Vous êtes sur la page 1sur 10

 TEMAS DE PREPARAÇÃO AO BATISMO 

1. Oração inicial
Animador: Vamos dar início ao nosso encontro, invocando a Santíssima Trindade.
Todos (cantado): Em nome do Pai, em nome do Filho, em nome do Espírito Santo estamos aqui
(bis). Para louvar e agradecer, bendizer e adorar, estamos aqui, Senhor, ao teu dispor. Para
louvar e agradecer, bendizer e adorar, te aclamar, Deus Trino de amor.
Animador: Pai nosso, venha ao nosso encontro, somos seus filhos, queremos ouvi-lo e amá-lo.
Abençoe estas famílias e esta comunidade.
Todos: Pai, abençoa nosso encontro.
Animador: Rezemos a Jesus, o Filho de Deus, o Filho de Maria. Ele é o caminho, a verdade e a
vida. Ele nos deixou a Igreja e os sacramentos, nos deixou o Batismo.
Todos: Obrigado, Jesus, pelo Batismo.
Animador: Rezemos ao Espírito Santo. Que ele nos ilumine para participar deste encontro e
entender a Palavra de Deus. Que nos ajude a viver o Batismo e possamos ser testemunhas de
vida cristã.
Todos (cantado): Vem, Espírito Santo, vem. Vem iluminar.
Animador: Rezemos a Maria.
Todos: Ave Maria, cheia de graça...
Animador: Rezemos a Santa Mônica, mãe de Santo Agostinho, que rezou por muito tempo pela
conversão de seu filho.
Todos: Santa Mônica, intercede a Deus pelos nossos filhos.

2. Oração final
Animador: Senhor, faça de mim um instrumento de sua paz! Onde existe ódio.
Todos: Que eu leve o amor.
Animador: Onde existe a discórdia e o erro.
Todos: Que eu leve a união e a verdade.
Animador: Onde existe a dúvida e o desespero.
Todos: Que eu leve a fé e a esperança.
Animador: Onde existem trevas e tristeza.
Todos: Que eu leve luz e alegria.
Animador: Ó mãe das famílias.
Todos: Faça que vivamos unidos e que caminhemos pelo caminho do amor.
Animador: Ó mãe das famílias.
Todos: Abençoa e protege nossos filhos.
Animador: Ó mãe das famílias.
Todos: Que nossos filhos recebam o sacramento do Batismo e se tornem teus filhos.
Animador: Todos, de mãos dadas, vamos rezar a oração que Jesus nos ensinou para chamar a
Deus de Pai.
Todos: Pai nosso...
Primeiro Tema: UM FILHO NOS FOI DADO

1. A nossa vida é assim


Animador: Todas as famílias ficam contentes com o nascimento de uma criança. O pai e a mãe
se abraçam, os irmãos pulam de alegria, os vizinhos perguntam se é menino ou menina e qual
será o nome. Alguém gostaria de contar o que aconteceu na sua família? (deixar falar).
Todos: Louvemos a Deus, uma criança nasceu no meio de nós!
Animador: Cada vez que nasce uma criança, é Deus operando maravilhas no mundo. Você não
acha maravilhoso o nascimento de uma criança? (deixar falar).
Todos: Louvemos a Deus, uma criança nasceu no meio de nós!
Animador: Foi Deus quem colocou o amor no coração do pai e da mãe, e assim eles formaram
uma família. Foi Deus quem colocou no amor do pai e da mãe o poder que só ele tem: o poder
de criar. Vocês não acham maravilhoso? (deixar falar).
Todos: Louvemos a Deus, uma criança nasceu no meio de nós!
Animador: Jesus não se cansava de ensinar aos apóstolos: um só é o Pai de vocês: Deus. Mas
nós amamos tanto aqueles que nos transmitiram a vida, que damos para eles o mesmo nome com
que conversamos com Deus: Pai (falar do pai).
Todos: Louvemos a Deus, pelos nossos pais que nós tanto amamos!
Animador: Quanta alegria no nascimento de uma criança. Nela os pais podem ver a carne de
sua carne e os ossos de seus ossos. Uma criança é a continuação de si mesmos. Cada criança que
nasce é um presente de Deus para a família e para o mundo. Ela é a continuação da família e a
esperança do futuro.
Todos: Obrigado, Deus Pai, pela vida.
Animador: Nenhuma criança nasce feita. Ela é confiada por Deus àquelas pessoas que a
cercam: os pais, os irmãos, os parentes, a sociedade. Dos pais recebe a vida e deve receber todo
o necessário para viver.
Todos: “Tome esta criança. Cuide dela para mim”
Animador: A criança precisa ser acompanhada na vida. Precisa aprender tudo, desde as coisas
mais simples, como comer e andar, até o sentimento mais nobre do coração: amar. Cada criança
que nasce, traz consigo muita responsabilidade: a responsabilidade de crescer na vida.
Todos: “Tome esta criança. Cuide dela para mim”.

2. Lição de vida
Leitor: Na família de Geraldo e dona Inês havia muitos problemas: desemprego, brigas,
doenças. Um dia o pai Geraldo começou a conversar com Deus e rezar: “Ó meu Pai, ajuda-me a
não desesperar. Ó meu Deus, que eu nunca seja um traidor de meus filhos”. Este pai sabia de sua
responsabilidade diante dos filhos. Tinha medo de não saber indicar o caminho do bem.
Animador: Vamos conversar sobre esta história. Como os pais podem ser traidores dos filhos?
(deixar falar)

3.. Lição da Bíblia


Animador: Vamos ler um trecho da Bíblia, Lucas 1,57-58 e 66. Trata-se da alegria de Isabel e
Zacarias pelo nascimento de seu filho João .
Leitor: Para Isabel chegou o tempo de dar à luz e ela deu à luz um filho. Os vizinhos e parentes
ouviram dizer que o Senhor tinha mostrado sua grande misericórdia para com Isabel e foram
alegrar-se com ela. E todos diziam pensativos: “O que será deste menino?”, pois a mão do
Senhor estava com ele. Palavra da salvação.
Animador: O filho de Zacarias e Isabel, João, tornou-se um grande profeta. Ele recebeu a
missão de preparar o caminho de Jesus. Vamos conversar: O que você gostaria que fosse seu
filho? (deixar falar).

Segundo Tema: OS CAMINHOS DA VIDA

1. A nossa vida é assim


Animador: Nesta vida as pessoas seguem por dois caminhos: o caminho do bem, do amor, da vida, da
paz ou o caminho do mal, do ódio, da morte, da violência.
Todos: Nossa família quer seguir o caminho do bem.
Animador: Seguem o caminho do mal, do ódio, da morte e da violência aqueles que vivem só para si e
não se preocupam com os outros; cuidam somente de seus interesses e não pensam nos outros; os
espertos e aproveitadores; os que não se interessam pela família, pelos filhos, pelos doentes, pelos
pobres.
Todos: Nossa família quer seguir o caminho do bem.
Animador: Mas há outro caminho na vida: é o caminho seguido por pessoas que acreditam no amor, na
paz, na união. Quem segue este caminho, assemelha-se a Jesus, que passou por este mundo fazendo o
bem.
Todos: Nossa família quer seguir o caminho do bem.
Animador: Pensemos em nossos filhos. Qual é o caminho que eles vão seguir? (deixar falar).
Todos: Nossa família quer seguir o caminho do bem.
Animador: Na Bíblia, Deus diz que o caminho do egoísmo, do ódio, leva para a morte; e o caminho do
amor leva para a verdadeira vida. Deus nos escolheu para andarmos no caminho do amor. Deus escolheu
estas crianças para trilhar o caminho do bem.
Todos: Nossa família quer seguir o caminho do bem.

2. Lição de vida
Leitor: Certa vez um homem fazia um discurso. Ele falava sobre o caminho do ódio, sobre a maldade
entre os homens. A certa altura ele disse que sonhava com um mundo, onde os homens caminhariam
pelo caminho do amor: “Sonho que meus quatro filhos um dia viverão numa nação onde não serão
julgados pela cor da pele, mas por suas qualidades e virtudes; sonho em transformar as discórdias numa
bela sinfonia de fraternidade; sonho em que seremos capazes de trabalhar juntos, rezar juntos, defender a
liberdade juntos, ir presos juntos, sabendo que um dia seremos livres. Este é meu sonho”.
Animador: Vamos conversar sobre isto. Podemos falar sobre nossos sonhos (deixar falar). Qual será o
sonho de Deus? (deixar falar).

3. Lição da Bíblia
Animador: Vamos ler um trecho da Bíblia, Gênesis 4,1-3. Todos conhecem a história de Caim
e Abel. Caim era mau e não suportava Abel, seu irmão que era bom.
Leitor: Um dia Caim convidou Abel para passear e, quando já haviam se distanciado da casa, investiu
sobre ele e o matou. Deus perguntou a Caim: “Onde está seu irmão Abel?” E ele respondeu: “Não sei.
Por acaso eu sou guarda de meu irmão?”. Palavra do Senhor.
Animador: Vamos comentar a história de Caim e Abel. Quem representa o caminho do mal e o
caminho do bem? (deixar falar).
Animador: Vamos encerrar nosso encontro, com a oração final para todos os encontros.
Terceiro Tema: A FAMÍLIA

1. A nossa vida é assim


Animador: Tanto para nascer, como para crescer dependemos uns dos outros. É vontade de Deus que
para nascer e crescer a gente precisa de uma “comunidade”. Essa comunidade, embora pequena, é
necessária e nós a chamamos de Família.
Todos: Nossa família, quando unida pela fé e o amor, é uma pequena Igreja.
Animador: A preocupação mais importante da família é educar o coração da criança para o amor.
Educar para o amor quer dizer: ensinar para a criança que Deus tem um plano neste mundo. E este plano
de Deus é que os homens e aos mulheres e as crianças vivam no amor, vivam em união, vivam como
irmãos e irmãs.
Todos: Nossa família, quando unida pela fé e o amor, é uma pequena Igreja.
Animador: E vejam como isto é importante. O mundo que a criança vai encontrar é cheio de ódio,
desamor, vingança. Isto tudo oprime, prejudica a família.
Todos: Nossa família, quando unida pela fé e o amor, é uma pequena Igreja.
Animador: Quando a família parte para este desafio de ensinar o amor, ela não se isola, ela está ligada à
família maior, que é a Igreja, formada por aqueles que têm fé em Jesus e optam pelos seus
ensinamentos. E quando estamos unidos com Jesus, ele está conosco.
Todos: Nossa família, quando unida pela fé e o amor, é uma pequena Igreja.

2. Lição de vida
Leitor: Dona Teresa tem uma penca de filhos. O marido trabalha, são pobres, mas a casa é limpa, há
muita tranqüilidade, muito amor. Já antes do casamento, ela e o esposo José, se prepararam: fizeram o
curso de noivos e rezaram muito para enfrentar a vida a dois. No dia de natal os filhinhos ganharam uns
pacotes de doce. A mãe disse: Filhinhos, estes doces são um presente do papai. São para vocês. Podem
comer. Mas, a dona Teresa levou os filhos até a porta e mostrou com o dedo a casa vizinha onde morava
um casal com crianças mais necessitadas do que eles, aquelas crianças são mais pobres do que nós. Não
seria bom repartir esses doces com eles?
Animador: Vamos conversar sobre esta história: que coisas boas dona Teresa ensina aos seus filhos?
(deixar falar).

3. Lição da Bíblia
Animador: Vamos ler um trecho da Bíblia: 1ª carta de São Paulo aos Coríntios 12,12.
Leitor: Do mesmo modo que o corpo humano, sendo um, tem muitos membros e todos os membros do
corpo, embora sendo muitos, formam um só corpo, assim acontece com Cristo. Nós todos fomos
batizados em um só Espírito para formarmos um só corpo. Todos vocês são filhos de Deus, mediante a
fé em Jesus Cristo, todos vocês são um só em Cristo Jesus. Palavra do Senhor.
Animador: Vamos comentar este assunto: O nosso corpo é um só que tem muitos membros; Jesus é um
só e tem muitos membros que somos nós (deixar falar).
Quarto Tema: SER DA FAMÍLIA DE DEUS

1. A nossa vida é assim


Animador: Olhemos para Jesus: ele não só ensinou que Deus é nosso Pai, mas por sua vida, seu
amor aos pobres, aos doentes e crianças, ele mostrou qual é o caminho que devemos seguir para
pertencermos à Família de Deus.
Todos: Somos membros da família de Deus.
Animador: Olhe para Jesus: ele amava tanto a justiça, o respeito, o bem dos outros que teve de
enfrentar aqueles que exploravam e praticavam injustiças. E foi por isso que ele foi condenado à
morte. Morreu porque era bom, e os maus não o toleravam.
Todos: Somos membros da família de Deus.
Animador: Mas o Pai não abandonou Jesus. Ele o ressuscitou, para mostrar aos homens que o
caminho que Jesus ensinou era o verdadeiro. É por isso que Jesus sempre falava: eu sou o
caminho, a verdade e a vida.
Todos: Somos membros da família de Deus.
Animador: O Batismo nos torna filhos de Deus e imitadores de Jesus. Somos batizados para
chamar a Deus de Pai e para seguir o mesmo caminho de Jesus, que é o caminho do amor. Por
isso o Batismo é uma escolha, não uma obrigação. Escolhemos o caminho de Jesus, o caminho
do bem, da verdade, da justiça, do amor.
Todos: Somos membros da família de Deus.
Animador: O apóstolo São Paulo diz que aquele que é batizado está fazendo morrer em si o
homem cheio de maldade e desamor, para ressuscitar para uma vida nova, vida diferente, vida
de Deus. Pelo Batismo não aceitamos o caminho do egoísmo e nascemos para o caminho do
amor. Assim o Batismo é um gesto, um sinal de nossa entrada para a família de Deus.
Todos: Somos membros da família de Deus.

2. Lição de vida
Leitor: Odete era uma menina de 12 anos. Tinha um irmão aleijado, de 10 anos, que ela
carregava todos os dias para a escola, para a igreja, para a rua, para tantos lugares. Era um
pouquinho demais para as poucas forças da menina. Um dia a professora, vendo a menina
chegar ofegante com a criança nos braços, perguntou compadecida: Você está muito cansada.
Será que o Paulinho não está muito pesado para você? A menina dirigiu um olhar de estranheza
para a professora e respondeu sorrindo: Não professora, ele não pesa, ele é meu irmão!
Animador: Vamos conversar sobre esta história: que nos ensina o gesto da criança Odete? (deixar
falar).

3. Lição da Bíblia
Animador: Vamos ler um trecho da Bíblia: Evangelho de São João 15.
Leitor: Assim falou Jesus: Eu sou a videira, vocês são os ramos. Aquele que permanece em mim
e eu nele, esse dá muito fruto. Sem mim, vocês não conseguem fazer nada. Nisto é glorificado
meu Pai: que vocês dêem muito fruto e sejam meus discípulos. Palavra da salvação.
Animador: Vamos comentar este símbolo: Que frutos podemos produzir quando somos batizados e
estamos unidos a Jesus (deixar falar).
Animador: Vamos encerrar nosso encontro, com a oração final para todos os encontros.
Quinto Tema: OS PAIS

1. A nossa vida é assim


Animador: Para uma criança nascer ela precisa do amor dos pais. Para continuar na vida ela
precisa ainda de muitos serviços de amor. Dentro da família, os pais são as pessoas mais
importantes. Ser pai e ser mãe não é só por um filho no mundo. Sua missão é completa quando
introduzem o filho no mundo dos humanos e ensinam valores humanos e religiosos para viver
sua vida, sobretudo a fé, o amor, o respeito, a fraternidade.
Todos: Ser pai e ser mãe não é só por um filho no mundo.
Animador: Sabemos que neste mundo não podemos errar e tomar caminhos que nos afastam do
amor, e por isso a missão dos pais é de grande responsabilidade. Os pais que optam pelo
caminho de Deus e de seu filho Jesus Cristo, devem querer todo o bem para seu filho e devem
ensinar-lhe os valores cristãos. Quais são os valores cristãos? (deixar falar).
Animador: Os pais pedem o batismo para seu filho porque querem comunicar a ele a fé cristã,
porque querem que siga o caminho de Deus e seja também um filho de Deus.
Todos: Ser pai e ser mãe é também transmitir a vida divina ao filho.
Animador: Depois do batizado, está tudo pronto, acabou a missão dos Pais? (deixar falar).
É exatamente o contrário: pedindo o batismo para seu filho os pais estão dizendo a todo o
mundo que eles acreditam em Deus e em seu filho Jesus Cristo e assumem o caminho do
evangelho. Batizar o filho é assumir um compromisso de educar o filho na fé.
Todos: Batizar o filho é assumir o compromisso de educar na fé.
Animador: E isto se faz, principalmente, através da vida que os pais levam. Não adianta mandar
o filho ser honesto, se os pais são desonestos. Não adianta mandar o filho na igreja, se os
próprios pais não ligam e não participam da comunidade. A própria vida dos pais deve ser um
livro aberto onde o filho apreende a amar a Deus e aos irmãos.
Todos: As palavras convencem, o exemplo arrasta.

2. Lição de vida
Leitor: Um dia o padre da paróquia foi visitar uma família que estava afastada da igreja. Era
inverno. A família estava perto do fogão a lenha. Conversa vai, conversa vem, o padre tira um
tição do fogo para acender o cigarro de palha. Depois fingindo, o deixa longe dos outros. A certa
altura o tição ficou apagado. E ele pergunta à família. Por que esse tição se apagou? A mãe
responde: Muito simples, senhor padre. Ele estava separado dos outros!
Animador: Vamos conversar sobre esta história: que nos ensina o tição separado dos outros? Tem
alguma relação com a gente e a igreja-comunidade? (deixar falar).

3. Lição da Bíblia
Animador: Vamos ler um trecho da Bíblia: 2o livro dos Macabeus 7,22.
Leitor: O rei Antíoco torturou e matou todos os sete filhos duma mulher. Dela fala a Bíblia:
Aquela mãe soube suportar corajosamente a morte dos seus sete filhos. Ela dizia: Eu não sei
como vocês chegaram ao meu seio. Não fui eu que lhes dei a espírito e a vida, foi o Criador do
mundo, que dá a vida ao ser humano desde seu nascimento. Palavra do Senhor
Animador: Vamos comentar este gesto heróico desta mãe (deixar falar).
Sexto Tema: OS PADRINHOS

1. A nossa vida é assim


Animador: Mesmo antes da criança nascer, os pais já convidam os padrinhos. Mas será que os
pais sempre acertam na escolha dos padrinhos?Para que servem os padrinhos?
Todos: Padrinho significa paizinho. E madrinha significa mãezinha.
Animador: O Batismo é um sacramento. É uma questão de fé. Temos que escolher padrinhos
que ajudem na fé, que sejam cristãos, da igreja. Os padrinhos representam a Igreja.
Todos: A Igreja é a nova mãe da criança.
Animador: Padrinho quer dizer paizinho. Madrinha quer dizer mãezinha. Eles são os paizinhos
da criança, segundo a fé. Eles se tornam compadres, que significa aquele que está ao lado, junto
com os pais.
Todos: A Igreja é a nova mãe da criança. No Batismo os padrinhos representam a Igreja.
Animador: Aqueles que pensam que ser padrinho é só segurar a criança e dar presentes, estão
totalmente por fora. Também os pais erram quando escolhem para padrinhos, pessoas que não
podem representar a Igreja, pessoas que não vivem uma vida cristã. Erram os pais que escolhem
para padrinhos, este ou aquele porque tem muito dinheiro. Os melhores padrinhos são aqueles
que vivem a sua fé e participam da comunidade.
Todos: A Igreja é a nova mãe da criança. No Batismo os padrinhos representam a Igreja.
Animador: A missão principal dos padrinhos é mostrar, com a palavra e o testemunho, o
caminho de Jesus: fazer o bem, ser verdadeiro, justo, honesto, viver o amor fraterno. Agora, para
fazer isso os padrinhos precisam ter uma vida cristã, uma fé forte. Do contrário, o que irão
transmitir aos afilhados? Quando os pais não se preocupam com isto, é sinal de que entendem
pouco do Batismo e de que não querem o bem para o seu filho.
Todos: A Igreja é a nova mãe da criança. No Batismo os padrinhos representam a Igreja.
Animador: Percebemos, então, que aqueles que foram convidados a ser padrinhos, antes de
tudo devem renovar seu próprio Batismo, seu compromisso de vida cristã, sua fé de caminhar na
Igreja e representa-la no Batismo.
Todos: A Igreja é a nova mãe da criança. No Batismo os padrinhos representam a Igreja.
2. Lição de vida
Leitor: José Carlos foi convidado para ser padrinho. Ele é irmão da mãe da criança. Ele
agradeceu o convite, mas não aceitou. Ele disse: Não estou em condições de representar a Igreja
no Batismo. Não estou participando da comunidade.
Dona Antonia e o senhor José formam um casal cristão. Eles são ricos, empresários, onde o pai
trabalha. O pai convidou para que o filho possa ganhar presente. Mas os padrinhos aceitaram
porque querem ser paizinho e mãezinha dessa criança na fé.
Animador: Vamos conversar sobre estas histórias (deixar falar).
3. Lição da Bíblia
Animador: Vamos ler um trecho da Bíblia: 1ª carta de João 4,7-8
Leitor: Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus, e todo aquele que ama é
gerado por Deus e conhece a Deus. Quem não ama, não aprendeu a conhecer a Deus, porque Deus é
AMOR. Palavra do Senhor.
Animador: Vamos comentar estas palavras (deixar falar).
Animador: Vamos encerrar nosso encontro, com a oração final para todos os encontros.
Sétimo Tema: O BATISMO

1. A nossa vida é assim


Animador: Depois da sua ressurreição, Jesus ordenou a seus discípulos: “Ide e fazei discípulos
todas as nações, batizando as pessoas em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. O
sacramento do Batismo é querido por Jesus. É uma forma de entrar em comunhão e amizade
com o Pai, o Filho e o Espírito Santo.
Todos: O Batismo nos faz membros da Comunidade de Jesus
Animador: A partir desta ordem de Jesus a Igreja adotou a prática do sacramento do Batismo e
construiu uma bonita celebração com símbolos variados, tirados da Bíblia, e que nos facilitam a
compreensão do que acontece conosco através do Batismo.
Todos: O Batismo nos faz membros da Comunidade de Jesus.
Animador: O Batismo é um sacramento porque é sinal de profunda união com Deus e com os
irmãos. Somos família de Deus, povo de Deus. O Batismo nos torna irmãos de Jesus. Somos
templos do Espírito Santo. Somos comunidade, Igreja, seguidores de Jesus, cristãos, católicos.
Quanta vida! Quanta graça de Deus! Quanto amor de Deus!
Todos: O Batismo nos faz membros da Comunidade de Jesus.

2. Lição de vida
Leitor: O casal Maria e José marcou batizado na Igreja Santa Mônica. Eles são católicos e
querem a vida cristã para seu filho João Paulo. No domingo de manhã colocaram uma roupinha
branca nele e o levaram na Igreja. Estava cheia, os cristãos católicos se reúnem para celebrar a
Eucaristia no domingo, dia do Senhor. O Frei fez o batizado durante a missa: os pais e os
padrinhos participaram da Liturgia da Palavra; rezaram o Credo com a comunidade; renovaram
as promessas do seu Batismo; após a comunhão, o frei fez a unção com o óleo do Batismo e da
Crisma e o Batismo. A criança não chorou. Já temos mais um cristão, um filho de Deus, um
irmão de Jesus Cristo, um templo do Espírito Santo, um católico da comunidade Santa Mônica.
No final, o João Paulo, os pais e os padrinhos receberam uma salva de palmas. É dia de festa, de
alegria, da ação de Deus.
Animador: Vamos conversar sobre esta história, que pode ser a tua história (deixar falar).

3. Lição da Bíblia
Animador: Vamos ler um trecho da Bíblia: Evangelho de Mateus 28,16-20
Leitor: Após a ressurreição, Jesus se aproximou dos discípulos e falou: Toda autoridade sobre
o céu e a terra me foi entregue. Ide e fazei que todas as nações se tornem meus discípulos,
batizado-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-as a observar tudo quanto
vos ensinei. Eu estou com vocês todos os dias, até o fim do mundo. Palavra da salvação.
Animador: Vamos comentar estas palavras (deixar falar).
Oitavo tema: O BATISMO: OS SÍMBOLOS

1. A nossa vida é assim


Animador: A água batismal. João Batista mergulhava as pessoas nas águas do rio Jordão e lhes
dizia que este símbolo de limpeza e purificação era para que todos mudassem de vida e se
preparassem para receber o Messias. Jesus também se deixa batizar e começa sua grande missão.
Pelo nosso Batismo, a água derramada em nós, com a invocação do Pai, do Filho e do Espírito
Santo, nos transfigura, faz de nós criaturas novas. Somos purificados de todo o mal que
herdamos desde as origens da humanidade, principalmente o pecado original. A presença de
Deus, através da água batismal, nos fortalece e nos enriquece.
Todos: Bendita seja a água do Batismo que nos torna filhos de Deus.
Animador: A luz. Jesus dizia: Eu sou a luz do mundo. E pediu para seus discípulos: Que vossa
luz brilhe para todos. E vendo as boas obras, glorifiquem o Pai. A luz representa o Cristo
ressuscitado. São Paulo escreve aos coríntios: Outrora éreis trevas, agora sois luz no Senhor.
Andai como filhos da luz.
Todos: Cristo é a luz. Nossas obras sejam luz.
Animador: As vestes brancas. A nossa Igreja coloca este símbolo da veste branca no Batismo para
dizer-nos que nos revestimos da graça de Deus, de sua presença que nos purifica, ilumina e faz
resplandecer a sua glória no mundo.
Todos: Pelo Batismo nos revestimos de Cristo.
Animador: O óleo. A Igreja usa para celebrar o Batismo a unção com óleo santo. O óleo serve para
preparar a comida. Há óleos perfumados que tornam nosso corpo e nossa presença mais agradáveis a nós
mesmos e aos outros. Há os óleos para combustível e para engrenagem de carros e máquinas. Há os
óleos, na Bíblia, para consagrar os Reis, Profetas e Sacerdotes. Samuel pegou o vaso de óleo e ungiu o
rei Davi na presença de todos. Jesus dizia: O Espírito está sobre mim, ele me ungiu e me enviou para
evangelizar.
Todos: Bendito sejais, Senhor, pelo óleo que alimenta, fortalece, perfuma e consagra para a missão.
Animador: O nome. O anjo diz a Maria: Tu lhe darás o nome de Jesus, que significa Deus salva. Em
geral todos os nomes dados a pessoas, na Bíblia, têm um significado bem específico. Na Bíblia o nome é
um modo de referir-se à pessoa; é o mesmo que dizer: é tal pessoa.
Todos: Bendito é o vosso santo nome, Senhor, nosso Deus e nosso Pai.
Animador: Promessas do Batismo. Durante o Batismo recebemos o Creio em Deus Pai. É que depois
do batismo passamos a viver a mesma fé que milhões e milhões de pessoas vivem no mundo. O
celebrante nos pede para proclamarmos a nossa fé em Deus Pai, em Deus o Filho e em Deus o Espírito
Santo.
Todos: Creio em Deus Pai, todo poderoso, criador do céu e da terra. Creio em Jesus Cristo, seu único
Filho e nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu
sob Pôncio Pilatos, morto e sepultado. Desceu à mansão dos mortos, subiu aos céus, está sentado à
direita de Deus Pai, todo poderoso, donde há de vir julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo,
na Santa Igreja católica, na comunhão dos santos, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
Animador: Vamos comentar estes símbolos do Batismo (deixar falar).
Animador: Vamos encerrar nosso encontro, com a oração final para todos os encontros.
Comunidade Santo Agostinho
Padres Agostinianos

Temas
de preparação
ao Batismo

São Paulo 2007