Vous êtes sur la page 1sur 9

REDIMENSIONAMENTO DE UM ELEVADOR DE

CANECAS PARA TRANSPORTE DE CAIS EM UMA


ACIARIA

THIAGO ALBERT CORREIA DOS SANTOS


ORIENTADOR: FRANCISCO JOSÉ ALVES LIMA

Recife, abril de 2011.

1
Caracterização do Problema

Os elevadores de canecas são transportadores que possibilitam a elevação


de materiais a granel de uma maneira econômica empregando pequenos espaços
físicos. Este movimentador de cargas pode ser do tipo contínuo ou centrífugo e as
canecas podem estar presas a correntes ou correias. É uma máquina de
manutenção fácil e barata, com rápida troca das peças de desgaste.
Uma das aplicações comuns deste tipo de máquina é nas siderúrgicas que
empregam cais virgens como agentes formadores de escória. Na situação
estudada, os cais são descarregados através de caminhões em um transportador
vibratório que alimentará o Elevador de Canecas por meio de uma moega. A cal,
após o processo de elevação, é armazenada em silos para posterior alimentação
de uma série de transportadores de correia que descarregarão o material em um
cestão.
O elevador de canecas estudado é utilizado na Aciaria da Siderúrgica
Gerdau Açonorte e é do tipo centrífugo com canecas presas a correntes através
de abraçadeiras.
No manuseio da cal, devem ser tomados cuidados de segurança, pois o
contato com a pele humana causa queimaduras e a aspiração do particulado em
suspensão pode causar problemas respiratórios. Devido a isso, os transportadores
de cal devem ser projetados de modo a propiciar uma manutenção com baixas
freqüências e baixos tempos de permanência em contato com o material.
Analisando o perfil de paradas da máquina, percebe-se que ocorre uma
freqüente quebra de abraçadeiras, elos da corrente e parafusos de fixação das
canecas. Além disso, é comum o entupimento de cal na moega de alimentação do
elevador de canecas. Ocorre também, como conseqüência da parada do elevador
de canecas, a possibilidade de parada de todo o processo produtivo da Aciaria,
pois a adição de cales é o agente causador da redução dos teores de fósforo do
aço e evita aumento do consumo de energia elétrica, eletrodos e refratários em
Fornos elétricos a Arco, utilizados na Gerdau Açonorte.
O presente projeto visa realizar um redimensionamento do elevador de
canecas, analisando os pontos críticos de falha da máquina e propondo soluções
para melhorar a eficiência e diminuir a freqüência de manutenção no equipamento.

2
1. Objetivos e Metas

1. Objetivos Gerais

Espera-se, ao final do presente trabalho, propor soluções de engenharia para


melhorar a eficiência de um elevador de canecas, gargalo do sistema de adição de
cales da Aciaria da Gerdau Açonorte.

2. Objetivos Específicos

• Redimensionamento da corrente de elos do elevador de canecas;

• Redimensionamento do tipo de caneca empregada;

• Redimensionamento das abraçadeiras de fixação das canecas nas


correntes;

• Redimensionamento do tipo de motoredutor utilizado;

• Verificação da viabilidade econômica de mudanças do tipo de fixação ou


posicionamento do apoio das abraçadeiras.

3
2. Metodologia e Estratégia de ação

Para o redimensionamento do elevador de canecas, serão coletadas


inicialmente informações como a altura de elevação, a capacidade de elevação
desejada e características do material como peso específico, granulometria,
abrasividade, capacidade de corrosão, higroscopia e ângulo de repouso do
material nas canecas. Além disso, serão estudados os detalhes técnicos do
elevador de canecas atualmente utilizado na Gerdau Açonorte através da análise
de desenhos técnicos, manuais do fabricante da máquina e planos de manutenção
do equipamento.
Após a coleta das informações, será feita uma pesquisa em livros,
catálogos técnicos de fabricantes de elevadores de canecas e em normas técnicas
aplicáveis buscando informações sobre este tipo de equipamento. Serão
comparadas as características da máquina atualmente utilizada com as descrições
citadas no material coletado para a verificação de possíveis erros de concepção
da máquina.
Uma planilha eletrônica será elaborada com intuito de facilitar os cálculos
de dimensionamento do tipo de canecas, correntes e demais componentes do
equipamento. Espera-se assim, encontrar oportunidades de melhoria na máquina
atualmente utilizada e assim, propor soluções viáveis economicamente para
alguns dos problemas de desempenho do equipamento.

4
3. Resultados e Impactos Esperados

Após o estudo, espera-se obter uma solução viável economicamente para


a redução da freqüência de manutenção da máquina devido à diminuição da
quebra de peças por fadiga ou sobrecarga, obtendo assim, a redução do custo de
manutenção da máquina. A solução esperada deve ser a mudança de alguns dos
componentes mecânicos do equipamento, o que deve vir acompanhado de um
estudo sobre as vantagens deste investimento.
Outro resultado conseqüente é a redução do tempo de parada da Aciaria
devido a problemas no Elevador de Canecas. Além disso, com a melhora do
sistema de adição de cales como um todo, espera-se aperfeiçoar a desfosforação
do aço e reduzir o consumo de energia elétrica, eletrodos e refratários em Fornos
elétricos a Arco, efeitos causados pela ação de cais no processo.
Como vantagem na segurança das pessoas, ainda pode-se pontuar a
redução do risco de lesões devido ao contato da pele humana com os tipos de
cais virgens graças à menor frequência de exposição do mantenedor no
equipamento.

5
4. Conclusões

Com este trabalho, espera-se encontrar soluções para alguns dos


problemas do equipamento através do redimensionamento deste tipo de máquina
e obter com isso, um documento de comparação com o manual técnico do
elevador de canecas. Busca-se assim, contribuir para o melhoramento contínuo
dos processos, que é uma das principais filosofias da Gerdau Açonorte.

6
5. Referências Bibliográficas

SCREW CONVEYOR CORPORATION. Bucket Elevators For a Variety of


Applications. Hammond, Indiana: 2001.
FÁBRICA DE AÇOS PAULISTA S.A. Manual de Transportadores de
Correia FAÇO, São Paulo-SP: FDE, 1990.
RUD CORRENTES INDUSTRIAIS LTDA. Sistema MK para elevadores de
caneca. Mogi das Cruzes-SP: 2010.

7
ANEXO I

Cronograma de Atividades

Atividades:
1- Catalogar referências
2- Estudo de material referente ao elevador de canecas empregado
atualmente.
3- Comparação entre os dados obtidos na literatura com a situação atual.
4- Criação de planilha eletrônica e redimensionamento dos diversos
componentes
5- Análise dos Resultados
6- Escrita da Monografia

Tabela 1. Exemplo de Cronograma das Atividades (06/03 - 31/05)


Semanas

Atividade 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13

1
2
3
4
5
6

8
PROJETO DE FINAL DE CURSO

De acordo:

Assinatura do Discente

Assinatura do(a) Orientador(a)

Recife: _____ / _____ / _____