Vous êtes sur la page 1sur 4

Bioética

Os principais setores da investigação bioética:


1 Ética Clínica,
2 Ética da Pesquisa,
3 Ética das políticas de saúde,
4 Ética ambiental

Três dimensões da bioética [segundo enfoque global]:


a) A Bioética ocupa-se de casos individuais, pois considera a autonomia do paciente, suas
expectativas, suscitando diálogo entre os envolvidos na direção da decisão final;
b) A Bioética, igualmente, se preocupa com o impacto dessas decisões sobre a sociedade e
dessa sobre os indivíduos.
c) A Bioética, observando a crescente multiplicação de fatores que afetam as decisões,
estuda as complexas ligações existentes entre o individual e o coletivo, indagando, por
exemplo, se as normas estão à serviço de determinada instituição ou da sociedade em
conjunto (ex. proteção de patentes de fármacos).

Cinco tarefas de reflexão na bioética:


1 Análise de casos, solução de dilemas morais, análise de projetos de pesquisa,
análise de um problema de saúde pública;
2 Elaboração de quadros de análise, de processos de tomada de decisão, metodologia
de análise quantitativa e qualitativa;
3 Estabelecimento de princípios diretores para uma instituição ou “unidade de
trabalho”, elaboração de balizas de ação, de projetos de intervenção;
4 Reflexão teórica sobre os princípios e e valores em jogo. A bioética trata das teorias
morais, de uma reflexão sobre a interdisciplinaridade. Interessada pelos conflitos de
valores, a bioética preocupa-se com a hierarquia de valores. Ela inclui, eventualmente,
crítica das estruturas e instituições;
5 Análise do que fundamentalmente está em jogo. O que inclui reflexão sobre os
fundamentos da bioética e da própriaética.
Obs.: Essas tarefas, em sua diversidade, dependem de colaboração interdisciplinar dos
diversos especialistas envolvidos

Ética Clínica
a) No exercício clínico, os profissionais da saúde se defrontam com situações difíceis,
nas quais os processos decisórios são desafiadores e envolvem conflitos.
b) Os profissionais da saúde, no acompanhamento de pacientes, ao permanecerem
junto à cabeceira dos seus leitos (próximos deles), perguntam, por exemplo:
-pela manutenção ou interrupção de tratamentos em doentes terminais;
-Sobre acompanhamento e tratamentos paliativos em doentes terminais;
-sobre a reanimação desses pacientes;
-sobre a confidencialidade (casos que envolvem terceiras pessoas).
C) Que atitude adotar, que providencias tomar, que informações podem e devem ser
compartilhadas? Que informações devem ser preservadas? São algumas dúvidas que
surgem quando do exercício clínico

O que é ética clínica?


nA ética clínica diz respeito a todas as decisões, incertezas, [a todos os conflitos] de valores
e dilemas aos quais os médicos e equipes médicas são confrontados na cabeceira dos
pacientes, na sala de operações, no consultório médico ou na clínica e até mesmo no
domicílio.

(David Roy, A bioética, seus fundamentos e controvérsias)

Três referências da ética clínica:


1 O paciente: o favorecido com sua história pessoal, valores, sofrimento, família. O paciente
é pessoa!
2 O terapeuta: ou aquele que cura, ser humano que enfrenta, muitas vezes, sofrimentos e
desconfortos institucionais diante de situações dificilmente toleráveis.
3 A Sociedade: considera, igualmente, os princípios e valores que estão em causa, não para
impô-los ingenuamente, mas para iluminar cada situação. Isso supõe que os participantes
tenham claro seus próprios valores, que conheçam os valores específicos da instituição e até
mesmo da sociedade em conjunto

Decisão ética e prática clínica


A Bioética clínica ou ética clínica, enquanto ética aplicada ao exercício clínico, portanto, não
se resume a estudos de casos, mas reivindica reflexão sobre princípios capazes de orientar
pacientes e profissionais nas difíceis decisões a serem tomadas e implementadas, pois
em toda decisão clínica existe uma dimensão ética que precisa ser considerada.
Destacamos a importância dos conselheiros em ética clínica, dos comitês de ética hospitalar,
dos comitês de bioética, dos grupos de „livre expressão‟, dos grupos de auxílio à decisão
ética.

Ética da Pesquisa
a) O exercício da medicina caminhava ao lado da pesquisa de novas terapias.
b) O ensaio terapêutico, entretanto, na busca da cura dos pacientes, afasta-se das práticas
correntes usualmente aceitas.
c) A pesquisa biomédica, enfim, diante do acelerado desenvolvimento tecnocientífico dos
últimos decênios, gradativamente, efetuaria separação da prática clínica.

O que designa ética da pesquisa?


A ética da pesquisa designa “os procedimentos de pesquisa que se inspiram na demanda
das ciências da natureza e por meio das quais pode se constituir uma ciência experimental
do ser vivo e dos efeitos das substâncias sobre ele”. [Hubert Doucet]

Ampliando a definição
Em nossa visão, a ética da pesquisa inclui, igualmente, os diversos procedimentos das
ciências humanas, considerados seus métodos de investigação e intervenção, na busca da
descrição de regularidades [comportamentos, mentalidade, padrões, etc.].

Os problemas éticos, próprios da ética em pesquisa, revelam tensões ou conflitos


entre:
-O bem estar dos indivíduos e o bem estar da sociedade em conjunto;
-A responsabilidade dos médicos e profissionais da saúde nas suas práticas clínicas e
a responsabilidade nos processos de pesquisa [como conciliar exercício clínico e
pesquisa?];
-As exigências dos pacientes ao reivindicarem acesso aos novos tratamentos e a
necessidade [científica, clínica e econômica] de avaliar rigorosamente todos os novos
tratamentos do ponto de vista de sua eficácia e de sua relação custo-benefício.

-Acrescentaria: como conciliar os objetivos das investigações e os inalienáveis


direitos das pessoas envolvidas, tais quais: confidencialidade, uso adequado dos
resultados, etc. ?

Conflitos de Interesses
a) Se as pesquisas, sobretudo, as biomédicas; envolvem altos financiamentos
públicos ou privados; como conciliar os interesses dos indivíduos e da sociedade civil
com interesses, muitas vezes, ambíguos, de corporações multinacionais? Como
legitimar o uso dos resultados dessas pesquisas?
b) Como relacionar os lucros a serem obtidos e o bem estar das pessoas?
c) As patentes podem ser questionadas? Por quê?
d) Como pensar o uso privativo de material genético por
empresas que exploram o campo da saúde?
e) Os investimentos em pesquisa legitimam o uso, economicamente abusivo, de seus
resultados?
f) Como conciliar, portanto, interesses empresariais e interesses públicos?

Pesquisa e direito à informação


-Como veicular, mediaticamente, informações sobre pesquisa de vanguarda?
-Como pensar situações de consentimento e confidencialidade?

-Por que a prudência é necessária no processo da pesquisa?

Ética das políticas de saúde


As políticas de saúde se referem ao conjunto de leis, dos regulamentos e das linhas de
conduta estabelecidos pelas diversas autoridades e que se dirigem a uma população em seu
conjunto sem distinção de seus indivíduos particulares, ou ainda ao conjunto de situações
específicas de interesse público na saúde.
[cf. Durant].

Três elementos presentes e implicadosnas políticas de saúde:


1 saúde públicadesigna o “conjunto de ações coletivas exercidas pelas autoridades públicas
e sanitárias com o objetivo de assegurar condições favoráveis à saúde da população” (Cf.
citação de Durant);
2 o sistema de tratamentos, entendendo com isso os princípios defendidos e a organização
concreta dos tratamentos de saúde em uma região;
3 a alocação de recursos em uma região ou país, englobando o levantamento de recursos e
sua aplicação. A alocação engloba a distribuição dos recursos por parte das autoridades e o
acesso a esses recursos pelos cidadãos

O que é ética das políticas da saúde?


A ética das políticas da saúde designa, portanto, a reflexão interdisciplinar sobre a dimensão
ética de todas essas questões de interesse público na saúde.

Questionamentos
-Há um direito à saúde ou um direito aos tratamentos de saúde?
-Temos conhecimento das regulamentações existentes nos sistemas de saúde?
-Conhecemos os critérios de alocação dos recursos destinados à implementação das
políticas de saúde?
-Como se respeita a liberdade [e a dignidade] em certas campanhas publicitárias sobre o
fumo ou HIV, por exemplo?
-No que consiste a justiça e igualdade no acesso aos tratamentos?
-Que valores morais são favorecidos ou desconsiderados nos sistemas caracterizados pela
dominação do setor privado? É possível compatibilizar os interesses dos usuários dos
sistemas privados de saúde e os interesses mercadológicos?
-Que valores orientam os sistemas públicos de saúde? Eles são conhecidos e
compreendidos? As políticas dos sistemas públicos são transparentes e adequadamente
executadas?
-Como pensar a relação entre públicoe privadona saúde?

O Princípio da Justiça
Como pensar a equidade nos sistemas de saúde?
-Como otimizar recursos considerando os elevados custos do modelo biomédico?

-Como conciliar direito a tratamento e recursos disponíveis?

-Como relacionar o universal direito aos tratamentos e terapias excepcionais?

-Como fiscalizar a utilização dos recursos?


Comitês de ética institucional
A criação de comites de éticainstitucional, formados por profissionais e especialistas das
diversas áreas, incluindo representantes da sociedade civil, administradores e economistas,
contribuiria nos processos de decisão e planejamento de políticas públicas de saúde?

Siglas:
-CEP/Unilasalle: Conselho de Ética em Pesquisa do Unilasalle;
-CONEP: Comissão Nacional de Ética em Pesquisa;

-CAAE: Certificação de Apresentação para Apreciação Ética;

-SISNEP: Sistema Nacional de Informação sobre Ética em Pesquisa;

-CIOMS: Council for International Organization of Medical Siences;

-OMS: Organização Mundial da Saúde.

Procedimentos para implementação de Pesquisa no Unilasalle


Trabalhando algumas informações
[visitar o CEP do Unilasalle]

CIOMS
Diretrizes éticas internacionais para pesquisa envolvendo seres humanos.

O que aprendemos?
1] Quais são os principais campos da Bioética?
2] O que devemos entender por Ética Clínica, Ética da Pesquisa e Ética das políticas de
saúde?
3] Quais são os princípios, dilemas morais e urgências existentes nos referidos campos da
Bioética?
4] Quais são as principais preocupações presentes na articulação das pesquisas, no
exercício clínico e na elaboração das políticas de saúde?