Vous êtes sur la page 1sur 29

NOTA DO AUTOR

ESTE TUTORIAL FAZ REFERÊNCIA AO USO SOFTWARES DE DISTRIBUIÇÃO


LIVRE, NÃO FERINDO ASSIM, AS LEIS DE PROTEÇÃO DE SOFTWARE.
OS SOFTWARES UTILIZADOS COMO EXEMPLO PODEM SER ENCONTRADOS NO
SITE www.doom9.org.

É IMPORTANTE DESTACAR, QUE PARA RIPAR UM DVD,


É NECESSÁRIO QUE VOCÊ TENHA O DVD ORIGINAL.
TODAS AS CENAS DE FILMES QUE APARECEM NOS TUTORIAIS
FORAM EXTRAÍDAS DE DVDS PARTICULARES DE MINHA COLEÇÃO.
O USO INDEVIDO DESTE MATERIAL É DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DO
USUÁRIO.

RECOMENDAÇÕES PARA QUEM QUER CONVERTER PARA MPG OU MPG2.


As dicas que vou transmitir logo adiante, referem-se a conversão para o formato SVCD
(utilizando templates de KVCD, no Tmpgeenc), que foi o melhor formato de video para DVD
doméstico que eu encontrei. Com esse formato, consegui colocar em media 1:20 hs de filme em
um CD, com qualidade muito boa, comparável a de um SVCD (que so permite 40 minutos de
vídeo cada cd). Portanto antes de qualquer coisa, verifique o tamanho do seu filme e conclua se
vai caber ou não em 1 único cd ou se vc vai precisar dividi-lo.

REMOVENDO O SOM E CONVERTENTO PARA WAV.

Este tutorial tem como objetivo ajudar quem precisa remover e converter o som do filme usando
o VirtualDub. Entre no Virtual DUB:
Selecione o vídeo:

Se por acaso aparecer a janela abaixo, simplesmente ignore-a e click em NÃO.

Se fossemos processar o áudio dentro do virtual dub, seria necessária outra versão do programa,
mas como vamos simplesmente extrair o áudio posteriormente, esse resposta deverá ser NÃO.
Agora escolha a opção

Aparecerá a seguinte janela:


Observe o formato do áudio, MP3.
Click no botão Demux.

Repare que como meu vídeo tem som em mp3, especifiquei o nome do arquivo com a extensão
MP3. Click em SAVE.

Agora é só esperar terminar.


Terminada a extração do áudio, é hora de convertê-lo para WAV.
Abra o BesweetGui

Agora vamos aos detalhes:


A parte circulada em vermelho, são os caminhos dos arquivos executáveis que executarão o
serviço. Informe-os de forma semelhante à figura.
O circulo em azul, indica o tipo de arquivo a ser gerado. No nosso caso, como queremos gerar um
VCD, devemos escolher WAVE-STEREO.
Os botões circulados em Marrom, indicam o arquivo de origem (MP3 ou AC3) e o arquivo de
destino, WAV.
Inserindo o arquivo MP3 gerado anteriormente com o Virtual Dub.

Informe os dados necessários nessa janela, e click em ok.


Para geração de arquivo de áudio para VCD, deixe as outras opções marcadas de acordo com a
figura.
É hora de decodificar para WAV.

Dependendo da origem, o botão (AC3 TO WAV) pode aparecer como (MP3 TO WAV). Como eu
mencionei, depende da origem.
Click nesse botão e aguarde o processo ser concluído.
Aparecerá essa janela. Muitos não estão acostumados com janelas desse tipo, mas quem quer
aprender a trabalhar de forma eficiente com vídeos, tem que se acostumar.
AGORA É HORA DE PREPARAR AS LEGENDAS.

CONVERTENDO LEGENDAS NO SUBRIP.

Ao abrir o SubRip aparece a seguinte janela:

Click no botao EXIBIR / OCULTAR JANELA DE TEXTO.


Aparecerá a seguinte janela:
Click no em Arquivo > Abrir

Escolha o arquivo de legenda desejado.

Selecione o formato de saida


Configure as caracteristicas de fonte, cor, tamanho etc.

Click no botão CONVERTER PARA ESSE FORMATO

Parabéns, agora você tem um arquivo no formato SSA. Que pode ser usado no Virtual Dub para
colocar legendas fixas em um filme.

DIVIDINHO LEGENDAS COM O SUBRIP.

Para dividir legendas no SUBRIP é muito fácil.


Click no botao SHOW/HIDE SUBTITLES TEXT WINDOW.
Aparecerá a seguinte janela:
Click em OUTPUT FORMAT.

Escolha dividir arquivo.

Marque a opção DIVIDIR ARQUIVO DE SAIDA.


Para a primeira legenda, deixe a primeira linha zerada e coloque valor na segunda (de acordo com
o ponto onde você quer dividir).
Click em ok, e vai voltar para a primeira tela.
Click em Arquivo > Salvar como e salve a primeira parte das legendas.
Agora, abra novamente o arquivo original (sem corte) e vamos criar o segundo cd:

coloque na primeira linha, o que você tinha colocado na segunda linha. Click em Ultima Legenda
(para dividir em duas partes) se for dividir em 3 ou mais, va colocando os tempos finais como foi
feito para o primeiro CD.
Click em Ok.
Click em Arquivo > Salvar Como.

Repita esses passos ate acabar de dividir as legendas.


A PARTIR DESSE PONTO, EXPLICAREI COMO UTILIZAR O FRAME SERVER DO
VIRTUAL DUB.

Antes de mais nada, rode o arquivo AUXSETUP.EXE que fica no diretório do Virtual Dub e click
no botão: INSTALL HANDER. Depois abra normalmente o virtual Dub.

Vamos adicionar os filtros de legenda no virtual Dub.


Aparecera esta janela

Click no botão ADD

Se você não tiver esse filtro na sua maquina entre em contato comigo.
Aparecendo a janela abaixo, selecione o arquivo de legendas (SSA) a ser aberto. Aquele que nos
convertemos anteriormente.
Se você quiser conferir como vai ficar o filme com a legenda, basta clicar em SHOW PREVIEW

Click em OK e depois OK novamente.


Agora vamos Iniciar o Frame Server.

Click em File > Start Frame Server

Click em Start.
Será solicitado um nome para o Frame Server. Indique um nome conforme indicado abaixo.

MUITA ATENÇÃO: Coloque o nome do frame server. Não esqueça da extensão VDR. Se
você não colocar a extensão, o programa não coloca pra você, e sem a extensão o TmpgEnc
pode ter dificuldades para encontrar o frame server.

Click em SAVE.

Pronto, agora nosso servidor de frames esta criado. Vamos ao próximo passo.
Explicarei agora como usar (de forma básica) o TMpegEnc.

LEGENDA
1 – Seleciona arquivo VDR que nos criamos anteriormente.
2 – Seleciona arquivo de Audio. Aquele arquivo que foi criado usando o Besweetgui. Lembra?
3 – Arquivo de saída.
4 – Abre profile pré-difenido de template ou modelo de configurações de convers ão.Eu
particularmente uso o KVCD (NTSCfilm).

5 – Configura manualmente alguns detalhes.


O Botão selecionado é muito importante, através dele, você determina a qualidade do
filme e conseqüentemente, o tamanho final do mesmo. Eu ainda não tenho uma formula
matemática exata pra isso, mas tenho alguns números que podem ajudar.
- Para um filme de 1:30Hs – 4:3 (full screen) deixe a qualidade em 67 +/- para que caiba
em 1 cd de 80 minutos
- Para um filme de 1:30Hs – 16:9 (widescreen) deixe a qualidade em 72 +/- para que
caiba em 1 cd de 80 minutos

Lembre-se, isso é apenas um valor aproximado. Se não der certo, será necessário
repetir o processo.
`

Configuração do Áudio, o ideal é que você configure o áudio para 44100 para ter
compatibilidade com a maioria dos DVD Players
Eu costumo trabalhar com essas configurações. Mas as opções da lista são muitas e podem
melhorar o resultado final. Confesso que ainda não estudei todas, mas consigo obter bons
resultados com as essas configurações.

Depois de configurado, é so clickar em Start e aguardar.

Se você seguiu todos os passos corretamente, terá ao final do processo um arquivo Mpg (VCD)
com legendas pronto para ser gravado do CD e assistir no DVD. Então vamos a isso.

GRAVANDO SVCD COM O NERO.


Ao entrar no Nero, você deverá selecionar a opção de SUPER VIDEO CD. Aparecerá a janela
abaixo. Dependendo do que você escolheu na conversão usando o TMpegEnc, você deverá
selecionar agora (PAL ou NTSC). Embora tenhamos usado o template de KVCD, configuramos
esse template de forma a ser encarado pelo NERO como um SVCD.

As outras opções ficam como estão.


Agora vamos ao menu do SVCD, que pode ser acessado pelo controle remoto do DVD. Vamos
ver:

Aqui você pode configurar o seu menu, inclusive com figura de fundo, etc. Para que o nomes
apareceram corretamente, e preciso configurar os nomes de forma correta. Mais adiante
trataremos disso.

Certifique-se que as opções em ISO estejam assim:


Caso você queira nomear o seu SVCD, você pode faze-lo em LABEL

Click em New.
Agora o Nero ficou assim:

Em FILE BROWSER, selecione os arquivos com a extensão MPEG gerados no TMpegEnc e


arraste-os para a parte de layout do SVCD.
Finalmente teremos a seguinte janela.
Se você quiser alterar a descrição do filme, lembre-se que isso vai aparecer no menu que nos
mandamos criar, você pode clicar com bota direito no filme, e ir em PROPERTIES.

Selecione a opção MENU e faça as mudanças necessárias.

Depois de fazer isso, é so mandar gravar.


Eu gravo com a velocidade máxima de 16x. Já tive problemas com velocidades maiores.

Finalizamos o trabalho. Agora é só pegar a bacia de pipoca e curtir...