Vous êtes sur la page 1sur 8

Erros dos Homens durante o sexo

by

cF
(Produções INZZA)
1 – Não beijar primeiro: evitar os lábios e ir feito lambão às partes marotas
Um beijo apaixonado é a forma preliminar mais correcta

2 – Espremer as mamas: a maioria de nós apalpa como se estivesse


a ver se o melão está maduro

Acariciar não é pôr as mamas roxas

3 – Abocanhar os mamilos: aquilo não são pipos para esvaziar e não


resistem à mastigação (mesmo só com um dentinho!)

Lamber e sugar gentilmente: pancadinhas com a língua


4– Torcer os mamilos: não é preciso girá-los entre o indicador e o polegar
como se estivessem a sintonizar um rádio…ai ai

Concentração nas mamas como um todo e não só nos bicos

5 – Despi-la estupidamente: o gajedo não gosta de parecer tótó, tipo


ficarem nuas da cintura para baixo com o soutien espetado na cabeça a
tapar o nariz e os olhos

Desembrulha-a como se fosse um presente elegante

6 – Ser obcecado pela vagina: Não se pode acreditar que é na vagina


que acontece tudo…cuidado ao pôr a mão…sobretudo se tiveres umas
unhecas tipo águia…vais fazer carne picada…vais fazer merda!
Dar atenção ao clitóris e lábios e só depois inserir um dedo para
ver se ela gosta
7 – Exibir logo o carapau: não fazer palhaçadas com o Cajó tipo saltitão
Tirar primeiro as meias e despir o resto calmamente sem ir logo à
carapauzada tipo guloso

8 – Bombar a vagina: aquilo não é uma ferramenta industrial para bombar


Aumentar o ritmo gradualmente intercalando com ritmos
mais calmos

9 – Ir com força: cuidado com os ossos da anca contra o estômago dela…


Isto não é um filme do Steven Seagal

Mas se ela não se queixar é porque tá a olhar para a côr do tecto


10 –Orgasmo depressa demais : é o nosso maior medo. Não se pode
“disparar” sem antes ver o branco dos olhitos esbugalhados dela.

Assegura um plano B para garantir o prazer dela…nada de roncar

11 – Não se importar com o não prazer dela: depois diz que ficas a
pão e água ou que és trocado pelo padeiro (coitado do padeiro)

Esmera-te para ela ter prazer…ela não é um depósito de


esperma (algumas são…ehehe…que venenoso que sou..hihihi)

12 – Perguntar se ela teve orgasmo: Caramba. Isto não se pergunta.


Sente-se. Percebe-se. A maioria das mulheres treme e faz barulho. Não, não é
Como a máquina de lavar roupa! É pior…parece que o mundo vai acabar.
Da-se!
Ok picha pequena, se não sabes tá caladinho
13 –Sexo oral com gentileza excessiva : não é para besuntar tudo,
mas não te comportes como um gato gigante com um mini pires de leite.
Mete lá a boca toda e toca de dar à língua. Lembra-te. Aquilo não é um bife!
Roda a língua gentilmente em redor do clitóris (quanto ao
possível cheiro a peixe…chupa e cala-te…habitua-te!)

14 – Bombar a vagina: aquilo não é uma ferramenta industrial para


bombar (nem é teu objectivo encontrar petróleo. Ok?)

Aumentar o ritmo gradualmente intercalando com ritmos


mais calmos
15 – Acidente Anal: fazer sexo anal fingindo ser acidente. “Eh, desculpa
mas já tá. Quê? Queres ir fazer cócó?

Pede-lhe. E estar bêbado não é desculpa.


16 –Posições estúpidas : “Pões uma perna na mesa de cabeceira e a
outra no tecto e depois abanas o rabito e saltas como um canguru”
Sem comentários

17 – Ladrar instruções: “Isso!...muito bem…agora de lado…eu disse de


LADO porra! Andor…”

Não tentes ser um gaijo das claques com megafone

18 – Falar Asneirolas: “Anda P***….”


Se ela gostar logo saberás…Ui…há cada maluka!
19 –Esmagá-la : Normalmente nós pesamos mais a não ser que namores
com um bitoque. Certifica-te que ela ainda respira.

Se ficares por cima vê se ela não está roxa

20 – Agradecer: É pá isso é do piorio, tipo: “Obrigadinho”. Não se deve


deve agradecer…podes ter sensibilidade para lhe perguntares se foi bom ou
se gostou ou se teve dores na penetração…ou se gosta da côr do tecto…

O teu quarto não é caridade. E por favor não adormeças logo a seguir…sei que
por vezes é díficil porque um gaijo fica aconchegadinho e de barriguinha cheia
mas pinocar e roncar logo a seguir é mau!

Mas é a vida que nos ensina e nos dá experiência,


mas lembra-te: o sexo é uma coisa a dois…não sejas lambão!