Vous êtes sur la page 1sur 6

apoio:

ESTUDO DOS TEMPOS E MÉTODOS


Alexandre Fernandes Machado asstecnica@ventisilva.com.br
Carlos Alberto Hueb carlos.hueb@volkswagen.com.br
Orientador:ProfºLuiz Gimenes Jr. gimenes@infosolda.com.br

1 – INTRODUÇÃO determinação do tempo necessário


para que uma pessoa qualificada,
Os estudos de tempos e métodos hoje se execute uma tarefa.
tornam cada vez mais importantes , devido - 2.1.2.Equipamentos para o estudo de
à grande cobrança neste mundo tempos: cronômetro decimal,
globalizado , fazendo parte de um pacote máquina de filmar, máquina para
requerido pelas empresas , com ênfase às registro de tempos, prancheta,
necessidades de racionalização, tacômetro, régua de cálculos, folha
produtividade e qualidade . de observações. exemplo: folha de
cronometragem .
A seguir , delinearemos os processos e - 2.1.3.Finalidades do estudo de
seqüências mais utilizadas no intuito de se tempos: determinar programações e
obter um estudo de tempo e as formas de planejar trabalhos, determinar
se otimizar um método de trabalho . eficiência de máquinas, determinar
tempos para cálculo de pagamentos
2 - DEFINIÇÕES: de prêmios e salários.
- 2.1.4.Execução do estudo de tempos:
- Estudo de tempos e métodos: é o exemplo: folha de cronometragem .
estudo sistemático dos sistemas de
trabalho. 1) Obtenha e registre informações sobre
- Objetivo do estudo de tempos e a operação e o operador em estudo;
métodos: desenvolver o sistema e o 2) Divida a operação em elementos e
método preferido, padronizar este registre uma descrição com pleta do
método, determinar o tempo método;
necessário para uma tarefa, orientar o 3) Observe e registre o tempo gasto
treinamento do trabalhador no método pelo operador;
preferido. 4) Determine o número de ciclos a ser
- Aplicações do estudo de tempos e cronometrado;
métodos: processos de fabricação das 5) Avalie o ritmo do operador;
indústrias em geral, análises de 6) Verifique se foi cronometrado um
trabalhos constantes como caixas de número suficiente de ciclos;
banco, supermercado e etc, 7) Determine as tolerâncias;
desenvolvimento de práticas 8) Determine o tempo padrão para a
simplificadas na construção civil e onde operação.
a análise sistemática do trabalho se
encaixar. - 2.1.5.Tempo padrão: é uma função
quantidade de tempo necessário para
2.1 - Tempos desenvolver uma unidade de
trabalho. Este tempo padrão deve ser
tomado nas seguintes condições:
- 2.1.1. Definição do estudo de tempos:
o estudo de tempos é usado na

www.infosolda.com.br/nucleo/downloads/ee.pdf 1
apoio:

a) Usando um método e equipamento 2. O homem de estudo de tempos é


dados responsável pela padronização do
b) Sob certas condições de trabalho; período de trabalho etc. Comprova o
c) Por um trabalhador que possua uma método de execução com o
quantidade específica de habilidade no supervisor. Não emite ordens
trabalho e uma aptidão específica para o diretamente ao operário, trata através
trabalho; do supervisor a menos que ele, em
d) Quando trabalhando em uma etapa na sua presença, instrua o operário para
qual ultilizará, dentro de um período dado que faça o trabalho da maneira
de tempo, seu esforço físico máximo, tal solicitada.
trabalhador pode desenvolver tal trabalho 3. Identifique a unidade de trabalho, a
sem efeitos prejudiciais. unidade com a qual medimos a
produção. Divida o trabalho nos
- 2.1.6.Seleção da unidade de trabalho a menores elementos que sejam
ser estudada: deve estar diretamente práticos e executáveis para a medida
relacionada com a produção do precisa do tempo e que se
trabalho, seja conveniente ao tempo, conformem com os elementos de
seja facilmente identificável e seja padrão. Escreva estes elementos
conveniente para programar e registrar detalhadamente no anverso da folha
a produção. de estudos de tempos e numere-os.
- 2.1.7.Regras para o estudo de tempo: Abrevie estas descrições no reverso
da folha para os tempos reais.
Ø Definir um ponto inicial e final 4. Anote na folha de estudo de tempos,
facilmente detectável; a operação, o nome e o numero do
Ø O tempo manual deve ser separado do relógio, detalhes das ferramentas e
tempo da máquina; coisas tais como marca, modelo e
Ø O tempo interno deve ser separado do número da série do equipamento ou
externo. as máquinas e todas as outras regras
aplicáveis. Faça uma nota escrita de
- 2.1.8. Procedimento do estudo de qualquer condição do equipamento
tempos: ou do lugar de trabalho que afeta a
operação.
Orientação básica: o chefe de estudo de 5. Anote o tempo inicial dos registros
tempos deverá revisar todos os estudos de atuais, atrás da folha de estudo de
tempos reais e aceitar a responsabilidade tempos e faça funcionar seu
por sua confiabilidade. Será responsável cronômetro. Anote o tempo em que
por propor trocas no procedimento de cada elemento termina, no espaço
estudo de tempos, mas deverá obter o proporcionado ao lado de cada
consentimento do engenheiro-chefe da descrição do elemento.
fábrica, para todas as revisões principais 6. Permita que o relógio continue
do procedimento. O chefe de estudo de funcionando e registre repetidamente
tempos deverá observar para que todos os o tempo requerido para completar
estudos de tempo sigam a prática padrão cada elemento. Anote a leitura do
do estudo de tempos. relógio e a descrição para qualquer
elemento estranho que suceda
1. Notificar o operário e o supervisor que durante o curso do estudo. Faça
vai ser feito o estudo e porquê. notas relativas aos elementos
estranhos no canto inferior direito da

www.infosolda.com.br/nucleo/downloads/ee.pdf 2
apoio:

folha de estudo de tempos. Use planos de tempo-padrão é


símbolos de padrão sempre que for encontrado multiplicando o tempo
possível. unitário pelos valores apropriados.
7. Antes de deixar o trabalho qualifique a 16. O estudo de tempos deve ser
velocidade do operário e faça uma aprovado pelo supervisor de estudo
relação das dificuldades inerentes a de tempos antes de sua publicação .
cada elemento. 17. O estudo de tempos será usado para
8. A etapa seguinte consiste em subtrair publicar:
cada leitura elementar do relógio da
leitura precedente para obter o tempo a) instruções e distribuição;
real requerido para esse elemento. b) notificação da tarifa por peça de
9. Calcule o tempo médio observado para trabalho.
cada elemento. Isto é, a soma dos
valores de tempo individuais dividida 18. Nos casos de falha para completar a
entre o número de valores. Se o produção padrão:
elemento não ocorre por cada unidade
de trabalho, indique o divisor de rateio a) Devemos preparar um estudo de
adequado. comprovação de produção e apresentar
10. O tempo médio para cada elemento é uma observação.
multiplicado então pela qualificação. O b) Devemos sustentar uma junta com o
resultado é o tempo qualificado por supervisor do departamento para
rapidez, para cada elemento. discutir o problema.
11. Quando no trabalho são envolvidos
pesos ou resistências de mais de 9 kg, Referente ao tópico 2.1.2., não existe a
calcula-se a porcentagem do ciclo necessidade de todos os equipamentos
tomado para cada tempo elementar juntos para um estudo.
qualificado. Fazem-se os ajustes por
dificuldade. O tempo qualificado para
cada elemento é multiplicado por 1,oo
mais a correção total por dificuldade
para o elemento, expressada como
decimal. Este produto é o tempo base.
12. Somam-se os créditos para obter o
tempo padrão total para cada elemento
do estudo de tempos.
13. O tempo-padrão por unidade está em
minutos. Ë necessário convertê-lo em
horas padrões por 100 ou melhor por
1000 unidades. Isto é feito
multiplicando-se por 100 ou por 1000 e
dividindo-se por 60.
14. A produção por hora ou os requisitos
por hora são encontrados dividindo as
horas padrões por 100 unidades, entre
100, ou por 1000 unidades, entre 1000.
15. A tarefa em peças, por 100 ou por
1000 peças, portarifa base aplicável às
operações. O tempo-padrão para os

www.infosolda.com.br/nucleo/downloads/ee.pdf 3
apoio:

2.1.9 - Fluxo para Procedimento de Estudos de Tempo

1 NOTIFICAR OS ENVOLVIDOS
2 PADRONIZAR A OPERAÇÃO
3 ESCOLHER A UNIDADE DE TEMPO
4 IDENTIFICAR OS POSTOS

5 SEQUÊNCIA DE CRONOMETRAGENS

6 AVALIAR O RENDIMENTO
7 CIRCULAR O TEMPO REAL
8 CALCULAR O TEMPO MÉDIO
9 TEMPO MÉDIO X RENDIMENTO
10 CALCULAR TEMPO DE RECUPERAÇÃO
11 CALCULAR TEMPO PADRÃO
12
TRANS. DE MIN. PARA HORAS
13 APROVAÇÃO PELO SUPERIOR
14 PUBLICAÇÃO DO EST. DE TEMPO

Obs: item 4 do fluxo pode ser só serviço esta sendo projetado, que existe a
identificado, não há necessidade de ser possibilidade de usar um projeto de
descrito. método melhorado, contudo a experiência
Item 10 só é calculado se existir perda comprova que o método perfeito não
na cronometragem. existe, mas sempre existem oportunidades
Item 12 deve ser feito para efeito de para melhorar.
calculo de produção.
Item 13 e 14 são fases de - 3.2.Fatores de influência dos métodos:
desenvolvimento interno na empresa. mão-de-obra, volume, quantidade,
material, maquinário, lay-out.
3 - MÉTODOS - 3.3.Objetivos do método: reduzir custo,
conforto ao operador, melhorar fluxo de
- 3.1. Definição de método: é um matéria-prima.
processo sistemático de solução de - 3.4.Melhoria ou desenvolvimento de
problemas para ajudar na determinação um método:
do processo ideal.
a) melhoria: na pesquisa para um método
Necessidade de um método: no melhor , o analista não deve ser
momento que um novo produto ou influenciado pelo método ideal. Para
evitar o problema, o analista deve
reconsiderar o problema sob todos os

www.infosolda.com.br/nucleo/downloads/ee.pdf 4
apoio:

pontos de vista para conseguir o seu empregadas são as mais adequadas ?


objetivo antes de simplesmente h) Estão as ferramentas em boas
tentar introduzir melhorias no condições?
método em estudo. i) Deve a máquina ser operada pelo
próprio operador?
b) Desenvolvimento : devemos j) Pode-se eliminar a operação ?
considerar o assunto desenvolvendo, k) Pode-se combinar operações?
as soluções possíveis entre as quais l) O operador é qualificado física e
será escolhido o melhor projeto de mentalmente para a execução da
métodos: operação ?
m) Pode-se eliminar fadiga desnecessária
1) eliminar o trabalho desnecessário; através de uma mudança de
2) combinar operações ou elementos; ferramentas?
3) modificar a sequência das n) É o salário adequado para a
operações; operação?
4) simplificar as operações essenciais. o) A supervisão é satisfatória?
Ø o melhor método para simplificar p) As condições de iluminação, calor e
uma tarefa é planejar um meio que ventilação são satisfatórias para este
permita obter o mesmo ou melhor trabalho?
resultado sem gastar nada. q) Há riscos desnecessários na execução
da operação?
Como procedimento ideal para
desenvolvimento de um método Ø como observado as perguntas que os
devemos : analistas devem fazer são subdivididas
em blocos de fases de operação,
1) Fazer um levantamento de tudo que analisando itens específicos:
pode ser levantado em relaç ão ao - materiais;
trabalho; - manuseio;
2) Fazer uma análise de operações, - ferramentas, dispositivos e gabaritos;
fazendo uma folha de verificação - máquina;
com perguntas específicas e - operação;
detalhadas do trabalho. - operador;
a) Pode ser usado um material mais - condições de trabalho.
barato?
b) O material trazido ao operador 3) A partir do momento de que todos, os
apresenta uniformidade e encontra- itens foram seguidos devemos desenvolver
se em condições adequadas? o melhor método.
c) Qual o peso, dimensões e Ø para auxiliar em todas as fases do
acabamento do material? desenvolvimento do método existem
d) Usa-se o material em tempo integral uma série de estudos mais
dentro do processo? aprofundados como por exemplo o
e) Pode-se reduzir o número de vezes estudo dos micromovimentos,
em que o material é movimentado? filmagens, uso dos movimentos
f) Pode-se encurtar a distância fundamentais das mãos, princípios de
transportada? economia de movimentos e etc,
g) As caixas para transportes são necessitando o analista algum destes
adequadas ? As ferramentas estudos deverá fazer análise mais
profunda.

www.infosolda.com.br/nucleo/downloads/ee.pdf 5
apoio:

4) Para finalizar o método devemos padronizá-lo e colocá-lo em prática.

MÉTODOS

MÃO DE OBRA MATERIAL


FATORES
DE
QUANTIDADE INFLUÊNCIA
LA - OUT

VOLUME
MÁQUINÁRIO
OJETIVOS DO
MÉTODO
CONFORTO
AO
REDUZIR OPERADOR
CUSTO
MELHORIA OU MELHORAR
DESENVOLVIMENTO FLUXO
ELIMINAR O DE UM MÉTODO
TRABALHO SIMPLIFICAR AS
DESNECESSÁRIO OPERAÇÕES
ESSENCIAIS

COMBINAR AS MODIFICAR A
OPERAÇOES OU SEQUÊNCIA
ELEMENTOS

www.infosolda.com.br/nucleo/downloads/ee.pdf 6