Vous êtes sur la page 1sur 9

COLÉGIO NOTRE DAME DE CAMPINAS

Sociedade dos Irmãos da Congregação de Santa Cruz

QUESTÕES SOBRE BRIÓFITAS


1) Muros úmido são cobertos por vegetais verdes de pequeno porte. Essas plantinhas são
a) gametófitos de briófitas.
b) gametófitos de pteridófitas.
c) esporófitos de briófitas.
d) esporófitos de pteridófitas.
e) esporófitos de gimnospermas.

2) Considere as seguintes características:

I - presença de tecidos de condução


II - nítida alternância de gerações
III - ocorrência de meiose espórica

Um musgo (briófita) e uma samambaia (pteridófita) apresentam em comum:

a) I e II
b) II e III
c) I e III
d) I, II e III
e) nenhum dos itens

3) Analisando o esquema a seguir que representa o ciclo vital de um musgo, podemos fazer todas as
afirmações, EXCETO:

a) as células a e b são gametas produzidos por mitose.


b) a geração 2N produz esporo (célula d) por meiose.
c) o esporo (célula d) germina por mitose e se diferencia originando a geração N.
d) a meiose é final ou gamética.
e) o vegetal apresenta metagênese ou alternância de gerações.

4) (Ufpel 2005)
As briófitas são plantas criptogâmicas avasculares que podem ser muito úteis para o homem. A
formação de "tapetes" de muitas espécies promove a absorção e retenção de água e uma diminuição
no impacto da gota da chuva. Várias espécies habitam as margens dos rios, absorvendo a água e
retendo partículas do solo em suspensão. Existem espécies que têm a capacidade de concentrar
metais pesados, como o mercúrio, outras, de reter poluentes do ar. No Japão, foi identificada uma
espécie que se desenvolve apenas em água poluída. Existem espécies de briófitas que servem ainda
de alimento para alguns mamíferos, pássaros e peixes, e que podem ser usadas para fins medicinais,
entre outras finalidades.
"Ciência Hoje", v.16, n.91, junho de 1993 [adapt.]

Com base nos textos e em seus conhecimentos, é correto afirmar que as Briófitas -

a) vegetais que são parasitas somente quando as raízes se fixam nos hospedeiros arbustivo-arbóreos
- são úteis como indicadores ecológicos da poluição, no controle da erosão e do assoreamento de
rios.
b) vegetais que, em seu ciclo reprodutivo, formam o esporófito (n), após a fecundação da oosfera
pelo anterozóide no gametófito (2n) - são prejudiciais ao ecossistema, uma vez que levam à
bioacumulação de metais pesados ao longo da cadeia alimentar.
c) vegetais que apresentam rizóides para fixação no substrato e conduzem a água e os sais minerais
através de vasos rudimentares - são úteis como indicadores ecológicos da poluição, sem ação,
entretanto, no controle da erosão do solo e do assoreamento de rios.
d) vegetais que, assim como as pteridófitas, apresentam estruturas produtoras de gametas bem
visíveis - são prejudiciais ao ecossistema, uma vez que levam a uma maior bioacumulação de
metais pesados quanto menor for o nível trófico na cadeia alimentar.
e) vegetais que não apresentam sistema vascular organizado em xilema e floema - são úteis como
indicadores ecológicos da poluição, no controle da erosão do solo e do assoreamento de rios.
5) (Uece 2007) As plantas, assim como todos os demais seres vivos, possuem ancestrais aquáticos e
desta forma sua história evolutiva encontra-se relacionada à ocupação progressiva do ambiente
terrestre. Para que isso pudesse acontecer algumas características foram selecionadas e dentre elas
podemos destacar:

I - Sistema vascular
II - Esporófito dominante
III - Filóides
IV - Esporófito não ramificado

São características próprias de pteridófitas e briófitas, respectivamente:

a) I e II; III e IV
b) I e III; II e IV
c) II e IV; I e III
d) III e IV; I e II

6) Se o gametófito de uma briófita como um musgo possui um número X de cromossomos, quantos


cromossomos possuirão as seguintes estruturas, respectivamente:

a) esporófito
b) esporo
c) protonema
d) rizóides

7) Observe a figura a seguir, que representa um musgo, e responda:

a) Qual o nome das estruturas apontadas pelas setas A e B, respectivamente?


b) Como a estrutura apontada pela seta A é capaz de dar origem a um novo musgo?

8) Analisando o esquema a seguir que representa o ciclo vital de um musgo, podemos fazer todas as
afirmações, EXCETO:

a) as células a e b são gametas produzidos por mitose.


b) a geração 2N produz esporo (célula d) por meiose.
c) o esporo (célula d) germina por mitose e se diferencia originando a geração N.
d) a meiose é final ou gamética.
e) o vegetal apresenta metagênese ou alternância de gerações.

9) Analisando a figura a seguir que representa um musgo pode-se afirmar que


a) a seta A aponta o gametófito.
b) a seta B aponta o esporófito.
c) as setas A e B representam, respectivamente o gametófito e o esporófito.
d) as setas A e B representam, respectivamente o esporófito e o gametófito.
e) as setas A e B representam diferentes partes do gametófito.

10) Se o gametófito de uma briófita como um musgo possui um número X de cromossomos, então
encontraremos 2X cromossomos nos:

a) esporófitos.
b) esporos.
c) protonemas.
d) rizóides.
e) filóides.

11) (Unesp 2006) Um estudante recebeu nove cartões, cada um apresentando uma característica ou
o nome de uma estrutura presente em diferentes grupos de plantas (fig. 1).

Sua tarefa era formar dois grupos de três cartões, de modo que no grupo I fossem incluídos
apenas cartões com características ou estruturas encontradas em briófitas e, no grupo II, apenas
cartões com características ou estruturas encontradas em angiospermas.
Assinale a alternativa que, no quadro (fig. 2), apresenta possibilidades de formar corretamente
os grupos I e II.

12) (CFTMG 2005) Associe os grupos de plantas às suas respectivas características

GRUPO DE PLANTAS
1 - Angiospermas
2 - Briófitas
3 - Gimnospermas
4 - Pteridófitas

CARACTERÍSTICAS
( ) endosperma haplóide
( ) endosperma triplóide
( ) avasculares
( ) primeiros vegetais vasculares
( ) assifonógama vascular

A seqüência correta é:
a) 1 - 2 - 3 - 4 - 2
b) 2 - 3 - 1 - 4 - 1
c) 3 - 1 - 2 - 4 - 4
d) 4 - 2 - 3 - 3 - 1

13) No ciclo vital das briófitas, como os musgos e as hepáticas, são consideradas as seguintes
etapas:

I - produção de esporos;
II - fecundação;
III - produção de gametas;
IV - esporófito;
V - protonema.

A seqüência correta em que essas etapas ocorrem é

a) II, V, IV, I e III.


b) II, III, I, IV e V.
c) III, II, IV, I e V.
d) V, III, IV, I e II.
e) III, IV, I, II e V.

14) Nos musgos, uma divisão meiótica originará

a) anterozóides.
b) esporos.
c) oosferas.
d) óvulos.
e) zigotos.
15) Devido a certas particularidades de seu ciclo vital, as briófitas como os musgos, e as
pteridófitas, como as samambaias devem ser mais abundantes

a) no cerrado.
b) no pantanal.
c) na mata Atlântica.
d) na Amazônia.
e) nos manguezais.

Bom estudo!

QUESTÕES SOBRE PTERIDÓFITAS


1) Vegetais terrestres de médio porte, vasculares que não produzem flores ou sementes e vivem na
dependência de sombra e umidade podem ser

a) grama
b) musgos
c) hepáticas
d) samambaias
e) cianofíceas

2) Em Pteridófitas como as samambaias e avencas que se reproduzem através de uma alternância de


gerações, a geração verde, duradoura e assexuada é o(a)

a) protalo
b) protonema
c) esporófito
d) gametófito
e) anterozóide

3) Analisando o esquema a seguir que representa o ciclo vital de uma samambaia, podemos fazer
todas as afirmações, EXCETO:

a) as células a e b são gametas produzidos por mitose (I).


b) a geração 2N produz esporo (célula d) por meiose (III).
c) o esporo (célula d) germina por mitose (IV) e se diferencia originando a geração N.
d) a meiose é final ou gamética (III).
e) os vegetais apresentam metagênese ou alternância de gerações.

4) No ciclo vital das pteridófitas, como as samambaias e avencas, são consideradas as seguintes
etapas:
I - produção de esporos;
II - fecundação;
III - produção de gametas;
IV - esporófito;
V - protalo.

A seqüência correta em que essas etapas ocorrem é

a) II, V, IV, I e III.


b) II, III, I, IV e V.
c) III, II, IV, I e V.
d) V, III, IV, I e II.

5) Nas samambaias pode haver maior variabilidade genética nos

a) esporos.
b) esporófitos.
c) gametófitos.
d) gametas.
e) protalos.

6) Uma planta que não produz sementes e em cujo ciclo de vida a fase esporófito é mais
desenvolvida pode ser

a) um musgo.
b) uma samambaia.
c) um pinheiro.
d) um coqueiro.
e) uma mangueira.

7) Na geração alternante de pteridófita representado no esquema a seguir

A samambaia que enfeita nossas casas é o

a) esporófito haplóide.
b) gametófito diplóide.
c) esporófito diplóide.
d) gametófito haplóide.
e) esporófito triplóide.

8) As estruturas arredondadas ou alongadas que aparecem na parte inferior das folhas das
samambaias na época da reprodução são

a) gametângios.
b) esporos
c) gametas
d) esporângios
e) arquegônios.

9) Havendo condições adequadas, a propagação de uma samambaia depende

a) do transporte de esporos pelos pássaros.


b) dispersão de grãos-de-pólen pelo vento.
c) dispersão de esporos por morcegos.
d) fusão de gametas na água
e) saída dos esporos dos esporângios.

10) A conquista do ambiente terrestre no reino vegetal foi possibilitada pelo aparecimento de

a) fase gametofítica predominante em relação à esporofítica.


b) fase esporofítica predominante em relação à gametofítica.
c) sistema de condução de seivas diferenciado.
d) cutícula com várias camadas de células.
e) estômatos abundantes sempre abertos.

11) Nas pteridófitas existem até exemplares de grande porte, como as samambaiaçus. Cite a
principal característica desse grupo vegetal que permitiu a boa adaptação ao meio terrestre.

12) Analise o esquema a seguir que representa o ciclo vital de uma samambaia isosporada e
responda aos seguintes itens:

a) Qual das duas gerações corresponde ao vegetal duradouro que enfeita nossas casas?
b) Como é denominado o tipo de reprodução apresentado no esquema?
c) Quais são os mecanismos de divisão celular envolvidos nas etapas numeradas por I e III,
respectivamente?
d) Qual o nome das estruturas celulares indicadas pelas letras c e d, respectivamente?

13) As samambaias possuem caule subterrâneo denominado:

a) tubérculo.
b) tuberoso.
c) adventício.
d) rizoma.
e) rizóide.

14) No ciclo vital de uma samambaia a produção dos gametas masculino (anterozóide) e feminino
(oosfera) dá-se por

a) mitose e ocorre, respectivamente, em estruturas denominadas anterídio e arquegônio.


b) mitose e ocorre, respectivamente, em estruturas denominadas arquegônio e anterídio.
c) meiose ou mitose e ocorre, respectivamente, em estruturas denominadas arquegônio e anterídio.
d) meiose e ocorre, respectivamente, em estruturas denominadas anterídio e arquegônio.
e) meiose ou mitose e ocorre, respectivamente, em estruturas denominadas anterídio e arquegônio.
15) As plantas, assim como todos os demais seres vivos, possuem ancestrais aquáticos e desta
forma sua história evolutiva encontra-se relacionada à ocupação progressiva do ambiente terrestre.
Para que isso pudesse acontecer algumas características foram selecionadas e dentre elas podemos
destacar:

I - Sistema vascular
II - Esporófito dominante
III - Filóides
IV - Esporófito não ramificado

16) São características próprias de pteridófitas e briófitas, respectivamente:

a) I e II; III e IV
b) I e III; II e IV
c) II e IV; I e III
d) III e IV; I e II

17) O reino Plantae é representado por mais de 300 mil espécies de vegetais. Entre eles estão as
pteridófitas, importantes representantes do processo evolutivo vegetal. A respeito dessas plantas,
assinale o que for correto.

(01) As pteridófitas deram um grande passo na conquista do meio terrestre, pois foram os primeiros
vegetais vasculares, capazes, portanto, de transportar facilmente a água das raízes para seus órgãos
aéreos, o caule e as folhas.
(02) As pteridófitas são chamadas traqueófitas, porque seu tecido condutor é representado pelas
traquéias ou vasos lenhosos (xilema), que transportam água e sais absorvidos pelas raízes e pelos
vasos liberianos (floema), os quais, por sua vez, transportam uma solução orgânica com os produtos
da fotossíntese.
(04) Uma importante especialização dos vasos lenhosos das pteridófitas é a impregnação de suas
paredes por uma substância de grande resistência, a lignina, que proporciona a sustentação
mecânica do caule e das nervuras das folhas.
(08) As folhas das pteridófitas em geral têm função dupla: fotossíntese e reprodução. Na parte
inferior dos folíolos estão os esporófitos, responsáveis pela sua disseminação.
(16) O mais importante grupo de pteridófitas é o das filicíneas, conhecidas popularmente como
samambaias.

Bom estudo!

Centres d'intérêt liés