Vous êtes sur la page 1sur 9

ESCOLA ESTADUAL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

8ªC – EDUCAÇÃO FÍSICA

GINÁSTICA LABORAL

CURITIBA

2010
INGRID FERNANDA DA SILVA

GINÁSTICA LABORAL

Trabalho elaborado pela aluna Ingrid


Fernanda da Silva sob a orientação do
profº Roberto como avaliação parcial
da disciplina de Educação Física da
Escola Estadual Nossa Senhora de
Fátima.

CURITIBA
2010
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO................................................................................................... - 5

2. DESENVOLVIMENTO....................................................................................... - 6

3. CONCLUSÃO.................................................................................................... - 9

4. REFERÊNCIAS.................................................................................................. - 10
1. INTRODUÇÃO

A Ginástica Laboral começou a ser compreendida como um grande

instrumento na melhoria da saúde física do trabalhador, reduzindo e prevenindo

problemas ocupacionais, através de exercícios específicos que são realizados no

próprio local de trabalho. A Ginástica Laboral não sobrecarrega nem cansa o

funcionário, porque é leve e de curta duração.


2. DESENVOLVIMENTO

Ginástica laboral é o conjunto de práticas de exercícios físicos realizados

no ambiente de trabalho (donde o qualificativo laboral), com a finalidade de colocar

previamente cada pessoa — e todos — da equipe ou grupo de trabalho bem

preparadas para o exercício do labor diário. Usualmente baseia-se em técnicas de

alongamento, distribuídas pelas várias partes do corpo, dos membros, passando

pelo tronco, à cabeça, sendo, de ordinário, orientada ou supervisionada por um

educador físico, fisioterapeuta ou por alguém (do grupo) por esse especialista

treinado.

Benefícios da ginástica laboral

Fisiológicos

• Provoca o aumento da circulação sangüínea em nível da estrutura muscular,

melhorando a oxigenação dos músculos e tendões e diminuindo o acúmulo

do ácido lático;

• Melhora a mobilidade e flexibilidade músculo articular;

• Diminui as inflamações e traumas;

• Melhora a postura;

• Diminui a tensão muscular desnecessária;

• Diminui o esforço na execução das tarefas diárias;

• Facilita a adaptação ao posto de trabalho;

• Melhora a condição do estado de saúde geral;

• Diminui o risco de acidentes no trabalho;

• Previne a LER e DORTs.

• Melhora a produtividade com menor desgaste físico;

• Redução da sensação de fadiga no final da jornada;

Psicológicos

• Favorece a mudança da rotina;

• Reforça a auto-estima;
• Mostra a preocupação da empresa com seus funcionários;

• Melhora a capacidade de concentração no trabalho.

Sociais

• Desperta o surgimento de novas lideranças;

• Favorece o contato pessoal;

• Promove a integração social;

• Favorece o sentido de grupo - se sentem parte de um todo;

• Melhora o relacionamento.

Quais são os benefícios oferecidos pela ginástica laboral?

A ginástica laboral pode reduzir a incidência de doenças ocupacionais e

lesões de esforços repetitivos, e desta forma diminuir o número de afastamentos dos

empregados na empresa. Além dos benefícios físicos, a prática voluntária da

ginástica laboral proporciona ganhos psicológicos, diminuição do estresse e

aumento no poder de concentração, motivação e moral dos trabalhadores, também

pode trazer benefícios econômicos diretos para as empresas ao diminuir o

afastamento e elevar a produtividade dos empregados.


As lesões mais freqüentes são:

• Na coluna cervical: síndrome da tensão cervical e síndrome do desfiladeiro

torácico;

• No ombro: tenossinovite do bíceps e tendinite do músculo supra-espinhoso;

• No cúbito (cotovelo): epicondilites;

• No punho: tenossinovite dos flexores do punho e dedos, tenossinovite dos

extensores do carpo e dedos, tendinite de Dequervain e síndrome do túnel do

carpo;

• Na mão: fascite palmar e miosite dos lumbricais.

• Outros problemas na coluna como: hipercifose torácica, hiperlordose,

escoliose, entre outros.

• Encurtamentos musculares.
3. CONCLUSÃO

Ginástica laboral é a realização de exercícios físicos no ambiente de

trabalho, durante o horário de expediente, para promover a saúde dos funcionários e

evitar lesões de esforços repetitivos e doenças ocupacionais.

Além de exercícios físicos, a ginástica laboral consiste em alongamentos,

relaxamento muscular e flexibilidade das articulações. Apesar da prática da ginástica

laboral ser coletiva, ela é moldada de acordo com a função exercida pelo

trabalhador.
4. REFERÊNCIAS

http://www.copacabanarunners.net/ginastica-laboral.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Gin%C3%A1stica_laboral
http://cyberdiet.terra.com.br/ginastica-laboral-3-1-2-191.html