Vous êtes sur la page 1sur 2

Ut9

Projecto Artístico Individual

Oficina de Artes 12
Área de Desenvolvimento e Concretização do Projecto
Escola Secundária de Santa Maria – Sintra – 2010/11

OA12 2010-2011-UT9-AM PAI.doc . António Marques. Pág. 1/2


Introdução
O Projecto Artístico Individual afigura-se como um desfecho natural para o percurso desenvolvido na disciplina de
Oficina de Artes ao longo do ano. Pretende-se, após a passagem por uma série de temas, técnicas e trajectos
criativos, concretizar agora a oportunidade para propor e desenvolver individualmente um trabalho de projecto cujo
tema apresente a maior afinidade possível com as áreas de interesse de cada um, dentro do vasto campo das
expressões artísticas.
Esta proposta de trabalho implica assim que procedas à estruturação e desenvolvimento de um projecto numa área
artística do Desenho, Pintura, Escultura, Design Gráfico, Design de Equipamento, Fotografia, Videografia ou
Intervenção em espaços físicos.

Metodologia
A tarefa que te é proposta passa pela definição clara de um problema de âmbito visual cuja resolução se
concretizará através de um produto final por ti proposto, produto esse que materializará a solução para o problema
que definiste inicialmente.
É importante a adopção dos passos metodológicos adequados ao tipo de projecto e ao tipo de solução em vista,
contemplando, regra geral, os seguintes passos;

• Enunciação clara do problema a resolver,


• Definição de objectivos,
• Identificação dos elementos que deverão constituir e integrar o desenvolvimento do Projecto;
• Identificação das disponibilidades técnicas (matérias, materiais e instrumentos) que permitam resolver as
primeiras hipóteses formais orientadas para a concretização do projecto;
• Exploração de técnicas e meios visando soluções inovadoras;
• Ensaio de modelos;
• Programação e realização do projecto
• Apresentação do projecto

Brainstorming individual
Sem prejuízo das ideias que possam estar já presentes na mente de cada um com vista ao desenvolvimento de um
projecto com estas características e objectivos, é-te pedido que cries, nesta primeira fase, um conjunto de
proposições (frases) estruturadas nas palavras que estão abaixo descriminadas. Deves escolher as palavras de
modo a que as frases sejam relevantes ao expressarem uma ideia ou caminho para o teu projecto futuro.
Mantém o espírito aberto a novas ideias que surjam no decurso deste processo. Regista as frases por escrito num
suporte para posterior leitura e discussão. O processo de selecção e aperfeiçoamento será realizado numa fase
posterior.

Alto-Contraste Tempo Pintura Traço Informação Força Cartaz


Velatura Cor Recorte Cartaz Suporte Ideia Narrativa
Saturação Graduação Colagem Crítica Mensagem História Carvão
“Stencil” Ponto Papel Interpretação Apresentação Impacto Criatividade
Abstracção Grafismo Técnica Imagem Partilha Mensagem Intervenção
Empasto Expressão Aguarela Realismo Concretização Divulgação Reformulação
Sequência Óptico Acrílico Design Vanguarda Luz Arquitectura
Fotografia Vidro Desenho Inovação ?

Avaliação CM AA AP
A Introdução e Plano de Trabalho - Fundamentação da escolha/ Pertinência e originalidade da ideia (Doc+Pdf) 30
B Pesquisa – Pertinência/ Amplitude/ Profundidade/ Referencia de fontes (Doc+Pdf+Imagens à parte) 40
C Produto Final – Criatividade/ Qualidade Funcional-Gráfica-Plástica/ Resultados face aos objectivos iniciais 100
D MDJ e Relatório Critico: Terminologia/ Capacidade de análise e juízo critico (Doc+Pdf) 30
(CM - Cotação máxima, AA – Auto avaliação, AP – Avaliação do professor). Total 200

Calendarização 12ºP (tempos de 90/135*)


Abr Mai Dez
TA 29 3 4* 6 10 11* 13 17 18* 20 24 25* 27
TB 29 2* 3 6 9* 10 13 16* 17 20 23* 24 27

TA – 3/MaiEntrevista 6/MaiA 13/MaiB 27/Mai C+D


TB – 3/MaiEntrevista 6/MaiA 13/MaiB 27/Mai C+D

Introdução – Peça escrita referindo a área temática escolhida, as frases-chave e a questão central.
Plano de Trabalho – Definição de objectivos, percurso, calendário e modo de apresentação. Antevisão/ visualização do produto
final.
Memória Descritiva e Justificativa – Peça escrita descrevendo o produto final e justificando as opções tomadas em concordância ou
não com o plano inicial.
Relatório Crítico – Avaliação, tão objectiva quanto possível, do percurso seguido e dos resultados finais obtidos.

OA12 2010-2011-UT9-AM PAI.doc . António Marques. Pág. 2/2