Vous êtes sur la page 1sur 25

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC MÁQUINAS SÍNCRONAS MOTOR DE RELUTÂNCIA VARIÁVEL Máquinas Síncronas

UFCUFCUFCUFC

MÁQUINAS SÍNCRONAS

MOTOR DE RELUTÂNCIA VARIÁVEL

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Motores para aplicações industriais Máquinas Síncronas P r o f .

UFCUFCUFCUFC

Motores para aplicações industriais

UFCUFCUFCUFC Motores para aplicações industriais Máquinas Síncronas P r o f . S é r g

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS U F C U F C U F C U F C

UFCUFCUFCUFC

Motor de Relutância Variável (princípio de funcionamento)

Quando uma peça de um material magnético está livre para se mover em um campo magnético, esta peca será submetida a um forca que age no sentido de produzir um alinhamento (nova posição) que minimize a relutância do circuito magnético.

Em eletroímãs, a posição de relutância mínima corresponde a posição de indutância máxima.

O torque criado por este mecanismo é chamado de torque de relutância.

por este mecanismo é chamado de torque de relutância. Máquinas Síncronas P r o f .
por este mecanismo é chamado de torque de relutância. Máquinas Síncronas P r o f .
por este mecanismo é chamado de torque de relutância. Máquinas Síncronas P r o f .

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Motor de Relutância Variável (tipos de motores de relutância) Dentre

UFCUFCUFCUFC

Motor de Relutância Variável (tipos de motores de relutância)

Dentre todas as máquinas elétricas, o motor de relutância possui o rotor mais simples e é uma das mais antigas tecnologias de motores elétricos, fruto da invenção de Robert Davidson's datada de 1838.

O rotor não usa imas permanentes ou eletroímãs, mas é feito somente com material ferromagnético mole.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Motor de Relutância Variável (Locomotiva de Robert Davidson, 1938)

UFCUFCUFCUFC

Motor de Relutância Variável (Locomotiva de Robert Davidson, 1938)

Relutância Variável (Locomotiva de Robert Davidson, 1938) Desenho feito pelo próprio Davidson de sua locomotiva.

Desenho feito pelo próprio Davidson de sua locomotiva.

Entre 1838 – 1839, Robert Davidson experimentou uma locomotiva elétrica baseada em um motor de relutância com chaveamento mecânico. Esta locomotiva tinha 5 metros de comprimento e pesava, com baterias, 6 toneladas. Foi atingida uma velocidade de 4 milhas por hora.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Motor de Relutância Variável (Motor de Robert Davidson, 1938) Modelo

UFCUFCUFCUFC

Motor de Relutância Variável (Motor de Robert Davidson, 1938)

de Relutância Variável (Motor de Robert Davidson, 1938) Modelo em escala reduzida do motor de Davidson,

Modelo em escala reduzida do motor de Davidson, usado para acionar uma prensa.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS U F C U F C U F C U F C

UFCUFCUFCUFC

Motor de Relutância Variável (tipos de motores de relutância)

Muitas variações do motor de relutância tem sido desenvolvidas. Os motores de relutância variável e relutância chaveada operam basicamente segundo o mesmo princípio, mas são otimizados para diferentes aplicações. Ambos são motores síncronos. Motor de Relutância Chaveada (Switched Reluctance Motor - SRM) O motor de relutância chaveado foi desenvolvido para aplicação em acionamentos com velocidade variável de alta potência, alta eficiência e com ampla faixa de torque. Estes motores requerem uma malha fechada de posição. Motor de Relutância Variável (Variable Reluctance Motor - VRM) O motor de relutância variável é uma evolução do motor de passo, sendo geralmente projetado para uso em pequenas potencias, controle de posição em malha aberta e controle de velocidade em aplicações onde a eficiência não é uma questão crítica. Motor Síncrono de Relutância (Synchronous Reluctance Motor) Este motor é similar à máquina síncrona convencional, com pólos salientes no rotor e um estator com pólos suaves e distribuídos. (por outro lado, as máquinas de relutância variável e chaveada possuem saliências em ambos rotor e estator.) Motor de Passo de Relutância Variável

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM x Motor de Passo The switched reluctance motor is similar

UFCUFCUFCUFC

SRM x Motor de Passo

The switched reluctance motor is similar to the step motor except that it has:

1. Fewer poles

2. Larger stepping angle

3. Usually one tooth per pole

4. Higher power output capability

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Motor de Passo (princípio de funcionamento) Máquinas Síncronas P r

UFCUFCUFCUFC

Motor de Passo (princípio de funcionamento)

UFCUFCUFCUFC Motor de Passo (princípio de funcionamento) Máquinas Síncronas P r o f . S é

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Motor de Passo (princípio de funcionamento) Máquinas Síncronas P r

UFCUFCUFCUFC

Motor de Passo (princípio de funcionamento)

UFCUFCUFCUFC Motor de Passo (princípio de funcionamento) Máquinas Síncronas P r o f . S é

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Motor de Passo (princípio de funcionamento) Máquinas Síncronas P r

UFCUFCUFCUFC

Motor de Passo (princípio de funcionamento)

UFCUFCUFCUFC Motor de Passo (princípio de funcionamento) Máquinas Síncronas P r o f . S é

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Motor de Passo (princípio de funcionamento) Máquinas Síncronas P r

UFCUFCUFCUFC

Motor de Passo (princípio de funcionamento)

UFCUFCUFCUFC Motor de Passo (princípio de funcionamento) Máquinas Síncronas P r o f . S é

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise The torque is proportional to the square of

UFCUFCUFCUFC

SRM - Análise

DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise The torque is proportional to the square of the

The torque is proportional to the square of the current, hence the current can be unipolar to produce unidirectional torque. Note that this is quite contrary to the case for ac machines. This unipolar current requirement has a distinct advantage in that only one power switch is required for control of current in a phase winding. Such a feature greatly reduces the number of power switches in the converter and thereby makes the drive economical.

The torque constant is given by the slope of the inductance vs. Rotor position characteristic. It is understood that the inductance of a stator winding is a function of both the rotor position and current, thus making it nonlinear. Because of its nonlinear nature, a simple equivalent circuit development for this motor is not possible.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise Since the torque is proportional to the square

UFCUFCUFCUFC

SRM - Análise

DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise Since the torque is proportional to the square of

Since the torque is proportional to the square of the current, this machine resembles a dc series motor; hence, it has a good starting torque.

A generating action is made possible with unipolar current due to its operation on the negative slope of the inductance profile.

The direction of rotation can be reversed by changing the sequence of stator excitation, which is a simple operation.

Due to features 1, 4, and 5, this machine is suitable for four- quadrant operation with a converter.

Torque and speed control is achieved with converter control.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise This machine requires a controllable converter for its

UFCUFCUFCUFC

SRM - Análise

DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise This machine requires a controllable converter for its

This machine requires a controllable converter for its operation and cannot be operated directly from a three-phase line supply. Hence, for constantspeed applications, this motor drive is expensive in comparison to induction and synchronous motors.

Because of its dependence on a power converter for its functioning, this motor drive is an inherently variable-speed motor drive system.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise There is very little mutual inductance between machine

UFCUFCUFCUFC

SRM - Análise

DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise There is very little mutual inductance between machine phase

There is very little mutual inductance between machine phase windings in SRM, and for all practical purposes it is considered to be negligible. Since mutual coupling is absent, each phase is electrically independent of other phases. This is a feature unique to this machine only. Due to this feature, note that a short-circuit fault in one phase winding has no effect on other phases. For one thing, it makes possible operation of other healthy phases of the machine and their operation will not be derated, as the voltage requirement is the same before and after the fault. Such independence of machine phases has tremendous consequence in aircraft actuators and generators, actuators used in defense applications, motors used in coolant pumps in nuclear power plants, and traction and electric vehicles, to mention a few applications. In extreme contrast to the operation of SRM under short-circuit fault, consider a permanent magnet synchronous motor with a single-phase, short-circuit fault condition.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise Because the current only needs to be unidirectional

UFCUFCUFCUFC

SRM - Análise

DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Análise Because the current only needs to be unidirectional for

Because the current only needs to be unidirectional for all quadrants of operation, unlike in other machines, all power converter configurations for this machine have a switch in series with a machine phase winding facing the dc source voltage. In case of a machine partial-winding fault or switch misfiring, or short circuit, there is a significant delay time in the rise of the current which allows the protection circuit to be activated to isolate the faults. Also, there is no shoot-through failure mode even when the power switch fails. In contrast, all other ac machine drives require the placement of two power switches in series facing the dc source, with the center point connection of the switches connected to one end of the machine phase winding. Such an arrangement for one phase is called a phase leg or the inverter. Only one switch in a phase leg can be on at any time. Failure in another switch leading to a short circuit or misfiring will lead to a short circuit of the dc source. Such a fault is known as a shoot-through fault.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Single-Phase Motor These are the simplest SR motors with fewest

UFCUFCUFCUFC

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Single-Phase Motor These are the simplest SR motors with fewest

Single-Phase Motor

These are the simplest SR motors with fewest connections between machine and electronics. The disadvantages lie in very high torque ripple and inability to start at all angular positions. Maybe attractive for very high speed applications, but starting problems may preclude their use.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

UFCUFCUFCUFC SRM (Detalhe do imã para possibilitar a partida) ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS Máquinas Síncronas

UFCUFCUFCUFC

SRM (Detalhe do imã para possibilitar a partida)

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS
ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Two-Phase Motor Problems of starting compared with single phase machines

UFCUFCUFCUFC

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Two-Phase Motor Problems of starting compared with single phase machines

Two-Phase Motor

Problems of starting compared with single phase machines can be overcome by stepping the air-gap, or providing asymmetry in the rotor poles. This machine may be of interest where the cost of winding connections is important, but again high torque ripple may be detrimental.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Three-Phase Motor Offers simplest solution to starting and torque ripple

UFCUFCUFCUFC

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Three-Phase Motor Offers simplest solution to starting and torque ripple

Three-Phase Motor

Offers simplest solution to starting and torque ripple without resorting to high numbers of phases. Hence has been the most popular topology in its 6/4 form. Alternative 3-phase machines with doubled-up pole numbers can offer a better solution for lower speed applications. But again watch-out for torque ripple especially in the voltage control single-pulse operating mode.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Four-Phase Motor Maybe popular for reducing torque ripple further, but

UFCUFCUFCUFC

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC Four-Phase Motor Maybe popular for reducing torque ripple further, but

Four-Phase Motor

Maybe popular for reducing torque ripple further, but the large number of power devices and connections will probably limit four phase to a limited application field. Five- and six-phase motors can offer better torque ripple reduction compared with four-phase and three-phase.

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM - Configurações de rotor (a) 1 dente por pólo; (b)

UFCUFCUFCUFC

SRM - Configurações de rotor

(a) 1 dente por pólo; (b) 2 dentes por pólo

de rotor (a) 1 dente por pólo; (b) 2 dentes por pólo Máquinas Síncronas P r

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM – Vibração e Ruído Máquinas Síncronas P r o f

UFCUFCUFCUFC

SRM – Vibração e Ruído

ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC SRM – Vibração e Ruído Máquinas Síncronas P r o f . S é

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS

ACIONAMENTOS DE MÁQUINAS ELÉTRICAS UFCUFCUFCUFC (RELUCTANCE MOTOR DRIVES, R. Krishnan ) em pdf Máquinas Síncronas P

UFCUFCUFCUFC

(RELUCTANCE MOTOR DRIVES, R. Krishnan)

em pdf

Máquinas Síncronas

Prof. Sérgio Daher