Vous êtes sur la page 1sur 5

c 

http://solascriptura-tt.org/Seitas/Judaismo-SiteGomorra.htm

O Judaísmo tem origem remontada ao ano de 2000 a. C, aproximadamente. Os


nomes vinculados a sua fundação pelos judeus são Abraão e Moisés. Os cultos são
realizados nas sinagogas, ainda sendo estas utilizadas como espaços dedicados à
educação e aos assuntos coletivos. Em termos de organização clerical, há a divisão em
congregações, que escolhem individualmente seus rabinos. Os textos sagrados judaicos
são: a Bíblia dos hebreus, que inclui o Torá (o Pentateuco, os cinco primeiros livros
bíblicos: Gênesis, Êxodo, Números, Levítico e Deuteronômio), os Profetas e outros
livros; o Talmude, formado pelo conjunto de ensinamentos do Judaísmo, além de tratar-
se de um guia de leis religiosas e civis.

No judaísmo houve o surgimento de várias vertentes, como a Ortodoxa, a


Conservadora e a Reformista. A Conservadora, apesar de tomar como sagradas as
tradições judaicas, encerra uma ideologia que permite novas interpretações dos textos
sagrados. Os seguidores da vertente Reformista submetem as tradições judaicas à
reavaliações, de geração a geração.

Os judaicos acreditam que um Messias surgirá em busca da redenção da espécie


humana. A fé judaica concentra-se em um único Deus, que haveria criado o homem à
sua própria imagem e semelhança. Abraão, considerado o pai do povo judeu,
estabeleceu um pacto com Deus. Moisés é considerado pelos judeus como um profeta
superior a todos os demais, tratando-se ainda de um símbolo de libertação e
independência pátria.
m  

  
  m 

Ò  

È  
   
       
 È 
   
 

 
       Ò   
  
    
   !
  
  

  È  
          "#   

È #$%      % 
  
 
 &    !
   %
  '  
(

  
)   
 *  !
 
+ ,     
- È %+ 

  È 
(
       
 
,      È 
 


 

  ,,
  
     È    
   È 
     .    "       
 -/ 
 
  )    )        

     
   È   !&0 )
 -    1 $  2 1     
      
 
   ,  
 
 )
 

/,      
  
 
   ,/
,   
 
      ,    -
   
        .    
  
 
    È 
  3 +     ,    
/%  Ò
  4 5     Ò 
!6( 
  ) 
      
-
    


 
  
 $
'
 
  
 %  ) 
  
   
 
       
      
 
7   

  

  
È    ,      
    
 
  
      8  
   %)5     

    


      
  )5 
  8   
   )  

)  
-
       

  
$+  
  
    
 ) 
  , -

  
 
- . 

 
 
 
  ,  
 %8   .
 

  
 
 . 

   
         '      
 

  ) )

   9 
$      ,
  
      


      
     
 +    
  #  # /%,     :  Ò+ !
       :   +     
      
   
    ; 
   ' .   

<    Ò     , È =   #8 
  >

#   #  #

!
  
 :    
         . 

,     9 ?,    
2
-
/ ) / 
 
       
  
 
 


$+  
  
      ?,  
     #
% #
0("@A6"0   
 
#    # .
00"(A0("(A04

c  
 

http://www.oguru.com.br/religiao/index.php?var_id=18

No Judaísmo Reformista as orações são em geral feitas na língua vernácula e homens e


mulheres desempenham o mesmo papel no culto.

Na maior parte das nações ocidentais, como os Estados Unidos, o Reino Unido, Israel e
a África do Sul, muitos judeus secularizados deixaram há muito de participar nos
deveres religiosos. Muitos deles lembram-se de ter tido avôs religiosos, mas cresceram
em lares onde a educação e observância judaicas já não eram uma prioridade.
Desenvolveram sentimentos ambivalentes no que toca aos seus deveres religiosos. Por
um lado, tendem a agarrar-se às suas tradições por razões de identidade, mas por outro
lado, as influências da mentalidade ocidental, vida quotidiana e pressões sociais tendem
a afastá-los do judaísmo. Estudos recentes feitos em judeus americanos indicam que
muitas pessoas que se identificam como de herança judaica já não se identificam
enquanto membros da religião conhecida como judaísmo.

As várias seitas judaicas nos EUA e no Canadá encaram este fato como uma situação de
crise, e têm sérias preocupações com as crescentes taxas de casamentos mistos e
assimilação entre a comunidade judaica. Uma vez que os judeus americanos têm vindo a
casar mais tarde do que acontecia antigamente, têm vindo a ter menos filhos, e a taxa de
nascimentos entre os judeus americanos desceu de mais de 2.0 para 1.7 (a taxa de
substituição é de 2.1) (This is My Beloved, This is My Friend: A Rabbinic Letter on
Intimate relations, p.27, Elliot N. Dorff, The Assembleia rabínica|Rabbinical Assembly,
1996).

Nos últimos 50 anos todas as principais seitas judaicas têm assistido a um aumento de
popularidade, com um número crescente de jovens judeus a participar na educação
judaica, a aderir às sinagogas e a se tornarem (em graus diversos) mais observantes das
tradições. Existe um artigo separado sobre o movimento Baal teshuva, o movimento dos
judeus que regressam à observação do judaísmo.

m    
      
 

m        


  
  m

m  
  
 
 m    


m m        m   ! 

c " # #  


  $    

%  &    
   !' (
   
 #   
 ) * 
  +
    (
 
, 
+      * 

  - (    
'  . 
/ !0*
&   
  
  
  
 " #*
 %
         12

    ' 3   !0 
      
 
     %
  4  *    
 ! %   
  5  6  !
+    
  . 
 / !06 (

    
 !' 
         
 !'         .  4
 
  m5   7  
8 m
5 
35*
 -  ' 
   %    
 
    

m    
   8  


 

m    
      
 

m    
      
 

"
   

m        
  
  9m 


m  +  
   +  m

c
     :  ;<3  
% 
,      
 2
 
 
  
 "
 
,        Ò   *
   
 
 
  +
 %*  
 5   '  # %+
 
 !'  3
, 
 
 5   = 
  
  ) - '    >   
  
  ;
 
5 ) -  +

   7 ?
 $ 
 *  ' 

+ 
+  

3 * 
, '    
   
 
   
       m     
      @
+ > A  
 + !     ?   m  0   @5 %  

4m 

 
    4!' 
  + !     &  A  &   
) -:' # 

 
  Bm    C  ' m-  

,: - * 
 
,  
   
 -   
    Bm     
  m 

3 , $      + ' 
, '    5  
 
% 
  +
 %3  
 ! #5     
,   
'   + 0  
    ' 
, @  +
 %
   A*   '   m  °    @    A  
   +   
 m   + !' 


 ;    
  $  
 -+

 
   

 
 *  #    5   

      C  + ' 
    
   

3
  

  %  35 +  ,  '
' 

  +
     ' 
,    m 
 ( m 
 
 D   
  
 *'  
 

   

 *
 '     +  
, *     + ' 
 ' '  #  m
  

, @  m 
 '
'     
 

 * 5 
'  m 
  
   
 A  5E  *  
  m 
  
    
,*    
,    -    
 #+  + ' 
,(   
, '     
   $  

    5 *  F *   + 0  4
  
   +   @
, *
  +
 %     A
    
 ; 

 F  '   
 m
*  
  +
 
 
*/ 
 8  *5 

 

 


   F :   * 
% 
, # &   +  
    F '   m
    ?    

   +   > '   m


  F      4
   ,  

-
+   4!0
,  

 
*  - 
  3 
 #   
 :     '  m- Ë °  %    
   +  ? 
 4!'   m
# K *5  #