Vous êtes sur la page 1sur 11

XII Festival de Arte Espírita - Ide e Pregai

Músicas Classificadas
FAE F C
(Bibiana Carla de Brito/ Luiz Gustavo R.Arruda) O mais sublime que se tem
GRUPO OFICINA DE ARTE Dm7 G
Por dentro!
Intro:C F C F C F Dm7 G (2x) C9 C/Bb
Palco, luz e cor
REFRÃO F/A G/B
C F C Respeito e muito amor
FAE - Festival de Arte Espírita C9 C/Bb
F C Crença e criação
De arte que preserva a vida F/A
Dm7 G Na tela, na letra
Que eleva e faz crescer G/B C
C F C No som e na canção
Isso é FAE - Festival de Arte Espírita
F C REFRÃO
De arte que preserva a vida
Dm7 G
A vida do mais simples ser IDE E PREGAI
(Bibiana Carla de Brito)
Am Em Am GRUPO OFICINA DE ARTE
E mostra que o cantar e o pintar
Em Cm Intro: (C F G)4x
O escrever e o declamar
Gm Bbm Fm C F G
A dança e a interpretação Ide e Pregai a Boa Nova
C C F G
São belos Com tua palavra, teu instrumento
F C C F G
Quando expressos com emoção Ide e pregai o Evangelho
F C Dm7 G C F G
Quando sentidos no coração Com tua arte, teu sentimento
Am Em Am
Que o palco e o artista se completam Dm G
Em Nos novos tempos é preciso
Se interagem Dm F
Cm Gm Resgatar o Cristianismo,
Construindo o espetáculo Dm G
Bbm Fm C A pura fé e a caridade
Emitindo a imagem do Belo F G
F C Jesus o Caminho, a Vida
A expressão do puro sentimento C
E a Verdade
SEJA UM BOM ESPÍRITA ARTE LUZ
(Bibiana Carla de Brito/ Sterleide Cassimiro)
GRUPO OFICINA DE ARTE (Fábio Amaral)
GRUPO OFICINA DE ARTE
D
Não basta ser espírita Intro: D D#º Em A4(9) A9 G D Bm Em A
G
De muita fé D G7M
D Arte é luz, arte é vida
É preciso mudar D G7M
G Expressão da Beleza
Renovar as ações D D/F# G E/G# A9
D Que envolve todos os seres
Viver no mundo F#m Bm
G Arte é inspiração,
Sem se contaminar F#m Bm E7 A
Em Criação, evolução na vida
Esforçar-se por vencer F#m Bm
A Cantar, tocar, pintar
As más inclinações. F#m Bm E7 A
Encenar, ser um artista de valor
D F#m Bm
Amai-vos e instrui-vos Que saiba manifestar
G F#m Bm E7 A
Ide e pregai A alegria, o sorriso e o amor
D D Bm7 G7M A
Sede todos perfeitos Para auxiliar
G D D#º Em A4 A
Como é vosso pai
D Para auxiliar SOLO : (D Bm G A)2x
Fora da Caridade
G D G/D D G/D
Não há salvação Arte é luz
Em D G/D A
O verdadeiro espírita Arte é vida
A D G/D D G/D
É o bom cristão. Arte é luz
D G/D A
D Arte é vida
Seja um bom espírita
G D SOLO : D Bm G A D Bm G A
Vista-se de luz
D
Mude sua vida
Em A
E vem viver com Jesus
2º-Cazé
1º-Perto de Mim
(José Henrique Faleiro)
GRUPO MENSAGEIROS
(Thiago Alves)
GRUPO DESPERTAR Intro: (Am D9)4x C9 G D

E B/D# D G
Toda manhã ao nascer do sol Há muito, muito tempo eu não me esqueço
C#m G#m C D
Eu vejo Teu olhar De um cara que vivia me contar
A9 B E A9 D G
Me convidar, me despertar para um novo dia Cazé fazia planos pro futuro
Em cada momento em que a dor vem me procurar C D C GD
Logo sinto Você me embalar e dizer: E não sabia quando ia começar
"Tudo passará!" D G
A B E C#m Desiludido com todos tropeços que a vida fornece
É maravilhoso Te perceber em cada ser C D
A B E E7 Cazé desistiu de lutar
É maravilhoso poder sorrir, sonhar, viver D G
A B Buscou conforto em seringas, fumaças e bebidas,
Pai estás dentro de mim C D C G D
E C#m A B Sexo desregrado sem pensar
Uma centelha do vosso amor pode abrasar a terra C G
E E7 Quando Cazé tentou ao menos respirar
Deixai-me beber na fonte fecunda, infinita C G
A B Já era tarde pra esta vida já não tinha mais lugar
Pai estás dentro de mim, (2x) D D11
E C#m A B7 E E7
Eu posso sentir a cada pulsar do meu coração a sua (REFRÃO)
mão Am D9
A B7 E C#m E tantos outros como Cazé se foram
A me guiar, e Sua voz falando baixinho pra mim: Am D9
A B7 A E Sem perceber que a vida não se encerra
"Meu filho, Estou aqui." C9 G Em A C G ( D G C D ) 2x
Não se encerra...

D G C D
E ao chegar, ao despertar, viu a necessidade de amar
C D C D C G D
Quero auxiliar, quero auxiliar... Poder recomeçar

REFRÃO

C D G C D G
Poder recomeçar, vamos recomeçar
3º-Vem Menino
( André Rezende Rosa)
GRUPO DESPERTAR

REFRÃO: 4º-Gota de Orvalho


D D5+ Bm G ( Eduardo Gomes Ribeiro)
Vem ver menino, um novo dia a despertar GRUPO ESPÍRITA MÃOS UNIDAS
D D5+ Bm G D G
Vem que o dia é brinquedo, e o sol já começa a raiar
C G Am
D D5+ D D5+ Te ofereço o perfume das rosas que me
Vai, pega seu lápis e desenha o mundo cercam
D G D G F G
Colore com a cor que mais gostar Rosas que são os sorrisos
D D5+ Bm G D G C Em Am
És criança, podes tudo, é o arco-íris que vai te guiar Dos meus pequeninos irmãos
C G
REFRÃO Que se alegram com as pequenas migalhas
C G
D D5+ Bm
Do seu coração
Vem menino, vem depressa,
G
O dia não demora a passar Sou apenas uma gota de orvalho querendo
(Bm G Bm G) amar
Molda tua argila, faz teu rolimã Mas juntos somos um oceano
Enfrentando ladeiras, subidas, Onde desliza o barquinho do Pai
Imaginando um novo amanhã Transportando os irmãozinhos feridos
Pra brincar, pra viver, pra sorrir, pra crescer Que têm fome de paz
Pois as estrelas no céu já estão a dizer: C G Am F
D D5+ Bm Cristo nosso mestre amigo se alegra em ti
"Sonha, dorme sem temer", C G7
G G "Quando fizerdes aos meus pequeninos
"Pois todo o firmamento vela por você, C G
G Bm G Fizerdes a mim" (Bis)
Novo dia já vai nascer"
G G
"Pois todo o firmamento vela por você,
G Bm
Novo dia já vai nascer"

REFRÃO
5º-IDE E PREGAI
(Rafael Domenciano)
GRUPO SOMA 4

6º-Sonho
(Parte falada: C, F, G)
(Eduardo Gomes Ribeiro)
Hoje vivemos em um mundo conturbado, cheio de
GRUPO ESPÍRITA MÃOS UNIDAS
diferenças sócias, raciais, morais e religiosas, onde o
orgulho, o egoísmo e a indiferença nos corações das
D
pessoas se mostram cultivados, para mais tarde
A noite cai, o sono vem
colherem o sofrimento, dor e solidão, através de
F#m
guerras, conflitos e desentendimentos. De que forma
Abraçando esse meu corpo tão cansado
encontraremos a paz?
Em
E digo em oração ao Mestre
(C, F, G)
A
C F G
Obrigado por esse dia que passou
Se a toda ofensa perdoar e a quem nos faz sofrer
C F G
Agora o corpo dorme sim
E a mente renovar para em paz poder viver
E minh'alma acordada vai
C F G
Aonde os meus pensamentos
Pare e veja ao seu redor, quem precisa de você
E sentimentos quiserem ir
C F G
Estenda a mão a um irmão, lhe dedique atenção
REFRÃO
C F G
O bem e o mal, o bem e o mal
Mas se alguém te faz chorar, não desista de servir
Que está dentro do meu coração
C F G
Pulsando, batendo ou gritando
E verás, ao semear, o seu coração sorrir.
E os pensamentos e sentimentos
REFRÃO
Nos permitem selecionar e libertar
C F
Ide e pregai
G C F G
Mostrai o seu valor a quem, às vezes, nada tem a lhe
oferecer.
C F
Ide e pregai
G Am C F G C
Levai ao seu irmão o esclarecimento e a consolação .
7º-Despertar 8º-E ASSIM SERÁ
Zílio –livro “Um Roqueiro no Além/ Lucílio Macedo) (Fulgêncio Rodrigues)
GRUPO MENSAGEIROS GRUPO SOMA 4

(D, G, A, G)
C D G D
Agora sinto-me feliz Tudo na vida acontece,
C D Em G
Estou vivendo novamente Algo assim tão diferente,
C D G A
Nas ilusões da vida Um dia mais bonito,
C D G G
Encontrei a morte E me sinto tão contente.
C D G D
Na realidade da morte Deixo o sonho me levar,
C D G G13 G
Descobri a vida Imaginando-me nos montes,
A
C E a bela imagem de Jesus
Esvaziem vossa bagagem, G
C Plasmando sobre a fonte.
Viajantes da eternidades
D C G D
Porque na ultima viagem E assim será... E assim será
D G G13 G
O destino é realidade Sigo a luz que rege a vida,
D
(REFRÃO) Sei que ela é verdadeira.
C D G E
Abandonem o barco da ilusão Sinto a paz em mim reinar,
C D G A
E desembarquem do trem da Quimera No instante em que mais queira.
C D Em G
Porque depois da grande confusão Sigo a luz que rege o mundo,
C D G D
Surgirá uma nova era Com a força que eu puder,
(Bis na última parte) E
Tendo Jesus fiel amigo,
A
(O refrão 2x na primeira parte) Minha paz, amor e fé.
(Toda música 2x) G D
E assim será... E assim será...
9º-NÃO PARE, NÃO PARE
(Antônio José Silva -Letra e Fábio Amaral - Música)
OS SEAREIROS

Intro: G C D G C D G 10º-Inspiração
(Júlio César M. de Moura)
G C D G JÚLIO CÉSAR MOURA
Não é tempo de desistir,
C D G Dm C
Nem é hora de descansar. Senhor, às vezes duvido da minha fé
C D G F G F
Pois se a vida é muito dura E meu coração pergunta onde foi parar tanta
C D G D coragem
Tu podes melhorar.
O pranto corre em meu rosto adormecido
REFRÃO: E uma tristeza invade a minha pequena alma
G O conhecimento é a chave que abre as portas
Não pare, não pare, Do seu coração que há tempos não via a luz do
C D G sol
Você é uma semente. Sente solidão quem não é solidário
Assim nos diz a história
Não pare, não pare, Que já é a nossa hora de ajudar
C D G
Não pare e siga em frente! C F
Senhor, eu te busco na inspiração pra esta
C D G canção
Na caravana de Jesus Cristo, C F
C D G Eu sei que o nosso amor está escrito nos versos
Não devemos descansar. da vida
CD G G C F
Se a lição é está, Canção e vida, harmonia e alegria
C D G D Tu és o doce e o sal, a terra e a água que eu
Vamos juntos semear. preciso
És o ser, a luz, a minha vida, minha existência
REFRÃO G C F
És o paradigma do homem pleno
C D G
Porque você é uma semente,

C D G C D G
Porque você é uma semente.
12º-Voa Sabiá
(Ismail Carvalho)
GRUPO MENESTRÉIS DO SERTÃO

Intro:(D A7 D A7)4x D

Refrão 2X
11º-Calango Apaixonado Bm Em
( Eduardo Gomes Ribeiro) Voa sabiá do galho da laranjeira
GRUPO ESPÍRITA MÃOS UNIDAS A A7 D
Que a pedra da baladeira vem voando pelo ar
G D
Na festa da barata apareceu um Calanguinho Interlúdio:(D A7 D A7)2x D
G
Dançando engraçado mexendo seu pescocinho Vamos andar por dentro da mata densa
G7 C Pra notar a diferença do campestre pro pomar
Vendo uma Barata amarela se apaixonou Presenciar a ave beliscar fruta
G D G beber água pela gruta, bater asas pra voar
Dizendo que gracinha vem dançar comigo amor Refrão 2x / Interlúdio
Vamos sentir a beleza do oásis
REFRÃO O vento trazendo frases das histórias do além-mar
D Pra desvendar misteriosos deveres
Mexe o pescoço, retorce o corpinho O Deus de todos os seres será nosso auxiliar
G Refrão 2x / Interlúdio
Um passo para frente, três pulinhos para trás Vamos beber o santo néctar das flores
G7 C Desencantar os amores que o tempo predestinar
Gira e bata palma e olhe para o lado Observar os espelhos cristalinos
G D G Onde mistérios divinos são difíceis de explicar
Abrace seu irmão como um calango apaixonado Refrão 2x / Interlúdio
Vamos viver um momento de esperança
D Sob a bem-aventurança que o Pai determinar
Mas no meio da festa aconteceu uma confusão Saborear o manjar que Deus envia
G Imbuídos de alegria que é melhor do que chorar
A Barata amarela era noiva do Zangão Refrão 2x / Interlúdio
G7 C Vamos dormir num ambiente seguro
Zangão zangado olhou pro calango apaixonado A desfrutar o ar puro que a natureza enviar
G D G E deslumbrar um tempo cheio de vida
E disse: "Essa Barata só dança aqui do meu lado." Talvez a melhor saída pra quem quer se libertar
Refrão 2x / Interlúdio
Vamos conter os impulsos arrogantes
E palavras fascinantes passar a pronunciar
Encaminhar todo mundo para o bem
Prejudicar a ninguém e nem se prejudicar
D7
É tão bom!
Am7/9 D7
Vou tocar, vou cantar
A#m7/9 D#7
O meu Brasil
Onde quer que eu vá Am7/9 D7 G7+/6 Dm7(6/9) G7+/6
(Rubens Holzmann / Flávio Fonseca) Dm7(6/9)
FLÁVIO FONSECA Onde quer que eu vá.

Intro:E7+ Bm7/4 E7+ Bm7/4 E7+ Bm7/4 E7+ B7(9/4)


B7/9E7+ Bm7/4 E7+ Bm7/4 E7+ Bm7/4 E7+ B7(9/4) Nova Madrugada
(Flávio Fonseca – Soneto de Auta de Souza)
E7+ Bm7/4 FLÁVIO FONSECA
Vou viajar
E7+ D#m7/5- G#7/5+
Voar sobre o mar Gm7 Bb/F Am7/5- D7
C#m7 D#7/9+ Alma cansada e triste, alma since....ra,
Eu vou passear Cm7 Am7/5- D7 Gm7 Am7/5-
Bbm7/11 A7/11+ G#7+ D7/9+
Levando meu coração Se a dor por noite em lá...grimas te alcança,
Bbm7 Cm7
Gm7 Bb/F Em7/5- A7/5+
E então vou amar
Acende em prece o lume da esperança,
C#7+ Dm7
Dm7 G7/5+ Cm7 Am7/5- F#° F7
Onde quer que eu vá
E7/9- A7+ D7/9 Onde o grilhão da mágoa te encarcera!
Vou levar minha voz
G#m7/11 C#7/9- F#m7 Bb7+ B° Cm7 C#°
Porque nós somos feitos de som Ante a sombra que assalta, esfera a esfera,
B7 Dm7 D#° Gm7 Dm7/5- G7/5+
É tão bom! Se surge a ofensa por sinistra lança,
F#m7/9 B7 Cm7 Am7/5- D7/9- Gm7 Bb/F
Vou tocar, vou cantar Na tormenta do mal que investe e avança,
Gm7/9 C7 C7/9 Cm7/9 F7/13 Bb7/9
O meu Brasil Perdoa, silencia, ajuda, espera!...
F#m7/9 B7 E7+
Onde quer que eu vá. Eb7+ E° Bb7+
Esquecida na cela da amargura,
Bm7/4 E7+ Bm7/4 E7+ Bm7/4 E7+ B7(9/4) G7/5+ G7 Cm7
B7/9E7+ Bm7/4 E7+ Bm7/4 E7+ Bm7/4 E7+ B7(9/4) Não te revoltes contra a senda escura.
F#° F7 Dm7/5- G7/5+ G7
G7+ Dm7/9
Ergue-te e ser..ve, embora tortura...da...
Vou viajar
Cm7 C#° Gm7/D Eb(add9)
G7+ F#m7/5-
Voar sobre o mar ||: Luta, chora, padece, mas confia,
B7/5+ Em7/9 F#7/9+ Cm7 F7/9 F7/9- Bm7/5- E7/9-
Eu vou passear Das trevas nasce a bên..ção de outro dia
C#m7/11 C7/11+ B7+ A7 D7/9 D7/9- Gm7 G7 G7/5+
Levando meu coração Nas promessas de nova madruga...da!... :||
C#m7 D#m7 Gm7 Gm7+ Gm Gm7+ Gm7 Gm6
E então vou amar Gmb6
E7+ Fm7 (2ª vez:) ...madrugada!...
Onde quer que eu vá
Quando o mar adormece
a brisa canta
(Jomaci Dantas Nóbrega)
GRUPO MENESTRÉIS DO SERTÃO Interlúdio

Intro:(D B7 Em A7)2x D Um coral invisível sempre ensaia


Um concreto de amor e inocência
D7 G E o mar bravo se acalma na regência
Quando a lua vagueia o céu indica Dos prelúdios sinfônicos para a praia
Gm D O luar de emoção desce e desmaia
Que irá seduzir o mar de Deus Como quem possui alma e também sente
B7 Em beija os lábios das ondas docilmente
Fica um gosto de sal nos lábios seus Como um raio de luz incandescente
A7 D Nesse encontro romântico e comovente
Mas o vento da noite adocica O mistério de Deus se abrilhanta
D7 G Quando o mar adormece a brisa canta
Salpicada de prata a praia fica E o luar beija a praia lentamente
Gm D
Parecendo menina adolescente Interlúdio
B7 Em
Ansiosa guardando o pretendente Quando o vento vasculha os oceanos
A7 D Tange as ondas pro colo das areias
Que a tem como deusa ou uma santa Vendo os rios sangrando as suas veias
B7 Em Num cenário estampado a muitos anos
Quando o mar adormece a brisa canta Os bailados da brisa são pianos
A7 D Dedilhados por Deus Oniscientes
E o luar beija a praia lentamente Desse bojo salgado e transparente
A sereia desperta e se levanta
Interlúdio: D B7 Em A7 D Quando o mar adormece a brisa canta
E o luar beija a praia lentamente
Nasce a lua do ventre das cascatas
As pequenas estrelas resplandecem
Os gemidos dos ventos só parecem
Realejo tocado em serenata
Um coral de sereias abstratas
Canta a música do mar suavemente
No país onde Deus é presidente
É a lua mais linda governada
Quando o mar adormece a brisa canta
E o luar beija a praia lentamente
Bola na Parede
FLÁVIO FONSECA

D6/9 B7/5+ Em7


Joga a bola na parede e a bola volta
G/D C#m7/5- A7 D6/9
Leva a vida na revolta e a vida chia
C#m7/5+ Bm7 D/A E/G#
Joga a bola para cima e ela vai ao piso
Gm6 A7 Eb7/9+ D6/9 A7/5+ D
Leva a vida no sorriso e vem ale.... gria
B7/5+ Em7
Voa sempre para o alto e ganha altitude
G/D C#m7/5- A7 D6/9
Lança a pedra no açude e a pedra afunda
C#m7/5+ Bm7 D/A E/G#
Passa o dedo na gilete e o dedo corta
Gm6 A7 Eb7/9+ D6/9 Eb/Db
Db7/9 Eb7/9 D6/9
Deixa aberta a comporta e a água inunda
A7 D6/9
Um abraço no amigo e a amizade aumenta
B7 Em7
Mas se for um xingamento o malquerer se acirra
G/D C#m7/5- F#7 Bm7
Quando o fósforo se acende a chama ilu...mina
D/A E/G# Gm6 A7 Eb7/9+ D6/9
Cai um corpo na piscina e a água es.....pirra
Tem um pensamento lindo e a beleza invade
Ama com sinceridade e o amor te pega
Abre os olhos, fica atento para ver o muro
Fica um tempo no escuro e a luz te cega
Bate à porta com respeito e a porta abre
Pede vinho ou vinagre e terás de graça
Busca mesmo com vontade e um dia acha
Não descuida, não relaxa, que o tempo passa
Põe um peso numa rede e a rede arria
Sintoniza e vigia pra ver se não erra
Toda ação traz reação de jeito tão perfeito
Dm7/5+ D6/9
Tudo é causa e efeito nessa nossa Terra.
B7/5+ Em7
Joga a bola na parede e a bola volta