Vous êtes sur la page 1sur 2

A História da Magia

1 – Onde tudo começou...

Há muitos anos atrás a primeira denuncia de magia foi no Egito antigo, naquela
época era muito diferente que hoje, os feiticeiros eram chamados pelos Faraós
( considerados deuses) chamava-os para contar como seria a sua vida após da
morte, pois os egípcios acreditavam que quando morriam, depois de algum
tempo retornariam para o seu corpo, por isso eram mumificados e suas tumbas
encontrava-se seus pertences. As tumbas mais famosas são dos Faraós;
Quefrem, Queopse Miquelinos. Mas a magia só foi conhecida como nos
tempos de hoje com a civilização Celta. A religião dos celtas era o druidismo,
politeístas e seus rituais eram sempre feitos ao ar livre, pois acreditava-se que
eles ali ficavam em contato com a natureza e por isso mais perto dos Deuses e
dinvidades.

2 – Curiosidades dos bruxos egípcios...

Para termos uma noção de quando isso aconteceu vamos nos basear no
nascimento de Cristo, bem os primeiros bruxos relatados em +- 3200 antes de
Cristo, já estamos em 2004 ( praticamente), então foi há 5204 anos atrás!
Nesta época eles já tinham um pouco de transfiguração,pois eles tinham como
antepaçados os animais, isso é chamado de "Animal Totem", a Esfinge na
verdade foi uma má transfiguração, os trouxas tem péssimas supostas
maneiras de os Egípcios terem conseguido fazer as pirâmides, claro que para
nós bruxos, sabemos que foram obras de magos muito poderosos. Eles
já usavam calendário e este calendário era com base dos movimentos dos
astros, sol, lua....

Os egípcios também já tinham uma noção de herbologia, com as plantas


típicas das margens do rio Nilo, eles faziam suas poções. Seus animais
preferidos de estimação eram as cobras najas.

3 – Curiosidades dos Celtas...

Os Celtas se encontravam na Europa ocidental, eles foram os principais


fundadores da magia que conhecemos hoje. Foram eles quem criaram a roda
do ano. Essa roda estabelecia as anos, horas e as principais datas dos rituais
mágicos, cada ritual tem um significado muito importante. A natureza para esse
povo é muito importante, pois é dela que os deuses se manifestão, como
também o dia e a noite. Odia é o deus e a noite a deusa mãe, para que tudo
esteja em harmonia é necessário a interação perfeita do masculino com o
feminino. Oano foi dividido em um calendário, igual o que nós usamos hoje,
duramte o ano os Celtas festejam oito momentos, os bruxos até hoje festejam,
estes oito momentos são eles:

O início do ano, Samhain ( 1º de novembro hemisfério Norte e 1º de maio no


sul)

Yule, solstício de inverno ( 21 de desembro Note e 21 de junho sul)


Imbolc, nascimento ( 1º de fevereiro norte e 1º de agosto sul)

Equinócio da primavera ( 21 de março norte e 21 de setembro sul)

Beltane, fertilidade (1º de maio norte e 1º de novembro sul)

Solstício de verão, ( 21 de junho norte e 21 de desembro sul)

Lughnasadh, pré-colheita, ( 1º de agosto norte e 2 de fevereiro sul)

Equinócio de outono,(21 de setembro norte e 21 de março sul)