Vous êtes sur la page 1sur 7

Dinâmica

Energia

Questões

|

  • 1. (CESCEM) - Uma partícula executa um movimento circular uniforme, num plano vertical, próximo da Terra,

descrevendo uma volta completa por minuto. Considere que para t = 0 a partícula está na posição mais alta. Represente graficamente a energia mecânica total (E) em função do tempo (t).

Dinâmica Energia Questões <a href=1 a 5 | 6 a 11 1. (CESCEM) - Uma partícula executa um movimento circular uniforme, num plano vertical, próximo da Terra, descrevendo uma volta completa por minuto. Considere que para t = 0 a partícula está na posição mais alta. Represente graficamente a energia mecânica total (E) em função do tempo (t). 2. (MAPOFEI) - Um atleta de 70 kg cai da altura de 5,0 m sobre uma cama elástica e é remetido à altura de 2,0 m. Adote g = 10 m/s . Qual a energia dissipada no processo? " id="pdf-obj-0-19" src="pdf-obj-0-19.jpg">
  • 2. (MAPOFEI) - Um atleta de 70 kg cai da altura de 5,0 m sobre uma cama elástica e é remetido à altura de 2,0 m. Adote

g = 10 m/s 2 . Qual a energia dissipada no processo?

3. (CESGRANRIO) - Uma bola de pingue-pongue (massa 2,5 g), caindo de uma grande altura, percorre
  • 3. (CESGRANRIO) - Uma bola de pingue-pongue (massa 2,5 g), caindo de uma grande altura, percorre os últimos 10 m

de sua queda com velocidade uniforme de 10 m/s. Neste último trecho, calcule a quantidade de energia transformada em energia térmica, expressa em joules.

3. (CESGRANRIO) - Uma bola de pingue-pongue (massa 2,5 g), caindo de uma grande altura, percorre
  • 4. (SELESSUL) - Um trenó com 20 kg de massa desliza de uma colina partindo de uma altitude de 20 m. O trenó parte do

repouso e tem uma velocidade de 16 m.s -1 quando atinge o fim da encosta. Tomando g = 10 m/s 2 , calcule a perda de energia devido ao atrito.

5. (FEI-SP) - Um corpo de massa 1 kg está parado num plano inclinado. Abandonado, descePara IMPRIMIR essa página é só clicar aqui " id="pdf-obj-2-2" src="pdf-obj-2-2.jpg">

5. (FEI-SP) - Um corpo de massa 1 kg está parado num plano inclinado. Abandonado, desce e tem velocidade de 2 m/s, quando a altura de queda (vertical) é 0,8 m. Calcular o trabalho das forças não conservativas. Supor g = 10 m/s 2 .

1 a 5 | 6 a 11
1 a 5
|
6 a 11
5. (FEI-SP) - Um corpo de massa 1 kg está parado num plano inclinado. Abandonado, descePara IMPRIMIR essa página é só clicar aqui " id="pdf-obj-2-13" src="pdf-obj-2-13.jpg">
Dinâmica Energia Questões <a href=1 a 5 | 6 a 11 6. (CESGRANRIO) - Uma criança de 40 kg desce com velocidade constante ao longo do escorregador de um parque de diversões. O escorregador tem 3,0 m de altura. Qual é, em ordem de grandeza, a quantidade de energia mecânica transformada em energia térmica durante a descida? 7. (PUC-SP) - Um menino desce num tobogã de altura h = 10 m. a partir do repouso. Supondo g = 10 m/s e que, durante a descida, seja dissipada 50% da energia mecânica do garoto, qual o módulo da velocidade do menino ao atingir a base do tobogã? " id="pdf-obj-3-2" src="pdf-obj-3-2.jpg">

Dinâmica

Energia

Dinâmica Energia Questões <a href=1 a 5 | 6 a 11 6. (CESGRANRIO) - Uma criança de 40 kg desce com velocidade constante ao longo do escorregador de um parque de diversões. O escorregador tem 3,0 m de altura. Qual é, em ordem de grandeza, a quantidade de energia mecânica transformada em energia térmica durante a descida? 7. (PUC-SP) - Um menino desce num tobogã de altura h = 10 m. a partir do repouso. Supondo g = 10 m/s e que, durante a descida, seja dissipada 50% da energia mecânica do garoto, qual o módulo da velocidade do menino ao atingir a base do tobogã? " id="pdf-obj-3-8" src="pdf-obj-3-8.jpg">

Questões

|

  • 6. (CESGRANRIO) - Uma criança de 40 kg desce com velocidade constante ao longo do escorregador de

um parque de diversões. O escorregador tem 3,0 m de altura.

Dinâmica Energia Questões <a href=1 a 5 | 6 a 11 6. (CESGRANRIO) - Uma criança de 40 kg desce com velocidade constante ao longo do escorregador de um parque de diversões. O escorregador tem 3,0 m de altura. Qual é, em ordem de grandeza, a quantidade de energia mecânica transformada em energia térmica durante a descida? 7. (PUC-SP) - Um menino desce num tobogã de altura h = 10 m. a partir do repouso. Supondo g = 10 m/s e que, durante a descida, seja dissipada 50% da energia mecânica do garoto, qual o módulo da velocidade do menino ao atingir a base do tobogã? " id="pdf-obj-3-23" src="pdf-obj-3-23.jpg">

Qual é, em ordem de grandeza, a quantidade de energia mecânica transformada em energia térmica durante a descida?

Dinâmica Energia Questões <a href=1 a 5 | 6 a 11 6. (CESGRANRIO) - Uma criança de 40 kg desce com velocidade constante ao longo do escorregador de um parque de diversões. O escorregador tem 3,0 m de altura. Qual é, em ordem de grandeza, a quantidade de energia mecânica transformada em energia térmica durante a descida? 7. (PUC-SP) - Um menino desce num tobogã de altura h = 10 m. a partir do repouso. Supondo g = 10 m/s e que, durante a descida, seja dissipada 50% da energia mecânica do garoto, qual o módulo da velocidade do menino ao atingir a base do tobogã? " id="pdf-obj-3-27" src="pdf-obj-3-27.jpg">
  • 7. (PUC-SP) - Um menino desce num tobogã de altura h = 10 m. a partir do repouso. Supondo g = 10 m/s 2

e que, durante a descida, seja dissipada 50% da energia mecânica do garoto, qual o módulo da velocidade do menino ao atingir a base do tobogã?

8. (PUC-SP) - Uma bola de massa 0,5 kg é lançada verticalmente de baixo para cima
  • 8. (PUC-SP) - Uma bola de massa 0,5 kg é lançada verticalmente de baixo para cima com velocidade inicial

    • v 0 = 20 m/s. A altura atingida pela bola foi de 15 m. Supondo a aceleração da gravidade g = 10 m/s 2 , qual foi a perda de energia mecânica devido à resistência do ar?

8. (PUC-SP) - Uma bola de massa 0,5 kg é lançada verticalmente de baixo para cima
  • 9. (FUVEST) - Uma massa de 1,0 kg é solta de uma altura de 0,5 m. Ao chocar-se com o solo ela perde

60% da energia. Pede-se:

a) a energia cinética da esfera imediatamente após o 1o choque;

b) a velocidade da esfera ao atingir o solo pela 2o vez. Adote g = 10 m/s2.

10. (MED. ABC) - Um trem cuja massa é m = 50 toneladas passa por uma
  • 10. (MED. ABC) - Um trem cuja massa é m = 50 toneladas passa por uma estação A no topo da Serra do

Mar com velocidade v A = 20 m/s e pára numa estação B situada na Baixada Santista. Sabe-se que a altura

da Serra do Mar é h = 700 m e o percurso realizado pelo trem entre as estações

A e B é

s = 10 km. A

aceleração da gravidade local é de 10 m/s 2 . Qual a intensidade do valor médio da força dissipativa atuante no trem?

10. (MED. ABC) - Um trem cuja massa é m = 50 toneladas passa por uma
  • 11. (MED. ABC) - A figura anexa representa uma mola ideal, de constante elástica k = 100 N/m,

comprimida por um bloco de peso Q = 100 N, em repouso devido a um pino P. O coeficiente de atrito entre

o bloco e o pino horizontal é

= 0,50. Retirando o pino a mola empurra o bloco e lança-o até o ponto B,

onde ele pára, já separado da mola. Desprezando-se as dimensões do bloco, calcule o comprimento natural da mola.