Vous êtes sur la page 1sur 7

FUNÇÃO CONSTANTE

Chamamos de função constante a qualquer função de IR em IR definida por


f(x) = c, onde c é um número real.

O gráfico de uma função constante f(x) = c, é uma reta paralela ao eixo x


passando pelo ponto ( 0, c ) :

y P(0, c)

f ( x) = c

x Im = c
−4 −3 −2 −1 1 2 3 4
f :IR→ IR definida por f(x)=c, c∈R

FUNÇÃO IDENTIDADE

Chamamos de função identidade à função de IR em IR definida por f(x) = x.


x y y
-2 -2
-1 -1
0 0 x
1 1
2 2
f: IR → IR definida por f(x) =x

FUNÇÃO DO 1º GRAU

Chamamos de função do 1º grau ou afim a qualquer função IR em IR definida


por f(x) = ax +b, onde a e b são números reais e a é não nulo.

Definição: f : IR → IR definida por f(x) = ax + b, a ∈ IR * e b ∈ IR

OBS:
a-) O gráfico da função do 1º grau é uma reta.
b-) O conjunto imagem da função do 1º grau é IR
c-) A função do 1º grau com b= 0 , ou seja, f(x)= ax é chamada
linear.
EXEMPLO: Construa o gráfico e dê o conjunto imagem das seguintes funções
de IR em IR :
y

i) f(x) = x + 2 3
x f(x) = x + 2
0 2 2 Im = IR
1 3
1

x
1
y
5
ii) f(x) = 5 x
x f(x) = 5x
0 0
1 5

x
Im = IR
1

Observe que a função f(x) = 5x, é uma função linear, e é uma reta que passa
pela origem ( 0, 0 ), pois para x = o temos y = 0, para construirmos o gráfico
basta obter apenas mais um ponto.

RAIZ OU ZERO DA FUNÇÃO DO 1º GRAU

Dada a função do 1º grau y = ax +b, chama-se raiz ou zero da função, o valor


de x para o qual ax + b = 0 , ou seja, o valor de x que anula a função. Então,
para determinarmos a raiz ou o zero da função, fazemos y = 0 e resolvemos a
equação.

EXEMPLO : Determine a raiz das seguintes equações :


i-) ii-)
y = 3x − 6 y = −8 x
3x − 6 = 0 − 8x = 0
3x = 6 8x = 0
6 0
x= x=
3 8
x=2 x=0

Observe que em y = 3x – 6 , y = 0 e x = 2 , calculado anteriormente, o ponto (


2, 0 ) é a intersecção da reta com o eixo x.

2
EXERCÍCIOS
1) Um vendedor recebe mensalmente um salário composto de duas partes: uma
parte fixa, no valor de R$ 300,00, e uma parte variável, que corresponde a
uma comissão de 8% do total de vendas que ele fez durante o mês.
a) Expressar a função que representa seu salário mensal. R. f(x) = 0,08x +
300
b) Calcular o salário do vendedor sabendo que durante um mês ele vendeu
R$ 10.000,00 em produtos. R. R$ 1.100,00

2) Dada a função f(x) = ax + 2, determine o valor de a para que se tenha f(4) =


22. R. a = 5

3) Construir o gráfico das seguintes funções para x = 0 e x = 1 e ache suas


raízes:
• f(x) = 3x + 4
1
• f(x) = x+6
3
• f(x) = -4x + 8

4) A empresa “KCK” comprou um equipamento por R$ 30.000,00 e o mesmo


apresenta uma expectativa de se valorizar à razão constante de R$ 2.000,00
por ano. Determine a equação que representa o valor previsto do bem. R. f(x)
= 2000x + 30000

5) Conforme a equação representada no exercício anterior, qual será o valor do


bem daqui a 2 anos? R. R$= 34.000,00

6) A venda de certos produtos fabricados pela empresa “KCK” é representada


lei: p = -x2 + 34, onde x representa a quantidade em milhões de demanda e p
o preço por unidade em reais. Determine a quantidade de demanda quando o
preço for R$ 9,00. R. X = 5.000.000 unidades

7) Sabendo-se que a função que representa a oferta do produto fabricado pela


“KCK” é qo = 80p + 720. Para uma oferta igual a 1280 unidades, qual será o
preço? R. R$ 7,00

8) Um vendedor de livros ganha salário mínimo fixo mensal, mais uma comissão
de R$ 2,00 por livro vendido. Sendo x o número de livros vendidos por mês,
expresse o salário(S) do vendedor como função de x. R. S(x) = R$ 2,00x +
300

9) Baseado no exercício anterior, se o vendedor vender 210 livros em um


determinado mês, quanto será seu salário? R. R$ 720,00

10) Suponha que a função C(x)=20x+40 represente o custo total de produção de


um determinado artigo, onde C é o custo (em reais) e x é o número de
unidades produzidas. Determinar:
• O custo de fabricação de 5 unidades desse produto.
• Quantas unidades devem ser produzidas para que o custo total seja
R$12.000,00.
• Os valores de x para os quais o problema tem interpretação prática.
• O gráfico dessa função (destacar onde o problema tem interpretação prática).

3
11) Uma escola cobra de seus alunos uma matrícula de R$80,00 e mais
mensalidade de R$50,00.
• Determine a função que representa o gasto de um aluno em relação aos
meses de aula.
• Quanto gastou um aluno nos seis primeiros meses de aula?
• O gráfico dessa função admitindo que o curso seja de 12 meses.

12) Um móvel em movimento retilíneo uniforme obedece a e = 5t + 15, onde e é o


espaço percorrido pelo móvel (em metros) e t é o tempo gasto em percorrê-lo
(em segundos). Determine:
• As posições do móvel nos instantes: t=0s; t=10s
• O instante em que o móvel se encontra a 35 metros da origem.
• O gráfico dessa função.

FUNÇÃO QUADRÁTICA

Chamamos de função quadrática, qualquer função de IR em IR definida por


f(x) = ax2 + bx + c, onde a ∈ IR* , b ∈ IR e c ∈ IR.

EXEMPLOS : a-) f(x) = 5x2 + 3x – 2 a=5 b=3 c = -2


b-) f(x) = x2 + 2x – 3 a=1 b=2 c = -3
c-) f(x) = -x2 + 4x a = -1 b=4 c=0

Observe que o coeficiente de a, nunca será zero, pois se isto ocorrer não
teremos mais uma função do 2º grau, e sim uma função do 1º grau.

GRÁFICO DA FUNÇÃO QUADRÁTICA

O gráfico da função quadrática é uma parábola.

EXEMPLOS :

i-) Esboce o gráfico da função f(x) = x2 + 2x – 3


2
y
x f(x) = x + 2x - 3 y
2 5
-3 f(-3) = (-3) + 2 (-3) -3 0
2
-2 f(-2) = (-2) + 2 (-2) -3 -3
2
-1 f(-1) = -(1) + 2 (-1) -3 -4
2
0 f(0) = 0 + 2 . 0 - 3 -3
2
1 f(1) = 1 + 2 . 1 - 3 0
2
2 f(2) = 2 + 2 . 2 -3 5 x
−3 −2 −1 0 1 2

−3
−4

4
ii-) Esboce o gráfico da função f(x) = -x2 + 4x – 3 .
y
2
x f(x)= -x + 4x - 3 y
-1
2
f(-1)= -(-1) + 4(-1) -3 -8 1 x
2
0 f(0)= -0 + 4 . 0 -3 -3 −1 5
2
1 2 3 4
1 f(1)= -1 + 4 . 1 -3 0
2
2 f(2)= -2 + 4 . 2 - 3 1 −3
2
3 f(3)= -3 + 4 .3 -3 0
2
4 f(4) = -4 + 4 . 4 -3 -3
2
5 f(5)= -5 + 4 . 5 -3 -8

−8

CONCAVIDADE DA PARÁBOLA
¾ a > 0 ⇒ concavidade da parábola voltada para cima
¾ a < 0 ⇒ concavidade da parábola voltada para baixo

RAÍZES OU ZEROS DA FUNÇÃO QUADRÁTICA

Raízes ou zeros da função quadrática f(x) = ax2 + bx + c são os valores de x


para os quais a função se anula (y = 0)

Determinamos as raízes da função quadrática resolvendo a equação: ax2 + bx


+ c = 0, o que pode ser feito aplicando a fórmula resolutiva:

−b± ∆
x= onde: ∆ = b − 4ac
2

2a

INTERPRETAÇÃO GEOMÉTRICA DAS RAÍZES

¾ Se ∆ > 0 → a função tem dois zeros reais desiguais ( x’ e x” ).


¾ Se ∆ = 0 → a função tem um zero real duplo ( x’= x” ).
¾ Se ∆ < 0 → a função não tem zero real.

∆>0 y
y

x x
x1 x2 x1 x2

∆=0 y y

x1 = x2 x x
x1 = x2

5
y
∆<0
y

x x

VÉRTICE DA PARÁBOLA

As coordenadas do vértice são adquiridas através das fórmulas:


b ∆
xv = − e yv = −
2a 4a

IMAGEM DA FUNÇÃO QUADRÁTICA

Observando os gráficos que representam a função quadrática f(x) = ax2 + bx +c

a>0
y Se a > 0, a função assume um valor de

mínimo: yv = − .
4a
Assim o conjunto imagem da função
xv x quadrática será:

Im = { y ∈IR | y≥− }
yv 4a

a<0 Se a < 0, a função assume um valor de


y ∆
máximo: yv = − .
4a
yv Assim o conjunto imagem da função
quadrática será:
x ∆
Im = { y ∈IR | y≤− }
xv 4a

6
EXERCÍCIOS

1) Calcule as coordenadas do vértice das parábolas que representam as seguintes funções:


a) f(x) = x2 – 6x + 5
b) f(x) = -x2 + 2x –2

2) Escreva se a função admite um máximo ou um mínimo e determine esse máximo ou esse mínimo:
a) f(x) = 5x2 – 3x –2
b) f(x) = -x2 +2x –2

3) Determine o conjunto imagem das seguintes funções:


a) f(x) = 2x2 – 3x – 2
b) f(x) = -x2 + 5x + 6

4) Dada a função f(x) = x2 – 2x –3 , determine:


i. As raízes da função
ii. Vértice da parábola
iii. Identifique se a função assume ponto de máximo ou mínimo
iv. O conjunto imagem da função
v. O gráfico da função

5) Dentre os números -2, 0, 1, 4, quais deles são raízes da equação x2-2x-8= 0?

4) O número -3 é a raíz da equação x2 - 7x - 2c = 0. Nessas condições, determine o valor do coeficiente


c:

5) Se você multiplicar um número real x por ele mesmo e do resultado subtrair 14, você vai obter o
quíntuplo do número x. Qual é esse número? Resposta 7 ou -2