Vous êtes sur la page 1sur 4

FNT

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES


WebQuest para a disciplina: Redes Locais (Infra-Estrutura e Tecnologias)
Curso de Pós-Graduação - Redes de Computadores e Telecomunicações
Unidade FNT / Taguatinga
Elaborado por: Prof. Roberto de Oliveira Brito
E-mail: roliveira@facnet.com.br / helmsman@ig.com.br

INTRODUÇÃO | TAREFAS | PROCESSO | REFERÊNCIAS | |AVALIAÇÃO | CONCLUSÃO |CRÉDITOS

INTRODUÇÃO

Diversas são as redes que utilizam o modelo OSI (Open Systems Interconnection) da ISO
(International Organization for Standardization). A mais utilizada e popularmente conhecida é a padrão
IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers) 802.3 e variantes. Popularmente conhecida
como Ethernet. A sua simplicidade vem definindo o conceito de redes locais, e minimizando a
concorrência de outros padrões.
A desmistificação da Ethernet trouxe a popularização dos conceitos de redes locais. São as LAN (Local
Area Network) que se interligam para formar as MAN (Metropolitan Area Network), redes
metropolitanas, que interligadas dão origem às WAN (Wide Area Network), cujo conceito se mistura ao
da Internet.
A definição física do ente denominado “rede de computador” e o domínio deste conceito se faz cada vez
mais necessária. Profissionais que entendem estes definições e sabem aplicá-las são cada vez mais
requisitados pelo mercado de trabalho, pois as redes de computadores são parte dos sistemas e
tecnologias da informação nas empresas. E, uma infra-estrutura de tecnologia da informação
condizente com as necessidades de computação e comunicação nas empresas viabiliza que seus
funcionários trabalhem de maneira mais eficiente no gerenciamento de seus negócios.
A falha ou má configuração destes sistemas atinge diretamente o rendimento da empresa.

TAREFAS

Neste desafio propõe-se que seja simulado/emulado o estudo (survey) e projeto, a implantação, a
configuração, a operacionalização e implantação de sistemas de aterramento para garantir o
funcionamento de uma rede local em uma empresa situada em um edifício com mais de 03 andares e
pelo menos um subsolo (possui elevador). A mesma empresa ainda terá de ser interligada a outra
rede, em outra edificação. Cada andar deverá ter pelo menos 10 estações de trabalho com respectivos
terminais de VOZ (pode ser VoIP). Uma empresa com pelo menos três (03) departamentos (um por
andar), servidores e acesso à banda larga entre outras possibilidades de acesso a telecomunicação.
O projeto deverá conter os seguintes documentos (descritos em relatórios):

1 Histórico da Empresa
1.1 Capa e identificação do projeto
1.2 Características da Empresa
1.3 Objetivos do Projeto
1.4 Esboço do Projeto de Rede de Computadores (dados de survey)
2 Projeto da Entrance Room.
2.1 Planta baixa com a organização da sala.
2.2 Identificação de elementos de telecomunicação.
2.3 Interligação com os andares.
2.4 Organização de racks etc.
2.5 Documentação necessária
3 Projeto de cada andar
3.1 Planta baixa com identificação das WA (Work Areas) e descritivos.
3.2 Descritivo da sala de Telecomunicações do andar, incluindo racks, se necessário.
3.3 Documentação necessária
4 Projeto de Aterramento e Dimensionamento Elétrico
4.1 Projeto e implementação
4.2 Dimensionamento e identificação de pontos vulneráveis.
4.3 Documentação necessária
5 Especificações de configuração e interligação de rede.
6 Informações complementares e anexos, quando necessários (cartas, desenhos, planta de
cabos etc).

Deverá ser entregue um relatório para cada item proposto no desafio.

Data da entrega: 07/Maio/2011

Entrega – encaminhar ao email: roliveira@facnet.com.br (com confirmação de recebimento


do professor)

PROCESSO

1ª. Etapa:

Conceitos Básicos de Rede de Computadores.

Atividade onde se coloca em prática os conceitos básicos de redes de computadores.


O aluno, para realizá-la, deverá seguir os passos descritos:
Passo 1 (individual) – O aluno deve ler os capítulos do LIVRO TEXTO ou literatura
complementar, identificando os padrões conhecidos de Redes Locais, apresentando a sua evolução e
variações. Deverá ainda realizar o procedimento de confecção (como fazê-lo; fotografando) de dois
pathcord com “conectorização” RJ45 e outro RJ11 (cabo de interconexão), descrevendo o procedimento
adotado para a confecção.
Passo 2 (em grupo) – Elabore o Projeto Fase 01: Capa, Histórico da Empresa do projeto de
rede de locais.
Esta é a fase inicial do projeto e deve apresentar as seguintes seções:
1.1 Histórico da Empresa: descreva hipoteticamente, o ramo de atividade da empresa,
quantidade de funcionários, departamentos que fazem parte do projeto de redes.
1.2 Objetivos do Projeto: defina os objetivos da implantação do redesde computadores para
deixar formalizadas as expectativas quanto ao funcionamento do sistema de redes de computadores.
1.3 Descreva um survey, esboçando de atendimento do prédio com sistemas de
telecomunicações, numero de andares e área ocupada, pontos críticos. Faça um organograma da
organização da empresa, identificado em que andar(es) está (ao) localizado(s) cada departamento;
ainda esboço em uma planta baixa da empresa a localização de cada departamento. Para fazer o
esboço da planta baixa, pode utilizar a ferramenta de uso aberto: Dia Diagram Editor (http://dia-
installer.de/ ).
2ª. Etapa:

Sala de Telecomunicações e Entrance Room.


(incluindo subsolo, se necessário).

Atividade onde se coloca em prática os primeiros conceitos cabeamento estruturado.


O aluno, para realizá-la, deverá seguir os passos descritos:

Passo 1 (individual) – Leia atentamente os capítulos do LIVRO TEXTO e


normas/documentação complementar (EIA/TIA) que traz informações referentes cabeamento
estruturado. Confeccione um documento com as principais definições desta normatização.
Passo 2 (em grupo) – Elabore o Projeto Fase 02: Projeto da Entrance Room e atendimento dos
andares.
Nesta etapa, o grupo deverá fazer um projeto de Rede de Locais com os seguintes capítulos:
2.1 Projeto da Entrance Room: Planta baixa com a organização da sala. Identificação
de elementos de telecomunicação. Interligação com os andares. Organização de racks
etc. Documentação necessária e complementar.

2.2 Planos Futuros de Endereçamento: Planta baixa com identificação das WA


(Work Areas) e descritivos. Descritivo da sala de Telecomunicações do andar, incluindo
racks, se necessário. Documentação necessária e complementar.

3ª. Etapa:

Dimensionamento Elétrico e Projeto de Aterramento. Especificações de configuração e


interligação de rede. Informações complementares e Anexos

Atividade onde se finaliza a aplicação dos conceitos cabeamento estruturado, aliados ao de


aterramento e configuração da rede / interligação.
O aluno, para realizá-la, deverá seguir os passos descritos:

Passo 1 (individual) – Leia atentamente os capítulos do LIVRO TEXTO e material da Internet


e fornecido pelo professor. Confeccione um documento com o ferramental conhecido e utilizado na
implantação de um projeto de cabeamento estruturado.
Passo 2 (em grupo) – Elabore o Projeto Fase 03, e final: Projeto de Aterramento.
Especificações de configuração e interligação de rede. Informações complementares e Anexos
Nesta etapa, o grupo deverá fazer um projeto de Rede de Locais com os seguintes capítulos:

3.1 - Projeto de Aterramento e dimensionamento elétrico.

3.2 - Especificações de configuração e interligação de rede: procedimentos de


configuração da rede e operacionalização, identificação de interligação entre
equipamentos de rede etc. Pode se utilizar ferramentas/softwares proprietários de
simulação/emulação de configuração redes e concentradores (CISCO por exemplo).

3.3 - Informações complementares e Anexos: especificações e anexos que


acharem necessários. Um deles pode ser o documento com o ferramental, elaborado
por um dos componentes do grupo.

REFERÊNCIAS

ESPURGEON, C. E. Ethernet - o guia definitivo. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Campus. 2000 (LIVRO
TEXTO)

HAYAMA, M. M. Montagem de Redes Locais. São Paulo: Érica. 2001


PINHEIRO, J. M. S. Guia Completo de Cabeamento de Redes. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Campus. 2003.

KUROSE, James F., Redes de Computadores e a Internet

TANENBAUM, Andrew S.. Redes de Computadores: 4ª ed. Rio de Janeiro

EIA (Eletronics Industries Association, cria padroes para produtos eletronicos)/TIA (Telecommunications
Industries Associations) http://www.tiaonline.org/
• EIA/TIA 568 – Especificação geral sobre cabeamento estruturado em instalações comerciais.
• 568-A ou 568-B – padrão de conectorização de cabos (padrões A e B).
• EIA/TIA 569 – Especificações gerais para encaminhamento de cabos (Infra-estrutura,
canaletas, bandejas, eletrodutos, calhas).
• EIA/TIA 606 – Administração da documentação.
• EIA/TIA 607 – Especificação de aterramento.
• EIA/TIA 570 – Especificação geral sobre cabeamento estruturado em instalações residenciais.

http://www.4shared.com

AVALIAÇÃO

A avaliação acontecerá de forma processual e considerará:


a) Atividade avaliativa: AULA 01 – Valor: 2,0 pontos (30/Abril);
b) Atividade avaliativa: AULA 03 – Valor: 1,0 pontos (07/Maio);
c) Atividade avaliativa: AULA 04 – Valor: 1,0 pontos (14/Maio);
c) Atividade WebQuest: AULA 04 – Valor: 6,0 pontos (14/Maio).

Todas as atividades devem ser encaminhadas ao email: roliveira@facnet.com.br (com


confirmação de recebimento do professor).

CONCLUSÃO

Ao final deste WebQuest os alunos deverão estar aptos a projetar, implantar, configurar,
operacionalizar e garantir o funcionamento de redes locais, principalmente no padrão mais popular :
Ethernet / 802.3 e evoluções (padrão restrito às camadas de Enlace e Física do modelo OSI). Redes
físicas que, quando implantadas e interligadas, espera-se que façam parte de uma MAN (Metropolitan
Area Network), que por sua vez pertencerão a uma WAN – a própria Internet é uma WAN (Wide Area
Network). O aluno ainda reconhecerá a evolução das redes locais e saberá em que direção
profissionalmente seguir no mercado de trabalho, podendo projetar sua carreira futura.

CRÉDITOS & REFERÊNCIAS

Este WebQuest foi elaborada pelo Profa. Roberto de Oliveira Brito, docente do curso Redes de
Computadores e Telecomuicações, do Departamento de Pós-Graduação e Pesquisa da Anhanguera
Educacional – Unidade FNT / Taguatinga.