Vous êtes sur la page 1sur 6

A PESQUISA NO MEIO ACADÊMICO

ANA PAULA LANGA


JARAGUÁ DO SUL, MARÇO DE 2011
ANA PAULA LANGA

A PESQUISA NO MEIO ACADÊMICO

Trabalho apresentado ao professor Jaison


Vieira da Maia da disciplina de PRI I da
Turma de I módulo, turno vespertino
do curso de Ciências da Natureza com
Habilitação em Física.

2
IFSC – Jaraguá do Sul
Santa Catarina – 29 de março de 2011
INTRODUÇÃO

Uma pesquisa tem a importância de mesclar o conceito de aluno/aprendizagem, dentro de


um centro acadêmico. As Universidades contribuem para com o aluno/professor, quanto para
sociedade, seus conceitos através de estudos científicos e/ou metodologias entre outras formas
nas quais abordam a importância desse questionamento e busca que são próprios de uma
pesquisa.

3
A PESQUISA NO MEIO ACADÊMICO

Pesquisa, segundo (Michaelis, 2009, p. 670), dá se a uma busca, indagação e


investigação.
Toda pesquisa gera um aprendizado mais sólido, levando ao fato que o pesquisador, neste
caso aluno, precisa formar seu próprio ponto de vista, elaborando por si, próprios conceitos,
distinguindo partes de importância e absolutas da aprendizagem intelectual.
Em uma formação acadêmica, bem como ponto de partida para uma sociedade “ativa”
assim dizendo de modo a estender opiniões e questionamentos críticos, para gerar uma
discussão de que sintetize e embase um conjunto de idéias já estabelecidas mais que através
de mais pesquisa podem ser indagadas e conceituadas.
YACIARA (2010) complementa a idéia da importância da pesquisa para o meio
acadêmico; “A pesquisa no meio acadêmico é fundamental para o desenvolvimento
intelectual do universitário. É por meio da investigação cientifica que entramos em contanto
com os diferentes pontos de vista, novos conceitos e o atual estado da arte de uma área”.
No entanto, não somente um universitário que ganha no geral com as pesquisas
realizadas em torno de determinado assunto, tão mesmo o professor na troca de informações e
conclusões, contribuindo para um desenvolvimento acadêmico com melhor âmbito de
ensino/aprendizagem.
Nesse campo de desenvolvimento critico, a sociedade recebe uma grande ajuda na
realização de elaboração de pesquisa em torno dos problemas sociais e seus questionamentos.
Assim “(...) a Universidade desenvolve atividades especificas quais sejam, o ensino, a
pesquisa e a extensão.” (Severino, 2007); pode-se assim questionar que a base para uma
extensão até aonde ela pode ser contribuinte e estabelecida, é o ensino da relação
universidade/professor/aluno – com a pesquisa desenvolvida no decorrer do curso superior.

4
CONCLUSÃO

Enorme é a importância a busca pelo conhecimento direcionado ao universitário no


ambiente acadêmico, abrindo as portas para um ensino mais amplo e complexo, com
oportunidade de gerar e absorver conceitos e idéias. Estabelecer uma característica
marcante no meio acadêmico e quando o social.
A proposta de um trabalho em base a uma pesquisa avançada quanto a que uma
Universidade propõe e defende, gera uma imensa potencia de informações, entrando numa
nova fase de descobertas e a geração de novos conceitos por parte do universitário.

5
BIBLIOGRAFIA

MICHAELIS: Dicionário Prático da Língua Portuguesa. – 2 edição, São Paulo. Editora


Melhoramentos, 2009 – (Michaelis Prático).

DUARTE, Yaciara Mendes - Turbinando sua pesquisa. – em <:


http://blog.facsenac.com.br/?tag=pesquisa-academica >, acesso no dia 26 de março 2011.

SEVERINO, Antonio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. – 23º edição,


Editora Cortez, 2007.