900.539-57 08385.002829/2021-14
274 RODRIGO GEAROLA LEME 715.177.319-68 08385.001921/2021-67
275 RODRIGO MARCO BRAUS 072.043.869-14 08385.002248/2021-82
276 RODRIGO MOREIRA. 018.121.689-26 08385.002918/2021-61
277 ROGERIO CESAR DE QUEIROZ 882.981.919-00 08385.002644/2021-18
278 ROGERIO IRINEO OJEDA 025.009.049-03 08385.002250/2021-51
279 ROGERIO RICARDO BORGES 037.692.369-55 08385.002237/2021-01
280 ROGERIO RICARTE TELLES 931.255.779-34 08385.002437/2021-55
281 RONALDO DE OLIVEIRA 071.481.549-79 08385.002813/2021-10
282 RONALDO SEVERINO DE MELO. 281.144.009-78 08385.002075/2021-01
283 RUI MANDELLI JUNIOR 796.700.919-34 08385.001901/2021-96
284 SANDRO CARON 000.262.429-07 08385.002285/2021-91
285 SERGIO AUGUSTO RAMOS 766.356.789-72 08385.002118/2021-40
286 SERGIO BITENCOURT SILVEIRA 008.062.229-13 08385.002113/2021-17
287 SILAS GREGORY FERREIRA. 056.098.129-50 08385.001955/2021-51
288 SILVANO CORDEIRO 042.318.749-05 08385.002419/2021-73
289 SOLON GABRIEL BEUREN CORDOVA 077.539.559-50 08385.002726/2021-54
290 SOLON HEMERSON DE CORDOVA 882.431.769-34 08385.002418/2021-29
291 TELMIR FÁVERO JUNIOR. 061.936.899-31 08385.002715/2021-74
292 TELMO FERREIRA JUNIOR. 850.111.189-91 08385.002732/2021-10
293 THIAGO BORGES RIBEIRO FERNANDEZ 009.031.511-11 08385.002024/2021--71
294 THIAGO MORAES ESCOBAR 046.322.669-06 08385.002935/2021-06
295 THIAGO MOTA NERI 044.897.899-71 08385.002111/2021-28
296 TIAGO FARIA SZCZEREPA 034.493.259-14 08385.002174/2021-84
297 TOMAS FLORES MOCELIN 053.893.259-74 08385.002773/2021-06
298 VALMIR DE MORAES 759.652.839-20 08385.002495/2021-89
299 VANDRESSA APARECIDA PEREIRA 078.744.199-60 08385.002864/2021-33
300 VICTOR ALBERTO ANDROVICIS ABRUNHOZA 020.915.199-44 08385.002186/2021-17
301 VICTOR HUGO DE AZEVEDO GRANZOTTI 055.325.529-08 08385.002562/2021-65
302 VILMAR ANDRADE SCHERES 395.031.609-44 08385.002798/2021-00
303 WALDECIR PAGANI JUNIOR. 953.729.209-06 08385.002072/2021-69
304 WALLA SOUZA ADAIRALBA 047.984.619-70 08385.002204/2021-52
305 WELLINGTON MARTINS ALVES 078.417.589-60 08385.002382/2021-83
306 WELLINGTON PEREIRA DOS SANTOS 006.529.489-01 08385.002150/2021-25
307 WILLENKENS DE OLIVEIRA VILLMS 084.668.519-17 08385.002642/2021-11
308 WILLIAN JOSE FERREIRA ROSS 041.789.529-19 08385.002040/2021-63
309 WYLLIANS FREDIANE SILVA 036.461.899-08 08385.002656/2021-34
310 YAGO SUBTIL DE OLIVEIRA LOPES 097.411.629-79 08385.002439/2021-44
EDITAL Nº 02/2021-
DELEAQ/DREX/SR/PF/PR

O Delegado Regional Executivo da Polícia Federal no Estado do Paraná, no uso


de suas atribuições legais e considerando o disposto no inciso III, do artigo 4º e no
artigo 11-A da Lei 10.826/2003, bem como no art. 3º, §4º do Decreto nº 9.845/19 e
nos arts. 3º, §2º, III, e 12, §3º do Decreto nº 9.847/19 e Instrução Normativa nº
111/2017 – DG/PF, que atribuem à Polícia Federal a incumbência de credenciar
profissionais para fins de aferição de capacidade técnica para o manuseio de arma de
fogo, neste ato representado pelo chefe substituto desta DELEGACIA DE
CONTROLE DE ARMAS E PRODUTOS QUIMICOS-PARANÁ, Agente de Policia
Federal, FABRICIO TORRES. Em razão da atual situação da pandemia de Covid-19,
no estado do Paraná, torna pública a alteração da datas da provas, sendo que as provas
serão realizadas no período de 20 de julho de 2021 à 23 de julho de 2021, na
cidade de Curitiba/PR.

No dia 19/07/2021 será realizada uma reunião na sede da Polícia Federal no


Estado do Paraná, localizada na rua Professora Sandália Monzon, 210, bairro Santa
Cândia, Curitiba/PR, com todos os candidatos que tiveram sua inscição homologada.

10 – DAS DATAS, HORÁRIOS E LOCAIS DE PROVA

10.1. A prova escrita será realizada no dia 20 de julho de 2021;


10.2. A prova prática de tiro será realizada no dia 21 de julho de 2021;

10.3. A prova oral, incluindo a de comandos, e a de desmontagem e montagem de


armamento, serão realizadas no dia 22 de julho de 2021;
10.4. O local e horário das provas mencionadas nos subitens 10.1, 10.2 e 10.3, serão
divulgados preliminarmente no site da Polícia Federal, encaminhado por e- mail
para todos candidatos e afixado no hall de entrada da DELEAQ/DREX/PF/SR/PR, a
partir do dia 01 de julho de 2021;

Curitiba, 23 de abril de 2021.

FABRICIO TORRES
Agente de Policia Federal
Ch. Substituto DELEAQ/SR/PF/PR
EDITAL Nº 01/2021-DELEAQ/DREX/SR/PF/PR

O Delegado Regional Executivo da Polícia Federal no Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais
e considerando o disposto no inciso III, do artigo 4º e no artigo 11-A da Lei 10.826/2003, bem como no art.
3º, §4º do Decreto nº 9.845/19 e nos arts. 3º, §2º, III, e 12, §3º do Decreto nº 9.847/19 e Instrução Normativa
nº 111/2017 – DG/PF, que atribuem à Polícia Federal a incumbência de credenciar profissionais para fins de
aferição de capacidade técnica para o manuseio de arma de fogo, torna pública a abertura de inscrições a
serem realizadas no período de 22 de fevereiro de 2021 até 12 de março de 2021 e estabelece as normas
para a realização do processo seletivo para Credenciamento de Instrutores de Armamento e Tiro – IAT, no
âmbito da Superintendência Regional da Polícia Federal no Estado do Paraná – SR/PF/PR, sendo que as
provas serão realizadas no período de 11 de maio de 2021 a 14/05/2021, na cidade de Curitiba/PR.
No dia 10/05/2021 será realizada uma reunião na sede da Polícia Federal no Estado do Paraná, localizada
na rua Professora Sandália Monzon, 210, bairro Santa Cândia, Curitiba/PR, com todos os candidatos que
tiveram sua inscição homologada.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O processo seletivo será regido por este edital e pelos diplomas legais e regulamentares citados acima;
1.2. O processo seletivo destina-se ao Credenciamento de Instrutores de Armamento e Tiro, responsáveis pela
aplicação das provas e pela elaboração de laudos de capacidade técnica para o manuseio de arma de fogo nos
pedidos de aquisição, registro, transferência, renovação de registro e porte, conforme exigência prevista no
art. 4º, inciso III da Lei 10.826/2003, bem como responsáveis por ministrar aulas na disciplina armamento e
tiro, componente de grade curricular nos cursos de formação de Vigilantes, conforme exigência prevista na
Portaria 3.233/2012-DG/PF;
1.3. O processo seletivo do qual trata este edital será administrado pela Delegacia de Controle de Armas e
Produtos Químicos - DELEAQ/DREX/SR/PF/PR com o apoio da Comissão Nacional de Credenciamento de
Instrutores de Armamento e Tiro – CONAT/NARM/DARM que tem a finalidade de coordenar, planejar e
executar a aplicação das provas aos candidatos ao credenciamento.

2 - DAS ETAPAS DO PROCESSO SELETIVO

2.1. O processo seletivo do qual trata este Edital será realizado em duas etapas, conforme especificado a seguir:
2.1.1. Primeira etapa: composta de quatro fases – inscrições, análise de documentação, investigação social e
homologação.
a) Recebimento das inscrições e conferência da documentação;

b) Análise preliminar da documentação - requisitos objetivos, de caráter eliminatório;

c) Realização de investigação social e/ou funcional dos candidatos inscritos, de caráter


eliminatório;
d) Homologação das inscrições.

2.1.2. Segunda etapa: composta de quatro verificações, realizadas pela CONAT/NARM/DARM;


a) Primeira - verificação teórica: prova escrita, de caráter classificatório e eliminatório;
b) Segunda - verificação prática: prova prática de tiro, de caráter classificatório e eliminatório;
c) Terceira - verificação teórica: prova oral e de comandos, de caráter classificatório e eliminatório;
d) Quarta - verificação prática: prova de desmontagem e montagem de armamento, de caráter
eliminatório.
3 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE A INSCRIÇÃO

3.1. Poderá se inscrever, somente o candidato que tiver idade mínima de 25 anos na data da realização da prova
escrita, salvo para as hipóteses previstas no art. 28 da Lei nº 10.826, de 2003;
3.2. Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os
requisitos exigidos. É vedada a inscrição condicional, extemporânea, via postal, via fax ou de candidato
residente em outra unidade da Federação;
3.3. As informações prestadas na solicitação de inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato,
dispondo a DELEAQ/DREX/SR/PF/PR da prerrogativa de excluir do processo seletivo aquele que não
preencher a solicitação de forma completa e correta;
3.4. Serão aceitas somente inscrições de candidatos residentes e que irão atuar no Estado do Paraná, devendo
ser realizadas no período de 22 de fevereiro de 2021 até 12 de março de 2021;
3.4.1 A documentação exigida para a inscrição do candidato deverá ser enviada, sem qualquer pendência,
exclusivamente por meio eletrônico, em formato PDF, para o e-mail: sinarm.srpr@dpf.gov.br, até as 23:59
horas do dia 12 de março de 2021;
3.5. O candidato que necessitar de atendimento especial para a realização da prova escrita deverá indicar em
formulário especial (ANEXO I), os recursos especiais necessários e, ainda, apresentar em até 10 (dez) dias
úteis anteriores à realização da prova, impreterivelmente, na DELEAQ/DREX/SR/PF/PR, situada na Rua
Professora Sandália Monzon, 210, bairro Santa Cândida, Curiitba/PR, no horário de atendimento ao público,
cópia simples do RG e laudo médico original, que justifique o atendimento especial solicitado. Após esse
período, a solicitação será indeferida, salvo nos casos de força maior e naqueles que forem de interesse da
Administração Pública;
3.6. O candidato que tiver o seu atendimento especial deferido será comunicado via e-mail em até 5 (cinco) dias
úteis, após a apresentação do pedido;
3.7. Os candidatos deverão enviar o FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO (ANEXO II) e a FICHA DE
INFORMAÇÕES TÉCNICAS DO CANDIDATO (ANEXO III), devidamente preenchidos, assinados de
próprio punho e contendo todas as informações necessárias ao processo seletivo;
3.7.1. O FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO e a FICHA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS DO
CANDIDATO, citados no item 3.7, estão disponíveis no anexo deste edital e no site da Polícia Federal no
seguinte link: http://www.gov.br/pf/pt-br/assuntos/armas/instrutores-de-armamento-e-tiro/orientacao-para-
credenciamento/ANEXOSIN111.2.pdf
3.8. Os candidatos deverão enviar para o e-mail sinarm.srpr@dpf.gov.br a seguinte documentação:

- O campo ‘assunto’ do e-mail deverá ser preenchido com o


nome completo do candidato. I - Formulário de
Inscrição;
II - Ficha de Informações
Técnicas do Candidato III - Foto
3x4 recente
IV - Original de documento de identidade e do CPF;
V - Documento comprobatório de residência fixa em nome do interessado com data de emissão
de até 60 (sessenta) dias ou, caso o comprovante esteja em nome de terceiro, deverá também ser
apresentada declaração de que o interessado reside no endereço informado, firmada pelo terceiro
e acompanhada de cópia de seu documento de identidade. (somente serão aceitas contas de água,
luz ou telefone);
VI - Original do certificado de habilitação em Curso de Instrutor de Tiro, expedido por empresa
especializada e devidamente registrada (com CR do Exército para tal finalidade), que atenda,
minimamente, à grade curricular estabelecida no art. 19, inciso IV, da Instrução Normativa
111/2017-DG/PF, ou, no caso de integrantes, em atividade, das instituições previstas no art. 6º,
incisos I, II e VII da Lei nº 10.826/2003, original do certificado de habilitação em curso de tiro
expedido pela respectiva instituição ou declaração do dirigente da corporação atestando que o
candidato é Instrutor de Armamento e Tiro da instituição;
VII - A grade curricular citada no inciso anterior está estabelecida no anexo IV, disponível no site
da Polícia Federal, no seguinte link: http://www.gov.br/pf/-br/assuntos/armas/instrutores-de-
armamento-e-tiro/orientacao-para-credenciamento/ANEXOSIN111.2.pdf
VIII - Laudo de aptidão psicológica para o manuseio de arma de fogo, expedido por psicólogo
credenciado pela Polícia Federal, cuja avaliação tenha sido realizada em prazo não superior a um
ano;
IX - Certidões negativas de antecedentes criminais fornecidas pelas Justiças Federal, Estadual
(incluindo juizado especial), Militar e Eleitoral;
X- Declaração de que não está respondendo a inquérito policial ou a processo criminal;
§1º Ficam dispensados de apresentar os documentos exigidos nos incisos VIII, IX e X, os integrantes, da
ativa, das instituições previstas no art. 6º, incisos I, II da Lei nº 10.826/2003, sendo suficiente a declaração da
instituição atestando a inexistência de qualquer restrição psicológica em relação ao candidato;
3.9. No dia 13/05/2021, último dia de provas, os candidatos aprovados deverão apresentar o original da
documentação relacionada à sua inscrição, item
3.8 deste edital, para conferência física pela DELEAQ/DREX/SR/PF/PR;
3.10. É obrigatório que os candidatos forneçam número de telefone e endereço de e-mail atualizados, para que,
por meio destes, sejam contatados;
3.10.1. Todos os comunicados relacionados ao processo de credenciamento serão feitos por telefone ou e-
mail, sendo de responsabilidade dos candidatos sua leitura e atendimento;
3.11. A DELEAQ/DREX/SR/PF/PR não se responsabiliza por possível falha de comunicação devido a erro no
endereço de e-mail informado ou comunicação recebida na caixa de SPAM do candidato;
3.12. Após o recebimento, a documentação será analisada pela DELEAQ/DREX/SR/PF/PR, que emitirá
parecer conclusivo sobre a autorização ou não para participação nas provas;
3.13. Feita a análise da documentação e investigação social e/ou funcional do candidato inscrito, até o dia 19
de março de 2021 será divulgada a homologação ou rejeição das inscrições através de relação afixada no
hall de entrada da DELEAQ/DREX/SR/PF/PR, além de comunicação via e-mail informado pelo candidato;
3.14. Para obtenção das Certidões Negativas de Antecedentes Criminais, pode-se consultar os links relacionados
a seguir:

CERTIDÃO ENDEREÇO ELETRÔNICO


NEGATIVA CRIMINAL
Justiça Estadual Cidade de Curitiba: 1º, 2º e 3 º ofício distribuidor
Forum local e Vara de Execuções Penais
Justiça Federal http://www.cjf.jus.br/cjf/certidao-negativa

Justiça Eleitoral http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/certidoes

Justiça Militar da União http://www.stm.jus.br/servicos-stm/certidao-negativa


3.15. A Certidão Negativa da Justiça Eleitoral deve ser a CRIMINAL, não se confundindo com a Certidão de
Quitação Eleitoral.

4 - DO COMPROVANTE DE APTIDÃO PSICOLÓGICA

4.1. O Comprovante de aptidão psicológica para o manuseio de arma de fogo, (inciso VIII do item 3.8)
deverá ser atestado em laudo conclusivo fornecido por Psicólogo credenciado pela Polícia Federal;
4.2. A relação de Psicólogos credenciados no Estado do Paraná encontra-se disponível no site da Polícia
Federal no link: https://www.gov.br/pf/pt- br/assuntos/armas/psicologos/psicologos-crediciados/parana
4.3. A avaliação psicológica seguirá os critérios estabelecidos pela Instrução Normativa 078/2014-DG/PF,
devendo ser aplicado o mesmo teste a que são submetidos os interessados na obtenção de registro e porte de
arma de fogo (Apto ou Inapto ao manuseio de arma de fogo);
4.4. O teste psicológico deverá ter sido realizado em período não superior a 01 (um) ano do respectivo
requerimento;

5 - DA PROVA ESCRITA

5.1. A primeira verificação teórica destina-se à aferição de conhecimentos relativos a armas de fogo, através
de prova escrita, de caráter eliminatório, composta por até 100 (cem) questões objetivas, sendo o valor de
cada questão o resultado de 100 dividido pelo número total de questões na prova, atribuindo de 0 a 100 de
acordo com o número de questões corretas, descontados os erros conforme item 5.1.1;
5.1.1. Para efeito de correção e atribuição de nota, a partir da pontuação líquida será utilizado critério de
desconto do valor de 01 (um) acerto para cada 04 (quatro) erros na verificação escrita, ou seja, desconto de ¼
(um quarto) do valor total da questão para cada erro. No caso de não marcação da resposta o candidato não
será penalizado;
5.2. As questões objetivas versarão sobre conhecimentos relacionados a armas de fogo, de acordo com rol de
conteúdos especificados no item 16 deste edital;
5.3. Serão considerados classificados para a segunda etapa os candidatos que obtiverem o número de acertos
igual ou superior a 70 % (setenta por cento) do total de questões;
5.4. Cada candidato receberá um caderno de provas contendo as questões, acompanhado de uma folha de
respostas (gabarito);
5.5. Em hipótese nenhuma será permitido ao candidato, ao término da prova, se ausentar da sala de posse do
caderno de provas e da folha de respostas;
5.6. Após a assinatura da lista de presença e antes da autorização de início da prova, não serão permitidas
consultas ao caderno de provas;
5.7. O candidato deverá transcrever as respostas do caderno de provas para a folha de respostas, que será o
documento válido para a correção da prova. O preenchimento da folha de respostas será de inteira
responsabilidade do candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas
na prova e na folha de respostas. Em hipótese alguma haverá substituição da folha de respostas por erro do
candidato;
5.8. O candidato não deverá amassar, molhar, dobrar, rasgar, manchar ou, de qualquer modo, danificar a sua
folha de respostas, sob pena de arcar com os prejuízos advindos da impossibilidade de correção;
5.9. O candidato é responsável pelo fornecimento de seus dados pessoais, para identificação na prova escrita;

5.10. Não será permitido que as marcações na folha de respostas sejam feitas por outras pessoas, salvo em caso
de candidato a quem tenha sido deferido atendimento especial para realização da prova. Nesse caso, se
necessário, o candidato será acompanhado por membro da comissão de avaliação;
5.11. A prova escrita terá a duração máxima de 120 minutos;

5.12. Os candidatos deverão estar presentes no local de aplicação das provas em data e horário previamente
comunicados;
5.13. É expressamente PROIBIDA a utilização de qualquer material de consulta durante a prova escrita;

5.14. As marcações e respostas deverão ser feitas legivelmente com caneta esferográfica com tinta azul ou preta.
Marcações e respostas efetuadas com o uso de lápis não serão avaliadas;
5.15. É expressamente PROIBIDA a comunicação entre os candidatos durante a prova. Após o início da prova,
o candidato somente poderá se ausentar da sala de provas decorrida 01(uma) hora do início do exame, sob
autorização da comissão de avaliação e com o acompanhamento do fiscal de provas, ficando registrada sua
saída na Ata do certame;
5.16. Fica vedado, durante a prova, o uso de aparelhos eletrônicos tais como: telefones celulares, bips, laptops,
palmtops, reprodutor de mídia, ou qualquer outro aparelho eletrônico. O descumprimento dessa vedação
acarretará a eliminação imediata do candidato;
5.17. Após a divulgação do resultado da prova escrita, será definido horário e local, pela CONAT, para
apresentação de recurso. O candidato considerado inapto terá acesso ao caderno de questões para apresentar
o respectivo recurso. Findo o prazo estipulado, o candidato restituirá o caderno de questões. O resultado do
recurso será divulgado até a manhã do dia seguinte, antes da realização da próxima prova.

6 – DA PROVA PRÁTICA DE TIRO

6.1. A verificação prática de tiro para armas curtas, será composta de 40 (quarenta) disparos, efetuados com
arma original de fábrica (sem customização), com cano sem eventos de tamanho igual ou inferior a 128 mm
(cento e vinte e oito milímetros), e mira aberta, na posição 4, SAT/ANP, em pé, da seguinte forma:
6.2. 16 (dezesseis) disparos com arma curta, (revólver de calibre mínimo .38), a 07 (sete) metros de distância,
partindo da posição 3 (padrão SAT/ANP), divididos em 8 (oito) séries de 2 (dois) disparos cada, no tempo
máximo de 3’’ (três segundos), contra alvo do tipo silhueta humanoide, padrão SAT/ANP, medindo 46cm x
64cm;
6.2.1. Será considerado aprovado aquele que obtiver, no mínimo, 70% (setenta por cento) dos pontos possíveis,
ou seja, 56 (cinquenta e seis) pontos dos 80 (oitenta) pontos possíveis;
6.3. 24 (vinte e quatro) disparos com arma curta, (pistola de calibre mínimo .380), a 07 (sete) metros de
distância, partindo da posição 3 (padrão SAT/ANP), divididos em 6 (seis) séries de 4 (quatro) disparos cada,
no tempo máximo de 6’’ (seis segundos) para cada série, contra alvo do tipo fogo central, padrão SAT/ANP,
medindo 46cm x 64cm, subdividido em quatro cores distintas, sendo 2 (dois) disparos em cada cor, conforme
comando do aplicador da verificação;
6.3.1. Será classificado para a próxima etapa aquele que obtiver, no mínimo, 60% (sessenta por cento) dos
pontos possíveis, ou seja, 72 (setenta e dois) pontos dos 120 (cento e vinte) pontos possíveis.
6.4. CONTAGEM DE PONTOS:

6.4.1. Para os disparos efetuados no alvo tipo silhueta humanoide (Padrão SAT/ANP), a contagem de pontos
será feita com base nos valores impressos no mesmo, ou seja, 0 (zero), 1 (um), 2 (dois), 3 (três), 4 (quatro) e
5 (cinco), e de acordo com os locais atingidos pelos projéteis. Caso o projétil toque (tangencie) a linha que
separa os valores, contar-se-á o maior valor;
6.4.2. Para os 24 (vinte e quatro) disparos efetuados no alvo 4 (quatro) cores, a contagem de pontos será feita
com base nos valores de 0 (zero), 3 (três), 4 (quatro) e 5 (cinco), impressos no alvo tipo fogo central (Padrão
SAT/ANP) e de acordo com os locais atingidos pelos projéteis. Caso o projétil toque (tangencie) a linha que
separa os valores, contar-se-á o maior valor, conforme os impactos das cores comandadas;
6.5. Na verificação prática de arma curta será considerado apto o candidato que atingir 70% (setenta por cento),
no mínimo, da média do somatório das duas provas, observando os índices mínimos exigidos para cada etapa.
6.6. Durante a verificação, será eliminado o candidato que não observar as regras de segurança e/ou efetuar
disparo acidental.
6.7. Haverá desconto de 05 (cinco) pontos para cada tiro: (i) efetuado antes do comando de disparo; (ii)
efetuado após o tempo estipulado; (iii) que atingir a cor não comandada no alvo colorido (Padrão SAT/ANP);
(iv) efetuado em sequência diversa da comandada no alvo colorido (Padrão SAT/ANP); (v) excedente do total
previsto para a série. Caso o projétil toque a linha que separa as cores, e sendo uma dessas cores a que foi
comandada, não haverá penalidade.
6.8. Em caso de incidente de tiro (falha da arma e/ou munição) na verificação, o candidato executará
novamente, após o final da série, os disparos relativos aos cartuchos não deflagrados, no mesmo tempo e
posições correspondentes. Persistindo a falha, não sendo o defeito/pane na arma, insanável, serão substituídos
os cartuchos de forma que o candidato possa completar o número de disparos previstos.
6.9. Em caso de dúvidas sobre a pontuação atingida por determinado disparo no alvo, por parte do instrutor ou
do candidato, será chamado outro instrutor para fazer a recontagem daquele alvo, sem a interferência do
candidato ou do instrutor que inicialmente conferiu o alvo. Se tal recontagem for igual a contagem inicial do
instrutor que primeiro apurou o alvo, o fato estará decidido. Se a conclusão for diferente, será chamado um
terceiro instrutor ou policial federal, que decidirá o fato.
6.10. A contagem de pontos das verificações de armamento e tiro serão realizadas exclusivamente pelos
instrutores responsáveis pela aplicação da verificação, na presença do candidato, que somente poderá proceder
a reclamações nesse momento, não podendo se ausentar até que seja colhida a assinatura na pauta. Caso o
candidato se negue a assinar a pauta por discordar da pontuação apurada, os instrutores farão uma observação
na pauta informando o fato.
6.11. Em caso de incidente de tiro (deixar de atirar), causado pelo candidato (posição incorreta da mão ou não
acionamento da tecla do gatilho, etc), e comprovado pelo avaliador, a munição não disparada será recolhida.
6.12. Ao receber a munição para a verificação, o candidato deverá conferir o seu total, não podendo ser feita
nenhuma reposição de cartuchos extraviados, cuja diferença seja constatada posteriormente.
6.13. As armas que contenham travas de segurança deverão permanecer travadas até que seja dado o comando de
início da prova pelo avaliador da PF.
6.14. Quanto ao sistema de acionamento, durante a prova, as armas de ação simples deverão iniciar com o
mecanismo de disparo armado e travado; as armas de ação dupla deverão efetuar os disparos em ação dupla;
as armas de dupla ação deverão efetuar o primeiro disparo em ação dupla e os demais em ação simples; nos
revólveres todos os disparos serão efetuados em ação dupla.
6.15. É obrigatório que todos os candidatos se apresentem para a prova prática de tiro com óculos de proteção,
protetor auricular interno ou externo, um coldre externo para pistola e um coldre externo para revólver.
6.16. Os candidatos deverão estar presentes no local de aplicação da prova no horário estipulado pela
DELEAQ/DREX/SR/PF/PR - CONAT/SENARM, previamente divulgados;
6.17. Dos resultados das verificações práticas caberá recurso oral, logo após a ocorrência da divergência, na
presença do candidato e dos Instrutores representantes da Comissão Nacional de Credenciamento;
6.18. Quaisquer acidentes ou danos provocados por candidato no espaço reservado para a aplicação das provas
serão de inteira responsabilidade do mesmo, ficando registrados na Ata do Certame;
6.19. Não será permitida no espaço destinado para a aplicação das provas a presença de pessoas estranhas ao
evento, distribuição de material publicitário, registro de imagens efetuado por candidato (exceto aqueles
permitidos pelo órgão promotor para fins de divulgação) ou quaisquer outros fatores extraordinários à
execução das avaliações;
6.20. A critério da DELEAQ/DREX/SR/PF/PR essa etapa do certame poderá ser filmada.
7 - DA PROVA ORAL E DE COMANDOS

7.1. A verificação oral versará sobre:


7.1.1. Legislação pertinente, panes, regras de segurança, nomenclatura e funcionalidade das peças, além
outros conhecimentos previstos na grade curricular mínima de disciplinas e conteúdo para cursos de
instrutor;
7.1.2. O tempo máximo de resposta para cada questão será de 1 (um) minuto, observando-se os critérios de
conteúdo, clareza, concisão;
7.2. A verificação sobre comandos será composta de 01 (uma) questão de desenvolvimento de sequência de
comandos possíveis de ocorrer em uma linha de tiro, sorteada de forma individual;
7.2.1. O tempo máximo de resposta para cada questão será de 03 (três) minutos, observando-se os critérios de
regras de segurança, conteúdo, clareza, concisão, postura e entonação de voz;
7.3. Será classificado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 7,0 (sete) no somatório das provas oral e
de comandos;
7.4. Ao término da prova oral e de comandos, o candidato deverá assinar lista de presença e deixar o local da
prova.
7.5. A critério da DELEAQ/DREX/SR/PF/PR essa etapa do certame poderá ser filmada.

8 – DA PROVA PRÁTICA DE DESMONTAGEM E MONTAGEM DE ARMAMENTO

8.1. Na primeira verificação prática, de caráter classificatório e eliminatório, o candidato deverá demonstrar
habilidade prática sobre desmontagem e montagem de revólver, pistola e espingarda pump, de calibre
permitido, de fabricação nacional, definidas pela Comissão de Credenciamento de Instrutor de Armamento e
Tiro da Polícia Federal;
8.2. Os candidatos serão chamados individualmente ao local designado para aplicação da prova, a critério da
comissão;
8.3. Durante a prova, os candidatos não poderão utilizar quaisquer ferramentas de uso pessoal, sendo
disponibilizada pela comissão avaliadora a chave necessária que será utilizada para a realização da prova;
8.4. O candidato deverá realizar todo o processo de desmontagem e montagem de duas armas curtas e uma
longa, conforme especificado nas letras “a” e “b”, a seguir:

a) Para a prova de Desmontagem:

Item avaliado Procedimentos a serem Tempo Pontuação


avaliados (minutos) Máxima
Desmontagem de revólver, 2 2,0
pistola e espingarda
Desmontagem do revólver

Desmontagem da pistola 1 1,5

Desmontagem da espingarda modelo 1 1,5


“pump” calibre 12

b) Para a prova de Montagem:

Temp Pontuaç
Item Procedimentos a serem o ão
avaliado avaliados (Minu Máxima
tos)
Montagem do revólver 2 2,
0
Montagem de revólver, pistola e Montagem da pistola 1 1,
espingarda 5
Montagem da espingarda modelo “pump” 1 1,
calibre 12 5
8.5. Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 7,0 (sete);
8.6. Ao término da prova de desmontagem e montagem, o candidato deverá assinar a lista de presença e deixar
o local de prova.
8.7. A critério da DELEAQ/DREX/SR/PF/PR essa etapa do certame poderá ser filmada.

9 – DO ARMAMENTO UTILIZADO NAS PROVAS

9.1. As armas curtas utilizadas pelos candidatos deverão ser de sua propriedade, registradas no SINARM ou no
SIGMA;
9.1.1. As armas institucionais acauteladas, em se tratando de servidor público, poderão ser utilizadas;

9.1.2. Só serão admitidas nas verificações armas acompanhadas do respectivo registro;

9.2. É vedado o empréstimo ou troca de armas entre os candidatos durante as provas práticas;

9.3. O armamento e a respectiva documentação (registro / guias de tráfego, etc.) serão vistoriados antes do
início da prova prática de tiro pela comissão avaliadora;
9.4. Os candidatos deveram solicitar à emissãode Guias de Trânsito para armas registradas no SINARM, até
10 (dez) dias úteis anteriores à aplicação das provas, junto as delegacias da Policia Federal das circunscrições
a que pertencem ;
9.5. Os candidatos inscritos que possuam vínculo com escolas de formação de Vigilantes, poderão utilizar o
armamento e munição de propriedade da empresa (art. 80, parágrafo 8º da Portaria 3233/2012 - DG/DPF)
desde que comprovem vínculo profissional com a escola no ato da inscrição e que apresentem Guia de Tráfego
autorizando o uso das armas de fogo na data do certame. Sendo vedado o empréstimo/compartilhamento de
armas entre os candidatos;
9.5.1. A Guia de Tráfego citada no item 9.5 deverá ser solicitada junto à Delegacia de Controle de Segurança
Privada – DELESP, situada na Rua Professora Sandália Monzon, 210, bairro Santa Cândida, Curitiba/PR ou
na Comissão de Vistoria – CV nas Delegacias descentralizadas do Paraná em até 10 (dez) dias úteis anteriores
à aplicação das provas, respeitando-se o horário de atendimento ao público, mediante apresentação de
requerimento assinado pelo proprietário ou gerente da empresa, contendo identificação do candidato e a
permissão para o uso do armamento e munição da empresa nas provas;
9.5.2. A empresa se responsabilizará por todos os atos decorrentes da permissão citada no item 9.5, inclusive
quanto a eventuais ocorrências de roubo/furto/extravio de arma de fogo e/ou munição durante o trajeto para
o local de provas;
9.6. As armas e munições (originais de fábrica) de todos os candidatos serão vistoriadas pelos examinadores
antes do início das provas;
9.7. As armas de fogo a serem utilizadas pelos candidatos na prova de montagem e desmontagem serão
fornecidas pela Polícia Federal;
9.7.1. Em caso de inutilização ou dano irreparável às armas de fogo citadas no item anterior, provocado pelo
candidato durante a prova, não será atribuída pontuação ao item avaliado e o candidato deverá arcar com as
responsabilidades de conserto do armamento, nas condições estabelecidas pela Polícia Federal;

10 – DAS DATAS, HORÁRIOS E LOCAIS DE PROVA

10.1. A prova escrita será realizada no dia 11 de maio de 2021;


10.2. A prova prática de tiro será realizada no dia 12 de maio de 2021;

10.3. A prova oral, incluindo a de comandos, e a de desmontagem e montagem de armamento, serão realizadas
no dia 13 de maio de 2021;
10.4. O local e horário das provas mencionadas nos subitens 10.1, 10.2 e 10.3, serão divulgados
preliminarmente no site da Polícia Federal, encaminhado por e- mail para todos candidatos e afixado no hall
de entrada da DELEAQ/DREX/PF/SR/PR, a partir do dia 19 de ABRIL de 2021;

11 – DOS RESULTADOS PARCIAIS

11.1. Os resultados das provas teóricas estarão disponíveis em até 12 (doze) horas após o término das provas;
11.2. Os resultados das provas práticas de tiro serão divulgados imediatamente aos candidatos após o término da
prova;
11.3. Os resultados das provas orais e de comandos serão divulgados imediatamente aos candidatos após o
término da prova;
11.4. Os resultados das provas de desmontagem e montagem de armamento serão divulgados imediatamente aos
candidatos após o término da prova.

12 – DO RESULTADO FINAL
12.1. A relação oficial de aprovados no processo seletivo será divulgada logo após o seu encerramento e
ficará afixada, pelo prazo de 30 (trinta) dias, em local visível na DELEAQ/DREX/PF/SR/PR, situada na
Rua Professora Sandália Monzon, 210, bairro Santa Cândida, Curitiba/PR.
12.2. O boletim de desempenho individual estará disponível aos candidatos inscritos para consulta em até 03
(três) dias úteis, após o término do processo seletivo.

13 – DOS RECURSOS

13.1. Os recursos referentes ao resultado do processo seletivo deverão ser protocolizados na


DELEAQ/DREX/PF/SR/PR, no prazo máximo de 10 (dez) dias, após a divulgação do resultado final;

14 – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

14.1. A inscrição do candidato implicará na aceitação das normas para o processo seletivo contidas neste
edital e na Instrução Normativa nº 111/2017 – DG/PF e suas disposições regulamentares;
14.2. É de inteira responsabilidade dos candidatos acompanharem todos os atos, editais e comunicados
referentes a este processo seletivo;
14.3. O candidato poderá obter informações referentes ao processo seletivo na sede da
DELEAQ/DREX/SR/PF/PR, situada na Rua Professora Sandália Monzon, 210, bairro Santa Cândida,
Curitiba/PR.;
14.4. O candidato que desejar relatar fatos ocorridos durante a realização do concurso deverá fazê-lo, de
forma não-anônima, podendo ser protocolizado na DELEAQ/DREX/SR/PF/PR;
14.5. Não serão fornecidas, por telefone, informações a respeito de datas, locais e horários de realização das
provas. O candidato deverá observar rigorosamente os comunicados a serem divulgados na forma deste edital;
14.6. O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas munido de documento de
identidade com foto;
14.7. Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas
Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares;
carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte
brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas
por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de
habilitação (somente modelo com foto);
14.7.1. Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, CPF, títulos eleitorais,
carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade, nem documentos ilegíveis, não
identificáveis e/ou danificados;
14.7.2. Não será aceita cópia do documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo do documento;

14.7.3. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização da prova escrita, documento
de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que ateste o
registro da ocorrência em órgão policial, ocasião em que será submetido à identificação especial,
compreendendo coleta de dados, de assinaturas e de impressão digital em formulário próprio;
14.7.3.1 A identificação especial será exigida, também, ao candidato cujo documento de identificação apresente
dúvidas relativas à fisionomia ou à assinatura do portador;
14.7.4. Nas verificações práticas, após a divulgação do resultado, um avaliador fará a devida anotação, em
formulário próprio, e os candidatos deverão conferir sua pontuação e assinar o documento;
14.7.5. Após o término da correção das provas, o caderno de questões e a folha de respostas da prova oral,
ficarão sob a guarda da CONAT/SENARM, para posterior destruição. Serão mantidas no processo de
credenciamento apenas as fichas de avaliação;
14.8. Não serão aplicadas provas em local, data ou horário diferentes dos predeterminados em edital ou em
comunicado;
14.9. Os casos omissos serão apreciados e decididos pela DELEAQ/DREX/SR/PF/PR e/ou CONAT/SENARM,
conforme o caso;
14.10. As alterações de legislação com entrada em vigor antes da data de publicação deste edital serão objeto
de avaliação, ainda que não mencionadas nos itens de avaliação constantes deste edital;
14.11. A legislação com entrada em vigor após a data de publicação deste edital, bem como as alterações em
dispositivos legais e normativos a ele posteriores, não serão objeto de avaliação, salvo se listada nos objetos
de avaliação constantes deste edital;
14.12. Quaisquer alterações nas regras fixadas neste edital só poderão ser feitas por meio de outro edital;

15 – DO EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE INSTRUTOR DE TIRO CREDENCIADO

15.1. A validade do credenciamento do qual trata este processo seletivo será de 04 (quatro) anos, contados a
partir da publicação de Portaria de credenciamento de instrutores de tiro em Aditamento Semanal da
SR/PF/PR;

16 – DOS OBJETOS DE AVALIAÇÃO NAS PROVAS ESCRITA E ORAL

16.1. HABILIDADES

16.1.1. Os itens da prova objetiva poderão avaliar habilidades que vão além de mero conhecimento
memorizado, abrangendo compreensão, aplicação, análise, síntese e avaliação, valorizando a capacidade de
raciocínio;
16.1.2. Cada item da prova objetiva poderá contemplar mais de uma habilidade e conhecimentos relativos a mais
de uma área de conhecimento;
16.2. CONHECIMENTOS

16.2.1. Na prova escrita, serão avaliados, além das habilidades, conhecimentos, conforme conteúdo teórico
mínimo exigido, sobre o disposto a seguir:
a) Regras de segurança;
b) Munições e balística;
c) Nomenclatura de Peças de arma de fogo;
d) Portes e cuidados no uso de arma de fogo em locais diversificados;
e) Noções sobre a legislação que disciplina o Sistema Nacional de Armas – SINARM (Lei
10.826/03 e Decretos 9845/19, 9846/19, 9847/19), e a Segurança Privada (Lei 7.102/83, Decreto 89.056/83
e Portaria 3.233/12-DG/DPF), Instrução Normativa 111/2017 - DG/PF e seus anexos, além dos normativos
do Comando do Exército referentes a armas de fogo, como Portarias e Decreto 10.030, de 30.09.2019;
f) Fundamentos do tiro;
g) Funcionalidade de peças de armas de fogo;
h) Incidentes de tiro;
i) Primeiros socorros (Primeiros Socorros em conflitos armados e outras situações de violência);
j) Outros conhecimentos previstos na grade curricular mínima de disciplinas e conteúdo para cursos
de instrutor de armamento e tiro.
16.2.2. Na
prova oral, serão avaliados, além das habilidades, conhecimentos, conforme conteúdo teórico mínimo
exigido, disposto a seguir:
a) Regras de segurança;

b) Munições;

c) Nomenclatura de peças;

d) Limpeza e conservação;

e) Carregamento, descarregamento e alimentação;

f) Sistema de funcionamento;

g) Conhecimento sobre a legislação que dispõe sobre o Registro e o Porte de Arma de Fogo;
restrições e cuidados inerentes aos proprietários de armas, inclusive quanto ao Porte; sistemática de
comercialização de arma de fogo e munição, e sobre o Sistema Nacional de Armas – SINARM.
OBS.: Os endereços das Delegacias da Polícia Federal no Paraná poderão ser
encontrados no site: http://www.pf.gov.br/institucional/unidades/superintendencias-e-
delegacias/parana.

Curitiba, .. de .......... de 2021.

(assinado
eletronicamente)
ROBERTO MELLO MILANEZE
Delegado Regional
Executivo no Estado do
Paraná
ANEXO I
FORMULÁRIO ESPECÍFICO PARA SOLICITAÇÃO DE
ATENDIMENTO ESPECIAL (PROVA ESCRITA)
À Comissão Organizadora do Processo Seletivo para Credenciamento de Instrutores de
Armamento e Tiro, regido pelo EDITAL Nº 01/2021- DELEAQ/DREX/SR/PF/PR.

NOME DO CANDIDATO:
RG CPF
Conforme disposto no item 3.5 do Edital 02/2017-DELEAQ/DREX/SR/PF/PR, “O candidato que necessitar
de atendimento especial para a realização das provas deverá indicar em formulário especial os recursos
especiais necessários e, ainda, apresentar em até 10 (dez) dias úteis anteriores à realização das provas,
impreterivelmente, no Setor de Protocolo da DELEAQ/DREX/SR/PF/PR, no horário de atendimento ao
público, CPF e laudo médico original que justifique o atendimento especial solicitado”.
Venho solicitar ATENDIMENTO ESPECIAL para a realização da prova escrita, conforme justificativa abaixo:

(Local e data) , / /

Assinatura do
Declarante

ANEXO II

REQUERIMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE INSTRUTOR DE


ARMAMENTO E TIRO

Excelentíssimo Senhor Chefe da Delegacia de Controle de Armas e Produtos Químicos

Eu, , portador de RG nº , expedido


por
e CPF nº , residente e domiciliado na

cidade / fone ( ) ,
e-mail: , requeiro a V. Exa. o credenciamento
como INSTRUTOR DE ARMAMENTO E TIRO junto à Polícia Federal, conforme disposto na Lei nº
10.826, de 22 de dezembro de 2003.

Nestes termos, pede deferimento.

Local e data

Assinatura
ANEXO III

FICHA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS DO CANDIDATO

1 - DADOS PESSOAIS

NOME:

ESCOLARIDADE: ( ) Fundamental

( ) Médio ( ) Superior ( ) Pós-Graduação

OCUPAÇÃO PRINCIPAL:

TEMPO DE ATUAÇÃO NA INSTRUÇÃO DE TIRO (anos):


ÁREA DE ATUAÇÃO NA INSTRUÇÃO DE TIRO:
( )Segurança Privada ( )Defesa Pessoal

2- CURSO DE FORMAÇAO EM INSTRUÇÃO DE TIRO

NOME DA ESCOLA OU CURSO

PERÍODO:

CARGA HORÁRIA:

3- MATÉRIAS MINISTRADAS: (caso essa informação conste no certificado do curso de formação


apresentado, não será necessário o preenchimento deste campo)
4- QUANTIDADE DE DISPAROS EFETUADOS POR ESPÉCIE E CALIBRE DE ARMAS

5- NOTA FINAL NO CURSO

Assinatura

ANEXO IV
DECLARAÇÃO

Eu, ,
abaixo assinado, portador do CPF nº , e do RG nº DECLARO
QUE NÃO RESPONDO A INQUÉRITO POLICIAL OU A PROCESSO CRIMINAL, sendo fiel à
justificativa apresentada para, estando plenamente ciente do
disposto no artigo 299 do Código Penal Brasileiro – CPB (Falsidade Ideológica), caso seja comprovada a
inveracidade das informações por mim fornecidas acima.

Para maior clareza, firmo a presente.

(Local e data) , / / .

Assinatura do
Declarante
ANEXO IV

ALVO SILHUETA HUMANÓIDE SAT/ANP (46 x 64 cm)

ANEXO V

ALVO QUATRO CORES (amarelo, verde, vermelho e azul) SAT/ANP


(46 x 64 cm)

Vous aimerez peut-être aussi