Vous êtes sur la page 1sur 18

Básico sobre atualização de

BIOS
Introdução
Apesar de ser uma operação simples, a atualização de BIOS
é algo um tanto quanto arriscado. Tal risco se deve ao fato
de que, se algo der errado, a placa-mãe do computador
pode ficar inutilizada. Mesmo assim, a atualização de BIOS é
feita com grande freqüência. Isso acontece porque a
tecnologia de hardware avança muito rápido, principalmente
em relação aos HDs e aos processadores.
O BIOS é um programa que fica armazenado em uma
memória especial localizada na placa-mãe. Trata-se de um
tipo de memória ROM. O tipo mais usado atualmente é a
Flash-ROM (ou Flash-BIOS) que pode sofrer modificações,
ou seja, atualizações, por um software especial desenvolvido
geralmente pelo fabricante. Um tipo de ROM utilizado em
computadores mais antigos é o EPROM (Erasable
Programmable ROM), que precisa de equipamentos
especiais para reescrita de dados. Isso deixa claro que este
tutorial visa a atualização de BIOS em chips Flash-ROM.
Flash-ROM
A memória Flash-ROM é
responsável por "guardar"
o SETUP (uma espécie de
interface gráfica que
permite a configuração de
hardware através de
parâmetros do BIOS) e o
POST (teste de
componentes do computador quando este é ligado). O BIOS
(Basic Input Output System), como já dito, também fica
nesse chip e consiste num programa responsável pela
tradução das instruções do sistema operacional e dos
aplicativos em comandos que podem ser compreendidos
pelo hardware da máquina.
Em muitas placas-mãe, a configuração feita através do
SETUP fica guardada em um chip de tecnologia CMOS
(Complementary Metal Oxide Semiconductor) que, por sua
vez, é alimentado por uma bateria. Em modelos mais
recentes, essa memória fica integrada ao chipset.
Quando atualizar o BIOS
Quando o BIOS é atualizado, na verdade, atualizá-se a ROM-
BIOS, isto é, o BIOS, o POST e o SETUP. Esse procedimento
só é necessário se existir problemas de funcionamento no PC
que podem ser corrigidos com a atualização. Outra razão, é
que equipamentos de hardware são lançados
constantemente e pode ser necessário atualizar o BIOS para
que seu computador suporte o novo hardware. Isso
acontece muito com processadores. As placas-mãe
suportam determinados modelos de processadores que vão
até uma certa velocidade. Caso seja lançado um processador
da mesma linha que ultrapasse esse limite, o fabricante da
placa-mãe geralmente disponibiliza uma atualização de BIOS
para suportar os padrões dos novos chips.
Se seu computador não está apresentando nenhum
problema que seja corrigido por um novo BIOS ou se você
não vai adicionar nenhum recurso de hardware que requer
uma atualização, não há motivos para atualizar o BIOS. Isso
deixa claro que esse procedimento só deve ser feito nos
casos que o exigem. Atualizar simplesmente para manter a
versão mais nova é algo extremamente desnecessário.
O porquê dos riscos
A atualização de BIOS é um procedimento arriscado porque
pode falhar e deixar a placa-mãe fora de uso. Isso pode
acontecer, por exemplo, se durante o processo de
atualização a energia elétrica faltar. Além disso, o arquivo de
atualização pode estar corrompido ou uma versão de BIOS
errada ser baixada. Mesmo se isso ocorrer, há como resolver
o problema, mas em placas-mãe antigas somente técnicos
experientes e devidamente equipados é que têm qualificação
para isso. Algumas placas-mãe, como muitos modelos da
Asus, permitem recuperar o BIOS anterior em casos de
problemas. Por isso, é recomendável ler o manual da placa-
mãe para saber quais recursos ela oferece em relação à
atualização de BIOS. Isso varia de modelo para modelo, de
fabricante para fabricante e sem o manual, o risco de
cometer erros aumenta significantemente.
Atualizando o BIOS
Se você constatou que realmente vai ser necessário
atualizar o BIOS de um computador, a primeira coisa que
deve fazer é identificar o fabricante, o modelo e a versão da
placa-mãe. Geralmente essas informações se encontram no
manual que acompanha a placa. Em seguida, é conveniente
anotar os dados de configuração existentes no SETUP. Isso
porque o processo de atualização pode apagar toda a
configuração atual. Dependendo do modelo da placa-mãe,
pode ser necessário alterar um jumper, que funciona como
uma espécie de dispositivo de segurança contra gravações
indevidas. Para certificar-se desta necessidade, é
imprescindível consultar o manual da placa-mãe. Antes de
prosseguir, é necessário citar que o processo de atualização
deste tutorial segue um modelo padrão, que pode ter
grandes diferenças em relação à determinadas placas-mãe.
Por isso mesmo, é necessário consultar o manual da placa
ou consultar o site do fabricante para saber como proceder
com sua placa-mãe. Usaremos aqui um exemplo baseado
em BIOS da Award, muito comum no Brasil.
Estando ciente dos pontos acima, acesse o site do fabricante
da placa-mãe e procure a área correspondente à atualização
de BIOS. Siga as instruções fornecidas e faça o download
dos arquivos necessários à operação. Pode ser que o arquivo
que contenha o novo BIOS esteja em formato ZIP, sendo
necessário descompactá-lo. Depois de descompactado, o
arquivo com o BIOS pode ter extensão .bin, .awd ou outra,
conforme o fabricante do BIOS e o modelo da placa-mãe.
Um outro arquivo que geralmente é baixado junto é o
programa que faz a gravação do novo BIOS. No caso da
Award, este programa recebe o nome de awdflash.exe
(nada impede que novas versões utilizem um outro
programa). Vale dizer que é expressamente recomendável
utilizar o programa que o fabricante indicar para o modelo
de sua placa-mãe.
Iniciando a atualização
A operação de atualização de BIOS deve ser feita através de
um "boot limpo", ou seja, nenhum programa deve ser
carregado na memória a não ser o arquivos io.sys,
msdos.sys e command.com. Para fazer isso, insira um
disquete no drive A e no prompt do DOS digite format
a:/s/u e aperte Enter em seu teclado. Também, verifique se
no SETUP a seqüência de boot tem o disquete como primeira
opção. Concluído esses passos, reinicie o computador com o
disquete de "boot limpo" que você acabou de criar e aguarde
o prompt aparecer.
Outra maneira de dar boot limpo é simplesmente ficar
pressionando o botão F8 e no menu que aparecer, escolher
"Somente prompt de segurança". Mas isso somente funciona
com o Windows 95 e 98. Para os demais sistemas é
necessário usar o disquete de boot.
Quanto aos arquivos para a atualização da BIOS, você pode
colocá-los num disquete ou no HD da máquina, desde que
você saiba o local onde deixou.
O passo a ser seguido agora é o de fazer backup (cópia de
segurança) da BIOS existente, caso ocorra algum problema
na atualização. Para isso, usá-se o programa awdflash (ou
equivalente) através do comando no prompt: awdflash /pn
/sy. Após digitar isso, aperte Enter em seu teclado. Irá
surgir uma tela onde você digitará um nome para o arquivo
do BIOS atual. Após ter realizado esse processo, reinicie a
máquina, dando um novo "boot limpo". Agora, digite o
comando awdflash bios.bin (ou equivalente, conforme
orientação do fabricante) e tecle Enter, onde bios.bin é nome
do novo BIOS. O programa perguntará se você quer mesmo
gravá-lo. Você deverá responder teclando Y (do inglês yes).
Neste exato momento, a gravação começará e ao término,
aparecerá um opção para sair do programa ou reiniciar o
computador. Mas atenção: se alguma mensagem de erro
surgir, NÃO REINICIE NEM DESLIGUE A MÁQUINA! Execute o
processo de gravação novamente. Se o erro persistir,
regrave o backup que você fez. Agora, caso necessário,
resta somente reiniciar o computador e configurar o SETUP
com os dados que você anotou. Pronto, a atualização está
concluída.
É importante frisar que alguns modelos recentes de placas-
mãe vêm com BIOS mais fáceis de atualizar. Como exemplo,
alguns modelos da Asus possuem um programa que permite
a atualização através do próprio Windows: trata-se do Asus
Update. Neste caso, o software pode procurar um BIOS no
site da empresa e depois atualizar como se tivesse
instalando um programa qualquer. A vantagem disso é que o
aplicativo consegue achar o modelo exato para sua placa-
mãe. Ao usá-lo, deve-se evitar a utilização de outros
programas (como navegador de internet, editores de textos,
etc), pois a operação requer certa quantidade de memória e
se algum software travar o computador, problemas podem
surgir. Por isso, a dica mais importante é: siga as
orientações do manual de sua placa-mãe. Consultando este
documento, as chances de erro durante o processo de
atualização de BIOS serão bem menores.
Atenção: O InfoWester não se responsabiliza por danos ou
problemas que venham a acontecer com
Antes de mais nada gostaria de esclarece que o procedimento não é tão arriscado como
alguns pensam, mas há riscos, claro.
E é recomendável que se seu sistema funciona normalmente vc não faça uma atualização
assim "por diversão", se fizer assuma os riscos!
Ficando isso bem claro vamos ao FAQ :-)
Primeiro é necessário saber qual sua placa mãe, a marca, o modelo e a revisão de PCB.
Se vc não sabe vou dar umas dicas de como descobrir:
1 - No Aida32 nas informações sobre a placa mãe:

Aqui se descobre a Marca e o Modelo da placa mãe, nesse caso é uma MSI 845 Pro4
(MS-6391), geralmente é informada tb a revisão do PCB, nesse caso não aparece.
Possivelmente porque só há uma versão dessa placa.
Mas cuidado que há casos em que não aparece e a placa é de uma revisão específica.
2 - Na tela do POST, na parte de cima logo abaixo da marca do fabricante do BIOS
(Award nesse caso), geralmente mostram o modelo da placa mãe seguido da versão de
BIOS atual.

Geralmente tb mostra aqui a revisão do PCB da placa.


3 - Outra opção é a olhando diretamente na placa. Perto do slot AGP ou da borda inferior
deve estar escrito o modelo da placa mãe e a revisão do PCB.
(clique na foto para ver uma versão ampliada)
Sabendo qual a marca, modelo e revisão do PCB, vá ao site oficial do fabricante e pegue
a ultima versão de bios disponível ou a desejada.
As atualizações são acumulativas, vc não precisa ir atualizando de uma em uma, pegue a
ultima que já contem todas as correções incorporadas nas anteriores.
Coloco aqui uma lista das páginas com as atualizações de bios para algumas marcas.
Abet: http://fae.abit.com.tw/eng/download/bios/index.htm
Asus: http://www.asus.com.tw/support/download/download.a
spx
ECS: http://www.ecs.com.tw/download/bios_m.htm
BIOS do Cheepoman para K7S5A
Epox: http://www.epox.nl/english/support/bios.htm
Gigaby http://tw.giga-
te byte.com/Motherboard/Support/BIOS/BIOS_List.htm
MSI: http://www.msi.com.tw/program/support/bios/bos/spt
_bos_list.php
PCChip K7 (Athlons e Durons, séries m8xx)
s: P4 (Pentium4 423 e 478, série m9xx)
P3 (Pentium2, 3 e Celerons, séries m7xx)
Shuttle http://www.shuttle.com/new/support/download/downlo
: ad.asp
Soyo: http://www.soyousa.com/downloads/
Depois que vc pegou o arquivo (geralmente um .exe ou .zip), descompacte ele, se for .exe
basta executar q os arquivos aparecerao na pasta atual (então crie uma pasta nova e mova
o arquivo para la antes de executar para não misturar os arquivos).
Devem aparecer pelo menos dois arquivos.
1 - a imagem do BIOS, geralmente um arquivo .Bin ou .ROM, em alguns casos os
fabricantes usam uma extensa referente à versão do bios)2 - o Flasher, programa usado
para gravar a imagem no chip do bios.
Se veio apenas a imagem vc deve descobrir qual o fabricante do BIOS para pegar o
flasher adequado.
Os mais comuns são a American Megatrends Inc. (AMI) e a Award.
As imagens de BIOS AMI costumam ter extensa .ROM, as imagens de BIOS Award
costuam ter extensa .BIN, caso a extensa seja diferente confira no POST qual é o bios
utilizado para pegar o flasher adequado.

Nesse caso da pra ver claramente que o fabricante é Award.


Flasher para BIOS AMI: AMI Flash Utility v3.35 (518KB)
Flasher para BIOS Award: Award Flash Utility v8.22A (39KB)
A Award também disponibiliza um programa para atualizar o BIOS via windows mesmo,
no site da ECS há um tutorial de como fazer isso: WinFlash HowTo
A ECS recomenda que algumas versoes de bios sejam atualizadas com o Winflash, isso é
informado no site.
A Abit avisa que se DEVE atualizar o bios com a versão 8.23D do Award Flash Utility.
Disco de BOOT
Agora, para fazer a atualização é necessário iniciar o computador em modo real, usando o
velho MS-DOS.
Quem usa windows 95 ou 98 é super simples, basta apertar F8 ou Ctrl logo depois q vc
liga o PC, quando aparece a mensagem "Iniciando o Windows 9X...". E selecionar a
opção 5 (as vezes é a 6) "Somente Prompt do Modo de Segurança". Assim o sistema
ignora o Autoexec.bat e o Config.sys, iniciando o PC em modo real sem nenhum driver
carregado.
Para quem não usa windows 9x é necessário criar um disquete de boot.
No Windows XP isso á facil, basta formatar um disquete marcando a opção "Criar um
disco de inicializaçao do MS-DOS".
Para chegar aqui basta clicar com o botao direito do mouse no drive de disquete apartir
do Meu Computador e escolher Formatar..

O disquete será formatado e serao copiados arquivos de sistema para que ele possa iniciar
o pc em modo real.
Agora se vc usa windows ME ou 2000, a coisa complica um pouco, por isso eu gerei uma
imagem desse disco de boot feito apartir do XP.
Pegue ele aqui: Disco de Boot Limpo (1.4MB).
Vc vai precisar do WinImage para gravar essa imagem no disquete.
Há pessoas que não possuem mais drive de disquete no computador nesse caso o jeito é
fazer um CD de Boot.
Para isso fiz o Tutorial de Como Criar um CD de BOOT
Agora que já temos o disquete e a imagem do BIOS ja podemos atualizar.
Se vc tem partiçoes FAT ou FAT32 no HD é recomendável deixar os arquivos no HD e
atualizar a partir dai, o HD é mais confiável que um disquete (muito sujeito a falhas).
Crie uma pasta BIOS na raiz da partiçao FAT, copie o flasher e a imagem para lá.
Se vc usa outro sistema de arquivos, NTFS por exemplo, que o DOS não consegue ler,
copie os arquivos para o disquete ou CD de Boot.
Apesar do HD ser mais confiável, não há tanto risco em atualizar a partir do disquete
porque o flasher faz uma verificaçao da integridade do arquivo antes de atualizar,
impedindo a atualização se o arquivo não estiver OK.
ATENÇAO: duas coisas importantes q eu lembrei agora.
Desabilite o System BIOS Cacheable, no setup, caso esteja habilitado.
E se sua placa mãe possui alguma proteçao contra gravaçao de BIOS (ou contra virus
como o CIH) também deve ser desabilitada!
Só mais uma coisa antes de atualizar, se vc não sabe configurar o Setup da placa mãe,
entre no setup e anote todos os parâmetros para deixar do mesmo jeito depois de
atualizar.
Pronto, agora basta mudar a ordem de boot para que o PC inicie pelo disque (ou CD).
Para isso entre no setup (aperte DEL na tela de POST), va em Advanced Setup (comum
nos BIOS AMI) ou Advanced BIOS Features (Award) e mude o Boot Secuence para A/C
(ou CD-ROM), ou mude o parâmetro 1st (ou First) Boot device para Floppy (ou CD-
ROM).
Coloque o disco no drive, saia do Setup usando a opção Save And Exit (F10).
Quando o PC iniciar vc verá a tela mostrando A:\> e um _ piscando.
Para quem conhece os comandos de DOS não há mistério, para quem não sabe os unicos
q vc vai precisar são o DIR e o CD.
O DIR serve para listar os arquivos do diretório (pasta) atual, e o CD serve para entrar em
um diretório.
Se vc colocou os arquivos no disquete digite DIR para conferir se eles estao ali mesmo.
Se colocou os arquivos na pstas BIOS na raiz do C: (ou outra unidade) digite:
C: (para ir à unidade desejada)
cd bios (para entrar no diretório desejado, se vc entrou no diretório errado digite CD..
para retornar ao diretório anterior)
dir (para listar os arquivos do diretório atual)
Vc verá algo parecido com isso:

Usando o Flasher AMI


Agora digite o nome do arquivo flasher seguido do nome do arquivo da imagem.
Nesse caso: aminf330 020429.ROM
E pressione enter.
Tanto faz escrever em maiúsculas ou minúsculas.

O programa faz a verificaçao do arquivo, ve se é adequado a essa placa mãe, se tudo


estiver OK exibe a mensagem "The BIOS ROM file is correct".
E pede que aperte Enter para continuar ou Esc para sair.
Aperte Enter e espere.
Vc vê a barrinha enchendo enquanto a imagem está sendo gravada no BIOS, não aperte
nada e principalmente não desligue o computador enquanto isso!
Se algo errado ocorrer nessa hora o PC não iniciará mais!!!

Quando terminar a atualização o PC reiniciará sozinho.


Aqui na tela do POST vc receberá a mensagem CMOS Checksum Bad, indicando que os
dados presentes no CMOS (memória que guarda as configuraçoes do setup) está mal.
Aperte F1 para entrar no setup, carregue os Defaults (configuraçao padrao) na opção
Load Optimal Settings.
Configure o Setup como estava antes, não esqueça da date e da hora.
Saia salvando (F10) e pronto! :-)
Usando o Flasher Award
Digite o nome do arquivo flasher seguido do nome do arquivo da imagem.
Nesse caso: awd816a vxadv12f.bin
E pressione enter.
Tanto faz escrever em maiúsculas ou minúsculas.
O programa pede confirmaçao se o arquivo da imagem está correto.
Pressione Enter para continuar.
Depois ele pergunta se vc quer salvar a imagem do BIOS atual, responda Y e de um nome
para o arquivo, por exemplo: biosvelho.bin
Pressione Enter para continuar.
O programa pede confirmaçao se vc quer mesmo atualizar o BIOS, aperte Y para
continuar.

Durante a gravaçao da imagem no BIOS não faça NADA!!! Nao aperte nada e
principalmente não desligue o computador enquanto isso!
Se algo errado ocorrer nessa hora o PC não iniciará mais!!!
Quando a gravaçao terminar o programa avisa para remover o disco de boot do drive e
apertar F1 para reiniciar o PC. Faça isso.

Aqui na tela de POST vc verá que a versão mudou e recebe o aviso CMOS checksum
error - Defaults loaded.
Aperte DEL para entrar no setup, carregue os Defaults (Load Optimized Defaults) e
reconfigure o setup do jeito que estava antes, não esqueça da date e da hora.
Saia salvando (F10) e seu PC já está pronto!