Vous êtes sur la page 1sur 4

Profissões e funções do Espectáculo

Os espectáculos podem ser de diferentes tipos: ópera, bailado clássico, dança, concertos, recital,
teatro, circo ou performance.

As profissões que se seguem podem reportar-se a mais de que um tipo de espectáculo.

1. Profissões com funções técnicas

Aderecistas (equipa de) Executam os adereços que foram pedidos pelo encenador ou cenógrafo
e desenhados ou projectados pelo aderecista (criativo).

Assistente de direcção de cena Reporta ao director de cena responsável por um determinado


espectáculo. Elabora as tarefas e rotinas do gabinete, segundo a orientação dos seus superiores.
É responsabilizado e executa as funções de gestão sempre que lhe forem atribuídas e confiadas
pelos seus superiores em determinados espectáculos.

Cabeleireira de cena Executa os penteados, aplica as perucas, os bigodes, as barbas, etc.


Também na ópera e na dança, clássica e contemporânea.

Chefe de audiovisuais Gere os materiais afectos a esta área, bem como a equipa de
audiovisuais.

Chefe electricista Responsável pela parte eléctrica de cena e pela gestão da respectiva equipa.

Chefe maquinista e de montagem Responsável pela montagem do cenário do espectáculo e


gestão da respectiva equipa.

Contra-regra Depende da direcção de cena e é responsável pela aquisição, manutenção e


utilização dos adereços que compõem o espectáculo, isto nos grandes teatros de ópera, ou em
teatros nacionais. Em determinados teatros, os assistentes de direcção de cena acabam também
por executar estas funções.

Costureira de cena Executante de guarda-roupa. Durante os espectáculos está no palco, de


prevenção, para que possa resolver quaisquer anomalias com os figurinos. Também na ópera e
na dança, clássica e contemporânea.

Director de cena Responsável pelos ensaios e espectáculos, pode também acumular funções de
assistente de encenação. Gere a componente técnica e artística, é a pessoa com mais
responsabilidade depois de o espectáculo estrear; deve ser um supervisor, mantendo a qualidade
artística e técnica do espectáculo até ao final da carreira do mesmo. Tem por obrigação certificar-
se diariamente de que estão reunidas as condições para que se possa abrir a sala ao público e
começar um espectáculo. Se houver necessidade de substituição ou reparação de materiais
referentes ao espectáculo, deve disso informar a direcção técnica.

Director de produção Gestor do orçamento e responsável pelo cumprimento dos prazos


estabelecidos, faz ainda a contratação de todos os elementos (técnicos e artísticos), bem como a
elaboração dos contratos em colaboração com o jurista do teatro. Gere os diferentes orçamentos
em conjunto com as outras direcções e faz a articulação entre elas. Assegura os contactos de
venda dos espectáculos e respectiva digressão. Tem ainda a responsabilidade logística dos
artistas e da equipa técnica, a marcação de viagens, carros, hotéis, refeições, etc.

Director técnico Responsável por toda a área técnica, coordena todos os sectores técnicos, a
manutenção de equipamentos técnicos e de palco e a aquisição de novos equipamentos. É o
coordenador da equipa técnica (iluminação, sonoplastia, guarda-roupa, serralharia, maquinistas,

Gestão das Artes 1


carpinteiros). Tem ainda a seu cargo a construção e a execução do projecto de maqueta,
apresentado pelo cenógrafo. Acompanha toda a montagem do espectáculo até ao dia da estreia.

Maquilhadora de cena Executa a maquilhagem decidida pelo encenador. Também na ópera e na


dança, clássica e contemporânea.

Mestra de guarda-roupa Responsável pela execução dos figurinos que foram criados pela(o)
figurinista. Chefia a equipa de costureiras. Também existe na ópera e na dança, clássica e
contemporânea.

Técnicos de luz São os técnicos de luz que integram a equipa.

Técnicos de som e vídeo São os técnicos de som e de audiovisuais que integram a equipa.

Zeladora de guarda-roupa Ocupa-se da manutenção do guarda-roupa, lavagem, passagem a


ferro, limpeza a seco, etc. Também na ópera e na dança, clássica e contemporânea.

2. Profissões com funções artísticas

Actores Intérpretes dramáticos.

Aderecista Responsável pela concepção e execução dos adereços de cena (por exemplo,
coroas, máscaras, bustos, flores, etc.).

Assistente de encenação Apoia o encenador: No caso de assistente do encenador de uma


ópera, deve ser entendido em música e ter a possibilidade de seguir uma partitura.

Bailarinos Em regra, na ópera, são contratados para cada produção específica e consoante as
necessidades do espectáculo.

Cantores Intérpretes vocais.

Cenógrafo Criador da cenografia.

Coreógrafo Criador da coreografia.

Coro Conjunto de interpretes vocais de suporte a uma ópera ou obra musical.

Director artístico Responsável pela programação ou pela sua coordenação, caso se trate de uma
instituição como o Centro Cultural de Belém ou a Culturgest, que programa todo o tipo e género
de espectáculos (por exemplo, em que há quatro programadores: música clássica, dança, teatro e
jazz).

Dramaturgista Elemento que escreve e faz pesquisa sobre o tema do espectáculo. Contextualiza
um texto histórico no tempo e no espaço, apresenta outras possíveis leituras para um determinado
texto dramático, escreve e/ou selecciona textos de apoio para o programa do espectáculo, etc.

Dramaturgo Elemento que escreve o texto dramático, vulgarmente chamado também de autor.

Encenador Encena o espectáculo. Criador e responsável pela criação artística, é a pessoa com
mais importância na pirâmide. A ele competem as decisões da escolha do elenco, dos outros
criativos que em conjunto irão criar o espectáculo. É da sua responsabilidade a criação do
espectáculo até ao ensaio geral, é ele quem marca a encenação, as entradas dos artistas em
cena, as mudanças de cena, o intervalo, etc. Depois do ensaio geral, esta responsabilidade passa
para o director de cena.

Gestão das Artes 2


Ensaiadores Ensaiam os bailarinos, individualmente ou por cenas, antes de se iniciarem os
ensaios corridos no palco.

Figurantes Estudantes de Canto, Teatro ou Dança e que fazem figuração e pequenos papéis. Os
figurantes, regra geral, não cantam, falam ou dançam.

Figurinista A pessoa que cria e concebe (por vezes em conjunto com a mestra de guarda-roupa)
os figurinos do espectáculo.

lIuminador/luminotécnico/light designer Criador da iluminação.

Maestro Director musical, é ele quem estabelece as regras, tempos e o carácter musical da obra
que se irá interpretar.

Maestro assistente Assiste o maestro principal e substitui-o quando necessário.

Maestro do coro Responsável pelo coro, é ele quem define e ensaia a obra musical que se irá
interpretar.

Maestro ponto Dá as entradas musicais aos cantores.

Mestres de bailado São professores de dança mais qualificados.

Músicos Podem pertencer a uma orquestra, conjunto ou actuar a solo. Interpretam


instrumentalmente a obra musical.

Pianista correpetidor Ensaia os cantores ou que acompanha as aulas de dança e os ensaios,


quando ainda não há orquestra.

Ponto Está escondido, seguindo o texto e dando deixas aos actores no caso de eles se
esquecerem de partes do texto, essencialmente. Apoia durante os ensaios a memorização do
texto por parte dos actores.

Professores de canto Professores que regularmente preparam, ao nível vocal, os cantores.

Solista Interprete instrumental ou vocal de uma obra musical

Sonoplasta/sound designer Criador da banda musical do espectáculo.

3. Profissões com funções de comunicação e imagem

Relações públicas São os responsáveis pela imagem do teatro e têm a seu cargo os seguintes
sectores: bilheteiras; frente de casa; bares; loja; e venda de programas e merchandising.
Organizam as estreias, enviam os convites e recebem os convidados e o público em geral. É o
departamento que organiza o protocolo quando há necessidade disso.

Técnicos de Marketing Exercem as funções relacionadas com a publicidade aos espectáculos,


por vezes estão encarregues dos patrocínios e mecenato, em colaboração com outros serviços
para esta área que, eventualmente, existam no teatro, etc.

Assessores de imprensa Exerce as relações de comunicação com o exterior, através da


imprensa; trabalham com os jornalistas e com toda a comunicação social.

Gestão das Artes 3


4. Profissões com funções administrativas

Director administrativo Responsável máximo da instituição

Director financeiro Gere o orçamento geral da instituição.

Departamento comercial Responsável pelos patrocínios e mecenato para o teatro, aluguer das
salas, etc.

Departamento de pessoal Processa os ordenados e a gestão de pessoal.

Aprovisionamento Compras e gestão de stocks de equipamentos diversos.

Expediente e arquivo Correspondência e responsáveis pelo arquivador geral.

Nota Todas estas funções, variam de teatro para teatro. Em tournée, o Director de tournée acumula várias
das funções descritas.

Gestão das Artes 4

Centres d'intérêt liés