Vous êtes sur la page 1sur 1

Aliança Bíblica Universitária do Brasil

Estudo Bíblico

A opção por Jesus Cristo


“É verdade que se seguíssemos os ensinamentos de Jesus Cristo estaríamos vivendo num mundo bem
mais feliz. Não é necessário nem mesmo ir até Cristo. Se fizéssemos tudo o que Platão, Aristóteles ou Confúcio
nos ensinaram, viveríamos muitíssimo melhor. E daí? Nunca praticamos os ensinamentos dos grandes mestres.
(...) Se o cristianismo significa apenas um apanhado de bons conselhos, então o cristianismo não tem
importância nenhuma. Não tem faltado bons conselhos nestes últimos quatro mil anos. Um pouco mais não faz
diferença nenhuma.” (C.S.Lewis)

“Surge repentinamente no cenário um homem falando a todos como se fosse Deus. Ele garatnte que pode
perdoar pecados, ele diz que sempre existiu,. Ele diz que virá para julgar o munod no fim dos tempos. Vamos
deixar tudo bem claro... Estou auqi tentantdo prevenir qualquer um de dizer a tolice que as pessoas costumam
dizer sobre Ele: “Estou pronto a aceitar Jesus como um grande mestre da moral, mas não aceito sua
reivindicação de ser Deus. Está aí alguma coisa que diz ser um ovo cozido – ou então o Demônio do inferno.
Faça sua escolha. Ou este homem era, e é o Filho de Deus , ou um louco ou algo pior. Você pode confiná-
lo como um louco, pode cuspir nele ou matá-lo como um demônio; ou pode cair a seus pés e chamá-lo Senhor e
Deus. Mas não vamos com essa tolice de apoiá-lo como um grande mestre humano. Ele não pretendeu deixar-
nos essa opção.” (C.S.Lewis)

1 - Qual a importância da vida de Jesus?

Mestre qual o grande mandamento na Lei? Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o
teu coração, de toda a tua alma de todo o teu entendimento. Este é o primeiro e grande mandamento. O segundo
semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e
os profetas. (Mateus, cap. 22 vers. 36-40)

2 - Que importante relação é colocada por Jesus entre o amor a Deus e o amor ao próximo?

Mas Jesus, chamando-os para junto de si, disse-lhes: Sabeis que os que são considerados governadores
dos povos têm-nos sob seu domínio, e sobre eles os seus maiorais exercem autoridade. Mas entre vós não é
assim; pelo contrário, quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva; e quem quiser ser o
primeiro entre vós será servo de todos. Pois o próprio filho do homem não veio para servir mas para dar a sua
vida em resgate por muitos. (Marcos, cap. 10, vers. 42-45)

3 - Que proposta de vida está expressa nesse trecho? Qual a sua relação com que observamos
diariamente para a maioria das pessoas? Como Jesus se apresenta nesse texto? Seu final traz
um ponto que difere Jesus das demais pessoas ditas “grandes mestres”. Qual é?

Centres d'intérêt liés