Vous êtes sur la page 1sur 3

Elementoterapia

Seu signo(**) corresponde a um dos quatro elementos: ar, fogo, água


ou terra. E que, em função disso, você pode ser emotivo
(característica de água), persistente (qualidade de terra), impulsivo
(temperamento de fogo) ou comunicativo (característica de ar).

Embora um elemento seja predominante, todos os quatro estão


presentes nos seres humanos. O ideal é que eles estejam em
equilíbrio, mas nem sempre (aliás, raramente) isso acontece, trazendo
desordens físicas, mentais e emocionais. A ansiedade e a
impaciência, por exemplo, podem estar ligadas ao excesso de fogo; a
hipersensibilidade emocional, ao excesso de água; os pensamentos
repetitivos, ao excesso de ar.

A elementoterapia é a disciplina que trata desses desequilíbrios.


Segundo o terapeuta Edson Carlio, de São Paulo, ela deriva da
alquimia - ciência muito praticada na Idade Média e que tornou famoso
o médico suíço Paracelso (1493-1541), precursor da moderna
homeopatia.

O tratamento elementoterápico baseia-se em remédios naturais,


práticas de respiração, meditação, entoação de mantras (sons
especiais) e no contato direto com os elementos. "Em certos casos,
literalmente, enterramos as pessoas até o pescoço para que suas
enfermidades sejam absorvidas pelo elemento terra" exemplifica
Edson.

A vantagem dessa terapia é auxiliar na transformação do


comportamento da pessoa de modo que ela não volte a sofrer dos
mesmos males

Práticas da alquimia para equilibrar os elementos

TERRA
Quem tem excesso de terra costuma ser muito apegado aos bens
materiais, às pessoas e às coisas; teimoso, resiste a mudar de idéia e
fica muito desconfortável quando seus planos não dão certo.

Uma das práticas indicadas é fazer uma cova no chão, enterrar os pés
até a altura dos tornozelos e manter-se assim por quinze minutos,
duas vezes por semana no mínimo. Andar descalço sobre a terra
também ajuda.

Outra dica: usar nos sapatos palmilhas com pequenos ímas (à venda
em lojas de produtos naturais). Embaixo da palmilha, pode-se colocar
uma pitada de enxofre. Isso descarrega as energias telúricas (naturais
do planeta) que se acumulam no corpo.

Meditação para ser feita diariamente por no mínimo 15 minutos: num


ambiente tranqüilo, sente-se confortavelmente, inspire profundamente
e cante o mantra iiiiiaaaaaoooo enquanto exala todo o ar.

AGUA
Seu excesso faz a pessoa emocionar-se intensamente e por qualquer
coisa, guardar mágoas, sentir-se perseguida ou vítima dos outros.

Para harmonizar este elemento, encha um balde com água fria e outro
com água quente. Mergulhe os pés na água quente por dois minutos e
depois deixe-os na fria por 30 segundos. Repita a operação sete
vezes, terminando com a água fria.

Meditação para ser feita diariamente por no mínimo 15 minutos: num


ambiente tranqüilo, sente-se confortavelmente, inspire profundamente
e cante o mantra mmmmmm (com a boca fechada) enquanto exala
todo o ar.

AR
Quem o tem muito acentuado costuma ser distraído, muda muito de
idéia, tem dificuldades para concretizar seus planos e a tendência a
mentir (mesmo sem perceber).

Os odores de benjoim, arruda e canela (em incensos ou essências


aromáticas) favorecem o equilíbrio do ar. Respirar com calma pelo
nariz, sentindo a respiração, também ajuda muito. Deve-se ainda
evitar falar enquanto se come, o que é um hábito das pessoas que
têm ar em excesso.

Meditação para ser feita diariamente por no mínimo 15 minutos: num


ambiente tranqüilo, sente-se confortavelmente, inspire profundamente
e cante o mantra iiiiiiaaaaa enquanto exala todo o ar.

FOGO
Pessoas com este elemento em excesso são de um temperamento
explosivo e normalmente autoritário. Inquietas, impulsivas, têm
dificuldade para continuar aquilo que começam.

Para baixar o excesso de fogo, a prática mais indicada é uma


meditação. Todos os dias, acenda uma vela para você mesmo e olhe
fixamente para a chama. Por 10 minutos, mentalize a sua própria
imagem bem pequenina dentro da chama. Segundo Edson Carlio, o
que se pretende com esse exercício é induzir a pessoa a queimar
mentalmente o seu próprio fogo.

Depois dessa meditação, deve-se cantar o mantra ssssssss por 15


minutos. Inspire profundamente e emita o som enquanto exala todo o
ar.

Meditação para os cinco elementos


Existe um quinto elemento, o éter, cuja função é agregar os outros
quatro. Ele não está ligado a um comportamento específico, mas,
quando em desequilíbrio, provoca a desarmonia entre o ar, a terra, o
fogo e a água. %u201CA deficiência de éter não tem um sintoma
característico, mas ela existe na maioria dos seres humanos%u201D,
diz Edson Carlio.

Para equilibrar tudo de uma vez, ele propõe uma meditação com os
mantras correspondentes a cada elemento. Inspire profundamente e,
enquanto exala ar, emita o som. Cada mantra deve ser repetido
continuamente por nove minutos ou 45 vezes, o que você preferir.

Terra - iiiiaaaaoooo
Água - mmmmmm
Ar - iiiiiiaaaaaa
Fogo - ssssss
Éter - iiiiiiiiooooooo

(**) Os signos de Fogo são Áries, Leão e Sagitário; de Terra são


Touro, Virgem e Capricórnio; de Água são Câncer, Escorpião e Peixes;
de Ar são Gêmeos, Libra e Aquário.

Reportagem de Regina Giannetti


http://www.vialuz. com/