Vous êtes sur la page 1sur 16

14-01-2009

DISPENSA

DE

MEDICAMENTOS

«Elle ou seu mancebo, como dito é, irá a todas as visitações (às enfermarias), com o Physico e Cirurgião, e levará consigo uma ementa comprida de papel de marca grande, a qual fará de cada vez, digo mez, em maneira que em cada um anno haja ahi destas ementas doze, porque se mais tempo durassem parece que seriam mui grandes e nesta ementa fará o dito Boticário dois títulos, convem a saber, um título de purgas

apartado por si, e o outro de todas as mezinhas místicas que se houverem de fazer, e nesta ementa assim ordenada escreverá o Boticário, se mais despachado escrivão for, que o Physico ou Cirurgião, a saber em cada um dos ditos a receita da mezinha que a cada um dos enfermos for ordenada, declarando o dia, mez e anno da visitação, e assignará assim o Physico a

«E feito assim, se virá o dito Boticário com a dita ementa à

sua botica e ordenará e comporá as suas mezinhas para cada um paciente, e em cima de cada purga, electuário ou mezinha, qualquer que for, na vazilha em que for, porá escripto em que diga o nome do paciente para a tal mezinha é, e em que enfermaria está e de que leito é, se

primeiro, se segundo, se terceiro, se de qual, o que tirará por sua ementa, para nisso não haver embaraço e o enfermeiro melhor e mais

dita receita

».

descançadamente poder servir a cada um

».

14-01-2009

“ A dispensa de medicamentos é o acto farmacêutico associado à entrega e distribuição dos medicamentos com as consequentes prestações específicas, tais como: análise da ordem médica, informação sobre a correcta utilização dos fármacos e preparação das doses que se devem administrar.”

OBJECTIVOS

• Racionalizar a distribuição de medicamentos

• Garantir o cumprimento da prescrição

• Procurar a correcta administração dos medicamentos ao doente

• Diminuir erros de medicação

• Acompanhar os tratamentos

• Potenciar o papel do farmacêutico na equipa de assistencial

• Reduzir o tempo gasto pela enfermagem na manipulação de medicamentos

• Diminuir custos

14-01-2009

DEFINIR

• Pedidos de medicação

• Psicotrópicos e estupefacientes

• Hemoderivados

• Injectáveis de Grande Volume

• Medicamentos com manipulação

• Medicamentos controlados ou restringidos

• Horários

• Espaço

• Pessoal

• Normas de funcionamento

Clássica

Tradicional

Reposição de stocks

Dispensa de medicamentos

Unidose ? Dose Unitária
Unidose
? Dose Unitária

Individualizada

Novos Sistemas

14-01-2009

Clássica

ou

Tradicional

ou Reposição de stocks

?????????

DISPENSA Clássica Tradicional Reposição de stocks
DISPENSA
Clássica
Tradicional
Reposição de stocks

Clássica ou Tradicional

Médico: - Prescreve

Enfermeiro: - Transcreve a medicação para a folha farmacoterapêutica

- Prepara a medicação a partir do stock do serviço

- Administra a medicação

- Requisita medicamentos para reposição do stock

Farmacêutico: - Dispensa os medicamentos para reposição do stock

14-01-2009

Clássica ou Tradicional

Inconvenientes:

 

Validade

Acumulação de medicamentos na enfermaria

Conservação

Roubos

Desconhecimento da terapêutica dos doentes

Grande percentagem de erros

Gestão do stock falível

Nenhum controlo sobre a correcta administração de medicamentos

Dispensa

individualizada

14-01-2009

Dispensa Individualizada

Dispensa Individualizada

Médico: - Prescreve

Enfermeiro: - Transcreve a medicação para a folha farmacoterapêutica

- Requisita medicamentos por doente

Farmacêutico: - Dispensa os medicamentos por doente ou globalmente

Enfermeiro: - Separa os medicamentos por doente

- Prepara a medicação

- Administra a medicação

Dispensa Individualizada

Inconvenientes:

 

Validade

Acumulação de medicamentos na enfermaria

Conservação

Roubos

Desconhecimento da terapêutica dos doentes

Grande percentagem de erros

Gestão do stock falível

Nenhum controlo sobre a correcta administração de medicamentos

14-01-2009

MEDICAMENTO CERTO,

NA HORA CERTA,

NO LOCAL CERTO,

AO DOENTE CERTO.

Dispensa

em

Dose Unitária

14-01-2009

Dispensa em Dose Unitária

Dispensa em Dose Unitária

Médico: - Prescreve

Enfermeiro: - Transcreve a medicação para a folha farmacoterapêutica

Farmacêutico: - Transcreve o perfil farmacoterapêutico do doente - Dispensa os medicamentos por doente - Envia a medicação já preparada para as enfermarias

Enfermeiro: - Administra a medicação

Dispensa em Dose Unitária

Vantagens:

Interpretação directa da prescrição

Preparação correcta da medicação

Diminuição dos erros de medicação

Maior integração na equipa assistencial

Maior conhecimento de gastos / doente

Aumento da segurança

Enfermeiros mais livres para outras tarefas

14-01-2009

Dispensa em Dose Unitária

Inconvenientes:

Aumento dos recursos humanos

Maior necessidade de espaço

Mais material necessário

Necessidade de reembalagem

Custos mais elevados

Vantagens:

Interpretação directa da prescrição

Preparação correcta da medicação

Diminuição dos erros de medicação

Maior integração na equipa assistencial

Maior conhecimento de gastos / doente

Aumento da segurança

Enfermeiros mais livres para outras tarefas

Falhas pontuais de medicamentos

Stock

de

Emergência

14-01-2009

PSICOTRÓTICOS E ESTUPEFACIENTES

Conforme legislação em vigor

HEMODERIVADOS

Medicamentos controlados ou restringidos

Ex: Extra-Formulário

Ensaios Clínicos

outros casos

Conforme estipulado pela CFT

14-01-2009

14-01-2009 Dose Unitária 11

Dose Unitária

Dose Unitária

14-01-2009

14-01-2009 Embalados em dose unitária Não Embalados em dose unitária 12
Embalados em dose unitária
Embalados em dose unitária
Não Embalados em dose unitária
Não Embalados em dose unitária

14-01-2009

Embalados em D. U. pela Indústria
Embalados em D. U. pela Indústria
Embalados em D. U. pela Indústria
14-01-2009 Embalados em D. U. pela Indústria 13

14-01-2009

14-01-2009 “Mala” do carro de medicação 14
“Mala” do carro de medicação

“Mala” do carro de medicação

14-01-2009

Adquire medicamentos Armazena Dispensa (D. Unitária) Dispensa (Clássica) FARMÁCIA Manipula Armazena D. Unitária
Adquire medicamentos
Armazena
Dispensa (D. Unitária)
Dispensa (Clássica)
FARMÁCIA
Manipula
Armazena D. Unitária

Reembala

medicamentos Armazena Dispensa (D. Unitária) Dispensa (Clássica) FARMÁCIA Manipula Armazena D. Unitária Reembala

Stock

de

Emergência

14-01-2009

Prescrição (médico) Transcrição Farmacêutico Perfil Farmacoterapêutico
Prescrição
(médico)
Transcrição
Farmacêutico
Perfil Farmacoterapêutico
Transcrição Farmacêutico Perfil Farmacoterapêutico Posologia Interacções Efeitos secundários Informação ao

Posologia Interacções Efeitos secundários Informação ao doente Etc

DOENTE ENFERMARIA Controlo c/ enfermeiro
DOENTE
ENFERMARIA
Controlo c/ enfermeiro
secundários Informação ao doente Etc DOENTE ENFERMARIA Controlo c/ enfermeiro DISPENSA em Dose Unitária CONTROLO
secundários Informação ao doente Etc DOENTE ENFERMARIA Controlo c/ enfermeiro DISPENSA em Dose Unitária CONTROLO

DISPENSA em Dose Unitária CONTROLO