Vous êtes sur la page 1sur 68

Tecido

 epitelial  
de  reves/mento  

Teresa  Sequeira  2010/2011  


•  composto  por  células  poliédricas  justapostas  com  
pouca  ou  nenhuma  MEC  

•  FUNÇÕES  
• protecção  
REVESTIMENTO  
• absorção  
• permeabilidade  selectiva  
• secreção     GLANDULAR  
• excreção/transporte  
• recepção  sensorial     NEURO-­‐EPITÉLIO  
CARACTERÍSTICAS  
•  reduzido  espaço  intercelular  
•  avascular    
•  polaridade  ⇒  pólo  apical  e  basal  
•  muito  enervado  
•  grande  capacidade  de  regeneração    
•  epiderme  –  28  dias  
•  intestino  –  4  a  6  dias  
•  córnea  –  24  h  
•  origem  nos  3  folhetos  germinativos  
POLARIDADE  
•  A)  domínio  apical  
•  microvilosidades  e  esteriocílios  
•  cílios  e  flagelos  
•  B)  domínio  lateral  
•  zónulas  de  oclusão  
•  zónulas  de  adesão  
•  desmossomas  
•  interdigitações  
•  junções  comunicantes  
•  C)  domínio  basal  
•  hemidesmossomas  
Figure  20-­‐19    Essential  Cell  Biology  (©  Garland  Science  2010)  
A)  DOMÍNIO  APICAL  
A1)  Aumento  de  área  –  a1)  MICROVILOSIDADES  

•  pequenas  projecções  de  citoplasma  


•  muito  variadas  em  nº  e  extensão  
•  glicocálice  normalmente  +  denso  
•  eixo  de  actina  
•  imóveis  
•  presença  associada  à  absorção  
• intestino  delgado  ←  bordadura  em  escova  
• túbulos  proximais  dos  rins  ←  prato  estriado  
DOMÍNIO  APICAL  
A1)  Aumento  de  área  –    ESTERIOCÍLIOS  
•  mais  longos  que  as  microvilosidades  
•  frequentemente  ramificados  e/ou  anastomosados  
•  localização  restrita  
•  epidídimo  e  canal  deferente  
•  células  sensitivas  do  ouvido  
•  função  absortiva  
•  estruturalmente  semelhantes  às  microvilosidades  
•  eixo  de  actina  
•  ausência  de  vilina  
•  presença  de  erzina  
Epidídimo:  epitélio  pseudo-­‐estratificado  colunar  com  
esteriocílios  
A)  DOMÍNIO  APICAL  
A2)  Movimento  -­‐  CÍLIOS  
•  prolongamentos  longos  com  mobilidade  
•  exibem  1  rápido  movimento  de  vaivém  
•  ATP  é  a  fonte  de  energia  
•  uma  célula  cíliada  da  traqueia  possui  ~  250  cílios  

•  no  Homem,  os  flagelos  estão  presentes  apenas  


nos  espermatozóides  
•  geralmente  +  longos  e  limitados  a  1/célula  
A)  DOMÍNIO  APICAL  
A2)  Movimento  -­‐  CÍLIOS  
Citosqueleto  
Axonema      (9+2)  
•  2  microtúbulos  centrais,  isolados  
•  9  pares  de  microtúbulos  fundidos  2  a  2  

Corpo  basal      (9+0)  


•  9  tripletos  de  microtúbulos  periféricos  
Cílio  

The  microtubular  arrangement  of  the  axoneme  in  the  cilium.  


Tracto  respiratório:  epitélio  pseudo-­‐estratificado  colunar  cíliado  
B)  DOMÍNIO  LATERAL  
 1)  impermeabilização  
• zónulas  de  oclusão  
 2)  adesão  
• zónulas  de  adesão  
• desmossomas  
• interdigitações  
 3)  comunicação  
• junções  comunicantes  
impermeabilização  

adesão  

comunicação  
Figure 20-22 Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
Figure 20-23 Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
B)  DOMÍNIO  LATERAL  
B1)  impermeabilização  
Junções  de  oclusão/apertadas  -­‐  zonula  occludens    

•  porção  +  apical  
•  impermeáveis  
•  formam  a  1ª  barreira  de  difusão  entre  células  
adjacentes  
•  criadas  por  várias  p  transmembranares:  
•  ocludinas  
•  claudinas    
•  moléculas  de  adesão  juncional  (JAM)  
B)  DOMÍNIO  LATERAL  
2a)  adesão  
Junções  de  adesão  -­‐  zonula  adherens    

•  circunda  toda  a  célula  formando  banda  contínua  


•  trama  ou  rede  terminal  
•  proporcionam  estabilidade  mecânica  
•  unem  citosqueleto  de  células  adjacentes  
•  capacidade  de  transdução  e  ancoragem  
•  →  importante  papel  no  reconhecimento  célula-­‐
célula,  morfogénese  e  diferenciação  
Figure 20-24 Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
Figure 20-25 Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
B)  DOMÍNIO  LATERAL  
2b)  adesão  
Junções  de  adesão  -­‐  macula  adherens    

•  ocorrem  em  vários  pontos  


•  estruturalmente  complexas  
–  domínio  transmembranar  -­‐  caderinas  
•  –  p  transmembranares  dependentes  de  Ca2+  
–  desmogleína  I  e  II  
–  desmocolina  I  
–  domínio  citoplasmático  -­‐  placa  
•  desmoplaqina  I  e  II  
•  placoglobina  
•  a  placa  articula-­‐se  com  os  filamentos  
intermédios  
Figure 20-27 Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
Desmossomas  -­‐  macula  adherens  
 Caderinas  
   desmogleína  I  e  I  
   desmocolina  
         Placa  
   desmoplaquina  I  e  II  
   placoglobina  
       Filamentos  intermédios  
   queratina  
   desmina  
   vimentina  
B)  DOMÍNIO  LATERAL  
2c)  adesão  
Junções  de  adesão  -­‐  interdigitações  
•  ↑  área  de  contacto  
B)  DOMÍNIO  LATERAL  
3)  comunicação  
Junções  comunicantes  –  junções  de  hiato  (gap  
junctions)  
•  permitem  comunicação  directa  entre  células  
adjacentes  
•  difusão  de  pequenas  (<  1200  Da)  moléculas:  iões,  aa,  
nucleótidos,  mensageiros  II,  metabolitos  
•  permitem  a  coordenação  da  actividade  celular    
•  formadas  por  6+6  subunidades  de  p  da  família  
conexinas  →  conexão  
Figure 20-29b Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
Figure 20-29a Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
C)  DOMÍNIO  BASAL  
Membrana  basal  –  Mb  ←  MO  
•  região  acelular,  rica  em  GAGs,  proteínas…  
•  composta  ←  ME:  
•  lamina  basal  (Lb)  ←  células  epiteliais  
•  lamina  lúcida  
•  lamina  densa  
•  lamina  reticular  (Lr)  ←  tecido  conjuntivo  
DOMÍNIO  BASAL  
Especializações  de  superfície  basal  
•  composição  da  Lb  determina  uma  variedade  de  
funções  
• adesão  estrutural  
• compartimentação  
• filtração  
• molde  tecidular  
• regulação  e  sinalização  
Especializações  de  superfície  basal  
Hemidesmossomas  
•  garantem    a  fixação  da  célula  epitelial  à  Lb  
•  integrinas  –  p  transmembranares  
•  placa  citoplasmática  em  continuidade  com  o  
citosqueleto  

Adesões  Focais  
•  continuidade  mecânica  entre  os  microfilamentos  do  
citosqueleto  e  as  p  da  MEC  
•  integrinas  
•  importantes  na  migração  celular  
•  presentes  tb  nos  fibroblastos  e  células  musculares  lisas  
Figure 20-28 Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
CLASSIFICAÇÃO  DOS  EPITÉLIOS  DE  REVESTIMENTO  
1)  em  função  do  nº  de  camadas  (n)  
• simples:  n=1  
• estratificados:  n>1  
2)  em  função  da  forma  das  células  
• pavimentosas  
• cúbicas  
• colunares  
3)  presença  de  especialização/diferenciação  apical  
• microvilosidades,  esteriocílios,  cílios  
• queratina  
Figure 20-18 Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
Epitélio  simples  pavimentoso  
•  células  laminares  organizadas  numa  única  camada  

Localização  
•  vasos  sanguíneos  e  linfáticos  -­‐  endotélio  
•  alvéolos  pulmonares,  cápsula  de  Bowman  
•  cavidades  serosas  –  mesotélio  
Função  
•  transporte  activo  por  pinocitose  -­‐  endotélio  e  mesotélio  
•  trocas  gasosas  –  alvéolos  pulmonares  
•  ↓  fricção  →  facilita  movimento  das  vísceras  –  mesotélio  
Endotélio:  epitélio  simples  pavimentoso  
Rim  –  cápsula  de  Bowman:  epitélio  simples  pavimentoso  (x640)  
Epitélio  simples  cúbico  
•  células  poligonais  organizadas  numa  única  camada  

Localização  
•  canais  de  muitas  glândulas  
•  tubos  colectores  do  rim  
•  epitélio  pigmentar  da  retina  
Função  
•  transporte  –  porção  excretora  das  glândulas  exócrinas  
•  absorção  e  transporte  de  água  e  iões  –  túbulos  renais  
•  secreção  
Tubo  colector  do  rim:  epitélio  simples  cúbico  
Epitélio  simples  colunar  
•  células  prismáticas/cilíndricas  organizadas  numa  única  
camada  

Localização  
•  revestimento  do  tracto  digestivo  
•  trompas  de  Falópio  
•  …  
Função  
•  absorção  –  enterócitos  
•  secreção  e  protecção  –  estômago  e  vesícula  biliar  
•  transporte  
Canal  papilar  do  rim  (Bellini):  epitélio  simples  colunar  
Epitélio  estratificado  pavimentoso  
•  nº  variável  de  camadas  celulares  
•  células  variam  de  cúbicas  a  pavimentosas  

Localização  
•  pele,  boca,  esófago,  colo  do  útero,  vagina,  córnea  
Função  
•  adaptado  para  resistir  à  abrasão  
Queratinizado  
•  protecção,  resistência,  desidratação  -­‐  pele  
Não  queratinizado  
•  protecção  
•  secreção-­‐  manutenção  de  superfícies  húmidas  
•   mucosas:  boca,  esófago,  vagina  
Amígdala:  epitélio  estratificado  pavimentoso  não-­‐queratinizado  
Pele  fina  escura:  epitélio  estratificado  pavimentoso  queratinizado  
Figure 20-33b Essential Cell Biology (© Garland Science 2010)
Classificação    -­‐  casos  especiais  

•  epitélios  pseudo-­‐estratificados  
•  epitélio  de  transição  
Epitélio  pseudo-­‐estratificado  colunar  
•  núcleos  a  ≠  alturas  ←  células  ≠    
•  todas  as  células  em  contacto  com  a  Lb  
•  nem  todas  as  células  alcançam  a  superfície  livre  

Localização  
•  epitélio  respiratório  
•  epidídimo,  canal  deferente,  uretra  masculina  
•  parte  da  cavidade  timpânica  
Função  
•  secreção    
•  absorção  
•  protecção  
•  transporte  
Traqueia:  epitélio  pseudo-­‐estratificado  colunar  cíliado  
Epitélio  de  transição  -­‐  urotélio  
•  forma  das  células  varia  com  o  estado  fisiológico  do  
órgão  
Localização  
•  praticamente  restrito  ao  tracto  urinário  de  
mamíferos  
• cálices  renais,  bexiga  e  ureteres  
Função  
•  protecção  –  resiste  à  toxicidade  da  urina  
•  distensibilidade  
Bexiga:  epitélio  de  transição  
Correlação  clínica:  
Pemphigus  vulgaris  
•  produção  de  auto-­‐Ac  para  as  caderinas  
desmossomais  
•  só  na  pele  e  mucosa  oral  
•  →  ruptura  entre  as  células  epiteliais  
•  →  libertação  de  fluídos  e  formação  de  bolhas  
•  →  pode  ser  fatal  
Pênfigo  vulgar  
www.histologia  
•  http://www.udel.edu/Biology/Wags/histopage/histopage.htm  
•  Tem  todos  os  tecidos  MO,  ultestrutura  (ME)  
•  http://www.kumc.edu/instruction/medicine/anatomy/histoweb/  
•  Jay  Doc  Histoweb:  tem  todos  os  tecidos  
•  http://multipolo.com.br/histologia/asdvidas.htm  
•  As  dúvidas  mais  frequentes  em  histologia  
•  http://curlygirl.no.sapo.pt/tecidosa.htm  
•  Tecidos  animais  
•  http://unitri.universo.edu.br/pesquisa/citoembri/citologia.pdf  
•  Atlas  de  microfotografias  electrónicas  
Bibliografia  
Os  slides  apresentados  na  aula  e  aqui  disponibilizados  NÃO  
DISPENSAM  a  consulta  da  bibliografia  recomendada:  

•  Gartner,  L.  P.  and  Hiatt,  J.  L.  Color  Textbook  of  Histology.  3rd  
ed.,  Saunders  Elsevier,  2007  
•  Kierszenbaum,  A.L.  Histology  and  Cell  Biology:  an  
introduction  to  Pathology.  2nd  ed.,  Mosby  Elsevier,  2007  
•  Ross,  M.H.  and  Pawlina,  W.  Histology:  a  text  and  atlas  with  
correlated  cell  and  molecular  biology.  5th  ed.,  Williams  
&Wilkins,  2005    

•   já  todos  disponíveis  na  versão  portuguesa  actualizada