Vous êtes sur la page 1sur 2

Quem vigia o ARP?

Charly Kühnast
COLUNA

É comum a política corporativa de proibir a conexão de hardware não-autorizado à rede da


empresa, inclusive com pesadas penas em caso de descumprimento. Concordando ou não com
isso, como se descobre que alguém está tentando ligar um laptop ilegal à sua Ethernet?

M
inha escolha para um fiel cão de guarda é o Arpa- uma impressora e um roteador WLAN. Esses dados
lert [1]. Seu criador Thierry Fournier recomenda foram gravados no arquivo /usr/local/var/lib/ar-
o seguinte encanto para soltar a fera na selva: palert/arpalert.leases sob o formato MAC IP.
Como se tratava de uma rede pequena, eu tinha
./configure --prefix=/usr/local bastante certeza de que o Arpalert descobrira todos
make os endereços relevantes após um curto período. Saí
make install
do programa e depois copiei o arquivo de endereços,
arpalert.leases, para /usr/local/etc/arpalert/maclist.
Essa série de comandos instala o programa em /usr/ allow, antes de reiniciar o programa. A partir de ago-
local/sbin, e o arquivo de
configuração arpalert.conf em ra, o Arpalert mostrará uma mensagem no console,
/usr/local/etc/arpalert. ou criará uma entrada nos registros, sempre que de-
tetar um endereço que não esteja especificado em

As coisas começaram maclist.allow.


Para testar isso, liguei outra máquina, e rapidamente
a acontecer bastante fui alertado da presença do “invasor” da rede. O ende-
reço IP é 0.0.0.0 porque, nesse ponto, o computador
rápido: meu cão de não foi servido pelo daemon DHCP. Eu poderia usar
a opção -e para fazer com que o Arpalert executasse
guarda detectou os um script, que por sua vez me enviaria um email ou
até mesmo faria diretamente alterações mais drásticas,
endereços MAC das como modificar minhas regras de filtro de pacotes.

quatro máquinas
numa rápida sucessão. OConclusões
Arpalert se saiu muito bem em minha pequena
rede, e estou convencido de que será útil àqueles que
precisarem monitorar redes pequenas de alta seguran-
Em meus experimentos iniciais, decidi usar uma rede ça, como as LANs sem fio com, no máximo, poucas
que me permitisse grande visibilidade, e então usei minha dezenas de máquinas. Em um ambiente de maiores
rede doméstica. Estou no fim de semana, minha esposa foi dimensões, o programa necessitaria de muita atenção
à biblioteca local, então minha rede não deve passar de manual, isso é, se funcionasse – pois tanto a segmen-
quatro ou cinco máquinas. Iniciei o Arpalert assim: tação quanto a construção de VLANs provavelmente
enganariam o Arpalert. ■
/usr/local/sbin/arpalert

Depois, esperei para ver o que aconteceria. A ferramen-


ta rapidamente deduziu que eu queria usar a eth0; bem
adivinhado, já que é a única interface de rede da máquina. Mais Informações
Se você tiver mais de um adaptador de rede, talvez prefira
[1] Arpalert: http://www.arpalert.org
ajudar o programa especificando a opção -i, que aponta
para a interface correta.
Num primeiro momento, deixei de fora o parâmetro O autor
que usa o modo daemon, -d – no entanto, ele é neces-
sário para se monitorar na tela o que o Arpalert está Charly Kühnast é administrador de sis-
fazendo. As coisas começaram a acontecer bastante temas Unix no datacenter Moers, per-
to do famoso rio Reno, na Alemanha. Lá
rápido: meu cão de guarda detectou os endereços MAC
ele cuida, principalmente, dos firewalls.
das quatro máquinas numa rápida sucessão, incluindo

12 http://www.linuxmagazine.com.br
Transforme o poder do MultiCore em aplicativos de
alto-desempenho. Tenha seus aplicativos preparados
para o processamento paralelo e escalável.
Faça certo na primeira vez:

Intel® Threading Analysis Tools


Localiza os problemas de threadings latentes com visualização em tempo real.

Compiladores Intel C++ e Fortran


Aumenta o desempenho sem mudar o ambiente de desenvolvimento

Analisadores de Desempenho Intel VTune™


Identifica de forma bastante rápida gargalos de desempenho nos aplicativos

Intel Integrated Performance Primitives


Acesse bibliotecas de rotinas multimídia otimizadas para múltiplas plataformas

Intel Math Kernel Library


Aumenta o desempenho de aplicativos através do uso de rotinas otimizadas
como BLAS, FFT, LAPACK, incluindo suporte a MPI

“As ferramentas de threading da Intel tem acelerado


nosso ciclo de desenvolvimento imensamente”.
Dana Batalli
Diretora de Desenvolvimento do RenderMan
Pixar

Itautec
0800 121444
www.itautec.com.br/intel
Katalogo
0800 7729897
www.katalogo.com.br/intel
MStech
(11) 5080-3838
www.mstech.com.br/intel
Strattus
(11) 3531-6550
www.strattus.com.br/intel
Tech Digital
(11) 5181-1852
www.techdigital.com.br/intel

© 2006 Intel Corporation, Intel, the Intel logo, Pentium, Itanium, Intel Xeon and VTune are trademarks or registered trademarks of Intel Corporation or its subsidiaries in the United States
and other countries. *Other names and brands maybe claimed as the property of others.