Vous êtes sur la page 1sur 14

HIGIENE OCUPACIONAL E O PPRA

PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS-PPRA

CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO - TURMA 17


ALUNOS: NILTON RIBEIRO
FILIPE FARIAS
BIANCA PEREIRA
ADRIANA CARLA
O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais ou PPRA é um programa estabelecido
pela Norma Regulamentadora NR-9, da Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho, do
Ministério do Trabalho.

Este programa tem por objetivo, definir uma metodologia de ação que garanta a
preservação da saúde e integridade dos trabalhadores face aos riscos existentes nos
ambientes de trabalho.

A legislação de segurança do trabalho brasileira considera como riscos ambientais, agentes


físicos, químicos e biológicos. Para que sejam considerados fatores de riscos ambientais
estes agentes precisam estar presentes no ambiente de trabalho em determinadas
concentrações ou intensidade, e o tempo máximo de exposição do trabalhador a eles é
determinado por limites pré estabelecidos.

Agentes de Risco

Agentes físicos - são aqueles decorrentes de processos e equipamentos produtivos podem


ser:

• Ruído e vibrações;
• Pressões anormais em relação a pressão atmosférica;
• Temperaturas extremas ( altas e baixas);
• Radiações ionizantes e radiações não ionizantes.

Agentes químicos - são aquelas decorrentes da manipulação e processamento de


matérias primas e destacam-se:

• Poeiras e fumos;
• Névoas e neblinas;
• Gases e vapores.

Agentes biológicos - são aqueles oriundos da manipulação, transformação e modificação


de seres vivos microscópicos, dentre eles:

• Genes, bactérias, fungos, bacilos, parasitas, protozoários, vírus, e outros.

Objetivos do programa (PPRA)

O objetivo primordial e final é evitar acidentes que possam vir a causar danos à saúde do
trabalhador, entretanto existem objetivos intermediários que assegurarão a consecução da
meta final.

Objetivos intermediários:

• Criar mentalidade preventiva em trabalhadores e empresários.


• Reduzir ou eliminar improvisações e a "criatividade do jeitinho".
• Promover a conscientização em relação a riscos e agentes existentes no ambiente do
trabalho.
• Desenvolver uma metodologia de abordagem e análise das diferentes situações
( presente e futuras) do ambiente do trabalho.
• Treinar e educar trabalhadores para a utilização da metodologia.

Metodologia

O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais deverá incluir as seguintes etapas:

• Antecipação e reconhecimento dos riscos;


• Estabelecimento de prioridades e metas de avaliação e controle;
• Avaliação dos riscos e da exposição dos trabalhadores;
• Implantação de medidas de controle e avaliação de sua eficácia;
• Monitoramento da exposição aos riscos;
• Registro e divulgação dos dados.

Obrigatoriedade da implementação do PPRA

A Legislação é muito ampla em relação ao PPRA, as atividades e o número de


estabelecimentos sujeitos a implementação deste programa são tão grandes que torna
impossível a ação da fiscalização e em decorrência disto muitas empresas simplesmente
ignoram a obrigatoriedade do mesmo.

A lei define que todos empregadores e instituições que admitem trabalhadores como
empregados são obrigadas a implementar o PPRA.

Em outras palavras, isto significa que praticamente toda atividade laboral onde haja vinculo
empregatício está obrigada a implementar o programa ou seja : indústrias; fornecedores de
serviços; hotéis; condomínios; drogarias; escolas; supermercados; hospitais; clubes;
transportadoras; magazines etc.

Aqueles que não cumprirem as exigências desta norma estarão sujeitos a penalidades que
variam de multas e até interdições.

Evidentemente que o PPRA tem de ser desenvolvido especificamente para cada tipo de
atividade, sendo assim, torna-se claro que o programa de uma drogaria deve diferir do
programa de uma indústria química.

Fundamentalmente o PPRA visa preservar a saúde e a integridade dos trabalhadores por


meio da prevenção de riscos, e isto significa:

• antecipar; reconhecer; avaliar e controlar

riscos existentes e que venham a ser introduzidos no ambiente do trabalho.


Opções de implementação do programa

Para uma grande indústria que possui um organizado Serviço Especializado de Segurança,
a elaboração do programa não constitui nenhum problema, para um supermercado ou uma
oficina de médio porte, que por lei não necessitam manter um SESMT, isto poderá vir a ser
um problema.

As opções para elaboração, desenvolvimento, implementação do PPRA são :

• Empresas com SESMT - neste caso o pessoal especializado do SESMT será


responsável pelas diversas etapas do programa em conjunto com a direção da
empresa.
• Empresas que não possuem SESMT - nesta situação a empresa deverá contratar
uma firma especializada ou um Engenheiro de Segurança do Trabalho para
desenvolvimento das diversas etapas do programa em conjunto com a direção da
empresa.

Precauções e cuidados

A principal preocupação é evitar que o programa transforme-se no principal objetivo e a


proteção ao trabalhador transforme-se em um objetivo secundário.

Muitas empresas conseguem medir a presença de algum agente em partes por bilhão (ppb)
e utilizam sofisticados programas de computador para reportar tais medidas, entretanto não
evitam e não conseguem evitar que seus trabalhadores sofram danos a saúde.

Algumas empresas de pequeno e médio porte, não possuindo pessoas especializadas em


seus quadros, contratam serviços de terceiros que aproveitam a oportunidade para vender
sofisticações tecnológicas úteis para algumas situações e absolutamente desnecessárias
para outras (algo como utilizar uma tomografia computadorizada para diagnosticar unha
encravada).

O PPRA é um instrumento dinâmico que visa proteger a saúde do trabalhador e, portanto


deve ser simples pratico, objetivo e acima de tudo facilmente compreendido e utilizado.

Segue um modelo do programa com suas etapas e planilhas


PPRA

ÍNDICE

1. INTRODUÇÃO
1.1. Qualificações
1.2. Aprovações
1.3. Difusão
1.4. Lista de Modificações Sucessivas
1.5. Arquivo
1.6. Responsáveis pelo Levantamento

2. ASPECTOS GERAIS

2.1- Objetivo Geral 4


2.2- Objetivos Específicos 4
2.3- Metas 4

1- CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA 4

3.1- Dados Gerais 4


3.2- Horário de Trabalho 4
3.3- Número de Funcionários por Setor 5

2- EPI E EQUIPAMENTOS UTILIZADOS 5

4.1- Equipamentos de Proteção Individual – EPI 5


4.2- Principais Equipamentos Utilizados 5

3- RISCOS AMBIENTAIS 5
5.1- Riscos Identificados 5
5.2- Avaliação Qualitativa 6
5.3- Avaliação Quantitativa 6

4- REGISTROS 6

7- ANÁLISE DAS FUNÇÕES E DOS RISCOS 7

7.1- Antecipação e Reconhecimento dos Riscos Ambientais – ARRA 7

8- PLANO DE AÇÕES 22

8.1- Cronograma

9- MANUTENÇÃO DO PPRA 23

10- DIVULGAÇÃO 23
1- INTRODUÇÃO

1.1- Qualificações

1.1.1- Aprovações

FUNÇÃO NOME VISTO

Diretor José Roberto Pires Barbosa

1.1.2- Difusão

1. Arquivo
2. Gerência Geral
3. Médico coordenador do PCMSO

1.1.3- Lista de Modificações Sucessivas

PÁGINA VERSÃO DATA DE APLICAÇÃO MODIFICAÇÃO

todas 1 11.01.01 1º publicação

1.1.4- Arquivo

Gerência Geral

Coordenador:

1.1.5- Responsáveis pelo Levantamento

2-
3- ASPECTOS GERAIS

2.1- Objetivo geral

Preservar a saúde e a integridade física dos trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação
e conseqüente controle dos riscos ambientais.

2.2- Objetivos específicos

• Controlar os riscos ambientais existentes no local de trabalho com adoção de medidas e ações
efetivas,
• Monitorar a exposição dos trabalhadores aos riscos ambientais existentes no local de trabalho;
• Preservar o meio ambiente.

2.3- Metas

• Eliminar ou minimizar a níveis compatíveis com limites de tolerância da NR 15 da Portaria 3214/78 do


MTb ou com os da ACGIH.
• Ter a equipe, permanentemente, bem preparada para a realização dos trabalhos com segurança.

3- ASPECTOS GERAIS

3.1- Dados Gerais

EMPRESA: C.N.P.J.

ENDEREÇO:
ATIVIDADES: C.N.A.E.

GRAU DE RISCO: N.º EMPREGADOS

3.2- Horários de Trabalho

8:00 h ás 17:30 h

Intervalo para refeição: 1 h 30 min.

3.3- Número de Funcionários por Setor

♦ Superintendência 01
♦ Diretoria Comercial 01
♦ Vendas 04
♦ Orçamentos 05
♦ Diretoria Técnica 01
♦ Projetos 08
♦ Manutenção de Obras 08
♦ Diretoria de Obras 01
♦ Engenharia 04
♦ Financeiro 05
♦ Recursos Humanos 03
♦ Terrenos e Prédios 11
♦ Depósito 02
♦ Compras 06
♦ Copiadora 01
♦ Informática 02
♦ Custos 02
♦ TOTAL 65

4- EPI E EQUIPAMENTOS UTILIZADOS

4.1- Equipamentos de Proteção Individual - EPI

♦ Protetor Auricular
♦ Máscara descartável contra poeiras
♦ Luva de látex
♦ Creme protetor para mãos

4.2- Principais Equipamentos Utilizados

♦ Martelete Pneumático
♦ Ferramentas manuais
5- RISCOS AMBIENTAIS

5.1- Riscos identificados

 Físicos: Ruído
 Químicos: Tintas, solventes e produtos de limpeza
 Biológico: Bactérias

5.2- Avaliação Qualitativa

Os riscos ambientais foram avaliados qualitativamente no ARRA – Antecipação


e Reconhecimento de Riscos Ambientais, segundo o método proposto pela
AIHA- AMERICAN INDUSTRIAL HYGIENE ASSOCIATION.

5.3- Avaliação Quantitativa

9.1 - NÍVEL DE PRESSÃO SONORA


NPS (dBA)
PONTO LOCAL
Leitura 1 Leitura2
Sub-solo

01
02
03
04
05
Térreo

06
07
08
09
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
1º andar

22
23
24
25
26
27
2º andar

28
29
30
31
32
33
34
(1)
Obs.

9.2 - ILUMINAÇÃO

Determinad
PONTO

LOCAL
P/ NORMA LEITURA (LUX)
(LUX)
Sub-solo

01
02
03
04
05
Térreo

06
07
08
09
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
1º andar

22
23
24
25
26
27
2º andar

28
29
30
31
32
33
34
. . Valores abaixo do mínimo indicado para o local
( ). Valores variando de (mínimo – máximo) no local medido
Obs.:

* Existe iluminação suplementar específica


** Considerável influência luz do sol

6- REGISTROS
Todos os dados serão mantidos arquivados no mínimo 20 anos, constituindo-se
no banco de dados com o histórico administrativo e técnico do desenvolvimento do
PPRA.
O arquivamento será feito na Gerência Geral, mantendo-se uma cópia atualizada na$$$$$$$$$$.
7- ANÁLISE DAS FUNÇÕES E DOS RISCOS

PPRA
7.1. ARRA – ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS
Função Diretor / Gerente N.º Empresa
: Funcionários: :
09 Setor: Diretoria / Vendas / Orçamento /
Projeto
Descrição da função: Coordenar e acompanhar o andamento dos projetos.

Riscos: Causas e/ou Funcionários Medidas de Controle


(F)Fís., (Q)Quím., Fontes Expostos Gradação
(B)Biol.

Efeitos Exposiçã

Não exposto a riscos:


03 Diretores
♦ Físicos 06 Gerentes
♦ Químicos
♦ Biológicos

Fonte: AIHA – AMERICAN INDUSTRIAL HYGIENE ASSOCIATION


Categoria Gradação Efeitos à Saúde Categoria Gradação Qualitativa de Exposição
0 Efeitos pequenos 0 Nenhum contato com o agente ou desprezível
1 Efeitos reversíveis à saúde 1 Contatos pouco freqüentes com o agente
2 Efeitos severos à saúde, preocupante 2 Contato freqüente c/ o agente abaixo do limite de tolerância
3 Efeitos irreversíveis à saúde, preocupante 3 Contato freqüente c/ o agente acima do limite de tolerância
4 Ameaça à vida, lesão incapacitante ocupacional 4 Contato freqüente à altíssima concentração

APS ASSOCIADOS S/C LTDA


PPRA
7.1. ARRA – ANTECIPAÇÃO E RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS
Função Engenheiro / Arquiteto N.º Empresa
: Funcionários: :
06 Setor: Vendas / Orçamento / Projeto
Descrição da função: Elaborar e coordenar projetos.

Riscos: Causas e/ou Funcionários Medidas de Controle


(F)Fís., (Q)Quím., Fontes Expostos Gradação
(B)Biol.

Efeitos Exposiçã

Não exposto a riscos:


03 Engenheiros
♦ Físicos 03 Arquitetos
♦ Químicos
♦ Biológicos

Fonte: AIHA – AMERICAN INDUSTRIAL HYGIENE ASSOCIATION


Categoria Gradação Efeitos à Saúde Categoria Gradação Qualitativa de Exposição
0 Efeitos pequenos 0 Nenhum contato com o agente ou desprezível
1 Efeitos reversíveis à saúde 1 Contatos pouco freqüentes com o agente
2 Efeitos severos à saúde, preocupante 2 Contato freqüente c/ o agente abaixo do limite de tolerância
3 Efeitos irreversíveis à saúde, preocupante 3 Contato freqüente c/ o agente acima do limite de tolerância
4 Ameaça à vida, lesão incapacitante ocupacional 4 Contato freqüente à altíssima concentração
8– PLANO DE AÇÃO

9- MANUTENÇÃO DO PPRA
O PPRA será:

• avaliado trimestralmente para verificar o andamento dos trabalhos e o cumprimento das


metas estabelecidas no cronograma

• atualizado sempre que houver mudanças importantes ou dados relevantes à acrescentar

• revisto e atualizado no mínimo uma vez por ano

10- DIVULGAÇÃO

Todos os dados estarão à disposição dos empregados, seus representantes legais e órgãos
competentes.
As informações sobre o PPRA serão fornecidas aos trabalhadores através de palestras e
outros meios de comunicação da empresa.

Local e data.