Vous êtes sur la page 1sur 3

APRENDER E ENSINAR NA INTRODUÇÃO:

EDUCAÇÃO INFANTIL

ENCAMINHAMENTOS GERAIS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL


São encarregadas de cuidar das crianças pequenas, respeitando
etapas a partir do critério de idades.
Ainda, a diversidade de conceitos sobre essa etapa do
desenvolvimento humano, resulta uma grande dispersão na
organização pedagógica e filosófica da escola da infância.

CARACTERÍSTICAS GERAIS DA ETAPA

Escola da infância: vínculos


Trabalho – custódia de crianças enquanto a mãe trabalhava;
Saúde – aspectos essenciais de caráter assistencial;
Ensino – tratava de atender a escolarização obrigatória. Os aspectos metodológicos centram-se em atividades lúdicas que
desenvolvam vivências e experiências.
Como se dá este processo? Necessidade de profissionais com formação para atuar no trabalho
A idade que compreende a escolarização é o final dos seis com crianças.
anos; Acredita na importância da mediação para a formação de
A necessidade de lugares públicos para todos que conceitos na educação infantil e na importância do mediador,
solicitarem, embora seja de caráter facultativo; que educa e realiza essas interações, ampliando e
As capacidades básicas que as crianças precisam apresentando os conceitos já produzidos por esta sociedade ao
desenvolver se faz nesse processo; longo da história dos homens.
Dois ciclos: 0 a 3 anos / 4 a 6 anos;
A organização do trabalho se dá pelas áreas do
conhecimento, conforme RCNEI.
Qual o papel da mediação, ou seja, como atua o mediador
na formação do pensamento infantil?
PRINCIPAIS TRAÇOS CARACTERÍSTICOS DA ETAPA CARACTERÍSTICAS DO CURRÍCULO ATUAL
O fato da educação infantil não ser obrigatória libera
1 O CARÁTER NÃO-OBRIGATÓRIO também da obrigatoriedade de adotar o currículo oficial.
Contudo, é necessário que exista um currículo
orientador, um referencial curricular.
2 O EQUILIBRIO ENTRE A ETAPA COMO PRÓPRIA IDENTIDADE E A
RELAÇÃO NECESSÁRIA COM AS OUTRAS ETAPAS EDUCATIVAS Modelo curricular único para todas as etapas
educativas:
Modelo curricular aberto e flexível: Apresenta os
3 FUNÇÃO EDUCATIVA E FUNÇÃO SOCIAL SIMULTÂNEAS diferentes níveis de concretização do currículo, a saber:
3.1 DECISÕES AO NIVEL CURRICULAR 1º nível: PLANO CURRICULAR BÁSICO (RCNEI)
3.1.1 A análise sociocultural
2º nível: PROPOSTA CURRICULAR DO CENTRO (PCC)
3.1.2 A análise psicológica ou PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR (PPC)
3.1.3 A análise disciplinar 3º nível: PLANEJAMENTO DE ENSINO – PROFESSOR
3.1.4 A análise pedagógica (elementos: objetivos, conteúdos, metodologia,
recursos, estratégias de avaliação)

CURRICULO NA EDUCAÇÃO INFANTIL


CURRICULO NA EDUCAÇÃO INFANTIL O que se espera com o ensino?
O que é preciso ensinar? Objetivos: referem-se as capacidades as crianças
devem dominar ao concluírem a etapa. Sejam as
Conteúdos educativos: conceitos espontâneos e
capacidades: cognitivas e lingüísticas, motrizes,
conceitos científicos;
afetivas, físicas, sociais, etc.
Áreas curriculares – âmbitos de experiência:
De que forma ensinar?
A descoberta de si mesmo;
Aspectos metodológicos: os documentos legais
A descoberta do meio social e natural; trazem uma perspectiva construtivista.
A intercomunicação e as linguagens. Pontos a considerar:
Relação professor e crianças;
TRÊS TIPOS DE CONTEÚDOS:
A relação com a família;
CONCEITUAIS: fatos, conceitos e princípios. Conceituar situações e
ou objetos e, relacionando as coisas que vemos. O uso da narrativa em salas de crianças pequenas;

PROCEDIMENTAIS: estratégias (as crianças saibam fazer coisas) Materiais didáticos coerentes com as idades biológicas e sociais.

ATITUDINAIS: atitudes, valores, normas.(saiba responder com Experiências lnfantis lúdicas e interativas.
determinados critérios e comportamentos, diante das pessoas).
CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO INFANTIL AS ÁREAS CURRICULARES E OS
O que, como e quando é preciso avaliar: PRINCIPAIS BLOCOS DE CONTEÚDOS.
Avaliação diagnóstica;
Deve estar relacionado aos objetivos pré-definidos. A descoberta de si mesmo;
Quando avaliar: inicio, durante e no final do
processo de aprendizagem.
A descoberta do meio natural e social;
Como: observação e instrumentos de registro. Intercomunicação e linguagens;
Linguagem matemática
Linguagem musical e expressão
corporal;
Linguagem plástica;

OS CICLOS NA ETAPA DA EDUCAÇÃO INFANTIL


PRIMEIRO CICLO (0 A 3 ANOS)
A especificidade do primeiro ano de vida: as grandes
mudanças
Vínculos de afeição – afeto;
O papel estruturador da resolução das necessidades de
alimentação e limpeza: da dependência total à
autonomia progressiva.
A necessidade do movimento e do jogo.
A necessidade de uma estreita relação entre a família e
a escola.
SEGUNDO CICLO (4 A 5 ANOS)
Momento de transição entre os dois ciclos.
Alcance da autonomia nos hábitos pessoais (vestir,
comer, higiene pessoal).
A importância da comunicação com a família.